A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> CONSERVATION (Total: 128 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Interações (Campo Grande)
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1518-7012 - ISSN (Online) 1984-042X
Published by SciELO Homepage  [688 journals]
  • O ser humano e a política

    • Authors: Pedro Pereira Borges
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3856
       
  • Análise Multicritério para identificação de áreas prioritárias para
           irrigação, por meio de indicadores socioeconômicos, no contexto da
           Bacia Tocantins-Araguaia, Região Centro-Oeste do Brasil

    • Authors: Maria das Dores Saraiva de Loreto, Aline Oliveira Silva, Luan Peroni Venâncio, Camile Arêdes Moraes, Giovana Franco Valadão
      Pages: 927 - 943
      Abstract: Este artigo teve como objetivo identificar as áreas mais adequadas à implantação de sistemas de irrigação, na porção Centro-Oeste da Bacia do Tocantins-Araguaia, por meio da aplicação de Análise Multicritério, considerando indicadores socioeconômicos dos 178 municípios que compõem essa região. Metodologicamente, a partir da pesquisa bibliográfica e documental, os indicadores socioeconômicos foram selecionados em uma amplitude que permitisse uma caracterização econômica, demográfica, social e ambiental da bacia e, ao mesmo tempo, para delimitar áreas passíveis para projetos de irrigação, por meio de entrevistas com especialistas do campo da irrigação e Análise Multicritério. Os resultados evidenciaram que a bacia possui 29,2% da sua área com restrição à implantação de sistemas de irrigação. Por outro lado, mais de 70% da área da bacia apresentou uma classe alta e muito alta de aptidão, verificando-se que a região de maior aptidão se encontra, principalmente, na Região de Planejamento do Nordeste Goiano, considerada estratégica para investimentos, visando à minimização dos desequilíbrios regionais. Nesse sentido, é possível concluir que o método de Análise Multicritério se mostrou satisfatório para este estudo, facilitando a tomada de decisão, em consonância com os objetivos da Política Nacional de Irrigação, que visam promover o desenvolvimento local e regional, com prioridade para as regiões com baixos indicadores sociais e econômicos. Ou seja, os resultados podem contribuir para subsidiar as decisões sobre investimentos a serem realizados, dentro da perspectiva da responsabilidade social e do desenvolvimento sustentável, por meio do direcionamento àquelas áreas de maior vulnerabilidade e exclusão social.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3601
       
  • Ocupação, produção e resistência: terras quilombolas e o lento
           caminho das titulações

    • Authors: Márcia de Almeida, Elaine Ferreira do Nascimento
      Pages: 945 - 958
      Abstract: As comunidades quilombolas contemporâneas, grupos de luta e resistência negra ao modelo escravagista e opressor instaurado no Brasil colônia, tendo o território como base da reprodução física, social, econômica e cultural da coletividade, que se mantém vivo como uma herança de diáspora, conquistaram, a partir da Constituição Federal de 1988, o direito à titularidade de suas terras. Estes espaços de organização do povo negro padecem de um grave problema: seus direitos constitucionais não estão sendo garantidos na prática. A morosidade dos processos de titulação de terras e a omissão do Estado são evidentes e colocam a vida e a cultura das comunidades quilombolas em risco. No entanto, os quilombolas necessitam do reconhecimento oficial de suas terras para alcançarem uma melhor qualidade de vida e acesso a políticas públicas. Nesse contexto, o presente artigo objetiva debater acerca do direito às terras tradicionalmente ocupadas e os porquês da lentidão do processo de titulação de terras no Brasil. Para a formulação do presente trabalho, realizamos uma pesquisa bibliográfica, de cunho qualitativo, buscando os principais autores que discorreram sobre o tema do escravismo, da formação histórica dos quilombos e das dificuldades atuais dessas comunidades tradicionais. Portanto, apesar de a Constituição Federal de 1988 assegurar, no artigo 68, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), o direito dos quilombolas à propriedade de suas terras, o processo de regularização e implementação de titulação de terras no Brasil ainda não se concretizou.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3520
       
  • Gerenciamento de resíduos de serviço de saúde pelos
           cirurgiões-dentistas no Planalto Serrano Catarinense

