A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  First | 1 2 3        [Sort by number of followers]   [Restore default list]

  Subjects -> GEOGRAPHY (Total: 493 journals)
Showing 401 - 277 of 277 Journals sorted alphabetically
Revista de Geografia (Recife)     Open Access  
Revista de Geografia e Ordenamento do Território     Open Access  
Revista de Geografía Norte Grande     Open Access   (Followers: 1)
Revista de la Asociacion Geologica Argentina     Open Access  
Revista de Teledetección     Open Access  
Revista del Museo de La Plata     Open Access  
Revista do Instituto de Estudos Brasileiros     Open Access  
Revista Eletrônica : Tempo - Técnica - Território / Eletronic Magazine : Time - Technique - Territory     Open Access  
Revista Espinhaço     Open Access  
Revista Estudios Hemisféricos y Polares     Open Access  
Revista Geama     Open Access  
Revista Geoaraguaia     Open Access  
Revista Geográfica de América Central     Open Access  
Revista Geonorte     Open Access  
Revista Interamericana de Ambiente y Turismo     Open Access  
Revista Intercontinental de Gestão Desportiva     Open Access  
Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana     Open Access  
Revista Latinoamericana de Antropología del Trabajo     Open Access  
Revista Tamoios     Open Access  
Revista Tocantinense de Geografia     Open Access  
Revista Universitaria de Geografía     Open Access  
Revista Uruguaya de Antropología y Etnografía     Open Access  
Revue archéologique du Centre de la France     Open Access   (Followers: 1)
Revue de géographie historique     Open Access   (Followers: 1)
RIEM : Revista Internacional de Estudios Migratorios     Open Access  
Rocznik Toruński     Open Access  
Rural & Urbano     Open Access  
San Francisco Estuary and Watershed Science     Open Access  
Sasdaya : Gadjah Mada Journal of Humanities     Open Access  
Saúde e Meio Ambiente : Revista Interdisciplinar     Open Access  
Scandinavistica Vilnensis     Open Access  
Scientific Annals of Stefan cel Mare University of Suceava. Geography Series     Open Access  
Scottish Geographical Journal     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Scripta Nova : Revista Electrónica de Geografía y Ciencias Sociales     Open Access  
Sémata : Ciencias Sociais e Humanidades     Full-text available via subscription  
Seoul Journal of Korean Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Singapore Journal of Tropical Geography     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Social Dynamics: A journal of African studies     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Social Geography Discussions (SGD)     Open Access   (Followers: 7)
Sociedade & Natureza     Open Access  
South African Geographical Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
South African Journal of Geomatics     Open Access   (Followers: 2)
South Asian Diaspora     Hybrid Journal   (Followers: 3)
South Australian Geographical Journal     Open Access  
Southeastern Europe     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Southeastern Geographer     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Southern African Journal of Environmental Education     Open Access  
Sport i Turystyka : Środkowoeuropejskie Czasopismo Naukowe     Open Access  
Sriwijaya Journal of Environment     Open Access  
Standort - Zeitschrift für angewandte Geographie     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Studia Universitatis Babes-Bolyai, Geologia     Open Access  
Studies in African Languages and Cultures     Open Access   (Followers: 1)
Technology and Technique of Typography     Open Access  
Tectonics     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Terra     Open Access  
Terra Brasilis     Open Access  
Terrae Incognitae     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Territoire en Mouvement     Open Access  
The Canadian Geographer/le Geographe Canadien     Hybrid Journal   (Followers: 8)
The Geographic Base     Open Access   (Followers: 9)
The Geographical Journal     Hybrid Journal   (Followers: 17)
The South Asianist     Open Access   (Followers: 2)
Third Pole: Journal of Geography Education     Open Access  
Tidsskrift for Kortlægning og Arealforvaltning     Open Access  
Tiempo y Espacio     Open Access  
TRaNS : Trans-Regional-and-National Studies of Southeast Asia     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Transactions of the Institute of British Geographers     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Transmodernity : Journal of Peripheral Cultural Production of the Luso-Hispanic World     Open Access   (Followers: 4)
Treballs de la Societat Catalana de Geografia     Open Access  
TRIM. Tordesillas : Revista de investigación multidisciplinar     Open Access  
Turystyka Kulturowa     Open Access  
UD y la Geomática     Open Access  
UNM Geographic Journal     Open Access   (Followers: 1)
Urban Climate     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Urban Geography     Hybrid Journal   (Followers: 36)
Urban History Review / Revue d'histoire urbaine     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Urban Research & Practice     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Vegueta : Anuario de la Facultad de Geografía e Historia     Open Access  
Visión Antataura     Open Access   (Followers: 6)
Water International     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Watershed Ecology and the Environment     Open Access  
Wellbeing, Space & Society     Open Access   (Followers: 3)
Yearbook of the Association of Pacific Coast Geographers     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Załącznik Kulturoznawczy / Cultural Studies Appendix     Open Access  

