A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> CONSERVATION (Total: 128 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Interações (Campo Grande)
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1518-7012 - ISSN (Online) 1984-042X
Published by SciELO Homepage  [688 journals]
  • Editorial

    • Authors: Mariana Araujo
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.4172
       
  • Saúde e meio ambiente: análise da percepção da qualidade ambiental da
           população de Caicó, Rio Grande do Norte

    • Authors: Amanda Nogueira Medeiros, Julio Alejandro Navoni
      Pages: 377– - 377–
      Abstract: Considerando a importância do conhecimento da percepção da população como primeira linha de entendimento da qualidade ambiental, este estudo objetivou investigar a percepção ambiental de moradores da cidade de Caicó, RN, caraterísticas sanitárias da população e sua contextualização socioeconômica como descritores de qualidade ambiental. A tal fim, a análise foi feita por meio da aplicação de um questionário semiestruturado, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, contemplando caraterísticas referentes às concepções e condições relativas ao cenário ambiental de desenvolvimento humano, hábitos, caraterísticas sociais e sanitárias. Um total de 140 entrevistas foram realizadas em 7 bairros da cidade, descrevendo a realidade de aproximadamente 600 moradores. Diferenças significativas nas condições socioeconômicas foram encontradas no perfil de respostas obtidas. Um dos aspectos mais salientes foi a polarização do saneamento ambiental comprometendo a qualidade dos recursos hídricos e descrevendo este como um dos fatores mais relevantes que podem afetar a saúde populacional. O nível de satisfação ambiental foi diferenciado segundo procedência (bairro ou classificação do nível socioeconômico) dos entrevistados (p<0,01). No entanto, o nível de percepção ambiental esteve estreitamente relacionado com o grau de interação da população com o meio ambiente como uma das causas que influenciaram a abordagem e resolução de problemáticas ambientais (p<0,01). Desta forma, este estudo descreveu a interação da sociedade com o contexto ambiental de desenvolvimento local, seu papel como subsídio para elaboração de políticas públicas dirigidas à preservação da qualidade ambiental e minimização dos impactos sanitários. A implementação e o fortalecimento de atividades de educação ambiental contribuiriam na conscientização e sensibilização da população neste aspecto.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3317
       
  • O telejornalismo regional no interior do Rio Grande do Sul: a presença da
           RBS TV e do Jornal do Almoço

    • Authors: Paulo Marques, Michele Negrini
      Pages: 395– - 395–
      Abstract: Nos últimos anos, as emissoras de televisão no Rio Grande do Sul têm passado por processos de reestruturação que contribuíram para a extinção ou diminuição dos espaços regionais de notícias. A emissora RBS TV ainda atende, de certa forma, esta demanda, mesmo que, paulatinamente, venha diminuindo sua atuação no interior gaúcho. O estudo tem por objetivo problematizar a importância do jornalismo regional, especialmente o televisivo, no âmbito do estado do Rio Grande do Sul. A análise foi focada na emissora RBS TV, especificamente no programa Jornal do Almoço. Por meio da metodologia de observação (GIL, 2008), foram analisadas seis edições do telejornal durante o período de uma semana. O método observacional foi voltado à verificação do tempo destinado à cada região em relação ao tempo total do telejornal e quais assuntos foram tratados por cada segmento regional. Além disso, foram apresentadas ponderações sobre as observações das edições analisadas. Como resultado, pôde-se constatar que, ao longo dos anos, a emissora RBS TV está gradualmente diminuindo o acesso à informação para as comunidades do interior gaúcho.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3436
       
  • Plantas medicinais em quintais periurbanos: espaços de valorização da
           biodiversidade em São Miguel do Guamá, Pará