    • Authors: Barbara Koch, Ana Emilia Siegloch, Lenita Agostinetto
      Pages: 959 - 977
      Abstract: O objetivo foi avaliar o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde por cirurgiões-dentistas que atuam no setor público e no setor privado. O estudo foi de campo, quantitativo e descritivo, com 48 profissionais do setor público e privado. A coleta de dados ocorreu entre os meses de dezembro de 2020 e março de 2021, pela aplicação de questionário com 40 questões, o qual foi divulgado nas redes sociais e aplicado via Formulários Google, após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Os dados foram submetidos à estatística descritiva e ao teste de associação entre as variáveis (qui-quadrado). Observou-se que 29,17% dos participantes não têm conhecimento sobre o descarte de Resíduos de Serviço de Saúde (RSS), 39,58% desconhecem os procedimentos de descarte sobre medicamentos vencidos e suas sobras; 47,92% desconhecem o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde (PGRSS); 45,83% desconhecem há quanto tempo este foi implementado; e 77,08% afirmaram falta de capacitação sobre gerenciamento de RSS, sendo a principal dificuldade apontada para o adequado gerenciamento de resíduos. É imprescindível fomentar práticas de educação permanente que contribuam na formação e na atuação profissional sobre gestão dos RSS e instigar a implementação e o funcionamento do plano municipal de gestão de resíduos.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3597
       
  • Empreendimentos solidários e sua capacidade de promover a agricultura
           familiar

    • Authors: Amanda Barbosa Rêgo, Emiliano Lobo de Godoi
      Pages: 979 - 995
      Abstract: A agricultura familiar detém grande relevância produtiva, econômica, social e cultural no país, mas ainda conta com grandes dificuldades de se inserir no mercado capitalista altamente competitivo. A economia solidária visa ser um contraponto a esse sistema econômico vigente, pois se baseia no desenvolvimento econômico amparado na cooperação entre as pessoas, na autogestão dos empreendimentos e na busca por uma forma de vida melhor de seus participantes. O objetivo do estudo foi trazer algumas características da economia solidária no Brasil e como ela pode ser instrumento impulsionador e de apoio ao progresso da agricultura familiar. Realizou-se pesquisa bibliográfica e documental, com coleta de informações em renomadas bases de dados nacionais, como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Sistema de Informação em Economia Solidária (SIES). Percebeu-se que a agricultura familiar escoa seus produtos principalmente pela venda direta aos consumidores, que seus mercados são locais e a falta de capital de giro é sua dificuldade prevalecente.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3588
       
  • Análise multitemporal da cobertura vegetal na Bacia Hidrográfica do
           Córrego Ceroula, Mato Grosso do Sul

    • Authors: Ademir Kleber Morbeck de Oliveira, Rennan Vilhema Pirajá
      Pages: 997 - 1011
      Abstract: As bacias hidrográficas compreendem uma porção da superfície terrestre onde as águas superficiais convergem para um exutório, podendo ser encontradas em várias escalas e usadas como unidades de planejamento. Este trabalho objetiva avaliar as mudanças ocorridas na paisagem da bacia hidrográfica do córrego Ceroula, Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da análise da cobertura vegetal e do uso da superfície da bacia em um recorte temporal de vinte e nove anos. Foram utilizadas imagens dos satélites Landsat 5 TM, de 03/08/1987 e 04/08/2005, e Landsat 8 OLI, de 02/08/2016, para obtenção do Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI, em inglês); posteriormente, foi realizada a quantificação das classes representativas da superfície. Os resultados obtidos indicam que mais da metade da cobertura vegetal nativa da bacia foi substituída por atividades antrópicas e que a fitomassa florestal remanescente está relacionada às matas de galeria, enquanto as áreas desmatadas encontram-se nos interflúvios e no entorno de nascentes. O processo de desmatamento na região pode ameaçar a bacia como manancial de abastecimento da cidade de Campo Grande, já que, no interior desta, está localizada a Área de Preservação Ambiental do Ceroula, criada visando preservar os recursos hídricos para abastecimento urbano.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3023
       
  • Termos de ajustamento de conduta em áreas rurais de Goiás e a falsa
           sensação de recomposição do dano ambiental

