A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> VETERINARY SCIENCE (Total: 225 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
  • Intoxicação em gatos atendidos em um hospital veterinário
           universitário da cidade de São Paulo: análise retrospectiva de 2010 a
           2021

    • Authors: Raquel Gomes Catozo; Julia Freitas de Paula, Lucas Rodrigues de Lima, Helenice de Souza Spinosa
      Abstract: O aumento da população pet no Brasil causou maior proximidade da convivência de gatos com o ser humano e a falta de conhecimento do proprietário quanto às particulares felinas pode favorecer a ocorrência de toxicoses. Assim, o presente estudo apresenta as principais causas de intoxicações em gatos registrados no Hospital Veterinário (Hovet) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ-USP), no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2021. Os resultados mostraram que a frequência de ocorrência anual de casos de intoxicações em gatos variou de 0,71% (5/704) a 2,68% (9/336), e os principais agentes responsáveis por intoxicações foram os praguicidas anticolinesterásicos, como carbamatos e organofosforados (50% - 48/96), e os medicamentos, em particular, os anti-inflamatórios não esteroidais (31,25% - 30/96). Houve casos em que não foi identificada a substância envolvida (7,29% - 7/96), o que dificulta a abordagem terapêutica. Em casos de urgência, devem ser inicialmente instituídas as medidas destinadas à manutenção das funções vitais do animal, e, posteriormente, de suporte ao animal. Nestes casos, é importante a realização do diagnóstico diferencial das possíveis causas de intoxicação de acordo com os sinais e histórico clínico, bem como a colheita de amostras para análise toxicológica.
      PubDate: Fri, 19 Aug 2022 14:25:42 -030
       
  • Ebola: uma ameaça à Saúde Pública e à fauna
           silvestre

    • Authors: Jorge Alberto Manso Raimundo da Rocha; David Sousa Reis, Gabriella do Carmo Santos, Isabelle Nunes de Souza, Juliana Dias dos Santos
      Abstract: Este artigo de revisão sumariza conhecimentos sobre a sintomatologia, patogenia, fatores epidemiológicos para algumas espécies da fauna silvestre acometidas pela virose, lista espécies silvestres vulneráveis à doença do vírus Ebola (EVD) e espécies de animais domésticos não vulveráveis, evidencia o uso de modelos animais para estudos objetivando a defesa de humanos e de animais contra essa doença e destaca a ameaça à saúde dos animais silvestres representada pela EVD.
      PubDate: Fri, 19 Aug 2022 14:14:48 -030
       
  • Tumor ósseo multilobular em cão da raça yorkshire terrier:
           relato de caso

    • Authors: Yara Cláudia Vasconcelos; Paolo Ruggero Errante
      Abstract: O tumor ósseo multilobular, também conhecido como osteocondrossarcoma multilobular ou chondroma rodens, é um tumor maligno de crescimento lento, localmente invasivo, capaz de comprimir e invadir o tecido adjacente. Sua ocorrência é maior nos ossos planos do crânio e palato duro. Os sinais clínicos dependem da localização do tumor e, geralmente, estão relacionados à compressão de estruturas adjacentes. Neste relato, descreve-se um caso de tumor ósseo multilobular em uma cadela de 9 anos de idade, raça yorkshire terrier, com crescimento progressivo em região sobreposta à topografia de arco zigomático esquerdo e porção caudal do ramo mandibular esquerdo. Após realização de avaliação radiográfica de crânio, tomografia computadorizada e investigação laboratorial, foi realizada a remoção cirúrgica e exame histopatológico, que confirmaram a suspeita de tumor ósseo multilobular. Portanto, a avaliação histopatológica associada aos exames de imagem permitiu o estabelecimento do diagnóstico de tumor ósseo multilobular, uma neoplasia pouco descrita na clínica veterinária brasileira em cães de pequeno porte.
      PubDate: Fri, 05 Aug 2022 09:27:39 -030
       
