Subjects -> HISTORY (Total: 1540 journals)
    - HISTORY (859 journals)
    - History (General) (45 journals)
    - HISTORY OF AFRICA (72 journals)
    - HISTORY OF ASIA (67 journals)
    - HISTORY OF AUSTRALASIA AREAS (10 journals)
    - HISTORY OF EUROPE (256 journals)
    - HISTORY OF THE AMERICAS (183 journals)
    - HISTORY OF THE NEAR EAST (48 journals)

HISTORY (859 journals)            First | 1 2 3 4 5     

Showing 801 - 452 of 452 Journals sorted alphabetically
Studies in East European Thought     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Studies in Eighteenth Century Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 27)
Studies in History     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Studies in History and Philosophy of Science     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Studies in People’s History     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Studies in the History of Gardens & Designed Landscapes: An International Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Studies in Western Australian History     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Substantia     Open Access  
Suomen Sukututkimusseuran Vuosikirja     Open Access  
SUSURGALUR : Jurnal Kajian Sejarah & Pendidikan Sejarah (Journal of History Education & Historical Studies)     Open Access  
T'oung Pao     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Tangence     Full-text available via subscription  
Tartu Ülikooli ajaloo küsimusi     Open Access   (Followers: 1)
Teaching History     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Technology and Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 32)
Tekniikan Waiheita     Open Access  
temp - tidsskrift for historie     Full-text available via subscription  
Temporalidades     Open Access  
Territories : A Trans-Cultural Journal of Regional Studies     Open Access   (Followers: 1)
Testimonios     Open Access  
The Americas : A Quarterly Review of Latin American History     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
The Corvette     Open Access  
The Court Historian : The International Journal of Court Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
The Eighteenth Century     Full-text available via subscription   (Followers: 35)
The European Legacy: Toward New Paradigms     Hybrid Journal   (Followers: 1)
The Hilltop Review : A Journal of Western Michigan University Graduate Student Research     Open Access  
The Historian     Hybrid Journal   (Followers: 30)
The International History Review     Hybrid Journal   (Followers: 26)
The Italianist     Hybrid Journal   (Followers: 7)
The Journal of the Historical Society     Hybrid Journal   (Followers: 11)
The Seventeenth Century     Hybrid Journal   (Followers: 19)
The Sixties: A Journal of History, Politics and Culture     Hybrid Journal   (Followers: 9)
The Workshop     Open Access  
Theatre History Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Tiempo y Espacio     Open Access  
Tijdschrift voor Geschiedenis     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Tijdschrift voor Rechtsgeschiedenis / Revue d'Histoire du Droit / The Legal History Review     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Time & Society     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Trabajos y Comunicaciones     Open Access  
Traditio     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Trans-pasando Fronteras     Open Access  
Transactions of the Philological Society     Hybrid Journal  
Transactions of the Royal Historical Society     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Transactions of the Royal Society of South Africa     Hybrid Journal  
Transfers     Full-text available via subscription  
Transition     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Transmodernity : Journal of Peripheral Cultural Production of the Luso-Hispanic World     Open Access   (Followers: 4)
Trocadero     Open Access  
Troianalexandrina     Full-text available via subscription  
Turcica     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Turkish Historical Review     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Turkish Studies     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Twentieth Century British History     Hybrid Journal   (Followers: 21)
U.S. Catholic Historian     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
UCLA Historical Journal     Open Access   (Followers: 1)
Ufahamu : A Journal of African Studies     Open Access   (Followers: 1)
United Service     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Urban History     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Urban History Review / Revue d'histoire urbaine     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Vegueta : Anuario de la Facultad de Geografía e Historia     Open Access  
Veleia     Open Access  
Viator     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Victorian Naturalist, The     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Victorian Periodicals Review     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Vigiliae Christianae     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Viking and Medieval Scandinavia     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Visual Resources: An International Journal of Documentation     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Vivarium     Hybrid Journal  
War & Society     Hybrid Journal   (Followers: 27)
Water History     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Welsh History Review     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
West 86th     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
West Virginia History: A Journal of Regional Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Wicazo Sa Review     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Winterthur Portfolio     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Women's History Review     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Yesterday and Today     Open Access   (Followers: 1)
Zeitschrift für Weltgeschichte     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Zutot     Hybrid Journal   (Followers: 1)
ИСТРАЖИВАЊА : Journal of Historical Researches     Open Access  

  First | 1 2 3 4 5     

Similar Journals
Journal Cover
Temporalidades
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 1984-6150
Published by Universidade Federal de Minas Gerais Homepage  [18 journals]
  • A Alemanha Acima de Tudo

