A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

              [Sort by number of followers]   [Restore default list]

  Subjects -> CONSERVATION (Total: 142 journals)
Showing 1 - 37 of 37 Journals sorted alphabetically
Advanced Sustainable Systems     Hybrid Journal   (Followers: 5)
African Journal of Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 16)
African Journal of Range & Forage Science     Hybrid Journal   (Followers: 13)
African Journal of Wildlife Research     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
AICCM Bulletin     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Ambiens. Revista Iberoamericana Universitaria en Ambiente, Sociedad y Sustentabilidad     Open Access   (Followers: 1)
American Journal of Rural Development     Open Access   (Followers: 7)
American Museum Novitates     Open Access   (Followers: 5)
Animal Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 48)
Aquaculture, Aquarium, Conservation & Legislation - International Journal of the Bioflux Society     Open Access   (Followers: 7)
Aquatic Conservation Marine and Freshwater Ecosystems     Hybrid Journal   (Followers: 41)
Arcada : Revista de conservación del patrimonio cultural     Open Access   (Followers: 1)
Archeomatica     Open Access   (Followers: 9)
Arid Land Research and Management     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Asian Journal of Sustainability and Social Responsibility     Open Access   (Followers: 4)
Australasian Plant Conservation: Journal of the Australian Network for Plant Conservation     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Biodiversity and Conservation     Open Access   (Followers: 243)
Biological Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 380)
Business Strategy and the Environment     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Catalysis for Sustainable Energy     Open Access   (Followers: 11)
Challenges in Sustainability     Open Access   (Followers: 11)
Chelonian Conservation and Biology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Conservación Vegetal     Open Access  
Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Conservation Biology     Hybrid Journal   (Followers: 341)
Conservation Genetics     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Conservation Science     Open Access   (Followers: 26)
Conservation Science and Practice     Open Access  
Diversity and Distributions     Open Access   (Followers: 44)
Earth's Future     Open Access   (Followers: 3)
Eastern European Countryside     Open Access   (Followers: 2)
Eco-Entrepreneur     Open Access  
Ecological Economics     Hybrid Journal   (Followers: 209)
Ecological Psychology     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Ecological Restoration     Full-text available via subscription   (Followers: 22)
Ecology and Evolution     Open Access   (Followers: 99)
Ecology and Society     Open Access   (Followers: 52)
Environment and Natural Resources Journal     Open Access   (Followers: 1)
Environment and Planning E : Nature and Space     Hybrid Journal  
Environmental and Resource Economics     Hybrid Journal   (Followers: 26)
Environmental and Sustainability Indicators     Open Access   (Followers: 3)
Environmental Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 60)
Ethnobiology and Conservation     Open Access   (Followers: 3)
European Countryside     Open Access   (Followers: 1)
Forest Policy and Economics     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Forum Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Frontiers in Ecology and Evolution     Open Access   (Followers: 45)
Functional Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 52)
Future Anterior     Full-text available via subscription  
Global Ecology and Biogeography     Hybrid Journal   (Followers: 74)
Global Ecology and Conservation     Open Access   (Followers: 17)
Human Dimensions of Wildlife: An International Journal     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Ideas in Ecology and Evolution     Open Access   (Followers: 11)
In Situ. Revue des patrimoines     Open Access   (Followers: 1)
Indonesian Journal of Conservation     Open Access  
Indonesian Journal of Sustainability Accounting and Management     Open Access   (Followers: 1)
Interações (Campo Grande)     Open Access  
Interdisciplinary Environmental Review     Hybrid Journal   (Followers: 3)
International Journal of Architectural Heritage: Conservation, Analysis, and Restoration     Hybrid Journal   (Followers: 10)
International Journal of Biodiversity and Conservation     Open Access   (Followers: 4)
International Journal of Biodiversity Science and Management     Open Access   (Followers: 9)
International Journal of Environment and Pollution     Hybrid Journal   (Followers: 3)
International Journal of Global Energy Issues     Hybrid Journal   (Followers: 8)
International Journal of Social Ecology and Sustainable Development     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
International Journal of Sustainable Development     Hybrid Journal   (Followers: 16)
International Journal of Sustainable Development and World Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 14)
International Soil and Water Conservation Research     Open Access   (Followers: 3)
Intervención     Open Access   (Followers: 1)