  • Errata

    • Authors: CRMV-SP Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de SP
      Abstract: Esta errata corrige o documento:
      10.36440/recmvz.v20i1.38187
      “O efeito da ozonioterapia no tratamento de fratura de fêmur em filhote canino: relato
      de caso”.
      A revista foi informada sobre um erro na filiação científica correspondente a dois autores e na
      grafia do nome de um deles, problemas estes não detectados antes da publicação. As informações
      corretas são:
      Loretta Carozzo2
      2. Bacharel em Medicina Veterinária pela Universidade Bandeirante de São Paulo (Uniban/
      Anhanguera), Departamento de Medicina Alternativa, Campus Rudge Ramos, São Paulo, SP, Brasil
      Liege Cristina Garcia da Silva3
      3. Mestre e doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
      Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal, São Paulo, SP, Brasil
      PubDate: Fri, 29 Jul 2022 15:41:01 -030
       
  • Histerocele inguinal gravídica em gata: relato de caso

    • Authors: Victoria Morais Silva; André Gustavo Alves Holanda, Kássia Fernanda Araújo Damasceno, Larissa de Castro Demoner, Nathalie Amorim Mioche, Livia Maria Nascimento Rodrigues, Jéssyka Araújo Noronha, Genilson Fernandes de Queiroz
      Abstract: A histerocele é uma condição rara na espécie felina, sendo caracterizada por protrusão do útero pelo anel inguinal. O diagnóstico diferencial inclui tumor mamário, linfadenopatia, hematoma, abscesso e granuloma. Assim, exames de imagem como a ultrassonografia abdominal apresentam importante papel no diagnóstico e prognóstico da doença. O tratamento dessa condição é cirúrgico e inclui a realização de herniorrafia e ovário-histerectomia, a fim de evitar recidivas e a transmissão hereditária. O presente trabalho relata um caso de uma gata adulta com aumento de volume inguinal. Ao exame ultrassonográfico foi identificada a presença de útero herniado, contendo três fetos viáveis. O tratamento consistiu em cesariana, ovário-histerectomia e herniorrafia pela via inguinal.
      PubDate: Tue, 28 Jun 2022 16:30:42 -030
       
  • Uso do carprofeno associado aos glicosaminoglicanos em cães com
           osteoartrite

    • Authors: Larissa Gomes Silva; Gabriel Augustho dos Santos Ferreira, Paola Castro Moraes
      Abstract: O presente trabalho avaliou os efeitos analgésicos do carprofeno associado ou não à condroitina com glicosamina no tratamento de 26 cães com osteoartrite, distribuídos nos grupos: GT – carprofeno (Carproflan®); GTP – carprofeno e glicosaminoglicanos (Carproflan® e Procart®); e GC – somente analgésico (dipirona). A evolução dos pacientes foi classificada na escala de claudicação no dia do primeiro atendimento e aos 7, 14 e 21 dias. No GT, 60% dos animais apresentou melhora clínica a
      partir do 7º dia, 30% não alterou seu escore de claudicação e 10% apresentou êmese a partir do 7º dia, com suspensão da medicação. No GTP, 60% dos animais apresentou melhora clínica a partir do 7º dia, 30% não alterou seu escore de claudicação, 5% apresentou êmese a partir do 7º dia e 5% a partir do 14º dia, com suspensão da medicação. No GC, nenhum animal apresentou melhora clínica. Conclui-se que os animais submetidos ao tratamento com carprofeno apresentaram melhora na claudicação, principalmente quando associado aos glicosaminoglicanos.
      PubDate: Tue, 28 Jun 2022 16:16:29 -030
       
  • Uso do Bypass Ureteral Subcutâneo no manejo das obstruções ureterais em
           gatos: revisão de literatura

    • Authors: Ivye Rand Favareto; Marina Sakamoto Silva Guimarães, Tamires Veiga Baptista, Vanessa Brossi Reininger, Liege Cristina Garcia da Silva
      Abstract: A obstrução ureteral em felinos é uma afecção, potencialmente fatal e comum na clínica de pequenos animais por levar à restrição do fluxo normal de urina. As principais causas dessa obstrução são ureterólitos (cálculos) que podem ser classificados como simples, mistos ou compostos. Os sinais clínicos da obstrução ureteral não são muito evidentes até que a obstrução seja completa, bilateral ou que haja disfunção do rim contralateral. O diagnóstico da doença é firmado com base nos sinais clínicos, exames
      complementares como hemograma, bioquímico, radiografia, ultrassonografia abdominal, urinálise e urocultura, uretropielografia retrógrada, pielografia anterógrada, tomografia computadorizada e estudo da taxa de filtração glomerular ureteral. A obstrução ureteral é uma enfermidade que deve ser tratada com emergência, o tratamento deve ser determinado com base no tipo de cálculo presente, os
      casos mais severos necessitam de intervenção cirúrgica como a técnica bypass para descompressão. O presente artigo é uma revisão sobre a eficácia do emprego do bypass para o tratamento na obstrução ureteral.
      PubDate: Fri, 24 Jun 2022 00:00:00 -030
       
