A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

        1 2 3 | Last   [Sort by number of followers]   [Restore default list]

  Subjects -> GEOGRAPHY (Total: 493 journals)
Showing 1 - 200 of 277 Journals sorted alphabetically
40 [degrees] South     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
AAG Review of Books     Hybrid Journal   (Followers: 2)
AbeÁfrica : Revista da Associação Brasileira de Estudos Africanos     Open Access  
ACME : An International Journal for Critical Geographies     Open Access   (Followers: 1)
Acta Universitatis Lodziensis : Folia Geographica Socio-Oeconomica     Open Access   (Followers: 1)
Adam Academy : Journal of Social Sciences / Adam Akademi : Sosyal Bilimler Dergisi     Open Access   (Followers: 3)
Advances in Cartography and GIScience of the ICA     Open Access   (Followers: 3)
Advances in Geosciences (ADGEO)     Open Access   (Followers: 20)
Advances in Statistical Climatology, Meteorology and Oceanography     Open Access   (Followers: 11)
Africa Insight     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
Africa Spectrum     Open Access   (Followers: 16)
African Geographical Review     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Afrika Focus     Open Access   (Followers: 1)
AGORA Magazine     Open Access   (Followers: 2)
Agronomía & Ambiente     Open Access   (Followers: 1)
AGU Advances     Open Access   (Followers: 1)
All Earth     Open Access   (Followers: 3)
American Journal of Geographic Information System     Open Access   (Followers: 14)
American Journal of Human Ecology     Open Access   (Followers: 11)
American Journal of Rural Development     Open Access   (Followers: 6)
Amerika     Open Access   (Followers: 1)
Anales de Geografía de la Universidad Complutense     Open Access  
Anatoli     Open Access  
Annales Universitatis Paedagogicae Cracoviensis / Studia de Cultura     Open Access  
Annals of GIS     Open Access   (Followers: 31)
Annals of the American Association of Geographers     Hybrid Journal   (Followers: 43)
Annual Review of Marine Science     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Antipode     Hybrid Journal   (Followers: 65)
Anuario     Open Access  
Applied Geography     Hybrid Journal   (Followers: 40)
Applied Geomatics     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Ar@cne     Open Access  
Arctic     Open Access   (Followers: 6)
Arctic Science     Open Access   (Followers: 7)
Area Development and Policy     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Asia Policy     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Asian Geographer     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Asian Journal of Geographical Research     Open Access   (Followers: 2)
Ateneo Korean Studies Conference Proceedings     Open Access  
Atmospheric Measurement Techniques (AMT)     Open Access   (Followers: 19)
Atmospheric Measurement Techniques Discussions (AMTD)     Open Access   (Followers: 10)
Aurora Journal     Full-text available via subscription  
Australian Antarctic Magazine     Free   (Followers: 5)
Australian Geographer     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Bandung : Journal of the Global South     Open Access   (Followers: 1)
Barn : Forskning om barn og barndom i Norden     Open Access  
Baru : Revista Brasileira de Assuntos Regionais e Urbanos     Open Access  
Belgeo     Open Access   (Followers: 2)
Biblio3W : Revista Bibliográfica de Geografía y Ciencias Sociales     Open Access  
Biogeographia : The Journal of Integrative Biogeography     Open Access   (Followers: 2)
BioRisk     Open Access   (Followers: 2)
Boletim Campineiro de Geografia     Open Access  
Boletim de Ciências Geodésicas     Open Access  
Boletim Gaúcho de Geografia     Open Access  
Boletim Goiano de Geografia     Open Access  
Boletín de Estudios Geográficos     Open Access  
Boletín de la Asociación de Geógrafos Españoles     Open Access  
Brill Research Perspectives in Map History     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Buildings & Landscapes: Journal of the Vernacular Architecture Forum     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Bulletin de la Société Géographique de Liège     Open Access  
Bulletin de l’association de géographes français     Open Access   (Followers: 1)
Bulletin of Geography. Physical Geography Series     Open Access   (Followers: 4)
Bulletin of Geography. Socio-economic Series     Open Access   (Followers: 3)
Bulletin of Geosciences     Open Access   (Followers: 12)
Bulletin of the Ecological Society of America     Open Access   (Followers: 4)
Bulletin of the Serbian Geographical Society     Open Access  
Caderno de Geografia     Open Access  
Cahiers Balkaniques     Open Access   (Followers: 2)
Cahiers Charlevoix : Études franco-ontariennes     Full-text available via subscription  
Cahiers franco-canadiens de l'Ouest     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
California Italian Studies Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Canadian Journal of Latin American and Caribbean Studies     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Canadian Journal of Soil Science     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Cardinalis     Open Access  
Carnets de géographes     Open Access  
Cartographic Journal     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Cartographic Perspectives     Open Access   (Followers: 2)
Cartographica : The International Journal for Geographic Information and Geovisualization     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Cartography and Geographic Information Science     Hybrid Journal   (Followers: 32)
Check List : The Journal of Biodiversity Data     Open Access   (Followers: 2)
China : An International Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Climate and Development     Hybrid Journal   (Followers: 35)
Climate Change Economics     Hybrid Journal   (Followers: 52)
Comparative Cultural Studies : European and Latin American Perspectives     Open Access   (Followers: 5)
Computational Geosciences     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Computational Urban Science     Open Access   (Followers: 1)
Confins     Open Access  
Conjuntura Austral : Journal of the Global South     Open Access   (Followers: 2)
Coolabah     Open Access  
Creativity Studies     Open Access   (Followers: 5)
Critical Romani Studies     Open Access  
Crossings : Journal of Migration & Culture     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Cuadernos de Desarrollo Rural     Open Access  
Cuadernos de Geografía : Revista Colombiana de Geografía     Open Access  
Cuadernos de Geografía de la Universitat de València     Open Access  
Cuadernos de Investigación Geográfica / Geographical Research Letters     Open Access  
Cuadernos Inter.c.a.mbio sobre Centroamérica y el Caribe     Open Access   (Followers: 1)
Current Research in Geoscience     Open Access   (Followers: 5)
Dela     Open Access  
Dialogues in Human Geography     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Didáctica Geográfica     Open Access  
DIE ERDE : Journal of the Geographical Society of Berlin     Open Access   (Followers: 1)
Documenti Geografici     Open Access  
Documents d'Anàlisi Geogràfica     Open Access  
Doğu Coğrafya Dergisi : Eastern Geographical Review     Open Access  
DRd - Desenvolvimento Regional em debate     Open Access  
Earth System Governance     Open Access   (Followers: 1)
Earth Systems and Environment     Hybrid Journal   (Followers: 3)
East/West : Journal of Ukrainian Studies     Open Access  
Eastern European Countryside     Open Access   (Followers: 2)
Economic and Regional Studies / Studia Ekonomiczne i Regionalne     Open Access  
Economic Geography     Hybrid Journal   (Followers: 42)
Économie rurale     Open Access   (Followers: 3)
Ecosystems and People     Open Access   (Followers: 4)
Entorno Geográfico     Open Access  
Environment & Ecosystem Science     Open Access   (Followers: 3)
Environmental and Sustainability Indicators     Open Access   (Followers: 7)
Environmental Science : Atmospheres     Open Access  
Environmental Science and Sustainable Development : International Journal Of Environmental Science & Sustainable Development     Open Access   (Followers: 13)
Environmental Smoke     Open Access  
Ería : Revista Cuatrimestral de Geografía     Open Access  
Espacio y Desarrollo     Open Access  
Espacios : Revista de |Geografía     Open Access  
Espaço & Economia : Revista Brasileira de Geografia Econômica     Open Access  
Espaço Aberto     Open Access  
Espaço e Cultura     Open Access  
Espaço e Tempo Midiáticos     Open Access  
Estudios Geográficos     Open Access   (Followers: 1)
Estudios Socioterritoriales : Revista de Geografía     Open Access  
Ethnobiology Letters     Open Access  
Ethnoscientia : Brazilian Journal of Ethnobiology and Ethnoecology     Open Access  
eTropic : electronic journal of studies in the tropics     Open Access  
Études internationales     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Études rurales     Open Access   (Followers: 2)
Études/Inuit/Studies     Full-text available via subscription  
European Bulletin of Himalayan Research     Open Access   (Followers: 10)
European Countryside     Open Access   (Followers: 1)
European Spatial Research and Policy     Open Access   (Followers: 9)
Evolutionary Human Sciences     Open Access   (Followers: 5)
Fennia : International Journal of Geography     Open Access   (Followers: 1)
Finisterra : Revista Portuguesa de Geografia     Open Access  
Fire Ecology     Open Access   (Followers: 3)
Florida Geographer     Open Access   (Followers: 1)
Focus on Geography     Partially Free   (Followers: 5)
Forum Geografi     Open Access  
Frontera Norte     Open Access  
GEM - International Journal on Geomathematics     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Genre & histoire     Open Access   (Followers: 4)
Geo : Geography and Environment     Open Access   (Followers: 9)
Geo UERJ     Open Access  
Geo-Image     Open Access   (Followers: 1)
Geo-spatial Information Science     Open Access   (Followers: 8)
GeoArabia     Hybrid Journal  
Géocarrefour     Open Access  
Geochemistry, Geophysics, Geosystems     Full-text available via subscription   (Followers: 34)
Geochronometria     Open Access   (Followers: 1)
Geoderma Regional : The International Journal for Regional Soil Research     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Geodesy and Cartography     Open Access   (Followers: 2)
Geoforum Perspektiv     Open Access   (Followers: 1)
Geofronter     Open Access  
Geografares     Open Access  
Geografisk Tidsskrift-Danish Journal of Geography     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Geografiska Annaler, Series A : Physical Geography     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Geographia     Open Access   (Followers: 3)
Geographica Helvetica     Open Access   (Followers: 13)
Geographical Analysis     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Geographical Education     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Geographical Journal of Nepal     Open Access  
Geographical Research     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Geographical Review     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Geographicalia     Open Access  
Géographie et cultures     Open Access   (Followers: 3)
Geography and Natural Resources     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Geography and Sustainability     Open Access   (Followers: 3)
Geography Compass     Hybrid Journal   (Followers: 18)
GeoHumanities     Hybrid Journal   (Followers: 2)
GeoInformatica     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Geoinformatics & Geostatistics     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Geoinformatics FCE CTU     Open Access   (Followers: 7)
Geoingá : Revista do Programa de Pós-Graduação em Geografia     Open Access  
GeoJournal     Hybrid Journal   (Followers: 11)
GEOMATICA     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Geomatics, Natural Hazards and Risk     Open Access   (Followers: 14)
GEOmedia     Open Access   (Followers: 1)
Geopauta : Revista de Geografia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia     Open Access  
Geophysical Research Letters     Full-text available via subscription   (Followers: 199)
Geoplanning : Journal of Geomatics and Planning     Open Access   (Followers: 5)
GeoScape     Open Access  
Geosciences Journal     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Geosphere     Open Access   (Followers: 2)
GEOUSP : Espaço e Tempo     Open Access  
Ghana Journal of Geography     Open Access   (Followers: 11)
Ghana Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
GIScience & Remote Sensing     Open Access   (Followers: 55)
Global Challenges     Open Access   (Followers: 2)
Global Sustainability     Open Access   (Followers: 5)
Globe, The     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
GPS Solutions     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Grafo Working Papers     Open Access  
HiN : Alexander von Humboldt im Netz. Internationale Zeitschrift für Humboldt-Studien     Open Access  

