Subjects -> HEALTH AND SAFETY (Total: 1556 journals)
    - CIVIL DEFENSE (22 journals)
    - DRUG ABUSE AND ALCOHOLISM (86 journals)
    - HEALTH AND SAFETY (728 journals)
    - HEALTH FACILITIES AND ADMINISTRATION (390 journals)
    - OCCUPATIONAL HEALTH AND SAFETY (115 journals)
    - PHYSICAL FITNESS AND HYGIENE (133 journals)
    - WOMEN'S HEALTH (82 journals)

HEALTH AND SAFETY (728 journals)                  1 2 3 4 | Last

Showing 1 - 200 of 203 Journals sorted alphabetically
16 de Abril     Open Access   (Followers: 4)
ACM Transactions on Computing for Healthcare     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Acta Informatica Medica     Open Access   (Followers: 3)
Acta Scientiarum. Health Sciences     Open Access   (Followers: 3)
Adultspan Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Advances in Child Development and Behavior     Full-text available via subscription   (Followers: 13)
Advances in Public Health     Open Access   (Followers: 33)
Adversity and Resilience Science : Journal of Research and Practice     Hybrid Journal   (Followers: 4)
African Health Sciences     Open Access   (Followers: 7)
African Journal of Health Professions Education     Open Access   (Followers: 7)
Afrimedic Journal     Open Access   (Followers: 3)
Ageing & Society     Hybrid Journal   (Followers: 48)
Air Quality, Atmosphere & Health     Hybrid Journal   (Followers: 9)
AJOB Empirical Bioethics     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Akademika     Open Access   (Followers: 1)
American Journal of Family Therapy     Hybrid Journal   (Followers: 9)
American Journal of Health Economics     Full-text available via subscription   (Followers: 22)
American Journal of Health Education     Hybrid Journal   (Followers: 39)
American Journal of Health Promotion     Hybrid Journal   (Followers: 35)
American Journal of Health Sciences     Open Access   (Followers: 13)
American Journal of Health Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 17)
American Journal of Preventive Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 31)
American Journal of Public Health     Full-text available via subscription   (Followers: 300)
American Journal of Public Health Research     Open Access   (Followers: 32)
Analytic Methods in Accident Research     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Annales des Sciences de la Santé     Open Access  
Annali dell'Istituto Superiore di Sanità     Open Access  
Annals of Global Health     Open Access   (Followers: 16)
Annals of Health Law     Open Access   (Followers: 6)
Annals of Tropical Medicine and Public Health     Open Access   (Followers: 17)
Applied Biosafety     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Applied Ergonomics     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Apuntes Universitarios     Open Access   (Followers: 1)
Archive of Community Health     Open Access   (Followers: 1)
Archives of Community Medicine and Public Health     Open Access   (Followers: 3)
Archives of Medicine and Health Sciences     Open Access   (Followers: 7)
Archives of Suicide Research     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Archivos de Prevención de Riesgos Laborales     Open Access  
Arquivos de Ciências da Saúde     Open Access  
Asia Pacific Journal of Counselling and Psychotherapy     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Asia Pacific Journal of Health Management     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Asia-Pacific Journal of Public Health     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Asian Journal of Gambling Issues and Public Health     Open Access   (Followers: 5)
Asian Journal of Medicine and Health     Open Access   (Followers: 2)
Atención Primaria     Open Access   (Followers: 2)
Atención Primaria Práctica     Open Access   (Followers: 1)
Australasian Journal of Paramedicine     Open Access   (Followers: 7)
Australian Advanced Aesthetics     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Australian Family Physician     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Australian Indigenous HealthBulletin     Free   (Followers: 5)
Autism & Developmental Language Impairments     Open Access   (Followers: 17)
Bijzijn     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Bijzijn XL     Hybrid Journal  
Biomedical Safety & Standards     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Biosafety and Health     Open Access   (Followers: 1)
Biosalud     Open Access   (Followers: 1)
Birat Journal of Health Sciences     Open Access  
BLDE University Journal of Health Sciences     Open Access  
BMC Oral Health     Open Access   (Followers: 7)
BMC Pregnancy and Childbirth     Open Access   (Followers: 24)
BMJ Simulation & Technology Enhanced Learning     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Brazilian Journal of Medicine and Human Health     Open Access  
British Journal of Health Psychology     Hybrid Journal   (Followers: 53)
Buletin Penelitian Kesehatan     Open Access   (Followers: 2)
Buletin Penelitian Sistem Kesehatan     Open Access  
Bulletin of the World Health Organization     Open Access   (Followers: 23)
Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos de Saúde     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos Saúde Coletiva     Open Access   (Followers: 1)
Cambridge Quarterly of Healthcare Ethics     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Canadian Family Physician     Partially Free   (Followers: 13)
Canadian Journal of Community Mental Health     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Canadian Journal of Human Sexuality     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Canadian Journal of Public Health     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Cannabis and Cannabinoid Research     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Carta Comunitaria     Open Access  
Case Reports in Women's Health     Open Access   (Followers: 4)
CASUS : Revista de Investigación y Casos en Salud     Open Access   (Followers: 1)
Central Asian Journal of Global Health     Open Access   (Followers: 2)
CES Medicina     Open Access  
CES Salud Pública     Open Access  
Child and Adolescent Obesity     Open Access   (Followers: 1)
Child's Nervous System     Hybrid Journal  
Childhood Obesity and Nutrition     Open Access   (Followers: 12)
Children     Open Access   (Followers: 2)
CHRISMED Journal of Health and Research     Open Access   (Followers: 3)
Christian Journal for Global Health     Open Access   (Followers: 1)
Ciência & Saúde Coletiva     Open Access   (Followers: 2)
Ciencia & Salud     Open Access   (Followers: 1)
Ciencia & Trabajo     Open Access   (Followers: 2)
Ciencia e Innovación en Salud     Open Access  
Ciencia y Cuidado     Open Access   (Followers: 1)
Ciencia y Salud     Open Access   (Followers: 3)
Ciencia y Salud Virtual     Open Access  
Ciencia, Tecnología y Salud     Open Access   (Followers: 2)
