A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

        1 2        [Sort alphabetically]   [Restore default list]

  Subjects -> VETERINARY SCIENCE (Total: 220 journals)
Showing 1 - 63 of 63 Journals sorted by number of followers
Animal Behaviour     Hybrid Journal   (Followers: 193)
Journal of Veterinary Internal Medicine     Open Access   (Followers: 32)
Veterinary Record     Hybrid Journal   (Followers: 32)
Veterinary Surgery     Hybrid Journal   (Followers: 29)
Australian Veterinary Journal     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Animal Nutrition     Open Access   (Followers: 25)
Journal of Veterinary Emergency and Critical Care     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Veterinary Clinics of North America: Small Animal Practice     Full-text available via subscription   (Followers: 24)
Journal of Small Animal Practice     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Veterinary Journal     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Equine Veterinary Journal     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Veterinary Anaesthesia and Analgesia     Hybrid Journal   (Followers: 18)
American Journal of Primatology     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Veterinary Pathology     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Canadian Journal of Veterinary Research     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
BMC Veterinary Research     Open Access   (Followers: 15)
Veterinary and Comparative Oncology     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Journal of Equine Veterinary Science     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Veterinary Radiology & Ultrasound     Hybrid Journal   (Followers: 14)
New Zealand Veterinary Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Animals     Open Access   (Followers: 14)
Research in Veterinary Science     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Journal of Veterinary Diagnostic Investigation     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Journal of Veterinary Medical Education     Partially Free   (Followers: 13)
Journal of Veterinary Medicine     Open Access   (Followers: 13)
Equine Veterinary Education     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Anthrozoos : A Multidisciplinary Journal of The Interactions of People & Animals     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Trends in Parasitology     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Veterinary Clinics of North America: Equine Practice     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Veterinary Immunology and Immunopathology     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Journal of Feline Medicine & Surgery     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Journal of Veterinary Cardiology     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Preventive Veterinary Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Veterinary Research     Open Access   (Followers: 10)
American Journal of Animal and Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 10)
Advances in Animal Biosciences     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
Animal Feed Science and Technology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Veterinary Microbiology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Veterinary Ophthalmology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Veterinary Clinical Pathology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Animal Reproduction Science     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Archives of Animal Nutrition     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Journal of Animal Physiology and Animal Nutrition     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Veterinary Dermatology     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Companion Animal     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Veterinary Nurse     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Journal of Research in Forestry, Wildlife and Environment     Open Access   (Followers: 8)
African Journal of Wildlife Research     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Journal of Veterinary Pharmacology and Therapeutics     Hybrid Journal   (Followers: 7)
International Journal of Veterinary Science and Medicine     Open Access   (Followers: 7)
Topics in Companion Animal Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Journal of Veterinary Science & Medical Diagnosis     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Animal Health Research Reviews     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Exotic Pet Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Veterinary Clinics of North America: Exotic Animal Practice     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Veterinary Parasitology     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Research Journal of Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 5)
Veterinary Medicine International     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Veterinary Science & Technology     Open Access   (Followers: 5)
Veterinary Nursing Journal     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Case Reports in Veterinary Medicine     Open Access   (Followers: 5)
Frontiers in Veterinary Science     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Feline Medicine and Surgery Open Reports     Open Access   (Followers: 5)
Avian Pathology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Domestic Animal Endocrinology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Veterinary Clinics of North America: Food Animal Practice     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Zoonoses and Public Health     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Onderstepoort Journal of Veterinary Research     Open Access   (Followers: 4)
Transboundary and Emerging Diseases     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Human & Veterinary Medicine - International Journal of the Bioflux Society     Open Access   (Followers: 4)
Irish Veterinary Journal     Open Access   (Followers: 4)
Open Journal of Animal Sciences     Open Access   (Followers: 4)
Bangladesh Journal of Animal Science     Open Access   (Followers: 4)
Equine Health     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Journal of Veterinary Research     Open Access   (Followers: 4)
Advanced Research in Life Sciences     Open Access   (Followers: 4)
Veterinary and Comparative Orthopaedics and Traumatology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Acta Veterinaria Scandinavica     Open Access   (Followers: 3)
Medical Mycology     Open Access   (Followers: 3)
Asian Journal of Poultry Science     Open Access   (Followers: 3)
Open Journal of Veterinary Medicine     Open Access   (Followers: 3)
Australian Equine Veterinarian     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Bulletin of Animal Health and Production in Africa     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Ethiopian Veterinary Journal     Open Access   (Followers: 3)
Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 3)
Asian Journal of Medical and Biological Research     Open Access   (Followers: 3)
Nutrición Animal Tropical     Open Access   (Followers: 3)
Journal of Advanced Veterinary Research     Open Access   (Followers: 3)
VCOT Open     Open Access   (Followers: 3)
Anatomia, Histologia, Embryologia: Journal of Veterinary Medicine Series C     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Journal of Veterinary Behavior     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Reproduction in Domestic Animals     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Small Ruminant Research     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Theriogenology     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Indian Journal of Animal Sciences     Open Access   (Followers: 2)
Indian Journal of Veterinary Anatomy     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
New Zealand Veterinary Nurse     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Kenya Veterinarian     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Research & Reviews : Journal of Veterinary Science and Technology     Open Access   (Followers: 2)
Bulletin of University of Agricultural Sciences and Veterinary Medicine Cluj-Napoca : Food Science and Technology     Open Access   (Followers: 2)
Veterinary Medicine and Science     Open Access   (Followers: 2)
Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias (Colombian journal of animal science and veterinary medicine)     Open Access   (Followers: 2)
Indonesian Journal of Animal and Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 2)
Acta Veterinaria Hungarica     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Zootecnia     Open Access   (Followers: 1)
Tropical Animal Health and Production     Open Access   (Followers: 1)
Veterinary Research Communications     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of the South African Veterinary Association     Open Access   (Followers: 1)
Journal of the Hellenic Veterinary Medical Society     Open Access   (Followers: 1)
veterinär spiegel     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Archivos de Medicina Veterinaria     Open Access   (Followers: 1)
Livestock     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Veterinary Science Development     Open Access   (Followers: 1)
Polish Journal of Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Veterinary Medicine: Research and Reports     Open Access   (Followers: 1)
Revista Mexicana de Ciencias Pecuarias     Open Access   (Followers: 1)
Veterinary Quarterly     Open Access   (Followers: 1)
ILAR Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Annual Review of Animal Biosciences     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal     Open Access   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Ciência Veterinária     Open Access   (Followers: 1)
Tanzania Veterinary Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Tropical Veterinarian     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Acta Veterinaria     Open Access   (Followers: 1)
Revue Marocaine des Sciences Agronomiques et Vétérinaires     Open Access   (Followers: 1)
Global Journal of Animal Scientific Research     Open Access   (Followers: 1)
Intas Polivet     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Buletin Peternakan : Bulletin of Animal Science     Open Access   (Followers: 1)
Iranian Journal of Applied Animal Science     Open Access   (Followers: 1)
Cogent Food & Agriculture     Open Access   (Followers: 1)
Jurnal Ilmu dan Kesehatan Hewan (Veterinary Science and Medicine Journal)     Open Access   (Followers: 1)
Jurnal Veteriner     Open Access   (Followers: 1)
Wartazoa. Indonesian Bulletin of Animal and Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Jurnal Agripet     Open Access   (Followers: 1)
Buletin Veteriner Udayana     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Veterinary Dentistry     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Brazilian Journal of Veterinary Medicine     Open Access   (Followers: 1)
Applied Animal Science     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Pet Behaviour Science     Open Access   (Followers: 1)
Abanico Veterinario     Open Access   (Followers: 1)
CES Medicina Veterinaria y Zootecnia     Open Access  
Veterinaria México OA     Open Access  
Compendio de Ciencias Veterinarias     Open Access  
Iranian Journal of Veterinary Surgery     Open Access  
Ciencia Veterinaria     Open Access  
Nepalese Veterinary Journal     Open Access  
Sri Lanka Veterinary Journal     Open Access  
Salud y Tecnología Veterinaria     Open Access  
Veterinary Parasitology : X     Open Access  
Jurnal Medik Veteriner     Open Access  
Tierärztliche Praxis Ausgabe K: Kleintiere / Heimtiere     Hybrid Journal  
Tierärztliche Praxis Ausgabe G: Großtiere / Nutztiere     Hybrid Journal  
Van Veterinary Journal     Open Access  
Journal of Veterinary and Animal Sciences     Open Access  
Rassegna di Diritto, Legislazione e Medicina Legale Veterinaria     Open Access  
Veterinaria (Montevideo)     Open Access  
SVU-International Journal of Veterinary Sciences     Open Access  
Matrix Science Medica     Open Access  
Veterinary Journal of Mehmet Akif Ersoy University / Mehmet Akif Ersoy Üniversitesi Veteriner Fakültesi Dergisi     Open Access  
Analecta Veterinaria     Open Access  
Veterinarski Glasnik     Open Access  
Medicina Veterinária (UFRPE)     Open Access  
Veterinaria     Open Access  
Jurnal Sain Veteriner     Open Access  
International Journal of Tropical Veterinary and Biomedical Research     Open Access  
Revista de Ciência Veterinária e Saúde Pública     Open Access  
Jurnal Medika Veterinaria     Open Access  
Veterinary Parasitology : Regional Studies and Reports     Full-text available via subscription  
Revue Vétérinaire Clinique     Full-text available via subscription  
Folia Veterinaria     Open Access  
Science and Animal Health     Open Access  
FAVE Sección Ciencias Veterinarias     Open Access  
Revista Ciencias Veterinarias     Open Access  
Indonesia Medicus Veterinus     Open Access  
Spei Domus     Open Access  
Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia     Open Access  
Revista Veterinaria     Open Access  
Journal of the Selva Andina Research Society     Open Access  
Bangladesh Veterinarian     Open Access  
Journal of Buffalo Science     Hybrid Journal  
Revista de Ciências Agroveterinárias     Open Access  
Atatürk Üniversitesi Veteriner Bilimleri Dergisi / Atatürk University Journal of Veterinary Sciences     Open Access  
Nigerian Veterinary Journal     Open Access  
Schweizer Archiv für Tierheilkunde     Hybrid Journal  
Bangladesh Journal of Veterinary Medicine     Open Access  
Macedonian Veterinary Review     Open Access  
Revista de Investigaciones Veterinarias del Perú     Open Access  
Revista Complutense de Ciencias Veterinarias     Open Access  
Medical Mycology Case Reports     Open Access  
Veterinaria México     Open Access  
Revista de Salud Animal     Open Access  
Revista de Medicina Veterinaria     Open Access  
Revista MVZ Córdoba     Open Access  
Avances en Ciencias Veterinarias     Open Access  
InVet     Open Access  
Zeitschrift für Ganzheitliche Tiermedizin     Hybrid Journal  
team.konkret     Open Access  
pferde spiegel     Hybrid Journal  
kleintier konkret     Hybrid Journal  
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia     Open Access  

