A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

        1 2 | Last   [Sort by number of followers]   [Restore default list]

  Subjects -> ARCHITECTURE (Total: 219 journals)
Showing 1 - 200 of 264 Journals sorted alphabetically
A&P Continuidad     Open Access   (Followers: 5)
A+BE : Architecture and the Built Environment     Open Access   (Followers: 26)
ABE Journal : Architecture Beyond Europe     Open Access   (Followers: 7)
Academia : Architecture and Construction     Open Access   (Followers: 5)
Actas de Arquitectura Religiosa Contemporánea     Open Access   (Followers: 2)
Ambiances     Open Access   (Followers: 7)
American Journal of Civil Engineering and Architecture     Open Access   (Followers: 43)
Ángulo Recto. Revista de estudios sobre la ciudad como espacio plural     Open Access   (Followers: 2)
Apuntes : Revista de Estudios sobre Patrimonio Cultural - Journal of Cultural Heritage Studies     Open Access   (Followers: 6)
ArcHistoR     Open Access   (Followers: 3)
Architectural Design     Hybrid Journal   (Followers: 39)
Architectural Engineering     Open Access   (Followers: 7)
Architectural Engineering and Design Management     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Architectural Heritage     Hybrid Journal   (Followers: 26)
Architectural History     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Architectural Research in Finland     Open Access   (Followers: 1)
Architectural Review     Full-text available via subscription   (Followers: 18)
Architectural Science Review     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Architectural Theory Review     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Architecture and Culture     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Architecture and Engineering     Open Access   (Followers: 4)
Architecture and Urban Planning     Open Access   (Followers: 24)
Architecture Research     Open Access   (Followers: 23)
Architecture, Civil Engineering, Environment     Open Access   (Followers: 6)
ArDIn. Arte, Diseño e Ingeniería     Open Access   (Followers: 1)
Arena Journal of Architectural Research     Open Access   (Followers: 2)
ARQ     Open Access   (Followers: 5)
arq: Architectural Research Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Arqueología de la Arquitectura     Open Access   (Followers: 2)
ARQUISUR     Open Access   (Followers: 1)
Arquitectura Más (Arquitectura +)     Open Access  
Arquitectura y Urbanismo     Open Access   (Followers: 1)
Arquiteturarevista     Open Access  
Ars Longa : Cuadernos de arte     Open Access  
Artifact : Journal of Design Practice     Open Access   (Followers: 8)
AURUM : Mühendislik Sistemleri ve Mimarlık Dergisi = Aurum Journal of Engineering Systems and Architecture     Open Access   (Followers: 1)
Australian Journal of Civil Engineering     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Australian Planner     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Bauregelliste A, Bauregelliste B Und Liste C     Hybrid Journal  
Boletín Académico. Revista de investigación y arquitectura contemporánea     Open Access   (Followers: 1)
Buildings & Landscapes: Journal of the Vernacular Architecture Forum     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
BUILT : International Journal of Building, Urban, Interior and Landscape Technology     Open Access   (Followers: 3)
Bulletin KNOB     Open Access   (Followers: 3)
Bulletin of Pridniprovsk State Academy of Civil Engineering and Architecture     Open Access   (Followers: 5)
Charrette     Open Access   (Followers: 2)
Cities & Health     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Cities in the 21st Century     Open Access   (Followers: 18)
City, Territory and Architecture     Open Access   (Followers: 16)
Civil Engineering and Architecture     Open Access   (Followers: 34)
CLARA : Classical Art and Archaeology     Open Access   (Followers: 7)
Construction Robotics     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Construindo     Open Access  
Continuité     Full-text available via subscription  
Creative Space     Open Access   (Followers: 1)
Cuaderno de Notas     Open Access  
Cuadernos de Proyectos Arquitectónicos     Open Access  
Cultural Heritage and Science     Open Access   (Followers: 7)
Dams and Reservoirs     Hybrid Journal   (Followers: 4)
De Res Architettura     Open Access  
DEARQ - Revista de Arquitectura / Journal of Architecture     Open Access   (Followers: 4)
Der Architekt     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Design Ecologies     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Dibt Mitteilungen (Formerly-Mitteilungen Deut Inst Fuer Bautechnik)     Hybrid Journal   (Followers: 2)
disP - The Planning Review     Hybrid Journal   (Followers: 1)
EGA Expresión Gráfica Arquitectónica     Open Access  
Eikonocity. Storia e Iconografia delle Città e dei Siti Europei - History and Iconography of European Cities and Sites     Open Access  
Elkawnie : Journal of Islamic Science and Technology     Open Access  
EN BLANCO : Revista de Arquitectura     Full-text available via subscription  
Engineering, Construction and Architectural Management     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Enquiry / The ARCC Journal of Architectural Research     Open Access   (Followers: 5)
Environment and Planning B : Urban Analytics and City Science     Full-text available via subscription   (Followers: 42)
Environmental Science and Sustainable Development : International Journal Of Environmental Science & Sustainable Development     Open Access   (Followers: 14)
Environnement Urbain / Urban Environment     Open Access   (Followers: 14)
Épités - Épitészettudomány     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
ESTOA Revista de la Facultad de Arquitectura y Urbanismo     Open Access  
Estructuras     Open Access  
Estudios del Hábitat     Open Access   (Followers: 1)
étapes: international     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Eurasian Journal of Civil Engineering and Architecture     Open Access   (Followers: 2)
European Planning Studies     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Fabrications: The Journal of the Society of Architectural Historians, Australia and New Zealand     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Firenze Architettura     Open Access  
Footprint : Delft Architecture Theory Journal     Open Access   (Followers: 4)
FORMakademisk - forskningstidsskrift for design og designdidaktikk     Open Access   (Followers: 2)
Forum Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Frontiers in Sustainable Cities     Open Access   (Followers: 2)
Frontiers of Architectural Research     Open Access   (Followers: 6)
Future Cities and Environment     Open Access   (Followers: 7)
Gazi University Journal of Science Part B : Art, Humanities, Design and Planning     Open Access   (Followers: 2)
Grey Room     Hybrid Journal   (Followers: 21)
GRID - Architecture, Planning and Design Journal     Open Access   (Followers: 4)
HBRC Journal     Open Access  
Herança : Revista de História, Património e Cultura     Open Access   (Followers: 1)
Home Cultures     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Housing and Society     Hybrid Journal   (Followers: 5)
