A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> PHILOSOPHY (Total: 762 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Ciência & Trópico
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 0304-2685 - ISSN (Online) 2526-9372
Published by Fundação Joaquim Nabuco Homepage  [3 journals]
  • Nota Editorial

    • Authors: Alexandrina Sobreira de Moura
      Abstract: Os artigos selecionados para esta edição da Revista Ciência & Trópico representam contribuições originais para repensar debates teóricos que marcam análises multidisciplinares e contemporâneas. A construção do conhecimento expressa pela reflexão dos autores nesta edição da Revista Ciência & Trópico significa o compromisso de partilhar valores democráticos e difundir a cultura do diálogo e da tolerância. A missão de formar vínculos é fundamental para criar condições de “estar-juntos”. Stefan Zweig, na conferência Unidade Espiritual do Mundo, proferida no Rio de Janeiro, em 1936, expressou, com atualidade, esse pensamento: “Não são as línguas e as montanhas e os mares que separam as pessoas, mas seus preconceitos e sua desconfiança”.  
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)NE
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • Formación discursiva

    • Authors: Thiago Soares
      Abstract: Por ser la formación discursiva una de las nociones clave en Análisis del discurso y tener en su génesis una bifurcación epistemológica, merece problemas, contornos y dibujos. Así, aquí tomamos en consideración la fundación del concepto tanto por Michel Pêcheux como por Michel Foucault, resaltando las semejanzas y diferencias que en el uso por ambos fue formulado. Por eso, nuestro objetivo es, además de presentar la formación discursiva como un concepto con dos fundadores, ventilar los meandros por los cuales ese concepto puede ser empleado para analizar discursos. Para ello, hacemos una breve incursión, ya descriptiva, ya analítica, en obras basilares en la fundación del Análisis del discurso como un campo teórico-práctico de las ciencias humanas. Palabras clave: Análisis del discurso. Formación discursiva. Michel Pêcheux. Michel Foucault.
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art2
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • Política Pública Indígena Brasileira

    • Authors: Bernd Reiter
      Abstract: Este artigo é resultado de uma pesquisa etnográfica conduzida em Pesqueira, Pernambuco, em junho de 2022, conduzida pelo autor na condição de bolsista da Fundação Fulbright (Fulbright Distinguished Chair of Public Policy, Brazil) e como fellow da Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Pernambuco, no período  de maio a agosto de 2022. O objetivo da pesquisa foi descobrir o diferencial indígena na gestão municipal da cidade de Pesqueira, onde o cacique Xukuru Marcos Luidson Araújo foi eleito ao cargo de prefeito em novembro de 2020, e vários outros Xukurus começaram a trabalhar como secretários municipais a partir de janeiro de 2021. Descobrimos que o diferencial indígena da gestão municipal Xukuru se baseia nos princípios da coletividade, horizontalidade e responsabilidade. Esses princípios pertencem ao repertório político Xukuru aplicados, até agora, na reserva deles e, com a conquista do município, amplificados à gestão do município. Os líderes Xukurus, confrontados com o desafio de praticar uma gestão indígena diferenciada, tiveram que negociar e redefinir o significado do ‘ser indígena’ numa tentativa de serem, e parecerem, “autênticos.” A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 1º de agosto de 2022, de declarar ilegal a posse do cacique Marcus forçou-o a "dar um jeito" e atuar como Secretário do estado no Município em vez de Prefeito, apoiado pela maioria dos vereadores na câmara municipal. A atuação da justiça eleitoral brasileira contra os Xukuru e contra a vontade eleitoral de Pesqueira levanta importantes questões sobre o caráter político da justiça brasileira, dando uma importância a este caso que extrapola Pesqueira e os Xukuru. Palavras-chave: Descolonização. Indígenas. Gestão municipal. Política pública indígena.
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art3
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • A importância das Marcas na Proteção Patentária

    • Authors: Priscila Balloussier, Douglas Santos, Genizia Islabão Islabão, Jeferson Rosa, Jonas Santos
      Abstract: No mundo, as vantagens e desvantagens da implementação dos sistemas marcário e patentário vigentes são bastante conhecidas, tanto em seus aspectos sociais quanto econômicos. A Marca e a Patente são ativos de Propriedade Industrial (PI) e são utilizados estrategicamente nos mais variados tipos de mercado, de maneira a otimizar a apropriação dos lucros e recuperar os investimentos empregados. A estratégia de combinação destes ativos é bastante conhecida e difundida em determinadas áreas tecnológicas. Neste sentido, o presente estudo busca identificar as principais estratégias adotadas pela empresa brasileira Natura Cosméticos S.A., no tocante à proteção de marcas e patentes, observando suas inter-relações. Aplica-se aqui uma metodologia que analisa a evolução dos depósitos de marcas e patentes nas últimas quatro décadas, alinhada às informações de investimentos realizados no mesmo interstício temporal pela empresa. Como principal resultado, verificou-se uma crescente na mudança de patamares de proteção de PI ao longo das últimas décadas até os dias atuais, assim como um crescente investimento em inovação. Disto, infere-se que a utilização das estratégias de associação entre marcas e patentes, não apenas auxilia no investimento em inovação, como também são essenciais para garantir o destaque da empresa Natura em seu segmento de atuação. Palavras-chave: Propriedade Intelectual. Inovação. Investimentos. Marcas. Patentes.
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art4
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • Ética, corrupção e educação