        1 2 3 | Last   [Sort by number of followers]   [Restore default list]

Similar Journals
Journal Cover
Baru : Revista Brasileira de Assuntos Regionais e Urbanos
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2448-0460
Published by Pontificia Universidade Católica de Goiás Homepage  [8 journals]
  • DISPUTAS NA REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE CAMPO GRANDE – MS

    • Authors: Ailton Souza
      Abstract: A revisão dos planos diretores é uma das medidas que visam melhorar o planejamento urbano, assegurando que toda cidade tenha garantido o que rege a Constituição, sobretudo, no âmbito do direito à cidade. Considerando esta prerrogativa, o objetivo deste artigo é analisar no âmbito da revisão do plano diretor de Campo Grande – MS, os principais atores, disputas e interesses em jogo visando apresentar um diagnóstico mais abrangente em torno das demandas e dos principais problemas urbanos que assolam o município. Para tanto, o principal método adotado consistiu do levantamento de dados e informações acerca do contexto urbano local. Os resultados mostram entre que a nova versão atual do plano é mais abrangente em comparação com as revisões anteriores e o protagonismo dos atores sociais periféricos foi um dos diferenciais na revisão do plano.
      PubDate: 2022-11-18
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12660
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • CRESCIMENTO URBANO, TURISMO E IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS: AS
           CONTRADIÇÕES DE CAPITÓLIO

