A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> MILITARY (Total: 106 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Âncoras e Fuzis
Number of Followers: 2  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2177-7608
Published by Portal de Periódicos da Marinha do Brasil Homepage  [10 journals]
  • REVISTA COMPLETA

    • Authors: Editor Ancoras e Fuzis
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Conceitos emergentes para os Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais
           (GptOpFuzNav)

    • Authors: Luis Manuel de Campos Mello
      Pages: 13 - 13
      Abstract: Neste artigo, inicialmente, ressaltaremos o papel fundamental dos conceitos emergentes de emprego da força militar na condução do combate, por meio de uma abordagem histórica das inovações no campo de batalha, novas formas de mobilização da força militar e novos sistemas de armas ou logísticos, que representaram vantagem significativa para forças militares que os exploraram. A seguir, teceremos breves comentários sobre os conceitos que serão apresentados pelos diversos autores desta edição da Revista Âncoras e Fuzis, que incluem novas abordagens do combate, com diferentes visões e dimensões de aplicação da força nos campos de batalha atuais e futuros. Encerraremos com uma conclusão, enfatizando a importância para o CFN de se acompanhar o desenvolvimento das inovações e tendências militares e desenvolver seus próprios conceitos de emprego de seus GptOpFuzNav.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Arte Operacional e Design : sua aplicabilidade para o planejamento dos
           GptOpFuzNav na integração da batalha única

    • Authors: Leandro Marinho
      Pages: 21 - 21
      Abstract: Os conflitos modernos são caracterizados pelo crescente envolvimento de atores não estatais – sejam de postura hostil, neutra ou favorável – somado às tradicionais ameaças estatais, dando origem a diversos termos como “Gray Zone”, “guerra híbrida” e “novas ameaças”. O ambiente operacional atual emerge de um contexto social cada vez mais complexo e interconectado, cuja ambiguidade e volatilidade têm desafiado estudiosos e pensadores militares a desenvolverem abordagens criativas e mais eficientes para o emprego do poder militar. As evoluções tecnológicas, por vezes, assumem significativo protagonismo no meio militar e impulsionam o desenvolvimento doutrinário e novas concepções de combate. Em que pese a tecnologia ter reconhecida importância, não se deve olvidar de que o sucesso no campo de batalha moderno demanda muito mais do que apenas meios de última geração.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Operações de Estabilidade para o GptOpFuzNav

    • Authors: Carlos Eduardo G. da Silva Maia
      Pages: 26 - 26
      Abstract: Destar te, o presente ar tigo pretende discorrer sobre o treinamento das Marine Expeditionary Unit (MEU) em Operações de Estabilidade, por meio da par ticipação do autor como Oficial de Intercâmbio do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil junto ao United States Marine Corps (USMC) no período de FEV2019 a FEV2020, em Camp Lejeune, no Estado da Carolina do Nor te, Estados Unidos da América (EUA). Na ocasião o autor teve a opor tunidade de desempenhar a função de Chefe do Depar tamento de Operações de Estabilidade, do Expeditionary Operations Training Group (EOTG) da II Marine Expeditionary Force (MEF), Unidade responsável pelo treinamento, avaliação e cer tificação das MEU localizadas na costa leste dos EUA.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Os principais conceitos operacionais em desenvolvimento pelo United States
           Marine Corps e possíveis aplicações para o Corpo de Fuzileiros Navais

    • Authors: Maurilo de Souza Vilas Boas
      Pages: 34 - 34
      Abstract: O texto a seguir busca trazer uma breve análise dos principais conceitos operacionais que o USMC, bem como a United States Navy (USN), vêm buscando desenvolver a
      fim de continuarem oferecendo opções estratégicas críveis para o Poder Naval, frente ao problema militar que vem se delineando, bem como tentar buscar alguma superfície
      de contato entre a realidade deles e a do nosso Corpo de Fuzileiros Navais (CFN).
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Operações em Amplo Espectro para o Grupamento Operativo de
           Fuzileiros Navais