  First | 1 2 3        [Sort by number of followers]   [Restore default list]

Similar Journals
Journal Cover
Revista Tocantinense de Geografia
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2317-9430
Published by Universidade Federal do Tocantins Homepage  [13 journals]
  • A PRODUÇÃO DE TRANSGÊNICOS E O AGRONEGÓCIO NO POLO
           JUAZEIRO/PETROLINA

    • Authors: Raimunda Àurea Dias de Sousa, Maria Genaria de Amorim Teles
      Pages: 01 - 14
      Abstract: O agronegócio encontra-se, na atualidade, associado ao desenvolvimento e à alta tecnologia, especialmente, no que se refere à produção de sementes transgênicas (Organismos Geneticamente Modificados) como expressão da competitividade, rentabilidade, garantia de alimentos e progresso da ciência. Com base nisso, o presente trabalho tem como objetivo compreender como as terras são apropriadas pelo agronegócio, especialmente, para produção de milho transgênico cujo intuito é valor de troca – mercadoria; contraditoriamente, provoca a expropriação dos camponeses do bem natural (terra) e de um cultivo agroecológico que contém valor de uso. Para alcançar o objetivo, a metodologia utilizou-se de três eixos de operacionalização: a organização de uma pesquisa bibliográfica sobre a temática, visita à empresa Monsanto e comunidades rurais produtoras de sementes de milho e a coleta de dados estatísticos, que viabilizou a produção de gráficos, tabelas e mapas para melhor compreensão da expansão das sementes transgênicas e da resistência dos trabalhadores que vivem das sementes crioulas.
      PubDate: 2022-09-26
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14473
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • O ENSINO DE GEOGRAFIA E O ESTUDO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA

    • Authors: Vanessa Manfio
      Pages: 15 - 32
      Abstract: Na contemporaneidade, cada vez mais, o ensino de Geografia tem por desafio motivar os alunos a aprender, partindo da contextualização do conteúdo com a realidade dos estudantes. Não é possível oferecer um ensino bancário como diz Paulo Freire, isto é, de repetição de conceitos, pois este não agrada mais os educandos. A Geografia tem na essência uma interconexão com o local e pode ser trabalhada em diferentes abordagens. Pensando no ensino da diversidade regional da cultura da população brasileira, buscou-se propor uma prática didática que dialoga com o conteúdo e as festas juninas, sendo proposta a construção de maquetes, para sinalizar o conhecimento e trazer o aluno para aula, para sua aprendizagem por meio de metodologias ativas. A intervenção pedagógica aconteceu em junho de 2020, com os alunos do 7º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Cândida Zasso de Nova Palma - RS. Com a atividade foi possível observar o interesse e participação dos alunos, a criatividade e conteúdo das produções e, por fim, articular o ensino de Geografia a realidade dos mesmos.
      PubDate: 2022-09-26
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.13932
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • O XADREZ DA GEOPOLÍTICA VENEZUELANA

    • Authors: Wendell Teles de Lima, Maico Apaguenho Curico, Sebastião Perez e Souza
      Pages: 33 - 54
      Abstract: A geopolítica é um ramo da geografia que constitui grande importância a referir-se na configuração territorial, localização, projeção, domínio e controle político. A constituição desse modelo forma o cenário americano atual, alguns países constituem o cenário sul-americano que desembocam nas formas políticas que se encontram os países que compõem essa região. O caso venezuelano é emblemático e demonstra o conjunto de forças que se encontra a luta pela hegemonia, controle e formas existentes de governos perpassam as disputas geopolíticas que direcionam o interesse e os caminhos que buscam cada país dentro do manto das chancelas norte-americano pela disputa do controle da região com outros países, conseguir paralisar o interesse de outras grandes potências. Nesta reflexão tem-se como ponto de partido a luta do campo de força e estratégias geopolíticas respaldadas pela pesquisa bibliográfica. O desenvolvimento dessa pesquisa, objetiva compreender as formas de atuação geopolítica no subcontinente sul-americano. A escolha da Venezuela como análise é em função de ser investida como uma área escolhida que atualmente está sofrendo intervenções políticas e comerciais dos Estados Unidos e países de vários continentes que são simpatizantes da referida ação que tem como intenção neutralizar, aniquilar o governo e sua geopolítica bolivariana.
      PubDate: 2022-10-31
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.11733
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL NO ASSENTAMENTO RURAL TERRA VISTA, EM ARATACA,
           BAHIA, BRASIL