Journal for Nature Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 31)
Journal for the Study of Religion, Nature and Culture     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Journal of Cultural Heritage Management and Sustainable Development     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Journal of East African Natural History     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Journal of Ecology and The Natural Environment     Open Access   (Followers: 4)
Journal of Industrial Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Journal of International Wildlife Law & Policy     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of Natural Resources Policy Research     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Journal of Paper Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal of Rural Studies     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Journal of Sustainable Mining     Open Access   (Followers: 3)
Journal of the American Institute for Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of the Institute of Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Journal of Threatened Taxa     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Urban Ecology     Open Access   (Followers: 5)
Julius-Kühn-Archiv     Open Access  
Lakes & Reservoirs Research & Management     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Landscape and Urban Planning     Hybrid Journal   (Followers: 34)
Madagascar Conservation & Development     Open Access   (Followers: 3)
Madera y Bosques     Open Access  
Media Konservasi     Open Access   (Followers: 1)
Monographs of the Western North American Naturalist     Full-text available via subscription  
Natural Resources and Conservation     Open Access   (Followers: 5)
Natural Resources Forum     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Nature Conservation     Open Access   (Followers: 36)
Nature Sustainability     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Natureza & Conservação : Brazilian Journal of Nature Conservation     Open Access  
Neotropical Biology and Conservation     Open Access   (Followers: 2)
Nepalese Journal of Development and Rural Studies     Open Access  
Northeastern Naturalist     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Northwestern Naturalist     Full-text available via subscription  
Novos Cadernos NAEA     Open Access   (Followers: 1)
npj Urban Sustainability     Open Access   (Followers: 2)
Nusantara Bioscience     Open Access   (Followers: 4)
Ocean Acidification     Open Access   (Followers: 6)
One Ecosystem     Open Access  
Oryx     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Pacific Conservation Biology     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Park Watch     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Proceedings of the Academy of Natural Sciences of Philadelphia     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Process Integration and Optimization for Sustainability     Hybrid Journal  
Rangeland Journal     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Recursos Rurais     Open Access   (Followers: 1)
Recycling     Open Access  
Resources, Conservation & Recycling     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Resources, Conservation & Recycling : X     Open Access   (Followers: 2)
Restoration Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 47)
Revista de Ciencias Ambientales     Open Access   (Followers: 2)
Revista de Direito e Sustentabilidade     Open Access  
Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade     Open Access   (Followers: 1)
Revista Memorare     Open Access  
Rural Sustainability Research     Open Access   (Followers: 4)
Savana Cendana     Open Access  
Society & Natural Resources: An International Journal     Hybrid Journal   (Followers: 21)
Socio-Ecological Practice Research     Hybrid Journal  
Soil Ecology Letters     Hybrid Journal  
Southeastern Naturalist     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Southern Forests : a Journal of Forest Science     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Studies in Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Sustainable Earth     Open Access  
Sustainable Environment Agricultural Science (SEAS)     Open Access  
Sustentabilidade em Debate     Open Access  
Tanzania Journal of Forestry and Nature Conservation     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
The American Midland Naturalist     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
The Southwestern Naturalist     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Tropical Conservation Science     Open Access   (Followers: 2)
Tropical Ecology     Hybrid Journal  
VITRUVIO : International Journal of Architectural Technology and Sustainability     Open Access  
Water Conservation Science and Engineering     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Western North American Naturalist     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Wildfowl     Open Access   (Followers: 11)
Wildlife Australia     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Wildlife Research     Hybrid Journal   (Followers: 15)
World Review of Entrepreneurship, Management and Sustainable Development     Hybrid Journal   (Followers: 3)