    • Authors: Maria do Socorro Araújo, Cedric John Ayres
      Abstract: O presente artigo traz ao leitor os resultados alcançados em uma pesquisa realizada pela Fundação Joaquim Nabuco, que teve como objetivo principal gerar subsídios para as políticas de educação direcionadas ao aprimoramento da cidadania, tendo como base o fortalecimento de comportamentos comprometidos com princípios éticos que contribuem para uma convivência cidadã e para a promoção da justiça social. A referida pesquisa resultou da necessidade de se questionar uma ideia presente na cultura nacional e vista como sendo uma marca do caráter brasileiro de que somos um povo inclinado a subverter as exigências de um pretenso mundo civilizado, ideia tratada por vários autores por meio categorias como cordialidade, jeitinho brasileiro, patrimonialismo, malandragem. Palavras-chave: Ética. Corrupção. Cidadania. Educação.
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art5
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • As experiências escolares e culturais do Movimento de Educação de Base
           em Pernambuco(1961-1966)

    • Authors: Manuela Garcia de Oliveira, Kalline Laira Lima dos Santos
      Abstract: As décadas de 1950 e 1960 foram marcadas por campanhas e programas para a educação de base e cultura popular. Algumas dessas experiências emergiram da Igreja Católica, a título de exemplo, o Movimento de Educação de Base (MEB) que foi criado oficialmente pelo Decreto nº 50.370, de 21 de março de 1961, a partir de convênio entre o episcopado brasileiro, representado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) junto ao Ministério de Educação. As ações do MEB foram projetadas para atender as demandas sociais e educacionais das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil, por meio de um ensino via escolas radiofônicas que, por sua vez, foram organizadas por 11 sistemas de emissoras espalhadas pelos Estados. Com isso, esse ensino transmitido pelas ondas do rádio tinha como objetivo não somente a alfabetização, mas uma educação que promovesse a “elevação cívica, moral, econômica e espiritual”, bem como vislumbrava a formação de uma cultura popular. O artigo em questão trata das experiências escolares e culturais vivenciadas pelas comunidades rurais que foram contempladas pelo MEB em Pernambuco, entre os anos de 1961 a 1966, e a importância das tecnologias pedagógicas – a carta, cartilhas e o rádio – na estimulação de uma comunidade letrada e na construção da identidade do homem rural. O recorte temporal diz respeito ao período de funcionamento do MEB no estado pernambucano. Para tecer esta narrativa histórica abordando suas experiências escolares e construção de identidades, analisamos fontes oficiais do Movimento, cartilha, cartas, fotografias dentre outras, valendo do aporte teórico-metodológico de autores da História Cultural. Por fim, compreendemos que a comunicação pelas cartas e rádio, dentre várias funções, serviu como meio de denúncia dos descasos do meio rural, em especial da ausência de escolas públicas. Ademais, os materiais produzidos pelo MEB e seus integrantes proporcionou processos de incitação da identidade do homem rural, por meio da conscientização acerca da realidade que estavam inseridos. Palavras-chave: MEB-Pernambuco. Alfabetização. Educação popular. Identidades.
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art6
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • O Forte do Montenegro

    • Authors: CARMEN LÚCIA MURARO, Ulisses Pernambucano de Melo Neto
      Abstract: Este trabalho localiza e identifica na cidade de Olinda, estado de Pernambuco, Brasil o lugar urbano e as características físicas do desaparecido Forte do Montenegro construído em 1808. O edifício militar foi objeto de estudos por pesquisadores pernambucanos nos quais constam equívocos que carecem de esclarecimentos. Com este objetivo realizamos pesquisas na documentação histórica a qual reúne informações incontroversas e comprobatórias acerca do Forte, da autoria da planta e da evolução desse edifício ao longo do tempo. Realizamos ainda pesquisa de campo no trecho urbano de Olinda visando colher dados diretos no local estudado e ouvir a opinião popular acerca do Forte Montenegro. O resultado alcançado consolida a permanência do forte/farol na memória social. Palavras-chave: Olinda. Forte Montenegro. Farol. Memória social.
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art7
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • A estrutura de sociabilidade na trajetória profissional do médico,
           professor e escritor Valdemar de Oliveira