    • Authors: Bruno Pimenta Starling
      Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho é mostrar como a Alemanha, entre 1890 e 1914, utilizou o nacionalismo como forma de viabilizar sua política externa. O esforço para identificar os interesses do Estado como interesses da nação foi realizado com o intuito de extrair recursos sociais, políticos e econômicos para a execução da Weltpolitik. Esta foi uma ideia imposta do Estado para a sociedade, de tal maneira que houvesse a sensação de unidade e coesão nacional entre a população e o governo alemães. Nos apoiamos nos conceitos de nação e nacionalismo conforme propostos por Benedict Anderson e Eric J. Hobsbawm, bem como na teoria realista neoclássica das Relações Internacionais, que nos fornecem os instrumentos necessários para a nossa pesquisa. Como fontes, nos debruçamos em discursos políticos, testemunhos e documentos oficiais do período, como, por exemplo, a Constituição do Império Alemão.   Palavras-chave: Alemanha, nacionalismo, imperialismo.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A categoria Amefricanidade como relação de estudo da identidade,
           memória e espaços de fronteira.

    • Authors: Bárbara Galli de Oliveira
      Abstract: O estudo sobre o processo histórico, cultural e simbólico dos indivíduos e seus grupos nos remete para uma grande questão: Qual caminho orienta nosso projeto de sociedade' Essa pergunta inscreve um duplo movimento para esse artigo. Primeiro, analisar a categoria político-cultural da Amefricanidade, delineada por Lélia Gonzalez, e seu potencial epistemológico para reorientar a criação de uma nova compreensão da experiência vivida por negros(as) nas Américas e, à vista disso, contribuir para edificação de um campo crítico e inovador. Esse trabalho foi, metodologicamente, realizado a partir de uma revisão bibliográfica da obra “A categoria político-cultural de Amefricanidade” em conjunto ao campo teórico de análise das identidades, memória e espaços de fronteira considerando os conceitos de recíproca, alteridade e reciprocidade. Como resultado, ao investigar os pensamentos de Lélia Gonzalez é clara a sua importância e atualidade como intérprete do Brasil.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Pré-textuais

    • Authors: Elizabeth Rouwe de Souza, Arthur Marinho Silva Vargas, Bárbara Braga Penido Lima, Herbert Gler Mendes dos Anjos, João Marcos Veiga de Oliveira, Julia Amaral Amato Moreira, Maria do Rosário Gomes da Silva
      Pages: 1 - 4
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Editorial

    • Authors: Elizabeth Rouwe de Souza
      Pages: 12 - 23
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Homenagem a Tetê

    • Authors: Adriana Romeiro
      Pages: 24 - 28
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Apresentação

    • Authors: Elizabeth Rouwe de Souza, Bárbara Braga Penido Lima
      Pages: 29 - 31
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Produção do conhecimento sobre ações afirmativas na universidade do
           estado de Santa Catarina (UDESC):

    • Authors: Janine Soares da de Moraes, Ana Júlia Pacheco, Karla Leandro Rascke, Vera Márcia Marques Santos
      Pages: 36 - 56
      Abstract: Na tentativa de compreender como a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) constrói historicamente suas políticas de inclusão e ações afirmativas (AA), realizamos um mapeamento da produção do conhecimento sobre o tema/objeto AA na UDESC. Nosso objetivo com este estudo é construir um estado da arte identificando e sistematizando os conhecimentos efetuados em torno das ações afirmativas na UDESC e o seu lugar no monitoramento, manutenção e aprimoramento da política na instituição. Almejamos discutir, os balanços, recomendações, e as considerações levantadas por seus autores e autoras, as escolhas temáticas recorrentes, as concepções das políticas de cotas, as abordagens teóricas e metodológicas privilegiadas nestes trabalhos. Para este estudo, realizamos uma pesquisa bibliográfica nas principais bases de dados, organizando um levantamento qualitativo e quantitativo de 51 materiais, com recorte temporal entre 1990 e 2019. Encontramos indicativos importantes como, a necessidade investimento em monitoramento e avaliação da política de AA.    
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Em defesa da sociedade:

    • Authors: André Luís A. Silva
      Pages: 57 - 75
      Abstract: Este artigo problematiza a revista Veja como um dispositivo da biopolítica, no qual se cruzam inúmeras relações de saber-poder que buscam produzir subjetividades. A investigação consiste em examinar capas-reportagens publicadas na década de 1980 que tratam da biopolítica, ou seja: (1) em gerenciar e defender a população de possíveis ameaças e perigos, (2) promover seu bem-estar e propiciar melhor qualidade de vida e, (3) estabelecer o que são hábitos normais e anormais na sociedade. Desde modo, o artigo parte da perspectiva de que a temática mencionada está ligada a um jornalismo pedagógico e performativo, isto é, enunciados jornalísticos que buscam disciplinar condutas e produzir comportamentos conformes em seus leitores-população. A promoção da biopolítica realizada por Veja será analisada sob a ótica do conceito do filósofo francês Michel Foucault, assim como, sua noção de dispositivo. Ambas as categorias nos possibilitam problematizar a revista Veja como uma rede de enunciados que procuram manter, prolongar e administrar a vida da população.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Considerações de Rudolf Steiner sobre o conhecimento
           histórico