    • Authors: Carlos Natham Machado de Souza, João Paulo de Jesus Silva, Janaira Almeida Santos, Flávia Cristina Araújo Lucas
      Pages: 411– - 411–
      Abstract: Mesmo com o avanço crescente nos estudos etnobotânicos, ainda é incipiente a quantidade de dados que inventariam os usos e saberes associados à biodiversidade das plantas medicinais existentes em quintais urbanos e periurbanos da região amazônica. No presente artigo, objetivou-se realizar estudo das plantas medicinais em quintais rurais no município de São Miguel do Guamá, Pará, valorizando os saberes tradicionais e contribuindo para o conhecimento da biodiversidade local. Entrevistas semiestruturadas foram realizadas com 23 moradores, selecionados por amostragem não probabilística. Foram calculados o índice de importância (IVs) e a concordância quanto aos usos principais (CUP). Houve registro de 80 receitas medicinais, a partir do uso de 65 espécies. As famílias mais representativas foram Asteraceae, Euphorbiaceae e Lamiaceae. O índice de valor de importância foi atribuído a Melissa officinalis L. e à concordância de usos principais de Alternanthera sp., Melissa officinalis L., Plectranthus neochilus Schltr e Chenopodium ambrosioides L. Os maiores valores de concordância quanto aos usos principais corrigidos (CUPc) foram de Melissa officinalis L., Cymbopogon citratus (DC.) Stapf. e Alternanthera sp. Gripe, febre e diarreia foram os problemas de saúde mais prevalentes. A comunidade preserva costumes da medicina tradicional em atenção à saúde, e isso traduz-se no modo de vida dessas pessoas e na intensa circulação de plantas medicinais nos quintais.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3490
       
  • Análise bibliométrica da produção científica sobre plantas
           alimentícias não convencionais

    • Authors: Ana Flavia Padilha, Silmara Rodrigues Pietrobelli, Giovana Faneco Pereira, Taciane Finatto, Nuno Rodrigo Madeira, Thiago de Oliveira Vargas
      Pages: 427– - 427–
      Abstract: As plantas alimentícias não convencionais (PANC) são plantas espontâneas ou cultivadas, capazes de ampliar as fontes de nutrientes disponíveis à população e promover a soberania e segurança alimentar. Apesar do potencial que as PANC representam, as espécies nativas do Brasil, em sua maioria, não fazem parte do grupo de alimentos mais consumidos no país. O objetivo do trabalho foi analisar o estado da arte das pesquisas acadêmicas relacionadas às PANC, utilizando uma análise bibliométrica de pesquisa e produção científica mundial a respeito do tema. Foram identificados 2.056 artigos provenientes de pesquisa, com 50 termos de busca, sendo que, desses, 26 retornaram resultados. Foi observado um aumento em publicações sobre o tema, em especial a partir de 1996. A fonte mais relevante sobre o tema é o Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine. Os Estados Unidos ocupam o primeiro lugar em relação ao número de citações sobre a temática, e o Brasil ocupa a 28ª colocação. Palavras como wild, edible, plant, flowers, food, traditional, indigenous e plants foram as mais citadas em títulos dos artigos. Apesar do aumento das pesquisas acerca do tema, o cenário ainda é incipiente, considerando a grande quantidade de plantas compreendidas como “não convencionais” existentes.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3830
       
  • Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSA): percepção de
           agricultores e coagricultores

    • Authors: Edimar dos Santos de Sousa Junior, Ana Maria Resende Junqueira, Maria Júlia Pantoja, Rúbia Nara Rinaldi Leão de Sousa
      Pages: 445– - 445–
      Abstract: Expandem-se pelo mundo as redes alternativas de alimentos, como grupos solidários de compras, mercados de agricultores e, particularmente, as Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSA). Em uma CSA tradicional, os consumidores aderem a uma cota da CSA e concordam em pagar uma quantia que financie a produção agrícola e, em contrapartida, os agricultores entregam produtos, como hortaliças, frutas, entre outros, aos consumidores. Os riscos de produção são transferidos dos produtores para os membros da comunidade. O objetivo deste estudo foi caracterizar as CSAs no Distrito Federal, Brasil, e avaliar os impactos desses novos arranjos de produção e comercialização sob o ponto de vista dos agricultores e coagricultores. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas, em amostra com 14 CSAs e 34 coagricultores, a partir de roteiro semiestruturado, composto por seis dimensões: Estrutura Organizacional; Cultura de Organização do Trabalho; Comunicação; Socioambiental; Logística; e Economia. Os resultados mais relevantes foram: para os agricultores − segurança, planejamento, estabilidade e independência financeira da atividade; adoção de métodos de agricultura orgânica; aumento da qualidade e diversidade do produto; melhoria na qualidade de vida; reconhecimento e valorização do trabalho rural; treinamento e adoção de práticas preservacionistas. Para os coagricultores − aumento da consciência socioambiental; preocupação com a saúde; conhecimento de novos produtos agrícolas e novos usos; redução de resíduos; empatia e racionalidade. Para a sociedade, esse novo arranjo de produção e distribuição de alimentos é positivo em diversos aspectos, principalmente devido ao aumento da conscientização ambiental, à diminuição do desperdício, à valorização da atividade rural e a uma maior autonomia financeira dos agricultores, o que pode auxiliar na redução da pobreza no campo.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3403
       
