Subjects -> HISTORY (Total: 1540 journals)
    - HISTORY (859 journals)
    - History (General) (45 journals)
    - HISTORY OF AFRICA (72 journals)
    - HISTORY OF ASIA (67 journals)
    - HISTORY OF AUSTRALASIA AREAS (10 journals)
    - HISTORY OF EUROPE (256 journals)
    - HISTORY OF THE AMERICAS (183 journals)
    - HISTORY OF THE NEAR EAST (48 journals)

HISTORY (859 journals)            First | 1 2 3 4 5     

Showing 601 - 452 of 452 Journals sorted alphabetically
New Hibernia Review     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Newfoundland and Labrador Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Nineteenth-Century Contexts: An Interdisciplinary Journal     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Noctua. La tradizione filosofica dall'antico al moderno     Open Access   (Followers: 1)
Nomenclatura : aproximaciones a los estudios hispánicos     Open Access  
Nordic Journal of Educational History     Open Access   (Followers: 1)
Northeast African Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Northern History     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Northern Scotland     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Notes & Records of the Royal Society     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Nottingham Medieval Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Nuevo mundo mundos nuevos     Open Access   (Followers: 1)
Nuova Rivista Storica     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Ohio History     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Ohm : Obradoiro de Historia Moderna     Full-text available via subscription  
Opuscula : Short Texts of the Middle Ages and Renaissance     Open Access   (Followers: 2)
Oral History Review     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Oriens     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Orvosi Hetilap     Full-text available via subscription  
Osiris     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Oud Holland - Quarterly for Dutch Art History     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Oxford German Studies     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Paedagogica Historica: International Journal of the History of Education     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Palestine Exploration Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Paradigmi     Full-text available via subscription  
Paragone : Past and Present     Full-text available via subscription  
Parergon     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Parliamentary History     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Parliaments, Estates and Representation     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Pasado Abierto     Open Access  
Passato e presente     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Passepartout     Open Access  
Past & Present     Hybrid Journal   (Followers: 141)
Pastoralism : Research, Policy and Practice     Open Access   (Followers: 2)
Patrimoines du Sud     Open Access  
Patristica et Mediævalia     Open Access  
Pecia     Full-text available via subscription  
Pedralbes : revista d'història moderna     Open Access  
Penn History Review     Open Access   (Followers: 3)
Pennsylvania History: A Journal of Mid-Atlantic Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Peritia     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Perspective     Open Access   (Followers: 1)
Pharmaceutical Historian     Open Access  
Philippine Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Pleine Marge     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
PLURA, Revista de Estudos de Religião / PLURA, Journal for the Study of Religion     Open Access   (Followers: 3)
Policy and Society     Open Access   (Followers: 6)
Polis : The Journal of the Society for Greek Political Thought     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Politéia : História e Sociedade     Open Access  
Politics & Society     Hybrid Journal   (Followers: 39)
Politikon: South African Journal of Political Studies     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Politique et Sociétés     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Popular Music History     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Porta Aurea     Open Access  
Postcolonial Studies     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Postcolonial Text     Open Access   (Followers: 8)
Préhistoires méditerranéennes     Open Access   (Followers: 1)
Proceedings of the Aristotelian Society (hardback)     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Proceedings of the Institution of Civil Engineers - Engineering History and Heritage     Hybrid Journal  
Proceedings of the Linnean Society of New South Wales     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Proceedings of the Prehistoric Society     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Proceedings of the Royal Society of Queensland, The     Full-text available via subscription  
Proceedings of the Zoological Society     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Procesos Historicos     Open Access  
Prose Studies: History, Theory, Criticism     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Przegląd Nauk Historycznych     Open Access  
Psychoanalysis and History     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Psychoanalysis Culture & Society     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Publications du Centre Européen d'Etudes Bourguignonnes     Full-text available via subscription  
Purdue Historian     Open Access  
Quaderns d’Història de l’Enginyeria     Open Access  
Quaker History     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Queensland Naturalist     Full-text available via subscription  
Queensland Review     Full-text available via subscription  
Questes : Revue pluridisciplinaire d'études médiévales     Open Access  
Quintana. Revista de Estudos do Departamento de Historia da Arte     Open Access  
RADAR : Historiedidaktisk tidsskrift     Open Access   (Followers: 1)
Rasenna : Journal of the Center for Etruscan Studies     Open Access   (Followers: 3)
Rationality and Society     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Raven : A Journal of Vexillology     Hybrid Journal  
Reinardus     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Relaciones. Estudios de historia y sociedad     Open Access  
Renaissance Drama     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Renaissance Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 52)
Renaissance Studies     Hybrid Journal   (Followers: 31)
Res Gesta     Open Access  
Res Historica     Open Access  
Rethinking History: The Journal of Theory and Practice     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Reti Medievali Rivista     Open Access   (Followers: 1)
Review of Central and East European Law     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Reviews in American History     Full-text available via subscription   (Followers: 20)
Revista Alétheia     Open Access  
Revista Análisis Internacional     Open Access  
Revista Chilena de Historia del Derecho     Open Access   (Followers: 1)
Revista Crítica Histórica     Open Access  
Revista de Estudios Historico-Juridicos     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Historia (Concepción)     Open Access  
