Subjects -> COMMUNICATIONS (Total: 518 journals)
    - COMMUNICATIONS (446 journals)
    - DIGITAL AND WIRELESS COMMUNICATION (31 journals)
    - HUMAN COMMUNICATION (19 journals)
    - MEETINGS AND CONGRESSES (7 journals)
    - RADIO, TELEVISION AND CABLE (15 journals)

COMMUNICATIONS (446 journals)            First | 1 2 3 | Last

Showing 201 - 400 of 480 Journals sorted alphabetically
Journal of Asian Pacific Communication     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Biocommunication     Open Access  
Journal of Broadcasting & Electronic Media     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Journal of Cardiovascular Computed Tomography     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Journal of Chinese Writing Systems     Hybrid Journal  
Journal of Communication     Hybrid Journal   (Followers: 62)
Journal of Communication and Innovation NIDA     Open Access  
Journal of Communications Software and Systems     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Community Informatics     Open Access   (Followers: 3)
Journal of Computer-Mediated Communication     Open Access   (Followers: 35)
Journal of Development and Communication Studies     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Digital Media & Policy     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Environmental Media     Hybrid Journal  
Journal of European Periodical Studies     Open Access   (Followers: 1)
Journal of European Popular Culture     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Journal of Graph Theory     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Journal of Greek Media & Culture     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal of Information and Organizational Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Information and Telecommunication     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Information, Communication and Ethics in Society     Hybrid Journal   (Followers: 22)
Journal of Interactional Research in Communication Disorders     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of Interdisciplinary Voice Studies     Hybrid Journal  
Journal of International and Intercultural Communication     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Journal of International Communication     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal of Islamic Manuscripts     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Journal of Italian Cinema and Media Studies     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Language and Politics     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Language and Sexuality     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Location Based Services     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal of Magnetic Resonance Imaging     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Journal of Media and Communication Studies     Open Access   (Followers: 26)
Journal of Media Business Studies     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal of Media Ethics : Exploring Questions of Media Morality     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Journal of Media Innovations     Open Access   (Followers: 3)
Journal of Media Literacy Education     Open Access   (Followers: 3)
Journal of Media Psychology     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Journal of Medical Internet Research     Open Access   (Followers: 23)
Journal of Modern Periodical Studies     Full-text available via subscription  
Journal of Organizational Knowledge Communication     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Professional Communication     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Public Interest Communications     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Radio & Audio Media     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Journal of Radiology Nursing     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of Radiotherapy in Practice     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Journal of Science & Popular Culture     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Science Communication     Open Access   (Followers: 15)
Journal of Selcuk Communication     Open Access  
Journal of Technical Writing and Communication     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
Journal of the American College of Radiology     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Journal of the Association for Information Systems     Open Access   (Followers: 29)
Journal of Writing in Creative Practice     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journalism & Mass Communication Educator     Hybrid Journal   (Followers: 21)
Journalism & Communication Monographs     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Journalism & Mass Communication Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Journalism Research     Open Access   (Followers: 4)
Journalistica - Tidsskrift for forskning i journalistik     Open Access   (Followers: 1)
Jurnal Aspikom : Jurnal Ilmu Komunikasi     Open Access  
Jurnal Dakwah dan Komunikasi     Open Access  
Jurnal Dakwah Risalah     Open Access  
Jurnal Ilmu Komunikasi     Open Access  
Jurnal Media dan Komunikasi Indonesia     Open Access   (Followers: 3)
Jurnal MEKOM (Media Komunikasi Pendidikan Kejuruan)     Open Access  
Jurnal Representamen     Open Access  
Jurnal Simbolika : Research and Learning in Communication Study     Open Access  
Kaleidoscope : A Graduate Journal of Qualitative Communication Research     Open Access   (Followers: 3)
Komunika     Open Access  
Komuniti : Jurnal Komunikasi dan Teknologi Informasi     Open Access  
La Mirada de Telemo     Open Access  
La Tercera Orilla     Open Access  
La Trama de la Comunicación     Open Access   (Followers: 1)
Language and Dialogue     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Language and Speech     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Language Problems & Language Planning     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Language, Interaction and Acquisition     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Lingue e culture dei media     Open Access  
Llengua, societat i comunicació     Open Access  
Logos : Comunicação e Universidade     Open Access  
Lumina     Open Access  
Magnetic Resonance Imaging     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Magnetic Resonance Materials in Physics, Biology and Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 3)
MATRIZes : Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de São Paulo     Open Access   (Followers: 1)
McMaster Journal of Communication     Open Access   (Followers: 1)
Medea     Open Access  
Media & Jornalismo     Open Access  
Media & Viestintä     Open Access  
Media and Communication     Open Access   (Followers: 14)
Media International Australia     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Mediaciones     Open Access  
Mediaciones Sociales     Open Access  
MediaTropes     Open Access   (Followers: 3)
Medical Writing     Hybrid Journal   (Followers: 4)