Cities & Health     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Clinical and Experimental Health Sciences     Open Access   (Followers: 1)
ClinicoEconomics and Outcomes Research     Open Access   (Followers: 2)
Clocks & Sleep     Open Access   (Followers: 2)
CME     Hybrid Journal   (Followers: 2)
CoDAS     Open Access  
Community Health     Open Access   (Followers: 6)
Conflict and Health     Open Access   (Followers: 8)
Contact (CTC)     Open Access  
Contraception and Reproductive Medicine     Open Access   (Followers: 2)
Cuaderno de investigaciones: semilleros andina     Open Access   (Followers: 3)
Cuadernos de la Escuela de Salud Pública     Open Access  
Current Opinion in Behavioral Sciences     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Current Opinion in Environmental Science & Health     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Das österreichische Gesundheitswesen ÖKZ     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Day Surgery Australia     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Design for Health     Hybrid Journal  
Digital Health     Open Access   (Followers: 10)
Disaster Medicine and Public Health Preparedness     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Diversity and Equality in Health and Care     Open Access   (Followers: 9)
Diversity of Research in Health Journal     Open Access  
Dramatherapy     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Drogues, santé et société     Open Access   (Followers: 2)
Duazary     Open Access   (Followers: 1)
Düzce Üniversitesi Sağlık Bilimleri Enstitüsü Dergisi / Journal of Duzce University Health Sciences Institute     Open Access  
Early Childhood Research Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 29)
East African Journal of Public Health     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Eating and Weight Disorders - Studies on Anorexia, Bulimia and Obesity     Hybrid Journal   (Followers: 26)
EcoHealth     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Education for Health     Open Access   (Followers: 9)
ElectronicHealthcare     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Elsevier Ergonomics Book Series     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Emerging Trends in Drugs, Addictions, and Health     Open Access   (Followers: 1)
Ensaios e Ciência : Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde     Open Access  
Environmental Disease     Open Access   (Followers: 4)
Environmental Sciences Europe     Open Access   (Followers: 2)
Epidemics     Open Access   (Followers: 6)
Epidemiologic Perspectives & Innovations     Open Access   (Followers: 7)
Epidemiology, Biostatistics and Public Health     Open Access   (Followers: 24)
EsSEX : Revista Científica     Open Access   (Followers: 1)
Estudios sociales : Revista de alimentación contemporánea y desarrollo regional     Open Access   (Followers: 1)
Ethics & Human Research     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Ethics, Medicine and Public Health     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Ethiopian Journal of Health Development     Open Access   (Followers: 8)
Ethiopian Journal of Health Sciences     Open Access   (Followers: 8)
Ethnicity & Health     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Eurasian Journal of Health Technology Assessment     Open Access   (Followers: 1)
EUREKA : Health Sciences     Open Access   (Followers: 3)
European Journal of Health Communication     Open Access   (Followers: 2)
European Journal of Investigation in Health, Psychology and Education     Open Access   (Followers: 6)
European Medical, Health and Pharmaceutical Journal     Open Access   (Followers: 3)
Evaluation & the Health Professions     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Evidência - Ciência e Biotecnologia - Interdisciplinar     Open Access  
Expressa Extensão     Open Access  
F&S Reports     Open Access   (Followers: 1)
Face à face     Open Access   (Followers: 1)
Families, Systems, & Health     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
Family & Community Health     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Family Medicine and Community Health     Open Access   (Followers: 10)
Family Relations     Partially Free   (Followers: 15)
FASEB BioAdvances     Open Access  
Fatigue : Biomedicine, Health & Behavior     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Finnish Journal of eHealth and eWelfare : Finjehew     Open Access  
Food and Public Health     Open Access   (Followers: 19)
Food Hydrocolloids for Health     Open Access  
Food Quality and Safety     Open Access   (Followers: 2)
Frontiers in Digital Health     Open Access   (Followers: 3)
Frontiers in Neuroergonomics     Open Access   (Followers: 1)
Frontiers in Public Health     Open Access   (Followers: 9)
Frontiers of Health Services Management     Partially Free   (Followers: 9)
Gaceta Sanitaria     Open Access   (Followers: 3)
Galen Medical Journal     Open Access   (Followers: 1)
Ganesha Journal     Open Access  
Gazi Sağlık Bilimleri Dergisi     Open Access  
Geospatial Health     Open Access   (Followers: 1)
Gestão e Desenvolvimento     Open Access  
Gesundheitsökonomie & Qualitätsmanagement     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Giornale Italiano di Health Technology Assessment     Full-text available via subscription  
Global Advances in Health and Medicine     Open Access  
Global Challenges     Open Access  
Global Health : Science and Practice     Open Access   (Followers: 9)
Global Health Annual Review     Open Access   (Followers: 3)
Global Health Journal     Open Access   (Followers: 3)
Global Health Promotion     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Global Journal of Health Science     Open Access   (Followers: 12)
Global Journal of Public Health     Open Access   (Followers: 17)
Global Medical & Health Communication     Open Access   (Followers: 2)
Global Mental Health     Open Access   (Followers: 11)
Global Reproductive Health     Open Access   (Followers: 1)
Global Security : Health, Science and Policy     Open Access   (Followers: 1)
Global Transitions     Open Access   (Followers: 1)
Global Transitions Proceedings     Open Access   (Followers: 1)
Globalization and Health     Open Access   (Followers: 9)
Hacia la Promoción de la Salud     Open Access  
Hastane Öncesi Dergisi     Open Access  
Hastings Center Report     Hybrid Journal   (Followers: 7)
HCU Journal     Open Access  
HEADline     Hybrid Journal  
Health & Place     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Health & Justice     Open Access   (Followers: 6)
Health : An Interdisciplinary Journal for the Social Study of Health, Illness and Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Health and Human Rights     Open Access   (Followers: 10)
Health and Research Journal     Open Access   (Followers: 2)
Health and Social Care Chaplaincy     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Health and Social Work     Hybrid Journal   (Followers: 72)

