A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> GEOGRAPHY (Total: 493 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Geographia
Number of Followers: 6  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1517-7793 - ISSN (Online) 2674-8126
This journal is no longer being updated because:
    the publisher no longer provides RSS feeds
  • MAPEAMENTO DE TIPOLOGIAS DE VEGETAÇÃO DE CAATINGA A PARTIR DE IMAGENS
           ORBITAIS E GEOBIA: ESTUDO DE CASO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TAPEROÁ,
           SEMIÁRIDO BRASILEIRO

    • Authors: Vicente Sperle da Silva; Carla Bernadete Madureira Cruz, Rafael Albuquerque Xavier, Vinicius Seabra
      Abstract: A caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro localizado no semiárido do país, sendo paradoxalmente um dos biomas menos estudados e mapeados. Esse bioma é repleto de espécies endêmicas e possui grande variedade paisagística, apesar de estar sob constante estresse hídrico. Devido às dinâmicas naturais sazonais do semiárido, onde em períodos secos a vegetação perde a maior parte das folhas, o mapeamento de vegetação de caatinga por sensoriamento remoto é desafiador. Neste trabalho, foi utilizado duas datas diferentes de imagens Landsat 8, uma para o período úmido e outra para o período seco para mapear diferentes tipologias de caatinga descritas por  CAVALCANTI (2014). Utilizou-se GEOBIA para a modelagem do conhecimento das classes escolhidas, a partir de parâmetros conhecidos de cada uma das classes. Foi realizado um trabalho de campo para coleta de dados e pontos de controle, e posterior validação da modelagem e mapeamento final. Obteve-se índice Kappa “quase perfeito” para todas as classes. Estes resultados mostram o potencial de uso da modelagem utilizada no mapeamento de um bioma tão desafiador de cartografar como a caatinga em outras áreas
      PubDate: Tue, 17 Oct 2023 00:00:00 +000
       
  • ANÁLISE DAS POLÍTICAS PÚBLICAS IMPLEMENTADAS NA RESERVA EXTRATIVISTA
           MARINHA DO DELTA DO PARNAÍBA-MA , BRASIL

    • Authors: Francisco Wendell Dias Costa; Messias Modesto Dos Passos
      Abstract: O objetivo deste trabalho é analisar a implementação das políticas públicas na Reserva Extrativista Marinha do Delta do Parnaíba-MA, Brasil. O desenvolvimento deste artigo está pautado na abordagem qualitativa descritiva e nos procedimentos metodológicos: revisão e análise bibliográfica e documental, trabalhos de campo, aplicação de questionários de cunho qualitativo e registro fotográfico. Os resultaram evidenciam que as principais políticas públicas aplicadas na RESEX do Delta do Parnaíba perpassam pelas ações: do Programa Bolsa Verde, o Projeto de Crédito Instalação do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) e o Projeto de Assistência Técnica de Extensão Rural. Estão inclusas outras medidas e ações, entre elas a Concessão Real de Direito ao Uso (CCDRU) e o Turismo de Base Comunitária (TBC). Portanto, as políticas públicas implementadas promoveram transformações, sobretudo no que tange ao direito de uso do território, geração de empregos, aumento da renda e melhoria na moradia. Tais políticas públicas devem ser comprometidas e condizentes com a gestão ambiental e do ordenamento territorial, assegurando o uso sustentável dos recursos naturais, bem como devem proteger e reconhecer a territorialidade, de forma a garantir a permanência da população na área em estudo.
      PubDate: Tue, 17 Oct 2023 00:00:00 +000
       
  • AVALIAÇÃO MULTITEMPORAL DO NDVI EM ÁREAS QUEIMADAS PARA O ESTUDO DA
           RESILIÊNCIA DE FITOFISIONOMIAS DO CERRADO NO PARQUE NACIONAL DA CHAPADA
           DOS VEADEIROS – GO