    • Authors: Ana Carolina Silva, Eduardo Meireles, Rita de Cássia Ribeiro Carvalho
      Abstract: Capitólio é uma pequena cidade mineira, muito influenciada pelos impactos sinérgicos e cumulativos associados à formação do Lago de Furnas e à conservação do Parque Nacional da Serra da Canastra. Suas belezas naturais atraem para milhares de turistas por ano, interessados sobretudo nas opções de turismo rural que o Mar de Minas oferece. Ao passo que o turismo representa grande parcela do PIB municipal e agrega grande parte dos postos de emprego na cidade, também implica em importantes impactos socioambientais. Esta pesquisa aborda as transições de uso do solo no município e o crescimento urbano desordenado, motivados pelo interesse econômico e exploração turística. Foram realizadas análises temporais comparativas de uso e cobertura do solo por meio de ferramentas de geoprocessamento. Verificou-se que a principal transição de cobertura do solo no município no período estudado foi a conversão de áreas florestais em agropecuária. A influência da atividade turísticas foi percebida na expansão urbana do município, com o crescimento de loteamentos irregulares e ocupação antrópica nas áreas próximas ao Lago de Furnas.
      PubDate: 2022-11-11
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12692
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • PNAE E SUAS CONTRIBUIÇÕES AO COOPERATIVISMO DO ALTO VALE DO RIO
           DO PEIXE - SANTA CATARINA

    • Authors: GISLAINE JULIANOTI CARLESSO, Cesar Augustus Winck
      Abstract: O objetivo principal deste trabalho é apontar as contribuições do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para o desenvolvimento das cooperativas de agricultura familiar no Alto Vale do Rio do Peixe, em Santa Catarina. Para tanto, a pesquisa caracterizou-se como exploratória e descritiva. O método adotado foi o qualitativo, e no que tange à coleta de dados, foram utilizadas a pesquisa bibliográfica, análise documental e entrevistas semiestruturadas por telefone. Assim, conseguiu-se enumerar as contribuições do PNAE, demonstrando sua importância para a abertura de novos empreendimentos de economia solidária, e no fortalecimento dos já existentes, através da diversificação dos canais de distribuição, aumento da produção, desenvolvimento de novos produtos e expansão do mix de produtos das cooperativas estudadas. A pesquisa identificou que os maiores benefícios do PNAE se referem ao incremento de renda proporcionado aos cooperados, além de incentivar a permanência dos jovens no campo e na sucessão na agricultura familiar. Assim, o PNAE identifica-se como uma política pública efetiva para a região, e que fomenta os mercados locais, promovendo a economia solidária, e o desenvolvimento local.
      PubDate: 2022-11-11
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12738
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • LABOR AND HUMAN CONDITIONS: BRAZILIAN PANORAMA AND RURAL SPACES

    • Authors: José Paulo Pietrafesa, Pedro Araújo Pietrafesa
      Abstract: The objective of the article is to analyze the working conditions in the Brazilian rural space and whether these conditions are similar or not to slave work. The country's agrarian structure is directly related to the persistence of overexploitation of the labor of rural workers. To develop this study and understand the contradictions existing in rural labor relations in Brazil in the 21st century, the article used the socio-historical method, comprehending the contradiction of national agrarian issues as one of the roots of this phenomenon. Through the database of the Dom Tomás Balduíno Documentation Center it was found that between 2015 and 2019 there was a decrease in the number of occurrences of work analogous to slavery. However, this decrease may be related to the precariousness of the labor inspection system, the criminalization of social movements, the propaganda on social media against the defense of human rights and the speech that became hegemonic, since 2016, regarding the freedom for defense of property. The conflicts generated in rural spaces with the expansion of agrarian capital are confronted with the immediate needs of peasants and rural workers who create conditions to build new knowledge and new potentials for social organization.
      PubDate: 2022-11-11
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12757
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • A URBANIZAÇÃO DO BAIRRO DE ITAPUÃ, SALVADOR (BA)

    • Authors: Aline Machado de Farias Rosa, Gabriel Barros Gonçalves de Souza, Marília Moreira Cavalcante
      Abstract: O crescimento desordenado das cidades acompanhado da falta de planejamento urbano têm como consequência a segregação socioespacial e as desigualdades urbanas. O presente trabalho teve como finalidade compreender as interferências causadas pela urbanização no bairro de Itapuã, Salvador – BA. Para isso foi realizada uma revisão literária e uma análise quantitativa representada através de gráficos e mapas. Os resultados obtidos demonstraram que a expansão urbana da cidade de Salvador e em Itapuã são caracterizadas pela distribuição espacial determinada pelo poder socioeconômico da população. No bairro de Itapuã, os habitantes de alta renda situam-se na área nordeste e na orla marítima, enquanto nas proximidades da Lagoa do Abaeté, zona carente de serviços e infraestrutura urbana, residem a população de baixa renda. A ocupação heterogênea, gerou diferentes perfis de zonas habitacionais quanto a densidade demográfica e a distribuição de renda mensal, resultando na existência de ambientes planejados com acesso a serviços urbanos e outros carentes destas comodidades, estabelecendo assim, uma dicotomia urbana no bairro.
      PubDate: 2022-10-25
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12657
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • UTILIZAÇÃO DE IMAGEM AÉREA COMO SUPORTE NA CONCEPÇÃO DE PROJETOS DE
           REDES COLETORAS DE ESGOTO

    • Authors: Denis Cardoso Parente, Rafael Alves Amorim, Nilton Marques de Oliveira, Rodolfo Alves da Luz, Adriano Nascimento da Paixão, Waldecy Rodrigues
      Abstract: O presente trabalho tem como objetivo analisar a aplicabilidade de imagens aéreas obtidas com Veículo Aéreo não Tripulado (VANT) na tomada de decisão quanto ao modelo de redes coletoras de esgoto em setor da cidade de Palmas – TO. A fim de se chegar a um comparativo de custo entre redes simples e redes duplas que atendam à necessidade de esgotamento do setor, fazendo-se uso de imagens ortorretificadas, foram levantados os tipos de revestimentos e quantitativos de passeios e pavimentos a serem demolidos e recompostos para implantação das redes. A utilização dessas imagens visou avaliar a precisão no levantamento dos quantitativos necessários para o orçamento das redes, visto que a prática utilizada para sua elaboração é feita por meio de inspeção visual in loco ou por estimativa, sendo uma prática dispendiosa, lenta e imprecisa. Os resultados encontrados mostram que as imagens aéreas obtidas e o ortomosáico gerado podem auxiliar de forma confiável, rápida e segura no processo de orçamentação de obras de redes coletoras de esgoto, atestando que a plataforma VANT e os sensores passíveis de serem acoplados a elas podem servir adequadamente como tecnologia no estudo proposto.
      PubDate: 2022-10-14
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12272
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • POBREZA MULTIDIMENSIONAL NA ESCALA INTRAMUNICIPAL: ANÁLISE ESPACIAL
           PARA CAMAÇARI/BA