        1 2        [Sort alphabetically]   [Restore default list]

Similar Journals
Journal Cover
Revista de Ciências Agroveterinárias
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1676-9732 - ISSN (Online) 2238-1171
Published by Universidade do Estado de Santa Catarina Homepage  [7 journals]
  • Análise de crescimento do capim-Mombaça em sistema silvipastoril e
           monocultura manejados sob diferentes alturas do dossel

    • Authors: Marcos Odilon Dias Rodrigues, Marcio Odilon Dias Rodrigues, Otacílio Silveira Júnior, Ítalo Cordeiro Silva Lima, Antonio Clementino dos Santos
      Pages: 8 - 17
      Abstract: O presente trabalho teve como objetivo avaliar as características de crescimento do capim-Mombaça em sistemas silvipastoril e monocultura sob diferentes alturas do dossel. Os sistemas avaliados foram de monocultura e silvipastoril com diferentes estratégias de manejo de corte que foram 70, 80, 90 e 100 cm, respectivamente em dois períodos do ano, chuvoso e transição chuva/seca as variáveis avaliadas foram RAF (Razão de Área Foliar), AFE (Área Foliar Específica), RPF (Razão de Peso Foliar), TCR (Taxa de Crescimento Relativo), TCC (Taxa de Crescimento Cultura), TAL (Taxa Assimilatória Liquida) e IAF (Índice de Área Foliar). O delineamento utilizado foi em blocos casualizados com cinco repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância e teste F, teste de média de Duncan para comparar os sistemas entre si, o efeito das alturas de corte fora comparado por meio de equações de regressão linear e quadrática (p > 0,05). O sombreamento provocado pelo bosque afeta grande parte das características de crescimento do capim-Mombaça, como AFE e RPF, provocando um aumento nessas características como compensação pela menor intensidade luminosa que chega no sub-bosque. Características de crescimento ligadas à eficiência de assimilação de luz tendem a ser superiores em sistema silvipastoril. As características ligadas à produção como TCC e IAF foram superiores para o sistema de monocultura. A estratégia de colheita de forragem na altura de 70 cm apresentou as melhores taxas de crescimento em relação às demais estratégias de corte, para o sistema silvipastoril.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024008
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Efeito da Carfentrazona associada a Diquate e Glufosinato na dessecação
           em pré-colheita da soja

    • Authors: Henry Matheus Altmann, Daicon Godeski Moreira, Jonatan Leandro Adamski , Mauricio Antonowiski , Victor Almir Potelicki, Suzana Figura
      Pages: 18 - 22
      Abstract: A dessecação em pré-colheita da soja é realizada principalmente com o intuito de uniformizar a maturação das plantas, antecipar a colheita, controlar plantas daninhas e reduzir a perda da qualidade das sementes. Objetivou-se avaliar o efeito da aplicação de diferentes herbicidas dessecantes na pré-colheita da soja, sobre o nível de desfolha e potencial produtivo da cultura. O experimento foi conduzido na fazenda agrícola Mallon, no município de Canoinhas-SC, durante a safra 2021/2022. Empregou-se o delineamento em blocos ao acaso, com cinco tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos da seguinte forma: (I) testemunha – sem herbicida; (II) glufosinato; (III) glufosinato + carfentrazona; (IV) diquat; (V) diquat + carfentrazona. Cada repetição foi composta por parcelas de 15 m². A aplicação dos produtos ocorreu no estádio R7.3. O nível de desfolha foi maior no tratamento composto por diquat + carfentrazona (V), porém o tratamento composto por diquat (IV) também obteve desfolha significativa. Os demais tratamentos não obtiveram níveis de desfolha superiores a 40%. Conclui-se que o herbicida diquat isolado ou associado com carfentrazona promoveu os maiores níveis de desfolha.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024018
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Primeiro caso de resistência cruzada de capim-pé-de-galinha (Eleusine
           indica) a inibidores da ACCase no Estado do Paraná