    • Authors: Paulo César Bahia de Aguiar, Mônica de Moura Pires
      Pages: 55 - 86
      Abstract: Este artigo tem como principal objetivo analisar o Assentamento Rural Terra Vista, Sul do estado da Bahia, Brasil, sob a ótica da sustentabilidade. Para analisar a sustentabilidade do assentamento, essa foi observada em três dimensões (ambiental, social e econômica), sendo aferida por meio dos seus capitais e capacidades, por meio de pesquisas bibliográficas e inserções de campo/vivências semanais no local entre outubro de 2017 e fevereiro de 2018 e informações levantadas junto a moradores e suas lideranças. Esse assentamento mostrou-se bem organizado, e, por conseguinte, tem-se tornado referência para outros assentamentos da região, além de propiciar projeção e reconhecimento nacional e internacional. Mesmo assim, apresenta fragilidades, como a ausência de veículo de maior porte que atenda os moradores no transporte dos seus produtos para comercialização; ausência de estabelecimentos comerciais para suprir os moradores com produtos alimentícios não produzidos no assentamento e outros produtos de necessidades domésticas; falta de oportunidade de outras ocupações além das atividades agrícolas e das escolas, em especial para os jovens; necessidade de outras possibilidades de fonte de renda sustentável para as famílias; necessidade de maior engajamento coletivo na dinâmica do assentamento e em seus projetos; capitação de recursos financeiros a partir dos serviços ambientais gerados no local
      PubDate: 2022-11-15
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14803
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • ANÁLISE DO INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO E DO DESEMPENHO OPERACIONAL DO
           SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE CASTANHAL

    • Authors: Arllen Augusto Gomes Souza, José Almir Rodrigues Pereira
      Pages: 87 - 103
      Abstract: No presente trabalho são analisados os instrumentos de planejamento e o desempenho operacional do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) do município de Castanhal, localizado no estado do Pará, Brasil. Inicialmente, foram realizados o levantamento e a sistematização dos dados do SAA da área urbana. Na segunda Etapa, foram verificados o arranjo das unidades e as condições operacionais do SAA. Finalmente, foi avaliada a eficiência do abastecimento de água, considerando as diretrizes estabelecidas na Lei 11.445/2007 (Política Nacional de Saneamento Básico). Os resultados obtidos demonstraram deficiências nos instrumentos de planejamento, inclusive com a necessidade de atualização do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Essa situação contribuiu para obras emergenciais que resultaram em grande descentralização do abastecimento de água. Destas obras, foram identificados 14 microssistemas na área urbana, sendo apenas dois com estação de tratamento de água. Também foi constatado valor de 61,06% de perda de água na distribuição no ano de 2017, o que prejudica o atendimento à população. Além disso, o balanço financeiro da prestação de serviço de abastecimento de água na área urbana do município apresentou saldo negativo, com o valor arrecadado em 2017 de R$ 3.360.100,49, representando apenas 21% das despesas operacionais de R$ 16.026.046,26. Com a pesquisa, foi possível verificar a necessidade de atualização do Plano Municipal de Saneamento Básico, planejamento estruturado do SAA e de obras para melhor funcionamento dos microssistemas, como condição para melhorar o atendimento do prestador dos serviços e promoção da sustentabilidade econômica do sistema.
      PubDate: 2022-11-15
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14712
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • USO MULTIFUNCIONAL DO SOLO E A DEGRADAÇÃO EROSIVA NA MICROBACIA DO
           RIBEIRÃO DO SALTINHO EM RANCHARIA-SP