    • Authors: Kamila Vieira de Moraes; Potira Hermuche
      Abstract: As queimadas impactam de diferentes formas os ecossistemas terrestres e nem todos estão adaptados ao mesmo regime de fogo, inclusive dentro de um mesmo bioma, como no caso do Cerrado brasileiro. O objetivo da pesquisa é avaliar a resiliência de diferentes formações do Cerrado no contexto de eventos de fogo por meio da análise multitemporal do índice de vegetação NDVI – Normalized Difference Vegetation Index – no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros – GO. Foram utilizados dados de cicatrizes de áreas queimadas do INPE, distribuição espacial da vegetação do MapBiomas e imagens MODIS para cálculo do somatório acumulado das cicatrizes de área queimada e NDVI acumulado por formação (campestre, savânica e florestal). Os resultados corroboram com as evidências científicas do comportamento da vegetação do Cerrado, demonstrando a diferente resiliência das formações vegetais aos mesmos episódios persistentes de fogo.
      PubDate: Tue, 17 Oct 2023 00:00:00 +000
       
  • O PAÍS DISTORCIDO: MILTON SANTOS E O LUGAR DAS IDEIAS

    • Authors: Thiago Adriano Machado
      Abstract: A atitude crítica e reflexiva de Milton Santos sobre como o Brasil é pensado pela Geografia e pelos intelectuais, nacionais ou estrangeiros, tem repercussões importantes na avaliação dos pressupostos teórico-metodológicos e das possibilidades políticas vinculadas a um discurso e uma teoria do Brasil. Desse modo, o autor identifica dinâmicas deformadoras da realidade nacional que resultam na imagem de um “país distorcido” pela tendência histórica de acolher uma dinâmica modernizadora estrangeira e de ser interpretado segundo ideias importadas. O presente trabalho objetiva, portanto, examinar como Santos compreende o Brasil como “país distorcido” a partir da relação entre as ideias mobilizadas para interpretar o país e seus respectivos contextos geográficos, explorando os ajustes propostos pelo autor para mitigar os mecanismos de distorção tributários das expectativas de modernização nacional. A metodologia parte do cotejamento da sua produção teórica com as fontes aqui nomeadas de “reflexivas” (artigos de jornal, entrevistas, discursos e conferências), a partir das quais Santos interveio mais diretamente no debate público. A hipótese sugere que há uma indissociabilidade entre seu projeto teórico-metodológico de renovação crítica da Geografia e aquele de construção de uma interpretação geográfica do Brasil, no sentido de produção de um discurso eficaz e uma teoria de Brasil. Como resultado, compreendemos que o autor produz uma Geografia situada a partir de uma interpretação do Brasil, posicionando-se no âmbito do chamado “paradigma da formação” a partir da proposta de revitalização do projeto nacional. Para tanto, reconhece o protagonismo dos homens lentos (pobres, negros e migrantes) como sujeitos históricos, de modo a relacionar a dimensão existencial da corporeidade com a escala nacional da formação socioespacial. Por fim, reconhecemos que a sua própria trajetória intelectual se deu em um “entrelugar” das ideias ao tensionar os cânones geográficos desde o Sul global, apropriando-se e reformulando ideias estrangeiras para enunciar um discurso novo a partir de um projeto intelectual autêntico e “descolonializado”.
      PubDate: Tue, 17 Oct 2023 00:00:00 +000
       
  • O ESTADO DA ARTE EM TORNO DO DEBATE SOBRE O TERRITÓRIO E A SOCIEDADE DO
           MARANHÃO: UMA PROPOSTA DE PERIODIZAÇÃO (SÉCULOS XVII - XXI)

    • Authors: Cristiano Nunes Alves; Livia Cangiano Antipon
      Abstract: Buscamos por meio de uma proposta de periodização, apresentar e discutir o movimento de produção do conhecimento sobre os aspectos humanos do território e da sociedade do Maranhão, em consonância com as dinâmicas da situação geográfica estadual e da formação socioespacial brasileira, entre os séculos XVII e XXI. Primeiramente discutimos o interim entre o início do século XVII até 1930: trata-se do período cujas espessuras fundadoras do conhecimento sobre o Maranhão começam a se detalhar e se adensar; Em seguida, trabalhamos com as produções realizadas entre 1930 e 2000 – momento de institucionalização do pensamento geográfico brasileiro e, consequentemente, do aprofundamento e complexificação sobre o conhecimento do território e sociedade maranhenses. Por fim, abordamos a contemporaneidade dos estudos geográficos sobre o Maranhão, com início no século XXI, período marcado por um decisivo adensamento do estado da arte. 
      PubDate: Tue, 19 Sep 2023 00:00:00 +000
       
