Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Similar Journals
Journal Cover
Revista Lusófona de Estudos Culturais
Number of Followers: 1  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2184-0458 - ISSN (Online) 2183-0886
Published by CECS Homepage  [3 journals]
  • Nota Introdutória: Mais Investigação, Melhor Inclusão

    • Authors: Carlos Veloso da Veiga; Luísa Martins Fernandes, Miguel Angel Verdugo
      Abstract: Ao publicar este número sob o título “Inclusão das Pessoas com Deficiência. Políticas, Práticas, Investigação e Narrativas” a Revista Lusófona de Estudos Culturais (RLEC) torna-se, seguramente, a primeira revista portuguesa na área das ciências sociais que dedica integralmente um dos seus números ao tema da inclusão das pessoas com deficiência (PCD). Trata-se, pois, de um acontecimento importante pelo seu contributo para a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva para as PCD...
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • “O Povo Desliga, Vai à Procura do Fado” — A Rádio e a Resistência
           Fadista ao Estado Novo na Década de 1930

    • Authors: José Ricardo Carvalheiro
      Abstract: Muito longe da consagração atual e mesmo antes da sua domesticação pelo salazarismo, o fado atravessou fases dilemáticas da sua existência. Entre elas, estão os tempos iniciais da sua mediatização, em particular, as complexas articulações com a rádio na década de 1930, com o Estado Novo e os preconceitos de classe a tentarem ostracizar o fado ou, pelo menos, travar a legitimação nacional da cultura popular urbana. As tensões que já antes rodeavam o fado renovaram-se e agudizaram-se face ao contexto simultâneo de estabilização da ditadura e de implantação da rádio em Portugal, colocando o novo meio de difusão sonora no centro das lutas simbólicas em torno da “canção nacional”. Envolvendo dilemas entre o estigma e a legitimação fadista, entre a sua origem e a propagação, entre a difusão pública e o controlo estético ou moral, constitui-se uma zona de articulação da rádio com o fado onde diversos atores sociais se posicionaram, com diferentes objetivos e estratégias, e em que se jogaram questões de programação, discursividade e status social. O objetivo deste artigo é identificar esse conjunto de articulações ao longo dos anos 30, tentando perceber de que maneira a formação do campo radiofónico, com as suas várias estações e matizes, se tornou palco e participante num processo cultural que, em alguns aspetos, já o precedia. A pesquisa baseia-se na imprensa coeva, especificamente nos jornais de fado (Guitarra de Portugal; Canção do Sul) e nos periódicos dedicados à rádio (Rádio Semanal; Rádio Revista; Boletim da Emissora Nacional; Rádio Nacional).
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • O Mundo Fora do Lugar: A Trajetória de Degradação do Edifício Holiday
           Sob a Perspectiva do Espaço Social Bourdieusiano

    • Authors: Victor Lucena; Julieta Leite
      Abstract: À luz de uma sociologia bourdieusiana e suas noções conceituais de espaço social e estilos de vida, este artigo lança uma interpretação reflexiva sobre a trajetória de degradação simbólica de um emblemático prédio construído em 1957 no Recife (Brasil) — o Edifício Holiday. Situado em Boa Viagem, um dos bairros mais ricos da cidade, a edificação é um ícone representativo da chegada da modernidade à capital do estado de Pernambuco e marca um período de importantes modificações na paisagem e nos estilos de vida do Recife. Com 416 pequenas habitações aptas a receber mais de 3.000 moradores, o projeto experimental de apartamentos de veraneio para classes médias e altas na década de 1970 já apresentava sinais de desvalorização em um bairro de trajetória social ascendente. Nosso instrumental analítico, tal como defendido por Bourdieu, recorre à fotografia autoral e a imagens do edifício. Utiliza-se de materiais fotográficos para construir um “antes” e “depois” da desocupação do Holiday, tomando como principal fio condutor da análise ensaios realizados por dois jornalistas recifenses. Os resultados nos auxiliam a entender melhor a dimensão simbólica da habitação no espaço social urbano. Não obstante, o artigo oferece um ponto de inflexão nas discussões acerca da recepção e dos contornos próprios que a modernidade adquiriu em metrópoles do hemisfério sul, como é o caso da capital recifense.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • Vacinação Contra a Covid-19 — Uma Análise da Comunicação de Saúde
           das Fontes Oficiais Portuguesas em Ambiente Digital

