Subjects -> ENVIRONMENTAL STUDIES (Total: 913 journals)
    - ENVIRONMENTAL STUDIES (810 journals)
    - POLLUTION (31 journals)
    - TOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY (54 journals)
    - WASTE MANAGEMENT (18 journals)

ENVIRONMENTAL STUDIES (810 journals)            First | 1 2 3 4 5     

Showing 601 - 378 of 378 Journals sorted alphabetically
Monteverdia     Open Access   (Followers: 1)
Multequina     Open Access  
Mutation Research/Fundamental and Molecular Mechanisms of Mutagenesis     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Mutation Research/Genetic Toxicology and Environmental Mutagenesis     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Nano Select     Open Access  
Nanotechnology for Environmental Engineering     Hybrid Journal  
Nativa     Open Access  
Natur und Recht     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Natural Areas Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 10)
Natural Hazards     Hybrid Journal   (Followers: 53)
Natural Resources     Open Access  
Natural Resources & Engineering     Hybrid Journal  
Natural Resources and Environmental Issues     Open Access   (Followers: 2)
Nature and Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Nature-Based Solutions     Open Access  
Nepal Journal of Environmental Science     Open Access   (Followers: 4)
NeuroToxicology     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Neurotoxicology and Teratology     Hybrid Journal   (Followers: 3)
NEW SOLUTIONS: A Journal of Environmental and Occupational Health Policy     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
New Zealand Journal of Environmental Law     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
NJAS : Wageningen Journal of Life Sciences     Hybrid Journal  
Novos Cadernos NAEA     Open Access  
npj Urban Sustainability     Open Access  
Observatorio Medioambiental     Open Access  
Occupational and Environmental Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Ochrona Srodowiska i Zasobów Naturalnych : Environmental Protection and Natural Resources     Open Access  
Oecologia     Hybrid Journal   (Followers: 54)
Oikos     Hybrid Journal   (Followers: 55)
One Earth     Hybrid Journal   (Followers: 2)
One Ecosystem     Open Access  
Open Environmental Research Journal     Open Access   (Followers: 1)
Open Journal of Marine Science     Open Access   (Followers: 6)
Open Journal of Modern Hydrology     Open Access   (Followers: 5)
Our Nature     Open Access   (Followers: 1)
Pace Environmental Law Review     Open Access   (Followers: 4)
Packaging, Transport, Storage & Security of Radioactive Material     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Palaeobiodiversity and Palaeoenvironments     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Particle and Fibre Toxicology     Open Access   (Followers: 2)
Pastos y Forrajes     Open Access  
Peer Community Journal     Open Access   (Followers: 9)
Perspectives in Ecology and Conservation     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Pharmacology & Therapeutics     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Pharmacology Biochemistry and Behavior     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Physio-Géo     Open Access   (Followers: 1)
Pittsburgh Journal of Environmental and Public Health Law     Open Access  
Planet     Open Access   (Followers: 4)
Planeta Amazônia : Revista Internacional de Direito Ambiental e Políticas Públicas     Open Access  
Planning & Environmental Law: Issues and decisions that impact the built and natural environments     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Plant Ecology & Diversity     Partially Free   (Followers: 13)
Plant Knowledge Journal     Open Access   (Followers: 1)
Plant, Cell & Environment     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Plant-Environment Interactions     Open Access  
Plants, People, Planet     Open Access   (Followers: 1)
Polar Journal     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Political Studies     Hybrid Journal   (Followers: 42)
Political Studies Review     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Population and Environment     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Population Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Practice Periodical of Hazardous, Toxic, and Radioactive Waste Management     Full-text available via subscription  
Presence: Virtual and Augmented Reality     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Proceedings of the Institution of Civil Engineers - Waste and Resource Management     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Proceedings of the Institution of Mechanical Engineers Part M: Journal of Engineering for the Maritime Environment     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Proceedings of the International Academy of Ecology and Environmental Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Proceedings of the Vertebrate Pest Conference     Open Access  
Process Integration and Optimization for Sustainability     Hybrid Journal  
Process Safety and Environmental Protection     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Producción + Limpia     Open Access  
Progress in Disaster Science     Open Access   (Followers: 1)
Progress in Industrial Ecology, An International Journal     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Projets de Paysage     Open Access  
Psychological Assessment     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Public Money & Management     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Quaternary     Open Access  
Recursos Rurais     Open Access  
REDER : Revista de Estudios Latinoamericanos sobre Reducción del Riesgo de Desastres     Open Access  
Regional Environmental Change     Open Access   (Followers: 2)
Regional Sustainability     Open Access   (Followers: 1)
Rekayasa     Open Access  
Remediation Journal     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Remote Sensing Applications : Society and Environment     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Remote Sensing Letters     Hybrid Journal   (Followers: 46)
Rendiconti Lincei     Hybrid Journal  
Renewable Energy and Environmental Sustainability     Open Access   (Followers: 1)
Renewable Energy Focus     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Research & Reviews : Journal of Ecology     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Research and Practice for Persons with Severe Disabilities     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Research Journal of Environmental Sciences     Open Access   (Followers: 2)
Research Journal of Environmental Toxicology     Open Access   (Followers: 2)
Resources     Open Access  
Resources and Environment     Open Access  
Resources, Conservation & Recycling     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Resources, Conservation & Recycling : X     Open Access   (Followers: 1)
Resources, Conservation & Recycling Advances     Open Access   (Followers: 1)
Rethinking Ecology     Open Access  
Reuse/Recycle Newsletter     Hybrid Journal  
Review of Agricultural, Food and Environmental Studies     Hybrid Journal  
Review of Environmental Economics and Policy     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Revista AIDIS de Ingeniería y Ciencias Ambientales. Investigación, desarrollo y práctica     Open Access  