    • Authors: Patrícia Santos Oliveira, Laumar Neves de Souza, Luiz Fernando Quintanilha, Renato Reis
      Abstract: Este trabalho analisou a distribuição espacial da pobreza multidimensional em Camaçari, município mais industrializado da Região Nordeste brasileira, no ano de 2010. Para dar conta dessa tarefa utilizou-se o Índice de Pobreza Multidimensional Intramunicipal, aplicando-se os dados do último Censo Demográfico, disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Os resultados demonstraram evidências de um padrão de associação espacial do fenômeno, com concentração em determinadas regiões pela existência de clusters de pobreza no município. Comprovou-se também que o uso de medidas embasadas apenas na renda pode mascarar a existência de privações que compõem outras dimensões da pobreza. Além disso, os resultados confirmaram a importância da utilização de uma abordagem multidimensional para a correta aferição da pobreza e, principalmente, para a elaboração e acompanhamento de políticas públicas mais adequadas para sua mitigação ou mesmo sua superação.
      PubDate: 2022-10-14
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12455
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • CRIAÇÃO DA REGIÃO METROPOLITANA DE JUIZ DE FORA: ALTERNATIVA PARA O
           DESENVOLVIMENTO REGIONAL'

    • Authors: Vicente dos Santos Guilherme Júnior, Inácio Andruski Guimarães, Simone Aparecida Polli
      Abstract: Em 2015 foi proposta a criação da Região Metropolitana de Juiz de Fora (RMJF) visando impulsionar o desenvolvimento econômico local/regional. O presente trabalho tem por objetivo analisar a viabilidade daquela proposta enquanto instrumento capaz de contribuir para a promoção do desenvolvimento regional. De natureza qualitativa, delineado como estudo de caso e, apoiado em pesquisa bibliográfica e documental, esse trabalho analisa os objetivos e argumentos relacionados à criação da RMJF. O referencial teórico consiste em autores como Franzoni (2015), Firkowiski (2015), Branco et. al. (2013), Santos (1990), entre outros. Constatou-se que a proposta analisada tende a ser pouco efetiva no sentido de promover desenvolvimento regional, estando mais relacionada à metrópole como fato institucional que ao processo socioespacial de metropolização.
      PubDate: 2022-10-14
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12476
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • A CONCENTRAÇÃO NO MERCADO MUNDIAL DE MILHO: ALGUMAS
           EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS

    • Authors: Alcido Elenor Wander, George Henrique de Moura Cunha
      Abstract: O presente trabalho visou determinar o grau de concentração do mercado internacional de milho em grão. Foram utilizadas as seguintes variáveis: (a) Quantidade produzida (t) por país, (b) Quantidade (t) exportada por país, e (c) Quantidade (t) importada por país. Foram determinados os seguintes índices de concentração: (a) razão de concentração CR(k); (b) quartéis de concentração; e (c) Índice de Herfindahl-Hirschman (IHH). Os resultados mostram que a produção de milho em grão foi reportada por 166 países, apresentando baixa concentração (IHH = 1623), com razões de concentração CR2 de 54%, CR5 de 70% e CR10 de 80% no triênio 2018-2020. As exportações de milho em grão foram registradas por 150 países, também com baixa concentração (IHH = 1732), com razões de concentração CR2 de 48%, CR5 de 82% e CR10 de 91% no mesmo período. As importações de milho em grão foram realizadas por 192 países, denotando ausência de concentração (IHH – 401), com razões de concentração CR2 de 18%, CR5 de 35% e CR10 de 55%. Portanto, produção e exportação apresentam algum grau de concentração, enquanto nas importações não foi observada concentração entre países.
      PubDate: 2022-10-14
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12681
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • CIDADES INTELIGENTES: UMA FERRAMENTA PARA O DESENVOLVIMENTO URBANO HUMANO
           E SUSTENTÁVEL

    • Authors: Vitória Rodrigues Barreto, Diogo de Calasans Melo ANDRADE
      First page: 14
      Abstract: O presente artigo visa investigar as cidades inteligentes como uma possível ferramenta de viabilização do objetivo de desenvolvimento sustentável (ODS) nº 11 e a efetivação do direito ao desenvolvimento dentro do ambiente urbano. Trata-se de uma pesquisa documental, de método qualitativo e técnica dedutiva, com fins descritivos e meios bibliográficos. Parte-se da premissa de que as cidades inteligentes têm o potencial de auxiliar na efetivação do direito ao desenvolvimento e da ODS nº 11 diante de seus objetivos e finalidades semelhantes a ambos, tornando as metas abstratas e gerais do ODS nº 11 mais concretas e realizáveis, além de contribuir na mensuração do progresso de cada uma das 17 ODS pela utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação – TICs. Conclui-se, todavia, que na prática os objetivos das cidades inteligentes costumam ser desvirtuados. O uso de novas tecnologias em si toma a posição central que pertence ao ser humano e isso impede a concretização do potencial que essa forma de planejamento detém. A pesquisa apresenta originalidade, uma vez que apresenta contribuições para o estudo da implantação das cidades inteligentes cenário jurídico, onde ainda não há muitas pesquisas sobre o tema, e apresenta uma nova abordagem ao analisá-las sob ótica do direito ao desenvolvimento.
      PubDate: 2022-04-27
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.8802
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • AUDITORIAS OPERACIONAIS ENCERRADAS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE
           SANTA CATARINA RELATIVAS AO EXECUTIVO ESTADUAL

    • Authors: Giseli Salaib Springer, Cleyton de Oliveira Ritta, Luiz Alberton
      First page: 17
      Abstract: O artigo tem por objetivo analisar as deliberações de auditorias operacionais encerradas pelo Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina relativas ao Executivo Estadual. Para tanto, realiza-se uma pesquisa de natureza descritiva, com abordagem qualitativa, por meio de análise documental dos relatórios de auditoria operacional e seus respectivos monitoramentos no período de 2004 a 2020. Os procedimentos de coleta mostraram que no período foram realizadas 16 auditorias operacionais no Executivo Estadual, sendo 6 auditorias encerradas. Os resultados da pesquisa mostraram que 42 (67%) determinações formalizadas pelo Tribunal de Contas foram classificadas como cumpridas pelo Executivo Estadual. Por sua vez, 48 (71%) recomendações foram classificadas como implementadas. Diante dos achados, conclui-se que o percentual de implementação das deliberações pelo poder Executivo Estadual relativas às auditorias operacionais encerradas atinge um patamar aproximado de 70%, revelando uma efetiva interação entre os entes envolvidos, visando o aprimoramento das políticas públicas praticadas pelo Estado, o que resulta na oferta de serviços públicos de melhor qualidade à sociedade.
      PubDate: 2022-09-19
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12273
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • CONFLITO SOCIOAMBIENTAL DO TURISMO NO PARQUE ESTADUAL DO JALAPÃO -
           TO*