    • Authors: Henrique Garcia, Jonas Bach Junior
      Pages: 76 - 105
      Abstract: Inspirado pelo pluralismo epistemológico de Paul Feyerabend, o presente texto trata sobre as considerações de Rudolf Steiner sobre a História e como elas estão imbuídas de uma perspectiva de responsabilidade científica e uma linguagem poética. Analisamos, num primeiro momento, seu estudo sobre a História quando esteve inserido no ambiente acadêmico, em que teve início sua aproximação com os trabalhos científicos de Johann W. von Goethe e, em decorrência disso, suas primeiras considerações metodológicas sobre a História. Posteriormente, no desenvolvimento da sua própria compreensão sobre a História, Steiner teria intensificado essas considerações no ano de 1917, após a elaboração de uma teoria do conhecimento e antroposofia próprios. Confrontando o conhecimento histórico que incorpora em sua narrativa os impulsos decorrentes do empirismo e do racionalismo sem levar em conta a complexidade histórica, Steiner voltou para o ser humano para pensar os cuidados e possibilidades da maneira de pensar dos(as) historiadores(as).
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A ordem da natureza e o doutor Silva Maia

    • Authors: Diego Regio Giacomassi
      Pages: 106 - 137
      Abstract: O presente artigo tem como objetivo compreender a concepção de natureza presente na obra do médico e naturalista romântico Emílio Joaquim da Silva Maia (1808-1859). Além disso, buscou-se relacionar seus trabalhos científicos e a sua noção sobre o mundo natural com o contexto histórico e político do Regresso Conservador em que as suas obras foram elaboradas. Tendo como principal trabalho analisado por nós o discurso médico de Silva Maia que buscava combater as doenças que atingiam a Corte nos anos 30 do século XIX, associando ao corte de matas próximo dos lugares úmidos como a principal causa das febres, a crítica ambiental do autor e a maneira dele compreender a circulação dos elementos orgânicos e a interdependência entre os seres e seus ambientes de acordo com a teoria da economia da natureza também foram questões abordadas no presente artigo. Palavras-Chave: Natureza, Crítica Ambiental, Economia da Natureza.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • “Nos llaman de noche los enfermos”:

    • Authors: Bernardo Ternus de Abreu
      Pages: 138 - 161
      Abstract: No presente artigo, discutimos a atuação da Companhia de Jesus nas Artes de Curar, considerando a assistência realizada pelos missionários na região da Província Jesuítica do Paraguai, de modo corporal mas também espiritual. Apresentamos a produção na área da medicina, botânica médica e cirurgia, abordando os acervos, os livros e o manuscrito Libro de Cirugía. Consideramos que, na zona de contato no qual atuaram jesuítas, indígenas e outros agentes, produziu-se uma medicina mestiça decorrente das experiências coloniais platinas. Na análise sobre a produção médico-cirúrgica jesuítica, perpassamos os tumores como uma delimitação para pensar os saberes e práticas empregados nos tratamentos, decorrentes de uma multiplicidade de agentes.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • O Comércio de gado e uma gravíssima epidemia na Vila da
           Parnaíba:

    • Authors: Gutiele Gonçalves dos Santos
      Pages: 162 - 181
      Abstract: Este artigo tem como objetivo analisar a relação do comércio de carnes e couros do gado vacum e cavalar com as epidemias que atingiram a população da Vila de São João da Parnaíba, localizada na Capitania do Piauí no período de 1772 a 1786. As “oficinas de matança” – local onde acontecia o abate dos animais – ao mesmo tempo que eram espaços em potencial para os negociantes daquela região, também foram apontados como ambientes insalubres que provocavam epidemias anuais. Dessa forma, a partir do diálogo com a historiografia da saúde e da escravidão, o presente estudo analisa os discursos das autoridades coloniais, os embates de opiniões sobre as oficinas de gado e a relação entre epidemias, comércio e escravidão.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Identidade Nacional e cultural brasileira no modernismo de Mário de
           Andrade: uma análise da obra Macunaíma, o herói sem nenhum caráter
           (1928)

