A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> SOCIOLOGY (Total: 553 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Revista Fragmentos de Cultura : Revista Interdisciplinar de Ciências Humanas
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 1983-7828
Published by Pontificia Universidade Católica de Goiás Homepage  [8 journals]
  • RELIGIÃO E FORMAÇÃO HUMANA

    • Authors: Rosemary Francisca Neves Silva
      Pages: 429 - 431
      Abstract: Editorial.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.12187
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • POLÍTICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES, AS LICENCIATURAS E
           ESTÁGIOS

    • Authors: Sylvana de Oliveira Bernardi Noleto
      Pages: 432 - 435
      Abstract: Apresentação do Dossiê
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.12126
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • “SUJEITO COLETIVO” MODERNO E FORMAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA:
           DESDOBRAMENTOS HISTÓRICOS DO PROJETO DESENVOLVIMENTISTA BRASILEIRO

    • Authors: Júlio César Maia, Carla Carolina Rodrigues da Silveira, Michele Silva Sacardo
      Pages: 436 - 451
      Abstract: A presente investigação, de caráter bibliográfico e documental, toma como ponto de partida a relação entre o ímpeto “monopolista”, concebido ao regime de acumulação fordista, e a peculiaridade do projeto desenvolvimentista brasileiro. Na sequência busca identificar os primeiros sentidos atribuídos à formação em Educação Física diante da chegada deste regime de acumulação no Brasil. Divide-se, portanto, em duas seções, respectivamente objetivadas em apreender a receptividade do fordismo sobre a realidade brasileira e, tão logo, as imposições deste processo sobre o campo da formação em Educação Física. Deste movimento traz à tona, com base na recuperação historiográfica de documentos normativos que regulamentaram a formação nesta área durante o intervalo das décadas 1930 e 1970, a característica transição dos projetos conformista e competitivsta de Educação Física, bem como as contradições assumidas por cada um destes projetos no tocante ao processo de formação do “sujeito coletivo” moderno brasileiro.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8979
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • O ENSINO SUPERIOR E A SOCIEDADE DA MERCADORIA

    • Authors: Liliane Barros Almeida, Simone Magalhães Vieira Barcelos
      Pages: 452 - 461
      Abstract: O esforço, nesse artigo, não será somente o de constatar a situação da sociedade mercantil, mas também intenciona-se reconhecer as bases filosóficas e históricas que constituíram o discurso da pedagogia moderna, tendo sempre em vista que os discursos veiculados pelas mídias e, também, pelos manuais que contêm a ideia de liberdade, foram e são construídos intencionalmente para sustentar a dinâmica interna de manutenção da sociedade capitalista. A educação, nesse sentido, reconhecida historicamente, coloca-se como preparação do homem para ser, viver e conhecer de acordo com a ordem presente no discurso da sociedade moderna. Daí a pertinência e a relevância deste estudo para a compreensão de lógica massificadora e adestradora dos sujeitos.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.9014
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • A GESTÃO DEMOCRÁTICA EM MATO GROSSSO DO SUL: PLANOS DE
           EDUCAÇÃO EM FOCO

    • Authors: Ana Claudia Dantas Cavalcanti
      Pages: 462 - 476
      Abstract: O objetivo deste artigo é discutir a concepção de gestão democrática que se encontra nos planos de educação consubstanciada na configuração do estado gerencial. A pergunta orientadora é: em que medida a concepção de gestão democrática delimitada nos planos de educação do período 2014-2024, sintoniza com elementos que caracterizam racionalidade técnica e instrumental, presentes na concepção do estado gerencial' De percurso metodológico exploratório, com revisão bibliográfica no google acadêmico através dos descritores: monitoramento da meta 19, plano municipal e estadual de educação do Mato Grosso do Sul. De abordagem qualitativa, está ancorada na análise de conteúdo de Bardin (1977). O corpus documental de análise inclui o Relatório de monitoramento do Plano Municipal de Educação de Campo Grande e legislação educacional nacional. As conclusões apontam para desvinculação de concepções e instrumentos de gestão democrática e participativa com foco na racionalidade dialógica no decurso do desenvolvimento gerencial cuja qualidade educacional tem foco no mercado.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8982
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • BASE CONCEITUAL DA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES NAS PRODUÇÕES
           ACADÊMICAS BRASILEIRAS: O ESTADO DO CONHECIMENTO