  • Teste de Letramento Funcional em Saúde Animal – LFSA

    • Authors: Deborah Mara Costa de Oliveira; Caio Cezar Nogueira de Souza, Gessiane Pereira da Silva
      Abstract: O Letramento Funcional em Saúde (LFS) é um dos determinantes sociais estabelecidos que indica a capacidade de se obter, analisar e aplicar as informações médicas, no entanto, ainda não existe um formulário aplicado à Medicina Veterinária. No presente trabalho, foi criado um teste de Letramento Funcional em Saúde Animal (LFSA) para ser avaliada a compreensão de tutores de cães e gatos a respeito de informações comumente utilizadas nas prescrições veterinárias. Apesar de entenderem as orientações verbais, 62% têm dificuldade para compreender os horários das medicações e termos técnicos (74%). Foi constatada a existência de associação entre o grau de LFSA e o nível de escolaridade e renda. Tutores com ensino fundamental e renda de até três salários-mínimos (58%) exibiram letramento de crítico (42%) a básico (61%), que foi associado à dificuldade de letramento (p<0,001 e p = 0,04). O teste apresenta questões rápidas e práticas e pode ser aplicado pelo médico-veterinário antes da prescrição e melhorar a comunicação com o tutor.
      PubDate: Wed, 01 Jun 2022 00:00:00 -030
       
  • Principais causas de rejeições nos bovinos, caprinos e suínos
           registradas nos matadouros do município de Benguela (Angola), no período
           de janeiro a abril de 2021

    • Authors: Cleonice de Jesus Pereira Correia Cadete Alves da Costa; Armindo Paixão António
      Abstract: O presente estudo apresenta as causas de rejeições parciais e totais nos matadouros do município sede da província de Benguela, localizada a oeste de Angola, no período de janeiro a abril de 2021. Foram abatidos e inspecionados 500 animais, sendo 349 bovinos, 108 suínos e 43 caprinos. Durante três meses, foi feito o acompanhamento da inspeção post mortem, realizado pelos técnicos do Instituto de Serviços de Veterinária (ISV), autoridade competente, durante a qual se utilizou o método de observação, de registros, consulta de arquivos publicados e captação de imagens por fotografia. Foram registradas 188 rejeições parciais e totais, sendo que 38% dos animais inspecionados
      apresentaram lesões nas vísceras vermelhas, principalmente nos pulmões e no fígado, 82,9% das lesões nos pulmões foram sugestivas da Peripneumonia Contagiosa Bovina (PPCB). Entre as doenças parasitárias, prevaleceram a hidatidose e a fasciolose nos bovinos e, a cisticercose nos suínos. A análise dos dados obtidos na pesquisa mostrou que a maior parte das rejeições de forma parcial nos bovinos e caprinos tiveram como causa lesões nas vísceras vermelhas, principalmente nos pulmões. Nos suínos
      as rejeições tiveram como causa, a observação do Cisticercus suis nos músculos na forma generalizada.
      PubDate: Wed, 01 Jun 2022 00:00:00 -030
       
  • Cuidados médicos-veterinários para com felino deficiente e
           FAIDS+ adotado: relato de caso

    • Authors: Marina Zanelli Silva; Paula Andrea de Santis Bastos
      Abstract: O presente trabalho relata o caso de um felino deficiente visual, vítima do abandono - que estava alojado em um abrigo – e foi adotado. O felino é um macho, castrado, deficiente visual, de 4 kg adotado em uma ONG, que ao ser escolhido para a adoção foi testado para FIV/FELV, apresentando resultado positivo para FIV e negativo para FELV. Ao longo de quatro anos, com seus adotantes, manifestou diversas afecções relacionadas à retrovirose, tais como dermatofitose, complexo gengivite estomatite felino e outros sinais secundários a FIV. Houve sempre muita compaixão dos tutores para com o felino. A convivência do felino com os familiares e demais animais sempre foi agradável e trouxe muitos momentos de felicidade, e o fato do animal ser FAIDS+ nunca afetou, negativamente, a relação com todos que passaram a conviver com ele.
      PubDate: Fri, 20 May 2022 00:00:00 -030
       