    • Authors: Matheus de Souza Guedes
      Pages: 182 - 201
      Abstract: A partir do diálogo entre História e Literatura, o objetivo desse artigo é analisar a obra Macunaíma, o herói sem nenhum caráter, escrito por Mário de Andrade em 1928, procurando compreender como o intelectual faz uso do seu projeto literário de homogeneização da cultura para pensar a identidade brasileira. O interesse principal é perceber como a literatura ajuda a compreender os discursos existentes na sociedade da década de 1920 em torno da construção da identidade nacional, uma vez que, ao discutir sobre o caráter nacional brasileiro em Macunaíma, Mário de Andrade recorreu tanto ao debate racial e os mitos em torno da miscigenação e da natureza tropical, temáticas bastante recorrentes nesse período, quanto à análise da cultura e da psicologia brasileira.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Diálogos entre História, poder e política: uma reflexão através do
           estudo A aprovação da lei do divórcio no Brasil (1977): os debates e as
           polêmicas através das revistas Manchete e Veja (1975-1977)

    • Authors: Lauren Cavichioli Quissini
      Pages: 202 - 219
      Abstract: Este artigo traz como tema central, realizar um diálogo entre o estudo A aprovação da lei do divórcio no Brasil (1977): os debates e as polêmicas através das revistas Manchete e Veja (1975-1977), concomitante as orientações dos escritos de Ferreira (1992), Julliard (1988), Rémond (1996), Sirinelli (1993), Falcon (1997), Barros (2009), Bourdieu (2012) e Coutrot (1996). Metodologicamente, trata -se de uma pesquisa de abordagem bibliográfica qualitativa. Os resultados indicam que foram através de críticas iniciadas desde 1929 pela Escola dos Annales e intensificadas na década de 1970, que a concepção de “político” começou a mudar, tonando-se motor das mudanças socias, bem como, o “poder” deixou de ser visto como sinônimo de Estado e passou a ser percebido nas relações mais íntimas do ser humano. Palavras-chave: Divórcio; Política; Religião.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A instrumentalização da tortura pela ditadura militar brasileira e suas
           nuances na contemporaneidade

    • Authors: Stéphanie de Oliveira Moreira
      Pages: 237 - 264
      Abstract: O presente artigo tem como principal objeto de análise a instrumentalização da tortura como política de Estado na ditadura militar (1964-1985), e como prática recorrente nos dias atuais. Para a construção do objeto de estudo, o texto parte, incialmente, da investigação acerca da estrutura repressiva implementada pelo período ditatorial. Em um segundo momento é abordada a psicologia da tortura e as consequências psicológicas provocadas por esse mecanismo. E na terceira parte utilizam-se argumentos, baseados nas raízes do autoritarismo brasileiro, que apontam uma explicação para a permanência da tortura e suas características na contemporaneidade.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A intertextualidade do gênero de terror em Midsommar (2019) de Ari
           Aster

    • Authors: Átila Fernandes dos Santos
      Pages: 295 - 323
      Abstract: A partir da teoria da linguagem de Bakhtin pretendemos discutir o cinema de Ari Aster em Midsommar: O mal não espera a noite (2019). Nossa proposta passa por quatro pontos principais; a história do conceito do cinema de terror analisando suas transformações no tempo e no espaço de produção da linguagem; a relação de contaminação e diálogo de Midsommar com as obras de horror voltadas para o grande público; as polêmicas envolvidas dentro do gênero de terror e o suposto novo sub-gênero ‘‘pós-horror’’. Por fim, os caminhos enunciativos da direção de Aster, ao construir em Midsommar uma metalinguagem que reflete a história do cinema de gênero de terror.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Materialidade e conexões em Cajazeiras:

    • Authors: Viviane Gomes de Ceballos, Ayrle Alves de Figueiredo
      Pages: 324 - 346
      Abstract: A utilização da cultura material na pesquisa histórica tem permitido um espaço de ricas discussões para compreensão do século XIX no Brasil. O objetivo deste texto é pensar como a materialidade, através do uso dos inventários post mortem, possibilitam entender como se estabeleciam redes de sociabilidade na cidade de Cajazeiras, Paraíba no final do mesmo século, tendo como foco o estudo do inventário de Francisco Beserra de Sousa. Fonte rica em informação, esta documentação nos auxilia a conhecer o passado e suas personagens a partir do arrolamento e avaliação dos bens materiais de um sujeito no contexto de morte, ou seja, o patrimônio deixado como herança, possibilitando enxergar a vida material e o cotidiano, além de evidenciar as tramas sociais e o jogo político que contribuem para compreender o contexto do período estudado.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Censura e Violência do Governo Provisório:

    • Authors: Leandro Tonete
      Pages: 347 - 369
      Abstract: O ambiente político do Governo Provisório (1930-1934) revela aspectos históricos da interação entre o Estado e a mídia. A proximidade dos periódicos para com figuras políticas do governo fez dos periódicos do Rio de Janeiro verdadeiros termômetros da repressão sofrida pelos jornais. Nesse aspecto, a destruição do Diário Carioca em 1932 ilustra esse cenário de continuidade na repressão ao trabalho da mídia, além das consequências políticas já extensamente relatadas na historiografia. Logo, o presente levantamento sobre o empastelamento do Diário Carioca contribui para a construção do mosaico político do Governo Provisório e demonstra a perspectiva da imprensa fluminense sobre o acontecimento tendo em vista a importância dos meios de comunicação para a liberdade de pensamento e de cidadania.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • História e literatura em discussão: África enquanto “Continente
           Sombrio” pelas “Minas do Rei Salomão” (1885)