MedieKultur. Journal of media and communication research     Open Access   (Followers: 12)
Mediterranea : International Journal on the Transfer of Knowledge     Open Access  
MEDIUM (Jurnal Ilmiah Fakultas Ilmu Komunikasi Universitas Islam Riau)     Open Access  
Metaphor and the Social World     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Metaverse Creativity     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Middle East Journal of Culture and Communication     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Middle East Media Educator     Open Access   (Followers: 2)
Moment Dergi     Open Access  
Myth & Symbol     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Narrative Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
NAUS : Revista Lusófona de Estudos Culturais e Comunicacionais     Open Access   (Followers: 1)
Netcom     Open Access  
Neuroimaging Clinics of North America     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
New Media and Mass Communication     Open Access   (Followers: 31)
New Review of Film and Television Studies     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Nonprofit Communications Report     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Nordic Journal of Media Management     Open Access   (Followers: 1)
Nordic Journal of Media Studies     Open Access   (Followers: 1)
Nordicom Review     Open Access   (Followers: 3)
Norsk medietidsskrift     Open Access  
Northern Lights     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Novos Olhares : Revista de Estudos Sobre Práticas de Recepção a Produtos Midiáticos     Open Access  
Nueva Revista del Pacífico     Open Access  
Obra Digital     Open Access  
Observatorio (OBS*)     Open Access  
Oficios Terrestres     Open Access  
Open Medical Informatics Journal     Open Access  
Openings : Studies in Book Art     Open Access   (Followers: 9)
Organicom     Open Access  
Pacific Asia Journal of the Association for Information Systems     Open Access   (Followers: 3)
PAJ: A Journal of Performance and Art     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Palabra Clave     Open Access   (Followers: 1)
Passagens     Open Access  
Pediatric Radiology     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Performing Islam     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Pixel-Bit. Revista de Medios y Educacion     Open Access  
Porn Studies     Hybrid Journal   (Followers: 6)
post(s)     Open Access  
Pozo de Letras     Open Access  
Pragmatics and Society     Hybrid Journal   (Followers: 12)
PragMATIZES : Latin American Journal of Cultural Studies     Open Access   (Followers: 1)
PRISMA.COM     Open Access  
Proceedings of the American Society for Information Science and Technology     Hybrid Journal   (Followers: 26)
Profetik : Jurnal Komunikasi     Open Access  
Public Journal of Semiotics     Open Access   (Followers: 1)
Public Relations Review     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Publicitas : Comunicación y Cultura     Open Access  
Punto Cero     Open Access  
Quaderni     Open Access  
Qualitative Research Reports in Communication     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Qualitative Studies     Open Access   (Followers: 12)
Quality and User Experience     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Quantitative Science Studies     Open Access   (Followers: 1)
Quarterly Journal of Speech     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Quarterly Review of Film and Video     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Queer Studies in Media & Popular Culture     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Question     Open Access  
Questions de communication     Open Access  
Questões Transversais - Revista de Epistemologias da Comunicação     Open Access  
Radio Journal : International Studies in Broadcast & Audio Media     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Radioelectronics and Communications Systems     Hybrid Journal   (Followers: 1)
REDD : Revista de estudios del discurso digital     Open Access  
Res Rhetorica     Open Access   (Followers: 1)
Research Journal of Information Technology     Open Access   (Followers: 2)
Research on Education and Media     Open Access  
Review of Cognitive Linguistics     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Revista Competência     Open Access  
Revista Compolítica     Open Access  
Revista Contracampo     Open Access  
Revista de Comunicación y Salud     Open Access  
Revista ECO-Pós     Open Access  
Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde     Open Access  
Revista ICONO14. Revista científica de Comunicación y Tecnologías emergentes     Open Access  
Revista Latina de Comunicacion Social     Open Access   (Followers: 1)
Revista Mediação     Open Access  
Revista Mexicana de Opinión Pública     Open Access  
Revista Nexus Comunicación     Open Access  
Revista Observatório     Open Access  
Revista Panorama : Revista de Comunicação Social     Open Access  
Revista UNINTER de Comunicação     Open Access  
Revue de recherches en littératie médiatique multimodale     Open Access  
Revue française des sciences de l’information et de la communication     Open Access   (Followers: 1)
RIHC : Revista Internacional de Historia de la Comunicación     Open Access  
Russian Journal of Communication     Hybrid Journal  
RUTA Comunicación     Open Access  
Schermi. Storie e culture del cinema e dei media in Italia     Open Access  
Science China Information Sciences     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Scientific Bulletin     Open Access  
Screen     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Seminars in Interventional Radiology     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Semiotika     Open Access  
Sensorium Journal     Open Access  
Seton Hall Journal of Sports and Entertainment Law     Open Access   (Followers: 3)
Sexualization, Media, & Society     Open Access   (Followers: 3)
SIGDOC Communication Design Quarterly     Full-text available via subscription  
Sign Language & Linguistics     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Sign Language Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Sign Systems Studies     Open Access  
Signo y Pensamiento     Open Access  
Signs & Media : A Journal of Semiotics in China and the World     Open Access  
Social Communication     Open Access   (Followers: 2)
Social Imaginaries     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Social Interaction : Video-Based Studies of Human Sociality     Open Access   (Followers: 1)
Social Networking     Open Access   (Followers: 3)
Sociologia della Comunicazione     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Solid State Nuclear Magnetic Resonance     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Sound Studies : An Interdisciplinary Journal     Hybrid Journal  
South African Journal of Communication Disorders     Open Access   (Followers: 1)
Speech, Language and Hearing     Hybrid Journal   (Followers: 12)