Revista Ambivalências     Open Access  
Revista Brasileira de Ciências Ambientais     Open Access   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Meio Ambiente     Open Access  
Revista Chapingo. Serie Ciencias Forestales y del Ambiente     Open Access  
Revista Ciência, Tecnologia & Ambiente     Open Access  
Revista de Ciencias Ambientales     Open Access  
Revista de Direito Ambiental e Socioambientalismo     Open Access  
Revista de Direito e Sustentabilidade     Open Access  
Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade - GeAS     Open Access  
Revista de Investigación en Agroproducción Sustentable     Open Access  
Revista de Salud Ambiental     Open Access  
Revista ECOVIDA     Open Access   (Followers: 4)
Revista Eletrônica de Gestão e Tecnologias Ambientais     Open Access  
Revista Geama     Open Access  
Revista Hábitat Sustenable     Open Access  
Revista Iberoamericana Ambiente & Sustentabilidad     Open Access  
Revista Kawsaypacha: Sociedad y Medio Ambiente     Open Access  
Revista Laborativa     Open Access  
Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade     Open Access  
Revista Mundi Meio Ambiente e Agrárias     Open Access  
Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável     Open Access   (Followers: 2)
Rivista di Studi sulla Sostenibilità     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
RUDN Journal of Ecology and Life Safety     Open Access  
Russian Journal of Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Safety Science     Hybrid Journal   (Followers: 28)
San Francisco Estuary and Watershed Science     Open Access  
SAR and QSAR in Environmental Research     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Saúde e Meio Ambiente : Revista Interdisciplinar     Open Access  
Scandinavian Journal of Work, Environment & Health     Partially Free   (Followers: 13)
Science of The Total Environment     Hybrid Journal   (Followers: 37)
Sciences Eaux & Territoires : la Revue du Cemagref     Open Access  
Social and Environmental Accountability Journal     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Sociedad y Ambiente     Open Access  
Soil and Sediment Contamination: An International Journal     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Soil and Tillage Research     Hybrid Journal   (Followers: 9)
South Australian Geographical Journal     Open Access  
South Pacific Journal of Natural and Applied Sciences     Hybrid Journal  
Southern African Journal of Environmental Education     Open Access  
Southern Forests : a Journal of Forest Science     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Sriwijaya Journal of Environment     Open Access  
Stochastic Environmental Research and Risk Assessment     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Strategic Planning for Energy and the Environment     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Studies in Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Sustainability     Open Access   (Followers: 21)
Sustainability Agri Food and Environmental Research     Open Access   (Followers: 4)
Sustainability in Environment     Open Access   (Followers: 2)
Sustainable and Resilient Infrastructure     Hybrid Journal  
Sustainable Cities and Society     Hybrid Journal   (Followers: 22)
Sustainable Development     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Sustainable Development Law & Policy     Open Access   (Followers: 12)
Sustainable Development Strategy and Practise     Open Access   (Followers: 4)
Sustainable Horizons     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Sustainable Technology and Entrepreneurship     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Sustinere : Journal of Environment and Sustainability     Open Access  
TECHNE - Journal of Technology for Architecture and Environment     Open Access   (Followers: 11)
Tecnogestión     Open Access  
Territorio della Ricerca su Insediamenti e Ambiente. Rivista internazionale di cultura urbanistica     Open Access  
The Historic Environment : Policy & Practice     Hybrid Journal   (Followers: 4)
The International Journal on Media Management     Hybrid Journal   (Followers: 7)
The Ring     Open Access  
Theoretical Ecology     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Toxicologic Pathology     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Toxicological & Environmental Chemistry     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Toxicological Sciences     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Toxicology     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Toxicology and Applied Pharmacology     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Toxicology and Industrial Health     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Toxicology in Vitro     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Toxicology Letters     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Toxicology Mechanisms and Methods     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Toxicon     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Toxicon : X     Open Access  
Toxin Reviews     Hybrid Journal  
Transactions on Environment and Electrical Engineering     Open Access  
Transportation Research Part D: Transport and Environment     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Transportation Safety and Environment     Open Access   (Followers: 1)
Transylvanian Review of Systematical and Ecological Research     Open Access  
Trends in Ecology & Evolution     Full-text available via subscription   (Followers: 242)
Trends in Environmental Analytical Chemistry     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Trends in Pharmacological Sciences     Full-text available via subscription   (Followers: 19)
Tropicultura     Open Access  
Turkish Journal of Engineering and Environmental Sciences     Open Access   (Followers: 1)
UCLA Journal of Environmental Law and Policy     Open Access   (Followers: 1)
UD y la Geomática     Open Access  
Universidad y Ciencia     Open Access  
Universidad y Ciencia     Open Access  
UNM Environmental Journals     Open Access  
Urban Studies     Hybrid Journal   (Followers: 69)
Urban Transformations     Open Access  
Veredas do Direito : Direito Ambiental e Desenvolvimento Sustentável     Open Access  
VertigO - la revue électronique en sciences de l’environnement     Open Access   (Followers: 1)
Villanova Environmental Law Journal     Open Access  
Waste Management & Research     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Water Conservation Science and Engineering     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Water Environment Research     Full-text available via subscription   (Followers: 43)
Water International     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Water Security     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Water, Air, & Soil Pollution : Focus     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Water, Air, & Soil Pollution     Open Access   (Followers: 21)
Weather and Forecasting     Hybrid Journal   (Followers: 43)
Weather, Climate, and Society     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Web Ecology     Open Access   (Followers: 3)