Revista de História Bilros. História(s), Sociedade(s) e Cultura(s)     Open Access  
Revista de Historia del Derecho     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Historia Industrial. Economía y Empresa     Open Access  
Revista de Historia Social y de las Mentalidades     Open Access  
Revista de Historia Universal     Open Access  
Revista de Istorie a Moldovei     Open Access   (Followers: 2)
Revista Eletrônica Discente História.com     Open Access  
Revista Habitus : Revista do Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia     Open Access  
Revista Historia Autónoma     Open Access  
Revista Maracanan     Open Access  
Revista Memória em Rede     Open Access  
Revista Mosaico : Revista de História     Open Access  
Revista Paginas     Open Access   (Followers: 1)
Revolutionary Russia     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Revue archéologique de l'Est     Open Access   (Followers: 3)
Revue archéologique du Centre de la France     Open Access   (Followers: 1)
Revue d'histoire de l'Amérique française     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Revue d'Histoire de l'Eglise de France     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Revue d'histoire de l'enfance     Open Access  
Revue d'Histoire des Textes     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Revue d'histoire du XIXe siècle     Open Access   (Followers: 6)
Revue d'Histoire Ecclésiastique     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Revue de géographie historique     Open Access  
Revue de l’Histoire des Religions     Open Access   (Followers: 7)
Revue des Études Arméniennes     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Revue d’histoire des sciences humaines     Open Access   (Followers: 1)
Revue Mabillon     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Rhetoric Society Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 24)
RIHA Journal     Open Access   (Followers: 5)
RIHC : Revista Internacional de Historia de la Comunicación     Open Access  
Romanticism     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Romanticism on the Net     Open Access   (Followers: 7)
Romantik : Journal for the Study of Romanticisms     Open Access   (Followers: 2)
Rúbrica Contemporánea     Open Access  
RUDN Journal of Russian History     Open Access   (Followers: 1)
RUDN Journal of World History     Open Access  
Rural History     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Russian Education & Society     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Russian History     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Russian Review     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Sacris Erudiri     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Saeculum. Jahrbuch für Universalgeschichte     Open Access   (Followers: 2)
Safundi : The Journal of South African and American Studies     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Sasdaya : Gadjah Mada Journal of Humanities     Open Access  
Scandinavian Journal of History     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Scando-Slavica     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Science & Society     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Scientia Canadensis: Canadian Journal of the History of Science, Technology and Medicine / Scientia Canadensis : revue canadienne d'histoire des sciences, des techniques et de la médecine     Open Access   (Followers: 4)
Scientia Militaria : South African Journal of Military Studies     Open Access   (Followers: 3)
Scottish Church History     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Scottish Historical Review     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Scrineum Rivista     Open Access  
Scrinium : Journal of Patrology and Critical Hagiography     Open Access  
Scrutiny2: Issues in English Studies in Southern Africa     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Sémata : Ciencias Sociais e Humanidades     Full-text available via subscription  
Semina : Revista dos Pós-Graduandos em História da UPF     Open Access  
Senses and Society     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Serendipities : Journal for the Sociology and History of the Social Sciences     Open Access  
Sibirica     Open Access   (Followers: 1)
Siècles     Open Access   (Followers: 1)
Signals     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Signos Historicos     Open Access  
Slagmark - Tidsskrift for idéhistorie     Open Access   (Followers: 3)
Slavery & Abolition: A Journal of Slave and Post-Slave Studies     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Slavonica     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Social History     Hybrid Journal   (Followers: 57)
Social History of Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 26)
Social Science History     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
Social Sciences and Missions     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Società e Storia     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Society     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Society and Economy     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Sociología Histórica     Open Access  
South African Historical Journal     Hybrid Journal   (Followers: 4)
South African Journal of Economics : SAJE     Hybrid Journal   (Followers: 7)
South Asia Research     Hybrid Journal   (Followers: 9)
South Asia: Journal of South Asian Studies     Hybrid Journal   (Followers: 17)
South Asian History and Culture     Hybrid Journal   (Followers: 4)
South Asian Popular Culture     Hybrid Journal   (Followers: 3)
South Asian Survey     Hybrid Journal   (Followers: 3)
South Australian Naturalist, The     Full-text available via subscription  
South Central Review     Full-text available via subscription  
South European Society and Politics     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Southeast European and Black Sea Studies     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Southwestern Historical Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Soviet and Post-Soviet Review     Hybrid Journal   (Followers: 7)
SPAL : Revista de Prehistoria y Arqueología     Open Access  
Spontaneous Generations : A Journal for the History and Philosophy of Science     Open Access   (Followers: 2)
Sport in History     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Studi di Storia Medioevale e di Diplomatica - Nuova Serie     Open Access  
Studia Aurea : Revista de Literatura Española y Teoría Literaria del Renacimiento y Siglo de Oro     Open Access   (Followers: 1)
Studia Historiae Ecclesiasticae     Open Access   (Followers: 3)
Studia Historiae Oeconomicae     Open Access  
Studia Historyczne     Open Access  
Studia Iranica     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Studia Litteraria et Historica     Open Access  
Studia z Historii Filozofii     Open Access  
Studies in Church History     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Studies in Digital Heritage     Open Access   (Followers: 2)
Studies in East European Thought     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Studies in Eighteenth Century Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 27)
Studies in History     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Studies in History and Philosophy of Science     Hybrid Journal   (Followers: 13)