    • Authors: Mateus Luiz de Oliveira Freitas, Ana Paula Werkhausen Witter, Daniel Nalin, Ana Karoline Silva Sanches, Rubem Silvério de Oliveira Junior, Denis Fernando Biffe, Jamil Constantin, Lucas Granzioli
      Pages: 23 - 32
      Abstract: O capim-pé-de-galinha (Eleusine indica) é uma planta que vem causando muitos problemas no Brasil, principalmente pela dificuldade de controle químico nas áreas de produção de grãos. O objetivo deste trabalho foi investigar a possível ocorrência de resistência cruzada a herbicidas inibidores da ACCase (enzima acetil-CoA carboxilase) numa população proveniente de Paranacity (PR). Os herbicidas avaliados foram fluazifop-p-butyl; quizalofop-p-ethyl, haloxyfop-p-methyl, sethoxydim e clethodim. Foram construídas curvas de dose-resposta em casa de vegetação em experimentos com delineamentos inteiramente casualizados em esquema fatorial 9x2 com quatro repetições. Os níveis do primeiro fator correspondem às doses de cada herbicida e os níveis do segundo fator referem-se aos biótipos susceptível e suspeito de resistência. As doses selecionadas corresponderam a: 0; 1/16; 1/8; 1/4; 1/2; 1; 2; 4; e 8 vezes a dose de bula de cada herbicida e todos os herbicidas foram aplicados em plantas no estádio de um perfilho. Os resultados mostraram que o biótipo proveniente de Paranacity foi suscetível ao clethodim e ao quizalofop-p-ethyl, mas apresentou dificuldade de controle com a utilização de fluazifop-p-butyl, haloxyfop-p-methyl e sethoxydim. O fator de resistência para estes herbicidas foi determinado em 10,66; 5,64; e 9,80 respectivamente. O biótipo de Eleusine indica proveniente de Paranacity foi caracterizado como resistente a fluazifop-p-butyl, haloxyfop-p-methyl e sethoxydim, constituindo o primeiro caso de resistência cruzada aos inibidores da ACCase no estado do Paraná.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024023
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Qualidade tecnológica de grãos de cultivares crioulas de feijão
           produzidas sob sistema orgânico

    • Authors: Kali Simioni, Cileide Maria Medeiros Coelho, Giselle Regina Rodolfo, Clovis Arruda de Souza
      Pages: 33 - 42
      Abstract: O feijão é um constituinte importante da dieta alimentar brasileira, sendo necessária a busca por cultivares com boas características culinárias e adaptadas ao local de cultivo. Sabe-se que existe uma ampla diversidade genética para as cultivares crioulas de feijão, mas pouco ainda se conhece experimentalmente sobre o comportamento dessas cultivares quando produzidas sob cultivo orgânico. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade tecnológica dos grãos de cultivares crioulas de feijão produzidas em cultivo orgânico. Foram utilizadas 26 cultivares sendo quatro comerciais e 22 crioulas, com origem do Banco Ativo de Germoplasma de Feijão (BAF) da Universidade do Estado de Santa Catarina – Centro de Ciências Agroveterinárias (UDESC/CAV), produzidas em cultivo orgânico e convencional, em duas safras. Tempo de cozimento e resistência, porcentagem de absorção de água e grãos quebrados e sólidos solúveis totais foram avaliados. O menor tempo de cozimento foi obtido nos grãos produzidos no sistema orgânico (18 a 22 min). As cultivares que tiveram percentual de grãos inteiros entre 60 a 80% apresentaram maior teor de sólidos solúveis totais no caldo. A partir da diversidade genética para a qualidade tecnológica sob cultivo orgânico, indica-se o uso das cultivares, BAFs: 60, 23, 81, 13, 68, 55, 75 e 36, para integrar programas de melhoramento genético ou serem utilizadas por pequenos agricultores para a produção de feijão.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024033
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Relações lineares entre caracteres radiculares e de parte aérea em
           gerações segregantes de feijão comum

    • Authors: Paulo Henrique Cerutti, Luan Tiago dos Santos Carbonari, Carlos Zacarias Joaquim Junior, Altamir Frederico Guidolin, Jefferson Luís Meirelles Coimbra
      Pages: 43 - 52
      Abstract: A estimativa de correlação e sua partição em causa e efeito é vista como uma ferramenta valiosa na obtenção de ganhos com a seleção no melhoramento de plantas. Isso permite a antecipação da escolha dos melhores genótipos. Deste modo, o objetivo do trabalho foi considerar a seleção indireta para melhoria simultânea de características radiculares e de parte aérea em populações segregantes de feijão. O experimento foi executado na safra 2021/22, considerando seis genótipos de feijão, sendo dois genitores e quatro gerações segregantes (F2, F3, F4 e F5), sob delineamento látice. Foram mensuradas variáveis do sistema radicular por dois métodos de fenotipagem, denominados de Shovelomics e WinRHIZO. As variáveis avaliadas de parte aérea foram os teores de clorofila, estatura de plantas, diâmetro de caule, altura de inserção do primeiro legume e componentes do rendimento (número de legumes, número de grãos e peso de grãos por planta). Foram executadas as análises de correlação e análise de causa e efeito (trilha). Foram evidenciadas estimativas de correlação (τ) significativas entre características radiculares e de parte aérea, com destaque para o teor de clorofila B com comprimento horizontal esquerdo (τ = -0,22) e teor de clorofila A com comprimento total de raízes (τ = 0,24). O desdobramento destas estimativas pela análise de trilha indicou que o teor de clorofila A tem correlação e elevado efeito direto sobre o comprimento total de raízes e que o teor de clorofila total influencia indiretamente os comprimentos radiculares horizontais esquerdo e direito. Este fato possibilita a obtenção de ganhos coma a seleção de plantas de feijão melhoradas para sistema radicular com base na avaliação direta e indireta dos teores de clorofila, facilmente mensurados na parte aérea das plantas. Isso permite a otimização de tempo e recursos nos programas de melhoramento, visando a obtenção de plantas agronomicamente superiores.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024043
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Desempenho da cultura da soja produzida com produtos químicos e
           bioinsumos on-farm para controle de pragas e doenças