    • Authors: Alyson Bueno Francisco
      Pages: 104 - 116
      Abstract: A microbacia do Ribeirão do Saltinho está localizada na bacia do Rio do Peixe, área oeste do Estado de São Paulo, cuja bacia do Rio do Peixe é uma unidade de gerenciamento dos recursos hídricos. Na área norte do município de Rancharia está localizada a sub-bacia do Ribeirão da Confusão que faz parte da bacia do Rio do Peixe. No caso do município de Rancharia, o Plano Diretor foi aprovado pela lei municipal nº 24/2007, cuja legislação estabeleceu a existência da área rural multifuncional. Em 2014 foi aprovada a lei municipal nº 35 que alterou a área mínima da chácara de recreio e lazer nas áreas rurais multifuncionais de 20.000 m² para apenas 1.200 m² de área do lote com testada mínima de 30 m. No caso de Rancharia, o bairro rural do Saltinho possui um loteamento com chácaras de recreio com lotes menores que 20.000 m² e com uma proximidade de 750 m de uma nascente de afluente do Ribeirão do Saltinho. Para a análise do uso multifuncional em área rural foi produzida uma carta com a localização do loteamento, a mata ciliar e o reservatório do Ribeirão do Saltinho, através de imagens orbitais em ambiente SIG. Para a geração da carta, uma imagem orbital disponível no aplicativo Google Earth, foi importada no Sistema de Informação Geográfica QGIS. O banco de dados gerado no SIG QGIS permitiu uma análise espacial das formas de uso da terra em grande escala cartográfica, importante para a interpretação geográfica e contribuir com os questionamentos da legislação municipal.
      PubDate: 2022-11-16
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14099
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • CAVALHADAS DE TAGUATINGA DO TOCANTINS COMO PATRIMÔNIO CULTURAL

    • Authors: César Floriano de Camargo, Rosane Balsan
      Pages: 117 - 129
      Abstract: Este artigo é parte da dissertação de mestrado cujo objetivo é descrever as cavalhadas encenadas anualmente na cidade de Taguatinga do Tocantins, durante os festejos da padroeira da cidade a Nossa Senhora D’Abadia, fomentam interesses e paixões, tanto da comunidade local, que acaba contribuindo para adornar suas casas, e consequentemente, boa parte da cidade de azul (representando o exército dos cristãos) e vermelho (representando o exército dos mouros). Tal interesse transpassa os limites geográficos daquele município, uma vez que, ganha espaço regional e estadual, principalmente na imprensa que todos os anos têm divulgado os rituais festivos das cavalhadas. Esse evento é único, no estado do Tocantins, motivo que desperta interesse do público. Com a prática reiterada das encenações que ocorrem desde a década de trinta, embora tenha ocorrido um período de paralização que se deu de 1947 a 1997 o evento continua sendo encenado. Entretanto, desde essa última data vem ocorrendo reiteradamente, ressalvado os anos de 2020 e 2021, em razão da pandemia da COVID-19. Verifica-se que as cavalhadas, mesmo com o período de paralização, representam não só para os personagens diretos que são os cavaleiros, mas para toda comunidade, uma identidade advinda das práticas e domínios da vida social que se manifestam em suas celebrações e/ou formas de expressões cênicas, sendo dessa forma, evento patrimonial cultural imaterial.
      PubDate: 2022-11-16
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.13596
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • A FORMAÇÃO CONTINUADA EM GEOGRAFIA PARA ALÉM DO
           DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL DO DOCENTE

    • Authors: Maria Eduarda Souza Ribeiro
      Pages: 130 - 139
      Abstract: A referente pesquisa parte do pressuposto do quão é importante a atuação do docente em sociedade. Não só no ramo educacional, mas em todos os aspectos, para a discussão e análise perante o espaço, como é o caso do Professor de Geografia. Atualmente, o processo de ensino-aprendizagem necessita de uma visão dinamizada, na qual a formação inicial do professor por si só não é o suficiente para moldar o quadro de estagnação da educação. Nessa conformidade, a pesquisa busca analisar teoricamente, a didática e a aprendizagem a partir de alguns autores importantes, para então vivenciar a prática em uma escola pública no município de Nazaré da Mata – PE, com apreciação de aulas de Geografia e diálogo com professores da área.
      PubDate: 2022-11-30
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14159
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • EXPECTATIVA E SUSTENTABILIDADE DA ÁGUA EM TEMPOS DA COVID-19