    • Authors: GILMAR BESERRA DE FARIAS
      Abstract: Esta pesquisa analisou a estrutura de sociabilidade de Valdemar de Oliveira destacando a sua participação como médico, professor e escritor de livros didáticos. Foi conduzida uma pesquisa documental e historiográfica, permitindo estabelecer uma narrativa com as informações tratadas a partir de uma análise prosopográfica. Valdemar de Oliveira construiu afinidades políticas e culturais por meio do cruzamento de espaços comuns e de produção intelectual, formando uma estrutura de sociabilidade que permitiu a realização de suas atividades docentes nas principais escolas de ensino secundário e superior do Recife. Muitos intelectuais de sua época influenciaram sua trajetória, como Amaury de Medeiros, no campo da Higiene, Aníbal Bruno, com o convite para escrever livros didáticos de História Natural para a Companhia Editora Nacional, Ricardo da Costa Pinto, que possibilitou sua permanência no Ginásio Pernambucano para ensinar no Curso Complementar, além de Joaquim Amazonas, que o concedeu a disciplina de Botânica no Curso de História Natural da UFPE. Valdemar de Oliveira desenvolveu ações como médico, professor e escritor e executou atividades que fortaleceram ideais higienistas, fazendo circular um conjunto de informações em seus livros didáticos. Aproveitando o crescimento do mercado editorial brasileiro, que projetava nacionalmente a sua produção intelectual, deixou seu legado na política educacional de sua época. Palavras-chave: Valdemar de Oliveira. Estrutura de sociabilidade. Higiene.
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art8
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • A proteção nacional e internacional aos deslocados ambientais no
           município de João Pessoa (PB)

    • Authors: Mayra Portela Silva Matteucci, Andrea Maria Calazans Pacheco Pacifico, Júlia Patrícia Ferreira de Vasconcelos Granja
      Abstract: Enchentes, deslizamentos, secas, processos de desertificação, megaeventos, projetos de desenvolvimento, entre outros, causam conflitos e destroem o ambiente de inúmeras pessoas, forçando deslocamentos intramunicipais e culminando na necessidade de novas formas de proteção ambiental e de indivíduos dependentes deste ambiente, embora rupturas ambientais também possam ocorrer como consequência desses movimentos migratórios. Diante desse cenário, regimes internacionais precisam ser reavaliados para proteger deslocados ambientais, focando na sua vulnerabilidade no local de residência e arredores. Este artigo identifica, em João Pessoa, focos de deslocamento interno de pessoas por questões ambientais, categorizando-os a partir das causas e das consequências para o migrante, para a sociedade e para o governo, haja vista chuvas, deslizamentos e projetos de desenvolvimento, por exemplo, causarem, na localidade, destruição de vidas humanas e do ambiente local. O problema foi “até que ponto os deslocados internos ambientais de João Pessoa, PB, são migrantes forçados sujeitos à proteção internacional'”, com o fim de localizar os focos destes deslocamentos no município, suas causas e consequências, formas de proteção aos deslocados, em nível local, nacional e internacional, e propor medidas para protegê-los, com método indutivo, bibliográfico e de estudo de caso. Palavras-chave: Proteção Internacional. Deslocados ambientais. João Pessoa (PB).
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art9
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
  • A Sociologia de Sigmund Freud

    • Authors: ARLINDO SOUZA NETO
      Abstract: Considerado um dos principais pensadores do século XX, Sigmund Freud desenvolveu não apenas um método terapêutico, a psicanálise, mas também um corpo teórico robusto, tendo como interesse a cultura, a origem da sociedade e a relação da coletividade com a vida psíquica individual. Como um pensador sem preconceitos disciplinares, Freud influenciou e foi influenciado por diversas disciplinas. Tendo isso em vista, este ensaio tem como principal objetivo esboçar heuristicamente alguns caminhos para uma análise sociológica da teoria psicanalítica de Freud, especialmente no que tange à sua compreensão do conceito de sociedade, como o apresenta em seus escritos e até que ponto tal conceito ainda é válido. O conjunto de sugestões esboçado neste ensaio, se realizado com sucesso, poderá demonstrar como funciona o sistema de enunciados da psicanálise sobre o social, como ele foi construído e o que ele inclui e exclui de seu horizonte. O que por si só explicitará o que neste ensaio é chamado de “teoria social freudiana”, ou, simplesmente, de a sociologia de Sigmund Freud. Palavras-chave: Freud. Sociedade. Teoria social. Sociologia. Psicanálise.
      PubDate: 2022-12-21
      DOI: 10.33148/cetropicov46n2(2022)art1
      Issue No: Vol. 46, No. 2 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.212.99.248
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-