A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> PHILOSOPHY (Total: 762 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Filosofia e Educação
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1984-9605
Published by Universidade Estadual de Campinas Homepage  [25 journals]
  • Educação e epistemologias

    • Authors: Silvio Sanchez Gamboa
      Pages: 1 - 9
      Abstract: Apresentação do n.1 (2022) da Revista Filosfia e Educação, dedicado à temática Educação e epistemologias. A organização deste número temático contou com a colaboração do Prof. Dr. Marcelo Donizete da Silva da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). A seleção de trabalhos inclui nove (9) artigos diretamente relacionados com a temática proposta e que compõem a seção do dossiê e seis (6) artigos da seção de fluxo contínuo da revista Filosofia e Educação.
      PubDate: 2022-04-30
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8670073
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • A pedagogia histórico-crítica no quadro das ideias pedagógicas
           contra-hegemônicas

    • Authors: Carolina Nozella Gama, Joelma de Oliveira Albuquerque, Celi Nelza Zülke Taffarel
      Pages: 10 - 35
      Abstract: Este artigo objetiva apontar as contribuições da Pedagogia Histórico-Crítica, no quadro das ideias pedagógicas contra-hegemônicas, orientando a compreensão do fenômeno educativo, contribuindo com a alteração da prática pedagógica, no sentido de articulá-la aos interesses da classe trabalhadora. Considerando a pertinência das elaborações desenvolvidas coletivamente acerca da PHC, que vão desde a realização de eventos, cursos e disciplinas, livros, artigos, teses e dissertações, indicamos a necessidade de balanços da produção do conhecimento, que adentrem na análise do conteúdo destas produções, indicando avanços e possíveis lacunas a serem coletivamente assumidas.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668571
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • A concepção ideológica da teoria da complexidade que se desdobra na
           educação brasileira e latino-americana

    • Authors: Marcelo Donizete da Silva
      Pages: 36 - 64
      Abstract: Este artigo tem como objetivo apresentar os dados da pesquisa realizada na Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas-SP no ano de 2010, para aquisição do título de Doutor em Educação. Além da apresentação dos dados, a proposta será de trabalhar os conteúdos específicos da teoria da complexidade de Edgar Morin, sua implicação na produção da pesquisa e da educação brasileira e latino-americana. Por se tratar de uma discussão apresentada como aula para o programa de pós-graduação em educação da Universidade Federal de Alagoas - UFAL, as questões que serão analisadas dizem respeito aos desdobramentos das teorias educacionais na constituição epistemológica da ciência da educação.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668505
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Educação e epistemologias

    • Authors: Manoel Francisco do Amaral
      Pages: 65 - 91
      Abstract: O texto tem como objetivo desenvolver reflexão atualizada em relação à pedagogia das competências como tendência pós-moderna à luz da pedagogia histórico-crítica. É apresentado em três partes além da introdução e conclusão. Na primeira, pretende-se caracterizar a pedagogia histórico-crítica; segunda, algumas críticas à pedagogia das competências; terceira, revelar a relação entre a pedagogia das competências e a educação do estado de São Paulo; na conclusão, a necessidade urgente de resgatar a concepção de educação pautada na totalidade, superação da visão individualista, defesa dos interesses planetários e universais, as questões éticas, ambientais, justiça social e valorização da vida.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668490
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Atravessando linhas

    • Authors: Juliana Cristina Bomfim
      Pages: 92 - 111
      Abstract: O objetivo deste artigo é discutir a relação da diversidade epistemológica no campo das ciências humanas e seus pressupostos para a produção do discurso científico no campo da educação. A discussão é interpelada pela especificidade das ciências humanas em contraposição às ciências naturais, sobre realidade e sentimento de realidade. Reconhecer a existência de um pensamento abissal em educação é condição sine qua non para atravessar linhas e para pensar o impensado no ocidente moderno. É imperativo desenhar um caminho alternativo, de modo a desaprender, ignorar e esquecer alguns conhecimentos já “validados” para aprender outros que há muito tempo vêm sendo “esquecidos” e ignorados. 
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668570
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Corporeidade e epistemologia

    • Authors: Tadeu João Ribeiro Baptista
      Pages: 112 - 135
      Abstract: Corporeidade tem sido usada em situações diferentes, considerando que este termo se apresenta como um processo de totalidade do ser humano para além do corpo entendido como componente biológico. Assim, o objetivo geral é analisar as concepções epistemológicas deste conceito. Para isso, realizou-se uma revisão narrativa a partir de livros e artigos, com textos publicados a partir de 2000, os quais fundamentaram este ensaio. Os resultados apresentam que o conceito de corporeidade possui análises provenientes da fenomenologia, do materialismo dialético e do movimento pós-moderno, sendo a primeira, a mais recorrente.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668684
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Mapeamento do método fenomenológico nas pesquisas em
           educação no Brasil