In Situ. Revue des patrimoines     Open Access   (Followers: 1)
Informes de la Construcción     Open Access  
interFACES     Open Access  
Interiors : Design, Architecture and Culture     Hybrid Journal   (Followers: 23)
International Journal of Architectural Computing     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
International Journal of Architecture and Infrastructure Planning     Full-text available via subscription  
International Journal of Built Environment and Sustainability     Open Access   (Followers: 3)
International Journal of Human Capital in Urban Management     Open Access   (Followers: 5)
International Journal of Islamic Architecture     Hybrid Journal   (Followers: 13)
International Journal of Landscape Planning and Architecture     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
International Journal of Protective Structures     Hybrid Journal   (Followers: 6)
International Journal of Student Project Reporting     Hybrid Journal   (Followers: 8)
International Journal of the Built Environment and Asset Management     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Japan Architectural Review     Open Access   (Followers: 1)
Joelho : Journal of Architectural Culture     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Architectural / Planning Research and Studies     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Architectural and Engineering Research     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Architectural Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Journal of Architectural Education     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journal of Architecture and Urbanism     Open Access   (Followers: 22)
Journal of architecture&ENVIRONMENT     Open Access   (Followers: 8)
Journal of Architecture, Art & Humanistic Science     Open Access   (Followers: 13)
Journal of Architecture, Design and Construction     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Architecture, Planning and Construction Management     Open Access   (Followers: 12)
Journal of Asian Architecture and Building Engineering     Open Access  
Journal of Building Performance Simulation     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Journal of Delta Urbanism     Open Access   (Followers: 6)
Journal of Environmental Design     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Facade Design and Engineering     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Landscape Architecture     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Journal of Medieval Latin     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
Journal of Persianate Studies     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Public Space     Open Access   (Followers: 4)
Journal of Sustainable Architecture and Civil Engineering     Open Access   (Followers: 4)
Journal of the Society for the Study of Architecture in Canada / Le Journal de la Société pour l'étude de l'architecture au Canada     Open Access  
Journal of the Warburg and Courtauld Institutes     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Journal of Urban Cultural Studies     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Jurnal Arsitektur KOMPOSISI     Open Access  
Jurnal Teknik Sipil dan Perencanaan     Open Access  
Landscape Architecture Frontiers     Partially Free   (Followers: 6)
Landscapes     Hybrid Journal   (Followers: 21)
Les Cahiers de la recherche architecturale urbaine et paysagère     Open Access  
Limaq     Open Access  
Liño     Open Access  
Livraisons d’Histoire de l’Architecture     Open Access   (Followers: 3)
Loggia, Arquitectura & Restauración     Open Access  
MediaTropes     Open Access   (Followers: 3)
Modernism/modernity     Full-text available via subscription   (Followers: 48)
Módulo Arquitectura - CUC     Open Access  
Mokslas – Lietuvos ateitis / Science – Future of Lithuania     Open Access  
Montreal Architectural Review     Open Access  
Nature : National Academic Journal of Architecture     Open Access   (Followers: 2)
Nepalese Culture     Open Access   (Followers: 8)
OASE Journal for Architecture     Open Access   (Followers: 9)
Oculum Ensaios     Open Access  
On the w@terfront. Public Art. Urban Design. Civic Participation. Urban Regeneration     Open Access   (Followers: 1)
Opus Incertum     Open Access  
Oz : the Journal of the College of Architecture, Planning &Design at Kansas State University     Open Access   (Followers: 2)
Paisagem e Ambiente     Open Access  
Palimpsesto     Open Access   (Followers: 2)
Panambí. Revista de Investigaciones Artísticas     Open Access  
Paranoá : cadernos de arquitetura e urbanismo     Open Access  
PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção     Open Access  
Patrimoines du Sud     Open Access  
Pensum     Open Access  
Periodica Polytechnica Architecture     Open Access  
Places Journal     Open Access   (Followers: 9)
Polis     Open Access  
Porta Aurea     Open Access  
Pós. Revista do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAUUSP     Open Access  
Proceedings of the Institution of Civil Engineers - Urban Design and Planning     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Procesos Urbanos     Open Access  
project baikal : Journal of architecture, design and urbanism     Open Access   (Followers: 2)
Ra : Revista de Arquitectura     Full-text available via subscription  
Re. Revista de Edificación     Open Access  
REUDAR : European Journal of Roman Architecture     Open Access   (Followers: 1)
Revista Amazônia Moderna     Open Access  
Revista Arquitecturas del Sur     Open Access  
Revista AUS     Open Access  
Revista de Arquitectura     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Arquitectura     Open Access  
Revista de Arquitectura e Ingenieria     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Design, Tecnologia e Sociedade     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Investigación     Open Access  
Revista de Urbanismo     Open Access   (Followers: 2)
Revista Geometria Gráfica     Open Access  
Revista Hábitat Sustenable     Open Access  
Revista INVI     Open Access  
Revista Márgenes Espacio Arte y Sociedad     Open Access  
RevistArquis     Open Access  
Ri-Vista : Ricerche per la progettazione del paesaggio     Open Access  
Risco : Revista de Pesquisa em Arquitetura e Urbanismo     Open Access  
Riset Arsitektur     Open Access  
Room One Thousand     Open Access  
Sens public     Open Access  
Sinektika : Jurnal Arsitektur     Open Access  
Smart Cities     Open Access   (Followers: 3)
South East European Journal of Architecture and Design     Open Access   (Followers: 4)
Space Ontology International Journal     Open Access   (Followers: 1)
Spool     Open Access   (Followers: 1)
Study of Civil Engineering and Architecture     Open Access   (Followers: 8)
Sustainable Cities and Society     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Tafter Journal     Open Access   (Followers: 1)
TECHNE - Journal of Technology for Architecture and Environment     Open Access   (Followers: 11)
Technical Report Civil and Architectural Engineering     Open Access   (Followers: 3)