  First | 1 2 3 4 5     

Similar Journals
Journal Cover
Natural Resources
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2237-9290
Published by Escola Superior de Sustentabilidade Homepage  [6 journals]
  • Análise do perfil de degustação de doces de abóbora saborizados com
           cravo-da-índia e canela

    • Authors: Carlos José de Oliveira Melo, Antônia Karoline Teixeira da Silva, Victória Carolline do Moraes Gatti, André Seiva de Brito, Claudete Rosa da Silva, Vicente Filho Alves Silva, Fábio Israel Martins Carvalho, Priscilla Andrade Silva
      Pages: 1 - 7
      Abstract: O objetivo deste estudo consiste em avaliar a aceitabilidade sensorial de doces de abóbora, submetidas aos diferentes tratamentos acrescidos de especiarias. Para obtenção dos doces foram realizados os seguintes tratamentos: T1: sem adições; T2: com adição de cravo; T3: com adição de canela e T4: com adição de cravo e canela. As análises microbiológicas realizadas nos produtos elaborados foram fungos filamentosos e leveduras, Salmonella spp., coliformes a 35 e a 45°C e Staphylococcus coagulase positiva. Para a avaliação sensorial foram avaliados os seguintes atributos: aparência, aroma, textura, sabor e impressão global; assim como o índice de aceitação e intenção de compra dos produtos. Os resultados das composições e análises sensoriais foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Na análise sensorial todos os atributos avaliados (aparência, aroma, textura, sabor e impressão global) dos doces de abóbora saborizados com canela e cravo-da-índia, obtiveram notas médias entre 6 (gostei ligeiramente) e 8 (gostei muito), indicando boa aceitação dos produtos por parte dos provadores. Em relação à análise das médias de aceitação, todos os tratamentos obtiveram nota que indicam aprovação do mercado, com notas superiores para os tratamentos com adição de especiarias, demonstrando a preferência dos provadores pelo doce de abóbora com adição de cravo-da-índia e canela.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0001
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Parâmetros sensoriais de formulações de geleias mistas
           sabor umbu e mandacaru