  • Babesiose: um ponto de vista diagnóstico: relato de caso

    • Authors: Yasmin dos Santos Araujo; Monique Camila, Letícia Abrahão Anaí
      Abstract: A babesiose canina é uma doença transmitida pela picada de carrapatos, como o Rhipicephalus sanguineus, vetor de Babesia vogeli, um hemoprotozoário de extrema importância na Medicina Veterinária. Esse protozoário parasita os eritrócitos, levando a uma hemólise. O animal infectado pode apresentar febre, letargia, anorexia, anemia, mucosas pálidas ou ictéricas, hematúria e hepatoesplenomegalia. O diagnóstico presuntivo da babesiose canina pode se basear em histórico, anamnese ou exame físico, porém a confirmação é obtida por meio do exame parasitológico. Durante o atendimento, um cão, macho, cinco anos, boxer, apresentou apatia, hiporexia, hematúria, hipertermia. Para confirmação de diagnóstico foram solicitados os exames complementares: hemograma, alanina aminotransferase e creatinina. A única alteração encontrada foi diminuição de plaquetas, porém no esfregaço sanguíneo foram observadas estruturas de Babesia sp. livres e parasitando hemácias.
      PubDate: Fri, 20 May 2022 00:00:00 -030
       
  • Implicação da glomerulonefrite na fisiologia renal de cães e gatos: uma
           revisão de literatura

    • Authors: Liana Santos Vilela; Luciano Alves Favorito, Natasha Teixeira Logsdon, Renata Fernandes Ferreira de Moraes
      Abstract: Nos túbulos renais ocorre um processo de seleção do filtrado glomerular, que é formado por água, eletrólitos, glicose, ureia e uma pequena quantidade de proteína. Principalmente água, sódio e glicose serão reabsorvidos, e demais componentes do filtrado seguirão para o processo de excreção. Hemácias, leucócitos e proteínas são maiores que os poros das membranas glomerulares íntegras, e, por isso, uma urina normal quase não apresenta proteínas em seu conteúdo. Um glomérulo que permite a passagem de proteínas não está desempenhando corretamente a sua função e esses danos à barreira glomerular de filtração podem resultar em doenças renais com diversas manifestações clínicas que serão abordadas neste artigo. O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão de literatura sobre glomerulonefrites e suas implicações em cães e gatos para uso na prática da clínica de animais de pequeno porte.
      PubDate: Fri, 20 May 2022 00:00:00 -030
       
  • Hipertireoidismo secundário à carcinoma de tireoide em um
           cão: relato de caso

    • Authors: Camila Magnani Hara; Tânia Parra Fernandes
      Abstract: Hipertireoidismo é uma doença causada pela disfunção do eixo hipotálamo-hipófise-tireoide, na qual há um aumento na produção e secreção de T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina). É comum em gatos de meia idade a idosos, mas raro em cães, nos quais normalmente são causados por iatrogenia ou neoplasias da tireoide. O presente trabalho relata um caso de hipertireoidismo em um cão da raça golden retriever, secundário a um carcinoma folicular-compacto de tireoide. A enfermidade causa alterações em diversos sistemas, portanto é importante que o diagnóstico precoce seja firmado para o sucesso do tratamento e a avaliação do tamanho, da invasividade tumoral, da presença de metástases, bem como, das condições clínicas do paciente que são essenciais para a escolha da terapêutica.
      PubDate: Tue, 17 May 2022 00:00:00 -030
       
  • Aplicabilidade da ozonioterapia na Oncologia Veterinária: aspectos
           bioquímicos e imunológicos