  First | 1 2 3 4 5     

Similar Journals
Journal Cover
Revista Mosaico : Revista de História
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 1983-7801
Published by Pontificia Universidade Católica de Goiás Homepage  [8 journals]
  • EDITORIAL

    • Authors: Thais Alves Marinho
      Pages: 1 - 2
      Abstract:  
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.12119
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • DESDISCIPLINAR-SE PELA HISTÓRIA DA LOUCURA

    • Authors: Eduardo Sugizaki, Eder Mendes de Paula
      Pages: 3 - 7
      Abstract: O Dossiê História da Loucura tem por referência principal a obra homônima de Michel Foucault. O significado principal disso é que a loucura é, em primeiro lugar e acima de tudo, um acontecimento cultural pelo qual atravessam os vieses do poder. A loucura aconteceu, no Ocidente, como uma das principais maneiras de apartação dos sujeitos em apenas dois lados. Daí que a loucura seja um dos principais temas numa história dos modos de constituição da subjetividade. Mas, é importante destacar que uma das principais heranças dessa obra de Foucault aconteceu com uma publicação de Robert Castel, A Ordem Psiquiátrica: a Idade de Ouro do Alienismo, seguida por uma obra em coautoria com Françoise Castel e Anne Lovell, Sociedade psiquiatrizada avançada, o modelo norte-americano. Nessas duas obras, o conceito de psiquiatrização da sociedade permite ver que a história da loucura da contemporaneidade alcança a sociedade global na mesma direção que a psiquiatria avança sobre o social, muito para além dos muros do hospício. Tomadas essas referências principais, estamos chamando textos que se ocupem não apenas com a história das instituições asilares, mas também da filosofia, dos saberes, da sociedade, da arte (a música, a literatura, a poesia, o cinema, a fotografia, a pintura, o teatro, a arquitetura etc) enquanto desafiados pela loucura. Temas muito caros seriam também a psiquiatrização da criança, sobretudo na e pela escola; e a psiquiatrização da adolescência, sobretudo pela socioeducação, pelo policiamento, pela institucionalização punitiva. Por fim, também merecem grande interesse as pesquisas atentas à história regional, na medida em que aterrissam a história da loucura nos problemas da sociedade local e na tal modernização de nossos territórios.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.12120
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • OS HENRIQUES DE LIMA BARRETO E AS EXPERIÊNCIAS COM A LOUCURA: UM
           DESTINO INEXORÁVEL'

    • Authors: Magali Gouveia Engel
      Pages: 8 - 26
      Abstract: O artigo destina-se a reconstituir a trajetória de vida de João Henriques de Lima Barreto (1853-1922), enfatizando sua formação educacional e profissional e em suas redes de sociabilidade. Na análise da história de João busquei inseri-lo no âmbito dos segmentos sociais de trabalhadores assalariados de ascendência africana, livres e libertos. Embora submetidos à posição de subalternidade, ressalto a agência desses indivíduos ao construírem estratégias de sobrevivência e resistência para enfrentar a precariedade de suas condições de vida, a violência das discriminações de raça e cor, entre outros fatores de opressão impostos pela sociedade escravista, redefinidos e consolidados no pós-abolição. Sob o signo de diversos estigmas, o perfil de João tem sido delineado e difundido pela produção biográfica sobre o seu filho, o escritor Afonso Henriques de Lima Barreto (1881-1922). Dentre esses estigmas, tenciono questionar mais profundamente a marca da loucura, fortemente presente nas narrativas biográficas sobre os Lima Barreto.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8969
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • LIMA BARRETO, O HOSPÍCIO E A LOUCURA COMO LUGAR DE FALA

    • Authors: Sílvio Camargo
      Pages: 27 - 38
      Abstract: Busco nesse artigo situar o escritor brasileiro Lima Barreto na história da loucura e das instituições manicomiais no Brasil. Internado por duas vezes em um manicômio o escritor teve toda sua vida marcada pelas sombras da loucura, a partir de suas próprias relações familiares. Amparado metodologicamente na forma do ensaio busco traçar as ambiguidades e sofrimento de Lima tendo como referência o Diário do Hospício, texto redigido pelo autor durante sua segunda internação hospitalar. Este artigo aponta para a hipótese de que foi a experiência social do escritor carioca o que melhor caracteriza seus supostos atos de anormalidade, sendo que é na singularidade imanente a tal experiência que Lima encontra para além de sua condição de negro e pobre a contextualização de sua exclusão social.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8870
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • ESSA ESTRANHA VIZINHANÇA DA LOUCURA COM A LITERATURA