  First | 1 2 3 | Last

Similar Journals
Journal Cover
Lumina
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1516-0785 - ISSN (Online) 1981-4070
Published by Universidade Federal de Juiz de Fora Homepage  [3 journals]
  • Editorial

    • Authors: Gabriela Borges
      Pages: 1 - 3
      Abstract: Editorial Revista Lumina v.16, n.1 (2022)
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • “O Computador Disse Não” ou O Apagamento do Humano

    • Authors: Alan Cholodenko
      Pages: 4 - 27
      Abstract: A partir do esquete “O Computador Disse Não” da comédia inglesa Pequena Bretanha (2000-2007), do ensaio descontrucionista “Accounterability”, de Peggy Kamuf, do regime disciplinar de Michel Foucault e da invocação de Jean Baudrillard para “esquecer Foucault”, este ensaio elabora o dispositivo do arconte e arquivo “contemporâneo”: o computador, o governador e condutor de tudo, inclusive de todos os indivíduos, discursos, instituições e tecnologias, elaborando o apagamento do computador — seu deletar — não apenas da memória humana (em todos os seus modos, cultural, pessoal, coletivo etc.) em seu arquivo, exceto o próprio humano. Enquanto postula todas as tecnologias como animadoras, portanto reanimadoras, no caso do computador, o último como animador, afirma-o ser ainda mais. Pois o computador é aquela rara tecnologia, não apenas um reanimador global, mas da época, o reanimador hiperanimado da realidade como hiper-realidade, inclusive de memória como hipermemória e tempo como hipertempo, em que o contemporâneo (significando com tempo) é ele mesmo esvaziado. E elucida que Cholodenko chama o “regime da accountability”, no qual o humano é humano na medida em que imita o computador, um mundo cibernético no qual computação, números, regras governam, e a quantidade é a nova qualidade — um mundo de ciborgs, que Cholodenko nomeia realidade “hiperzumbi”, de “morte cerebral” — um mundo no qual, ironicamente, aumenta a quantidade e a indeterminação reina. Enquanto Jaan Tallinn, Stephen Hawking, Elon Musk e outros expressam medo por um futuro de Singularidade de Inteligência Geral Artificial (AGIS), o ensaio delineia um mundo em que essa Singularidade já é uma “realidade”.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • Uma arqueologia do streaming no Brasil: ensaio metodológico