    • Authors: João Paixão dos Santos Neto, Paulo Henrique da Silva Monteiro, Victória Carolline do Moraes Gatti, Antônia Karoline Teixeira da Silva, André Seiva de Brito, Fábio Israel Martins Carvalho, Priscilla Andrade Silva, Maria Cecília Castelo Branco de Santana
      Pages: 8 - 13
      Abstract: Espécies como o umbu e mandacaru tão presentes e significativas na caatinga, representam uma crescente alternativa para consumo a partir da sua riqueza nutricional e grande presença nesse bioma brasileiro. O objetivo deste estudo consiste em formular e determinar as características sensoriais de geleias de umbu e mandacaru assim como a sua aceitabilidade a partir de degustações pelos provadores. As geleias foram avaliadas sensorialmente quanto aos atributos aparência, cor, aroma, sabor e textura, utilizando-se a escala hedônica estruturada de nove pontos e para a intenção de compra, utilizou-se a escala estruturada de cinco pontos. A partir destes resultados, observou-se que a diferença na aceitabilidade da geleia convencional em comparação a dietética foi considerável em relação a todos os parâmetros.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0002
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Educação ambiental e conservação do solo: uma proposta didática
           interdisciplinar para a educação básica

    • Authors: Clécio Danilo Dias da Silva, Luis Antônio Paulino de Almeida, Naama Pegado Ferreira
      Pages: 14 - 19
      Abstract: O presente trabalho teve como objetivo relatar uma experiência envolvendo a aplicação de uma Sequência Didática (SD) sobre os solos e sua conservação atrelado a Educação Ambiental (EA). A SD foi aplicada junto a 42 estudantes matriculados no 7º ano do ensino fundamental II de uma instituição privada de ensino, localizada em Natal, RN. A SD foi estruturada com base dinâmica dos Três momentos Pedagógicos sistematizada por Delizoicov, Angotti e Pernambuco (2011) e envolveu atividades como: i) uso de questões problematizadoras sobre o solo e sua conservação, ii) aula dialógica sobre as propriedades, tipos de solos, degradação, poluição e conservação do solo; e, aula de campo no entono da escola para coleta de poluentes e registros fotográficos dos solos, iii) elaboração e socialização de cartazes socioambientais sobre os solos. De modo geral, por meio da SD aplicada, foi possível trabalhar com o tema solo associada a atividades de EA, as quais contribuíram para que os estudantes compreendessem a importância do solo e a sua conservação.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0003
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Crescimento e sobrevivência de espécies nativas plantadas em florestas
           em diferentes estágios de sucessão após pastagem

    • Authors: Iracema Maria Castro Coimbra Cordeiro, Gustavo Schwartz, Jonas Elias Castro da Rocha, Raphael Lobato Prado Neves, Lorena de Almeida Coimbra
      Pages: 20 - 32
      Abstract: O plantio de espécies nativas para enriquecimento de florestas secundárias tem sido adotado para fortalecer a regeneração natural e promover a recomposição de áreas antropizadas. O objetivo desse estudo foi avaliar crescimento e sobrevivência de espécies nativas plantadas em diferentes estágios sucessionais de florestas após pastagem na Fazenda Agroecológica São Roque, Moju, Pará, Brasil. O plantio foi realizado em março 2009 em áreas denominadas Floresta Rala; Floresta Baixa; Floresta Média e Pleno Sol, como testemunha. Foram plantadas 27 espécies nativas lenhosas e frutíferas, a cada 4 m e intercaladas conforme sorteio. Na área de plantio foi instalado delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial (ambiente x espécie x idade) com quatro parcelas de 250 m2 (25 m x 10 m) cada, agrupadas em faixas perpendiculares às linhas dos plantios, com 8 m entre si. Foram medidas todas as plantas das parcelas, porem somente foram analisadas aquelas presentes em todos os ambientes, sendo elas Schizolobium parhyba var. amazonicum (Fabaceae); Tabebuia roseoalba (Bignoniaceae); Swietenia macrophylla (Meliaceae); Parkia pendula (Fabaceae) e Parkia nitida (Fabaceae). As espécies foram avaliadas em 2, 4 e 6 anos após o plantio quanto ao crescimento e sobrevivência. Aos seis anos as espécies apresentaram bom crescimento e sobrevivência. Os valores médios de incremento em altura e diâmetro diferiram estatisticamente entre os ambientes de plantio (p < 0,05). As cinco espécies conseguiram se estabelecer na área degradada pelo uso extensivo da pecuária, com destaque para T. roseoalba e S. macrophylla, que apresentaram taxas de sobrevivência superiores a 70%. O plantio misto de espécies nos quatro ambientes mostrou-se promissor na facilitação para a recuperação de área de pastagem perturbada, seis anos após o plantio.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0004
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Efeitos da extração de madeira sobre a biodiversidade em
           florestas tropicais