    • Authors: Luciana Ramos Jordão, Sybelle Barreira, Lázaro Gabriel de Oliveira Araújo
      Pages: 1013 - 1036
      Abstract: Esta pesquisa analisa os resultados obtidos na recomposição de danos causados a Áreas de Preservação Permanentes localizadas nos municípios que integram a bacia do Rio Meia Ponte, em Goiás, a partir da verificação dos Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) elaborados com a participação do Ministério Público estadual, com o fito de avaliar se o trabalho produz resultados práticos condizentes com a função ecológica que se espera desses espaços. A pesquisa mapeia comarcas conforme a quantidade de crimes ambientais registrados entre 2017 e 2019. Seguindo o critério de seleção preestabelecido, realiza análise de sete TACs e dispõe sobre o atendimento de parâmetros mínimos de qualidade técnica. Além disso, identifica cinco imóveis rurais de compromissários e avalia as imagens de satélite por meio de comparação temporal da situação das Áreas de Preservação Permanente e Reservas Legais a serem recompostas e propostas no Cadastro Ambiental Rural. Por meio de análise qualitativa, a pesquisa conclui que os requisitos definidos pelo Direito não são suficientemente atendidos pelos textos formulados pelo Ministério Público. Em seus resultados, a pesquisa indica o baixo nível de utilidade dos TACs quanto à efetiva retomada da função ecológica das áreas. Faltam, ou foram esquecidas, informações relevantes sobre os compromissários, sobre a identificação das áreas e sobre as obrigações consignadas nos acordos. Em nenhum dos documentos foi verificada a recomposição da área degradada. O Ministério Público confere maior valor à apresentação de documentos do que à realidade da área e à possibilidade de cumprimento da função ecológica.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3590
       
  • Estratégias municipais e serviços públicos com tecnologia da
           informação no contexto de cidade digital estratégica: caso de Goiânia,
           GO

    • Authors: Roosevelt Leão Júnior, Denis Alcides Rezende, Daniele Baú, Giovana Goretti Feijó de Almeida
      Pages: 1037 - 1049
      Abstract: As transformações econômicas, sociais e tecnológicas pelas quais passam a cidades possuem um denominador comum que leva à pressão para que ela sirva à população de forma mais efetiva, promovendo seu desenvolvimento local. O objetivo é analisar estratégias municipais e serviços públicos digitais e suas relações com cidade digital estratégica em Goiânia, GO, Brasil. A metodologia da pesquisa enfatizou um estudo de caso com um protocolo de 6 variáveis. Os resultados auferidos evidenciaram o uso diversificado de temáticas municipais, tanto na disposição das estratégias municipais quanto na oferta de serviços públicos com tecnologia da informação. Esses serviços, quando inseridos em um processo efetivo, levam à qualidade de vida do cidadão, conectando-se com a cidade digital estratégica. Para os cidadãos, isso amplia o debate sobre qualidade de vida urbana e, para os gestores públicos, apresenta discussões sobre o meio urbano na perspectiva do desenvolvimento local. A conclusão reitera que os serviços públicos com tecnologia da informação alinhados às estratégias municipais fazem parte de um processo de inovação em favor da qualidade de vida dos cidadãos e no desenvolvimento local. Constituem-se em um caminho para entrega de serviços públicos com tecnologia da informação de qualidade à população, por meio de projetos municipais, como o de cidade digital estratégica.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3529
       
  • Efeitos da segmentação regional nos salários dos trabalhadores do
           Nordeste e Sudeste do Brasil