    • Authors: João Damasceno Martins Ladeira
      Pages: 28 - 44
      Abstract: A partir da proposta teórica da arqueologia das mídias, esse texto apresenta uma metodologia para observar a institucionalização do streaming no Brasil contemporâneo. Espera-se contribuir na discussão sobre a matéria que elabora uma mídia, com atenção à sua forma. Isso consiste numa cartografia das relações de força envolvidas, com atenção pontual sobre a sedimentação em torno de uma norma jurídica: o SeAC, a Lei do Serviço de Acesso Condicionado. A partir do entendimento tanto de Foucault quanto de Deleuze e Guattari sobre a relação entre forma de expressão e de conteúdo, o conceito de diagrama, a visão particular sobre signos e a ideia de transformação incorpórea, entende-se os termos dessa lei como permissões e impedimentos que delimitam o horizonte no qual o audiovisual on-line pôde vir a se organizar. Cartografar essas forças significa identificar os pontos-chave em disputa na elaboração dessa lei e na tentativa de dissolvê-la: o sistema de cotas então proposto e a separação patrimonial criada para proteger as operações locais de broadcast. Ambos consistem em barreiras para o imperativo de intenso deslocamento numa intensa velocidade, traço identificado por Virilio como fator-chave na modernidade, que, no streaming, encontra-se em franca operação.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • Ficção televisiva brasileira e covid-19: reconfigurações e
           estratégias de programação

    • Authors: Ligia Prezia Lemos, Larissa Leda F. Rocha
      Pages: 45 - 60
      Abstract: Este trabalho, inicialmente apresentado em junho de 2020 no Congresso Virtual da Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura - ABCiber, foi revisto, atualizado e ampliado desde então, com a intenção de acompanhar a retificação dos dados produzidos, de modo acelerado, pelo campo. Temos como objetivo observar as alterações na produção, circulação e audiência da ficção televisiva brasileira, durante um ano — de março de 2020 a março de 2021 —, considerando a emergência da pandemia de Covid-19 e o processo de distanciamento social no Brasil, ainda que o mesmo tenha se apresentado em diferentes momentos e intensidades nas diversas regiões do país. Para isso foi realizado um levantamento de dados tanto em instituições de pesquisa como em artigos jornalísticos visando observar as mudanças comportamentais da sociedade em decorrência da pandemia e também os ajustes necessários feitos pela indústria cultural nacional diante das alterações exigidas pela necessidade de segurança sanitária. Depois, os dados levantados foram associados a uma revisão de literatura, tendo como base o pensamento complexo de Morin (2010). A coleta de dados, bem como a análise dos mesmos foram concentrados nas produções da Globo e em suas estratégias de programação no período.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • A ficção seriada televisiva estadunidense durante a Peak TV: hibridismo,
           serialização e fidelização