    • Authors: Olga Estrela Magalhães; Clara Almeida Santos, Catarina Duff Burnay, Rita Araújo, Felisbela Lopes, Ana Teresa Peixinho
      Abstract: A pandemia por covid-19 tem colocado complexos desafios às instituições governamentais e de saúde em todo o mundo. Para além da dificuldade em controlar a disseminação da infeção, as instituições têm de encetar um processo de comunicação de saúde particularmente difícil de gerir, por causa do elevado grau de incerteza associado à informação de que dispõem, do aumento da desinformação resultante de um ambiente mediático pulverizado (e, muitas vezes, sem mediador) e da resistência de alguns grupos da sociedade em aderir às medidas preventivas recomendadas. A vacinação surge, pois, como um tema que alimenta posições extremas — desde a ânsia pela sua disponibilidade (que potencia tentativas ilícitas de obtenção da vacina) até à sua recusa intransigente (baseada em teorias sem fundamentação médico-científica). Neste enquadramento, pretendemos avaliar a forma como as fontes oficiais — as principais instituições governamentais e de saúde portuguesas — comunicam com os seus públicos em ambiente digital, nomeadamente através dos websites e das redes sociais online. Para isso, foram recolhidos os conteúdos sobre vacinação publicados em cinco sites e quatro páginas nas redes utilizadas pelas fontes analisadas, no período compreendido entre o anúncio da autorização da primeira vacina e o arranque da administração da segunda dose aos profissionais de saúde. O material em estudo foi examinado através de técnicas de análise de conteúdo. Os resultados revelaram que as principais fontes oficiais portuguesas chamam a si o protagonismo em torno da vacinação contra a covid-19, que declinam em três temas fundamentais — administração, definição de grupos prioritários e abordagens genéricas, através de conteúdos com um enquadramento maioritariamente informativo. Atendendo a que a comunicação de saúde tem como objetivos envolver, capacitar e influenciar os indivíduos, concluímos que as fontes oficiais promoveram formas de comunicação conservadoras, perdendo potencialmente a oportunidade de fomentar uma comunicação em ambiente digital mais pedagógica e personalizada.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • Políticas de Educação Inclusiva e Práxis Pedagógica na Escola
           Pública: Experiências no Brasil

    • Authors: Michelli Agra; Valdelúcia Alves da Costa
      Abstract: Este artigo refere-se aos resultados de uma pesquisa sobre a implementação de políticas públicas de educação inclusiva e as experiências de inclusão escolar de estudantes com deficiência visual na Escola Municipal Adelino Magalhães, localizada em Niterói, estado do Rio de Janeiro, e tem por objetivo central caracterizar as experiências sobre a práxis pedagógica com estudantes com deficiência visual considerados em situação de inclusão. O referencial teórico-metodológico adotado na problematização do objeto de estudo e análise dos dados foi a teoria crítica da sociedade. Participaram do estudo: dois estudantes com deficiência visual considerados em situação de inclusão, uma professora da sala de aula inclusiva, uma professora da sala de recursos multifuncionais e uma professora de apoio pedagógico à inclusão escolar. Os resultados revelaram que a Escola Municipal Adelino Magalhães está desenvolvendo a educação inclusiva, sobretudo em decorrência da implementação das políticas públicas de educação no município de Niterói, que estabelecem como prioridade a inclusão escolar de estudantes com deficiência. Foi constatado que a educação inclusiva demanda compromisso político-pedagógico coletivo de professores, gestores e familiares em prol da escola pública e de sua democratização. Consequentemente, a educação inclusiva possibilita experiências de ensino e aprendizagem solidárias, centradas na humanização de estudantes com deficiência, tornando-os, assim, aptos a se reconhecerem como partícipes da sociedade, na qual impera a violência presente na competitividade.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • Estabelecimento Francês de Apoio e Assistência ao Trabalho e
           Integração Social e Profissional dos Trabalhadores com Deficiência nas
           Zonas Rurais. O Exemplo de Habert (Sabóia, França)