    • Authors: Solange de Cassia Inforzato de Souza, Caroline Almeida, Magno Rogério Gomes
      Pages: 1051 - 1067
      Abstract: O objetivo deste estudo é analisar os efeitos das macrorregiões brasileiras, nordeste e sudeste, sobre os rendimentos dos trabalhadores, a partir dos microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2005 e 2015. Os resultados mostram que, no Sudeste, os trabalhadores são mais escolarizados, brancos e mulheres, e as diferenças mais marcantes referem-se à cor da pele e ao nível de formalização. Os retornos salariais advindos da escolaridade, do sexo feminino, da cor da pele branca e de moradores da região urbana são menores para os trabalhadores do Nordeste. A abordagem contrafactual confirma a diferença salarial desfavorável ao Nordeste, decorrente dos atributos individuais e dos postos de trabalho, e dos atributos regionais, da dinâmica própria da localidade. Houve redução da diferença salarial entre as regiões no período, favorecida pela queda significativa do efeito das dotações, mas os fatores regionais aumentaram a sua contribuição para o diferencial salarial, superando os atributos produtivos, sendo essenciais na explicação da desigualdade salarial entre as regiões brasileiras. Esses resultados reforçam a centralidade das especificidades locais nas temáticas salariais no país.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3517
       
  • Limites fiscais e despesas públicas locais no Brasil

    • Authors: Lilian Lopes Ribeiro, Debora Gaspar Feitosa
      Pages: 1069 - 1085
      Abstract: O artigo analisa se a implantação de limites de metas fiscais influi no tamanho do governo e na produtividade dos gastos públicos nos municípios brasileiros entre 2005 e 2016. Para isso, estimou-se um modelo de dados em painel, utilizando-se a estratégia empírica de diferenças em diferenças e tendo como principal variável de interesse a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), desagregada em três categorias, a fim de identificar os municípios que cumpriram o limite para a folha de pagamento; os que cumpriram o limite para a dívida pública; e aqueles que cumpriram ambos os limites. Dentre os resultados, constatou-se que a adoção dos limites de metas fiscais influenciou positivamente a gestão das finanças públicas, via cumprimento do limite para a dívida pública, já que este promove uma redução no tamanho do governo. Além disso, municípios que cumprem a LRF têm uma redução no tamanho do governo diante de aumentos no PIB per capita, por exemplo. Por outro lado, se o gestor municipal pertencer ao mesmo partido do governador, há um aumento em seu tamanho. Diante dos resultados, recomenda-se que medidas mais rigorosas na aplicação da Lei de Responsabilidade Fiscal sejam adotadas, a fim de propiciar uma maior eficiência na gestão dos gastos públicos − governo menor e gastos produtivos −, sobretudo em anos eleitorais.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3483
       
  • Pegada Hídrica Virtual das exportações de Mato Grosso versus os
           repasses federais Lei Kandir e FEX: uma análise do período de 2013 a
           2017

    • Authors: André Socoloski, Magno Alves Ribeiro, Cleci Grzebieluckas, Josiane Silva Costa dos Santos
      Pages: 1087 - 1102
      Abstract: Indispensável para a produção de todos os bens e serviços, a água é utilizada de forma gratuita, principalmente para a produção agropecuária, e grande parte dessa produção é exportada, incluindo a água, denominada de água virtual. Neste contexto, o objetivo do estudo é comparar a Pegada Hídrica Virtual das exportações mato-grossenses com os repasses estabelecidos pela Lei Kandir e pelo Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) recebidos pelo Estado de Mato Grosso e seus municípios. O estudo é de natureza descritiva, bibliográfica, com abordagem quantitativa, e usou como fonte dados secundários. Os dados das exportações foram obtidos do site oficial do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), pela “Balança comercial brasileira: Unidades da Federação”. A Pegada Hídrica (PH) foi com base na literatura existente, calculada para cada produto, agregando-a por ano e produto. A precificação da água teve como base a cobrança pelo uso dos recursos hídricos disponibilizados pela Agência Nacional de Águas (ANA). Os dados dos repasses federais referentes à Lei Kandir e ao Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) foram obtidos do site oficial da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Considerando as métricas, a Pegada Hídrica Virtual, no período de 2013/2017, foi de R$ 4.141.608.401,68, enquanto os valores repassados pela União para a compensação foi de R$ 2.192.403.831,16; ou seja, uma diferença no montante de R$ 1.949.204.570,53, ficando, assim, um deficit ambiental, pois os repasses recebidos são menores que a Pegada Hídrica Virtual.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.2908
       
  • A pandemia da covid-19 e seus reflexos na cadeia produtiva do algodão
           orgânico