  • SERVIÇOS AMBIENTAIS RELATIVOS AOS ESTOQUES DE CARBONO NO
           SEMIÁRIDO DA BAHIA

    • Authors: Carlos Magno Santos Clemente; Alecir Antônio Maciel Moreira
      Abstract: A bacia hidrográfica do rio das Rãs localiza-se no curso médio do rio São Francisco. O objetivo da pesquisa foi estimar e analisar a dinâmica da prestação de serviços ambientais relativos aos estoques de carbono na bacia hidrográfica do rio das Rãs, semiárido baiano. Foram utilizados 17 inventários, 280 parcelas e 17.745 indivíduos como base de apoio à medição da biomassa e dos estoques de carbono. Foram quantificados 4.169.071,36 ton. e 3.088.494,09 ton. de carbono acima do solo, com a valoração de 250 milhões de dólares no ano de 2019. Porém, verifica-se a desvalorização entre os preços praticados no mercado de carbono em relação às metas do Acordo de Paris (91,33%). Para uma distribuição monetária mais justa, referente ao PSA na bacia, recomenda-se o envolvimento de agricultores familiares e comunidades tradicionais, isso para evitar uma concentração de renda e agravar um cenário histórico de exclusão socioeconômica.  
      PubDate: Tue, 19 Sep 2023 00:00:00 +000
       
  • TERRITÓRIOS AMEAÇADOS: PESCA ARTESANAL, SABERES TRADICIONAIS E A
           POLÍTICA PESQUEIRA NO LITORAL CEARENSE

    • Authors: Emerson Alves Arruda; Fábio de Oliveira Matos, Juliana Barroso de Melo
      Abstract: A comunidade de Bitupitá, localizada no município de Barroquinha, no litoral oeste do Ceará, dispõe de um distinto sistema de apropriação territorial, que se vê ameaçado pela política pesqueira estadual. O presente trabalho objetiva caracterizar a territorialidade pesqueira gestada em Bitupitá, tendo em vista a compreensão das relações entre a proteção ambiental e o respeito aos modos de vida das comunidades tradicionais, ambos tutelados pela legislação brasileira. Para tanto, a metodologia incluiu a realização de entrevistas (abertas e semiestruturadas) e a observação participante, aliadas à pesquisa bibliográfica e à análise da legislação pertinente ao tema. Como resultado, a investigação levantou que a pesca de curral se apresenta como condição essencial de reprodução do modo de vida e identificação territorial da comunidade de Bitupitá. Assim, a pesquisa permitiu demonstrar que o ordenamento pesqueiro estadual vai de encontro a certos princípios e objetivos garantidos pelo ordenamento jurídico brasileiro, tais como, o desenvolvimento socioeconômico, cultural e profissional dos que exercem a atividade pesqueira, bem como de suas comunidades e o cumprimento da função social e econômica da pesca.
      PubDate: Tue, 05 Sep 2023 00:00:00 +000
       
  • MAPEAMENTO DA FRAGILIDADE AMBIENTAL A PROCESSOS EROSIVOS NO PARQUE
           ESTADUAL SERRA DA BOA ESPERANÇA (MG), BRASIL

    • Authors: Manoel Ribeiro Rodrigues Neto; Marta Felícia Marujo Ferreira, Cassiano Gustavo Messias
      Abstract: O Parque Estadual Serra da Boa Esperança (PESBE) é uma Unidade de Conservação (UC) criada para garantir a preservação do ecossistema serrano local, mas que sofre pressões antrópicas que podem culminar em problemas ambientais, como a degradação do solo. Nesse sentido, o objetivo deste artigo foi mapear e analisar a Fragilidade Ambiental (FA) à ocorrência de processos erosivos no parque, localizado no município de Boa Esperança, Minas Gerais, Brasil. A metodologia utilizada foi desenvolvida por Garofalo e Ferreira (2015) e emprega técnicas de análise geoespacial em sistema de informação geográfica (SIG). O mapa de FA foi gerado por meio da combinação de variáveis geoambientais, às quais se atribuíram pesos estimados a partir de sua associação com a ocorrência de processos erosivos. Esses pesos foram calculados por meio do teste estatístico Kolmogorov-Smirnov. Os resultados demonstraram que as áreas com maior FA estão localizadas nos níveis mais altos da Serra da Boa Esperança, no setor central do parque, onde também estão localizadas as nascentes do ribeirão Águas Verdes. Já os menores índices de FA foram identificados predominantemente no front da Serra da Boa Esperança na porção Sul da UC e na bacia do ribeirão Verde. Conclui-se que valores elevados de FA estão fortemente relacionados à baixa densidade de cobertura vegetal e à alta densidade de vias de circulação e, portanto, recomenda-se que sejam tomadas medidas para cessar as atividades conflitantes visando evitar a aceleração de processos erosivos.
      PubDate: Tue, 05 Sep 2023 00:00:00 +000
       