    • Authors: Joyce Rodrigues Silva Gonçalves
      Pages: 39 - 46
      Abstract: A loucura é retratada de diversas formas ao longo da história da humanidade. Tradicionalmente, a figura do louco seria uma alegoria para representação daquilo ou daquele que é diferente, que não se encaixa nos padrões sociais para uma convivência harmônica em comunidade. Pensando na segregação dos sujeitos considerados desviantes na sociedade convencional, este breve estudo pretende realizar uma análise sobre a representação da loucura na literatura, a fim de verificar de que modo as influências históricas ainda são evocadas nas artes, e como são transgredidas essas influências através da criação literária de personagens icônicos e enigmáticos, que, por não se moldarem ao sistema social dominante, acabam sendo considerados loucos, e enlouquecendo os que os cercam. Alguns textos literários serão evocados a título de exemplo da loucura na obra, particularmente o conto “Bartleby, o escrivão”, de Herman Melville. Como referência teórica, serão consideradas, principalmente, as reflexões de Michel Foucault.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8879
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • HISTÓRIA E CINEMA: AS REPRESENTAÇÕES DA LOUCURA NO FILME
           LOUCURA DE AMOR (2021)

    • Authors: Luana Barbosa Miranda Souza, Lorena Danielle Santos
      Pages: 47 - 60
      Abstract: O tema central desse artigo está relacionado à ideia de loucura que, ao longo da nossa história ocidental, tem desvelado uma série de questões sociais que decorrem, quase sempre, da prática contínua do preconceito social sobre os sujeitos históricos portadores de algum transtorno mental e comportamental. Para discutir o assunto, tomamos como fonte histórica o filme Loucura de amor (2021), dirigido por Dani de La Orden. Disponível na plataforma de streaming Netflix, tal produção tem como principal cenário uma clínica psiquiátrica onde os personagens são portadores das mais diversas experiências de vida e também de distintos transtornos mentais e comportamentais. Através desses personagens objetivamos analisar a maneira como a loucura foi representada e caracterizada, tendo em vista que o cinema, muito além de ser apenas uma forma de entretenimento, possui uma dimensão didática capaz de transmitir às pessoas um vasto conjunto de informações sobre os mais variados assuntos.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8875
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • A EXPERIÊNCIA TRÁGICA DA LOUCURA EM NIETZSCHE E FOUCAULT

    • Authors: Ronivaldo de Oliveira Rego Santos
      Pages: 61 - 70
      Abstract: Trata-se de mostrar que a pesquisa foucautiana sobre história da loucura tem um de seus fundamentos na perspectiva trágica articulada por Nietzsche. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é reativar as linhas gerais dessa possibilidade, que já havia sido levantada por Roberto Machado (2005; 2012). Sendo assim, o que está em jogo é tentar mostrar que esse debate é ao mesmo tempo uma crítica da racionalidade ocidental moderna e uma produção de tensões para pensar o presente.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8896
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • VEIO O TEMPO EM QUE A TERRA PERGUNTA

    • Authors: Erica Franceschini, Luciano Bedin da Costa
      Pages: 71 - 81
      Abstract: Este artigo pretende problematizar as narrativas acerca do fim do mundo, considerando a prática de colocar problemas um modo de efetuar um pensamento outro, na relação com outras disciplinas e com outros saberes. A terra, nesta perspectiva, é quem demanda por perguntas, diante das devastações em larga escala e das catástrofes ecológicas, conjuntamente, com o aniquilamento dos povos que têm no solo sua imanência. Discutimos, ademais, questões que concernem ao nosso tempo, como o conceito de niilismo, apresentado por Nietzsche no século XIX e atualizado na contemporaneidade sob o nome de Biopolítica (Foucault, 1974/1984). Assim, intentamos buscar uma outra política de vida, esgotando modos de existência autocentrados para uma posição coletiva de pertencimento ao cosmos, a partir da experiência dos povos ameríndios que, há muito tempo, lutam contra seu próprio fim e, apesar de tudo, ainda acreditam no mundo.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8734
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • CORPOS INSUBMISSOS: A PRODUÇÃO DO SUJEITO ANORMAL E A RESISTÊNCIA DAS
           JUVENTUDES NAS INSTITUIÇÕES E PERIFERIAS

    • Authors: Kellen Maria Sodré Machado, Lílian Rodrigues da Cruz
      Pages: 82 - 93
      Abstract: O presente artigo busca tecer uma discussão acerca das condições de possibilidade para emergência das resistências cotidianas que se fazem necessárias às juventudes nas periferias e em situação de institucionalização. Tomando por base os estudos de Foucault, busca-se problematizar a atuação dos saberes e poderes que operam no assujeitamento desses corpos, sobretudo por meio do Estado e o modo como são percebidos os movimentos de resistência empreendidos pelos jovens nestes contextos. A partir de duas narrativas atentamos para a potência das ações singulares dos jovens, no sentido de forjar possibilidades frente aos mecanismos de exclusão e patologização das vidas que não se conformam às normas da sociedade e são, portanto, consideradas perigosas a ordem social. Sugere-se uma reflexão em relação as nossas práticas e o uso que fazemos dos saberes que as constituem.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8638
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • A PANDEMIA DO DESESPERO

    • Authors: Jorge Antônio Monteiro de Lima
      Pages: 94 - 100
      Abstract: Neste trabalho vamos discorrer acerca do aumento expressivo dos casos de tendência suicida, transtornos de ansiedade, depressão, que surge a partir de um cenário psicótico de destituição de valores com significativa rupturas de paradigmas e critérios sociais com ampla fuga e distorção da realidade- a era da psicose. Na década de 2010 a 2020 tivemos significativo aumento dos casos, em especial de crianças e adolescentes, com automutilação e ideação suicida. Com o advento da pandemia de Covid-19, ocorre uma ampliação em mais de 40% do número de casos de saúde mental evidenciando uma pandemia. Vamos neste artigo discorrer a partir da saúde mental sobre os principais elementos configurativo de impacto deste cenário e possíveis desdobramentos.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8921
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • SOBRE GLOBALIZAÇÃO, EDUCAÇÃO, INCLUSÃO.
           POSSIBILIDADES'