    • Authors: Raniele Barbosa Souza, Ranieldo Barreiras Barbosa Souza, Francisco Rubens Feitosa Júnior, Prudente Pereira de Almeida Neto
      Pages: 33 - 38
      Abstract: A Floresta Amazônica está presente em nove países da américa latina, e no Brasil o bioma Amazônia ocupa aproximadamente 49,5% do território brasileiro, sendo a extração de madeira florestal uma prática responsável por uma série de diluição de recursos ecossistêmicos oferecidos pelas florestas. Em decorrência desses acontecimentos socioambientais, de forma qualitativa, o presente trabalho verifica por meio de pesquisa bibliográfica como a atividade de extração seletiva de madeira em florestas tropicais tendo o Bioma Amazônia como objeto de estudo, vem ocorrendo nos últimos anos. Utilizou-se para isso a visão de autores que trabalham principalmente com a temática ambiental. A análise do delineamento metodológico da pesquisa, se fez por meio de planilhas para a inserção dos dados, e por último a análise foi realizada de forma descritiva. Com isso, espera-se que os achados do presente estudo possam instigar a elaboração de políticas públicas de ordenamento territorial e manutenção de serviços ecossistêmicos. Concluir-se que um plano de manejo florestal nacional é fundamental para garantia da preservação das florestas tropicais, e que a certificação ambiental é importante para promoção de um mercado sustentável que não venha pôr em risco os serviços ecossistêmicos provenientes dos recursos naturais madeireiros.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0005
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Parvovirose canina: uma revisão de literatura

    • Authors: Tuane Ferreira Melo, Claudine Botelho de Abreu, Christian Hirsch, Ruthnéa Aparecida Lázaro Muzzi, Ana Paula Peconick
      Pages: 40 - 56
      Abstract: A parvovirose canina é uma enfermidade infectocontagiosa com alta taxa de morbidade e mortalidade. Acomete principalmente cães com menos de seis meses de idade e provoca uma enterite hemorrágica. Quando o tratamento adequado é estabelecido imediatamente após o diagnóstico há maior chance de sobrevivência. Dessa forma, a avaliação precoce do prognóstico pode direcionar a melhor gestão dessa doença. Atualmente, não existe um teste prognóstico efetivo e rápido para determinar a gravidade da enfermidade quando o paciente é admitido na clínica e durante o tratamento. Para melhorar a previsão do prognóstico do paciente com CPV-2 é importante mais estudos retrospectivos e prospectivos que possibilitem possíveis associação entre fatores clínicos e hematológicos na admissão do paciente com CPV-2 com o prognóstico.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0006
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Óleos vegetais de plantas do cariri cearense para vacas leiteiras no
           terço final da lactação

    • Authors: Joana Angélica Matias de Lima, Maria Letícia Rodrigues Gomes, Emanuell Medeiros Vieira, Felipe dos Santos Alencar, Janiele Santos de Araújo, Tamiris da Cruz da Silva, Lorrane Raíssa Geraldo de Lima, Paulo Ricardo Vieira da Silva, Marcus Roberto Góes Ferreira Costa
      Pages: 57 - 67
      Abstract: O objetivo desta pesquisa foi avaliar o potencial do uso de óleos vegetais de pequi, macaúba e soja como aditivos em rações de vacas leiteiras. Os óleos utilizados foram extraídos do conteúdo lipídico da amêndoa dos respectivos frutos, adicionados na porcentagem de 2% a ração concentrada, a qual foi comporta a base de milho em grão moído, farelo de soja e núcleo mineral vitamínico. Juntamente com a ração concentrada, foi fornecido capim elefante in natura picado no cocho na proporção de 75% de capim e 25% de concentrado. Ao todo foram utilizados três tratamentos em um delineamento experimental em quadrado latino duplo 3x3, utilizando-se seis vacas adultas multíparas sem padrão racial definido no terço final da lactação. Os animais foram alojados em baias individuais equipadas com cochos e bebedouro. Os ensaios experimentais constarão de 23 dias, sendo 16 dias de adaptação e sete dias coletas. Foram avaliados o consumo e digestibilidade da matéria seca, o comportamento ingestivo e a produção de leite. Para a avaliação do consumo da matéria seca o alimento fornecido foi pesado e após o período de 24 horas quantificado o peso das sobras no cocho, sendo retiradas amostras das sobras durante o período experimental, estas foram congeladas para no final de cada período serem misturadas resultando em uma amostra composta por animal por tratamento, por período. Para determinação da digestibilidade da matéria seca foi feita a coleta de fezes diretamente do piso de cada baia, quantificando a produção fecal durante o período de 24 horas, retirando uma amostra das fezes ao longo de cada dia experimental e congelando. Foi avaliado o comportamento ingestivo dos animais por meio de observações diretas nos dois últimos dias de cada período experimental. Para a avaliação da produção de leite, os animais foram ordenhados todos os dias pela manhã e o leite pesado individualmente para cada animal e ao final de cada período experimental calculada a média de produção por animal e por tratamento. Os valores obtidos para as variáveis foram analisadas estatisticamente utilizando o software computacional SAEG 9.1.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0007
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Imagens de satélite: formação de bolsões de areia na bacia
           hidrográfica do rio Formoso