        1 2 3 4 | Last

Similar Journals
Journal Cover
Expressa Extensão
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2358-8195
Published by Universidade Federal de Pelotas Homepage  [14 journals]
  • Ações afirmativas: aproximações e oportunidades

    • Authors: Eraldo Pinheiro, Airi Sacco
      Pages: 2 - 5
      Abstract: A Revista Expressa Extensão da Universidade Federal de Pelota, V. 26, N.3, traz como tema as Ações Afirmativas, as quais consistem em políticas e medidas que visam corrigir desigualdades na sociedade.No âmbito universitário, a implementação da Lei de Cotas é um exemplo de ação afirmativa que representou uma quebra de paradigma em uma sociedade estruturalmente racista e desigual e, em virtude disso, gerou (e ainda gera) resistência de alguns setores da sociedade. Apesar dessa resistência, a lei está prestes a completar 10 anos e seus efeitos são evidentes no cotidiano acadêmico. As salas de aula e corredores universitários estão muito mais diversos e isso representa um ganho não apenas para as pessoas que ingressam nas instituições de ensino superior por meio das ações afirmativas, mas principalmente para as próprias instituições. Se é verdade que auniversidade transforma a vida das pessoas, também é verdade que as pessoas transformam a universidade. Estudantes cotistas ainda enfrentam algumas barreiras para estudar e isso tem colocado em foco discussões sobre cultura acadêmica meritocrática, projetos pedagógicos eurocentrados, preconceito e discriminação. Para mudar essa realidade, as ações afirmativas também precisam incluir políticas de permanência efetivas. A ideia é que, aos poucos, todo o ecossistema universitário mude para se adequar a uma realidade em que as desigualdades sociais, raciais e de gênero, entre outras, não sejam mais toleradas.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21636
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • Projeto Ação Integrada: resgate histórico do projeto no combate ao
           trabalho análogo ao de escravo em Mato Grosso