    • Authors: Meddy Escuriet; Mauricette Fournier, Sophie Vuilbert
      Abstract: Este artigo visa abordar a questão da inclusão através do trabalho e num ambiente rural de pessoas com deficiência psíquica e/ou com deficiência intelectual. Através do exemplo de um estabelecimento de apoio e assistência ao trabalho, o estabelecimento de apoio e assistência ao trabalho Le Habert, localizado numa pequena aldeia rural e montanhosa nos Alpes e que oferece às pessoas com deficiência o trabalho numa quinta, o artigo abordará primeiro a importância do trabalho como meio para as pessoas recuperarem a sua dignidade. Entre o sentimento de utilidade e orgulho em participar no funcionamento de um território, ao estar plenamente envolvido no processo de produção e valorização de um produto, o acompanhamento na quinta permite, para além destas virtudes terapêuticas, uma verdadeira inclusão profissional. Vivendo em casas ou apartamentos nas aldeias circundantes, o alojamento, permitindo o contacto entre pessoas com deficiência e habitantes locais, é também um vector de inclusão social. Contudo, se a ruralidade, devido às oportunidades profissionais e sociais que oferece, pode ser um trunfo para a inclusão, o isolamento e a inacessibilidade geográfica do ambiente rural montanhoso pode ser um obstáculo para as pessoas que não têm necessariamente os meios para serem móveis. Ao oferecer um apoio personalizado à mobilidade, a instituição transforma a exclusão geográfica num bem para a inclusão profissional, social e espacial.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • Educação Inclusiva na Contemporaneidade à Luz da Teoria
           Crítica da Sociedade

    • Authors: Jaciete Barbosa dos Santos; Jenifer Satie Vaz Ogasawara
      Abstract: A proposta de educação inclusiva, iniciada no final do século passado, obteve maior efervescência na primeira década do século vigente, conforme verificamos no âmbito das pesquisas, estudos e promulgações legislativas. Todavia, no Brasil, assim como em muitos países do mundo, o processo educacional de pessoas com deficiência ainda é permeado por muita precariedade, evidenciada tanto pela indisponibilidade de recursos e serviços básicos de acessibilidade, quanto pela manutenção de crenças e atitudes que impedem a inclusão educacional digna dessas pessoas. O presente artigo visa refletir acerca da inclusão educacional das pessoas com deficiência no contexto contemporâneo, tomando como referência a teoria crítica da sociedade, sobretudo os estudos de Adorno (1970/1995, 1972/2010). Analisa-se, também, no decorrer deste trabalho a necessidade de ampliação do olhar em relação a essa temática para além das especificidades que possuem as pessoas com deficiência. Ademais, buscou-se, paralelamente, apontar a necessidade de fomentar no ambiente educacional uma formação que permita ao indivíduo reconhecer a humanidade contida em todos(as) e em cada um(a). Considera-se que isso só será verdadeiramente possível quando os sistemas educacionais assumirem o compromisso com a formação de valores humanos que nos despertem a perceber nos outros semelhanças e diferenças como aspectos naturais da diversidade humana que nos constitui. Esta mudança depende, em grande medida, de uma verdadeira formação, amparada na autorreflexão crítica dos indivíduos e da sociedade, concomitantemente. Do contrário, ficaremos cada vez mais expostos à barbárie, resultante de uma pseudoformação/semiformação, que ainda impera na maioria das nossas instituições.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • Inclusão Profissional de Trabalhadores com Síndrome de Down na Cidade de
           São Paulo: Satisfação Pessoal, Produtividade e Relações Sociais no
           Ambiente de Trabalho