        1 2 | Last   [Sort by number of followers]   [Restore default list]

Similar Journals
Journal Cover
PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 1980-6809
Published by Universidade Estadual de Campinas Homepage  [27 journals]
  • Panorama, vantagens e desafios da orçamentação em BIM no
           cenário brasileiro

    • Authors: Larissa Polli da Costa de Albuquerque, Giuseppe Miceli Junior, Paulo César Pellanda
      Pages: e023020 - e023020
      Abstract: Este artigo se propõe a investigar os principais ganhos e dificuldades encontrados no processo de adoção crescente do BIM (Building Information Modeling) para auxiliar o gerenciamento de custos de projetos, nos escritórios brasileiros de arquitetura e engenharia. O estudo foi conduzido a partir de uma revisão sistemática da literatura, contemplando a análise de 34 artigos publicados no Brasil entre 2011 e 2021. Notou-se uma maior recorrência de publicações em anais de congresso, em comparação com periódicos. O estudo de caso e o Design Science Research (DSR) foram os métodos de pesquisa mais adotados; e o software Revit®, a ferramenta mais empregada. A extração automática de quantitativos, melhor visualização proporcionada pelo modelo virtual e facilidade em testar hipóteses construtivas foram os principais ganhos elencados para a orçamentação em BIM. Por outro lado, a dificuldade de definição de um nível de detalhamento e de qualidade do modelo adequados à elaboração do orçamento foi o obstáculo mais citado. Especificamente com relação ao sistema referencial de custos SINAPI, foi identificada na literatura uma demanda por adequações, a fim de garantir uma melhor integração desse sistema com o BIM. Concluiu-se que, caso sejam pré-estabelecidas as diretrizes de modelagens, o BIM pode contribuir significativamente para maior assertividade em processos de orçamentação.
      PubDate: 2023-07-25
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8667843
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • BIM aplicado ao ensino de projeto de arquitetura e urbanismo

    • Authors: Natália Rosa Fantin, Frederico Braida Rodrigues de Paula
      Pages: eo23019 - eo23019
      Abstract: Este artigo versa sobre o Building Information Modeling (BIM) no contexto de ensino de projeto de arquitetura e urbanismo. O principal objetivo é examinar os métodos de ensino de projeto de arquitetura auxiliados pelo BIM, que foram publicados por pesquisadores e professores. Através de uma revisão sistemática de literatura (RSL), buscou-se discutir quais mudanças têm sido observadas nas pesquisas a respeito do ensino de projeto nas escolas de arquitetura, quando se incorpora, explicitamente, o BIM no processo projetual. Através da premissa de que existe uma metodologia ou conjunto de práticas metodológicas específicas para o ensino de projeto auxiliado pelo BIM, pretende-se extrair as práticas e experimentos de ensino reunidas no repositório CuminCad, no qual está publicado um conjunto significativo de trabalhos acadêmicos. Dessa forma, foi extraído um rol de abordagens didáticas sobre BIM aplicado no ensino de projeto, de forma a subsidiar pesquisas do campo e a própria prática experimental de professores de projeto. Ao final, foram encontradas cinco categorias de abordagens do BIM no projeto de arquitetura, as quais apontam alguns caminhos possíveis para o ensino de projeto de arquitetura e urbanismo sob uma perspectiva da incorporação do paradigma BIM.
      PubDate: 2023-07-18
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8668863
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Iluminação natural em edifícios

    • Authors: Alexandre Bessa Martins Alves, Aloísio Leoni Schmid
      Pages: e023017 - e023017
      Abstract: O objetivo deste artigo é apresentar um panorama recente – entre 2018 e 2022- do que tem sido estudado relacionado ao tema da iluminação natural em edifícios no Brasil categorizando-os nas áreas temáticas de: (I) Métricas, (II) Estudos de caso, (III) Tecnologias e materiais inovadores, (IV) Modelagem paramétrica e potencialidades. Desta forma, fazemos uma revisão sistemática de literatura (RSL) dos últimos cinco anos, tendo identificado 113 trabalhos publicados em periódicos indexados às plataformas CAPES e Scielo, e nas conferências ENCACs e ENTACs deste período. A variedade de abordagens, métodos e resultados indica que a iluminação natural tem ainda amplas possibilidades de estudo e pesquisa. Destaca-se que as normativas da temática estão em revisão. Observa-se que ainda há campo para aprimoramentos, pois verificou-se diferenças entre métodos aplicados em pesquisa e métodos normatizados de análise. As legislações aplicadas contribuem muito no desempenho lumínico atingido para a maioria dos edifícios, e a opinião dos usuários tem sido um tema bastante recorrente de forma a buscar entendê-la como um fator de projeto. As possibilidades permitidas pelas ferramentas e métodos computacionais, que são temas também recorrentes, apontam oportunidades de estudo, análise e aplicação da iluminação natural em edifícios. A partir deste levantamento são ainda propostas sugestões de temas a serem explorados em trabalhos futuros.
      PubDate: 2023-06-28
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8671285
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Diretrizes de projeto e execução de lajes expostas para cumprimento dos
           requisitos de desempenho de estanqueidade e durabilidade

