A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> ANTHROPOLOGY (Total: 398 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Revista Memória em Rede
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2177-4129
Published by Universidade Federal de Pelotas Homepage  [14 journals]
  • Práticas alimentares, Memórias e Mobilidades

    • Authors: Susana Gastal, Luciana de Castro Neves Costa
      Pages: 1 - 4
      Abstract: O consumo de determinados alimentos, em detrimento de outros, para além do suprimento de necessidade humana primordial, articula um conjunto de fatores ecológicos-ambientais, históricos, culturais e econômicos, interligados em redes simbólicas. Resulta que as práticas culinárias, envolvendo ingredientes, receitas, técnicas e equipamentos presentes nos processos de preparo são historicamente construídas, exercendo importante função sociocultural ao constituírem-se como referente memorial e identitário de indivíduos e coletividades.No cenário contemporâneo, a globalização dos processos agrícolas e de industrialização dos alimentos constrói distâncias temporais e espaciais cada vez maiores entre produção e consumo, levando a homogeneização de hábitos alimentares. Tais cenários suscitam discussões sobre qualidade bioenergética dos alimentos, sobre saúde humana e animal, sobre impactos ambientais, entre outras. Ao mesmo tempo, ações de instituições governamentais e da sociedade civil, trazem aos debates e às práticas associadas aos alimentos, temas como conservação, patrimonialização e novos modelos de produção, distribuição e consumo.            É dentro deste contexto que se apresenta o dossiê Práticas Alimentares, Memórias e Mobilidades, buscando, ao assentar-se sobre os três eixos temáticos, criar um espaço para múltiplas abordagens acerca da alimentação.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Comércio e fabrico de alimentos nos reclames do Álbum de Pelotas (1922):
           análise textual e iconográfica

    • Authors: Fabio Vergara Cerqueira
      Pages: 5 - 39
      Abstract: Este texto consiste em um artigo sobre os estabelecimentos que fabricavam e comerciavam alimentos em Pelotas, ativos na terceira década do séc. XX, com base nos anúncios publicados em 1922 no Álbum de Pelotas, de Clodomiro Carriconde, obra comemorativa ao centenário da Independência do Brasil. Estes anúncios apresentam um recorte representativo da atividade econômica local, na esfera urbana, mas também em menor grau, na esfera rural, e são indicadores das transformações em curso na cidade, em seus aspectos sociais e culturais. Nosso estudo se baseia na análise textual e iconográfica destes anúncios, então conhecidos como “reclames”. As fotografias mostram-se uma fonte bastante reveladora sobre vários aspectos relativos a estes empreendimentos, apontando dados muito significativos que o registro textual destes anúncios não informa. A análise de conjunto surpreende pelo fato de o editor do Álbum querer dar visibilidade não somente aos negócios destinados aos grupos mais abastados das elites e setores médios, visto que o Álbum divulga também estabelecimentos mais populares, e aponta também a integração entre a economia urbana e a rural (“colonial”). Em uma cidade que econômica e culturalmente se destaca pela alimentação, tendo sua doçaria reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial nacional, a análise atenta destafonte traz um conjunto de aspectos reveladores para se compreender a densidade histórica do patrimônio alimentar.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • A engenhosidade da colonização teuto-brasileira através dos bens
           culturais do Museu Pró-Memória de Ivoti / RS

    • Authors: Jean Jeison Führ, Quésia Katúscia Gasparetto, Cristiano Enrique Brum
      Pages: 40 - 67
      Abstract: Resumo: A preservação de artefatos ferramentais históricos, utilizados pela humanidade para transformação da natureza e obtenção dos meios de subsistência, sempre permeou os espaços museológicos para representação da memória dos períodos passados. O objetivo do presente artigo, é apresentar o relato da iniciativa de preservação da engenhosidade tecnológica presente entre os colonos teuto-brasileiros, através do Museu Pró-Memória, recentemente (re)constituído junto ao Núcleo de Casas Enxaimel do Município de Ivoti/RS. O suporte memorial e participativo de membros da comunidade ivotiense, possibilitou aos pesquisadores envolvidos, constituírem uma catalogação inventariada de artefatos agrícolas que serviam para o beneficiamento de cereais, raízes e carnes; utilizados nas práticas alimentares dos primeiros residentes da região. A iniciativa apresentada neste artigo, evidencia a importância de preservar acervos protoindustriais, usados para beneficiamento de alimentos, bem como as vantagens de desenvolvimento turístico e social que são possíveis de se agregar em determinadas localidades, através de políticas de ação e gestão museológica.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Valorização dos queijos artesanais brasileiros: Aplicabilidade de três
           sinais distintivos de qualidade para o queijo coalho a partir da visão de
           especialistas.