              [Sort by number of followers]   [Restore default list]

Similar Journals
Journal Cover
Revista Memorare
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2358-0593
Published by Universidade do Sul de Santa Catarina Homepage  [3 journals]
  • Editorial

    • Authors: Andréia da Silva Daltoé, Deisi Scunderlick Eloy de Farias, Heloisa Juncklaus Preis Moraes
      Pages: 1 - 2
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e120181-2
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Literatura infantil, relações de gênero e imaginário: um estudo sobre
           a expressão do feminino nos contos de fada

    • Authors: Luiza Liene Bressan, Heloisa Juncklaus Preis Moraes, Erica Furlan, Adriana Zomer de Morais
      Pages: 3 - 23
      Abstract: Este estudo focado na literatura infantil, nas relações de gênero e na teoria do imaginário tem por objetivo compreender como se constrói o imaginário da beleza infantil a partir de cinco contos de fada, cuja personagem principal é a princesa. A partir da teoria do imaginário desenvolvida por Durand e por pressupostos das relações de gênero analisaram-se de que forma os mitos da beleza feminina e do estereótipo de submissão do feminino se perpetuam estes conceitos na sociedade. Como metodologia de trabalho foi eleita a mitodologia, forma de investigação científica desenvolvida por Durand a partir do escopo teórico da teoria do imaginário. Recortou-se dos contos de fadas a personagem feminina (princesa) e a partir de sua caracterização foram feitas as análises. As análises expressam que o modelo de beleza principesca é reatualizado, comprovando o mito da permanente busca pelo ideal do belo.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e120183-23
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • O significado arquetípico do indígena contador de histórias: uma
           abordagem etnográfica

    • Authors: Andressa da Silva Noronha, Geam Karlo-Gomes
      Pages: 24 - 41
      Abstract: O presente texto analisa o significado simbólico-arquétipo do indígena contador de histórias, sua representação e importância na atualidade. Situado no campo descritivo e interpretativo, esse trabalho tem como pressuposto a pesquisa etnográfica, desenvolvida em uma tribo indígena na região da Bahia. Investiga-se a figura simbólica do contador de histórias, fazendo apontamentos teóricos para justificar a sua importância social e cultural. Para análise bibliográfica, foram adotados como bases principais os recortes teóricos e reflexões do livro Memória e Sociedade: Lembranças de Velhos, de Ecléa Bosi, Os arquétipos e o inconsciente coletivo, de Carl Gustav Jung e Imagem e Símbolos de Mircea Eliade. Os resultados da pesquisa e a interpretação da análise de dados demonstraram que a contação de histórias está presente na atualidade e que o arquétipo do Velho Sábio, ancião da sabedoria e discernimento, mantém-se intacto no imaginário humano. A figura arquetípica do contador de histórias no grupo analisado permanece inalterada no inconsciente coletivo.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e1201824-41
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Análise sociorretórica de resumos de comunicações científicas da XI
           JUNIC e do XI seminário de pesquisa da Universidade do Sul de Santa
           Catarina em 2016

    • Authors: Fábio José Rauen, Helena Liberato Pereira
      Pages: 42 - 61
      Abstract: Analisamos nesta pesquisa a estrutura sociorretórica de 152 resumos de comunicações científicas da edição de 2016 da XI Jornada Unisul de Iniciação Científica (JUNIC) e do XI Seminário de Pesquisa realizados na Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Para dar conta dessa demanda, adaptamos o quadro de estratégias e movimentos retóricos de Motta-Roth e Hendges. Os resultados sugerem que os resumos, em geral, contêm movimentos e estratégias adequados. Todavia, entre outras questões, os resumos tendem a situar temas de pesquisa sem contextualizá-los com pesquisas prévias e a apresentar conclusões sem fundamentá-las em evidências ou contextualizá-las com a literatura, analisar suas limitações ou sugerir recomendações a partir delas.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e1201842-61
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Memórias coletivas e narrativas museológicas: limites e conflitos da
           representação de identidades

    • Authors: Átila Bezerra Tolentino
      Pages: 62 - 77
      Abstract: Ao conceber a memória e a identidade como uma construção, este artigo parte do pressuposto de que elas são resultado das ações dos sujeitos sociais que as estão construindo e reconstruindo, ou seja, a memória e a identidade são dinâmicas e histórico-socialmente determinadas no momento presente, por meio de um jogo social carregado de negociações, lutas, embates e conflitos. Igualmente, sua representação, por meio de uma narrativa museológica, está atrelada a um discurso ideologicamente determinado, que reflete esse jogo social e envolve a tarefa de seleção entre o que lembrar e o que fica no limbo do esquecimento, constituindo, assim, um espaço social de disputa política, econômica e simbólica. Para a reflexão, é trazido um aparato teórico de autores que consideram a memória como um fenômeno social e, consequentemente, levam em conta os aspectos sociais da construção de identidades, como Maurice Halbwachs, Henri Bergson, Joël Candau, Manuel Castells e Paul Ricouer.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e1201862-77
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Trevas e queda: análise do imaginário feminino na representação de
           fake news sobre Marielle Franco