    • Authors: Ricardo Casco; Patrícia Ferreira de Andrade, Cintia Copit Freller, Gabriel Katsumi Saito, Roberta Cruz Lima
      Abstract: O presente artigo objetiva apresentar as discussões acerca dos dados coligidos no âmbito da pesquisa Inclusão Profissional de Trabalhadores com Deficiência Intelectual na Cidade de São Paulo desenvolvida no Laboratório de Estudos sobre o Preconceito, sediado no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. A pesquisa, realizada em 2017, objetivou compreender diferentes dimensões referentes à situação de inclusão de 20 jovens com síndrome de Down no mundo laboral. A partir de dados coligidos mediante a realização de observações e entrevistas semiestruturadas junto dos jovens, colegas de trabalho, chefias, familiares e amigos, a pesquisa analisou aspectos concernentes à satisfação pessoal, à produtividade e às relações sociais que se dão no ambiente de trabalho. De modo geral, mesmo diante da tendência generalizada de precarização das condições de trabalho de grande parte da população brasileira, os jovens demonstram satisfação com as atividades laborais, apresentaram produtividade compatível com relação às atividades a eles requeridas e mantiveram boas relações sociais com os seus colegas, chefias e clientes das empresas em que trabalhavam.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • Eficácia e Eficiência nas Associações de Pais e Amigos dos
           Excepcionais de Minas Gerais

    • Authors: Sérgio Sampaio Bezerra
      Abstract: omo a gestão social é uma discussão atual nos estudos organizacionais, este artigo busca contribuir para compreender e explicar a eficácia e a eficiência nas Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Minas Gerais, Brasil, tomadas do ponto de vista da sua missão estatutária como orientadora de suas práticas. A análise é feita com base na visão dos gestores das APAE sob as três dimensões da sua missão: oferta de serviços, melhoria da qualidade dos serviços e defesa de direitos das pessoas com deficiência intelectual, entendendo-as como sistemas em interação com o meio ambiente externo. Com base num inquérito por questionário aplicado a uma amostra representativa de 199 APAE selecionadas aleatoriamente, foram segmentadas por três clusters pré-definidos segundo a dimensão (porte). Esse questionário foi auto administrado pelos gestores e diretores das APAE, da amostra, sendo composto por uma série de perguntas em função de 54 indicadores presentes nas três dimensões observadas na missão estatutária das APAE. Por forma a analisar a eficácia e a eficiência com base naqueles indicadores, construíram-se índices de eficácia e eficiência. Tendo como referencial a teoria sistêmica e os conceitos de eficácia e eficiência, submeteram-se esses índices a várias técnicas de análise estatística. Os resultados obtidos apontam para existência de homogeneidade estrutural das APAE, independentemente dos seus oito clusters formados com base na distribuição por quartis dos seus diferentes níveis de eficácia e eficiência (baixo, médio, alto e elevado), não tendo sido possível chegar a um modelo quantitativo explicativo dos níveis de eficácia e eficiência das APAE, considerando a influência das variáveis internas e externas com que foram relacionados.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • Tematização da Deficiência na Literatura Infantil — Olhares Sobre as
           Personagens

    • Authors: Renata Junqueira de Souza; Sílvia de Fátima Pilegi Rodrigues
      Abstract: O presente estudo se propõe a problematizar a representação de personagens com deficiência física em obras de literatura infantil. A discussão é relevante visto que a temática vem se colocando em livros produzidos para a infância no Brasil, principalmente a partir de 2008, com a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva Inclusiva (Decreto nº 6.571, 2008). Embora a questão já aparecesse em algumas obras literárias em períodos anteriores, geralmente com uma abordagem estereotipada. As editoras de literatura infantil, diante de várias políticas e programas institucionais, acharam um filão no tema das necessidades especiais. Indubitavelmente, pressões sociais e políticas de inclusão interferem nas produções literárias e sua inserção também no contexto escolar. Neste sentido, analisar obras que não reforcem estereótipos ou remetam a deficiência como superação heroica, resignação e aceitação do destino, colocando as personagens em condições de subalternidade e/ou que inspirem piedade ou vontade divina, pode colaborar para a ampliação de olhares acerca do que é estigmatizado como deficiência e os limites e possibilidades do ser humano em diferentes condições e potencialidades. Comparar livros infantis que trazem esses dois aspectos — superação e aceitação do real versus resignação e superação heroica — pode ajudar leitores e crianças a compreender a deficiência dentro de uma normalidade e abrir boas perspectivas de discussão sobre a temática com esses leitores em formação.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • (Re)Inserção Profissional de Pessoas com Deficiência: Perceções das
           Medidas Contrato Emprego Inserção e Contrato Emprego Inserção+ por
           Beneficiários e Promotores