    • Authors: Cruz García Lirios
      Pages: 140 - 157
      Abstract: O objetivo deste trabalho está na compreensão de modelos da psicologia da sustentabilidade entendida como um paradigma do conhecimento, explicação e previsão de comportamento em cenários de risco e situações contingentes, mas com propensão para o futuro. Foi realizado um trabalho documental com uma seleção de fontes indexadas aos repositórios internacionais, considerando as palavras-chave, bem como o período de publicação de 2019 a 2022. A especificação do modelo mostra três eixos de pesquisa desenvolvidos a partir da inter e multidisciplinaridade, mas com uma clara hegemonia de estudos orientados a partir da psicologia positiva, bem-estar, satisfação e felicidade, embora outros fatores possam ser incluídos considerando outras subdisciplinas como saúde, educação ou psicologia social.
      PubDate: 2022-11-30
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14838
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • ANÁLISE COMPARATIVA DAS ALTERAÇÕES REALIZADAS NOS PLANOS DIRETORES DA
           CIDADE DE RONDONÓPOLIS-MT

    • Authors: Silvio Negri
      Pages: 158 - 179
      Abstract: O planejamento constitui-se um papel essencial na efetivação de projetos, no alcance de objetivos e metas, em todas as esferas sociais, especificamente na organização de uma cidade. A organização de uma cidade pode ser efetivada por meio de um Plano Diretor, que representa um instrumento que normatiza, organiza e desenvolve medidas para solucionar problemas, em diversos aspectos na cidade. Portanto, o objetivo do trabalho foi realizar análise comparativa das alterações efetivadas nos Planos Diretores da cidade de Rondonópolis, no estado de Mato Grosso, no período de 1994 a 2021. Considerando que as cidades têm um relevante papel para a sociedade, proporcionando efetividade em diversos setores, como: para serviços, culturais, sociais, ambientais, educacionais, dados dos seus habitantes, e para esse controle se faz necessário a construção de um Plano Diretor. A metodologia utilizada no trabalho foi a pesquisa bibliográfica e documental, tendo aplicação de pesquisas em sites oficiais de busca, livros e documentos que abordam sobre a temática, assim como dados do arquivo da cidade de Rondonópolis, um dos materiais consultados frequentemente foram as Leis Municipais nº 2.118/94, 4.788/2006, 6.693/2011 e 7.426/2012, da cidade pesquisada. Conclui-se que é necessário que a cidade tenha competência administrativa e técnica, também relacionais para que se cumpra a construção efetiva de políticas públicas, de ações que envolvem a efetivação do Plano Diretor, e consequentemente desenvolvimento da cidade.
      PubDate: 2022-11-30
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14670
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • ANÁLISE SOCIOAMBIENTAL DO USO E GESTÃO DAS ÁGUAS DO CÓRREGO JARDIM NO
           LOTEAMENTO JARDIM DOS IPÊS EM ARAGUAÍNA (TO)

    • Authors: Silvania Reis de Araújo, Eliseu Pereira de Brito
      Pages: 180 - 201
      Abstract: O presente trabalho apresenta uma análise socioambiental do uso e gestão das águas do Córrego Jardim no loteamento Jardim dos Ipês em Araguaína (TO). O loteamento surgido nos anos de 2010-2012 em um período de expansão urbana tem se destacado em decorrência de seu rápido desenvolvimento. Tal crescimento vem alterando a qualidade ambiental do principal curso d' água da bacia do Jardim. O Córrego Jardim que se localiza no entorno do loteamento vem recebendo diversas intervenções antrópicas direta e indireta. Nesse sentido o trabalho busca analisar como está a gestão das águas do Córrego Jardim no loteamento e quais ações humanas têm sido realizado na área de estudo, para isso, fez-se uso de referenciais teóricos e atividades de campo para melhor entender o local da pesquisa. No trabalho de campo foi considerado as intervenções por parte dos moradores, do empreendimento e as ações dos órgãos fiscalizadores, assim como, o uso das águas do Córrego Jardim e a intrínseca relação entre sociedade e natureza, a partir dessas observações, buscou-se ressaltar a importância do trabalho de educação ambiental de forma integrada com a comunidade que visa a melhoria da qualidade ambiental do recurso hídrico no loteamento.
      PubDate: 2022-12-12
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.15294
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • AS BACIAS HIDROGRÁFICAS E A MEMÉTICA NO ENSINO DE GEOGRAFIA