    • Authors: Lucas Martinelli, Flávio Sacco Dos Anjos
      Pages: 68 - 104
      Abstract: Diante do cenário contemporâneo alimentar, a valorização das produções tradicionais e artesanais se torna objeto de análise para diferentes sinais distintivos de qualidade. O estudo do caso do queijo coalho artesanal, envolto neste contexto, expõe a necessidade de uma maior atenção por parte das instituições e da sociedade civil para uma questão fundamental: a manutenção dos saberes e fazeres tradicionais geracionalmente compartilhados. No Brasil, entre os dispositivos destinados a valorização e salvaguarda de artigos alimentares, os que melhor se relacionam às produções queijeiras artesanais, são três:  a patrimonialização cultural imaterial, as indicações geográficas e o selo Arte. Buscando entender seus possíveis cruzamentos com o queijo coalho artesanal, a captação de relatos de especialistas sobre essas matérias se demonstrou de extrema importância para visualizar possíveis caminhos a serem traçados para o futuro deste artigo alimentar brasileiro. Desta maneira, empregando uma revisão de literatura sobre temas fundamentais e a captação de dados primários a partir da aplicação de análise de conteúdo ao material resultante de oito entrevistas qualitativas de roteiro semiestruturado, se tornou possível expandir as noções da aplicabilidade destes três sinais distintivos de qualidade ao caso do queijo coalho artesanal da região nordeste do Brasil. Ademais, se conclui que todos os três dispositivos, apesar de suas especificidades, detêm potenciais para a salvaguarda dos produtores, produtos e produções deste alimento, bem como se tornou possível visualizar possíveis limites para um futuro registro do coalho artesanal.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • A floresta é a casa, a cozinha e o quintal: as práticas alimentares na
           literatura indígena de Cristino Wapichana

    • Authors: Alessandra Tereza Mansur Silva, Roberta Barros Meira
      Pages: 105 - 133
      Abstract: O território é a questão central para os povos indígenas, porque é nele que se encontram os saberes para transformar os conhecimentos na prática do bem viver. A floresta é, portanto, a casa, a cozinha e o quintal onde as práticas alimentares domésticas se materializam. Nesse sentido, o artigo analisa três obras do escritor indígena Cristino Wapichana: O cão e o curumim (2018), A cor do dinheiro da vovó (2019) e Chuva, gente! (2021). Debatemos a literatura indígena pelo viés da categoria política economia própria, artes, plantas medicinais e cosméticos, da obra Bem viver e viver bem segundo o povo baniwa no noroeste amazônico brasileiro (2019), com vistas a discutir o patrimônio e as práticas alimentares, suas formas de resistência e as ameaças na sociedade contemporânea. Palavras-chave: práticas alimentares; literatura indígena; bem viver.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • O que é comer bem' A visão de pessoas em situação de
           vulnerabilidade no município de Ponta Grossa (PR)

    • Authors: Hellen Vitória Silva, Priscilla Garbelini Jaronski, Mirna de Lima Medeiros, Augusta Pelinski Raiher
      Pages: 134 - 168
      Abstract: A alimentação é um fenômeno social, econômico, antropológico e cultural. Portanto, o entendimento do que é “comer bem” altera-se segundo a época, espaço geográfico, faixa etária, classe social, saúde e qualidade de vida do respondente. Tencionando abranger diferentes níveis de segurança alimentar (SA) nesta questão, buscou-se compreender o que significa “comer bem” para indivíduos em situação de vulnerabilidade no município de Ponta Grossa/PR, especialmente os assistidos pelo CRAS com benefício eventual de auxílio-alimentação. A construção do artigo baseou-se na revisão bibliográfica, aplicação de questionário à 302 famílias sobre aspectos socioeconômicos e alimentares. Demonstrou-se que a vulnerabilidade direciona o entendimento do que é “comer bem” ao simples ato de ingerir alimentos, deixando questões cu
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Bares e restaurantes patrimonializados do Rio de Janeiro: apontamentos
           sobre a construção de memórias de “alimentos-âncoras”