    • Authors: Kelly Pellizari, Valdiney de Arruda, Herique Roriz Aarestrup Alves
      Pages: 6 - 19
      Abstract: O Projeto Ação Integrada – PAI,  criado há mais de dez anos,  figura-se como uma ação articulada  entre três instituições públicas presentes no estado de Mato Grosso, fruto da junção entre a Superintendência Regional do Trabalho em Mato Grosso -SRTE/MT, o Ministério Público do Trabalho da 23ª Região - MPT e a Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT.  O PAI tem por objetivo o combate ao trabalho análogo ao de escravo, por meio de oferta de oportunidades, qualificação profissional, elevação educacional dos trabalhadores resgatados do trabalho análogo ao de escravo e/ou em situação de vulnerabilidade social, elevação de renda de trabalhadores e comunidades vulneráveis a essa situação no Estado de Mato Grosso. Já o objetivo deste artigo consiste em recontar, os principais pontos na trajetória de atuação do PAI, bem como, apresentar um panorama do aprimoramento de suas atividades ao longo do seu percurso. A metodologia de abordagem qualitativa, contou com uma entrevista em profundidade com o idealizador do projeto; além de oito entrevistas semiestruturadas com os demais membros. Os resultados obtidos pelo projeto têm a potencialidade de devolver aos trabalhadores atendidos, o resgate da dignidade, autoestima e a retomada de seus projetos de vida interrompidos pela escravidão moderna.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.20811
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • Projeto Reconecta UFRGS: Computadores Recondicionados para Estudantes de
           Baixa Renda

    • Authors: Renato Perez Ribas, Gustavo Ribeiro Kremer, Anderson Raphael Padilha de Oliveira, Pablo Gabriel Barcellos Padilha de Oliveira, Maria da Graça Pozzobon Giordani, Gregory Fernandes Muniz
      Pages: 20 - 29
      Abstract: O Projeto de Extensão Reconecta UFRGS foi criado para atender estudantes que não possuem condições de adquirir um computador para este período de ensino remoto adotado pela Universidade devido ao isolamento social necessário para o combate à pandemia da COVID-19. Computadores doados pela comunidade (pessoas físicas e jurídicas) são recondicionados e repassados diretamente aos estudantes. O recondicionamento dos equipamentos consiste no seu eventual conserto, atualização de memória e disco rígido, formatação e configuração adequada para o acompanhamento das aulas remotas. Cerca de 270 estudantes foram beneficiados pelo Reconecta até o início do semestre letivo 2020/2, em janeiro de 2021. Após a sua execução emergencial no ano de 2020, o Projeto está sendo reformulado para que se torne uma ação permanente, uma vez que a carência de equipamentos de informática da parte de uma parcela dos estudantes não é exclusiva apenas no período da pandemia, que apenas evidenciou, através do ensino remoto, uma realidade já vivida por muitos.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21053
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • IMPLANTAÇÃO DE HORTO MEDICINAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO INSTRUMENTO
           DE PROMOÇÃO DE SAÚDE NA CIDADE DE POÇOS DE CALDAS, MG: UM RELATO DE
           EXPERIÊNCIA