    • Authors: Milena Ilha Lopes, Vitor Colleto dos Santos, Tascieli Feltrin, Natália Lampert Batista
      Pages: 202 - 221
      Abstract:  O ensino de Geografia está em constante mudança na contemporaneidade, sendo isso notadamente percebido pelo fato de seus métodos didático-pedagógicos estarem evoluindo em consonância com a era digital. Com isso, tornou-se necessário pensar práticas educacionais que instiguem os alunos e, ao mesmo tempo, fogem do ensino decorativo ou mnemônico dos saberes geográficos. Ao longo deste trabalho, pretende-se expor uma experiência acerca da utilização de memes e da memética, como linguagem comum às práticas espaciais e cotidianas de jovens, para com a aprendizagem geográfica nas escolas. Salienta-se, por fim, a importância de inserir a ludicidade no/para o ensino de Geografia, mais especificamente ao que tange o conteúdo das bacias hidrográficas e dos demais processos referentes à água na dinâmica da hidrosfera do Planeta, como fora sido desenvolvido nas turmas do 8° e 9° anos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Hylda Vasconcellos, no município de Santa Maria (RS).
      PubDate: 2022-12-12
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.15001
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • O MARIANISMO SITUADO NO ESPAÇO GEOGRÁFICO DE SOBRAL, CEARÁ

    • Authors: Antonio Jarbas Barros de Moraes
      Pages: 222 - 236
      Abstract: O objetivo deste artigo foi realizar uma interpretação de algumas lugaridades situadas a partir do marianismo, vinculado ao bispado da diocese de Sobral, no estado brasileiro do Ceará. Na metodologia produzimos uma revisão de fontes documentais bibliográficas, lançando mão da categoria espaço geográfico correlacionada com os conceitos de cultura e lugar. Os sites, matérias de jornais, redes sociais, iconografias e experiências de sete anos na cidade também orientaram a abordagem geográfica. Partimos do pressuposto de que, se há um movimento eclesial na cultura cuja masculinidade é privilegiada em detrimento de temários como do sagrado feminino, teremos também um movimento espacial de tensões conceituais sob um processo, devocional e patrimonial, dimensionado do Nordeste à geografia latino-americana, no debate geopolítico da religião.
      PubDate: 2022-12-27
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.13585
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • LEVANTAMENTO AEROFOTOGRAMÉTRICO DO CAMPO DE MURUNDUS GOLFINHO
           (FAL/UNB-DF), ATRAVÉS DE AERONAVE REMOTAMENTE PILOTADA

    • Authors: Matheus Villela, Roselir Nascimento
      Pages: 237 - 254
      Abstract: Os campos de murundus, paisagens úmidas do bioma Cerrado que vem sendo degradadas, caracterizam-se por um conjunto de morrotes arredondados com diâmetros e alturas variados. São considerados APP (Área de Preservação Permanente) no DF desde 17 de março de 2020 (Lei nº 6.520). Devido a reduzida área que ocupam no espaço geográfico e a descaracterização de sua vegetação original tornam-se pouco perceptíveis em mapeamentos ou imagens de sensores orbitais. Reconhecendo a necessidade de mapeá-los para preservá-los, optou-se pelo uso de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPA), com sensores acoplados. O Campo de Murundus Golfinho (FAL, UnB) foi selecionado como área de estudo pelas características já reconhecidas, sendo descritas em estudos anteriores (BAPTISTA, Gustavo Macedo de Mello. 2008). O planejamento para aerolevantamento em campo contou com a utilização dos softwares Google Earth Pro e DroneDeploy. Foram planejados 4 voos com sobreposições frontal e lateral de 70%, com o objetivo de obter mais detalhes do terreno. Para processamento das imagens obtidas foi utilizado o software Agisoft Metashape Professional. O pós-processamento foi realizado através do software GPPK, fornecido pela Guandalini Posicionamento. Foi constatado que a APP em questão está sendo afetada por obras indevidas e alterações na composição de fauna e flora, de acordo com a legislação distrital vigente. A metodologia aplicada, dado o objetivo, se mostrou eficaz e bem consolidada. Foi possível identificar indivíduos de morrotes, bem como as características do relevo formando divisor de drenagem com alto nível de detalhes.
      PubDate: 2022-12-27
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14329
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • TEORIA QUEER