    • Authors: Adelmar Santos de Araújo
      Pages: 101 - 115
      Abstract: Observa-se que não são poucas as razões de estudar a educação inclusiva. Possivelmente sua marginalidade seja o foco do historiador. Contudo, os objetos de uma história problema fazem com que a história, obrigatoriamente, saia de sua velha cidadela, para lembrar as palavras de Michel Foucault (LE GOFF, 2005, p. 24). O objetivo deste estudo foi, antes, realizar um percurso de discussão em torno da questão da educação inclusiva do que propriamente esboçar uma definição. Para tanto, importa dizer que primeiramente se deve visitar as instituições escolares e suas práticas em torno de interrogações tais como o que é inclusão e o que é aluno incluso, por exemplo. Em termos metodológicos, foram analisados documentos oficiais e textos em geral (artigos e trabalhos acadêmicos, livros etc.) sobre o tema, sempre se levando em consideração a necessidade de problematizar e contribuir com o debate. O texto está dividido em três seções. A primeira traz uma discussão mais geral acerca da educação no contexto da globalização, a partir de questões levantadas por Sander (2005), Santos (2016) e outros teóricos. A segunda seção traz uma retrospectiva de marcos importantes na construção da educação inclusiva no ensino regular com base em Dellani e Moraes (2012), Mantoan (2003), dentre outros autores. Por fim, a terceira seção traz algumas questões acerca do aluno incluso ou aluno de inclusão.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8801
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: ECOS DA LOUCURA QUE A ESCOLA INCLUSIVA
           NÃO APREENDE

    • Authors: Ana Beatriz Machado de Freitas
      Pages: 116 - 126
      Abstract: Discorre-se acerca história da educação do sujeito com deficiência intelectual, sua identidade em relação à dimensão normativa da escola e os desafios à inclusão educacional. São traçadas similaridades com a história da caracterização do louco, referida na História da loucura, de Foucault. Aborda-se o nascimento da escola especial e da educação para os considerados anormais de inteligência, sob o discurso médico e dos campos “psi”, assentados na necessidade social de educação em massa. Por fim, são levantadas contradições e questões sobre o alcance/eficiência do modelo social-inclusivo de educação e de compreensão de deficiência quando o sujeito a ser escolarizado é diagnosticado ou considerado deficiente intelectual.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8877
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • A REFORMA PSIQUIÁTRICA EM GOIÂNIA: DISCURSOS E PODERES NAS POLÍTICAS DE
           SAÚDE MENTAL

    • Authors: Larissa Arbués Carneiro, Eduardo Sugizaki
      Pages: 127 - 140
      Abstract: A reforma psiquiátrica no Brasil é um campo marcado por tensões de discursos e de práticas que colaboram para torná-la um processo complexo e, por isso, potente em material de análise. No presente artigo visa narrar, tecendo articulações entre discurso e poder no campo da saúde mental, o acontecimento da reforma psiquiátrica em Goiânia como parte da história dessa reforma em âmbito nacional. Para isso, apresenta-se a conformação da Rede de Atenção Psicossocial do Município de Goiânia; discutem-se os retrocessos da gestão política da Saúde Mental no Brasil, nos últimos anos, e os possíveis efeitos disso para o campo da saúde mental e para o Sistema Único de Saúde, agora agravados pela pandemia COVID-19.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8939
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • O LEPROSÁRIO DE ANÁPOLIS: DA ORIGEM AO FIM DO ISOLAMENTO COMPULSÓRIO
           (1932-1986) E A QUESTÃO DO ESTIGMA

    • Authors: Andreia Marquezan, Roseli Martins Tristão Maciel
      Pages: 141 - 152
      Abstract: A história da hanseníase é circunscrita sob a rejeição, a superstição e a intolerância, por ter uma imagem terrificante na memória da humanidade. São muitos os fatores associados à doença, e seu percurso provém de longa data e perpassa não só por questões sociais, mas, especialmente, por questões políticas. Ademais, a exclusão social ocasionada pelo estigma, existente desde os tempos remotos, e, no século XX, reforçado pelas políticas sanitárias com caráter segregacionista, se torna um dos maiores desafios para os portadores desta doença. Diante disso, este trabalho reconstitui a história do leprosário de Anápolis e buscou o aporte do materialismo histórico dialético na análise da presença das instituições religiosas e sua contribuição aos hansenianos, bem como o estigma se tornou a base das relações entre a comunidade em questão e a sociedade na qual está inserida.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8919
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • DESVIO SOCIAL, OBSESSÃO OU DOENÇA MENTAL' UM ESTUDO SOBRE A
           INSTITUCIONALIZAÇÃO DA LOUCURA EM JATAÍ (GO)