    • Authors: Dirlei Donizette Côdo
      Pages: 42 - 42
      Abstract: As Operações no Amplo Espectro enfatizam que os conflitos atuais envolvem não somente o combate entre oponentes armados, os meios são empregados de forma simultânea ou sucessiva, combinando atitudes ofensivas, defensivas, de pacificação, de Garantia da Lei e da Ordem, apoio a Instituições Governamentais nacionais ou internacionais e de Assistência Humanitária, como também operações interagências. Nesse cenário, pode-se verificar a intensa proliferação de conflitos assimétricos.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • As Operações Descentralizadas no USMC e aproximações
           à realidade do CFN

    • Authors: Ricardo Bragança
      Pages: 47 - 47
      Abstract: O limiar do Século XXI testemunhou a solidificação do Brasil como uma potência regional. A robustez econômica e a abundância de recursos em um vasto território, associados à existência de um dos entornos estratégicos mais estáveis do Planeta auxiliam o desenvolvimento do Poder Nacional. A Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE) é o principal vetor de projeção de poder da MB e o aprimoramento da sua forma de emprego é fruto de constante discussão, de modo que possa ser mantida no estado da arte. Este artigo abordará algumas modalidades de emprego de Forças de Fuzileiros Navais adotadas pelos EUA, de modo a se verificar possível aderência à nossa realidade estratégica.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Operações Anfíbias: uma Comparação entre as Perspectivas Brasileira e
           Francesa

    • Authors: Maurício Corrêa de Souza
      Pages: 52 - 52
      Abstract: É de amplo conhecimento que a Operação Anfíbia (OpAnf) se constitui na mais complexa dentre as operações militares, mormente em função da diversidade de meios navais, aeronavais, e de Fuzileiros Navais empregados, bem como do alto grau de coordenação entre as forças singulares e até mesmo da mobilização de meios civis. Cabe ainda ressaltar a impositiva necessidade de sincronização das ações e da edificação do poder de combate a partir do “zero”, possivelmente em um litoral hostil. A fim de dotar suas Forças Armadas com essa capacidade, os países precisam investir em doutrina, organização, pessoal, educação, material, adestramento, infraestrutura e interoperabilidade – DOPEMAII 1 – de forma a desenvolver soluções para os desafios que as OpAnf impõem. Nessa empreitada, embora a alta complexidade das OpAnf engendre problemas similares, diferentes Forças Armadas desenvolvem soluções significativamente distintas.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Nova visão das Operações Ribeirinhas para a Marinha do
           Brasil

    • Authors: André Luiz Guimarães Silva
      Pages: 57 - 57
      Abstract: A nova visão das Operações Ribeirinhas para a Marinha do Brasil contempla a mudança na perspectiva de conquista e manutenção de posições em terra, como ocorre em um
      Assalto Anfíbio, para uma atuação com ênfase no controle e manutenção das Linhas de Comunicação Fluviais, na escolta de meios navais e no combate predominantemente embarcado, o Combate Fluvial.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • As Operações Multidomínio e sua aplicação no
           GptOpFuzNav

    • Authors: Max Guilherme de Andrade e Silva, Esley Rodrigues de Jesus Teixeira
      Pages: 67 - 67
      Abstract: O presente artigo tem por objetivo apresentar a integração entre o novo conceito de Operação Multidomínio e os GptOpFuzNav, um dos três eixos estruturantes do CFN.
      Utilizando-se do método de revisão bibliográfica, tem-se por resultado que o ambiente de atuação dos grupamentos é cada vez mais ligado a essas operações, devendo haver, em sua estrutura, meios de se contrapor às novas ameaças, permitindo que a estrutura do campo de batalha seja imaginada através de diversas capacidades além daquelas utilizadas nas batalhas aproximada, de retaguarda e profunda. Conclui-se que a atuação do GptOpFuzNav, particularmente quando em operações expedicionárias conjuntas ou combinadas, vocação estratégica do CFN, deve estar em condições de se contrapor às ameaças hodiernas, sendo capaz de garantir sua segurança e consequentemente a vitória.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Ameaças Assimétricas nos conflitos atuais