    • Authors: Eunice Simões Lins, Flávia Lopes
      Pages: 78 - 96
      Abstract: O imaginário social que constrói o mundo de representações simbólicas femininas é permeado por arquétipos que nos rementem a símbolos de vários tipos de referências, inclusive negativistas. Procuramos neste artigo traçar algumas dessas representações negativadas nas notícias falsas divulgadas sobre a vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco, do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), assassinada em março de 2018. Neste artigo, buscamos por base a teoria do trajeto antropológico do imaginário, traçado por Gilbert Durand, em que procura a compreensão simbólica do imaginário por meio de dois regimes: o Regime Diurno e o Regime Noturno, partindo do pressuposto de que todas as formas de produção simbólica que temos na sociedade são reflexos do nosso imaginário social, como por exemplo, a produção midiática.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e1201878-96
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • As transfigurações míticas: dos clássicos aos digitais

    • Authors: Lucas Pereira Damazio, Reginaldo Osnildo
      Pages: 97 - 116
      Abstract: Com o intuito de encontrar semelhanças entre a construção dos mitos e as técnicas e as tecnologias do imaginário utilizadas para tal, este artigo se propõe a analisar as transfigurações míticas do divino e do heroico em três períodos históricos: na antiguidade clássica dos mitos gregos, na moderna época dos mitos hollywoodianos e nos interativos mitos da era tecnológica, os mitos digitais que nascem no Youtube. Para isso, explica-se o que é mito e quais os impactos do mitológico no cotidiano do homem, delineando os pré-requisitos para o nascimento do clássico e do moderno. Na sequência, são dispostos os procedimentos metodológicos e a análise comparativa que permite a reflexão sobre as particularidades que criam uma aura mítica na figura do youtuber Felipe Neto, objeto de análise escolhido.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e1201897-116
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • O imaginário feminino na história e em atuais paradidáticos
           para a juventude

    • Authors: Iraci de Sales Rodrigues, Geam Karlo-Gomes
      Pages: 117 - 135
      Abstract: Este trabalho analisa o imaginário feminino no decorrer da história e em dois paradidáticos para a juventude, tendo em vista que os livros são ferramentas de grande importância para o desenvolvimento crítico dos jovens, além de ser um instrumento para desenvolver a formação do imaginário. Para isso, realizamos uma abordagem diacrônica, através de leituras fundamentadas em Durand (2004), Macedo (2002), Alambert (2004), Perrot (2008), Andrade (2003), Bourdieu (2002), Souza (2005), entre outros; e a análise de dois livros paradidáticos juvenis: Aventuras de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll; e Tristão e Isolda, de Telma Guimarães Castro Andrade. Nesta pesquisa bibliográfica de cunho analíticointerpretativa, constam também as fundamentações sobre leitura e sobre o livro: Abreu (2006), Colomer (2003), Munakata (1997) e Petit (2009). Ao abordar como o imaginário está presente nos paradidáticos, evidenciam-se que, assim como esse material se apresenta como ferramenta precursora de conhecimento sobre a essência significativa do elemento feminino para a atualidade, também revela discursos dominantes impregnados de estereótipos.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018117-135
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • De Gana para o Brasil: o desejo de encontrar uma grama mais verde

    • Authors: Camila Borges dos Anjos
      Pages: 136 - 152
      Abstract: Neste artigo, analisaremos os reflexos do entremeio migratório materializado na fala de um dos imigrantes ganeses que mora na cidade de Tubarão – SC. O contato com o imigrante se deu a partir do Projeto de Extensão Acolhida ao Migrante, desenvolvido na Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), que tem como proposta não só oportunizar a aprendizagem da Língua Portuguesa, mas também a inserção no espaço social. Buscamos, ao trazer o tema migração, tecer uma análise discursiva a partir dos aspectos linguísticos, identitários e culturais que constituem esses sujeitos. Para tanto, teremos como base a Análise do Discurso de linha francesa, de Michel Pêcheux, trazendo também as contribuições antropológicas de Bauman, Santos etc. para nosso estudo. O percurso metodológico desta pesquisa se dá a partir de alguns questionamentos realizados a um ganês que vive no Brasil – na cidade de Tubarão – há três anos, o que nos fez desenvolver uma análise a partir do que afirma sobre economia, numa relação entre seu país de origem e destino. A partir disso, buscamos identificar o posicionamento do imigrante em relação ao tema, e aí, diante de sua fala, perceber de que modo essa cultura do outro tem ou não interferido no modo como pensa, vê o mundo, se expressa. Dado o caráter dinâmico de cada cultura é que compreendemos que o sujeito imigrante, ao se deslocar para um novo lugar, passa por um processo de transformação, de ruptura. A cultura desempenha, assim, um papel fundamental na participação do sujeito imigrante no meio social.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018136-152
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Editorial