    • Authors: Rafael Belo, Luís Paulo Leopoldo Mercado
      Pages: 136 - 166
      Abstract: O presente estudo tem o objetivo de mapear dissertações e teses brasileiras na área da Educação que, no método de investigação, utilizaram-se da Fenomenologia como referência. O levantamento foi realizado no Banco de Teses e Dissertações da Capes, encontrando-se 1.142 registros, dos quais 89 foram analisados, referentes aqueles orientados pelos pesquisadores com maior número de orientações nesta perspectiva. Constatou-se um aumento da presença da Fenomenologia nos estudos da área da Educação, além da grande diversidade de procedimentos adotados. Identificou-se, ainda, a presença marcante da Hermenêutica, em detrimento de pesquisas fundadas exclusivamente na Fenomenologia Estrutural.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668099
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Humanismo marxista em Edward Thomspon e Paulo Freire

    • Authors: José Renato Polli
      Pages: 167 - 200
      Abstract:  Este artigo tem como finalidade analisar aspectos teóricos comuns entre o historiador inglês Edward Palmer Thompson e o educador brasileiro Paulo Freire, como a crítica ao idealismo marxista desvinculado da experiência cultural dos sujeitos e a consequente negação de seu papel na história. Não há a pretensão de incluir os dois autores em um mesmo campo teórico, um marxismo, mas destacar que a cultura - enquanto modos de vida e experiência em Thompson – e como leitura de mundo em Freire, se constitui como fundamento da historiografia social e da educação popular humanizadora. Desta forma, o marxismo e a educação são vistos de baixo.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668569
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Paulo Freire e a pedagogia libertadora

    • Authors: Danillo Silva Feitosa, Geisa Ferreira dos Santos, Sandra Regina Paz da Silva
      Pages: 201 - 221
      Abstract: O presente artigo objetiva apresentar alguns dos fundamentos da Pedagogia freiriana, a fim de compreender as justificativas para os constantes ataques que esse autor tem sofrido por parte da extrema direita do país. Nesse sentido, buscamos responder à seguinte problemática: quais as principais perspectivas e os fundamentos da Pedagogia freiriana que ameaçam a extrema direita do Brasil' Para tanto, buscamos responder às seguintes questões norteadoras, a saber: quem foi Paulo Freire' Em qual contexto emergiu a Pedagogia libertadora' Qual a perspectiva de educação defendida pela extrema direita e suas divergências históricas com a Pedagogia freiriana' Posto isto, realizamos uma pesquisa bibliográfica de abordagem dialética, como proposta por Sánchez Gamboa (2013), ancorando-nos nos seguintes autores: Brandão (1981) Paludo (2008; 2010), Prado (2016), Freire (1996), Marx (2013), Gramsci (2011), dentre outros.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668581
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Bases epistemológicas da educação do campo

    • Authors: Joelma de Oliveira Albuquerque, Celi Nelza Zülke Taffarel, Carolina Nozella Gama
      Pages: 222 - 239
      Abstract: Discutir a Educação do Campo criticamente perpassa pelo estudo de suas bases filosóficas e epistemológicas. Nesta perspectiva, esse artigo objetiva discutir os aspectos filosóficos e epistemológicos da Educação do Campo no bojo das tendências pedagógicas contra-hegemônicas contemporâneas. Para tanto, recuperou-se o balanço da produção do conhecimento sobre a Educação do Campo, atualizando-o. Constatou-se a hegemonia dos estudos que utilizam a expressão Educação do Campo em detrimento ao uso do termo Educação Rural, sinalizando a necessidade de novos estudos sistemáticos. Afinal, a adoção do termo não indica, necessariamente, o comprometimento com o campo pedagógico crítico.  
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668593
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Educação escolar quilombola

    • Authors: José Bezerra Silva, Anderson de Alencar Menezes
      Pages: 240 - 258
      Abstract: Este artigo discorre sobre a educação escolar quilombola, comenta o processo de sua formação, características e paralelismo com a educação das relações étnico-raciais. Descreve sua importância no cenário da educação brasileira por ter como meta romper o silenciamento imposto aos quilombolas e ao mesmo tempo abrir espaços de diálogo com a emancipação iluminista, política e humana. A fim de dar efetividade a este desiderato, servimo-nos do método crítico-dialético que enxerga a situação contemporânea dos quilombolas articulada com o seu passado histórico e condicionada pelas movimentações socioeconômicas prevalecentes. Sua força emancipadora fica por conta da prática professoral.  
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8664170
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • A epistemologia do uso e a educação