    • Authors: Maria Fernanda Yamashita Barbosa da Costa; Felipe Brasileiro, Natália Freitas de Souza, Noeme Sousa Rocha
      Abstract: A oncologia, em especial na Medicina Veterinária, ainda representa um importante desafio para a ciência exigindo o desenvolvimento de métodos profiláticos, diagnósticos e terapêuticos que apresentem resultados rápidos e eficazes. A ozonioterapia é um procedimento pouco invasivo e praticamente isento de efeitos adversos desde que a sua correta forma de aplicação seja respeitada. A técnica vem sendo estudada há tempos e a sua capacidade imunomoduladora, cicatrizante, bactericida e analgésica já é reconhecida. Contudo, embora existam diversos estudos publicados em Medicina Humana e Veterinária, ainda não há protocolos específicos para o seu emprego em
      pacientes oncológicos. O presente trabalho discorre sobre as reações bioquímicas e imunológicas desencadeadas pelo ozônio, que podem afetar o paciente oncológico, seja diretamente pelo controle da proliferação das células neoplásicas ou indiretamente com o alívio de dor, fadiga e dos efeitos adversos de outros tratamentos.
      PubDate: Fri, 13 May 2022 00:00:00 -030
       
  • Propaganda e marketing profissional: o que estamos fazendo errado'

    • Authors: Isabella Junqueira Rodrigues; Amanda Marmol, Maria Luiza Favero, Carolina Samogin Campioni, Amanda Maira Rosolem, Rosemeri de Oliveira Vasconcelos
      Abstract: A propaganda e o marketing profissionais vêm sendo cada vez mais utilizados pelos médicos-veterinários que buscam ser conhecidos marcando a sua presença nas redes sociais. No entanto, alguns recursos vêm sendo utilizados de forma errada. Este trabalho mostra o panorama do marketing profissional na Medicina Veterinária, bem como as leis que devem ser observadas.
      PubDate: Thu, 12 May 2022 00:00:00 -030
       
  • Ionóforos e intoxicação em equinos

    • Authors: Jackson Schade; Anderson Fernando de Souza, Juliana Massitel Curti, Gustavo Romero Gonçalves, Peterson Triches Dornbusch
      Abstract: Ionóforos são substâncias que foram inicialmente utilizadas como coccidiostáticos na produção de frangos de corte e, posteriormente, passaram a ser adicionados como aditivos na dieta de ruminantes. A intoxicação por ionóforos pode ocorrer em diversas espécies animais, no entanto, a espécie equina é especialmente sensível. O quadro clínico e anatomopatológico relacionado à intoxicação em equinos é caracterizado por sinais clínicos decorrentes de cardiomiopatia e miopatia da musculatura esquelética devido a necrose causada nestes tecidos. Não existe tratamento específico para os quadros de intoxicação por ionóforos, sendo assim, a prevenção deve ser preconizada de modo a evitar exposição dos equinos a alimentos que contenham ionóforos, especialmente nas criações em que bovinos e equinos compartilham do mesmo ambiente de criação. O objetivo deste artigo é abordar os principais aspectos relacionados aos ionóforos, bem como a intoxicação por estas substâncias em equinos.
      PubDate: Tue, 10 May 2022 00:00:00 -030
       
  • O efeito da ozonioterapia no tratamento de fratura de fêmur em
           filhote canino: relato de caso

    • Authors: Beatriz Carvalho de Moraes; Ana Luiza Biagini, Heloisa Lima Alves, Laura Wiermann Teixeira, Thais Jardim Silva, Loretta Carozzo, Liegi C. Garcia Silva
      Abstract: Fraturas de fêmur são casos recorrentes na clínica veterinária de pequenos animais, ocorrendo principalmente em filhotes. O seu diagnóstico considera histórico e sinais clínicos apresentados, como sensibilidade dolorosa e apoio do membro em pinça, e é confirmado por exame radiográfico do membro lesionado. Geralmente, esse tipo de fratura tem o tratamento cirúrgico como indicação, entretanto, com o perigo de submeter o animal a riscos tanto anestésicos quanto cirúrgicos. O presente relato de caso descreve o uso da ozonioterapia, uma forma diferente e menos invasiva de se tratar fratura femoral, com um maior potencial de adesão do tutor por ser um tratamento mais acessível e com excelentes resultados.
      PubDate: Tue, 10 May 2022 00:00:00 -030
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 18.204.56.97
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-