  • Controle social e pandemia: uma análise a partir da Ouvidoria SUS do
           Rio Grande do Sul

    • Authors: Patrícia De Carli, Sérgio Luís Allebrandt, Guilherme Fortes Machado
      Pages: 461– - 461–
      Abstract: No Brasil, a pandemia da covid-19 revelou uma crise de coordenação de forte dimensão federativa no âmbito político-institucional. Todo esse contexto trouxe diversos desafios para o funcionamento habitual do controle social, notadamente marcado por reuniões ampliadas, visitas in loco, conferências e outras atividades presenciais. Assim, o presente artigo tem por objetivo verificar se a pandemia da covid-19 afetou o controle social, a partir de um estudo comparativo do acesso dos usuários à Ouvidoria do Sistema Único de Saúde (SUS), nos anos de 2019 e 2020. Para tanto, foram analisados dados secundários coletados junto ao Portal Business Intelligence (BI) − Informações de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, versão Gestão Estadual. Para o tratamento dos dados, buscou-se identificar nos indicadores a adequação aos critérios contidos na matriz elaborada pelo Grupo Interdisciplinar de Estudos em Gestão e Políticas Públicas, Desenvolvimento, Comunicação e Cidadania (GPDeC) da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), categoria de controle social e seus critérios de análise. Como resultados, verificou-se uma queda de 5,12% no quantitativo total de manifestações realizadas no ano de 2020. Ainda, no mesmo ano, houve um expressivo aumento no número de manifestações pendentes e com prazo de respostas vencido e uma crescente abordagem das temáticas relativas à Vigilância em Saúde.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3470
       
  • Participação social na esfera ambiental: o caso do Conselho Municipal de
           Defesa do Meio Ambiente de Ribeirão Preto, SP

    • Authors: Luene Pessoa Vicente, Anaís Freitas Silveira, Maria Rita Raimundo e Almeida
      Pages: 473– - 473–
      Abstract: Apesar dos conselhos serem construídos sobre os pilares da democracia representativa e possuírem legalmente a função de aproximar a sociedade civil e as esferas governamentais da tomada de decisões, a transposição prática desses pressupostos necessita de verificação. Este artigo teve como objetivo analisar o formato de participação executado no Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA) de Ribeirão Preto, SP, em relação à proposta teorizada para conselhos e as determinações dispostas em lei. Para tanto, foi realizada uma análise documental das atas das reuniões ordinárias do COMDEMA, entre 2016 e 2020, considerando-se as perspectivas de composição do conselho, participação dos membros e natureza das pautas. Quanto à composição do conselho, com exceção de duas vagas, todas as cadeiras de entidades previstas em Regimento Interno foram preenchidas; já em relação à assiduidade, 12,8% das reuniões foram canceladas por falta de quórum. Os assuntos de pauta são de caráter estratégico e organizacional. As intervenções dos conselheiros nas reuniões são realizadas com maior frequência por representantes específicos, o que pode ser atribuído à formação de Câmaras Técnicas paralelas de pré-discussão de assuntos que serão levados às reuniões ordinárias. Assim, pelas análises realizadas, pode-se observar que o COMDEMA possui um funcionamento alinhado às determinações legais e apresenta envolvimento dos seus membros.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3573
       
  • Direitos humanos e direito à saúde de moradores de assentamentos
           rurais do MST

    • Authors: Marcela Miwa, Ana Luiza Moura, Carla Ventura
      Pages: 495– - 495–
      Abstract: No Brasil, o desafio para a garantia do exercício de direitos esbarra em profundas desigualdades sociais, o que fragiliza não somente a garantia de direito, como também a implementação de políticas públicas que possam sanar as demandas da população. No caso da população ligada ao campo, os profundos contrastes na distribuição de terras, de recursos e acesso a serviços fazem com que moradores de assentamentos rurais deparem-se com precárias condições de sobrevivência. O presente artigo é uma revisão sobre as potencialidades e fragilidades que membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) apresentam para o exercício dos direitos humanos, especialmente do direito à saúde, a partir de referências localizadas nas bases LILACS, SciELO, Embase, Scopus, CINAHL, PubMed, Web of Science e ProQuest. Foram analisados oito artigos e identificadas três categorias principais: i) Luta por direitos e interesses partidários; ii) Direito à educação e educação em direitos; iii) Onde exercer o controle social em saúde' Os resultados evidenciaram que a defesa de seus direitos esbarra, por vezes, em interesses político-partidários; porém, o foco na educação indica forte potencial na defesa e ampliação desses direitos. No que diz respeito ao direito à saúde, os membros do movimento ainda apresentam posicionamentos contraditórios em relação a espaços formais de controle social em saúde.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3719
       