    • Authors: Melina Meimaridis, Rodrigo Quinan
      Pages: 61 - 78
      Abstract: A indústria televisiva estadunidense tem vivenciado um momento de intensa competição, caracterizado pela expressão Peak TV. Neste cenário, contudo, um grupo restrito de produções tem recebido a maioria da atenção acadêmica. De modo a elucidar melhor o atual contexto de uma das maiores indústrias de TV do mundo, aqui nos propomos a explorar o estado da arte da serialização nas produções contemporâneas. Utilizando de análises da crítica estadunidense e de exemplos pontuais de produções, defendemos que o modelo episódico de séries encontra-se ainda muito proeminente, principalmente na TV aberta. Identificamos, também, que os serviços de streaming têm se utilizado do modelo seriado como forma de distinção e legitimação dos mesmos. Por fim, o processo de hibridização das lógicas episódicas e seriadas, iniciado na década de 1990, ainda é uma característica marcante das produções da Peak TV, sendo utilizado, em alguns casos, como uma estratégia de fidelização. Buscamos aqui apontar as zonas cinzentas entre ambos os modelos em um cenário televisivo de intensa competição, em que cada produção faz sua própria negociação com as lógicas do episódico e do seriado.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • Que beijo foi esse, viado' Sentidos sobre gênero e sexualidade em
           disputa a partir de beijos gays veiculados em telenovelas da Rede Globo

    • Authors: Matheus Antonio Moreira, Felipe Viero Kolinski Machado
      Pages: 79 - 95
      Abstract: Esse artigo tem por objetivo analisar, a partir de quatro beijos específicos, quais sentidos então se mobilizam sobre gêneros e sexualidades. Ao empreendermos uma análise crítica cultural, ancorada em referenciais teóricos e políticos caros aos estudos de gênero/sexualidade/teoria queer, constatamos como, a partir dos beijos de Félix e Niko (Amor à Vida, 2013), de Luccino e Otávio (Orgulho e Paixão, 2018), de Pablo e Willian (Bom Sucesso, 2019) e de Guga e Serginho (Malhação – Toda forma de amar, 2019), constituem-se sentidos muito específicos que dizem sobre possibilidades e impossibilidades de ser e de estar no mundo enquanto gay. Um beijo que apenas é autorizado mediante redenção do vilão e estabelecimento de um relacionamento heteronormativo (Amor à Vida), um beijo e uma relação, que apenas podem acontecer em privado, uma vez que, publicamente, não haveria um casal, mas dois vizinhos (Orgulho e Paixão), um beijo que se dá no contexto do armário e mediante existência de uma relação heterossexual de fachada (Bom Sucesso) e um beijo que, ainda que em público, é repreendido sob lógica homofóbica (Malhação – Toda forma de amar) sinalizam uma série de interdições que são fundamentais de serem consideradas e que aqui são discutidas.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • Ciberativismo mercantilizado' Práticas de fãs de
           celebridades nas redes sociais

    • Authors: Otávio Daros
      Pages: 96 - 113
      Abstract: Este é um relato de experiência de um trabalho de investigação realizado com um fandom brasileiro reunido em uma plataforma on-line: o fórum de discussões Rebellion, dedicado à cantora estadunidense Britney Spears. A pesquisa se desenvolveu como um estudo de caso, combinando notadamente técnicas de documentação, observação e entrevista. A pesquisa documental foi empregada para levantar informações sobre a trajetória de Spears. Foram considerados capas de revistas, matérias jornalísticas, letras de músicas, documentários e livros de memórias, entre outros materiais. A recuperação da sua trajetória levou ao estudo da formação do fandom brasileiro. Para analisá-lo, investimos na observação participante para propiciar a imersão no ambiente virtual, especificamente o fórum Rebellion. Já as entrevistas serviram para completar as informações sobre seus integrantes. Trata-se de um público homogêneo, com idade média acima dos 20 anos, sendo a maioria estudante ou profissional recém-ingressado no mercado. Focando em suas práticas virtuais, argumentamos que o fórum pode ser considerado um caso de ciberativismo mercantilizado, visto que alguns fãs encontram formas de se projetarem individualmente, ao mesmo tempo que se sujeitam ao trabalho gratuito para promover a personalidade.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • A persistência da linha: lógicas processuais e linearidade nas
           tecnologias da comunicação