    • Authors: Neuza Cardoso Borges; Paula Campos Pinto
      Abstract: O Estado português reconhece à pessoa com deficiência o direito ao trabalho, de forma igualitária às demais pessoas. No entanto, muitos empregadores resistem ainda à ideia de contratar uma pessoa com deficiência. Neste sentido, a ação do Estado é determinante para a mudança de atitudes face à deficiência e para promover a contratação de pessoas com deficiência no mercado aberto de trabalho. Estas ações materializam-se através de políticas públicas. Este artigo reporta os resultados de um estudo de natureza exploratória e qualitativa sobre as medidas contrato emprego inserção e contrato emprego inserção+ (CEI/CEI+), realizado na região de Lisboa e Vale do Tejo, que analisou a perceção de três stakeholders — 16 beneficiários/as com deficiência, nove entidades promotoras das medidas e sete entidades promotoras de formação e emprego de pessoas com deficiência — com o objetivo de conhecer as suas perspetivas sobre os aspetos facilitadores e as limitações na aplicação destas medidas. Os resultados obtidos revelam que as medidas CEI/CEI+ apenas oferecem uma resposta temporária ao problema do desemprego das pessoas com deficiência, o que dificulta o acesso de forma sustentável a uma vida socioeconomicamente independente. Não obstante, os inquiridos não negam a importância destas medidas, considerando-as uma boa oportunidade para demonstrarem as suas competências profissionais e reforçar a autoestima e valorização pessoal. Os resultados obtidos com este estudo são discutidos à luz dos modelos de abordagem à deficiência e são formuladas algumas recomendações, com vista a potencializar os efeitos destas medidas.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
  • Trabalhadores com Síndrome de Down: Autonomia e Bem-Estar no Trabalho

    • Authors: Alex Sandro Corrêa; José Leon Crochick, Rodrigo Nuno Peiró Correia, Fabiana Duarte de Sousa Ventura
      Abstract: Este artigo apresenta o relato de uma pesquisa que foi uma reaplicação na cidade de São Paulo (Brasil) da desenvolvida em Portugal por Veiga e Fernandes (2014). Reflete sobre alguns dados obtidos, os quais demonstram o papel, a importância e o impacto do ingresso no mundo do trabalho na vida de trabalhadores com síndrome de Down, incluindo o sentimento de bem-estar, de autonomia e as relações de amizade adquiridas. Foram entrevistados não apenas esses trabalhadores, mas também seus chefes imediatos, amigos e colegas de trabalho, e foram realizadas também observações nos locais de trabalho. Sabendo que a inclusão social não se concretiza de modo alheio ao mundo do trabalho, destacamos a importância das políticas públicas, quer na promoção de direitos, quer na defesa dos direitos já conquistados, inclusive o da participação de pessoas com síndrome de Down na sociedade. O resultado deste estudo evidenciou que a conquista do emprego possibilitou o aumento da autoestima, o desenvolvimento da autonomia e do bem-estar dos trabalhadores, proporcionando-lhes conquistas no campo afetivo-social (namoros e amizades), nos âmbitos familiar, econômico e profissional, ainda que com restrições. Além disso, o emprego propiciou a percepção de se sentirem mais úteis e aceitos pelos pares (“sensação de pertencimento”), bem como a possibilidade de poderem contribuir para a família e de traçarem planos para o futuro, com projetos semelhantes aos de qualquer jovem adulto, como viajar, casar e ter filhos.
      PubDate: Wed, 22 Dec 2021 00:00:00 +000
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 54.175.165.101
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-