    • Authors: Gabriel Moreira Medeiros Laureano, Jorlandro Augusto Louzada
      Pages: 370 - 397
      Abstract: A África do início do século XIX, em grande parte inexplorada, despertava o interesse de muitos que a viam sob a lente do misticismo, exotismo e possibilidade de obter fortunas. Com o processo de colonização, e exploração do território, este fascínio pelo “continente sombrio” se acentuou e diversas obras literárias surgiram em reforço a esta visão e ao colonialismo. O presente artigo tem por objetivo analisar a obra do escritor inglês do século XIX, Henry Rider Haggard, “As Minas do Rei Salomão”, a fim de identificar nela os elementos que aludem às práticas coloniais naquele momento. Tal temática se faz relevante dada a ligação histórica entre colonização portuguesa nas Américas e África e consequentemente carência de certos estudos em língua portuguesa relacionados ao tema até recentemente. Esperamos poder contribuir com estudos futuros e chamar atenção para as potencialidades do tema que mescla literatura juvenil com historiografia sobre África.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A formação e a atuação do segundo gabinete parlamentarista
           republicano, na visão de Manchete (1962)

    • Authors: Roberto Biluczyk
      Pages: 398 - 430
      Abstract: Resumo: A renúncia do presidente Jânio Quadros, em agosto de 1961, culminou em uma crise institucional, resolvida através de uma precipitada mudança de sistema de governo. A substituição do presidencialismo pelo parlamentarismo impôs uma severa redução de poderes ao novo presidente, João Goulart, que coexistiu com três primeiros-ministros, entre setembro de 1961 e janeiro de 1963. Rechaçado pelo povo em um referendo, o modelo parlamentarista aplicado naquele período ganhou espaço na historiografia como um fracasso incontestável. Entretanto, ainda são poucos os estudos a aprofundar nuances desse contexto. Este artigo visa analisar como se deu a cobertura da revista Manchete, da Bloch Editores, diante do processo de substituição do primeiro gabinete, bem como da instalação, operação e queda do segundo gabinete, liderado por Francisco de Paula Brochado da Rocha, político e jurista sul-rio-grandense, aliado de Jango. A análise de periódicos sob rigorosos critérios ajuda a construir conhecimentos úteis à elaboração da História do Brasil. Palavras-chave: Manchete; parlamentarismo; política brasileira
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A poetisa do Norte sob a égide do “espírito
           feminino”

    • Authors: Roberta dos Santos Sodó
      Pages: 431 - 454
      Abstract: Este texto concentra-se em alguns aspectos da vida e da obra da poetisa maceioense Rita Souza de Abreu, ou Rosália Sandoval, como era conhecida do público leitor de jornais, entre os séculos XIX e XX. Tal direcionamento é tomado, sobretudo, porque Rosália Sandoval teve participação significativa na imprensa feminina de Maceió-AL, tema sobre o qual tenho me debruçado nos últimos anos. Conforme desejei fazer, as escritoras e produtoras de jornais são um tema específico da pesquisa, que busca tecer uma história da ação feminina e feminista no campo das letras e do jornalismo de Maceió, na segunda metade do século XIX. Trataremos, portanto, das primeiras investigações e ideias desenvolvidas pela análise dos rastros deixados em jornais, os quais constroem a imagem de uma grande poetisa do Norte do Brasil. Quanto aos aspectos teóricos, nossa condução é afinada às abordagens feministas da história, também aos estudos de gênero numa perspectiva interseccional (LUGONES, 2012; NICHOLSON, 2000; CRENSHAW, 2002; RUBIN, 2003).
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A estátua de JK

    • Authors: Raphael Martins Cima
      Pages: 455 - 482
      Abstract: O presente artigo realiza uma análise do monumento comemorativo ao presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira instalado no centro da cidade de Diamantina (MG), construído por seus correligionários no ano de 1958 em homenagem à sua posse como Presidente da República. O objetivo é problematizar este monumento público através de uma abordagem que ressalta as questões políticas em torno da sua construção, como também a autoria e a estética da obra.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Desfazendo o olhar colonial