    • Authors: Milene Ovando Fernandes, Denise Barros de Azevedo, Yasmin Gomes Casagranda
      Pages: 1103 - 1124
      Abstract: Com a pandemia da covid-19, muitos setores produtivos foram impactados e tiveram de realizar mudanças para sobreviver no contexto de incertezas, incluindo a agricultura orgânica. Dessa forma, o objetivo da pesquisa foi evidenciar as mudanças na cadeia produtiva do algodão orgânico oriundas da pandemia da covid-19. A pesquisa se caracteriza pela abordagem qualitativa, a partir de estudo de caso na cadeia produtiva da cooperativa Justa Trama, que possui elos de produção em diferentes regiões do Brasil. A coleta de dados foi realizada a partir de entrevistas semiestruturadas com seis pessoas, uma de cada elo. Os dados foram interpretados utilizando a análise de conteúdo por categorias de análise, conforme palavras-chave predefinidas. Foi concluído que a pandemia alterou a forma de trabalho nos elos, porém não houve prejuízos à Justa Trama. Além disso, a cadeia produtiva do algodão orgânico está sujeita a alguns desafios, como a seca, falta de assistência técnica, pouco incentivo para aderir à produção orgânica e a dificuldade em encontrar mão de obra qualificada. Esses são pontos relevantes encontrados na pesquisa, que indicam a necessidade de acesso às políticas públicas e aos financiamentos pelos trabalhadores da cadeia produtiva.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3587
       
  • Turismo de Experiência: relações entre territorialidade e
           desenvolvimento local em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil

    • Authors: Daniela Sottili Garcia, Débora Fittipaldi Gonçalves, Djanires Lageano Neto de Jesus
      Pages: 1125 - 1140
      Abstract: O Turismo de Experiência vem provocando novas formas de pensar a perspectiva dos processos interculturais e multidimensionais do desenvolvimento, sobretudo a partir das ações de conservação e valorização das culturas locais. Nesse sentido, o estudo objetivou investigar aspectos ou elementos de territorialidade e desenvolvimento local em Campo Grande, MS, na busca de viáveis relações e possibilidades para a implantação dessa modalidade de turismo. A metodologia foi baseada a partir da investigação qualitativa de caráter bibliográfico e documental. Os resultados demonstraram a potencialidade local para além do turismo tradicional, pois também apontaram possibilidades para se tornar um destino de experiência, motivado principalmente pela multiculturalidade do seu povo, pelos patrimônios materiais e imateriais existentes, além dos atrativos turísticos identificados com as características que preconizam esse tipo de interação, que imprimem a sua dinâmica territorial no mapa turístico local como cidade indutora. Entre as atividades identificadas com a pesquisa na Capital, que os elementos da prática do Turismo de Experiência, destacam-se: Projeto Aves Urbanas; circuito de cervejas artesanais; observação de aves; visita à Feira Central; visitas aos museus; caminhada no centro histórico; trilhas ecológicas; caminhadas nos parques urbanos; o consumo da bebida tereré; visitação nas nascentes dos rios que cortam a cidade; além de escutar as histórias contadas pelos moradores campo-grandenses, contribuindo, dessa forma, para o aumento da sua visibilidade no contexto nacional, respaldado inclusive pelas políticas públicas de turismo em todas as esferas.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3477
       
  • A efetividade das decisões de organizações internacionais sob a
           perspectiva da soberania: uma proposta para o Brasil

    • Authors: Thiago Melim Braga, Carlos Gonçalves Jr.
      Pages: 1141 - 1159
      Abstract: O presente estudo tem o objetivo de investigar, inicialmente, os conceitos de soberania, bem como a sua breve evolução histórica, estabelecendo a relação entre o constitucionalismo democrático e os órgãos internacionais responsáveis pelas garantias dos Direitos Humanos. Estabelecidos tais conceitos iniciais, o trabalho se propõe a analisar o atual estágio dos debates acerca da efetividade das decisões de organismos internacionais e o procedimento para a sua internalização ou recepção. Na sequência, este estudo analisa a atual realidade brasileira, baseando-se, para tanto, em dois julgados, selecionados, um deles, com base na temporalidade, portanto, mais recente, e o outro em razão da sua relevância, ambos critérios devidamente delineados no presente artigo, contextualizados com a realidade regional. Assim, duas abordagens metodológicas distintas são adotadas: a primeira exploratória, justamente do enquadramento conceitual de cada um dos principais objetos que envolvem a questão analisada, por meio de uma pesquisa eminentemente bibliográfica; e a segunda, por sua vez, analítica, observando a realidade brasileira em relação às decisões de órgãos internacionais, com fulcro nos casos supramencionados. Ao final, partir do método dedutivo de pesquisa científica, o artigo esclarece que a questão relacionada à efetividade das decisões de organismos ou organizações internacionais deveria ser alterada na realidade brasileira, todavia, em razão das discussões apresentadas pelo trabalho, especialmente no tocante à soberania, a alteração deve ocorrer de lege ferenda, ou seja, através da mobilização política, com a alteração constitucional e de determinadas normas infraconstitucionais vigentes.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3673
       