    • Authors: Maria Antônia Vadaladares de Souza, Héber Rogério Grácio, Airton Cardoso Cançado
      First page: 18
      Abstract: Este artigo objetiva analisar um conflito socioambiental oriundo da atividade turística no Parque Estadual do Jalapão (PEJ), Tocantins, Brasil. Criado em 2001, com o propósito de proteger a fauna e a flora e garantir o aproveitamento sustentado do potencial turístico, o parque, contudo, foi sobreposto ao território das comunidades quilombolas. Sob um olhar interdisciplinar, por meio da observação participante assistemática e da análise documental, a pesquisa tem uma abordagem qualitativa de caráter descritivo e analítico. Os resultados apontam um conflito socioambiental em uma unidade de conservação de proteção integral que, contraditoriamente, incentiva o turismo e não admite a permanência das comunidades tradicionais. Após 20 anos da institucionalização do PEJ, com a situação fundiária ainda não regularizada, o poder público iniciou um processo de concessão dos serviços turísticos à iniciativa privada, sem considerar novamente a realidade do território. Em 2021, mesmo em tempos da pandemia de Covid-19, o fluxo de turistas apresentou um crescimento de 180%. Nesse contexto, agravou-se o conflito socioambiental entre os vários atores no controle do uso dos recursos naturais.
      PubDate: 2022-08-25
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12379
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • TECNOLOGIA SOCIAL E ECONOMIA SOLIDÁRIA EM BLUMENAU: DIFICULDADES E
           PERSPECTIVAS

    • Authors: Nelson Afonso Garcia Santos
      First page: 18
      Abstract: A partir de pesquisa realizada em Blumenau/SC, buscamos identificar possíveis aproximações entre Economia Solidária, Tecnologia Social e Desenvolvimento Local. Para tanto, dois campos de investigação foram abertos: um teórico, onde se estudou sobre as definições e a historicidade das três variáveis: Economia Solidária, Tecnologia Social Desenvolvimento Local e suas possíveis convergências. O outro campo foi empírico, com a aplicação de questionários com participantes de empreendimentos solidários cadastrados ou não na Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP/FURB) e com comerciantes da Feira Livre Municipal de Blumenau/PROEB. Os resultados mostram que na teoria existem várias aproximações entre Economia Solidária, Tecnologia Social e Desenvolvimento Local. Porém, na realidade de Blumenau, praticamente, não existe. Em apenas um empreendimento de economia solidária, a ENLOUCRESCER, foi possível identificar a utilização de tecnologia social em sua prática efetiva. Outro resultado obtido, refere-se a pouca ação da universidade na disseminação do conhecimento sobre a Tecnologia Social e, finalmente, podemos afirmar que não existe em Blumenau ações que visam realizar o Desenvolvimento Local.
      PubDate: 2022-04-27
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.8514
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • REVISÃO NARRATIVA DA LITERATURA SOBRE O USO E APLICAÇÃO DO TERMO
           “POLÍTICA DA MEMÓRIA”

    • Authors: Wesley Lima, José Rogério Lopes, Alex Pizzio
      First page: 18
      Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo identificar o uso e a aplicação do termo “política da memória” nas produções científicas de âmbito internacional. Para tanto, partindo do levantamento bibliográfico sobre o tema, foram selecionados 36 artigos em periódicos internacionais. A metodologia teve como parâmetro a revisão narrativa da literatura para análise das fontes de informações, interpretando e identificando a aplicação do termo nas pesquisas publicadas entre 2015 e 2021. Os resultados da análise mostraram que o uso e a aplicação do termo “política da memória” estão associados intrinsecamente às representações materiais, aos processos políticos governamentais e às sociedades com regime autoritário ou democrático. Isto é, representam a memória política de países que vivenciam processos de crise da identidade nacional, ou daqueles em que essa ainda necessita ser elaborada. Conclui-se que a política da memória articula referências ao processo de fortalecimento de identidades nacionais. Dessa forma, política e poder são elementos basilares utilizados pelos governos para gerir a memória, para fazer lembrar acontecimentos de outrora ou para esquecer memórias históricas, trazendo-se uma contribuição adicional para se pensar as relações entre política, memória e monumento.
      PubDate: 2022-02-18
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12159
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • ASPECTOS HISTÓRICOS E JURÍDICOS DAS EMANCIPAÇÕES JUDICIAIS NA COMARCA
           DE CANOINHAS/SC (1949-2020)

    • Authors: Alexandre Assis Tomporoski, Danielly Borguezan, Renata Franco Leite Ciccarino de Morais, Gilson dos Santos
      First page: 19
      Abstract: Esta pesquisa foi proposta com o intuito de analisar os pedidos de emancipação ajuizados na comarca de Canoinhas/SC entre os Códigos Civis de 1916 e 2002. A área jurídica infelizmente carece de pesquisas dessa natureza, desse modo, vislumbrando associar informações qualiquantitativas da região e dados do poder judiciário local no período ora delimitado, foi possível melhor compreender a dinâmica social e jurídica no que tange a perspectiva da autonomia do indivíduo, advinda na forma da emancipação na comarca de Canoinhas. Outrossim, a temática envolve o estudo sob a égide de dois códigos (CC1916 e CC2002) e, portanto, a análise comparativa dos processos ajuizados no período sob a receptividade da lei vigente.
      PubDate: 2022-09-19
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12277
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • DITADURA DOS “BEM-NASCIDOS”: NECRO-POLÍTICA URBANA, EUGENIA E
           AUTORITARISMO NO BRASIL

    • Authors: Marcelo Karloni da Cruz
      First page: 19
      Abstract: O objetivo desse trabalho é demonstrar a relação entre o que será doravante denominado de necro-política urbana, pensamento eugenista e autoritarismo no Brasil. Tal relação é capaz de influenciar as ações do Estado brasileiro na resolução das questões urbanas e na produção do espaço segregado. A demonstração se justifica sobretudo: 1). Pela necessidade de formação de uma agenda urbana afinada com os pressupostos das vias democráticas de preconizadas no estatuto das cidades de 2001; 2). Pela influência dessa mesma relação na formação dos urbanistas e do pensamento urbano como um todo e 3). Pelo pagamento de uma insolvência histórica com vítimas do pensamento eugenista no Brasil, a população negra e periféricas nas cidades brasileiras. Para tanto foi realizada a reconstituição da origem do pensamento eugenista no mundo e desdobramentos do seu debate. Em seguida se desconstrói a noção de que no Brasil teria se dado uma democracia racial. Finaliza a demonstração, na relação entre a ampliação da ação policial do Estado e a noção de necropolítica. Conclui que a relação entre a necro-política, o pensamento eugenista e o autoritarismo no Brasil, é agente produtora da segregação.
      PubDate: 2022-08-25
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.9217
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • CONCENTRAÇÃO GEOGRÁFICA DA INOVAÇÃO E OS INVESTIMENTOS PÚBLICOS NO
           ECOSSISTEMA DE INOVAÇÃO GOIANO