    • Authors: Marcelo Fabiano Costella, Artur Schneider Zanotelli, Elvira Maria Vieira Lantelme
      Pages: e023018 - e023018
      Abstract: Inadequações em projetos e a ausência ou má execução de sistemas de lajes expostas podem acarretar o surgimento precoce de manifestações patológicas em empreendimentos de construção. Assim, o objetivo deste artigo é propor diretrizes de projeto e execução de lajes expostas de coberturas utilizáveis que auxiliem no cumprimento dos requisitos de estanqueidade à água e durabilidade das NBR 9574, NBR 9575 e NBR 15575. O método de pesquisa utilizou a abordagem Design Science Research (DSR), no qual foram elaborados questionários para fabricantes e entrevistas estruturadas para projetistas e empresas especializadas em execução de impermeabilização no intuito de coletar informações de como profissionais qualificados buscam cumprir os requisitos normativos abordados. A partir da análise de conteúdo foi desenvolvido e validado o artefato denominado “diretrizes de projeto e execução de lajes expostas de coberturas utilizáveis para cumprimento dos requisitos de desempenho de estanqueidade e durabilidade”. Como resultado, foi constatado que há fabricantes que não cumprem totalmente a NBR 15575. Já os projetistas e empresas especializadas em execução de impermeabilização ressaltaram a importância da eficiência do sistema de drenagem e a necessidade de solução específica para cada laje a ser impermeabilizada, além de outros detalhes discutidos no artigo. A principal contribuição da pesquisa é o desenvolvimento de um artefato que consiste em uma planilha eletrônica estruturada contendo as diretrizes que auxiliam projetistas e construtores no cumprimento dos requisitos de desempenho de estanqueidade à água e durabilidade para impermeabilização de lajes expostas de coberturas utilizáveis.
      PubDate: 2023-06-28
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8671074
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • História e características arquitetônicas dos coretos de ferro em
           Belém, Pará

    • Authors: Thainá Thais Silva Oliveira, Flávia Olegário Palácios
      Pages: e023016 - e023016
      Abstract: From the late 19th to the beginning of the 20th century, Belém - Pará, northern Brazil - underwent a comprehensive urban and architectural renovation. The transformations in these Amazonian lands, the rubber cycle’s outcomes, included the construction and renovation of squares which were remarkably equipped with prefabricated iron bandstands imported from diverse European countries. Several buildings have remained in the city’s landscape but have been little researched and documented. Meanwhile, they suffer from weathering (mostly corrosion) and inappropriate anthropic actions allied to the absence of proper maintenance, gradually losing their features and pieces. As these facts are a significant challenge to their conservation, this paper aims to document Belém’s eight remaining iron bandstands by investigating their historical trajectories and architectural characteristics as preservation subsidies. The methodological approach was divided into two phases: 1) historical and iconographic study; 2) architectural documentation and analysis. The research’s products consisted of two-dimensional drawings, registration forms, and a comparative analysis of the buildings assembled within Belém’s historical center. The process allowed the detailing of their backgrounds, origins, and dating. It produced consistent graphic documentation whose interpretation highlighted various architectural and technical solutions due to the uniqueness of each structure. This data advances the knowledge about this kind of building in heritage conservation and construction history, grounding the conclusion that industrialization processes do not define them as homogenous structures.
      PubDate: 2023-06-24
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8670968
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Proáfrica e Nexus, projeto e construção em prol da
           resiliência

    • Authors: Karina Trevisan Latosinski, Andrea Naguissa Yuba
      Pages: e023015 - e023015
      Abstract: A resiliência é um tema aplicável em muitos campos do conhecimento estimulando a elaboração de soluções que contemplem previsões otimistas e pessimistas sobre o futuro, observando a superação das dificuldades. Nas regiões mais pobres do mundo, fatores como a fome, extremas temperaturas, secas ou excesso de chuvas, além de outros infortúnios estimulam ações humanitárias associadas ao conceito integrativo NEXUS (alimento-água-energia) para o desenvolvimento sustentável do planeta. Esta pesquisa explora tal conceito, buscando a resiliência no caso do projeto financiado pelo Programa ProÁfrica aplicado na comunidade Campada Maria em Guiné-Bissau. Nesta localidade, mulheres produtoras de hortaliças sofrem grande desgaste físico para buscar água e irrigar as culturas. Considerando tais questões e problemas, claramente definidos e reais, este trabalho tem o objetivo de analisar os produtos construídos neste contexto, bem como o processo de projeto e gestão realizado por um Canteiro Experimental. As ações desenvolvidas foram enquadradas nos passos do Design Science Research (DSR), tendo sido analisadas as contribuições da experimentação na definição do produto para o projeto. Verificou-se que as soluções produzidas para o caso não se definiram apenas pelo produto técnico, mas pelo seu conjunto, considerando processo de produção de acordo com o que era possível para os prazos e recursos estipulados no projeto. Estas ações resolveram o problema local, eliminando grande parte do esforço diário na comunidade-alvo e o produto está em funcionamento. O produto é passível de replicação, com flexibilidade para se adaptar a diferentes cenários. E, desta forma, podem ser estabelecidas conexões com os ODS.
      PubDate: 2023-06-23
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8668910
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Espaços criativos para a humanização da
           internação pediátrica

    • Authors: Victória Andreis Sebben, Fabrício Farias Tarouco, Carmen Lúcia Pinto Copetti, Leandro Miletto Tonetto
      Pages: e023014 - e023014
      Abstract: Os espaços de saúde, atualmente, são projetados a partir da consideração dos fatores humanos, já que o ambiente tende a impactar o tratamento dos pacientes, acelerando sua recuperação e reduzindo seu tempo de internação. No caso da pediatria, espaços criativos como brinquedotecas podem ser considerados elementos de humanização dos hospitais com potencial para beneficiar o tratamento. No entanto, no Brasil, o conceito de humanização da arquitetura hospitalar é relativamente recente, abrindo oportunidades de pesquisa na área, inclusive para auxiliar a guiar investimentos no Sistema Público de Saúde (SUS). Nessa direção, o presente estudo teve como objetivo compreender como projetar ambientes criativos humanizados em internação pediátrica. Utilizou-se como método uma revisão sistemática da literatura internacional publicada em periódicos revisados por pares, seguida por uma pesquisa exploratória com experts (grupo focal). Os resultados permitiram delinear oito diretrizes de projeto para os espaços criativos hospitalares humanizados em unidades de internação pediátrica. Elas descrevem necessidades relacionadas à ambiência lúdica e natural, acomodações confortáveis, espaços para brincar com brinquedos de animais, dinamismo e adaptabilidade a terapias alternativas, uso de equipamentos de informática, espaços que possibilitem contato interpessoal, leiaute que propicie bem-estar, segurança e conforto ambiental. Por fim, apresentou-se as diretrizes a arquitetos profissionais, que realizaram um exercício projetual conceitual para sua aplicação. Os resultados indicaram a adequação das diretrizes para aplicação em projetos de ambientes criativos para humanização em internação pediátrica.
      PubDate: 2023-06-20
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8669295
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Influência térmica de parede viva no inverno de clima
           subtropical no Brasil