    • Authors: Daniel Dias Brito, Arthur Ferreira Azevedo
      Pages: 68 - 81
      Abstract: Esta pesquisa retrata como as imagens de satélite podem ser utilizadas para monitorar a qualidade e a quantidade de águas nas bacias hidrológicas, e avaliar o potencial do uso de imagens de satélite gratuitas para monitorar a bacia do rio Formoso. Será realizada por meio de pesquisa bibliográfica e exploratória, analisando os dados de forma qualitativa, com o objetivo de retratar o uso de sensoriamento remoto no monitoramento de água; coletar estudos de caso sobre o uso de imagens de satélite para monitoramento de recursos hídricos, com ênfase na formação de bancos de areia; e avaliar a possibilidade de utilização de imagens de satélite gratuitas para monitoramento da qualidade e quantidade da água da Bacia Hidrológica do Rio Formoso. Em 2021, o Brasil mostrou interesse em expandir seu potencial no uso de imagens de satélite. Prova disso é o lançamento do satélite Amazônia-1, responsável por ampliar a capacidade de monitoramento do bioma no Brasil, diante disto, a relevância deste trabalho encontra-se na disposição de informações que cooperem com a inserção e o desenvolvimento destas metodologias para o acompanhamento hidrográfico.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0008
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Acompanhamento biometrico de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) em
           sistema de recirculação de água em diferentes adensamentos

    • Authors: Joselio Adriano Araujo de Sousa, Bruno Del Sant, José Douglas da Gama Melo, Monique Valéria de Lima Carvalhal
      Pages: 82 - 90
      Abstract: A produção de tilápias em sistema de recirculação de agua tem como característica principal a possibilidade de submeter os peixes a altas densidades de estocagem, sendo assim, um animal ectotérmicos que apresenta variação na velocidade dos processos metabólicos, com isso, o sistema de recirculação fechada passa por um rígido controle de temperatura da água, do nível de oxigênio dissolvido e de metabólitos, principalmente os nitrogenados, oriundos da alimentação (rações), urina e fezes. Com isso, objetivo deste trabalho foi avaliar o perfil biométrico em diferentes densidades de estocagem de tilápia-do-nilo durante seis meses de produção em sistema de recirculação de água, buscando o tratamento que melhor responderá aos paramentos biométricos. Estudo foi conduzido em uma propriedade comercial localizada na região de Redenção no estado do Pará, por meio de um sistema de produção superintensivo, com três tratamentos, densidades de 1-A (50 un/m3); 2-B (75 un/m3) e 3-C (100 um/m3), em ciclo de criação de seis meses. Ao final de seis meses de cultivo, verificou-se que na qualidade médias de condições dos parâmetros físico e químico da qualidade da água como Temperatura (°C), pH (Potencial Hidrogeniônico), Oxigênio Dissolvido (OD) (mg/L), Amônia (N-NH3) (mg/L) e Nitrito (mg/L) onde se mantiveram nos padrões adequados para piscicultura, onde que, a densidade de estocagem com melhor ganho de peso foi o tratamento 2 (75 un/m3) com um ganho superior de 18,61 gramas em média aos demais tratamentos.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0009
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Um panorama do status de conservação de espécies de Priapulida e
           Onychophora no Brasil

    • Authors: Clécio Danilo Dias da Silva
      Pages: 92 - 98
      Abstract: Este trabalho teve como objetivo realizar um panorama das espécies dos filos Priapulida e Onychophora ameaçadas de extinção, bem como, discutir o estado de conservação de seus represetantes. Para isso utilizou-se de dados brutos presentes no “Livro Vermelho da Fauna Brasileira ameaçada de Extinção”, onde as espécies dos grupos estavam listadas. Por meio da exploração e análise deste material, constatou-se que grande parte das espécies dos onicóforos e priapúlideos estão inclusos na categoria Dados Insuficientes (DD) da International Union for Conservation of Nature (IUCN). Essa situação evidencia que, apesar do avanço nas pesquisas envolvendo aspectos taxonômicos e filogenéticos para estes filos, verifica-se um número ínfimo de estudos que exploram e discutem seus aspectos comportamentais, ecológicos e conservacionistas, servindo como um propulsor para o desenvolvimento e efetivação de pesquisas que contribuam para a conservação dos filos Priapulida e Onychophora  no Brasil e no mundo.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0010
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • O tinkercad como ferramenta digital potencializadora para aprendizagem
           sobre as fases do tratamento da água