    • Authors: Deisi Scunderlick Eloy de Farias, Paulo DeBlasis
      Pages: 153 - 156
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018153-156
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Sambaqui Lagoa dos Freitas, Santa Catarina: estratigrafia, antiguidade,
           arqueofauna, e cultura material

    • Authors: Marcos César Pereira Santos, Diego Dias Pavei, Juliano Bitencourt Campos
      Pages: 157 - 196
      Abstract: O litoral do Extremo sul Catarinense é uma área importante para compreender as dinâmicas das ocupações pré-históricas no litoral meridional brasileiro. Nessa área foram localizados sítios de grupos com hábitos caçadores-coletores, pescadores-coletores e horticultores ceramistas relacionados a grupos indígenas Jê-Meridionais e Guarani. Este artigo apresenta os primeiros resultados integrados das pesquisas realizadas no sítio Sambaqui Lagoa dos Freitas, situado município de Balneário Rincão, na localidade de Lagoa dos Freitas, Santa Catarina. O mesmo apresentou dois horizontes cronológicos associados as fases finais de ocupação Sambaquieira estabelecidas na região arqueológica de Santa Marta (fase 3 e 4), com padrões estratigráficos e cultura material que indicam uma continuidade de exploração ambiental que foi replicada entre as regiões sul de Santa Catarina e Norte do Rio Grande do Sul. O sítio apresenta uma quantidade de dados que podem trazer diferentes contribuições a respeito das antigas sociedades litoraneas meridionais, especialmente nas modalidades de ocupação que refletidas em diferentes sítios arqueológicos, apresentam no contexto estratigráfico a sucessão dos grupos humanos no litoral meridional brasileiro. Os dados aqui apresentados são oriundos das pesquisas desenvolvidas no projeto de pesquisa Arqueologia Entre Rios: do Urussanga ao Mampituba (AERUM).
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018156-195
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • As esculturas de pedra (zoólitos) e de osso dos sambaquis do Brasil
           meridional e do Uruguay

    • Authors: André Prous
      Pages: 197 - 217
      Abstract: Esse artigo apresenta a pesquisa desenvolvida sobre zoolitos desde a década de 1970, quando foi realizado o levantamento das principais esculturas de animais produzidas em pedra, encontradas em sambaquis. Serão aqui apresentadas as várias interpretações que surgiram de acordo com paradigmas teóricos da arqueologia que foram se transformando através dos tempos, gerando a conclusão de que o código de elaboração dessa produção artística foi de fato desvendado.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018196-216
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Dentes, ossos e suas formas: lições aprendidas sobre os
           construtores de sambaquis

    • Authors: Sheila Mendonça de Souza
      Pages: 218 - 247
      Abstract: A morfologia estuda as formas e dimensões, normais e não normais, dos seres vivos, campo da ciência que tem dado contribuição importante para a arqueologia. Os conhecimentos morfológicos sobre os grupos humanos que construíam sambaquis, ainda que datando de poucas décadas, vem contribuindo com o conhecimento sobre como eram e viviam aqueles grupos. Esta contribuição não se resumiu à descrição dos seus corpos a partir dos ossos, mas à propõe hipóteses e interpretações sobre sua vida, saúde, comportamentos, dieta, atividades físicas, semelhanças e diferenças entre os grupos, e assim por diante. Uma revisão rápida na literatura permite conhecer o crescimento das contribuições no campo, as mudanças e a riqueza das interpretações morfológicas e como estas acompanham o progresso das interpretações arqueológicas sobre os sítios denominados sambaquis e os povos que construíram tais testemunhos arqueológicos na costa do Brasil.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018217-246
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Dinâmica da ocupação da região do camacho, litoral sul de Santa
           Catarina, a partir de 7500 anos até o presente