    • Authors: Guilherme Resende Oliveira, Cintia Neves Godoi
      First page: 21
      Abstract: O objetivo do estudo foi mapear o ecossistema de inovação em Goiás, identificando as relações institucionais e socioeconômicas dos seus principais agentes, além de apresentar alguns indicadores relacionados a produção técnico-científica e o mercado de trabalho de ligado à área de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I). Também, pretendeu-se analisar o ecossistema estadual de inovação por meio das dimensões sugeridas pelo Guia de desenvolvimento de ecossistemas e Centros de Tecnologias Inovadoras (SANTA CATARINA, 2017b). Esse estudo se justifica por considerar recorrente os investimentos em concentração geográfica dos Ambientes de Inovação em países mais inovadores, e articulação de diferentes agentes para apoiar processos inovadores, e crescimento da economia. Como principais resultados se percebe a estruturação do ecossistema com indicadores de sucesso, como abertura e consistência das ações de Incubadoras, Parques Tecnológicos. Como sugestões para trabalhos futuros é possível avançar no diagnóstico para mapear os agentes privados e financeiros para fortalecimento do ecossistema.
      PubDate: 2022-07-27
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12123
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • DIRETRIZES SOCIOAMBIENTAIS E SANITÁRIAS PARA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA
           URBANA EM UMA ÁREA NA AMAZÔNIA

    • Authors: Jéssica Corrêa Gonçalves, Marco Antônio dos Santos Figueiredo Filho, Fábio Sergio Lima Brito, Myrian Silvana da Silva Cardoso Ataíde dos Santos
      First page: 22
      Abstract: O presente trabalho buscou levantar informações a respeito das diretrizes socioambientais e sanitárias para regularização fundiária em área de várzea, tendo como local de estudo as casas à margem do igarapé “Lago verde”, no bairro da Terra Firme em Belém – PA. Durante os meses de agosto a setembro de 2021 foram realizadas visitas in loco para coleta de informações das condições de habitabilidade dos moradores desta área, por meio de um check-list com as observações da real situação destas moradias e vivência dos residentes, além disso, aplicou-se questionários para se ter dados quali-quantitativos das questões que foram levantadas, as quais servem como subsídio para um estudo técnico ambiental do entorno do igarapé “Lago Verde”. Foi possível identificar os principais problemas relacionados a falta de saneamento básico e políticas públicas de regularização fundiária dentro da comunidade, podendo desta forma conhecer a realidade das mazelas nas áreas periféricas, tais como falta de água nas torneiras, resíduos sólidos descartados pelas ruas e no próprio igarapé “Lago verde”, assim como falta de pavimentação nas ruas, entre outras situações. Discutiu-se as leis, resoluções e normativas que trazem alternativas viáveis para as residências em áreas de preservação permanente (APP’S), como no caso do “Lago verde”.
      PubDate: 2022-09-20
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.12285
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • DIAGNÓSTICO DA MOBILIDADE URBANA INTELIGENTE NO MUNICÍPIO DE
           PORTO VELHO (RO)

    • Authors: Raissa Coelho Marques, Marcela Barbosa de Moraes, Edson Aparecida de Araujo Querido Oliveira
      First page: 22
      Abstract: O objetivo deste artigo é identificar as dimensões de mobilidade urbana sob a ótica inteligente que são reconhecidas pelos habitantes da cidade de Porto Velho, Rondônia. Para alcançar o objetivo proposto foi realizada uma pesquisa do tipo survey de abordagem quantitativa. O instrumento utilizado para coleta de dados foi o questionário estruturado de questões fechadas com a amostragem da população que atingiu o nível de confiança de 95%, com 5% de erro amostral. Como procedimento metodológico foi realizado um tratamento de estatística descritiva. Por fim, conclui-se que o modelo tradicional de mobilidade urbana que hoje é o existente na cidade de Porto Velho/RO carece de investimentos e melhorias na infraestrutura no que tange a conservação de ruas e calçadas; há precariedade de acesso aos serviços de saúde e educação e não fora observada preocupação do poder público em propiciar fontes limpas de energia ou promover incentivos fiscais ao uso, pouca divulgação dos serviços prestados à população e por fim ineficiência de alguns programas municipais que não atendem à sua finalidade tal como Porto Velho Cidade Digital.
      PubDate: 2022-02-21
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.9113
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • DESAFIOS DA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA NA REGIÃO CHICO MENDES EM
           FLORIANÓPOLIS/SC

    • Authors: Elsie Gatiboni Escarrone
      First page: 24
      Abstract: A vertiginosa e desordenada urbanização do Brasil trouxe desafios ao planejamento urbano e aos processos legais e administrativos pertinentes, resultando em ocupações irregulares e exclusão social. Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, e polo de atração de migrantes, tem um índice estimado de 51% de construções irregulares. O objeto deste estudo é a avaliação do atual estágio do procedimento de Regularização Fundiária do Conjunto Habitacional da Região Chico Mendes, no município de Florianópolis. O projeto de urbanização, iniciado em 1990, com o projeto Habitar Brasil, seguido nos anos 2000, com o projeto Habitar Brasil BID, até hoje não teve a regularização jurídica concluída. A metodologia adotada, de caráter exploratório, caracteriza-se como uma pesquisa empírica, com a análise do fenômeno através de uma análise documental dos aspectos administrativos, legais e sociais. O resultado indica que o projeto de regularização fundiária, já protocolado no Registro de Imóveis, necessita correções em várias fases. Cumpridas as exigências para o registro, há a possibilidade de titulação imediata de 275 famílias, de um total de 1.041.
      PubDate: 2022-02-18
      DOI: 10.18224/baru.v8i1.8902
      Issue No: Vol. 8, No. 1 (2022)
       