    • Authors: Rita de Cássia Andrade Martins, Izabela Assis Rocha, Adailton da Silva
      Pages: 153 - 169
      Abstract: O presente trabalho resulta de pesquisa sobre o processo de institucionalização da loucura no município de Jataí, localizado no sudoeste goiano. Esse processo compreende um conjunto de mudanças na compreensão do que seria a loucura e nas formas de cuidado das pessoas consideradas loucas, analisadas aqui a partir da transição de uma gestão privada e confessional dos serviços de assistência à saúde mental, rumo a uma gestão pública e laica destes serviços. A institucionalização da loucura no município está associada à comunidade espírita kardecista, que foi responsável pela construção e administração de uma série de serviços de assistência a pessoas consideradas loucas. Utilizou-se como referência para a análise desse processo as legislações brasileiras que tratam sobre a loucura, como forma de manifestação do discurso estatal, e entrevistas a personagens que participaram desta história e alguns documentos de época para captar o discurso sobre o tema na esfera local.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8876
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • O SANATÓRIO PSIQUIÁTRICO DA “CIDADE ESPÍRITA” DE PALMELO
           (GOIÁS,1937-1970)

    • Authors: Leicy Francisca da Silva
      Pages: 170 - 186
      Abstract: Resumo: A finalidade deste artigo é analisar o processo de constituição do Sanatório Eurípedes Barsanulfo, edificado em 1937 junto ao Centro Espírita Luz da Verdade situado na cidade de Palmelo, na região Sudeste de Goiás. Essa instituição foi fruto do encontro entre o espiritismo e a assistência curativa aos considerados loucos, e parte de um quadro de instituições menores que formam o conjunto de atenção à loucura em Goiás na primeira metade do século XX. Problematizamos a importância do Sanatório e as apreciações em relação à terapêutica e assistência empregadas' O encaminhamento metodológico se constituiu da revisão da bibliografia, da interpretação dos recortes jornalísticos e da avaliação dos textos literários e memorialísticos tratando da instituição. Esse estudo se fez embasado nas propostas teóricas de Michel Foucault (2009) e Roy Porter (2006) sobre a loucura e as instituições para segregação e assistência aos loucos.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8867
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • OS ALIENADOS DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA E DO HOSPÍCIO EDUARDO
           RIBEIRO: EXCLUSÃO E NORMALIZAÇÃO DO CORPO E DA CIDADE DE MANAUS
           (1880-1927)

    • Authors: Maria de Jesus do Carmo de Araújo
      Pages: 187 - 198
      Abstract: O presente artigo aborda questões envolta de instituições médicas que acolhiam alienados para o tratamento necessário, mas também estava aliado ao discurso político da época no processo de embelezamento da cidade. Manaus viveu um apogeu econômico no final do século XIX para o XX, que proporcionou algumas mudanças sociais, culturais e econômicas, esses fatores serão unidos ao discurso higiênico da época que vai culminar na forma de pensar a doença. Partindo da ideia do uso da ciência para tratar os doentes e a sociedade, o código de postura vai ser uma ferramenta do Estado para normatizar o corpo e a cidade, para isso foi necessário excluir os que estavam doentes ou adoeciam a cidade para espaços distantes do centro urbano, além disso padrões de comportamento foram impostos para que a sociedade fosse vista como moderna e higienizada.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8918
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • SUSPIROS NO SILÊNCIO: LOUCURA E EXPERIÊNCIA EM SALVADOR
           (1912-1914)

    • Authors: Patrick Moraes Sepúlveda
      Pages: 199 - 212
      Abstract: O artigo analisa as estratégias de alienados frente aos mecanismos de dominação na cidade do Salvador, na segunda década do XX. É enfatizado o contexto no qual os indivíduos estão inseridos, marcado por transformações relacionadas ao campo da psiquiatria na Bahia, dentre elas, a transição administrativa do Asilo São João de Deus. Embora na maioria das vezes a experiência desses indivíduos esteja relacionada ao cotidiano asilar, elas podem ser identificadas nas ruas através de suas ações, apresentadas nos periódicos como subversivas aos critérios da ordem social.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8861
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • LOUCURA, HIGIENE MENTAL E DIAGNÓSTICO: UMA BREVE HISTÓRIA DO HOSPITAL DE
           ALIENADOS DE NATAL/RN (1930-1957)

    • Authors: Thaise Gabriella de Almeida Rodrigues
      Pages: 213 - 226
      Abstract: Este artigo objetiva discutir, por meio da análise de prontuários médicos do Hospital de Alienados, o que a psiquiatria do Rio Grande do Norte identificava e definia como loucura (nas décadas de 1930, 1940 e 1950), no que diz respeito às práticas consideradas como desvio das normas sociais e ameaça para higiene mental, além de buscar compreender as relações de sociabilidade da instituição. Ademais, utilizando os periódicos presentes na Hemeroteca Digital, foi feita uma análise acerca do cotidiano do Hospital de Alienados e de seus graves problemas, que foram constantemente midiatizados, principalmente nas décadas de 1940 e 1950, culminando no fechamento da instituição.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8952
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • UMA BREVE HISTÓRIA DA HISTERIA: DA ANTIGUIDADE ATÉ OS TEMPOS
           ATUAIS