    • Authors: João Felipe Ferreira
      Pages: 483 - 505
      Abstract: Partindo de um mal-estar diante de concepções ontologizantes e tecnicistas da fotografia (SONTAG e BARTHES), este artigo volta-se para retratos fotográficos de sujeitos negros produzidos no interior de estúdios nas últimas décadas do século XIX no Brasil, visando desestabilizar concepções que abordam as imagens fotográficas sujeitando-as a uma realidade dada a priori. Depois de empreender uma incursão histórica nas tradições visuais que fundamentam a produção desses retratos, propomos a análise de uma releitura contemporânea  de uma destas fotografias, com o objetivo de desestabilizar o enquadramento (BUTLER) que impõem determinada orientação do olhar sobre estas imagens e sobre estes sujeitos.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Fragmentação de riqueza da elite rural mineira entre a crise da
           escravidão e o pós-abolição

    • Authors: João Carlos Resende
      Pages: 506 - 534
      Abstract: O presente artigo expõe uma análise acerca da transformação da riqueza dos inventariados do distrito da Lage entre 1871 e 1912, período do ocaso e desaparecimento institucional da escravidão. A região, detentora de um dos maiores índices de população cativa de toda a Comarca do Rio das Mortes nos séculos XVIII e XIX, foi palco de acúmulo de riqueza em função da produção para o abastecimento do mercado interno mineiro. A partir de meados do oitocentos teve início um processo de fragmentação das maiores fortunas do lugar, como poderá ser melhor compreendido através da visualização do caso da família Pinto, que no início do recorte temporal era uma das maiores detentoras de terras e cativos do local.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Patriarcado e sexismo na formação econômica do Brasil:

    • Authors: Ilda Renata Andreata Sesquim
      Pages: 535 - 557
      Abstract: Ao longo da formação econômica do Brasil a discriminação em função de uma natureza biológica do sexo feminino implicou em determinações de papéis sociais adequados aos homens e às mulheres. Apesar da inserção dos projetos desenvolvimentistas de Vargas, o fim da hegemonia política não solucionaria os conflitos sociais vigentes e nem romperia com as estruturas patriarcais e sexistas que subjugavam as mulheres.  Nesse sentido, o presente artigo tem objetivo traçar uma análise da inserção feminina nas políticas desenvolvimentistas da Era Vargas. Em um primeiro momento, faremos uma breve contextualização sobre as políticas adotadas por Vargas, a fim de compreender as dimensões econômicas e políticas de seu regime. Posteriormente, o trabalho irá se debruçar sobre uma análise da inserção feminina nas políticas da Era Vargas, buscando entender como o cenário político, inserido no contexto patriarcal e machista da sociedade e reprodutor desta condição, tratou a questão feminina e determinou os papéis sociais associados à mulher.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A Estrada Real e a relação entre Patrimônio Histórico e a maior rota
           turística do Brasil

    • Authors: Gabriela Regina Almeida Scheffel
      Pages: 558 - 583
      Abstract: O presente artigo tem como objetivo geral analisar o Patrimônio Histórico das cidades pertencentes à Estrada Real. Nesse sentido, avaliamos o contexto histórico da Estrada Real, desde sua criação, até a atualidade, sendo feita uma observação das ações de preservação patrimonial, com vistas à sua valorização como produto turístico e cultural.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A revolução africana

    • Authors: CRISTIAN JUNIOR
      Pages: 584 - 606
      Abstract: O presente artigo caminha no sentido de interpretar, à luz de algumas obras do psiquiatra e filósofo político Frantz Fanon, um dos cânones da chamada perspectiva decolonial, sua teoria do Imperialismo, vinculada a ideia de uma revolução africana. Com sua perspectiva intelectual revolucionária, inédita se levada em consideração com as correntes que mais se manifestavam até então tanto em Argélia quanto em França, conseguiu pôr em pauta a questão da exploração e do colonizado e a resolveu: libertação total do território nacional a partir da luta imediata pela morte absoluta (não verbal, mas concreta) do colonialismo. Entendendo o colonialismo como um conjunto lógico, coerente e racional de guerra e tortura, e não como um “erro de percurso” ou uma “mutação” indesejada do sistema internacional ocidental, bastando que exista uma opinião pública que o reprove, acredita na Argélia como vanguarda da Revolução africana.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Porvir, atualidade e ter sido no horizonte temporal da verdade do ser no
           âmbito da interpretação judicial