    • Authors: Juliana Carvalho Ribeiro, Maria de Fátima Lino Coelho, Yula de Lima Merola
      Pages: 30 - 39
      Abstract: O uso de plantas medicinais é uma prática tão antiga quanto o surgimento das primeiras civilizações e é reconhecido como prática integrativa complementar em saúde. Atualmente, observa-se um resgate do conhecimento adquirido pela sabedoria popular associado às pesquisas baseadas em evidências, e inúmeros são os trabalhos que valorizam o uso de plantas medicinais como recurso para a promoção à saúde. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi relatar a experiência no processo de construção e implementação de um horto medicinal na Atenção Primária à Saúde do município de Poços de Caldas, MG, pelos discentes do curso de Farmácia da Faculdade Pitágoras, através da execução de um projeto de extensão universitária, voltado à educação em saúde. A metodologia consistiu na implantação de hortos de plantas medicinais em duas Unidades de Saúde da Família localizadas em diferentes regiões de Poços de Caldas, MG, nos anos de 2019 e 2020. A execução do projeto de extensão aconteceu em quatro etapas, sendo a etapa 1 o levantamento de dados; a etapa 2 a definição das ações; a etapa 3 a implantação; e a etapa 4 a ação de educação em saúde. O resultado desta experiência demonstrou ampla aceitabilidade da utilização de plantas medicinais pela equipe das Unidades de Saúde da Família e pelos acadêmicos, que puderam perceber a importância do uso racional de plantas medicinais, contribuindo para a promoção da saúde e a prevenção de doenças. Conclui-se que este projeto de extensão contribuiu para a integração dos acadêmicos com a comunidade, fator muito importante na formação de profissionais de saúde. Ainda, este trabalho é uma informação relevante que pode nortear futuras ações relacionadas à implantação da Farmácia Viva no município de Poços de Caldas.  
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21134
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • A TRAJETÓRIA DE ESTUDANTES NEGROS E NEGRAS INGRESSANTES POR COTAS ÉTNICO
           RACIAIS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA UFPEL

    • Authors: Giovanni Ernst Frizzo, José Alberto Coutinho da silva
      Pages: 40 - 48
      Abstract: Este artigo apresenta uma sistematização do conhecimento produzido na dissertação apresentada ao programa de pós-graduação da ESEF-UFPel. Traçamos como objetivo geral analisar a trajetória de estudantes negros (as) nos cursos de Graduação em Educação Física da ESEF/UFPel ingressantes por cotas étnico-raciais (Lei nº 12.711/2012). Este trabalho se caracteriza como um estudo qualitativo, de caráter descritivo. A pesquisa se utilizou como instrumento de coleta, entrevista semiestruturada, para as entrevistas. Os convites eram feitos formalmente na presença da pessoa e/ou através das redes sociais. O total de selcionados paras as entrevistas foram treze estudantes. Somente sete aceitaram participar do estudo. Na opinião do alunado da pesquisa, o racismo é algo que existe e que é mascarado. No grupo pesquisado, a maioria teve quase que concomitantemente com os estudos dividir sua carga horária do dia com o trabalho.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21170
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • AÇÕES AFIRMATIVAS E A INCLUSÃO EM EVENTOS ACADÊMICOS
           CIENTÍFICOS

    • Authors: Celene Maria Longo da Silva, Thales Moura de Assis
      Pages: 49 - 59
      Abstract: Introdução: O Brasil é um país de desigualdades, as quais acarretam, como consequência, na dificuldade relativa ao ingresso no ensino superior, sobretudo nas Universidades Federais. Como mecanismo destinado à atenuação desta prerrogativa foram criadas as ações afirmativas. A ação de extensão “I Congresso Online da LAGO-UFPel” corresponde a uma ação afirmativa em prol da inclusão, pois o preço módico praticado viabilizou, aos interessados, o acesso ao evento. Este estudo tem por objetivo descrever como as ações afirmativas podem facilitar a participação de discentes em eventos como congresso médico. Metodologia: Estudo descritivo explorador com abordagem quantitativa.  Foram aplicados 1020 questionários para participantes do “I Congresso Online da LAGO-UFPel” através do Google Forms, elencou dois focos: perfil e acessibilidade dos ouvintes. Resultado: Dos participantes da pesquisa, 34% nunca participaram de congresso por motivos financeiros, dos que já estiveram 34% tiveram dificuldade com custo para participarem. Se o evento fosse presencial, 65,2% não poderiam participar e, desses, 38% por motivos com custos de despesas. Ao serem indagados sobre valores, 65% não pagaria mais do que R$ 50,00 pelo evento e, destes, 51% pelo motivo de não terem condições financeiras para arcarem com o pagamento. Conclusão: É importante defender a política de ações afirmativas dentro das Universidades e na sociedade, pois muitas pessoas não são incluídas em espaços de ensino acadêmico por motivos financeiros.  Dados estatísticos sobre a falta de acesso às atividades extracurriculares por motivos financeiros são ainda escassos. A ampliação das oportunidades de acesso aos eventos científicos permitirá que mais discentes possam se atualizar e agregar conhecimento a sua respectiva educação.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21041
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • MEDICINA VETERINÁRIA: UM SERVIÇO ESSENCIAL EM TEMPOS DE PANDEMIA – A
           EXTENSÃO E SUA RESPONSABILIDADE SOCIAL