    • Authors: Gabriela Elis da Cunha, Maria Amália Silva Alves Oliveira
      Pages: 169 - 196
      Abstract: A partir do processo de reconhecimento de um conjunto de bares, botequins e restaurantes de bares e restaurantes enquanto Patrimônio Cultural Carioca inseridos na categoria Bares e Botequins Tradicionais, o presente trabalho objetiva descrever a inserção como práticas alimentares foram acionadas no contexto de seleção de memórias e reafirmação de identidade cultural difundidas durante a construção da imagem da cidade do Rio de Janeiro enquanto sede dos megaeventos. Assim sendo, busca-se discutir sentidos e significados culturais atribuídos a comida e ao ato de alimentar-se em tais estabelecimentos comerciais.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Narrativas orais entre a mexedura e o borbulhar do doce no tacho:
           histórias ocultas, um relato de experiência.

    • Authors: Giane Trovo Belmonte, Wagner Halmenschlager, Francisca Ferreira Michelon
      Pages: 197 - 219
      Abstract: Este artigo trata-se de uma reflexão conjunta e sucinta, a partir de um relato de experiência de um dos pesquisadores, em uma propriedade rural, onde é analisado a partir de autores como Thompson (2006) e Portelli (2010), aspectos sobre a oralidade que são de caráter fundamental e significativo na evolução, publicação e publicização de informações. No decorrer, é apresentado um breve resumo de Morro Redondo e a sua relação com os autores. As vias que foram percorridas conduzem a utilizar a oralidade e o testemunho oral como método qualitativo para este artigo. De uma forma objetiva e característica, pontua-se alguns relatos de histórias de vida narrados pelas mulheres, destacando a importância do direito de fala, da identidade e da relevância e riqueza da oralidade como fonte histórica.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Contribuições da imprensa para a preservação da memória e
           visibilidade da comida da região de Guaratiba-RJ.

    • Authors: Lara Passamani Merabet
      Pages: 220 - 244
      Abstract: Os registros da vida cotidiana em veículos de imprensa despontam como uma relevante forma de manutenção da memória social. Por meio destes registros, é possível identificar códigos culturais, inclusive os relacionados às práticas alimentares, possibilitando o acesso a mediações sociais e simbólicas em diferentes épocas de uma sociedade. Este artigo buscou apontar e analisar as contribuições que o jornal O Globo produziu para a visibilidade e para a preservação da memória da comida à base de frutos do mar oferecida pelos restaurantes da região de Guaratiba-RJ, compreendendo o período de 1970 até 2020. Os resultados mostraram que, a produção dos conteúdos alcançou maior intensidade, entre 1990 e 2009, e que para além de receitas culinárias, continham aspectos relacionados à cultura, ao lazer, a breves biografias do território e de pessoas, demonstrando contribuir tanto para a preservação da memória quanto para a visibilidade da comida e do lugar.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Patrimônio alimentar, patrimônio turístico: potencialidades regionais a
           partir do reconhecimento formal de saberes e produtos alimentícios

    • Authors: Maria Henriqueta Sperandio Garcia Gimenes Minasse
      Pages: 245 - 274
      Abstract: Este artigo tem o objetivo de refletir sobre a potencialidade turística do ponto de vista regional a partir de ações do IPHAN (por meio do registro do patrimônio imaterial), do Instituto Nacional de Propriedade Industrial - INPI (por meio da concessão de indicações geográficas) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura UNESCO (por meio da concessão do título de Cidades Criativas da Gastronomia). Foi desenvolvido a partir de uma revisão bibliográfica narrativa e da busca de informações nos websites das entidades abordadas: IPHAN, INPI e UNESCO. Após o levantamento dos dados e sua sistematização por região, foi possível constatar a variedade de produtos e bens culturais reconhecidos formalmente, permitindo vislumbrar um potencial turístico significativo, face aos diferentes usos (atrativo turístico, souvenir,...) que este patrimônio pode ganhar.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Producción y consumo alternativo de alimentos: la búsqueda de la
           producción de un espacio diferencial