    • Authors: Erik Dorff Schmitz
      Pages: 227 - 238
      Abstract: Nesse artigo, apresentaremos uma história da histeria através de uma abordagem histórico-crítica e bibliográfica. Teremos como base os estudos de Michel Foucault, Sigmund Freud e Etienne Trillat, autores de obras como História da Loucura na Idade Clássica, Estudos sobre a Histeria e História da Histeria, respectivamente. Apresentaremos como a histeria foi abordada, com muitos estereótipos, durante vários períodos da história, sendo confundida e/ou denominada em algumas épocas como furor uterinus, ninfomania, melancolia, epilepsia, loucura. Posteriormente demonstraremos como a histeria se aproxima e também se distingue da loucura e de outras psicoses, havendo uma psiquiatrização da mulher histérica. Após isso, abordaremos como na modernidade a histeria é relegada a uma análise cientificista e psicanalítica, permitindo o surgimento de abordagens mais claras e distintas. Por fim, nosso objetivo é apresentar por quais motivos a histeria teve algumas diferentes abordagens no decorrer da história, e como ela é vivenciada nos dias atuais.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8754
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • LOUCO OU CRIMINOSO: DISCURSOS SOBRE OS MARGINALIZADOS NO I CONGRESSO
           MÉDICO DE PERNAMBUCO (1909)

    • Authors: Beatriz Chianca Macario, Vicentina Maria Ramires Borba
      Pages: 239 - 246
      Abstract: Este artigo analisa alguns discursos proferidos no I Congresso Médico de Pernambuco, ocorrido entre os dias 25 de abril e 02 de maio de 1909, na cidade do Recife. Nesse evento foram levantadas questões sobre loucura e criminalidade no que diz respeito à tênue linha que as separa, demonstrando influências da teoria degeneracionista e da antropologia criminal. Analisamos também artigos de jornais da época que corroboram com as ideias debatidas no Congresso.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8848
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • O LOUCO INTERDITADO: O DR. NINA RODRIGUES E OS EMBATES ENTRE O SABER
           MÉDICO E O PODER JUDICIÁRIO

    • Authors: Rafael Santana Bezerra
      Pages: 247 - 261
      Abstract: No Brasil, o estabelecimento das regras para internamento e interdição civil de “alienados” só foram possíveis a partir de 1916 com a promulgação do primeiro Código Civil brasileiro. Até então, regiam-se essas categorias a partir das Ordenações Filipinas ou de legislações específicas que funcionavam para determinadas instituições médicas, como a própria lei de 1903. Dada à desorganização sobre a matéria, emergiram inúmeros casos de “sequestrações ilegais” de pessoas sãs em asilos hospitalares, além de interdições jurídicas consideradas injustas ou mal intencionadas. Este trabalho tem como objetivo analisar a atuação de médicos legistas contra as imposições do poder jurídico aos sujeitos considerados alienados. Trata-se de identificar as lutas e estratégias de enfrentamento do campo médico contra o campo jurídico. Dois espaços de poder em luta pela legitimidade do saber científico e pelo domínio de um objeto: o louco interditado. Para isso, analisaremos especificamente, a atuação de Raimundo Nina Rodrigues, médico-legal, professor da Faculdade de Medicina da Bahia, nos tribunais de justiça.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8872
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • INVESTIGANDO CATEGORIAS: A LOUCURA EM DISPOSITIVOS LEGAIS BRASILEIROS

    • Authors: Bárbara Rodrigues do Espirito Santo
      Pages: 262 - 272
      Abstract: o artigo apresenta uma investigação sobre o uso de categorias analíticas e diagnósticas presentes em três dispositivos legais brasileiros: o Decreto 24.559/1934, o Projeto de Lei 3.657/1989 e a Lei 10.216/2001. Quanto a razão por trás da escolha dessas três fontes: o decreto de 1934 regulamentou a assistência ao doente mental até a lei de 2001, que consistiu em substitutivo ao projeto de 1989. Por meio de estudo em perspectiva comparada, a intenção foi pensar as alterações e permanências das categorias relativas à saúde mental presentes nesses dispositivos, analisando seus contextos de produção, as estruturas nelas reificadas e quais as visões por meio delas incitadas. Esse estudo traz compreensões, tanto sobre os direitos dos loucos no Brasil, quanto sobre a própria luta antimanicomial, iniciada durante o processo de Reforma Psiquiátrica.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8878
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • O CASO DA VARA (1891): UM CONTO DE MACHADO DE ASSIS QUE REVELA A FACE DA
           ESCRAVIDÃO BRASILEIRA DO SÉCULO XIX

    • Authors: Murilo Chaves Vilarinho
      Pages: 273 - 282
      Abstract: Machado de Assis, por meio de seus escritos literários, verdadeiras narrativas históricas (CHALHOUB, 2003), legou à posteridade elementos de memória capazes de auxiliar a compreensão do ter-sido, ou seja, daquilo que o passado encobriu (RICOEUR, 2007). O escritor observou o cotidiano social do Rio de Janeiro dezenovesco, que forneceu para seus escritos substância histórica que corroborou a estruturação de seus romances, crônicas e contos- genuínos registros da história social brasileira, mesmo que ficcionais. Este capítulo objetiva refletir sobre a escravidão negra, por intermédio do conto O Caso da Vara (1900). Foi empregado pesquisa bibliográfica e análise documental para abordagem do texto. Conclui-se que, de modo astucioso e crítico, o significado negativo da escravidão na vida daqueles que eram considerados meros objetos, não passou despercebido aos olhos do intelectual.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8780
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • DITADURA E COTIDIANO ESTUDANTIL EM AS MENINAS, DE LYGIA FAGUNDES TELLES