    • Authors: Rodrigo Rotili Junior, Patrique Jardel Radons, Marciel Redin
      Pages: 53 - 61
      Abstract: A cultura da soja é umas das oleaginosas de maior representação mundial e sua alta produção representa também um alto consumo de produtos químicos para controle de pragas e doenças. Nesse sentido, formas alternativas de controle como uso de microrganismos benéficos multiplicados pelo próprio agricultor são vantajosas. O objetivo do estudo foi avaliar o desempenho da cultura da soja cultivada com o uso de produtos químicos e biológicos on-farm (Bioinsumos) para o controle de pragas e doenças. O experimento foi conduzido em condições de campo em área de lavoura comercial sob condições naturais de clima com três repetições para cada tratamento, sendo agroquímicos e outro bioinsumos. A multiplicação dos bioinsumos deu-se na propriedade rural. A avaliação de matéria seca de plantas foi no estádio fenológico de R2, o número de vagens e o número de grãos por vagens e peso de grãos, ocorreram na maturação fisiológica, sendo determinado o teor de proteína nos grãos de soja. A matéria seca (2515 kg ha-1), peso de grãos (149,3g) e proteína em grãos (43%) não apresentaram diferença estatística, entre os manejos com agroquímicos e bioinsumos. O número de vagens, grãos por vagem e a produção de grãos (1523 versus 2380 kg ha-1) foi maior no sistema químico de produção, podendo ser associado ao déficit hídrico que ocorreu durante o experimento, desfavorecendo os microrganismos dos bioinsumos. Portanto, o manejo químico, comparado com bioinsumos da lavoura apresenta maior produção de grãos de soja (36%) em ano de déficit hídrico.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024053
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Vigor de sementes de milho híbrido é determinante para o estabelecimento
           de plântulas a campo

    • Authors: Ânderson Scalvi Sommer, Cileide Maria Medeiros Coelho, Matheus Santin Padilha, Cristiane Carlesso, Jaquelini Garcia
      Pages: 62 - 69
      Abstract: O objetivo do trabalho foi determinar a importância do vigor durante o estabelecimento inicial da cultura do milho. O trabalho foi conduzido utilizando 8 lotes de sementes de milho híbrido, em que quatro lotes foram caracterizados como alto vigor e quatro lotes caracterizados como de baixo vigor. Após a obtenção das sementes essas foram semeadas em campo para determinar a associação do vigor com o desempenho das plântulas aos 21 dias após a semeadura. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos casualizado com quatro repetições. Foi mensurada a emergência de plântulas diariamente até 21 dias, e ao final do período determinou-se o comprimento de parte aérea, comprimento de sistema radicular, comprimento total de plântulas e suas respectivas massas, volume do sistema radicular e diâmetro do colmo. O vigor das sementes foi positivamente associado com todos as variáveis mensuradas, exceto para o comprimento de sistema radicular. Todos os parâmetros avaliados foram superiores no grupo de sementes caracterizadas como de alto vigor. Conclui-se que o vigor de sementes de milho híbrido é determinante para a maior velocidade e uniformidade de emergência a campo, sendo fundamental para formar plântulas com desempenho superior em condições de campo.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024062
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Perfil genotípico e resietência antimicrobiana de Escherichia coli
           patogênica aviária

    • Authors: Ana Carolina Spricigo, Vanessa Peripolli, Paulo Mafra de Almeida Costa, Alessandra Millezi, Jhonatan Sperandio
      Pages: 70 - 78
      Abstract: Escherichia coli patogênica aviária (APEC) é responsável por diversas condições anatomopatológicas em aves, que causam grandes prejuízos ao setor avícola. Este estudo teve como objetivo avaliar a patogenicidade de cepas de E. coli isoladas de frangos de corte e realizar testes in vitro em cepas classificadas como APEC para identificar sua capacidade de formação de biofilmes e sensibilidade aos antimicrobianos rotineiramente utilizados no processo de criação de aves. Sessenta cepas de E. coli isoladas de aves foram utilizadas neste estudo. O teste de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) em tempo real identificou que 100% dos isolados possuíam os genes hlyF e ompT, 98,3% os genes iroN e iss e 83,33% o gene iutA, sendo todas as cepas avaliadas classificadas como APEC. Nas avaliações in vitro quanto à formação e caracterização de biofilmes, as amostras da APEC foram caracterizadas como 71,66% fracamente formadoras de biofilme. O teste de sensibilidade aos antibióticos mostrou que os maiores percentuais de resistência foram encontrados frente às moléculas de oxitetraciclina, com 33%, e doxiciclina, com 31,66%, mas cerca de 58,33% das amostras apresentaram perfil de multirresistência aos antimicrobianos. Mais estudos são necessários para melhor caracterizar os genes de virulência e a resistência a múltiplos medicamentos da APEC, dado o seu impacto na saúde/produção avícola e o risco potencial para a saúde humana.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024070
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Caracterização fenotípica das cores da pelagem de alpacas (Vicugna
           pacos) na região de Apurímac, Peru: Uma base para a produção
           sustentável

    • Authors: Victor Alberto Ramos De la Riva, Keyro Alberto Meléndez Flores
      Pages: 79 - 88
      Abstract: Este estudo detalha a distribuição de alpacas de cor sólida em relação à sua raça, sexo e idade na comunidade de San Miguel de Mestizas, Apurímac. Foram avaliadas um total de 244 alpacas do genótipo Suri e 2.256 alpacas Huacaya. A determinação da cor do vellón foi realizada por observação e registrada em uma ficha de registro. Foi encontrada uma disparidade significativa na proporção de alpacas de cor sólida entre as raças Suri (10.8%) e Huacaya (89.2%), mesmo após expandir a análise para todas as alpacas. A baixa prevalência de Suri foi atribuída à sua maior vulnerabilidade em ambientes andinos, refletida em taxas de mortalidade elevadas e menor reprodução. O estudo destacou uma predominância de alpacas fêmeas (69.6%), indicando práticas de manejo centradas em machos, afetando a natalidade e a sobrevivência das crias. A análise por idade revelou desafios na reprodução, com uma escassa proporção de alpacas em etapa de dentição de leite. Em Huacaya, a preferência por vellones brancos (66.8%) foi evidente, sinalizando uma crescente demanda de vellones coloridos. As alpacas Suri mostraram uma alta proporção de fêmeas (71.2%) e uma tendência a cores sólidas, mas a diminuição de Suri de cores sólidas levanta preocupações sobre a diversidade genética. Este análise detalhada destaca desafios na gestão de populações, preferências de cores e a necessidade de preservar a variabilidade genética diante da crescente demanda de vellones coloridos em San Miguel de Mestizas.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024079
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Desempenho de crescimento, bioquímica hematológica e sérica de frangos
           de corte alimentados com dietas contendo farinha de folhas de Vitex
           doniana

    • Authors: Ugwuowo Leonard Chidi, Cordelia Ifeyinwa Ebenebe, Odia Peace Ngozi
      Pages: 89 - 98
      Abstract: Investigou-se o desempenho de crescimento, índices hematológicos e bioquímicos séricos de frangos de corte alimentados com dietas contendo farinha de folhas de Vitex doniana (VDLM). Um total de 120 frangos de corte não sexados foram alocados em quatro tratamentos e replicados três vezes com dez aves por repetição em um delineamento inteiramente casualizado. As aves de cada tratamento foram alimentadas com dietas contendo 0,0, 2,5, 5,0 e 7,5% de VDLM respectivamente. Foram avaliados o desempenho de crescimento, hematócrito, contagem de glóbulos vermelhos, hemoglobina, contagem de glóbulos brancos, linfócitos, neutrófilos, volume corpuscular médio, concentração média de hemoglobina corpuscular, contagem de plaquetas, aspartato amino transaminase, alanina amino transaminase, fosfato alcalino, lipoproteína de alta densidade, lipoproteína de baixa densidade, colesterol, albumina, globulina, ureia, glicose, proteína total e creatinina. Os resultados do desempenho de crescimento mostraram que houveram diferenças significativas (P<0,05) em todos os parâmetros medidos, exceto no custo da alimentação. Observou-se diferenças significativas (P<0,05) em todos os parâmetros hematológicos e bioquímicos séricos nas fases inicial e final, exceto para hemoglobina e concentração média de hemoglobina corpuscular que não foram significativamente diferentes (P>0,05) nas fases inicial e final. O desempenho de crescimento dos frangos alimentados com dietas controle foi melhor do que as outras dietas de tratamento. A hemoglobina corpuscular média, a contagem de plaquetas e a lipoproteína de baixa densidade diminuíram progressivamente, enquanto que, o volume corpuscular médio, neutrófilos, alanina amino transaminase, aspartato amino transaminase e creatinina aumentaram progressivamente com aumento na inclusão de VDLM na fase final. Na fase final, a hemoglobina, o hematócrito e a glicose diminuíram progressivamente enquanto a lipoproteína de alta densidade aumentou progressivamente com o aumento do VDLM. Os resultados mostram que o VDLM reduziu o desempenho de crescimento, mas melhorou a bioquímica hematológica e sérica dos frangos de corte em níveis mais baixos de inclusão
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024089
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Características físico-químicas do solo e sua
           importância para piscicultura