  • O estado da arte da ciência da felicidade e o desenvolvimento local

    • Authors: Regina Aparecida Pereira MAZZI, Heitor Romero Marques, Rafael Ravina Ripoll
      Pages: 1161 - 1177
      Abstract: Este artigo tem o objetivo de apresentar o percurso histórico e de transformações da ciência da felicidade, desde a antiguidade, até os dias atuais. Busca-se, ainda que de forma sucinta, tecer algumas considerações a respeito do estudo da felicidade, fazendo-se correlações com o desenvolvimento local, pois o desenvolvimento local é um conceito complexo, que parte da reinterpretação de uma série de discussões e problemáticas acerca do que se entende por desenvolvimento. Foram utilizados trabalhos publicados nas fontes de indexação de maior impacto, nos âmbitos nacional e internacional, de modo a possibilitar maior direcionamento dos estudos relativos a esse conceito. Foi utilizada como método a revisão sistemática da literatura, por meio do indexador SciELO, mediante consulta pelas palavras-chave: “ciência da felicidade”, “antiguidade”, “contemporaneidade”, “desenvolvimento local”, “século XXI”. Na sequência, foram pesquisados artigos em período específico, datados a partir de 1960, quando a felicidade passou a ser tratada como ciência. No mundo atual, a felicidade pode ser entendida como uma emoção básica caracterizada por um estado emocional positivo, com sentimento de bem-estar e de prazer, associado à percepção de sucesso e da compreensão coerente do mundo. Entretanto, a maioria das pessoas entende que a felicidade é mais do que um emaranhado de sentimentos intensos e positivos. Ela pode ser entendida como uma sensação plena de “paz” e contentamento, pois tudo depende do quanto a nossa interpretação da realidade altera a nossa experiência dessa realidade.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3381
       
  • Impactos das mudanças climáticas na produção agrícola e medidas de
           adaptação sob a percepção de atores e produtores rurais de Nova
           Friburgo, RJ

    • Authors: Samira França Oliveira, Rachel Bardy Prado, Joyce Maria Guimarães Monteiro
      Pages: 1179 - 1201
      Abstract: A agricultura é um dos setores mais vulneráveis às mudanças climáticas, devido à dependência intrínseca dos fatores climáticos e recursos naturais, principalmente os agricultores familiares. Os impactos das mudanças climáticas podem ser minimizados por meio de medidas de adaptação adotadas, que devem ser adequadas ao contexto da região. O objetivo é identificar a percepção dos produtores e atores rurais sobre os impactos das mudanças climáticas na produção agrícola, bem como as medidas de adaptação adotadas, analisando também a relação entre a percepção dos produtores e atores rurais e os dados climáticos e da produção agrícola do município de Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Os dados resultam de entrevistas aplicadas aos produtores e atores rurais de Nova Friburgo e em base de dados secundários (produção agrícola municipal e dados históricos meteorológicos); eles foram relacionados para identificar a percepção dos entrevistados em relação aos impactos das mudanças climáticas e as medidas de adaptação adotadas. A maioria dos atores rurais e dos produtores convencionais e orgânicos percebe os impactos das mudanças climáticas na produção agrícola; entretanto, não identificou com precisão o ano em que ocorreu o impacto. Predominam as adaptações adotadas do tipo incrementais e coincidem com o que é descrito na literatura científica.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3548
       