  • Formação continuada por meio da pesquisa-ação: participação e
           decisão dos professores

    • Authors: Ana Cristina Cantero Dorsa Lima, Ruth Pavan
      Pages: 509– - 509–
      Abstract: Este artigo é fruto de uma pesquisa de doutorado que tem como objetivo analisar a formação continuada desenvolvida por meio de um processo de pesquisa-ação. O local da pesquisa é uma escola de Educação Infantil localizada em uma capital do Centro-Oeste do país. Os sujeitos da pesquisa são cinco professores da Educação Infantil. Os dados da pesquisa, apresentados neste artigo, foram produzidos durante o ano de 2022. Destacamos que nossa opção pela abordagem qualitativa, especificamente pela metodologia da pesquisa-ação, é por entendermos que os professores que atuam na Educação Básica produzem, mediante sua atuação, uma gama de conhecimentos; portanto, apresentam condições de participar e de decidir o tipo de formação continuada que necessitam ter. Os aspectos teóricos que trazemos nesta pesquisa são aqueles que enfatizam os conhecimentos dos professores como importantes, necessários e qualificadores do processo de formação continuada. Como conclusão, podemos afirmar, com base na produção dos dados, que a formação continuada, desenvolvida por meio da pesquisa-ação, explicita que a possibilidade de participar e o poder de decisão dos professores fazem com que eles se sintam mais comprometidos e respeitados no ambiente formativo.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.4028
       
  • Políticas públicas de sustentabilidade em Fortaleza, CE

    • Authors: Paula Cruz de Albuquerque, Filipe Augusto Xavier Lima
      Pages: 521– - 521–
      Abstract: Atualmente, o desenvolvimento sustentável representa um desafio global, especialmente nos centros urbanos. Nesse sentido, é imprescindível que, nas políticas públicas implementadas pela governança municipal, existam ações estratégicas relacionadas à preservação do meio ambiente (dimensão ambiental), à redução das desigualdades sociais (dimensão social), à promoção do crescimento econômico local (dimensão econômica), à conservação e à disseminação de tradições culturais (dimensão cultural), bem como à busca por um equilíbrio entre o ambiente construído e o natural (dimensão espacial). Dessa forma, é urgente e necessário que os planos de projetos das cidades contemplem todas as dimensões da sustentabilidade, possibilitando, assim, um desenvolvimento urbano sustentável concreto e efetivo. Com efeito, o objetivo deste estudo é verificar a relação das políticas públicas, desenvolvidas em Fortaleza, com todos os eixos da sustentabilidade urbana, especialmente aquele que contempla a gestão dos bens naturais existentes no município. O procedimento metodológico é qualitativo, de caráter exploratório e descritivo. Realizou-se um levantamento bibliográfico e documental (artigos, trabalhos científicos e documentos elaborados pelo poder público) por meio dos quais fossem listadas e apresentadas as principais políticas públicas de sustentabilidade desenvolvidas em Fortaleza. Em seguida, foi verificado o alinhamento dos objetivos, das metas e das ações descritas, nesses instrumentos legais, como as práticas relacionadas a cada uma das dimensões da sustentabilidade. Observou-se que, dentre ações planejadas e implementadas pelo governo local, são contempladas todas as dimensões da sustentabilidade, sendo também presente, nesses planos, um eixo específico para a governança. É importante ressaltar que há planos ou projetos específicos, também, para o gerenciamento dos recursos naturais e a manutenção da qualidade ambiental, evidenciando-se que, no espaço urbano de Fortaleza, existe uma busca pelo equilíbrio entre o meio construído e o natural, com o foco na redução da vulnerabilidade socioambiental.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3318
       
  • Cátedra de empreendedorismo na Colômbia: obrigatoriedade e
           improvisação pedagógico-conceitual