    • Authors: Vanessa Lewandowski, Heloise Nantes Romero Leal, Cesar Sary
      Pages: 99 - 105
      Abstract: Viveiros aquícolas em terra são as principais unidades de produção de organismos aquáticos e as características do solo base dessas estruturas influenciam na qualidade de água e no ecossistema aquático formado para produção. O objetivo desse estudo foi verificar as características de solos de pisciculturas e abordar a importância do tema para a atividade. O estudo baseou-se na coleta de solos base da construção de viveiros de sete pisciculturas do município de Dourados – MS, sendo verificado a granulometria, pH, matéria orgânica (MO), capacidade de troca catiônica efetiva (t) e potencial (T), saturação por bases (V%) e saturação por alumínio (m%). Foi realizada análise descritiva dos dados, determinação dos índices de correlação e análise dos componentes principais (PCA). Verificou-se que houve correlação significativa positiva entre pH x V% (0,77) e V% x t (0,74). Correlações significativas negativas foram verificadas entre as variáveis químicas pH x m% (-0,87), V% x m% (-0,88) e as variáveis físicas com a argila em relação a areia (-0,91) e silte (-0,83). Os resultados de correlação corroboram com os clusters formados pela análise de PCA, a qual indicou a existência de três grupos de variáveis considerando as duas primeiras dimensões, onde ficou evidente a relação negativa entre m% x pH e V%. Ao realizar o agrupamento das propriedades em função dos parâmetros do solo, houve a formação de três grupos, demonstrando que mesmo propriedades construídas em solos do mesmo padrão, como locar de várzea, podem apresentar diferença nos parâmetros físicos, químicos e matéria orgânica do solo.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024099
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Análise físico-química de méis florais produzidos por Apis mellifera
           L. entre 2018 e 2020 no Estado de Santa Catarina, sul do Brasil

    • Authors: Aline Nunes, Giovanna Balen de Azambuja, Guilherme Luiz Deolindo, Cleiciane Rita, Gadiel Zilto Azevedo, Beatriz Rocha dos Santos, Denise Nunes Araújo, Sidnei Moura, Marcelo Maraschin
      Pages: 106 - 116
      Abstract: O Brasil é um grande produtor de mel e é reconhecido internacionalmente pela qualidade deste produto. Para avaliar a qualidade do produto foram realizadas análises físico-químicas. Nesse sentido, amostras de mel das onze zonas agroecológicas de Santa Catarina, sul do Brasil, foram analisadas quanto ao teor de umidade, pH, açúcares redutores, sacarose aparente, atividade de água, enzima diastase, cor e reação de Lund. Foram analisadas 65 amostras de mel coletadas na safra 2018-2019 e 50 na safra 2019-2020. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Scott & Knott (p<0,05) com auxílio de scripts implementados em linguagem R. A análise de componentes principais (ACP) também foi aplicada ao conjunto de dados fisico-químicos para verificar possíveis agrupamentos de amostras entre as zonas agroecológicas do estado de SC e interações entre as variáveis. Os valores de umidade e a sacarose aparente apresentaram as maiores discrepâncias em relação ao permitido pela legislação brasileira. Três zonas agroecológicas foram correlacionadas em termos dos dados encontrados. A ACP mostrou serem a umidade, pH e atividade de água parâmetros relevantes ao agrupamento e discriminação das amostras de méis. A partir dos resultados observados, percebe-se a necessidade de monitoramento contínuo da qualidade daquele alimento, bem como a capacitação dos apicultores para colheita, processamento e armazenamento.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024106
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Polimorfismos de proteína do leite e haplótipos de caseína em gado
           Blanco Orejinegro da Colômbia

    • Authors: Darwin Hernandez-Herrera, Juan C Rincon Florez , Maryi N Pulido Hoyos M
      Pages: 117 - 129
      Abstract: O objetivo foi determinar a variação genética nos genes CSN1S1, CSN2, CSN1S2, CSN3 e LGB em bovinos Blanco Orejinegro. 419 animais de 15 rebanhos foram genotipados com chips GGP Bovine 150 K (n= 70) e 50 K (n= 349). Foram obtidas informações de 43 SNPs nos genes mencionados e as variantes proteicas *B, *C e *D de αS1-CN; *A1, *A2, *B, *H2 e *F de β-CN; *A e *D de αS2-CN, *A, *A1, *B, *I e *H de κ-CN e *A, *B, *C, *D, *E, *F e *H de β-LG foram reconstruídas. As frequências alélicas e genotípicas foram estimadas para SNPs e para variantes de proteínas; o equilíbrio de Hardy-Weinberg e os valores de FST foram avaliados para cada um dos SNPs sob diferentes critérios de estruturação. Os valores de LD e as frequências haplotípicas foram estimados para as caseínas. As variantes mais frequentes foram CSN1S1*B (0.804), CSN2*A2 (0.509), CSN1S2*A (0.997), CSN3*A (0.679) e β-LG*B (0.657). Nenhuma das variantes apresentou desvios da HWE, mas o alelo CSN2*A2 apresentou uma leve tendência de aumento ao longo do tempo. Os valores de FST foram baixos (0.035) independentemente dos critérios de estruturação. Foram encontrados 28 haplótipos CSN1S1-CSN2-CSN1S2-CSN3, 22 deles com frequências <5%; os três mais frequentes foram BB-A1A2-AA-AA-AA-AA (16.6%), BB-A1A2-AA-AA-AA-AB (14.1%) e BB-A2A2-AA-AA-AA (10.1%). Foi relatado um bom potencial do gado BON para produzir leite de alta qualidade com valor funcional.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024117
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Levedura de cana-de-açúcar (Saccharomyces cerevisiae) em dietas
           para tilápia do Nilo