    • Authors: Sidney Gonçalves Vieira, Mariana Beatriz Arzeno, Giovana Mendes de Oliveira, Claudis Alejandra Troncoso
      Pages: 275 - 314
      Abstract: El artículo reflexiona acerca de procesos en torno a la producción de alimentos que, iniciados y llevados adelante por diferentes actores en distintos contextos, generan transformaciones sociales y espaciales que pueden interpretarse como procesos de creación de espacios diferenciales. Tomamos dos casos que dan cuenta de la diversidad de expresiones que pueden tomar los procesos por los cuales diferentes actores, con distintas estrategias, en diferentes contextos desafían formas dominantes de organizar la producción de alimentos recurriendo a productos, técnicas y saberes asociados con lugares, culturas y tradiciones específicas. Estas experiencias han sido abordadas a partir de la generación de información empírica basada en entrevistas personales con los actores clave de estos procesos, así como la observación de los ámbitos productivos y de los eventos y lugares en que se concreta la producción y la comercialización de los productos. Ambos casos han sido analizados teniendo en cuenta dimensiones significativas de los procesos por los cuales se han generado transformaciones socio-espaciales que dan cuenta de la conformación de ámbitos diferentes a aquellos organizados por lógicas dominantes.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Os vinhos de altura em Salta, Argentina: um estudo sobre as bodegas
           Colomé e Domigo Hermanos

    • Authors: Liliana Jimena Farfán Huebra, Susana de Araujo Gastal
      Pages: 315 - 338
      Abstract: Os vinhos e, em decorrência o enoturismo, apresentaram expansão em décadas recentes, em termos de produção e consumo. A produção destaca o terroir em termos de solo, clima e castas, além da tradição suposta nas formas de cultivo e vinificação, todos esses itens agregados ao marketing das vinícolas. O presente artigo tem por objetivo apresentar os vinhos de altura, a partir de sua presença na província argentina de Salta, considerando duas vinícolas que integram a roteirização enoturística Ruta del Vino. Por vinhos de altura entendem-se aqueles cujas videiras encontram-se situada a mais de 1.500 metros, o que contribui para composição do seu terroir e caracterização histórica cultural identitária, lidas como tradição. A metodologia, qualitativa-exploratória, apoia-se em revisão bibliográfica a partir dos termos <memória-tradição>, <enoturismo> e <vinhos de altura>; pesquisa documental a partir de sites oficiais disponibilizados on-line por órgão público federal e provincial, e de páginas oficiais das vinícolas analisadas. O levantamento de dados leva a resultados que encaminham o entendimento de que memórias e seus correlatos tradição e tradições inventadas, radicadas em bens materiais ou imateriais decorrentes da presença de técnicas de produção consolidadas no território, são insumos essenciais para formatação de produtos enoturísticos, considerando os vinhos de altura. 
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Uma Revolução Copernicana no Patrimônio: Considerações sobre a Teoria
           dos Valores na obra de Alois Riegl

    • Authors: Daniel Mellado Paz
      Pages: 339 - 368
      Abstract: O livro de Alois Riegl (1858-1905) Der moderne Denkmalkultus, sein Wesen und seine Entsehung (O Culto Moderno dos Monumentos: sua essência e sua gênese), de 1903, é uma das obras capitais nas Teorias da Conservação & Restauro. A principal contribuição da obra estava na sua teoria das Valores, onde realizava um giro copernicano e reconhecia no sujeito a fonte do significado sobre o patrimônio. O artigo rastreia a procedência da idéia dos valores historicamente mutáveis, conferidas pelo sujeito, na tradição germânica e, dentro da obra de Riegl, como os Valores têm como contraparte os Propósitos que orientam na História a manufatura dos artefatos e o necessário estudo da intencionalidade na História da Arte. Depois investiga-se as tensões entre as intenções, os seus conflitos lógicos e aqueles decorrentes de sua origem e difusão pela sociedade, como as tangências entre as vontades de épocas diferentes e seu papel central nas teorias rieglianas.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • O hotel Casa Grande e Senzala e a construção de uma memória colonial
           “pitoresca” pelas páginas do jornal Diário de Pernambuco (1972-1990)
           

    • Authors: Flávio Luan Freire Lemos, André Victor Cavalcanti Seal da Cunha
      Pages: 369 - 392
      Abstract: O artigo objetiva compreender, historicamente, a construção do hotel Casa Grande e Senzala e, a partir desse lugar, refletir sobre a construção intencional de uma memória colonial pernambucana na segunda metade do século XX. Utilizamos como fonte as notícias, propagandas e colunas publicadas no jornal Diário de Pernambuco, disponível na Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional. Buscaremos denotar que o hotel, para além das atribuições econômicas, correspondeu a um interesse de cristalização e celebração do passado colonial, aos moldes da produção intelectual do sociólogo pernambucano Gilberto Freyre. Como hipótese central, apontamos que o sucesso do empreendimento hoteleiro – também bar e restaurante – em fins do século passado, correspondeu a vontade da elite recifense em constituir um lugar de memória para experenciar os privilégios coloniais dos seus antepassados. Com isso, visamos colaborar com o debate público sobre o racismo estrutural histórico na sociedade brasileira e seus reflexos na contemporaneidade.Palavras-chave: Lugar de Memória. Hotel Casa Grande & Senzala. História de Pernambuco.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • A praça como espaço de identidade e memória da cidade