    • Authors: Antonio Pestana Garcez Neto
      Pages: 72 - 72
      Abstract:  O advento da globalização aliado com o fim da “Guerra Fria”  fizeram crescer de importância uma forma de combater, provocados por agentes difusos, que utiliza a população como meio para imprimir o terror e a camuflagem necessária para encobrir suas ações. Na era da informação, mensagens de pequenas, porém violentas, ações divulgadas em tempo real e para todo o mundo podem provocar danos maiores que grandes e custosas operações de força. Assim, atores menos capazes militarmente podem obter grandes resultados a ponto de definir um combate. Esta é a essência da ameaça assimétrica atual.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Operational Maneuver From The Sea (OMFTS) e o Ship-to-Objective Maneuver
           (STOM): conceitos e aplicações para os GptOpFuzNav

    • Authors: Luís Felippe Valentini da Silva
      Pages: 77 - 77
      Abstract: O presente artigo tem por finalidade apresentar o conceito da manobra operacional a partir do mar bem como o conceito decorrente da manobra navio para objetivo. O artigo também se propõe a identificar aplicações e desafios para nossos GptOpFuzNav na sua adoção. É um trabalho conceitual, sem objetivo de sugerir formas de emprego. Por
      tratar-se de conceitos não incorporados as nossas publicações doutrinárias, serão utilizados os acrônimos originais em inglês Operational Maneuver From The Sea (OMFTS) e o
      Ship-to-Objective Maneuver (STOM).
      PubDate: 2022-04-19
       
  • A Expansão no GptOpFuzNav

    • Authors: Reinaldo Reis de Medeiros, José Luís de Melo Espiúca, Thiago da Silva Gonçalves, Moises Guimarães do Amaral
      Pages: 82 - 82
      Abstract: Uma das principais características dos GptOpFuzNav é a sua expansibilidade, ou seja, a possibilidade de que uma força deslocada tenha a capacidade de expandir seu efetivo e poder de combate, sem prejuízo da continuidade da operação. A estrutura modular dos GptOpFuzNav permite que essa expansão ocorra de forma rápida e eficaz, acrescentando componentes ou elementos (até mesmo destacamentos de forças amigas) (BRASIL, 2020a). É importante frisar que não existe um GptOpFuzNav dentro do outro e, embora possa haver dois ou mais componentes do mesmo tipo (como por exemplo, dois CCT), haverá apenas um Componente de Comando.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Novas gerações e o Ethos do CFN

    • Authors: Fábio Montenegro Delmas
      Pages: 88 - 88
      Abstract: Este artigo tem por objetivo trazer uma reflexão sobre as peculiaridades das novas gerações, buscando a sua aderência com os valores que constituem o Ethos do CFN. Para alcançar esse objetivo, são descritas algumas considerações sobre o Ethos do CFN e a sua relação entre as novas gerações.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Tecnologia e o futuro da guerra

    • Authors: Hélio Paiva da Silva Junior
      Pages: 93 - 93
      Abstract: Todos temos a consciência da importância da tecnologia em nossas vidas. Ela é a aplicação direta dos experimentos e experiências observadas e testadas. As guerras enfrentadas pela humanidade sempre trouxeram um pouco de tecnologia, desde quando os primitivos descobriram o uso de ossos e pedras para ferir, até os dias atuais, com as grandes plataformas utilizadas nas Forças Armadas. As duas grandes guerras trouxeram grandes inovações tecnológicas que foram aproveitadas para mudar a forma em que vivemos. Essas novas tecnologias proporcionaram o processo de globalização através das tecnologias de informação, transporte, logística e das sofisticadas técnicas gerenciais. Esse processo teve por consequência a criação das cidades globais que, por sua vez, sobrecarregou os Estados e impôs a eles uma soberania relativa.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Dois lados de uma mesma moeda Operações no Litoral: a Interdependência
           entre Controle/Negação do Mar e Projeção de Poder

    • Authors: Renato Rangel Ferreira
      Pages: 99 - 99
      Abstract: Este artigo pretende apresentar novos conceitos de emprego do Poder Naval em Operações no Litoral, tanto em sua porção marítima quanto terrestre. Esses conceitos têm sido desenvolvidos por Marinhas que visualizam a importância do mar como via de acesso para o trânsito marítimo, mas também como uma camada defensiva contra ameaças externas a determinado território.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • O Terço da Armada