    • Authors: Murilo Cruciol-Barbosa, Maria Solange Gurgel de Castro Fontes, Maximiliano dos Anjos Azambuja
      Pages: e023013 - e023013
      Abstract: A parede viva contínua é um tipo de jardim vertical construído por diferentes camadas, que permite o cultivo de grande variedade de espécies e que protege a fachada da incidência solar direta. A partir disso, este estudo experimental objetivou identificar e quantificar a influência de uma parede viva contínua nas variações das temperaturas superficiais interna e externa (Tsi e Tse) de uma fachada Leste, em período de inverno, em clima Cfa. O jardim teve o diferencial de ser construído com placas de reciclado Tetrapak® tanto para diferenciá-lo das demais tecnologias já estudadas, quanto para testar um material utilizado em projetos de compensação ambiental. As temperaturas superficiais da parede viva, da parcela protegida e da parcela controle foram monitoradas e comparadas para análise da intensidade do mecanismo de sombreamento. Os resultados demonstram que no início da manhã a parede viva impediu a perda de calor pela fachada e, a partir da incidência solar direta, ela manteve as temperaturas superficiais da parcela protegida menores em relação à controle. Essa diferença atingiu até 9,4 °C na Tse (período da manhã) e 2,8 °C na Tsi (período da tarde), assim como, um atraso térmico máximo de 06h30min entre os picos de Tse. Esses achados evidenciam a influência positiva da parede viva no inverno, considerando as características do clima Cfa (frio de manhã e quente durante o dia); ampliam o conhecimento sobre a influência térmica da parede viva contínua na edificação e reforçam o uso das paredes vivas para além da estética.
      PubDate: 2023-06-15
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8670841
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Edifícios de escritórios representativos para estudos de desempenho
           energético na cidade de Florianópolis

    • Authors: Fernanda Selistre da Silva Scheidt, Fernando Simon Westphal
      Pages: e023012 - e023012
      Abstract: A formulação de políticas e esquemas de incentivo para redução do consumo de energia nos edifícios demandam conhecimento das características dos estoques edificados para entender como o seu desempenho energético pode ser melhorado. O objetivo deste trabalho é identificar, com relação ao sistema de condicionamento de ar instalado, a forma, dimensões e percentual de abertura da fachada, edifícios representativos que possam ser utilizados como referência na análise de desempenho energético de edifícios de escritórios. O estudo concentrou-se na cidade de Florianópolis. Uma amostra de 197 edifícios de escritórios foi estudada, adotando a abordagem K-means como metodologia de classificação de 187 edifícios quanto à sua forma e dimensões e 179 edifícios quanto ao percentual de abertura das fachadas. Para o sistema de condicionamento de ar instalado, a análise baseou-se na frequência de ocorrência. Como resultado da análise é possível afirmar que os edifícios de escritórios de Florianópolis podem ser representados por plantas de duas formas, em quatro tamanhos distintos: (a) quadrado pequeno, medindo 16 m x 15 m (considera tolerância para a diferença entre as duas medidas) e (b) quadrado grande, medindo 23 m x 23 m; (c) retângulo pequeno, medindo 15 m x 24 m e; (d) retângulo grande, medindo 15 m x 34 m. Os edifícios da tipologia utilizam majoritariamente sistemas de condicionamento individual providos por aparelhos de janela ou split. O edifício de escritórios típico de Florianópolis possui 33% de área envidraçada na fachada norte, 30% na fachada sul, e 24% nas fachadas leste e oeste.
      PubDate: 2023-05-29
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8668318
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Relacionando padrões espaciais com fluxos e atividades de pessoas em
           espaços coletivos de um campus universitário

    • Authors: Flávio Brandão Boaventura, Lucy Donegan
      Pages: e023011 - e023011
      Abstract: Esta pesquisa compara potenciais de movimento e permanência configurados pelo espaço com fluxos e vivências reais no Conjunto Humanístico do Campus I da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O estudo partiu da observação que alguns espaços do Conjunto Humanístico, embora tenham tipologias construídas semelhantes, recebem caracterizações diferentes, como a “praça da alegria”. Entendendo que espaços coletivos podem prover alívio cotidiano e encontros espontâneos entre pessoas e que a forma do espaço pode facilitar ou dificultar encontros, padrões espaciais de potenciais de movimentos, encontros e vistas nos espaços entre salas do Conjunto Humanístico foram investigados pela perspectiva da Teoria da Lógica Social do Espaço, ou Sintaxe Espacial. Estes padrões foram comparados com usos observados in loco, mapeando fluxos, atividades e perfis das pessoas em diferentes localizações. Espaços mais centrais e próximos à circulação de mais fácil acesso apresentaram usos diversos e mais mulheres em contraponto a locais menos visíveis e menos integrados, com usos mais sossegados e introspectivos. Resultados revelam a hierarquia espacial interna e a ligação com o acesso ao campus, caracterizando espaços diversos com usos complementares contribuindo para interações e alívios na vida acadêmica. Futuras investigações podem avaliar possíveis benefícios desses usos na aprendizagem.
      PubDate: 2023-05-20
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8669059
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Automação da modelagem BIM a partir de nuvens de pontos