  • O QUE MOTIVOU A CRIAÇÃO DOS PARQUES NACIONAIS NO BRASIL'

    • Authors: Flávia Alves Moreira; Carolina Ribeiro Gomes, Geraldo Majela Moraes Salvio
      Abstract: Os Parques Nacionais têm destaque dentre as categorias de Áreas Naturais Protegidas no mundo, visto que, acompanharam os avanços na gestão dessas áreas, desde que eram visadas para usufruto das belezas cênicas, até a incorporação de outras finalidades, como a de proteção da natureza. Objetivando analisar o que motivou a criação dos Parques Nacionais brasileiros, por meio de coleta de dados em decretos de criação e planos de manejo, o presente trabalho identificou variação na definição dos objetivos dos Parques Nacionais e nos fatores motivadores no decorrer do tempo, principalmente no que tange à resposta a pressão internacional, política e/ou econômica.
      PubDate: Tue, 15 Aug 2023 00:00:00 +000
       
  • BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOS SINOS (RS): INFLUÊNCIA DO USO E COBERTURA
           DO SOLO SOBRE A QUALIDADE DA ÁGUA

    • Authors: Sumirê Hinata; Luís Alberto Basso, Alexandre Edson Perin Wentz, Leonardo Fernandes Wink
      Abstract: A bacia hidrográfica do rio dos Sinos (BHS), localiza-se na porção leste do estado do Rio Grande do Sul e abrange, em seus 3.696 km2, diferentes classes de uso e cobertura do solo. Este artigo apresenta a divisão da BHS em sub-bacias, com seus respectivos percentuais de classes Antrópico rural, Antrópico urbano, Campestre e Florestal, e tem por objetivo relacioná-las a 11 pontos de monitoramento da qualidade da água, controlados no período entre 2007 a 2013. A análise constatou que a classe Antrópico rural predomina na bacia, com 54,92% da área total, seguida da classe Florestal, com 35,27%, concluindo-se que os melhores resultados da qualidade da água estão associados ao maior grau de conservação das sub-bacias, e a piora na qualidade ocorre gradualmente, em direção à foz, onde há maior influência das áreas urbanas, da atividade industrial e da agropecuária. Recomenda-se a recuperação de cursos d’água com qualidade degradada e a aplicação de ações de preservação e de manutenção da cobertura vegetal natural das áreas de nascentes.
      PubDate: Tue, 15 Aug 2023 00:00:00 +000
       
  • "AMÉRICA”: MINA E PLANTAÇÃO. UMA PERSPECTIVA DECOLONIAL SOBRE AS
           ORIGENS DO "ANTROPOCENO"