    • Authors: Anderson Almeida, César Martins de Souza, João Jesus Rosa
      Pages: 283 - 295
      Abstract: O artigo analisa a partir de uma abordagem interdisciplinar o romance As meninas de Lygia Fagundes Telles, publicado em 1973 e premiado no ano seguinte. Escrito por autores que dialogam com a Antropologia, a História e a Literatura, o presente texto problematiza questões sensíveis que dizem respeito ao debate sobre realidade, ficção e imaginação, passando pela discussão sobre o estatuto de documento das obras literárias e a presença da Literatura no contexto da Ditadura Civil-Militar no Brasil (1964-1985), especialmente após o Ato Institucional n.5, decretado em dezembro de 1968, que deu início à fase mais dura do período, conhecido como Anos de Chumbo. Na sequência, perfis das características de cada personagem são apresentados objetivando uma melhor análise entre os leitores que ainda não tiveram contato com a obra em tela. Por fim, mergulha no cotidiano estudantil através das personagens construídas por Lygia Fagundes Telles.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8768
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • ELOQUÊNCIA SUBLIME E MORAL MODESTA A SERVIÇO DE UMA SOCIEDADE IDEAL:
           ASPECTOS DA RECUPERAÇÃO DE PLATÃO NO SÉCULO XVIII

    • Authors: André Caruso
      Pages: 296 - 307
      Abstract: A partir da segunda metade do século XVIII, Platão será tomado como exemplo de eloquência e moral por muitos eruditos, especialmente os ligados à Igreja. Em seguida, Platão será mobilizado como máquina de guerra contrarrevolucionária, por nomes como Joseph de Maistre. No entanto, essa apreciação positiva do filósofo grego contrasta radicalmente com a desconfiança e animosidade que os eruditos do século anterior lhe demonstravam. No século XVII, Platão era visto como um filósofo que conduzia à heresia, seus escritos eram considerados obscuros e sem utilidade. Quais foram as causas dessa mudança' Propomos que a obra de François Fénelon foi a responsável por essa mudança. O famoso arcebispo de Cambrai avançou, a partir da sua leitura de Platão, a importância da submissão da estética à ética.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8965
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • POLÍTICA POMBALINA E REFORMAS URBANAS EM PORTO SEGURO (SÉCULO
           XVIII)

    • Authors: Marcelo Henrique Dias, Ingrid de Araújo Gomes
      Pages: 308 - 324
      Abstract: Este artigo analisa a configuração morfológica da vila colonial de Porto Seguro como expressão do projeto de urbanização colocado em curso pelos primeiros ouvidores que geriram a comarca, com destaque para José Xavier Machado Monteiro. Em 1763, com a criação da ouvidoria de Porto Seguro, teve início um projeto político de Estado que implicava na formação de núcleos urbanos planejados e na remodelação dos já existentes. Projetava-se, com isso, impulsionar o estabelecimento de novos valores culturais para as comunidades indígenas, população ainda predominante naquela antiga capitania. A vila sede, por sua vez, foi reconfigurada na sua tessitura urbana, assim como na arquitetura de seus edifícios institucionais e residenciais, seguindo modelos que traduzem elementos característicos do urbanismo de matriz portuguesa, ainda presentes no centro histórico da cidade alta.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8953
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • ESPAÇOS MUSEAIS E A MEMÓRIA COLETIVA: MUSEU GOIANO PROFESSOR
           ZOROASTRO ARTIAGA

    • Authors: Wilton de Araújo Medeiros, Maysa Moreira Antunes
      Pages: 325 - 337
      Abstract: Este artigo discorre sobre a memória coletiva e verificar se há representação desta memória no acervo do Museu Zoroastro Artiaga, primeiro museu de Goiânia-GO. Para isto, são feitas análises do seu contexto histórico, desde as suas primeiras coleções até o acervo atual. No decorrer do artigo, é apresentado as reflexões conceituais sobre os museus, memória individual e coletiva e os locais de memória. Após, é relatado sobre a história e a trajetória das coleções do Museu Zoroastro Artiaga e mostrado o desfecho que, atualmente o museu possui um acervo bastante eclético e apesar que o seu foco inicial era de intuito educativo e de salvaguardar os bens, foi constatado que o mesmo possui também coleções representativas do que seria a “memória coletiva do povo goiano”, incluso nesta um sentido de origem.
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8950
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
  • NELLY BLY DENUNCIA O ENCARCERAMENTO DA LOUCURA, NO SÉCULO XIX.

    • Authors: Tatiana Carilly Oliveira Andrade, Eduardo Sugizaki
      Pages: 338 - 339
      Abstract:  
      PubDate: 2021-12-22
      DOI: 10.18224/mos.v14i2.8941
      Issue No: Vol. 14, No. 2 (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 34.231.244.12
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-