    • Authors: Marlete Brum Cleff, Helena Piúma Gonçalves, Tábata Pereira Dias, Nielle Versteg, Emanuelle Maciel Pederzoli
      Pages: 60 - 68
      Abstract: A pandemia do COVID-19 implantou inúmeros problemas e incrementou àqueles existentes, principalmente em comunidades em situação de vulnerabilidade social. A pandemia desafiou as Universidades a encontrarem soluções práticas à sociedade para problemas de curto, médio e longo prazo, sendo a extensão um meio de execução deste contexto. O objetivo deste trabalho foi destacar algumas das ações extensionistas realizadas pelo projeto “Medicina Veterinária na promoção da saúde humana e animal: ações em comunidades carentes como enfrentamento da desigualdade social”, durante a pandemia. Os atendimentos clínicos veterinários realizados pelo projeto sofreram alterações, no entanto, por serem essenciais, foram mantidos, respeitando os devidos protocolos de segurança. O projeto de extensão e o grupo Fitopeet, diante do desafio de continuar suas atividades na comunidade Ceval (Pelotas, RS, Brasil), organizaram dois eventos online, objetivando realizar divulgação científica e arrecadar rações e coleiras antiparasitárias, para os animais das famílias assistidas pelo projeto. A comunicação da equipe com a população foi mantida através de grupo de WhatsApp com os líderes comunitários. Juntamente com as doações, foi realizada ação educativa sobre Leishmaniose, instruindo os tutores quanto à relevância e profilaxia da doença. Utilizou-se dos momentos de atendimento clinico e contato com as pessoas, para orientações em relação a saúde dos animais e, também, a medidas higiênico-sanitárias relevantes para a comunidade quanto ao enfrentamento da pandemia, sendo disponibilizadas máscaras e álcool em gel. Essas ações demonstraram o quanto a proximidade da Universidade com a sociedade é imprescindível em momentos de dificuldades sociais, como o caos mundial que vivenciamos em decorrência do coronavírus.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21054
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • RETENÇÃO E EVASÃO DOS (AS) ESTUDANTES INDÍGENAS E QUILOMBOLAS NA
           UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS: DESAFIOS PARA AS POLÍTICAS DE
           PERMANÊNCIA

    • Authors: Vini Silva Rabassa da Silva, Janaina da Silva Guerra
      Pages: 69 - 80
      Abstract: Um estudo preliminar sobre a situação acadêmica de estudantes indígenas e quilombolas, que ingressaram por meio da política de ações afirmativas entre os anos de 2013 a 2020, e que estão incluídos nos programas de permanência da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), expõe uma situação preocupante. Com a realização de uma problematização dos resultados obtidos, e a apresentação de algumas referências teóricas para uma política de permanência estudantil na Universidade, este artigo aponta para a necessidade de um maior aprofundamento sobre as determinações que incidem na retenção e evasão dos (as) estudantes, a fim de contribuir tanto para o aperfeiçoamento da política de permanência, como para justificar a necessidade de manutenção da política de cotas para estudantes indígenas e quilombolas. 
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21067
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • COTAS NO CURSO DE PEDAGOGIA DA UFPEL: UMA ANÁLISE DO PERFIL DOS
           ESTUDANTES E DA DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO À UNIVERSIDADE

    • Authors: Lorena Almeida Gill, Nicéia Silva Mendes
      Pages: 81 - 92
      Abstract: As cotas nas universidades foram instituídas pela Lei 12.711/2012. Na Universidade Federal de Pelotas (UFPel), o processo começou com a aprovação do sistema, ainda no mesmo ano, em um percentual de 40% do total de vagas, passando a 50%, em 2013.  Este estudo pretende, justamente, analisar o perfil do estudante cotista do curso de Pedagogia da UFPel, verificando a importância desse processo para o ingresso na universidade e, além disso, conhecer as condições de permanência oferecidas pela instituição para que estudantes cotistas possam concluir seus estudos. Para a realização do trabalho, buscou-se os conceitos de equidade, ação afirmativa e dialética entre inclusão e exclusão. A metodologia baseou-se em uma análise quanti-qualitativa, mediante o uso de um formulário Google.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21158
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • INTERCULTURALIDADE COMO ESPAÇO DE CONSTRUÇÃO DE RELAÇÕES
           INTERÉTNICAS DECOLONIAIS: REFLEXÕES A PARTIR DE PROJETO DE EXTENSÃO EM
           ESCOLAS PÚBLICAS