  • O ESPAÇO PÚBLICO QUE PONTENCIALIZA VIOLÊNCIA CONTRA AS
           MULHERES*

    • Authors: Maria Luiza Milani
      First page: 11
      Abstract: A pesquisa abordou a violência contra a mulher praticada no espaço não domiciliar bem como, a inserção das mulheres na vida coletiva, produtiva, política, social, na construção de uma sociedade de igualdade de gêneros pela mobilização dos movimentos sociais. Se indagou como o espaço público, do trabalho e da vida social podem se configurar em lugares que potencializam atos violentos contra mulheres' O objetivo foi de destacar os espaços públicos de Canoinhas que colocam a mulher em situação vulnerável à violência não domiciliar como uma contradição no âmbito dos espaços públicos historicamente conquistados. Desenvolveu-se pesquisa qualitativa, dialética, bibliográfica e de campo. Aponta-se os espaços urbanos de municípios do porte de Canoinhas sobressaem lugares e formas de organização da vida coletiva que potencializam práticas de violência contra a mulher fora dos seus domicílios. Foram apontados locais mal iluminados, com acúmulo de lixo, abandonados, mas que a violência pode acontecer também nos locais d trabalho e de lazer. Para a mulher permanecem riscos e vulnerabilidades, que podem ser minimizados com medidas infraestruturais como iluminação, vigilância e segurança. A questão deve ser amplamente abordada com a população do gênero masculino.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.9295
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • A FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR EM MAFRA-SC NA PANDEMIA DA COVID-19

    • Authors: Letícia Paludo Vargas, Patrícia Dequech, Thiago Fuchs, Daniela Pedrassani
      First page: 11
      Abstract: As feiras de Agricultura Familiar contribuem significantemente para oferta de produtos alimentícios à população local. A importância desses eventos vai além da comercialização dos produtos. A produção se baseia em mão de obra familiar, exercendo papel fundamental na valorização e participação desses trabalhadores na sociedade e economia local. O objetivo dessa pesquisa foi analisar a feira da agricultura familiar, realizada no município de Mafra-SC, com a finalidade de compreender a organização e conhecer as caraterísticas dos participantes. A formalização desses eventos completa doze anos em 2021 e nunca foi paralisada, inclusive durante a pandemia da Covid-19. Em uma pesquisa qualitativa, com dados fornecidos pela Secretaria de Assistência Social do município, por intermédio da prefeitura local, é possível observar como a feira é estruturada, assim como, quem são os organizadores e beneficiários. Essas ações são importantes alternativas de alimentação saudável, e, consequentemente, colaboram para o sustento dos agricultores familiares, assim como a inclusão na sociedade.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.9249
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • CARACTERÍSTICAS SOCIOECONÔMICAS E AGROPECUÁRIAS NOS MUNICÍPIOS DO
           PLANALTO NORTE CATARINENSE

    • Authors: Cintia Neves Godoi, Sandro Luiz Bazzanella, Letícia Paludo Vargas
      First page: 16
      Abstract: A Amplanorte é uma associação que compreende dez municípios localizados na região do Planalto Norte Catarinense. Estes municípios possuem entre 6 e 8,5% de suas áreas totais dedicadas as atividades produtivas da agricultura, especialmente vinculadas à agricultura familiar. Neste sentido, este artigo procurou refletir sobre a disposição e a dinâmica das atividades produtivas constitutivas da matriz econômica do planalto norte, entre elas a agricultura praticada regionalmente. Além disso, buscou diagnosticar possíveis desafios e possibilidades que devem ser levadas em consideração, tanto pelos produtores locais, quanto, pelo poder público local, regional e, até mesmo estadual para estimulo às atividades de potencialização das atividades produtivas, valorização, ou articulação dos produtores buscando melhorias nas condições de vida destes produtores e da população local e regional.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.9290
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA E O ORDENAMENTO TERRITORIAL
           URBANO: AVANÇOS E DESAFIOS

    • Authors: Gabriel Vinicius Jesus Maia Medeiros, Raissa Alves da Silva, Manoel Mariano Neto, Almir Mariano de Sousa Junior
      First page: 16
      Abstract: A regularização fundiária urbana (REURB) consiste em um conjunto de ações urbanísticas, sociais e ambientais orientadas à regularização de ocupações irregulares e à titulação dos ocupantes. Nesse sentido, este trabalho tem por objetivo discutir a REURB pela perspectiva do ordenamento territorial (OT), com foco nos avanços e benefícios, e nos desafios existentes diante da efetivação. Para tanto, foram realizadas pesquisas bibliográficas acerca do OT e da REURB, bem como pesquisas documentais, com destaque às consultas à legislação que trata dessa temática. Constatou-se que os principais avanços alcançados ocorrem a partir de 2009, com a criação da Lei nº 11.977/2009, o primeiro marco legal destinado à temática. Posteriormente, entre 2016 e 2017, percebe-se modificações na conjuntura legal, a partir da implementação da Medida Provisória nº 759/2016, convertida na Lei nº 13.465/2017 que representa o mais novo marco legal para enfretamento do quadro de irregularidade fundiária do país. Quanto aos desafios a serem superados, cita-se a ausência de controle sob o quadro de irregularidades e o grande quantitativo de moradias na situação apresentada; a dificuldade de implementar a legislação; o desinteresse por parte da população; e a incapacidade poder público municipal face a execução dos processos técnicos e administrativos.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.9011
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • CENTRALIDADE E DISPARIDADES SOCIOECONÔMICAS NA REGIÃO DO
           MATOPIBA NO BRASIL

    • Authors: Laudelina Alves Ribeiro, Jandir Ferrera de Lima
      First page: 19
      Abstract: Esse artigo analisa a centralidade e as disparidades no desenvolvimento entre os municípios que pertencem à região do Matopiba. O procedimento metodológico foi a estimativa dos indicadores de Centralidade e Disparidade Regional, utilizando como variáveis o Produto Interno Bruto, a população e o desempenho em índices de desenvolvimento socioeconômico. O período de análise foram os anos 2005 e 2016, pois refletem um período de crescimento econômico significativo no Brasil. Os resultados indicaram mais convergência em termos de desenvolvimento socioeconômico, porém a dinâmica econômica continua fortemente concentrada, o que poderá afetar a convergência dos municípios para manter seu ritmo de melhorias sociais.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.9106
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • REVISÃO BIBLIOMÉTRICA: O PAPEL DA INTELIGÊNCIA ARTIFICAL NA
           IMPLEMENTAÇÃO DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EM TEMPOS DE
           COVID-19