    • Authors: Lucian Armindo da Silva Brinco, Benhur Pinós da Costa
      Pages: 255 - 262
      Abstract: A presente resenha discorre sobre o livro intitulado “Teoria Queer: Um aprendizado pelas diferenças”, de Richard Miskolci, que faz sua discussão a respeito de como o processo educativo é centralizado em um modo/modelo cisheteronormativo. Esse autor conduz a reflexão sobre a forma como o sistema de ensino-aprendizagem interfere e condiciona as relações sociais, que, direta ou indiretamente, pressiona à normatização das pessoas. Concomitante a isso, por meio do debate que envolve a Teoria Queer, o pesquisador aponta para a urgente necessidade de rompimento dessa forma de pensamento, principalmente no que diz respeito à gênero e sexualidade.
      PubDate: 2022-12-27
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14951
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • “ESCRAVIDÃO: DO PRIMEIRO LEILÃO DE CATIVOS EM PORTUGAL ATÉ A MORTE DE
           ZUMBI DOS PALMARES”

    • Authors: Francisco Carlos Moreira Gomes
      Pages: 263 - 267
      Abstract: Esta resenha estabelece a apresentação do livro “Escravidão: do primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de Zumbi dos Palmares” escrito por Laurentino Gomes. O autor é famoso por sua grande habilidade de promover uma escrita leve e de boa retenção do leitor. Seu livro, apresenta uma reflexão sobre como o processo de escravidão deu forma a sociedade brasileira. O volume 1 compreende um período de 255 anos, a partir de 1440 com o primeiro leilão de escravos africanos feito pelos portugueses, até 1695 ano a morte do mítico Zumbi dos Palmares. Mesmo o livro sendo uma obra sobre a história da escravidão, possui uma interessante abordagem geográfica, que propicia aos geógrafos que se propuserem a ter contato com o livro, uma experiencia significativa.
      PubDate: 2022-12-27
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.14883
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • ENSAIO SOBRE AS INVESTIGAÇÕES E OS INVESTIGADORES DA TEMÁTICA
           “POLÍTICAS PÚBLICAS DE TURISMO NO CERRADO”

    • Authors: Otávia Xavier Barbosa
      Pages: 268 - 285
      Abstract: O objetivo central deste manuscrito é identificar e explicitar aspectos relevantes para a reflexão sobre as políticas públicas e turismo na região do cerrado, com destaque aos principais investigadores dessa temática no contexto regional. Diante disso, o trabalho foi construído a partir das pesquisas qualitativa e bibliográfica, ao se centrar na compreensão e explicação dos textos citados nas referências do presente artigo. Entre os principais resultados está o diálogo dos estudiosos Almeida (2002; 2007), Araújo Sobrinho (2008), Carvalho (2015), Gonçalves (2018) e Santos (2010; 2013) com a temática “turismo no cerrado goiano”, em que apresentam congruência e complementaridade ao enquadrarem em suas pesquisas a necessidade de articulação da política de turismo com outras políticas e a sociedade organizada.
      PubDate: 2022-12-27
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.15184
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
  • O CERRADO E OS ANDARILHOS SOBRE O ESPAÇO DESCERRADO

    • Authors: Adão Francisco de Oliveira
      Pages: 286 - 294
      Abstract: Este texto tem por finalidade discutir as configurações territoriais do Cerrado brasileiro ao longo do século XX na perspectiva da formação socioespacial no contexto do modo de produção capitalista e sua decorrente divisão regional do trabalho. Não obstante, ousa interagir esta condição de método com a perspectiva da produção social do espaço. Elaborado para dialogar com o arqueólogo Altair Sales Barbosa na mesa de abertura da II Semana Integrada do Cerrado – “Cerrado: Saberes, Usos e Abusos”, aborda-se o Cerrado compreendendo-o como uma estrutura biogeográfica afetada pela expansão do capitalismo agrário. O texto aborda ainda a dinâmica da fronteira capitalista sobre o centro-norte do país no século XXI e apresenta a compreensão sintética desse processo como sendo a Marcha para o Oeste em cinco atos.
      PubDate: 2022-12-27
      DOI: 10.20873/rtg.v11i25.15349
      Issue No: Vol. 11, No. 25 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.213.63.130
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-