    • Authors: Valdomiro Pinheiro Teixeira Junior
      Pages: 259 - 287
      Abstract: Este ensaio teórico, indico a epistemologia do uso de Arley Moreno, apoiada em Kant, Granger e Wittgenstein, como atividade terapêutica que possibilita “curar” concepções educacionais de problemas existentes quando apoiadas em teorias dogmáticas e, assim, analisar a questão do ensino e da aprendizagem a partir de uma de uma nova concepção filosófica. Para atingir esse objetivo, situo a epistemologia do uso de Moreno no campo teórico e abordo seus fundamentos filosóficos, alguns conceitos, a partir dos quais passo às perspectivas educacionais, onde destaco novas reflexões sobre o uso e o contexto, o treino como atividade para a aprendizagem, bem como sobre o papel do professor.  
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8666636
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Por uma educação filosófica do olhar

    • Authors: Marcelo Felipe Vier, Betina Schuler
      Pages: 288 - 316
      Abstract: Em tempos de aceleração, fragmentação, pobreza narrativa e precarização dos laços no presente, este artigo é um ensaio teórico que busca problematizar o conceito do olhar, mais especificamente a educação do olhar no encontro entre a filosofia e a educação. Para tanto, ensaia alguns deslocamentos em se tratando do conceito do olhar e os modos de vida e pensamento. Toma tal conceito desde Platão e Descartes até as perspectivas mais contemporâneas do pensamento da diferença, especialmente operando com o tema da conversão a partir de uma perspectiva foucaultiana do cuidado de si, para pensar sobre a potência de uma educação filosófica do olhar na escola.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8668517
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Auto(trans)formação permanente com professores e os temas catástrofes e
           interdisciplinaridade

    • Authors: Arlete Pierina Calderan
      Pages: 317 - 338
      Abstract: Objetiva-se aprofundar temas pertinentes à valorização de práxis educativas na auto(trans)formação permanente com professores, favorecendo seus protagonismos e a interdisciplinaridade. Apresenta-se uma atividade planejada por professores de educação básica para estabelecer a necessária relação dialógica com seus pares e estudantes, a partir do documentário “Arquitetura da Destruição” para explorar o tema catástrofes, e o contexto histórico-político-social que ocorre. Compreendendo-se que a escola é um ambiente de interação onde todos aprendem, justifica-se essa premissa em Freire, Henz e Imbernón, sob a perspectiva hermenêutica filosófica de Gadamer. Adorno e Trevisan sustentam os temas catástrofes/educação; e Fazenda, na interdisciplinaridade.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8667391
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Para começar a falar sobre ética

    • Authors: Vânia Lisa Fischer Cossetin
      Pages: 339 - 361
      Abstract: O tema da ética tem ganhado espaço em praticamente todos os campos e setores da nossa sociedade, sejam eles acadêmicos, educacionais, profissionais, empresariais, políticos e científicos. Contudo, as discussões em seu entorno têm se pulverizado numa variedade imensa de abordagens, pautadas em distintas e até mesmo contraditórias bases teóricas, perspectivas e interpretações. Diante disso, estes escritos objetivam distinguir, problematizar e relacionar as noções de moral, ética e deontologia no intuito de preservar tanto o sentido filosófico das proposições éticas quanto o rigor argumentativo das discussões emergentes tanto de contextos teóricos não-filosóficos como e de situações vivenciais.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8666721
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
  • Os critérios de cientificidade na pesquisa-ação

    • Authors: Fernando Xavier Silva, Maria Cristina Piumbato Innocentini Hayashi
      Pages: 362 - 386
      Abstract: A justificativa para um trabalho de análise epistemológica das pesquisas-ações deve-se ao caráter desse método de pesquisa, ciência emergente que possui base dupla, uma ancorada no senso comum e a outra na justificação pela comunidade cientifica. O objetivo da pesquisa é estudar um conjunto específico de pesquisas selecionadas, identificando e analisando suas apropriações ou ressignificações e indicar as tendências e as potencialidades que se apresentam à área de educação frente a esse tipo de pesquisa. Os resultados da análise dos trabalhos indicam que os problemas apontados e suas soluções expressas em intervenções são realizados sem uma recuperação histórica da dinâmica do local de estudo.
      PubDate: 2022-06-21
      DOI: 10.20396/rfe.v14i1.8666527
      Issue No: Vol. 14, No. 1 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 18.208.126.232
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-