    • Authors: Elizabeth Ruano, Wilfred Fabián Rivera Martinez
      Pages: 537– - 537–
      Abstract: Analisa-se o contexto de promulgação da Lei n. 1014, de 2006, e a implementação da Cátedra de Empreendedorismo em 19 Instituições de Educação Básica Secundária e Média (equivalentes, respectivamente, ao Ensino Fundamental II e Ensino Médio, no Brasil) do município Popayán (Cauca, Colômbia). A discussão dos dados empíricos, obtidos mediante questionário de perguntas abertas ao professorado responsável, utilizou abordagem mista. A primeira fase analítica privilegiou a análise quantitativa das respostas obtidas. O segundo momento enfatizou a ênfase qualitativa, buscando a dialogicidade entre os dados empíricos, a literatura de referência e as fontes documentais. Como resultado, revelou-se a priorização da concepção empresarial, instrumental e economicista, do empreendedorismo e, com menor expressão, práticas curriculares diferenciadas da visão hegemónica. Conclui-se que a referida cátedra, imposta mediante lei, incidiu na improvisação pedagógico-conceitual derivada da marginação municipal da tomada de decisões em âmbito nacional.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3444
       
  • Governança represada: assimetria de poder e resistência no Comitê da
           Bacia Hidrográfica do Rio Tibagi

    • Authors: Josiane Rowiechi, Kauana Rosa da Silva, Benilson Borinelli, Fabio Luiz Zanardi Coltro
      Pages: 555– - 555–
      Abstract: Abordamos a tríade Estado, água e poder na gestão hídrica do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tibagi (CBHT), localizado no estado do Paraná. Nosso objetivo é compreender os processos que evidenciam a assimetria de poder na governança do CBHT como expressão das relações de forças que procuram controlar as principais decisões políticas sobre os usos da água. Metodologicamente, adotamos uma abordagem qualitativa com perspectiva descritiva e baseada em dados documentais e entrevistas. Ao final, afirmamos que a crônica lentidão, a escassez de recursos e a centralização decisória constituem e perpetuam a assimetria de poder nos novos arranjos de governança. Esse quadro, apesar do histórico de resistência de representantes da sociedade civil, é estratégico para represar demandas democráticas por sustentabilidade na gestão da água e privilegiar interesses de seus grandes usuários. As “falhas” de governança têm no Estado um agente e um espaço estratégicos para favorecer a apropriação da água como matéria-prima e diluente de resíduos a baixo custo, enfim, utilizada como água “barata”. Dessa forma, custos de uma apropriação desigual da água são socializados para a sociedade e para a natureza no processo de mobilização dos fluxos de água da bacia hidrográfica do Tibagi, segundo o tempo e a lógica dos fluxos financeiros do circuito global do capital e das forças políticas dominantes na escala regional.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3545
       
  • Discursos coletivos e relações de poder na juventude rural: um estudo de
           caso na comunidade de Bebida Velha, Pureza, RN

    • Authors: Marcos Aurélio Freire da Silva Júnior, Joana Tereza Vaz de Moura
      Pages: 573– - 573–
      Abstract: Os estudos acerca da juventude ganharam maior relevância na academia nos últimos anos, ampliando as possibilidades de análise dessa categoria, consolidando a ideia do jovem como ator político e social. Essa ampliação de estudos destacou a heterogeneidade do jovem, fomentando pesquisas sobre os diversos aspectos das juventudes. A juventude rural faz parte da diversidade de atores sociais que compõem as juventudes, e estudar suas dinâmicas e fenômenos sociais têm sido uma necessidade emergente. Nesse sentido, este artigo busca analisar a juventude rural sob o conceito de poder simbólico (BOURDIEU, 1989), na tentativa de compreender como as relações de poder e dominação simbólica estão presentes na vida dos jovens de Bebida Velha, comunidade rural tradicional localizada em Pureza, RN. Utilizamos como metodologia analítica o Discurso do Sujeito Coletivo, que consiste numa técnica com viés qualitativo e/ou quantitativo que se propõe a construir um discurso coletivo com base em discursos individuais de um mesmo grupo social. A partir da análise do Discurso do Sujeito Coletivo de maneira qualitativa, construído por meio de 15 entrevistas semiestruturadas realizadas com os jovens rurais, percebemos que os principais espaços de socialização da juventude rural (educação, trabalho, família e grupos de lazer) podem ser reprodutores das relações simbólicas de poder e dominação, ao mesmo tempo que representam espaços de sociabilidade e oportunidades de mudança social.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3679
       
  • Internacionalização da educação superior em contextos emergentes: a
           produção recente em teses e dissertações no Brasil