    • Authors: Lori Altmann, Roberto Ervino Zwetsch
      Pages: 93 - 103
      Abstract: O Brasil, historicamente, se constituiu sobre a escravidão indígena e de africanos e afro-brasileiros, o que gerou uma sociedade racista e extremamente desigual. A luta dos povos indígenas e de escravos africanos pela liberdade nunca deixou de existir, apesar da crueldade imposta a estes povos pelo sistema colonial e neocolonial. A experiência de realizar um projeto de extensão enfocando a história indígena em escolas da rede pública do município de Pelotas, no Rio Grande do Sul, Brasil, concretizando os objetivos da Lei 11.645, de março de 2008, vem demonstrando que é possível envolver crianças e jovens numa nova abordagem dessa realidade histórica, principalmente quando se abre a oportunidade de ouvir nas salas de aula estudantes universitários e lideranças indígenas que falam de suas histórias e culturas, a partir de um diálogo criativo e desafiador.  Docentes de escolas públicas igualmente estão envolvidos em um processo de formação continuada que lhes habilita a darem continuidade aos temas abordados, conforme preveem os projetos pedagógicos dos cursos. A abordagem teórica deste artigo faz referência aos estudos decoloniais e interculturais.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21184
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • ProEDAI - UMA ABORDAGEM DAS POLÍTICAS DE COTAS RACIAIS NO CENTRO DE
           ENGENHARIAS E AS APROXIMAÇÕES DESTA DISCUSSÃO COM A SOCIEDADE

    • Authors: Gilson Simões Porciúncula, Julia Lopes Rodrigues, Lauro Araújo Leme, Adriana de Souza Gomes, Moisés Ribeiro Ferreira, Maik Conceição Dias
      Pages: 104 - 112
      Abstract: Neste texto será apresentada a memória visual das atividades de extensão do projeto Exatas Diversidades Afroindígenas (ProEDAI) do Centro de Engenharias (CEng), realizadas entre os anos de 2017 e 2020. O ProEDAI, desenvolveu atividades que objetivavam aproximar a comunidade do CEng da comunidade externa, as quais versaram sobre o tema das Políticas de Ações Afirmativas (AAF) e seu impacto na sociedade. As atividades apresentadas foram realizadas em forma de palestras, intervenção artística, audiência pública, visitas em escolas e, a partir do advento da pandemia do COVID-19, implementou-se o formato de lives. Nas atividades apresentadas, foram abordadas análises e avaliações dos temas propostos, bem como      os resultados destas ações com relação aos agentes envolvidos. Os processos que envolveram a elaboração e a execução de tais atividades promoveram interações que culminaram em trocas de experiências e novas perspectivas para comunidade do CEng, especialmente para os alunos que ingressaram na Universidade Federal de Pelotas (UFPel) por meio de Políticas de AAF.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21045
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • TÓPICOS EM EDUCAÇÃO ANTIRRACISTA: RELATÓRIO DE UMA
           EXPERIÊNCIA EDUCACIONAL

    • Authors: Giselle Maria Santos de Araujo, Stephanie Machado Paré, Victória Costa Alves Mariano, Natália Ceconelo Rodrigues
      Pages: 113 - 122
      Abstract: Este texto tem como objetivo relatar a experiência que tivemos com o Projeto de Extensão Tópicos em Educação Antirracista, uma ação de extensão do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) – Campus Alvorada, que forneceu formação a professores, funcionários e alunos tanto da comunidade externa quanto do campus para a prática de uma educação antirracista. Ancorados na Lei 10.639 e tendo como campo disciplinar os Estudos afro-latino-americanos (ANDREWS, 2007; GELADO; SECRETO, 2016; DE LA FUENTE, 2018), discutiu-se temas e questões relativas ao racismo e à educação antirracista, tendo como ponto de partida textos de literatura brasileira de escritoras negras. O projeto foi realizado em dez encontros online semanais de duas horas de duração, mediados por tecnologias de rede, como os aplicativos Google Classroom e Google Meet. Justifica-se a ação de extensão pelo fato de a cidade de Alvorada possuir a segunda maior taxa em homicídios de jovens negros do Rio Grande do Sul, violência que muitas vezes começa na escola, quando a mesma expressa em sala de aula o racismo institucional. O projeto surgiu como uma ferramenta para a aplicação de um plano de ação contra o racismo nas instituições de ensino. O projeto contou com oitenta e dois participantes assíduos, sendo 62% formado por pessoas negras, 63% com ensino superior e 71,3 % professores das redes municipal e estadual de diversos estados brasileiros. Vários profissionais relataram mudanças em práticas educativas a partir dos conhecimentos obtidos.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.20545
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • GUIA DE FONTES DE INFORMAÇÃO PARA UM JORNALISMO ANTIRRACISTA