    • Authors: Igor Tiago Lopes, Natalie Johanna Groetelaars, Érica de Sousa Checcucci, Arivaldo Leão Amorim
      Pages: e023010 - e023010
      Abstract: O surgimento de novas ferramentas que auxiliam no levantamento arquitetônico rápido e preciso, aliado à ascensão do uso de modelos Building Information Modeling (BIM) para edificações existentes tem impulsionado profissionais do setor da arquitetura e engenharia a buscar métodos para agilizar a modelagem e obter melhores resultados dentro dos seus fluxos de trabalho. Embora já conhecidos os potenciais do BIM para edificações existentes, a geração desse tipo de modelo ainda apresenta desafios. O uso de tecnologias de levantamento de dados 3D (como escaneamento a laser e fotogrametria) como base para modelagem BIM traz consigo a oportunidade de geração de modelos mais detalhados e precisos além de maior rapidez na aquisição de dados. Neste sentido, este artigo apresenta uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL) com intuito de reunir e discutir os principais métodos e técnicas que têm sido utilizados para automatização do processo de modelagem BIM com base em nuvens de pontos. Buscou-se os trabalhos publicados em bases de dados especificas durante o período compreendido entre 2015 e 2021. Além da análise bibliométrica, foi realizada uma análise qualitativa na qual os artigos foram classificados de forma a enquadrar todos os trabalhos selecionados. A partir da RSL, verifica-se diferentes ferramentas e processos que se complementam, mas que ainda requerem interação humana, seja para selecionar trechos da nuvem de pontos, fazer a associação com elementos construtivos ou ainda complementar o modelo de modo interativo.
      PubDate: 2023-05-19
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8669015
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Processo paramétrico para o custo unitário geométrico

    • Authors: Pedro Oscar Pizzetti Mariano, Carlos Eduardo Verzola Vaz
      Pages: e023009 - e023009
      Abstract: Esse artigo faz parte de uma pesquisa que visa interpretar o papel do arquiteto em um futuro em que os processos autônomos sejam colaboradores constantes nas atividades de projeto, e, para isso, pretende-se desenvolver uma ferramenta paramétrica baseada em múltiplos critérios de desempenho. Assim, a investigação pretende construir, testar e validar um processo de projeto capaz de estimar o custo de uma construção na fase inicial de projeto por meio do Custo Unitário Geométrico (CUG). O artigo também visa validar e possibilitar que o método seja utilizado como um instrumento de coleta de dados nas primeiras fases do processo de projeto. Para isso, o corpo teórico foi estudado e aplicado em uma programação visual, de modo a ser possível calcular automaticamente o Custo Unitário Geométrico a partir de uma composição de formas simplificadas. Após, a construção do processo digital passou por uma sequência de testes envolvendo composições geométricas e comparando seus resultados com os de outro método comumente aceito, o Custo Unitário Básico (CUB). Como resultado, observou-se que os valores encontrados com o método do CUG apresentam constante variação, não estando vinculadas diretamente à área analisada. Assim, conclui-se que foi possível comprovar o uso do CUG, pois a experimentação permite identificar diferentes custos para áreas projetadas semelhantes. O desenvolvimento do processo também trouxe a discussão da utilização do método e do processo que podem auxiliar profissionais a potencializar sua interpretação do custo do projeto nas primeiras composições e, também, a possibilidade de ser utilizado como instrumento de ensino, apresentando as consequências de custo de diferentes formas.
      PubDate: 2023-05-17
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8670284
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Pavilhões experimentais como laboratório de projeto e
           fabricação digital

    • Authors: Felipe Tavares da Silva, Maria Gabriela Caffarena Celani, Érica de Sousa Checcucci
      Pages: e023008 - e023008
      Abstract: O objetivo deste trabalho é apresentar e discutir a construção de pequenos pavilhões como oportunidade de experimentação no processo digital de projeto, modelagem, fabricação digital (FD) e montagem de formas complexas arquitetônicas, baseadas em oficinas realizadas entre os anos de 2017 e 2019 em duas faculdades de Arquitetura em diferentes universidades do Brasil. O Design Science foi o principal método científico adotado na pesquisa, sendo a pesquisa de campo exploratória experimental utilizada nas diferentes oficinas para produção dos objetos e validação do processo. Os pavilhões consistiram em estruturas de cascas funiculares com função de promover sombra, e suas formas foram obtidas por algoritmo generativo paramétrico. Aos participantes das oficinas de modelagem foi disponibilizado um código do Grasshopper para que eles o manipulassem com fins de projetar suas próprias versões do pavilhão. Foram materializados, entre maquetes em escala reduzida e protótipos em escala natural, quatro diferentes instâncias de pavilhões modeladas e fabricadas digitalmente. Com estas experiências evidenciaram-se diferentes potencialidades didáticas que a modelagem paramétrica (MP), a FD e a montagem de pavilhões podem oferecer. Dentre estas, a reflexão sobre processos de concepção de uma envoltória arquitetônica e as suas implicações na construtibilidade, a experimentação da MP no projeto da forma e a possibilidade de vivenciar todo o ciclo de projeto e construção de um objeto arquitetônico durante o curso de graduação. Apresentando as experiências vivenciadas e discutindo sobre suas vicissitudes e as dificuldades encontradas, este trabalho espera contribuir com a discussão sobre MP e FD de envoltórias arquitetônicas de formas complexas.
      PubDate: 2023-05-15
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8665024
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Análise metodológica em paisagem sonora urbana