    • Authors: Andreza Cipriani, Marcia Regina Selpa Heinzle
      Pages: 591– - 591–
      Abstract: O presente estudo visa analisar o perfil das temáticas das produções científicas relacionadas à internacionalização da educação superior em contextos emergentes. Trata-se, portanto, de uma revisão sistemática da literatura, que ocorreu por meio da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações no painel de informações quantitativas do catálogo de teses e dissertações no Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. O mapeamento da produção científica possibilitou identificar o total de 135 trabalhos, divididos em 47 teses e 88 dissertações publicadas durante o período de 2017-2022, utilizando, para a busca, os descritores “internacionalização da educação superior”, “contextos emergentes” e “sul global” para área da Educação. Do montante total de trabalhos identificados, foram selecionadas para esta pesquisa oito teses e três dissertações, que tratavam especificamente da temática em estudo. A análise permitiu identificar quatro principais temáticas, relacionadas a estes trabalhos, sendo elas: políticas públicas; interculturalidade e multiculturalidade; questões socioeconômicas; e avaliação da qualidade. Todos estes aspectos integraram as discussões de internacionalização voltadas para a cooperação sul-sul, visando à formação integral do sujeito, com perspectivas epistemológicas decoloniais. Por fim, por meio dos resultados desta pesquisa, ficaram evidenciados novos caminhos e estratégias de internacionalização da educação superior para o sul global, centrados em dimensões interculturais, com investimento na produção de conhecimento local, por meio de pesquisas e estudos que procuram responder aos desafios da realidade brasileira.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3895
       
  • Acessibilidade Cultural Participativa: um modo de agir em desenvolvimento
           local participativo

    • Authors: Ricardo Lopes Correia, Pablo de Oliveira Teixeira, Sebastião de Sousa Barbosa, Mirela Leite de Araujo
      Pages: 607– - 607–
      Abstract: A partir de uma pesquisa-ação em um território quilombola, apreendeu-se a Acessibilidade Cultural Participativa enquanto um modo de agir específico em desenvolvimento local, a fim de garantir a cidadania cultural de pessoas com deficiência em ambientes de produção cultural de base territorial-comunitária. A Acessibilidade Cultural Participativa considera a deficiência uma dimensão estética, que exige mudanças cognitivas sobre as leituras e intervenções nas realidades participativas do território.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3409
       
  • Relações de trabalho e de gênero na produção de tabaco em um
           município de Santa Catarina

    • Authors: Daniela Tezza Canever, Giovana Ilka Jacinto Salvaro, Dimas de Oliveira Estevam
      Pages: 621– - 621–
      Abstract: O presente artigo é fruto de uma dissertação elaborada entre os anos de 2019 e 2021, que teve como objetivo geral analisar as relações de trabalho e de gênero entre agricultores/as familiares produtores/as de tabaco em um município de Santa Catarina. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, documental e de campo, a qual contou com a participação de 20 produtores/as de tabaco. Com a pesquisa, verificou-se que a produção de tabaco é representativa na agricultura familiar do município estudado. No que se refere às relações de trabalho e de gênero, o estudo demonstrou que as mulheres realizam atividades não mecanizadas do ciclo produtivo, acumulam o trabalho doméstico e de cuidados; os homens realizam atividades mecanizadas (com trator e implementos agrícolas) relacionadas a gerenciamento, cursos e comercialização da produção. O processo estudado demonstra a importância de promover e manter políticas públicas voltadas ao meio rural, que possam romper com as situações de desigualdade de gênero e de divisão sexual do trabalho.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3472
       
  • Cooperativismo agropecuário e sucessão geracional em propriedades
           rurais: reflexões sobre o caso da Cotrijal/RS

    • Authors: Laila Drebes, Tâmara Karime Lima dos Santos
      Pages: 635– - 635–
      Abstract: O estudo objetiva analisar as ações da cooperativa agropecuária gaúcha Cotrijal destinadas aos jovens, cooperados ou filhos de cooperados, com vistas ao incentivo da sucessão geracional. Foi sustentado em dados documentais referentes ao ano de 2021, coletados no site da Cotrijal. Atualmente, a cooperativa desenvolve dois projetos específicos para estimular a sucessão geracional, Líderes Mirins e Participação em Família, por meio dos quais procura promover a socialização das novas gerações de agricultores no campo e na cooperativa, estimulando a sua responsabilização por parte das gerações mais antigas. E, recentemente, a Cotrijal passou por uma mudança em sua identidade visual, incorporando a ideia de sucessão geracional em seu logotipo. Logo, a análise do cenário recente de ações da Cotrijal demonstra a priorização da preocupação com a sucessão geracional, já que é essa renovação cíclica dos agricultores que garante a sobrevivência da própria cooperativa agropecuária.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3581
       