    • Authors: Naama Pegado Ferreira, Clécio Danilo Dias da Silva
      Pages: 99 - 104
      Abstract: O estudo da água, bem como, a suas fases, ciclo e tratamento é de suma importância para a formação do estudante dentro do ensino de Ciências. Diante disto, o presente trabalho surgiu da necessidade da montagem de uma maquete, para facilitar a compreensão dos estudantes sobre o tratamento da água e suas fases em uma E.T.A (Estação de Tratamento de Água). Devido ao momento de pandemia vivido, também no Brasil, decorrente do vírus da Covid-19 o projeto foi elaborado e aplicado de forma virtual com estudantes de 03 turmas do 6º ano do ensino fundamental. Neste, a temática sobre a água foi desenvolvida em 6 aulas consecutivas, dentro do componente curricular de Ciências, seguindo as seguintes etapas: i) Discussão da escassez de água no mundo; ii) produção de desenho no formato de uma mão, sobre como economizar água; iii) vídeo para diferenciar a Estação de Tratamento e Água (ETA) e Estação de Tratamento de Esgotos (ETE), iv) orientações para o trabalho individual e uso do Software Tinkercad, v) produção das maquetes virtuais e apresentação dos trabalhos executados. Por meio das atividades realizadas, os estudantes utilizaram pela primeira vez a ferramenta tecnológica Tinkercad, comumente usadas por designs e /ou arquitetos, para representar as fases do tratamento de uma E.T. A. (Estação de Tratamento de Água) e obtiveram resultados muito satisfatórios, facilitando a aprendizagem sobre o tema água no ensino de Ciências.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0011
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Uso racional dos recursos hídricos por meio da tecnologia da inovação
           no cerrado brasileiro

    • Authors: Francisco Rubens Feitosa Júnior, Ranieldo Barreiras Barbosa Souza, Raniele Barbosa Souza, Prudente Pereira de Almeida Neto
      Pages: 105 - 110
      Abstract: Nas últimas três décadas, mais da metade do Cerrado brasileiro foi transformado em monoculturas. O Brasil busca estratégias para conter a destruição do bioma, através da criação de novas áreas de monitoramento e preservação, que cada vez mais vem sendo objeto de estudo das geotecnologias por meio de aerofotogrametria e produção de mapas digitais. Entretanto, com o crescimento da população, a demanda de água para o consumo direto e para a produção de alimentos, bens e serviços, repercute em problemas concernentes à insuficiência e poluição hídrica. O presente trabalho tem por objetivo ponderar o uso antrópico em áreas do Cerrado, colaborando na construção de um ambiente de oportunidade para o aumento de parcerias e resolução de conflitos socioambientais, que visa trazer à baila a preservação dos recursos naturais em um cenário cada vez tomado pelo agronegócio. Sendo este estudo resultante de uma abordagem qualitativa, que considerou os sistemas eficientes de gestão de águas, e para se entender o adequado aproveitamento dos recursos hídricos disponíveis nas bacias hidrográficas, constitui-se uma análise da participação da sociedade por meio de dados e informações públicas de comitês regionais de bacias hidrográficas. Conclui-se que é necessário um plano participativo nas bacias hidrográficas de forma obrigatória, além da promoção da análise e aprovação do planejamento de uso racional dos recursos hídricos, por meio da viabilidade de estudos ambientais do atual modelo de irrigação e utilização desses recursos nos limites das bacias hidrográficas como as encontradas na região oeste da Bahia.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0012
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • A importância da inovação tecnológica para minimização de perdas dos
           recursos naturais nacional