    • Authors: Horacio Machado Aráoz
      Abstract: Desde a sua irrupção, a voz do "Antropoceno" tem provocado um profundo abalo epistêmico e político, revelando a radicalidade crítica das ameaças à vida na Terra. Ao colocar como horizonte de reflexão o saldo devastador que o curso predominante dos eventos humanos imprimiu ao Planeta, esse conceito designa mais do que uma discussão sobre a natureza da atual era geológica. Ele abriu uma nova dimensão na compreensão dos entrelaçamentos entre o ecológico e o político; uma nova problematização sobre a natureza dos afetos entre o antropológico e o geológico.              Nesse plano, a partir de pesquisas anteriores, este artigo tem como objetivo destacar a centralidade excludente da Natureza-América(na) como origem histórico-geográfica e princípio epistêmico-político constituinte dessa nova Era. Após uma análise da recepção crítica que o conceito suscitou no campo das Ciências Sociais, o artigo nos convida a analisar o "Antropoceno" com base em uma mudança elementar de olhar: da "natureza" para a história; das espécies para as formações sociais; das substâncias (carbono, urânio, plásticos) para as práticas, modos de vida e relações de poder. Ao investigar sua genealogia a partir do materialismo crítico decolonial da Ecologia Política do Sul, o ambiente da "conquista da América" é explorado como um ponto de inflexão geológico-político que deu origem ao surgimento de um novo regime geo-sociometabólico.              Essa abordagem visualiza a Conquista não apenas em termos de seu impacto catastrófico imediato (Pico Orbis), mas também como um terreno geo-histórico em que foi forjada uma nova matriz de relações (habitus conquestal) entre humanos e não-humanos, entre o biológico e o político, que acabaria por perturbar a dinâmica dos fluxos e ciclos sociometabólicos da vida terrestre. Seu objetivo é destacar os efeitos ontológicos (geológicos, antropológicos e sociopolíticos) dessas práticas originais de ocupação/apropriação extrativista de territórios e populações. Postula-se que essas práticas - configuradas e sedimentadas por meio do estabelecimento, da expansão e da generalização das formas de Mina e Plantação como tecnologias de poder e novos meios de concepção e produção da existência humana e terrestre em geral - teriam sido, muito provavelmente, os gatilhos da emergência geossocial na qual a espécie humana se envolveu gravemente. Palavras-chave: antropoceno – decolonial – América – Mina – Plantation
      PubDate: Thu, 10 Aug 2023 00:00:00 +000
       
  • O CONCEITO DE “MODO DE VIDA IMPERIAL” À LUZ DA GEOGRAFIA

    • Authors: Cristiano Pena Magalhães Marques
      Abstract: Resenha de: BRAND, U.; WISSEN, M. (2021) Modo de vida imperial: sobre a exploração dos seres humanos e da natureza no capitalismo global. São Paulo: Editora Elefante, 336p.
      PubDate: Thu, 10 Aug 2023 00:00:00 +000
       
  • UMA NARRATIVA REGRESSIVA DOS ESPAÇOS PÚBLICOS: REFLETINDO SOBRE A
           RELAÇÃO ENTRE A POLÍTICA, A PUBLI(CIDADE) E A PRIVA(CIDADE)

    • Authors: Andre Felix de Souza
      Abstract: Até a última década do milênio passado, o tema dos espaços públicos era relativamente pouco estudado. Ao revisitar as obras de alguns autores pioneiros que, segundo a bibliografia especializada, foram os maiores responsáveis pela consolidação desse objeto de investigação científica, é possível perceber que, tomadas em conjunto, essas obras compõem uma narrativa: o nascimento, o amadurecimento, a regressão, a decadência e a crise dos espaços públicos. O presente artigo tem o objetivo de reconstruir, à luz do olhar dos seus proponentes, os principais argumentos que corroboram esta narrativa regressiva dos espaços públicos. Trata-se, pois, de uma reflexão sobre a lenta transformação da natureza do conceito e das características e funções dos espaços públicos e privados no mundo ocidental, em diferentes contextos históricos e geográficos.
      PubDate: Wed, 19 Jul 2023 00:00:00 +000
       
  • GEOTECNOLOGIAS APLICADAS NO MAPEAMENTO DA COVID-19: UMA ABORDAGEM
           METODOLÓGICA EM BELO HORIZONTE-MG

    • Authors: RICARDO HENRIQUE PALHARES; VIVIAN MENDES HERMANO
      Abstract: O Brasil registrou, no primeiro semestre de 2021, a assustadora marca de mais de quatrocentas mil mortes pelo novo coronavírus - Covid-19, e os municípios de Minas Gerais vêm vivenciando após um ano da epidemia o colapso no sistema de saúde. Diante desse cenário, para garantir leitos hospitalares, Belo Horizonte endureceu suas medidas de isolamento comprometendo vários setores da economia. Este estudo visa compreender e analisar a distribuição espacial da Covid-19 na capital mineira e as estratégias utilizadas pelo poder público no controle do isolamento social da população. Estudos dessa natureza justificam-se pela importância de compreender a relação saúde e doença com o espaço geográfico, principalmente quando associados à geotecnologias, favorecendo a busca de soluções. Os procedimentos teórico-metodológicos basearam-se em informações e dados estatísticos de órgãos públicos federais, estaduais e municipais, que auxiliaram na construção da taxa de isolamento da população, e no mapeamento do coronavírus. Após a coleta de dados foi realizada análises da distribuição e o mapeamento dos casos e óbitos na cidade. Os resultados apresentados demostraram áreas com a maior incidência no período, servindo de ferramenta no enfrentamento e monitoramento da epidemia e nas medidas de isolamento.  
      PubDate: Wed, 19 Jul 2023 00:00:00 +000
       