    • Authors: Thales Estefani
      Pages: 114 - 130
      Abstract: A consciência histórica do ser humano é inaugurada, de acordo com Vilém Flusser, a partir do desenvolvimento da linguagem verbal. Este é o cerne da ideia de “pensamento-em-linha” elaborada pelo filósofo. Tendo este conceito como inspiração temática e ponto de partida, busca-se demonstrar a persistência de lógicas processuais lineares e das metáforas da linha nas estruturas e formas expressivas das tecnologias da comunicação humana no decorrer da história. Entendidas como processos, as tecnologias da comunicação não são encaradas, entretanto, como contínuos indiscrimináveis desde suas remotas origens na linguagem e na contagem; são pontuadas e descritas sinteticamente, enfatizando suas incessantes inovações. É realizada uma breve digressão ao período da Revolução Industrial, orientada para compreender o consequente desenvolvimento das tecnologias computacionais, relatando suas origens na aplicação de teorias matemáticas à indústria têxtil. Em seguida, são abordados os efeitos dessas tecnologias sobre a criação das mais recentes expressões comunicacionais contemporâneas, como os jogos digitais e a realidade virtual. Neste ensaio, a linha é vista como um símbolo do desenvolvimento comunicacional, mesmo nos emaranhados e nós que constituem a multilinearidade das possibilidades da comunicação humana.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • Entre alargamentos discursivos e negociações semânticas: sentidos de
           modernidade e perspectivas identitárias no jornalismo

    • Authors: Nara Lya Cabral Scabin
      Pages: 131 - 146
      Abstract: A centralidade adquirida pela categoria “gênero” no debate público midiático emerge como parte de processos de fragmentação e politização das identidades, por um lado, e aquisição de centralidade por pautas e discussões identitárias, por outro. Considerando esse contexto, este artigo busca compreender como veículos jornalísticos do chamado “jornalismo de referência” comportam-se diante da emergência, na contemporaneidade, de uma discursividade que remodela concepções políticas e assume uma posição de concorrência em relação a compreensões próprias da modernidade. A partir da mobilização de conceitos da Análise do Discurso (MAINGUENEAU, 2008; 2010; FOUCAULT, 2008; 2012), interessam-nos as negociações entre discursos constituintes da modernidade, aos quais se filiam práticas e valores do ideário jornalístico clássico, e discursos identitários que ganham força na contemporaneidade. Como foco privilegiado das análises, elegemos o caso do jornal Folha de S. Paulo, destacando o exame dos enquadramentos conferidos a discursos sobre liberdade de expressão (cuja gênese remete a uma discursividade fundante da modernidade) à luz de debates sobre questões de gênero em um espaço, abrigado pela marca “Folha”, cuja razão de ser ancora-se em um corte identitário: o blog #AgoraÉQueSãoElas.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • Campanha negativa e estratégias do medo: a mudança na eleição
           presidencial de 2014

    • Authors: Joyce Miranda Leão Martins, Vera Chaia, Mércia Alves
      Pages: 147 - 166
      Abstract: Este artigo analisa as estratégias discursivas que colaboraram para a continuidade da polarização PT x PSDB em 2014. Partindo do pressuposto de que as propagandas televisivas contribuem para o resultado eleitoral, indagamos: como os anúncios veiculados no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral buscaram convencer o eleitorado brasileiro de que ainda era melhor optar por PT e PSDB' A hipótese proposta é que as estratégias tentaram aproximar Dilma e Aécio do anseio de mudança presente na sociedade brasileira desde “o junho de 2013”. O corpus do estudo são os programas do HGPE noturno. A metodologia utilizada foi a da análise do discurso francesa, combinada à matriz de codificação de García Beaudoux e D’adamo (2013) para a análise de campanhas negativas. Concluímos que PT e PSDB apresentaram distintos significados de mudança, mostrando a possibilidade de uma “terceira via” como duvidosa, incerta e perigosa. Para a propaganda negativa, as legendas convergiram em uma tática de “identificação contaminante”. Relacionando a candidata Marina Silva ora com o PT, ora com o PSDB, apontaram que as siglas não eram obsoletas e que era mais seguro optar por um de seus representantes.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • Um cinema nacional sem uma nação: notas sobre identidade palestina e os
           filmes de Elia Suleiman