    • Authors: Lucas Rafael Ferreira, Gabriela Meller, Willian Magalhães de Lourenço, Giane de Campos Griogoletti
      Pages: e023007 - e023007
      Abstract: A paisagem sonora é intrínseca a diversos fatores que podem influenciar a qualidade do ambiente urbano, como a exposição ao ruído, que pode afetar a saúde humana. A quantidade de fontes sonoras vem crescendo devido ao aumento populacional das cidades, o que torna importante a análise da percepção humana dos ruídos cotidianos. O objetivo desta pesquisa é identificar e analisar o estado da arte sobre estudos com foco na paisagem sonora urbana, no contexto nacional e internacional, e contribuir com a sistematização do conhecimento científico sobre o tema. A metodologia da revisão sistemática da literatura (RSL) foi realizada de acordo com o Protocolo Kitchenham e Charters. Os artigos compilados apresentaram diferentes abordagens metodológicas, sendo que a maioria dos estudos analisados utiliza tanto métodos de levantamento de dados objetivos quanto subjetivos. Como parâmetros objetivos, os níveis de pressão sonora, mais especificamente, o descritor LAeq, é o mais utilizado. Considerando a abordagem subjetiva, observou-se que o uso de questionários, levantamentos fotográficos e gravações de vídeos e áudio são amplamente empregados. Também foi possível constatar que estudos em microescala são mais implementados por apresentarem maior acurácia dos resultados.
      PubDate: 2023-05-06
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8668979
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Contribuições para a qualidade do ar interior em salas de aula pós
           pandemia de COVID-19

    • Authors: Saulo Vieira de Oliveira Silva, Érica Coelho Pagel
      Pages: e023006 - e023006
      Abstract: No final de 2019 surgiu uma nova doença provocada pelo SARS-CoV-2 e, em seguida, foi declarada pandemia pela Organização Mundial de Saúde. Tal fato, implicou em inúmeras restrições, dentre elas, o fechamento de escolas em diversos países. Com o retorno gradual das atividades de ensino, os estabelecimentos se viram obrigados a adotarem protocolos de prevenção. O objetivo deste trabalho foi levantar, na literatura científica, as formas de contaminação de pessoa para pessoa em ambientes interiores, com foco em salas de aula, bem como identificar as diferentes estratégias propostas para redução do risco de infecção dos usuários, sobretudo no que se refere à ventilação e ações para a mitigação da transmissão do vírus em escolas. A metodologia adotada foi a Revisão Sistemática da Literatura (RSL), que partiu de uma seleção de artigos junto aos portais PubMed e Portal de Periódicos da CAPES, resultando na análise de 52 documentos. Como resultados, identificou-se que as partículas aéreas emitidas por indivíduos infectados possuem grande variação de tamanho e alcance, o que diversifica a possibilidade de contágio. Os trabalhos indicaram a necessidade do incremento da ventilação natural por meio da abertura constante de janelas e portas; do aumento das taxas de renovação do ar interno, sem recirculação; do uso de filtros de alta eficiência para eliminação das partículas contaminadas e da necessidade de preocupações que visem ambientes escolares saudáveis, tanto durante situações pandêmicas quanto não pandêmicas. A pandemia reforçou a importância da temática da qualidade do ar de interiores nos estudos de arquitetura e construção.
      PubDate: 2023-02-03
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8670256
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Aplicação de experimento fatorial como método para a definição de
           zonas bioclimáticas a partir do conforto térmico

    • Authors: Camila Carvalho Ferreira, Joyce Correna Carlo
      Pages: e023005 - e023005
      Abstract: O zoneamento bioclimático apresenta-se como importante ferramenta para fornecer subsídios para a estruturação de normativa de desempenho térmico e de códigos de eficiência energética de edificações. No entanto, uma metodologia consistente para o desenvolvimento de propostas de zoneamentos é ainda tema de ampla discussão. O objetivo deste artigo é avaliar a aplicabilidade do experimento fatorial como método para caracterização de zonas bioclimáticas. Para tal, empregou-se o experimento fatorial para a análise das variáveis de influência no desempenho térmico de edificações residenciais ventiladas naturalmente em diferentes climas brasileiros. Foram realizadas simulações de desempenho térmico a partir da fatorial e as cidades analisadas foram agrupadas de acordo com a performance quanto ao conforto térmico e com as variáveis de influência. De forma geral, as principais variáveis de influência no conforto térmico das edificações foram a absortância solar da envoltória, a transmitância térmica das coberturas e a ventilação. Para climas mais amenos a transmitância térmica das paredes também apresentou influência, enquanto a capacidade térmica das paredes apresentou influência para os climas de transição. Dentre as localidades amostradas, pode-se reconhecer quatro padrões de comportamento quanto ao conforto térmico e quanto às variáveis de influência, possibilitando o agrupamento das cidades. Identificou-se quatro zonas bioclimáticas, subdivididas de acordo com as necessidades de ventilação específicas locais. A originalidade deste trabalho está na proposta de uma caracterização de zonas bioclimáticas fundamentada em um modelo de conforto adaptativo, na inclusão de mais de um modelo de edificações multifamiliares na análise e na utilização do experimento fatorial.
      PubDate: 2023-01-28
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8669076
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Iluminância no home office

    • Authors: Sabrina Santiago Oliveira, Roberto Revoredo de Almeida Filho, Davi Augusto Domingos de Carvalho, Daniel Augusto Domingos de Carvalho, Maria Luiza de Albuquerque Montenegro Negromonte, Bianca Maria Vasconcelos
      Pages: e023004 - e023004
      Abstract: O Ano de 2020 foi bastante desafiador para a população mundial, isso ocorreu devido a pandemia do COVID-19 que, com sua alta taxa de infecção, trouxe o confinamento de milhares de pessoas. Isso fez com que todas as atividades passassem a ser realizadas em home office, mas alguns profissionais não estavam preparados para o isso e tiveram que adaptar-se, dentre estes estão os colaboradores das instituições de ensino Superior que, acostumados a modalidade de ensino presencial, realizaram mudanças significativas em suas vidas. Um dos fatores necessários para executar atividades de trabalho em casa é uma iluminação boa e que proporcione conforto visual, pretendendo evitar diversos sintomas de fadiga. O objetivo deste trabalho foi realizar um estudo de caso, na forma de pesquisa de opinião, sobre os impactos da iluminação relacionados a transição do trabalho fora de casa para o home office em decorrência da pandemia da COVID-19 da comunidade acadêmica de uma instituição de ensino superior que passou a trabalhar em regime de home office. Sua metodologia foi dividida em três etapas: revisão de literatura; aplicação de formulário virtual; análise dos dados. Dentre a amostra analisada, 83,05% eram de docentes e 74,6% possuíam idade entre 41 e 65 anos, além disso foi possível notar que 42% dos contribuintes desta amostra realizaram adaptações em seu home office visando um melhor conforto visual, dentre eles, 27% apontou dificuldades em realizar adaptações devido a fatores financeiro, falta de conhecimento, impossibilidade de mudar moveis e objetos de lugar e não se preocupou a respeito.
      PubDate: 2023-01-23
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8668185
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Impacto da absortância no conforto térmico em três zonas
           bioclimáticas