    • Authors: Misleni Ricarte de Lima, Maria do Carmo Mohaupt Marques Ludke, Elton Lima Santos, Cláudio José Parro de Oliveira
      Pages: 130 - 137
      Abstract: A pesquisa foi conduzida com o objetivo de avaliar a utilização da levedura de cana-de-açúcar (Saccharomyces cerevisiae) desidratada pelo método spray dryer nas dietas de tilápia do Nilo. Foram utilizados 144 alevinos com peso médio inicial 3,6 ± 0,03g, distribuídos em 24 tanques com capacidade de 80L, interligados a um sistema de recirculação de água, com o uso de filtro biológico para a mineralização da amônia em nitrito, e do nitrito em nitrato, e um sistema de aeração contínua. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado constituído de quatro tratamentos (0,00; 10,00; 20,00 e 30,00% de inclusão de levedura) e seis repetições. O experimento teve uma duração de 60 dias e foram avaliados o peso final, comprimento total, taxa de sobrevivência, ganho em peso, consumo de ração, conversão alimentar aparente, taxa de eficiência proteica, rendimento de carcaça, índices hepatossomático e lipossomático. Em relação aos parâmetros analisados, não foram observados um efeito significativo para comprimento total, consumo de ração, conversão alimentar, taxa de eficiência proteica, rendimento de carcaça, índices hepatossomático e lipossomático. No entanto, o peso final e ganho em peso apresentaram efeito quadrático, sendo os melhores níveis de inclusão de levedura apontado pela regressão para esses parâmetros foram 2,26 e 3,04%, respectivamente. Já para a taxa de sobrevivência dos animais foi observado um aumento linear. Baseado nos resultados obtidos, recomenda-se a inclusão de 3,04% de levedura para alevinos de tilápia do Nilo.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024130
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Tempo de maceração fermentativa influencia composição cromática e
           fenólica de vinhos elaborados com a videira ‘Bordô’

    • Authors: Douglas André Würz, Eduarda Schmidt, Alcemir Nabir Kowal, Thalia Aparecida Silva Maciel, Rabechlt Stange Almeida, Thuany Aparecida Levandoski Jansen, Eduardo Virmond Souza Farias, Otávio Frederico Tschoeke Steidel, Rodrigo Palinguer, Kelly Eduarda Demetrio, Caroline Wisniewski
      Pages: 138 - 142
      Abstract: Tem-se como objetivo deste trabalho avaliar o efeito de diferentes períodos de maceração fermentativa na composição físico-química, cromática e fenólica de vinhos elaborados com a videira ‘Bordô’. O presente trabalho foi conduzido no Laboratório de Fruticultura do Instituto Federal de Santa Catarina – Campus Canoinhas, no ano de 2022. A uva ‘Bordô’ foi colhida em um vinhedo comercial, que consistem em diferentes períodos de maceração fermentativa: 02, 04, 06, 08 e 10 dias. O vinho foi envasado em julho de 2022, após término a fermentação malolática, e após dez dias após realizou-se as avaliações dos vinhos. As análises foram realizadas em triplicata, avaliando-se: densidade relativa, pH, acidez total, intensidade de cor, tonalidade de cor e polifenóis totais. Os dados serão submetidos à análise de variância e suas médias comparadas pelo teste de Tukey. O período de maceração fermentativa não influenciou a tonalidade de coloração, acidez total titulável, densidade relativa e pH dos vinhos. Em relação ao conteúdo de polifenóis totais e intensidade de cor, verificou-se aumento destas variáveis em função do aumento do período de maceração fermentativa. Portanto, o tempo da maceração fermentativa influencia na composição cromática e fenólica dos vinhos elaborados com a uva ‘Bordô’.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024138
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Oliveiras no mundo. Passado e presente com perspectivas futuras

    • Authors: Andrés Chacon-Ortiz, Luciano Carlos da Maia, Antônio Costa de Oliveira, Gustavo Perruolo, Camila Pegoraro
      Pages: 143 - 152
      Abstract: O cultivo da oliveira é de grande importância econômica mundial. Para a safra de 2022-2023 produziu-se cerca de 3.010.000 t de azeite e 2.955.500 t de azeitonas de mesa de variedades selecionadas, conseguindo se estabelecer em aproximadamente 56 países com ambientes diversos. Na maioria das zonas cultivadas foram utilizados apenas monovarietais, porém tem sido recomendadas misturas de variedades, que atuem como polinizadores, evitando problemas de reprodução. Além disso, o aquecimento global também afeta a eficiência da produção e a qualidade dos produtos derivados. O olival sofreu alterações importantes devido ao melhoramento genético. No entanto, apesar das ferramentas moleculares modernas, a maior parte do trabalho continua a se basear em métodos agronômicos clássicos, como cruzamento e seleção na progênie, retardando o desenvolvimento de novas variedades. Modelos com projeções climáticas de alta resolução está sendo utilizados, permitindo prever a evolução futura da oliveira. Infelizmente, o Brasil produz apenas 0,2% do seu consumo interno e, portanto, tornou-se o segundo maior importador mundial depois dos Estados Unidos para cobrir a crescente demanda. Com base nessas informações, esta revisão tem como objetivo discutir os ajustes da olivicultura, que vem ganhando cada vez mais áreas dedicadas ao seu cultivo no Brasil.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024143
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • O défice de oferta no mercado dos medicamentos veterinários: uma visão
           prática baseada no regulamento (UE) 2019/6

    • Authors: Rafaela Nogueira, Catarina Jota Baptista, Lio Gonçalves, Ana Claúdia Coelho, Ana I. Faustino-Rocha, Marta Regueiro Purriños, José M. Gonzalo-Orden, Paula A. Oliveira
      Pages: 153 - 158
      Abstract: O Regulamento (UE) 2019/6 estabelece que as prescrições veterinárias devem seguir uma cascata, de acordo com a sua disponibilidade no mercado. Em suma, o médico veterinário só está autorizado a utilizar um medicamento de uso humano se não existir um produto disponível para a mesma ou outra indicação terapêutica, na mesma ou noutra espécie animal. Este estudo tem como objetivo analisar a aplicação do Regulamento (UE) 2019/6 na prescrição farmacológica no Hospital Veterinário da Universidade de León. Foram incluídos 121 casos clínicos, 89 cães (73,55%) e 32 gatos (26,45%). Os resultados revelaram que foram prescritos 95 fármacos, 51 (53,68%) como medicamentos veterinários e 44 (46,32%) como medicamentos humanos. Dos medicamentos humanos, 22 (50,00%) não possuíam alternativa veterinária no mercado; quatro (9,00%) apresentavam medicamento veterinário na formulação adequada para a espécie; 10 (23,00%) não possuíam alternativa na formulação desejada; e 8 (18,00%) não possuíam alternativas para a espécie alvo. Este estudo sugeriu que a cascata não foi seguida rigorosamente, e vários motivos podem justificar esse fato, como a falta de produtos veterinários, diferentes formulações e diferenças de custos.  
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024153
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Consumo e digestibilidade de pequenos ruminantes alimentados com óleo de
           babaçu e mesocarpo nas regiões Norte e Nordeste do Brasil