    • Authors: Emanuely Ferreira dos Reis Luz, Kláutenys Dellene Guedes Cutrim, Mariely Ferreira dos Reis Luz
      Pages: 393 - 415
      Abstract: Este artigo busca investigar como a praça, enquanto espaço público, pode ser considerada um lugar capaz de contribuir para a construção da identidade e da memória coletiva das cidades. De caráter descritivo e bibliográfico, esta investigação procura, de forma interdisciplinar, reunir a concepção de autores das áreas da geografia, do urbanismo, da identidade e da memória. Para tanto, a constante busca em referencial bibliográfico proporcionou a constituição de reflexões mais significativas sobre os conceitos de espaço, espaço público, praça, identidade e memória, contribuindo para o entendimento das identidades fragmentadas dos habitantes na pós-modernidade e das suas memórias individuais. Esses fatores permitem que a praça ganhe sentido, seja um espaço dinâmico, plural e híbrido, se constituindo um lugar que tem a capacidade de promover as relações entre as pessoas, a ponto de contribuir para o surgimento de memórias coletivas, fortalecedoras das relações sociais nos espaços públicos das cidades.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Uma história da patrimonialização e das políticas de preservação do
           patrimônio ferroviário de Pernambuco

    • Authors: André Luiz Rocha Cardoso
      Pages: 416 - 442
      Abstract: Na segunda metade do século XX, a malha ferroviária de Pernambuco passou por um processo de desativações e consequente sucateamento, seguindo a tendência nacional. É justamente nesse contexto que toma forma o processo de patrimonialização da ferrovia no estado, quando diversas iniciativas são postas em prática em favor da proteção de uma memória ferroviária que está sob risco de se perder. Dessa maneira, a partir dessas ações, vai se desenhando a compreensão de um patrimônio ferroviário pernambucano que se consolida nos anos 2000. Partindo disto, o presente artigo tem por objetivo analisar o processo de patrimonialização da ferrovia no estado de Pernambuco, sinalizando alguns marcos temporais desse processo, mostrando a ressignificação de seus elementos e então a origem das políticas de preservação voltadas ao patrimônio ferroviário no estado.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • Nós falamos do Bruno: a concepção da exposição virtual “percursos
           remotos, tradição e memória nas fábricas de doce em conserva de
           pelotas-rs” sob a luz da Teoria Ator-rede.

    • Authors: Matheus Cruz, Roberto Heiden
      Pages: 443 - 462
      Abstract: Diante da emergência sanitária e a necessidade de isolamento social causadas pela disseminação do Coronavírus os museus foram fechados. Esse cenário foi o vetor de angústias e incertezas para as equipes dessas instituições, não só pelo medo causado por um patógeno desconhecido, mas também suscitava questões acerca da preservação dos acervos sob a guarda dos museus e os impactos negativos do afastamento abrupto do público. Sendo assim as equipes começaram a trabalhar com alternativas no intuito de responder essas questões. Logo, este ensaio procura refletir acerca dessas alternativas, através do relato da concepção da exposição virtual “Percursos Remotos, tradição e memórias nas fábricas de doces em conserva em Pelotas – RS”, a qual trata da cultura material relativa ao parque agroindustrial da atividade de frutas em conserva na região. Para isso, utilizou-se como fio condutor da análise parte do arcabouço teórico metodológico da Teoria Ator-rede (TAR).
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
  • A trajetória do Auditório Araújo Vianna: De 1927 a 2005.

    • Authors: Judite Sanson de Bem, Thiago Buzatto Storck, Maria Geraldina Venâncio
      Pages: 463 - 470
      Abstract: O ensaio visual tem como objetivo apresentar a trajetória percorrida pelo Auditório Araújo Vianna desde sua inauguração em 1927 na Praça da Matriz, passando por sua mudança de endereço em 1964 para o Parque Farroupilha até sua privatização em 2007. As imagens foram coletadas através de pesquisa bibliográfica e documental em sites e artigos. Este ensaio é o resultado parcial da pesquisa de tese do Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Bens Culturais.
      PubDate: 2023-01-15
      Issue No: Vol. 15, No. 28 (2023)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.70.233
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-