  • Mel do Pantanal e economia social e solidária: possibilidades a partir da
           análise de três realidades em Corumbá, MS

    • Authors: Geraldino Carneiro de Araújo, Milton Augusto Pasquotto Mariani, João Pedro Ferraz Zanetoni, Elaine Dupas
      Pages: 651– - 651–
      Abstract: O objetivo desta pesquisa foi analisar as potencialidades do Mel do Pantanal, considerando-se a economia social e solidária, em Corumbá, MS. A denominação “Mel do Pantanal” refere-se ao registro de Indicação Geográfica (IG) e pode ser utilizada como um grande diferencial para o território. Foi realizada pesquisa que identificou três realidades na produção do mel em Corumbá, MS. A pesquisa se caracteriza como exploratória e descritiva, com uma abordagem qualitativa a partir de um estudo de caso (Mel do Pantanal) e três unidades de análise: as realidades na produção, no processamento e na comercialização do mel produzido no Pantanal de Corumbá, MS. A coleta de dados envolveu entrevistas com os produtores; para o tratamento dos dados, utilizou-se a análise de conteúdo. Os resultados apontaram as diferenças entre as realidades em termos de apropriação da IG; produção, processamento e comercialização; características da embalagem; relação com o turismo/turista e meio ambiente. As considerações finais apresentam as potencialidades de se desenvolver a economia social e solidária a partir da governança, autorregulação, gestão coletiva e relações ambientais.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3805
       
  • Forças de coesão e fragmentação identificadas na Região Metropolitana
           de São Paulo

    • Authors: Esdras da Silva Costa, Leandro Campi Prearo
      Pages: 667– - 667–
      Abstract: A pesquisa tem o objetivo de identificar as forças de coesão e fragmentação metropolitana que influenciam no processo de articulação interfederativa e formulação de políticas públicas na Região Metropolitana de São Paulo. No que diz respeito à metodologia, a pesquisa tem uma abordagem quantitativa, classificada como tipo de pesquisa descritiva. As variáveis mensuradas foram operacionalizadas por meio de uma escala de diferencial semântico bipolar, a partir de um conjunto de adjetivos, opostos e contrários (grau de concordância e grau de importância). Para a análise dos dados, a pesquisa fez uso da técnica Análise Fatorial Exploratória. Os resultados apresentam as dimensões latentes, responsáveis por explicar o conjunto das variáveis observadas. Dessa forma, foi possível relacionar as forças de coesão metropolitana sob a seguinte ordem: formulação do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI); criação de uma consciência e de uma cultura metropolitana; e adequação dos objetivos do PDUI relacionados às Funções Públicas de Interesse Comum. A pesquisa também caracterizou fragilidades, apontando as seguintes fragmentações: baixa tradição em políticas regionais, ausência de capacidade técnica nos municípios e diferenças políticas e ideológicas.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3332
       
  • A contribuição das tecnologias sociais e os fatores determinantes para o
           cultivo de plantas medicinais: uma revisão sistemática

    • Authors: Renan Silva Ferreira, Leonardo Balcewicz Junior, Geysler Bertolini
      Pages: 685– - 685–
      Abstract: O objetivo deste estudo consiste em demonstrar como as tecnologias sociais nos meios de cultivo e gestão de plantas medicinais vêm sendo abordadas pela literatura internacional nos últimos quinze anos. Os procedimentos metodológicos classificam-se como pesquisa exploratória e bibliográfica, tendo sido procedida uma revisão sistemática de literatura na plataforma Web of Science (WoS), como principal, e na SciELO, como busca secundária, imersa numa abordagem qualitativa de natureza de pesquisa simples ou básica, que congrega uma rica coleção de periódicos científicos internacionais disponíveis on-line e gratuitamente, publicados durante o período de 2006 a 2021. Os resultados dos estudos demonstraram que as plantas medicinais promovem, de maneira específica e condizente com as condições regionais e agroecológicas, a permanência de produtores rurais no campo; mas, com a necessidade de permanência e continuidade das atividades, cada vez mais é importante que as tecnologias sociais estejam presentes para conscientização da relevância das soluções tecnocráticas. Os estudos puderam assumir diferentes abordagens em cada região, encontrando convergências e divergências do modo de conviver e gerir as ervas medicinais. As técnicas e os manejos envolvem fortemente questões ambientais, sociais, culturais e políticas, as quais carecem de disseminação de informação, entre outras lacunas observadas na pesquisa, para uma melhor exploração benéfica para a sociedade.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3466
       