    • Authors: Edson Oliveira
      Pages: 105 - 105
      Abstract: Em excelente artigo do Almirante de Esquadra Fuzileiro Naval Alvaro Augusto Dias Monteiro sobre as origens do nosso Corpo de Fuzileiros Navais ele alude à criação, na Marinha de Portugal, nos idos de 1618, sob o reinado de Felipe III 1 (II de Portugal), do Terço da Armada Real da Coroa de Portugal. Essa tropa seria o “primeiro corpo de
      infantaria organizado em caráter permanente, aos moldes dos Tercios da Espanha. Após a Restauração portuguesa, em 1640, o Terço passou a denominar-se Terço da Armada
      real do Mar Oceano.” (MONTEIRO, 2008, p. 10).
      PubDate: 2022-04-19
       
  • Conflitos na Argélia, no contexto das Ameaças
           Assimétricas/Híbridas

    • Authors: Luciano Ozorio Rosa
      Pages: 108 - 108
      Abstract: Em 22 de fevereiro de 2021 manifestações públicas nos principais centros urbanos argelinos marcaram o segundo aniversário do movimento que impediu a continuação no poder de um presidente física e mentalmente incapacitado que postulava o seu quinto mandato sucessivo, forçando a convocação de eleições. A elevada abstenção no pleito de dezembro de 2019, que elegeu um ex-Primeiro Ministro e ex-Ministro da Habitação, Abdelmajide Tebune, e a ainda menor participação popular no referendum da nova Constituição, mesmo assim promulgada em janeiro do corrente ano, constituem claros sintomas da insatisfação generalizada e da crise de legitimidade que afetam o atual Governo.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • O exercício da liderança em tempos de isolamento

    • Authors: Eduardo Henrique Cardoso Kuwahara
      Pages: 115 - 115
      Abstract: No aspecto militar da sociedade, o exercício de liderar é imprescindível, pois somos por vezes exigidos a correr elevados riscos por dever de ofício. Pela força da liderança influenciamos os subordinados a realizarem as mais distintas tarefas a serviço da Pátria, cuja honra, integridade e instituições juramos defender com o sacrifício da própria vida. No ambiente de trabalho do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), houve uma reunião dos oficiais superiores com o Senhor Comandante para debater algumas dificuldades atinentes ao período pandêmico vivenciado desde março de 2020. O tema a despertar maior interesse foi a reflexão sobre o exercício da arte de liderar durante o período de isolamento social e distanciamento físico, a qual chegou-se a uma conclusão inicial que haveria uma dificuldade para exercê-la. Porém, após uma investigação por meio de conversa com três oficiais que atuam em campos distintos, obteve-se uma visão que soa um tanto quanto paradoxal.
      PubDate: 2022-04-19
       
  • A aquisição do Mine-Clearing Line Charge (MICLIC) e a ampliação da
           capacidade projeção de poder do CFN

    • Authors: Maurício Corrêa de Souza, Felipe A. Bayona
      Pages: 119 - 119
      Abstract: Tal qual no Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA (USMC), a Guerra de Manobra é parte da filosofia de emprego do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN). A fim de aplicá-la ao planejamento e à execução de uma operação, faz-se necessário garantir às nossas forças Liberdade de Movimento (Freedom of Movement), de forma a permitir que nossa ideia de manobra se concentre nas Vulnerabilidades Críticas do inimigo, evite seus pontos fortes e, consequentemente, desestabilize seu Centro de Gravidade. A capacidade de romper obstáculos e garantir mobilidade, seja no mar ou em terra, é fundamental para assegurar essa Liberdade de Movimento e aumentar a letalidade de nossas forças. Nesse diapasão, o Subprograma PROADSUMUS, que é parte do Programa Estratégico de Construção do Núcleo do Poder Naval, prevê a aquisição do Sistema de Abertura de
      Brechas Mine-Clearing Line Charge (MICLIC). Esse sistema consiste de uma carga explosiva linear lançada por foguete, cujo propósito é abrir uma passagem através de um obstáculo. Neste artigo, apresentaremos as características gerais do sistema, seu emprego doutrinário no USMC, fatores de planejamento alcançados há mais de 60 anos de experiência operacional e, por derradeiro, como esse sistema ampliará a capacidade de projeção de poder do CFN.
      PubDate: 2022-04-19
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.210.85.190
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-