    • Authors: Gleice Kelle Silva Marques Vilela, Steyce Neves Barbosa, Matheus Bilio Alves, Diego Carvalho Viana, Thiago Machado da Silva Acioly
      Pages: 159 - 167
      Abstract: A criação de pequenos ruminantes é uma importante fonte de subsistência e renda para os agricultores familiares, contribuindo para a segurança alimentar e o desenvolvimento socioeconômico. Para elevar a produção desses animais visando o baixo custo com a alimentação, se faz necessário recorrer às diferentes alternativas de alimentos, que além de diminuir os gastos, proporciona aos animais maior consumo e aproveitamento dos nutrientes. Nesse sentido, surge então o mesocarpo e o óleo de babaçu, uma alternativa alimentar que se apresenta como fonte nutritiva geralmente melhorando o desempenho produtivo, e reduzindo doenças metabólicas ocasionadas pela alta concentração de grãos na dieta. Objetiva-se com esta revisão de literatura realizar um levantamento sobre consumo e digestibilidade dos nutrientes em pequenos ruminantes alimentados com óleo e mesocarpo de babaçu na região Norte e Nordeste do Brasil. Os artigos escolhidos para esta revisão foram publicados em bases de dados no período de 2013 a 2023, utilizando os seguintes critérios de inclusão: babassu oil, babassu mesocarp, alternative feeding, lambs nutrition, intake and digestibility of nutrients. Os estudos indicam que o óleo e o mesocarpo de babaçu podem ser utilizados na alimentação de pequenos ruminantes, apresentando ganhos significativos quanto ao consumo e digestibilidade de nutrientes. Contudo, há restrição quanto ao uso desse alimento alternativo na dieta, onde, a quantidade adequada para o mesocarpo é entre 10 a 10,5%, e para o óleo de babaçu de até 7%.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024159
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
  • Os impactos da nova instrução normativa nº 113, de 16 de dezembro de
           2020 no bem-estar e produção de suínos

    • Authors: Júlia Martina da Rocha Silva, Silvana Lúcia dos Santos Medeiros, Alexander Alexandre de Almeida, Jean Kaique Valentim, Débora Duarte Moraleco
      Pages: 168 - 176
      Abstract: A suinocultura desempenha um papel crucial tanto no âmbito econômico quanto social, impulsionando o mercado e gerando empregos significativos. O bem-estar animal é uma questão cada vez mais relevante no contexto da produção animal, e nesse sentido, a publicação da Instrução Normativa Nº 113 em 16 de dezembro de 2020 representa um marco importante para a promoção do bem-estar na indústria suinícola. Este trabalho teve como objetivo realizar uma revisão de literatura sobre a Normativa Nº 113, destacando seus principais pontos e seu impacto no setor suinícola. A pesquisa foi baseada em pesquisas aplicadas com uma abordagem descritiva, incluindo revisões de literatura de cunho qualitativo. Além disso, foram revisados trabalhos relacionados aos temas abordados na normativa, como alojamento, instalações e equipamentos, manejo e relação humano-animal, e enriquecimento ambiental. A seleção dos trabalhos se concentrou em estudos publicados recentemente, abrangendo o período de 2010 a 2022. É evidente que o bem-estar animal é uma questão que requer contínua atenção e aprimoramento nos setores produtivos, incluindo a suinocultura. A Normativa Nº 113 desempenha um papel fundamental ao estabelecer diretrizes que visam melhorar as condições de criação e promover o bem-estar dos suínos. A capacitação e treinamento adequados dos profissionais envolvidos na indústria suinícola são aspectos cruciais para garantir a implementação eficaz dessas diretrizes, contribuindo assim para uma produção mais ética e de qualidade.
      PubDate: 2024-04-01
      DOI: 10.5965/223811712312024168
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2024)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.221.66.130
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-
JournalTOCs
 
 

 A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

        1 2        [Sort alphabetically]   [Restore default list]