  • RELAÇÕES SIMBÓLICO-AFETIVAS NO TERREIRO DE TORÉ DA BOA VISTA:
           EXPRESSÕES DE UM LUGAR SAGRADO XUKURU DO ORORUBÁ

    • Authors: João Luiz da Silva Vieira; Wedmo Teixeira Rosa
      Abstract: O povo Xukuru do Ororubá, cujo território está localizado nos municípios de Pesqueira e Poção-PE, a 215 km da capital pernambucana, passou por séculos de recriminação de seus rituais, perdurando até os movimentos por retomada das terras, na década de 1990. Após reaverem o território, os/as Xukuru do Ororubá puderam reestabelecer suas práticas sagradas livremente, sem a importunação dos fazendeiros intrusos no território. Com isso, espaços de rituais surgiram ou foram reativados, os Terreiros de Toré. Nesses locais sagrados, os/as frequentadores/as se encontram com os encantados e recebem orientações para sua vida espiritual e cotidiana, que reverberam nas dinâmicas da comunidade. O Terreiro da Mata Sagrada da Boa Vista, reativado 2012, vem se tornando notório no fortalecimento da etnicidade e das tradicionais práticas sagradas do povo em questão. Nesse interim, a pesquisa objetiva analisar e compreender as relações simbólico-afetivas entre indígenas e o Terreiro de Toré da Boa Vista. Para tanto, recorreu-se principalmente ao método da história oral, a fim de que os/as próprios/as indígenas narrem suas vivências no lugar, e a observação participante, para melhor compreender as relações entre indígenas e lugar sagrado. O espaço sagrado do Terreiro da Boa Vista enaltece a identidade territorial do povo Xukuru do Ororubá, bem como sua indianidade e relação com os encantados e a Natureza. É um espaço que reflete as dinâmicas territoriais que envolvem os indivíduos que vivenciam aquele lugar e se afirmam a partir deles.
      PubDate: Wed, 19 Jul 2023 00:00:00 +000
       
  • GÊNERO, RAÇA NO CINEMA BRASILEIRO: LEITURAS SOBRE “MINHA MÃE É UMA
           PEÇA: O FILME” (2013) E “O DIA DE JERUSA” (2014)

    • Authors: Giovana Silva Rocha; Margarida de Cássia Campos
      Abstract: O presente trabalho busca problematizar a representação e a representatividade da mulher negra no cinema brasileiro, uma vez que  é possível constatar uma baixa visibilidade desse grupo populacional nesse âmbito do audiovisual. Compreende-se que é necessário evidenciar essas discussões, pois é somente a partir da produção de espaços geográficos inclusivos e democráticos que se pode construir uma sociedade antirracista e também pautada em igualdade de gênero. Por conta disso, as obras analisadas para a realização deste estudo são: “Minha Mãe é uma Peça: o Filme” (2013), cuja bilheteria foi a maior no ano de seu lançamento, e “O Dia de Jerusa” (2014), um curta-metragem produzido pelo chamado Cinema Negro, com o intuito de valorizar a cultura e o conhecimento do povo negro. Por fim, neste estudo, conclui-se que a figura da mulher negra tem ganhado espaço no cinema nacional, em especial por meio de projetos como o Cinema Negro, em contraposição a obras de grande alcance de público, que continuam não lhe dando o devido destaque, uma vez que essa representação é sempre vinculada aos mesmos  estereótipos da realidade brasileira.
      PubDate: Wed, 19 Jul 2023 00:00:00 +000
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.92.91.54
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-
JournalTOCs
 
 

 A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> GEOGRAPHY (Total: 493 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Similar Journals
HOME > Browse the 73 Subjects covered by JournalTOCs  
SubjectTotal Journals
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.92.91.54
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-