    • Authors: Carolina Dieguez Cândido, Kelen Almeida Dornelles, Marieli Azoia Lukiantchuki
      Pages: e023003 - e023003
      Abstract: A incidência de radiação solar nos edifícios é considerada uma das principais responsáveis pela sua carga térmica e seu impacto dependerá, entre outros fatores, da absortância solar das superfícies externas da edificação. Este trabalho analisa o conforto térmico dos usuários de uma habitação unifamiliar térrea, pela metodologia da ASHRAE 55/2013, no contexto de três cidades classificadas em diferentes zonas bioclimáticas: Curitiba (ZB1), Maringá (ZB3) e Belém (ZB8). O método é composto das seguintes etapas: 1. Seleção da tipologia e cidades representativas; 2. Seleção dos valores de absortância; 3. Simulações através do software EnergyPlus e 4. Análise dos resultados. Os resultados demonstraram que a absortância das envoltórias apresentou influência significativa no conforto térmico dos usuários e no aumento da carga térmica interna. As telhas e as tintas, com valores de absortância mais elevados, foram responsáveis, respectivamente, pelo acréscimo de até 24,74% e 17,55% no total de horas anuais em desconforto por calor. No inverno, telhas e tintas com maior absortância apresentaram influência no decréscimo de até 17,07% e 13,7% no total de horas anuais em desconforto por frio. Conforme esperado, é recomendada a utilização de absortâncias mais baixas e altas para zonas bioclimáticas mais quentes e mais frias, respectivamente. Em relação a regiões em que tanto o desconforto por calor quanto por frio é significativo, recomenda-se a escolha criteriosa da absortância, considerando fatores como diferentes sistemas construtivos, uso de ventilação natural e de dispositivos de sombreamento, entre outras soluções, visando a melhoria do conforto térmico dos usuários.
      PubDate: 2023-01-19
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8668202
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Simulação termoenergética e lumínica de fachadas com
           brises no clima tropical

    • Authors: Luma de Souza Dias, Henor Artur de Souza, Adriano Pinto Gomes, Lucas Fonseca Caetano, Bruno Henrique Lourenço Camargos, Arlindo Tribess
      Pages: e023001 - e023001
      Abstract: O uso da luz natural em edificações é uma importante estratégia de projeto pois minimiza o consumo de energia com iluminação elétrica e proporciona maior qualidade visual para seus usuários. Porém, essa estratégia pode resultar em ganhos térmicos excessivos e ofuscamento, causando desconforto térmico em ambientes de trabalho. No intuito de buscar uma combinação entre qualidade visual e bom desempenho termoenergético e lumínico, analisa-se nesse estudo a influência do tipo de brise soleil e tipo de vidro, aplicados a uma edificação comercial com fachada envidraçada, localizada em regiões de clima tropical. Inclui-se na análise a edificação sem o uso do brise soleil, como referência. São realizadas simulações computacionais com os programas Daysim e EnergyPlus considerando-se a fachada oeste da edificação. Ao considerar o parâmetro tipo de vidro, os modelos que apresentam melhor comportamento são aqueles com vidro comum. Comparando-se os resultados entre os tipos de brises percebe-se que os modelos com brise vertical possuem valores mais elevados de taxa de radiação solar do que os modelos com brise horizontal, trazendo benefícios de maior luz natural ao ambiente. Os resultados, considerando-se as horas de conforto do usuário, indicam que o modelo de brise horizontal com vidro laminado na cor verde apresenta-se como o mais adequado, visto que possui o menor consumo de energia e mais horas de conforto. Ressalta-se, como contribuição do presente trabalho, a obtenção de modelos de brises mais adequados para projetos de brises aplicados em fachadas envidraçadas em regiões de clima tropical.
      PubDate: 2023-01-09
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8667538
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
  • Ferramentas de avaliação de desempenho de cidades inteligentes: uma
           análise da norma ISO 37122:2019

    • Authors: João Paulo Maciel de Abreu, Fernanda Fernandes Marchiori
      Pages: e023002 - e023002
      Abstract: Face ao crescimento das cidades e de seus problemas surgem as cidades inteligentes (smart cities), que são espaços urbanos com uma dimensão tecnológica adicional, que serve como ferramenta às demais dimensões, como economia ou abastecimento de energia, por exemplo. Conhecer esses problemas e as potencialidades das cidades são funções dos sistemas de avaliação de desempenho, como o proposto pelas recentes normativas ISO 37122:2019 e ABNT NBR ISO 37122:2020. A partir do surgimento das primeiras normas ISO diretamente relacionadas às cidades inteligentes, o objetivo da presente pesquisa é verificar a pertinência e adequação dos indicadores propostos à finalidade de avaliação de cidades inteligentes. Para tanto, desenvolveu-se pesquisa bibliográfica, considerando as mais recentes pesquisas destinadas à avaliação de desempenho destas cidades, as quais subsidiaram a análise do conteúdo normativo. Como resultados, discute-se os indicadores pertinentes à avaliação e que não estão abordados em norma, e aponta-se possibilidades de aprimoramento futuro em relação aos temas presentes na bibliografia..
      PubDate: 2023-01-09
      DOI: 10.20396/parc.v14i00.8668171
      Issue No: Vol. 14 (2023)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 18.206.12.157
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-