    • Authors: Andreas Kneip, Antônio Augusto Souza Mello
      Pages: 248 - 263
      Abstract: A região do Camacho, no litoral sul do Estado de Santa Catarina, possui um conjunto de sítios arqueológicos pré-históricos bastante significativo, desde sambaquis e sítios líticos associados aos sambaquieiros, até os sítios associados a povos das culturas cerâmicas Taquara/Itararé e Tupiguarani. O conjunto de cem sambaquis localizados e as mais de duzentas datas relacionadas a sessenta e nove destes sítios permite avançar hipóteses sobre o processo de ocupação da região. Este processo mostra um início da ocupação por volta de 7.500 anos calibrados Antes do Presente (anos cal AP) e seu final por volta de 900 anos cal AP. Durante este período, o Nível Médio Marinho local variou de 2,3 a 0,8 metro acima do nível zero atual. Este trabalho descreve a dinâmica da ocupação da região.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018248-263
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Corpos e montes: arquitetura da morte e do modo de vida dos sambaqueiros

    • Authors: Madu Gaspar, Paulo Deblasis, Gina Biachini
      Pages: 264 - 282
      Abstract: O avanço nas pesquisas em sambaquis, apoiadas especialmente nos processos de formação, tem revelado a presença recorrente de elementos arquiteturais indicando que alguns destes sítios possuem certo tipo de arquitetura funerária. Parte destes elementos arquiteturais são os sepultamentos que impulsionam e ordenam o processo construtivo através dos sucessivos eventos que integram o ritual funerário. Este artigo sintetiza os recentes estudos nesta linha interpretativa e discute algumas de suas implicações.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018264-282
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Ciberarqueologia aplicada a sítios concheiros: o projeto sambaqui
           interativo

    • Authors: Alex da Silva Martire, Jéssica Mendes Cardoso, Renata Estevam da Silva, Tomás Partiti
      Pages: 283 - 314
      Abstract: A Ciberarqueologia trata da interlocução entre Realidade Virtual e Arqueologia, lidando com o retorno/controle de informações e extroversão de resultados. O projeto Sambaqui Interativo é uma proposta de um aplicativo de simulação eletrônica desenvolvido por pesquisadores do grupo de pesquisa ARISE (MAE/USP) em parceria com o GRUPEP-Arqueologia (UNISUL) que possibilita a interação do usuário em tempo real com um ambiente simulado de uma paisagem no contexto dos sítios costeiros do tipo sambaqui. Este é um projeto de inovação científica em fase de desenvolvimento que tem como objetivo a extroversão da pesquisa arqueológica brasileira a fim de promover a divulgação científica para além do ambiente acadêmico e sensibilizar sobre a preservação dos sítios arqueológicos a partir de uma plataforma eletrônica de livre acesso.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018283-314
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
  • Os sambaquis na Ilha de São Luís – MA: processo de formação, cultura
           material cerâmica e cronologia

    • Authors: Arkley Marques Bandeira
      Pages: 315 - 360
      Abstract: O artigo aborda os resultados obtidos nas pesquisas arqueológicas vinculadas ao projeto Sambaquis do Maranhão, coordenado pelo autor entre os anos de 2005 a 2013. A investigação objetivou estabelecer o contexto espaço-temporal das ocupações humanas que povoaram a Ilha de São Luís – MA, no período Pré-colonial Para tanto, foram escavados cinco sítios arqueológicos, a saber, os sambaquis do Bacanga, Panaquatira, Paço do Lumiar e os sítios Vinhais Velho e Maiobinha. Além disso, todos os sítios foram datados por distintos métodos e a cultura material foi analisada. Neste trabalho será apresentada uma síntese sobre a análise da cultura material cerâmica e a cronologia para ocupação sambaquieira, correlacionado estes elementos com a formação do registro arqueológico.
      PubDate: 2018-05-10
      DOI: 10.19177/memorare.v5e12018315-360
      Issue No: Vol. 5, No. 1 (2018)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.238.174.50
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-