  • Percepções de paisagismo: uma análise de parte da população de Campo
           Grande, MS

    • Authors: Patricia Pedrozo Lamberti, Laura Karoliny Alves Urquiza dos Santos, Denilson de Oliveira Guilherme
      Pages: 1203 - 1219
      Abstract: Campo Grande, MS, é uma das cidades mais arborizadas do Brasil e do mundo, com seu reconhecimento no programa Tree Cities of the World. No entanto, a percepção do paisagismo é algo que ainda carece de mais informações, uma vez que isso não é tão acessível à boa parte da população, não só de Mato Grosso do Sul, mas também do Brasil. Neste trabalho, o objetivo foi pesquisar as percepções sobre o paisagismo dos moradores de Campo Grande, MS, para entender melhor como parte de seus residentes o percebe. Sendo assim, foi elaborada uma pesquisa sobre o tema, na qual foi aplicado um questionário semiestruturado, do qual as perguntas visaram abordar temas que identificassem as percepções dos habitantes sobre o paisagismo. Nos resultados, foi identificado que 85,8% dos entrevistados possuem algum tipo de planta em casa, 41,5% sabem cuidar de plantas, 62,3% acham que paisagismo pode ser praticado sem a necessidade do uso de plantas vivas, 67% consideram o paisagismo fundamental, e 75,5% contratariam os serviços de um paisagista. Diante disso, as pessoas entrevistadas também informaram que o uso de plantas vivas em projeto de paisagismo pode alterar a temperatura do local onde o projeto foi instalado, assim como o seu uso pode ser benéfico à saúde humana.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3577
       
  • Teorias e práticas de desenvolvimento local nas comunidades tradicionais
           rurais e indígenas: revista Interações (2000-2010)

    • Authors: Karen Giuliano Soares, Maria Augusta de Castilho
      Pages: 1221 - 1234
      Abstract: A presente pesquisa teve como finalidade analisar estudos de desenvolvimento local trabalhados no período de dez anos (2000 a 2010), em 21 edições da revista Interações, em comunidades tradicionais rurais e indígenas. A revista Interações se dedica à publicação de artigos científicos de cunho interdisciplinar, de âmbito nacional e internacional, especialmente daqueles relacionados ao desenvolvimento local – temática desenvolvida no Programa de Mestrado e Doutorado da Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande, MS. Portanto, a pesquisa teve abordagem qualitativa, diferenciada pelo seu valor histórico, com especificidade exploratória e analítica. Fez-se o uso da pesquisa bibliográfica descritiva, para oferecer aos leitores concepções teóricas acerca dos conceitos de desenvolvimento local relativos às características de um lugar, local e território, bem como valeu-se de trabalhos empíricos de observação e experiência. Estabeleceu-se como questão norteadora a importância da revista Interações para docentes e discentes do Programa de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Local. Os resultados identificaram 8 artigos científicos publicados na revista Interações (2000-2010) que abordaram resultados de pesquisas em comunidades tradicionais rurais e 7 artigos que trataram do desenvolvimento local em comunidades tradicionais indígenas. Concluiu-se que o estudo contribui com a difusão e o intercâmbio de informações e experiências entre docentes, discentes, pesquisadores, agentes locais e demais interessados na temática.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3368
       
  • Redes sociais de trabalho entre agricultores de um município do
           estado do Ceará

    • Authors: José Wilton Lima Martins, natalia lopes braga, Darli Chahine Baião, Tereza Glaucia Rocha Matos, Renata Guimarães de Carvalho, Regina Heloisa Maciel
      Pages: 1235 - 1253
      Abstract: Este artigo tem o objetivo de descrever e analisar redes sociais de trabalho entre agricultores de um município do estado do Ceará. Para isso, foram mapeadas as redes sociais de dois agricultores e seus contatos, totalizando oito participantes. Para a coleta de dados, foi utilizada entrevista, observação e a técnica do gerador de nomes para mapeamento das redes sociais. Para a análise dos dados, foram utilizados indicadores de redes com o auxílio dos softwares Ucinet e NetDraw e de Análise de Conteúdo. Os resultados mostraram que as duas redes de trabalho fazem uso de laços de amizade e parentesco para o seu funcionamento, mobilizando capital social para viabilizar a produção rural em uma configuração semelhante a redes socioprodutivas. Contudo, apresentam diferenças, já que uma das redes é mais desenvolvida, com laços mais diversificados e uma maior quantidade de relações de trabalho remunerado e hierarquia. Conclui-se que as redes fazem parte da organização do trabalho dos agricultores e tornam viável a produção dos bens agrícolas, seja por meio de ajuda para a realização das atividades, seja pelo acesso a informações e recursos mais variados.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3589
       