  • Sustentabilidade em cinco edificações residenciais utilizando o
           Selo Casa Azul

    • Authors: Mari Aurora Favero Reis, Patrick Minusculli, Paulo Reis Junior, Jacir Favretto
      Pages: 703– - 703–
      Abstract: A contemplação do selo de sustentabilidade na construção civil impacta diretamente a qualidade de vida de seus ocupantes, a eficiência energética e a economia operacional da residência. Também, a certificação ambiental pode ser utilizada como instrumento de marketing para o imóvel, município e a qualidade do ambiente urbano. O Selo Casa Azul Caixa é um instrumento de classificação por intermédio de indicadores socioambientais para projetos de empreendimentos habitacionais, a fim de soluções mais eficientes no uso de recursos naturais e na melhoria da qualidade da habitação e de seu entorno. O objetivo foi aplicar indicadores de sustentabilidade do Selo Casa Azul Caixa (2010 e 2020), na avaliação de cinco edificações residenciais unifamiliares concluídas em 2020, na cidade de Concórdia, SC. A metodologia é do tipo qualitativa e quantitativa, utilizando como parâmetro os indicadores do guia Selo Casa Azul Caixa, organizados em seis categorias. Os resultados demonstraram que nenhuma das cinco residências obteve Selo Bronze, pois não atingiram todos os itens obrigatórios, padrão de sustentabilidade para ser certificada. A categoria mais bem avaliada foi a gestão eficiente da água e, a seguir, produção sustentável. As evidências possibilitam concluir sobre a probabilidade de não terem sido considerados os critérios para obtenção do selo no desenvolvimento dos projetos.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3560
       
  • Modelo de negócios baseado na Internet das Coisas: uma análise das
           oportunidades de novos negócios – revisão de literatura

    • Authors: Nathanael Moraes Silva, Iracema Rocha Silva, Thiago Machado da Silva Acioly, Diego Carvalho Viana
      Pages: 717– - 717–
      Abstract: Na era da transformação tecnológica, atrair a atenção dos consumidores pode ser o maior desafio de uma organização; afinal, esses agentes dos negócios mudaram e estão mais exigentes. O artigo versa sobre renovação tecnológica e o conceito de Internet das Coisas ou Internet of Things (IoT), proposto por Kevin Ashton. Este estudo objetiva elencar as principais contribuições desta tecnologia para a criação de novos modelos de negócios e novos mercados. A IoT provoca mudanças nas empresas e consumidores conforme integra o mundo físico com o virtual, gerando quantidades massivas de informações que podem ser usadas para diversas finalidades, principalmente para melhorar a produtividade e reduzir gastos desnecessários. A IoT representa uma oportunidade para criar novos modelos de negócios e abrir novos mercados inovadores; tudo isso possível graças ao processamento de um grande volume de informações e eventos que serão gerados pelos objetos conectados, possibilitando resposta rápida para cada um deles.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.3685
       
  • Movimento histórico do direito à educação para as pessoas com
           deficiência: prescrições das Constituições brasileiras

    • Authors: Nadia Bigarella, Tânia Mara dos Santos Bassi
      Pages: 727– - 727–
      Abstract: Este artigo tem como objetivo discutir o direito à educação como um direito social de todos as pessoas com deficiência, salvaguardado nas Constituições brasileiras e na legislação educacional como universal e um dever estatal, estabelecido por meio de políticas fundamentadas em valores democráticos: universalização da educação pública, gratuita e inclusiva, pilares da cidadania e do Estado Democrático de Direito. As análises documentais e bibliográficas envolveram a legislação educacional, as Constituições brasileiras e os estudos teóricos de Saviani (2013), Horta (1998), Cury (2014) e Vieira (2007), que discutem o conceito de educação como um processo inclusivo, democrático, sistematizado e constitutivo de um percurso formativo valorizado, o qual amplia as possibilidades sociais, reconhecidas e positivadas como direito à educação de todos. Para que se materialize tal direito para as pessoas com deficiência, exige-se mais do que prescrições impressas nos documentos do Estado brasileiro, exigem-se políticas que ampliem a defesa de uma sociedade baseada em valores humanos, universais e de respeito às liberdades. Também, requerem-se esforços, estratégias e recursos que levem à sua concretização e contemplem, de fato, as especificidades e necessidades de todos.
      PubDate: 2023-07-19
      DOI: 10.20435/inter.v24i2.4004
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.235.188.113
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-