A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> PHILOSOPHY (Total: 762 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Philósophos : Revista de Filosofia
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1414-2236 - ISSN (Online) 1982-2928
Published by Universidade Federal de Goiás Homepage  [2 journals]
  • Editorial: em torno da fenomenologia da natureza

    • Authors: Claudinei Aparecido de Freitas da Silva
      Abstract: Editorial: em torno da fenomenologia da natureza
      PubDate: 2022-08-05
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • Matematização da natureza, mundo da vida e crise da razão
           em Husserl

    • Authors: Scheila Cristiane Thomé
      Abstract: O objetivo central deste artigo é explicitar o aspecto subjetivo-relativo como sendo o constituinte essencial da estrutura do mundo da vida (Lebenwelt) na obra A crise das ciências europeias e a fenomenologia transcendental de Husserl. Para tanto será analisado, num primeiro momento, em que consiste a crise das ciências europeias diagnosticada por Husserl e como se deu o processo de matematização da natureza que configura a orientação científica objetivista. Por fim, será possível analisar a estrutura subjetiva-relativa do mundo da vida compreendido como o solo da experiência intuível imediata.
      PubDate: 2022-07-12
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.69009
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • Dois discursos sobre a Natureza

    • Authors: Carlos Cortes Tourinho
      Abstract: O presente artigo trata de dois discursos sobre a Natureza. No primeiro deles, aborda a doutrina do Naturalismo, segundo a qual pensar a Natureza consiste em pensá-la como um todo unitário e indivisível do qual fazem parte a matéria orgânica e inorgânica. Em relação de continuidade com as demais espécies, o homem seria um organismo biológico, cujas funções psíquicas seriam meramente funções do sistema nervoso central. O artigo mostra que tal doutrina incorre em problemas de fundamentos. Já o segundo discurso nos remete para uma “geologia fenomenológica”, na qual Husserl pensa a Terra não meramente como um planeta a girar em torno do Sol, mas como uma “Terra-solo” na qual os corpos se distribuem em um sistema aberto de possibilidades. Se o discurso naturalista se “fecha” em torno da naturalização da consciência, a geologia husserliana nos fala da “abertura” desse solo originário a todos os seres, dentre os quais o próprio homem que, neste solo, constitui para si suas metas e aspirações.
      PubDate: 2022-06-27
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.68834
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • O visível e o invisível: vida e morte na fenomenologia de Michel
           Henry

    • Authors: Reinaldo Furlan
      Abstract: O objetivo deste artigo é mostrar a relevância do pensamento de Michel Henry para uma reflexão sobre o sentido fenomenológico da vida. Uma reflexão que colocará em questão a história da filosofia e a fenomenologia histórica, e que implicará a própria história da sociedade ocidental moderna e contemporânea. Nossa apresentação da filosofia de Michel Henry se divide em cinco seções: a questão da prerrogativa do sentido grego de fenômeno e verdade na história da filosofia; o conceito de “carne” para a definição da vida; a ilusão transcendental da vida por meio do ego; a abstração da vida ou desvitalização do mundo, decorrente desta ilusão; e, por fim, o diagnóstico de decadência da vida na sociedade ocidental moderna, fruto desse processo.
      PubDate: 2022-06-27
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.68722
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • The ideia of the life-world

    • Authors: Nathalie Barbosa de la Cadena
      Abstract: The idea of the life-world   Abstract: Life-world is a concept present in various texts about Husserl’s phenomenology. Some interpreters consider it a late and inconsistent concept present in The Crisis of European Sciences and Transcendental Phenomenology. In this paper, I argue that the idea of the life-world had already been thought in Husserl’s early texts such as Ideas II (first manuscript 1912). This idea was firstly named as surrounding world (Umwelt), then world of experience (Erfahrungswelt), and finally life-world (Lebenswelt). However, despite the different nomenclature, the essence of the life-world remains the same throughout his work. The life-world is a priori, transcendent, and co-given. I will analyze each of these characteristics and conclude in favor of a conceptual monism running through Husserl’s work. Keywords: Husserl, life-world, a priori, transcendent, co-given.
      PubDate: 2022-06-07
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.68773
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • A natureza como "espírito nascente":