    • Authors: Raniele Barbosa Souza, Ranieldo Barreiras Barbosa Souza, Francisco Rubens Feitosa Júnior, Prudente Pereira de Almeida Neto
      Pages: 106 - 111
      Abstract: A fragmentação florestal pode ser mencionada como resultados das queimadas em ambientes florestais, com condição de mudar o funcionamento das populações e comunidades e diminuir as interações tróficas. Os métodos através de geotecnologias são viáveis para o monitoramento de áreas susceptíveis a queimadas, bem como para o planejamento de práticas preventivas, tendo o uso do sensoriamento remoto, por exemplo essencial para estudos que monitoram as áreas de queimadas e contribuir para o entendimento das causas e resulta em intervenções ao impacto através do manejo correto. Os satélites tais como MODIS; L3JRC; Globcarbon; GBS; e GLOBSCAR, possibilitam o estudo a respeito do efeito do fogo em escalas espaciais e temporais em diversos territórios e fitofisionomias. Nos últimos anos diversos trabalhos contribuem com o monitoramento de áreas de queimadas, sendo a maioria dos estudos produtos do MODIS. O MODIS fornece elementos sobre a sazonalidade do fogo, a assiduidade de episódios, localização e quantificação da área queimada, o que é importante para o aumento de políticas de manejo ambiental. O objetivo de estudo de forma qualitativa é a escala espaço-temporal das queimadas no Brasil. Conclui-se que a aceleração do desmatamento no Brasil está associada às atividades humanas e à expansão agrícola nacional, e recomenda-se que em pesquisas posteriores analise dados coletados após o período chuvoso para avaliar a recuperação de áreas de incêndios, melhorando assim a compreensão da severidade dos incêndios no país.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0013
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • A materialidade nos relatórios de sustentabilidade: revisão da
           literatura

    • Authors: Igor Laguna Vieira, Elmo Rodrigues da Silva, Luiz Carlos de Martini Junior
      Pages: 112 - 122
      Abstract: Nos últimos anos, tem havido uma crescente divulgação de relatórios de sustentabilidade por parte das mais diversas organizações. Como há grande heterogeneidade nos stakeholders dessas instituições, torna-se um desafio para as empresas determinarem quais informações devem ser divulgadas nesses relatórios, ou seja, aquelas que são chamadas “materiais”. Este artigo objetiva explorar como o tema “materialidade” vem sendo abordado na literatura científica, principalmente no que concerne ao desenvolvimento de modelos que auxiliem em sua análise. Para isso, foi realizada uma revisão de literatura, nacional e internacional, selecionando-se ao todo 43 estudos, sendo apenas 2 realizados no Brasil. Desses 43, somente 4 propõem modelos que podem ser utilizados para a auxiliar na análise da materialidade. A despeito do crescente interesse pelo assunto “materialidade”, foi observado que esse tema ainda não é muito tratado em fontes de língua portuguesa. O modelo de reporte da Global Reporting Initiative foi citado em 40 dos 43 estudos presentes na revisão, o que mostre ser esse o padrão mais reconhecido para a elaboração de relatórios de sustentabilidade, o que é amplamente apontado por diversos autores. Para pesquisas futuras, sugere-se a proposição de modelos que auxiliem na análise da materialidade, inclusive de relatórios já publicados, especialmente nas novas normas da GRI, os GRI Standards. Sugere-se ainda a utilização de métodos de apoio multicritério à decisão para o desenvolvimento de modelos quantitativos.
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0014
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
  • Gestão Ambiental em espaços educacionais como instrumento para
           promover a cidadania

    • Authors: Stella Marys Meneses de Carvalho, João Victor Mançano Cardoso Manzini, Jonatha Anderson Fraga Egidio
      Pages: 123 - 129
      Abstract: Gestão Ambiental (GA) são estratégias voltadas para a minimização dos impactos ambientais e a realização de ações que podem colaborar para uma tomada de atitude mais favorável na relação entre a humanidade e o ambiente. Os espaços formais de ensino são espaços onde essas atividades promovidas pelas GA podem ser colocadas em prática, visto que as instituições de ensino tem como missão o desenvolvimento da cidadania dos estudantes presentes. Assim, o objetivo deste trabalho foi identificar como a atuação de projetos de GA colaboram com os processos de ensino e aprendizagem dentro de espaços educacionais de maneira que possam promover o desenvolvimento da cidadania dos envolvidos. Através de algumas análises bibliográficas foi possível identificar que a GA possui significativa influência na formação de cidadania das pessoas envolvidas em seus projetos. As instituições de ensino são espaços onde esses projetos podem ser aplicados por meio da Educação Ambiental. Percebe-se também que há muito trabalho pela frente quando falamos de GA, mas que cada ação em favor dessa gestão é importante para que possamos alcançar a promoção de uma vida com mais qualidade e de forma sustentável para a sociedade
      PubDate: 2021-10-29
      DOI: 10.6008/CBPC2237-9290.2021.003.0015
      Issue No: Vol. 11, No. 3 (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 34.239.147.7
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-