    • Authors: Antônio Lucio Túlio de Oliveira Barbosa
      Pages: 607 - 638
      Abstract: As reflexões trazidas no presente trabalho têm o escopo de acompanhar, de maneira filosófica, a descrição fenomenológico-existencial de Martin Heidegger e também os fundamentos constantes na hermenêutica filosófica de Hans-Georg Gadamer, a fim de testar sua aplicabilidade no campo da interpretação do direito e na decisão judicial. Acompanhando sempre a perspectiva fenomenológica da hermenêutica, pretendemos principalmente contemplar as possibilidades dos modos de ser e caminhos existenciais na temporalidade do existir para o ser-aí do julgador-intérprete do direito. Diante da própria mobilização histórica de mundo, torna-se evidente que passado, presente e futuro, unificados numa mesma base temporal, constituem para o Dasein o campo histórico de manifestação fundamental do respectivo poder-ser em suas possibilidades originárias. Retornando sempre do porvir (futuro), o ser-aí e seus modos de ser no instante interpretativo de seu mundo perpassam, na atualização da norma aplicável, pela a desobstrução, no presente, das camadas sedimentadas de discursos impensados do passado.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A internacionalização das notícias e o periódico O Correio Paulistano
           na cobertura da Revolução Russa

    • Authors: Iamara Andrade
      Pages: 639 - 669
      Abstract: O objetivo desse artigo é apresentar como a imprensa empresarial brasileira divulgou os principais acontecimentos da Revolução Russa entre setembro e outubro de 1917, marcados pela ascensão dos bolcheviques.  Para tanto, foi realizada uma análise temática por meio do Software NVivo das edições do jornal O Correio Paulistano no contexto da modernização dos jornais cujo marco é a cobertura internacional da Primeira Guerra Mundial e no bojo dela estão as notícias da Revolução Russa. A hipótese inicial é que os jornais brasileiros construíram leituras que atuaram na elaboração das análises e perspectivas sobre a experiência histórica da Revolução Russa.    
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • “Women weare the breeches”: disputas de gênero na literatura de rua
           inglesa (Século XVII)

    • Authors: Gabrielle Pacheco Noacco
      Pages: 670 - 687
      Abstract: Com a difusão da prensa, durante o período moderno, suscitou na Inglaterra diversos impressos de fácil circulação e acesso, que, entre inúmeros temas, abordavam as disputas em torno do gênero. Dessa forma, é sobre esse corpo documental que se debruça o presente artigo, fruto de uma pesquisa de Iniciação Cientifica, que buscou catalogar as representações literárias sobre mulheres “desreguladas”. Percebe-se que esses impressos foram importantes elementos simbólicos na atribuição de papéis femininos e masculinos. Como resultado foi possível observar que tais textos associavam as representações femininas como propicias de realizarem pecados de natureza carnal e sexual, como o adultério, a prostituição e a sedução. Ademais, ao abordar sobre as mulheres pecadoras tais impressos também criavam representações masculinas falhas, que falhavam em estabelecer o controle sobre essas mulheres.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Educação histórica, pensamento decolonial e teoria
           pós-colonial

    • Authors: Kelvin Oliveira do Prado
      Pages: 688 - 704
      Abstract: Este trabalho tem por objetivo observar as possibilidades de fomentar o as perspectivas do diálogo entre o pensamento/perspectiva decolonial, e da teoria pós-colonial, com o campo da Educação Histórica, em ampliações e abordagens. Nesse sentido, pensar uma ótica de cunho dialógico. Em tal propósito, conceitos do campo da Educação Histórica são visionados, coadunados com as insurgências dos sujeitos para acesso aos espaços hegemônicos e de poder. Intenta-se refletir sobre a possibilidade de ampliação de experiencias emancipatórias na reflexão histórica. Tais perspectivas são vistas frente ao que se denomina de óticas de uma “História única”, que se afirmara universalista. Em suma, pensando historicamente e adotando uma o diálogo que preze não pelo solipsismo, mas pela relação plural entre epistemes.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • O Feminismo Pós-Estruturalista e a teoria queer na teologia indecente
           de Marcella Althaus-Reid

    • Authors: Luanna Bach
      Pages: 705 - 723
      Abstract: O presente artigo tem por objetivos fazer uma reflexão teórica que aponte as aproximações e influências do feminismo pós-estruturalista e da teoria queer na obra de Marcella Althaus-Reid, teóloga argentina que se propõe a fazer uma “teologia indecente”. Vinculada à Teologia da Libertação e à Teologia Feminista, Althaus-Reid busca ir além, expondo problemas dessas correntes teológicas e articulando discussões acerca de gênero, sexualidade e exclusão de uma forma desconstrutiva com relação às identidades, aos papéis de gênero e à moralidade cristã em torno da sexualidade. Reconhecendo suas influências nos estudos pós-coloniais, no pós-estruturalismo e na teoria queer, sua teologia “sin ropa interior” tem como principais objetivos propor uma reflexão que abdique de uma suposta neutralidade sexual, reconheça a normativa heterossexual dentro da narrativa cristã e que enfatize o papel ético da/o teóloga/o em analisar criticamente o papel heteronormatividade na marginalização e exclusão de determinados sujeitos dentro da lógica religiosa.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • O catolicismo popular brasileiro: notas em torno da sua invenção
           historiográfica