    • Authors: Claudinei Aparecido de Freitas da Silva
      Abstract: Tendo, pois, como pano de fundo o horizonte de uma fenomenologia da natureza, o texto, a seguir, explora uma proposição emblemática enunciada por Gabriel Marcel: a ideia da “natureza como espírito nascente”. Para tanto, a fim de melhor compreender o sentido e alcance dessa tese, a exposição se divide em duas partes correlatas: a primeira, retrospectivamente negativa, reconstitui a crítica marceliana ao naturalismo e ao idealismo vistos como dois gestos concêntricos à medida que não atribuem qualquer estatuto ou significação à natureza. A segunda, mais positiva ou propositiva, restitui, numa direção heurística, a experiência matricial da natureza como espírito nascente, ou seja, confere pleno reconhecimento a uma acepção originariamente espiritual da natureza como fenômeno co-nascente.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.69003
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • “O brilhar da natureza é uma parusia superior”:

    • Authors: Daniel Rodrigues Ramos
      Abstract: O artigo é uma discussão fenomenológica acerca da natureza. Fundamentada no pensamento tardio de Heidegger, ela se desenvolve em torno da superação da determinação metafísica da realidade natural enquanto presença constante. Para tanto, toma-se como guia da reflexão um verso das poesias tardias de Hölderlin, cujo aclaramento conduz ao questionamento do sentido da noção de presença (ousia) e da sua referência com a ausência (apousia) e, em seguida, da relação essencial entre ser e aparência. Nesta direção, mostra-se que a sublime aparição da natureza é a luta e unidade entre parusia e apousia.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.68934
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • A dinâmica de instituição de dimensões de experiência perceptiva em
           Merleau-Ponty

    • Authors: Danilo Saretta Verissimo
      Abstract: Elaboramos, a partir da obra de Merleau-Ponty, uma discussão que, baseada na expressividade do esquema corporal e em seu poder de constituir hábitos sensório-motores, problematiza a potência de transformação da percepção. Orientamo-nos pelo propósito de investigar o delineamento de um ethos dos sentidos fundado na transformação dos esquemas perceptivos. Ao longo do texto, analisamos as dimensões práxicas e intencionais atreladas ao esquema corporal; abordamos o desenvolvimento constante do esquema corporal mediante a aquisição de hábitos sensório-motores; sugerimos o conceito de nível, adotado por Merleau-Ponty a partir da tradição gestaltista, como ferramenta para a compreensão do processo corpóreo de constituição de novos limiares de percepção e de ação no mundo; e, ao final, apresentamos apontamentos para a exploração dos desdobramentos críticos e sociais das investigações merleau-pontianas da percepção calcadas na plasticidade expressiva do esquema corporal.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.67404
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • A natureza como ser e verdade do ser na meditação de Heidegger a
           respeito da “phýsis” grega

    • Authors: Marcos Aurélio Fernandes
      Abstract: Resumo: este artigo pretende expor e comentar a interpretação de Heidegger a respeito da concepção grega de natureza. Procura seguir o fio condutor desta interpretação, dado a partir da remissão da “phýsis” à “alétheia”. Ele procura interpretar o dito e o pensado dos pensadores originários dos gregos, bem como de Platão e Aristóteles, desde o não pensado e o não dito da “Lichtung”, a clareira ou a aberta do Ser. Uma maior ênfase é dada à exposição a respeito da essência da “phýsis” concedida pelo Estagirita nos primeiros capítulos da Física.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.68988
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • O querer realiza uma separação

    • Authors: Marcelo Fabri
      Abstract: Na fenomenologia de Levinas, o querer é um verdadeiro acontecimento. Ele concretiza (cumpre) uma separação, um existir fora da Totalidade. Sua condição básica é a vida afirmando-se como valor, e não como perseverança na tarefa de ser (característica mais notável do ser instintivo). Em nossa perspectiva, Levinas realiza uma interpretação ética da redução fenomenológica: a “suspensão de teses”, que para Husserl é um ato metodológico necessário e fundacional da fenomenologia, assume, em Levinas, um sentido eminentemente ético. A vontade é o acontecimento do humano como evasão em relação ao ser e à Totalidade.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.67329
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
  • A matematização da física e demais ciências da
           natureza

    • Authors: Maria Aparecida Viggiani Bicudo
      Abstract: Neste artigo, foca-se o específico na obra de Euclides e mostra-se como essa característica imprime um método de trabalho que se torna invariante na lógica da ciência do mundo ocidental mediante a intermediação de Galileu. Para tanto, são apresentadas: as características do pensar pré-categorial e a mudança de visão das figuras empíricas quase exatas para as figuras-limite idealizadas; a matematização da natureza; a perda de sentido do mundo implícita à lógica do formular; a aritmitização da Geometria e a respectiva perda de sentido.  
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.5216/phi.v26i2.67490
      Issue No: Vol. 26, No. 2 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.238.225.8
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-