    • Authors: Hannah Romã Bellini Sarno
      Pages: 167 - 183
      Abstract: O artigo discute o cinema palestino, com foco em três filmes de Elia Suleiman — Homage by Assassination (Homenagem por Assassinato, 1992), Chronicle of a Disappearance (Crônica de um Desaparecimento, 1996) e Divine Intervention (Intervenção Divina, 2002). São explorados paralelos entre o cinema e o contexto político local, em especial a relação entre a produção fílmica e a trajetória do conflito com Israel. Carregadas de sua própria “bagagem de lembranças históricas” e informadas por uma experiência particular de pertencimento, as produções de Suleiman reverberam a natureza híbrida da identidade palestina. Suas obras podem ser vistas como manifestação do empenho em se contrapor à invisibilidade e construir uma narrativa alternativa aos estereótipos comumente associados à sua terra natal, representando de forma singular as complexidades de sua sociedade e história. O argumento defendido é que, tendo em vista que o cinema é uma das formas pelas quais a nação pode ser construída, seus filmes podem ser considerados como cinema nacional, visto que expressam uma perspectiva palestina e tratam do impacto do processo político e social no seu lugar de origem, contribuindo para a criação da nação objeto dos filmes.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • O simbolismo do vento na narrativa de Sopro

    • Authors: Raquel Salama Martins, José Francisco Serafim
      Pages: 184 - 202
      Abstract: Este artigo investiga a função narrativa do som no documentário Sopro (2013), de Marcos Pimentel, um documentário poético sobre a existência humana e os mistérios da vida e da morte. A partir da observação do cotidiano de uma família residente no Parque Estadual de Ibitipoca, em Minas Gerais, no Brasil, a obra expressa os ciclos da vida, entre dia e noite, nascimento e morte. Interessa-nos compreender de que forma determinados sons ambientes são destacados e apresentados à escuta para que, em diálogo com as imagens, criem um sentido simbólico que vai além da representação figurativa. Com base na antropologia do imaginário de Gilbert Durand (1988), nos estudos do ambiente sonoro, de Murray Schafer (2011), da escritura do sonoro, de Daniel Deshays (2006), bem como na teoria da audiovisão, de Michel Chion (2008), levantamos a hipótese de que, a partir de uma escuta reflexiva, os sons do ambiente são compostos no documentário enquanto símbolos dos ciclos da vida. Os resultados da análise mostram que, dentre os sons dos cinco elementos da natureza, o som do vento se sobressai, representando simbolicamente tanto a vida quanto a morte.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
  • Sebastião de Souza, um artesão do cinema paulista

    • Authors: Felipe Abramovictz, André Gustavo de Paula Eduardo
      Pages: 203 - 217
      Abstract: Sebastião de Souza é diretor de Transplante de Mãe (episódio de Em Cada Coração um Punhal, 1969), dos curtas Cu da Mãe (1969) e Festa do Divino (1969) e do longa O Quarto da Viúva (1975). Nesta entrevista comenta sua trajetória no cinema, em especial, as contundentes obras que realizou no contexto pós-AI-5 e sua colaboração com cineastas como Roberto Santos, Luiz Sérgio Person, Maurice Capovilla, Sylvio Back e Carlos Reichenbach. Com longeva trajetória no teatro e na fotografia, estreou no cinema como assistente de direção e diretor de arte de O Caso dos Irmãos Naves (1967) e, a partir de então, colaborou nas mais diversas funções em projetos emblemáticos do cinema paulista, em um contexto no qual emerge uma nova geração de cineastas — pertencentes ao dito “cinema de invenção” — em busca de novas formas de significação e reação ao contexto autoritário imposto após o Golpe de 1964. Neste sentido, obras como Cu da Mãe e Transplante de Mãe, cujas trilhas sonoras são assinadas por ninguém menos do que Rogério Duprat, são exemplos ímpares de um projeto de cinema que — em meio a um momento de forte censura e repressão como aquele que marcou o fim da década de 1960 — resiste e subverte as normas a partir de uma fruição da “liberdade do fazer”, como o próprio cineasta define, em uma radical experimentação dos limites da representação sensível às tendências contraculturais e ao tropicalismo.
      PubDate: 2022-04-30
      Issue No: Vol. 16, No. 1 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 100.24.115.215
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-