    • Authors: Silvia P Meirelles Leite, Rafaela Dutra, Vivian Domingues Mattos
      Pages: 123 - 131
      Abstract: O trabalho apresenta um relato sobre o Projeto de Extensão Guia de Fontes de Informação Jornalística Antirracista, que tem como objetivo a produção de um guia para jornalistas indicando pessoas negras como fontes especialistas e fontes populares. O projeto é desenvolvido com a participação de integrantes do Coletivo Negro Tim Lopes do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Pelotas. Em 2020, foi produzida a primeira edição do guia com a indicação de sessenta e uma fontes da cidade de Pelotas/RS e de cidades vizinhas, todas as fontes foram consultadas sobre o interesse em participar do guia e sobre quais informações gostariam de divulgar. Essa primeira edição foi distribuída para oitenta profissionais de veículos de comunicação da região. Com o Guia de Fontes Antirracista investe-se em um jornalismo mais plural e atento à perspectiva e ao protagonismo de pessoas negras na sociedade, qualificando o jornalismo local.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21052
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • 0I MOSTRA DE PESQUISA JURÍDICA - AÇÕES AFIRMATIVAS E PRODUÇÃO
           CIENTÍFICA: RELATO DE UMA AÇÃO EXTENSIONISTA VOLTADA PARA A FORMAÇÃO
           DE SUJEITOS PESQUISADORES

    • Authors: Michael Willian Conradt, Elis Regina Arévalos Soares
      Pages: 132 - 149
      Abstract: Este relatório apresenta as atividades da I Mostra de Pesquisa Jurídica - Ações Afirmativas e Produção Científica, realizada na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná, nos dias 10 e 11 de novembro de 2020. O objetivo central do evento foi a apresentação de trabalhos de pesquisa por estudantes beneficiados por ações afirmativas de ingresso no ensino superior, bem como o debate sobre os interesses de pesquisa, o incentivo para a realização de pesquisa e a divulgação dos trabalhos realizados por estes sujeitos pesquisadores. A mostra ocorreu de forma telepresencial em razão do cenário pandêmico da COVID-19. No primeiro dia, houve a Mesa de Abertura "Pintando o Direito de Povo: a (re)existência dos sujeitos na pesquisa jurídica". No segundo dia, aconteceram os encontros de oito Grupos Temáticos sobre áreas de pesquisa em Direito, que contaram com a apresentação de trabalhos. A experiência foi relatada dividindo-se em dois momentos: Metodologia (planejamento do evento de extensão, divulgação, ferramentas de execução e adequação às diretrizes de ação de extensão universitária) e Resultados (debates da Mesa de Abertura e dos Grupos Temáticos, descrição do público atingido e explicação dos registros realizados). O perfil do público atingido demonstra que o estímulo à produção científica de sujeitos contemplados por ações afirmativas potencializa a transformação na produção de conhecimento científico.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21056
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
  • AÇÕES EXTENSIONISTAS NA PANDEMIA: EXPERIÊNCIA REMOTA E RETORNO ÀS
           ATIVIDADES PRESENCIAIS

    • Authors: Lenise Menezes Seerig, Náthali Rieder Schmitt, Alana Guedes Alvez, Aline Kruger Batista
      Pages: 150 - 155
      Abstract: A educação foi uma área afetada pela pandemia da COVID-19, pois ocorreu uma mudança de cenário, havendo mudanças do formato presencial para o virtual, No entanto, são admiráveis os exemplos de grupos que conseguiram se adaptar e prosseguir. A disciplina de Ações Integradas em Odontologia II tem como objetivo a extensão universitária voltada ao público-alvo adolescente, em tempos de Covid-19 teve que se adaptar em ambos os formatos (virtual e presencial). A retomada presencial contou com criteriosos protocolos de biossgurança para que pudessem garantir a segurança e a continuidade do aprendizado dos estudantes matriculados. Este relato busca mostrar o método de estudo desenvolvido de forma remota, assim como a volta gradual às aulas práticas.
      PubDate: 2021-08-30
      DOI: 10.15210/ee.v26i3.21179
      Issue No: Vol. 26, No. 3 (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.51.151
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-