  • Produção de leite de cabra e ovelha e seus derivados em Goiás e no
           Distrito Federal: análise dos direcionadores de competitividade

    • Authors: Larissa Liane Heidorn, Alcido Elenor Wander, Cleonice Borges de Souza, Evandro Vasconcelos Holanda Junior
      Pages: 1255 - 1274
      Abstract: A produção e o processamento de leite de pequenos ruminantes são alternativas de atividade econômica para pequenos empreendedores rurais e estão em expansão no Brasil. O presente artigo visa identificar a situação atual das cadeias de valor do leite de cabra e ovelha e seus derivados, em Goiás e no Distrito Federal, e analisar a competitividade dessas cadeias, por meio de uma comparação de seus direcionadores de competitividade com os de outras regiões do Brasil, onde essas cadeias estão mais estruturadas. Dessa forma, foi aplicado um questionário com 9 agentes-chave dessas cadeias dentro da região de estudo e 28 de outras localidades. Por meio da análise dos resultados, as cadeias de valor do leite de cabra e de ovelha e seus derivados em Goiás e no Distrito Federal foram caracterizadas como competitivas no momento do estudo. Contudo, os direcionadores “gestão da firma”, “tecnologia e inovação” e “qualidade” foram apontados como prováveis limitantes que precisam ser aprimorados para que essas cadeias permaneçam competitivas.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3609
       
  • O aproveitamento energético do biogás como ferramenta para os objetivos
           do desenvolvimento sustentável

    • Authors: Leonardo Pereira Lins, Janine Carvalho Padilha , Andréia Cristina Furtado, Jessica Yuki de Lima Mito
      Pages: 1275 - 1286
      Abstract: A demanda mundial por energia e alimentos gera, tanto no campo como na cidade, impactos ambientais, e muitos desses pela má disposição de resíduos orgânicos. Uma forma de minimizar esses impactos no meio ambiente é realizar o tratamento dos resíduos gerados nos diversos setores. Dentro das possibilidades de tratamento dos resíduos orgânicos, está a digestão anaeróbia. Como resultado deste processo, tem-se a produção do biogás, que é composto por diversos gases, entre eles, o metano e o dióxido de carbono, como principais. O biogás tem potencial energético, podendo gerar energia elétrica e térmica, além de ser utilizado na forma de biometano. Com a diversidade de aplicações energéticas e possibilidade de redução de resíduos, tanto a digestão anaeróbia quanto o biogás contribuem para a implantação e aplicação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Estes objetivos têm ampla abrangência, que vão desde a necessidade de saneamento básico, energia limpa e acessível para todos, cidades e comunidades sustentáveis, consumo responsável, até ações contra a mudança climática global, por meio da redução de gases causadores do efeito estufa. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho é relacionar os ODS e os projetos de digestão anaeróbia de resíduos orgânicos, que contribuem tanto para a melhora significativa de uma comunidade ou região quanto nas questões ambientais, sociais e econômicas. A metodologia utilizada foi a análise dos conceitos atendidos pelo uso do sistema de digestão anaeróbia em concordância com os objetivos, as metas e as submetas dos ODS. Com isso, observou-se a inter-relação de ao menos cinco ODS: 6, 7, 11, 12 e 13. Em síntese, o uso de sistemas anaeróbios com o aproveitamento do biogás auxilia na substituição e/ou redução de fontes de energia não renováveis, podendo ser aplicada tanto na cidade como no campo, promovendo melhor qualidade de vida para todos.
      PubDate: 2022-12-22
      DOI: 10.20435/inter.v23i4.3704
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.80.119
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-