    • Authors: Maria da Vitoria Costa e Silva, Italo Schelive Correia, Lucas Braga da Silva, Waldecy Rodrigues, João Aparecido Bazzoli
      First page: 21
      Abstract: O Relatório de Metas de Desenvolvimento Sustentável 2021 das Organizações das Nações Unidas aponta que os impactos da pandemia ocasionados pelo Sars-CoV-2 (COVID-19) servem como espelho para o mundo verificar e buscar soluções para os problemas profundos que estão enraizados nas sociedades modernas que podem comprometer as gerações presentes e futuras. Neste sentido, este artigo objetivou realizar uma revisão bibliométrica para verificar o estado da arte da Inteligência Artificial (IA) visando encontrar alternativas que possam evitar retrocessos na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em tempos de COVID-19. A metodologia fundamentou-se nos métodos Bibliométrico e Prisma, a partir da triagem de 46 documentos de periódicos internacionais da base de dados Scopus, publicados em 2016 a junho de 2021, através da fórmula de busca “Artificial Intelligence” e “Sustainable Development Goals” ou “SDGs”. Os resultados evidenciaram que a IA por meio de suas alternativas tecnologias inovadoras constitui ferramenta hábil à efetivação dos ODS. A conclusão foi que a inteligência artificial, se bem administrada pelos arranjos organizacionais, pode viabilizar a implementação dos ODS e inibir retrocessos sociais, econômicos e ambientais em tempos de COVID-19.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.9145
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • AVALIAÇÃO DA GESTÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO: UMA ANÁLISE DOS
           CICLOS RAPPAM DOS PARQUES NACIONAIS DA AMAZÔNIA

    • Authors: Antonio Gabriel Lessa Soares, Carolina de Andrade Spinola, Renato Barbosa Reis
      First page: 22
      Abstract: As unidades de conservação brasileiras, notadamente as localizadas na região Norte, enfrentam uma série de ameaças externas. Estas sofrem com restrições financeiras e administrativas por parte dos governantes que acabam por limitar a efetividade de seu manejo. O objetivo do trabalho é analisar os resultados da aplicação do método de avaliação de gestão do método RAPPAM nos parques nacionais da região, nos ciclos de 2005-2006, 2010 e 2015. Recorreu-se aos relatórios elaborados pela WWF e ICMBIO, cujos dados foram submetidos a uma análise quantitativa. Concluiu que a despeito da grande importância biológica e socioeconômica dos parnas os problemas com os insumos necessários e os processos de gestão comprometem o nível de atingimento de seus objetivos.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.8711
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS À HABITAÇÃO SOCIAL: PERSPECTIVAS ALÉM DA
           CASA EM PORTO ALEGRE (RS)

    • Authors: Gabriela de Freitas, Luana Pavan Detoni, Barbara Rodrigues Marinho, Heleniza Ávila Campos
      First page: 22
      Abstract: Este artigo aborda a temática das políticas públicas voltadas à Habitação de Interesse Social, pautada pelo seguinte questionamento: Como são planejadas, realizadas, construídas e exploradas as estratégias para provisão de moradia, numa perspectiva além da unidade habitacional' Com o objetivo de apresentar e refletir sobre os instrumentos legais e espaços que garantem o acesso à moradia e possibilitam ultrapassar a noção da habitação enquanto bem material, é realizada uma análise documental e bibliográfica, de modo articulado entre a legislação brasileira e as noções de “moradia digna”, “território usado” e “apropriação ou urbano experiência”. Como resultados, discute-se sobre o papel da Regularização Fundiária, a alternativa da Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS) e a experiência do Orçamento Participativo, com ênfase no contexto de Porto Alegre/RS. Em síntese, as contribuições deste estudo apontam que a apreensão da habitação emerge da abrangência das relações socioespaciais que constituem o território. Palavras-chave: Habitação social; Políticas Públicas; Regularização Fundiária; Assistência Técnica; Orçamento Participativo
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.9049
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • AVALIAÇÃO DO IMPACTO DO PROGRAMA ADOLESCENTE APRENDIZ SOBRE A
           CRIMINALIDADE NO MUNICÍPIO DE DIADEMA-SP

    • Authors: Iana Lopes Bicalho, Pedro Rodrigues Oliveira, Steffany Costa Jardim, Evandro Camargos Teixeira
      First page: 23
      Abstract: Este estudo tem como objetivo analisar o efeito do Programa Adolescente Aprendiz (PAA) sobre as taxas de homicídios per capita no município de Diadema/SP. Implementado em 2001, o PAA visou a postergação da entrada dos jovens no mercado de trabalho, concomitantemente a oferta de cursos profissionalizantes. Para tal, o Programa objetiva o atendimento de 500 jovens por ano entre 15 e 24 anos, expostos à violência e que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Nesse sentido, a ideia é que os indivíduos assistidos pelo Programa entrem futuramente no mercado de trabalho com maior estoque de capital humano e melhores perspectivas em termos de produtividade. Logo, estes jovens terão menor propensão a praticar atividades ilícitas, vide a teoria econômica do crime de Becker (1968), diminuindo a criminalidade no município tratado, Diadema/SP. A metodologia utilizada foi o modelo de Diferenças em Diferenças (DD), estimado após o pareamento realizado através do método de Propensity Score Matching (PSM). Os resultados demonstram que a adoção do PAA diminuiu a taxa de homicídios per capita no município entre os anos 2000 e 2002.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.9143
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
  • AUDITORIAS OPERACIONAIS AMBIENTAIS NOS TRIBUNAIS DE CONTAS: NOVAS
           PERSPECTIVAS

    • Authors: Cristhian Carla Bueno de Albuquerque, Anderson Catapan, Antonio Gonçalves de Oliveira
      First page: 23
      Abstract: O Tribunal de Contas possui competência e capacidade técnica-operacional de controlar e fiscalizar o patrimônio ambiental, por meio de recomendações expedidas aos responsáveis pela gestão do meio ambiente, visando assegurar a preservação deste bem de uso comum do povo e essencial a qualidade de vida da coletividade, garantindo o desenvolvimento sustentável das presentes e futuras gerações. Objetivando analisar a importância da auditoria operacional ambiental e suas contribuições para o desenvolvimento sustentável dos órgãos/entes auditados no Estado do Paraná foi realizada uma pesquisa exploratória por meio de investigação bibliográfica, documental e observação teórico-empírica, apoiando-se em análise descritiva de dados, sobre os procedimentos adotados pelo citado Tribunal. Constatou-se que, embora haja iniciativas importantes para fins de fortalecimento das auditorias operacionais ambientais a atuação do tribunal de contas ainda é incipiente nesta temática, sendo que desde 2009 até o presente ano, menos de 25% dos Municípios paranaenses foram fiscalizados. Depreende-se que são necessárias medidas institucionais visando ao fomento e o aperfeiçoamento dos procedimentos na Corte de Contas Paranaense, a fim de assegurar maior transparência dos relatórios de auditorias, bem como, maior diálogo com o ente auditado e com o Poder Legislativo.
      PubDate: 2022-02-10
      DOI: 10.18224/baru.v8i0.12095
      Issue No: Vol. 8 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.239.112.140
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-