    • Authors: Emerson José Ferreira de Sousa
      Pages: 724 - 745
      Abstract: Esta proposta consiste em demonstrar que o catolicismo denominado de popular no Brasil tem se constituído enquanto invenção da vasta literatura histórica, sociológica e antropológica que tem se debruçado sobre os fenômenos católicos, buscando defini-los conceitualmente. No campo teórico, nos inspiramos em especial nas concepções de Roger Chartier e Michel de Certeau, por elucidarem que o conceito de cultura tem sido delineado especialmente a partir das posições e dos fazeres intelectuais constituintes das arenas disciplinares que a ele se dedicam. Como metodologia, realizamos uma discussão bibliográfica a partir das principais obras e autores do campo da história, sociologia antropologia debruçados sobre a religiosidade católica no Brasil. O texto evidencia que a análise das realidades sociais do Brasil e do hibridismo cultural que as perpassam foram determinantes para se classificar como popular a religiosidade católica que transcende os espaços institucionais.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A humanidade inglesa possuía paradoxos'

    • Authors: Gino Pinori
      Pages: 746 - 765
      Abstract: este artigo trata da vindicação da ideia de império inglês em English Humanity No Paradox, or, An attempt to prove, that the English are not a Nation of Savages, panfleto escrito por Edward Long e publicado por Thomas Lawndes no ano de 1778. Argumento que o panfleto, pouco explorado pela historiografia, para além de uma resposta aos philosophes franceses Jean-Jacques Rousseau e François Marie Arouet, também teve como propósito a defesa e exaltação da ideia de império inglês, assim como o resgate de discussões muito caras a Long, dentre elas a hierarquia de raças humanas e a competição imperial entre França e Inglaterra.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • um olhar sobre a confissão moderna: Confissão pessoal, corrigir
           e não castigar.

    • Authors: Bruno Ribeiro da Silva
      Pages: 766 - 789
      Abstract: O presente artigo tem como fonte de análise a obra Manual de confessores e penitentes de Martin de Azpilcueta Navarro (1556). Buscamos entender em que medida podemos pensar a confissão auricular moderna a partir de dois conceitos filosóficos. O primeiro é o conceito de Pessoa presenta na obra do filósofo espanhol Julián Marías em que está implícito o fator narrativo, argumental e dramático da vida; e, segundo, a Parrhesia, isto é, o dizer franco e verdadeiro: a palavra que transforma. O conceito foi abordado e estudado por Michel Foucault no curso Hermenêutica do Sujeito. Esses elementos juntos caracterizam o que chamamos Confissão pessoal.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Os coretos contam histórias sobre Belo Horizonte

    • Authors: Savilly Aimee Buttros
      Pages: 790 - 815
      Abstract: Os coretos, instalados nas praças e parques de maior visibilidade da cidade, podem portar informações sobre as formas de apropriação urbana pela sociedade. Surgiram no século XVIII como arquiteturas efêmeras para música e eventos cíclicos e, no século XIX, foram remodelados para a tipologia fixa. Belo Horizonte foi projetada para ser a nova capital de Minas Gerais e inaugurada em 1897, justamente no período em que os coretos fixos se difundiam nos projetos urbanos, porém a instalação dos primeiros coretos desse tipo ocorreu de maneira relativamente tardia, cerca de doze anos depois. Esse fato gerou questionamentos sobre o lazer urbano nos anos iniciais de uma capital planejada. O objetivo deste artigo é analisar a rotina cultural dos primeiros anos de Belo Horizonte e o papel dos coretos nesse contexto. A pesquisa evidenciou que no período sem coretos fixos, os coretos móveis foram relevantes no calendário festivo belorizontino, que mesmo em uma cidade incipiente, se mostrava diversificado, com frequentes eventos de cunho social e cívico. Nesse sentido, os coretos se afirmaram como chaves importantes de pesquisa sobre os hábitos coletivos e eventos urbanos.
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Do Fake ao Fato: Des(atualizando) Bolsonaro

    • Authors: Mariana Cunha Fontes
      Pages: 816 - 820
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Memórias de professores nordestinos de história: docência no contexto
           da pandemia de Covid-19.

    • Authors: Vyctor Nogueira
      Pages: 821 - 826
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Os Repertórios da Ciência

    • Authors: Ronei Clécio Mocellin
      Pages: 827 - 831
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • Os Desafios da Educação Científica

    • Authors: Andrea Mara Ribeiro da Silva Vieira
      Pages: 832 - 852
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A Imagem da Ciência

    • Authors: Thiago Costa
      Pages: 853 - 866
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
  • A Divulgação da Ciência

    • Authors: Bráulio Silva Chaves
      Pages: 867 - 876
      PubDate: 2022-01-29
      Issue No: Vol. 13, No. 2 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.200.175.255
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-