  Subjects -> VETERINARY SCIENCE (Total: 220 journals)
Showing 1 - 63 of 63 Journals sorted by number of followers
Animal Behaviour     Hybrid Journal   (Followers: 193)
Journal of Veterinary Internal Medicine     Open Access   (Followers: 32)
Veterinary Record     Hybrid Journal   (Followers: 32)
Veterinary Surgery     Hybrid Journal   (Followers: 29)
Australian Veterinary Journal     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Animal Nutrition     Open Access   (Followers: 25)
Journal of Veterinary Emergency and Critical Care     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Veterinary Clinics of North America: Small Animal Practice     Full-text available via subscription   (Followers: 24)
Journal of Small Animal Practice     Hybrid Journal   (Followers: 23)
Veterinary Journal     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Equine Veterinary Journal     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Veterinary Anaesthesia and Analgesia     Hybrid Journal   (Followers: 18)
American Journal of Primatology     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Veterinary Pathology     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Canadian Journal of Veterinary Research     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
BMC Veterinary Research     Open Access   (Followers: 15)
Veterinary and Comparative Oncology     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Journal of Equine Veterinary Science     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Veterinary Radiology & Ultrasound     Hybrid Journal   (Followers: 14)
New Zealand Veterinary Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Animals     Open Access   (Followers: 14)
Research in Veterinary Science     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Journal of Veterinary Diagnostic Investigation     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Journal of Veterinary Medical Education     Partially Free   (Followers: 13)
Journal of Veterinary Medicine     Open Access   (Followers: 13)
Equine Veterinary Education     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Anthrozoos : A Multidisciplinary Journal of The Interactions of People & Animals     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Trends in Parasitology     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Veterinary Clinics of North America: Equine Practice     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Veterinary Immunology and Immunopathology     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Journal of Feline Medicine & Surgery     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Journal of Veterinary Cardiology     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Preventive Veterinary Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Veterinary Research     Open Access   (Followers: 10)
American Journal of Animal and Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 10)
Advances in Animal Biosciences     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
Animal Feed Science and Technology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Veterinary Microbiology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Veterinary Ophthalmology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Veterinary Clinical Pathology     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Animal Reproduction Science     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Archives of Animal Nutrition     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Journal of Animal Physiology and Animal Nutrition     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Veterinary Dermatology     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Companion Animal     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Veterinary Nurse     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Journal of Research in Forestry, Wildlife and Environment     Open Access   (Followers: 8)
African Journal of Wildlife Research     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Journal of Veterinary Pharmacology and Therapeutics     Hybrid Journal   (Followers: 7)
International Journal of Veterinary Science and Medicine     Open Access   (Followers: 7)
Topics in Companion Animal Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Journal of Veterinary Science & Medical Diagnosis     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Animal Health Research Reviews     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Exotic Pet Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Veterinary Clinics of North America: Exotic Animal Practice     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Veterinary Parasitology     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Research Journal of Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 5)
Veterinary Medicine International     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Veterinary Science & Technology     Open Access   (Followers: 5)
Veterinary Nursing Journal     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Case Reports in Veterinary Medicine     Open Access   (Followers: 5)
Frontiers in Veterinary Science     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Feline Medicine and Surgery Open Reports     Open Access   (Followers: 5)
Avian Pathology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Domestic Animal Endocrinology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Veterinary Clinics of North America: Food Animal Practice     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Zoonoses and Public Health     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Onderstepoort Journal of Veterinary Research     Open Access   (Followers: 4)
Transboundary and Emerging Diseases     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Human & Veterinary Medicine - International Journal of the Bioflux Society     Open Access   (Followers: 4)
Irish Veterinary Journal     Open Access   (Followers: 4)
Open Journal of Animal Sciences     Open Access   (Followers: 4)
Bangladesh Journal of Animal Science     Open Access   (Followers: 4)
Equine Health     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Journal of Veterinary Research     Open Access   (Followers: 4)
Advanced Research in Life Sciences     Open Access   (Followers: 4)
Veterinary and Comparative Orthopaedics and Traumatology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Acta Veterinaria Scandinavica     Open Access   (Followers: 3)
Medical Mycology     Open Access   (Followers: 3)
Asian Journal of Poultry Science     Open Access   (Followers: 3)
Open Journal of Veterinary Medicine     Open Access   (Followers: 3)
Australian Equine Veterinarian     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Bulletin of Animal Health and Production in Africa     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Ethiopian Veterinary Journal     Open Access   (Followers: 3)
Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 3)
Asian Journal of Medical and Biological Research     Open Access   (Followers: 3)
Nutrición Animal Tropical     Open Access   (Followers: 3)
Journal of Advanced Veterinary Research     Open Access   (Followers: 3)
VCOT Open     Open Access   (Followers: 3)
Anatomia, Histologia, Embryologia: Journal of Veterinary Medicine Series C     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Journal of Veterinary Behavior     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Reproduction in Domestic Animals     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Small Ruminant Research     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Theriogenology     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Indian Journal of Animal Sciences     Open Access   (Followers: 2)
Indian Journal of Veterinary Anatomy     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
New Zealand Veterinary Nurse     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Kenya Veterinarian     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Research & Reviews : Journal of Veterinary Science and Technology     Open Access   (Followers: 2)
Bulletin of University of Agricultural Sciences and Veterinary Medicine Cluj-Napoca : Food Science and Technology     Open Access   (Followers: 2)
Veterinary Medicine and Science     Open Access   (Followers: 2)
Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias (Colombian journal of animal science and veterinary medicine)     Open Access   (Followers: 2)
Indonesian Journal of Animal and Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 2)
Acta Veterinaria Hungarica     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Zootecnia     Open Access   (Followers: 1)
Tropical Animal Health and Production     Open Access   (Followers: 1)
Veterinary Research Communications     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of the South African Veterinary Association     Open Access   (Followers: 1)
Journal of the Hellenic Veterinary Medical Society     Open Access   (Followers: 1)
veterinär spiegel     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Archivos de Medicina Veterinaria     Open Access   (Followers: 1)
Livestock     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Veterinary Science Development     Open Access   (Followers: 1)
Polish Journal of Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Veterinary Medicine: Research and Reports     Open Access   (Followers: 1)
Revista Mexicana de Ciencias Pecuarias     Open Access   (Followers: 1)
Veterinary Quarterly     Open Access   (Followers: 1)
ILAR Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Annual Review of Animal Biosciences     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal     Open Access   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Ciência Veterinária     Open Access   (Followers: 1)
Tanzania Veterinary Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Tropical Veterinarian     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Acta Veterinaria     Open Access   (Followers: 1)
Revue Marocaine des Sciences Agronomiques et Vétérinaires     Open Access   (Followers: 1)
Global Journal of Animal Scientific Research     Open Access   (Followers: 1)
Intas Polivet     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Buletin Peternakan : Bulletin of Animal Science     Open Access   (Followers: 1)
Iranian Journal of Applied Animal Science     Open Access   (Followers: 1)
Cogent Food & Agriculture     Open Access   (Followers: 1)
Jurnal Ilmu dan Kesehatan Hewan (Veterinary Science and Medicine Journal)     Open Access   (Followers: 1)
Jurnal Veteriner     Open Access   (Followers: 1)
Wartazoa. Indonesian Bulletin of Animal and Veterinary Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Jurnal Agripet     Open Access   (Followers: 1)
Buletin Veteriner Udayana     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Veterinary Dentistry     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Brazilian Journal of Veterinary Medicine     Open Access   (Followers: 1)
Applied Animal Science     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Pet Behaviour Science     Open Access   (Followers: 1)
Abanico Veterinario     Open Access   (Followers: 1)
CES Medicina Veterinaria y Zootecnia     Open Access  
Veterinaria México OA     Open Access  
Compendio de Ciencias Veterinarias     Open Access  
Iranian Journal of Veterinary Surgery     Open Access  
Ciencia Veterinaria     Open Access  
Nepalese Veterinary Journal     Open Access  
Sri Lanka Veterinary Journal     Open Access  
Salud y Tecnología Veterinaria     Open Access  
Veterinary Parasitology : X     Open Access  
Jurnal Medik Veteriner     Open Access  
Tierärztliche Praxis Ausgabe K: Kleintiere / Heimtiere     Hybrid Journal  
Tierärztliche Praxis Ausgabe G: Großtiere / Nutztiere     Hybrid Journal  
Van Veterinary Journal     Open Access  
Journal of Veterinary and Animal Sciences     Open Access  
Rassegna di Diritto, Legislazione e Medicina Legale Veterinaria     Open Access  
Veterinaria (Montevideo)     Open Access  
SVU-International Journal of Veterinary Sciences     Open Access  
Matrix Science Medica     Open Access  
Veterinary Journal of Mehmet Akif Ersoy University / Mehmet Akif Ersoy Üniversitesi Veteriner Fakültesi Dergisi     Open Access  
Analecta Veterinaria     Open Access  
Veterinarski Glasnik     Open Access  
Medicina Veterinária (UFRPE)     Open Access  
Veterinaria     Open Access  
Jurnal Sain Veteriner     Open Access  
International Journal of Tropical Veterinary and Biomedical Research     Open Access  
Revista de Ciência Veterinária e Saúde Pública     Open Access  
Jurnal Medika Veterinaria     Open Access  
Veterinary Parasitology : Regional Studies and Reports     Full-text available via subscription  
Revue Vétérinaire Clinique     Full-text available via subscription  
Folia Veterinaria     Open Access  
Science and Animal Health     Open Access  
FAVE Sección Ciencias Veterinarias     Open Access  
Revista Ciencias Veterinarias     Open Access  
Indonesia Medicus Veterinus     Open Access  
Spei Domus     Open Access  
Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia     Open Access  
Revista Veterinaria     Open Access  
Journal of the Selva Andina Research Society     Open Access  
Bangladesh Veterinarian     Open Access  
Journal of Buffalo Science     Hybrid Journal  
Revista de Ciências Agroveterinárias     Open Access  
Atatürk Üniversitesi Veteriner Bilimleri Dergisi / Atatürk University Journal of Veterinary Sciences     Open Access  
Nigerian Veterinary Journal     Open Access  
Schweizer Archiv für Tierheilkunde     Hybrid Journal  
Bangladesh Journal of Veterinary Medicine     Open Access  
Macedonian Veterinary Review     Open Access  
Revista de Investigaciones Veterinarias del Perú     Open Access  
Revista Complutense de Ciencias Veterinarias     Open Access  
Medical Mycology Case Reports     Open Access  
Veterinaria México     Open Access  
Revista de Salud Animal     Open Access  
Revista de Medicina Veterinaria     Open Access  
Revista MVZ Córdoba     Open Access  
Avances en Ciencias Veterinarias     Open Access  
InVet     Open Access  
Zeitschrift für Ganzheitliche Tiermedizin     Hybrid Journal  
team.konkret     Open Access  
pferde spiegel     Hybrid Journal  
kleintier konkret     Hybrid Journal  
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia     Open Access  

        1 2        [Sort alphabetically]   [Restore default list]

Similar Journals
Similar Journals
HOME > Browse the 73 Subjects covered by JournalTOCs  
SubjectTotal Journals
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.221.66.130
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-