    • Authors: Renato Barros de Almeida, Rodrigo Fideles Fernandes Mohn, Rosiris Pereira de Souza
      Pages: 477 - 491
      Abstract: A proposição deste artigo foi compreender os conceitos que deram base para as produções intelectuais sobre formação continuada de professores no Brasil, bem como as produções e a própria formação continuada. Para tanto, realizamos um levantamento em quatro banco de dados: duas fontes são eventos nacionais regulares de grande relevância para o campo da formação de professores e duas fontes, repositórios de publicações. Apresentamos os dados levantados entre 2003 e 2016, assim como algumas inferências sobre a formação continuada. Diante deste trabalho de levantamento dos dados de publicações, fomos percebendo continuidades e rupturas conceituais que foram constituindo nossa amostra de trabalhos analisados. Ao esclarecermos essas continuidades e rupturas, percebemos a necessidade de estudarmos as bases políticas fundamentais da formação continuada de professores na virada do século XXI.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.9028
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • FAZENDO-SE PROFESSOR: APRENDIZAGENS DA PROFISSÃO NO PROGRAMA DE
           RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA DE UM INSTITUTO FEDERAL

    • Authors: Laise Ataides Ribeiro, Rosenilde Nogueira Paniago
      Pages: 492 - 506
      Abstract: O “Programa de Residência Pedagógica” (PRP) de 2018 é voltado a inserir estudantes de licenciaturas em escolas conveniadas para uma imersão em seu futuro local de trabalho. Este texto apresenta dados de uma investigação em colaboração com o grupo de pesquisa do IF lócus. O objetivo foi identificar as contribuições do PRP que tangenciam as aprendizagens da profissão docente pelos residentes, evidenciando entraves e benefícios do programa para a formação inicial. Os instrumentos para coleta de dados foram as narrativas apresentadas nos portfólios produzidos pelos residentes e a aplicação de questionários nos 122 residentes do programa. Neste estudo, constatou-se que os residentes reconheceram o aperfeiçoamento de sua formação inicial como futuros docentes e que as atividades oportunizam as aprendizagens da docência. Considerou-se que iniciativas de melhoria na formação docente são relevantes, porém devem vir em conjunto com melhores condições de trabalho, valorização e investimentos na Educação Básica.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8856
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • ESTÁGIO DE DOCÊNCIA NO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
           (PARFOR): DESAFIOS E POSSIBILIDADES NAS AULAS REMOTAS EM TEMPOS DE
           COVID-19

    • Authors: Poliana Hreczynski Ribeiro, Rubiana Brasilio Santa Bárbara, Regina de Jesus Chicarelle
      Pages: 507 - 518
      Abstract: Com a crise sanitária e humanitária da COVID-19, o Ministério da Educação (MEC) decretou que a Educação Básica e Superior aconteceriam de forma remota a partir do ano de 2020. Nesse contexto, as atividades de Estágio em nível de graduação e pós-graduação precisaram ser realizadas a distância. Dessa forma, objetiva-se relatar a experiência de Estágio de Docência do programa de mestrado em uma universidade no interior do Paraná realizada remotamente em tempos de pandemia. O estágio ocorreu com os/as graduandos/as do Curso de Pedagogia no programa do Plano Nacional de Formação de Professores (PARFOR). A partir de estudo descritivo, tipo Relato de Experiência, conjugado com as pesquisas bibliográficas, com os referenciais teórico-metodológicos a pedagogia histórico-crítica e a psicologia histórico-cultural, que fundamentam a pesquisa. Considera-se, a pertinência desse estudo, na tentativa de superação dos desafios que os/as pós-graduandos/as e professores/as estão enfrentando na Educação, com vistas para as possibilidades na formação humana
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8983
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • O CURSO BILÍNGUE DE PEDAGOGIA DO INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DE
           SURDOS E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES

    • Authors: Gabriel Oliveira da Silva, Yrlla Ribeiro de Oliveira Carneiro da Silva
      Pages: 519 - 531
      Abstract: O Curso Bilíngue de Pedagogia do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), reconhecido como Centro de Referência Nacional sobre a Surdez, surge, em 2006, num contexto de reconhecimento dos direitos da pessoa surda e consequentemente num processo de mudança na escolarização destes sujeitos. Nesse sentido, o curso busca contemplar a surdez como diferença e a educação bilíngue é concebida como a forma mais apropriada de educar surdos. O Curso Bilíngue de Pedagogia do INES formou sua primeira turma em dezembro de 2009 e já percebemos, após os estágios curriculares, a importância da formação destes professores para a escolarização das crianças surdas, principalmente, no modelo de inclusão difundido nas escolas de educação básica do Brasil. Deste modo, propomos discutir a formação de professores para a inclusão de surdos a partir da experiência que tem sido desenvolvida no âmbito do Curso Bilíngue de Pedagogia do INES.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8908
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • O ESTÁGIO NO CURSO DE PEDAGOGIA EM DUAS INSTUIÇÕES PÚBLICAS DE GOIÁS:
           SIMILARIDADES E DISTINÇÕES

    • Authors: Kênia Abbadia de Melo
      Pages: 532 - 547
      Abstract: Este trabalho analisa o Estágio Curricular Obrigatório do curso de Pedagogia de duas instituições públicas do Estado de Goiás, uma federal e outra estadual. Tem como base os resultados de uma pesquisa de doutorado, defendida na Universidade Federal de Goiás (UFG), no ano de 2019, intitulada A complexa relação entre trabalhar, aprender, saber: um estudo sobre o trabalho docente no âmbito do estágio curricular obrigatório do curso de Pedagogia. Valendo-se dos pressupostos teóricos e metodológicos da perspectiva de análise da Ergologia, o estudo busca identificar e analisar as similaridades e as diferenças observadas entre as propostas de estágio realizadas pelas duas instituições, bem como identificar as concepções dos atores sociais envolvidos. Seus resultados evidenciam a importância do diálogo e do trabalho cooperativo para o estágio realizado na formação inicial dos professores, bem como evidencia as complexidades epistemológica, ética, organizacional e estrutural, constitutivas e demandadas para a realização desse trabalho formativo.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8980
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • ESTÁGIO SUPERVISIONADO E AS APROXIMAÇÕES COM A CATEGORIA PENSAR CERTO
           DE PAULO FREIRE

    • Authors: Angelina Carlos Costa, Daniela Rodrigues de Sousa, Ivanildes da Glória Nunes Cruz, Raquia Rabelo Rogeri
      Pages: 548 - 557
      Abstract: Resumo: O presente artigo tem como objetivo apresentar um estudo a partir dos escritos de Paulo Freire, com foco na categoria pensar certo, e as contribuições destas perspectivas na superação da dicotomia teoria e prática, colaborando com a formação do professor e de sua identidade profissional, na disciplina de Estágio Supervisionado dos Cursos de Pedagogia. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica. A partir dos estudos realizados é possível compreender que o exercício do pensar certo possibilita não apenas a construção de conhecimentos por parte dos estudantes, mas a possibilidade de todos os envolvidos no processo (professor supervisor do Estágio Supervisionado, escola campo, estudantes, comunidade, entre outros) produzirem dialogicamente cultura, aprendendo coletivamente a aprender. E os estudantes, ao se tornarem professores, poderão se reconhecer no mundo e com o mundo, pois aprenderam a ensinar, o que lhes propiciará identificar a unidade entre teoria e prática, com vistas à transformação do mundo.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8906
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • CRIANÇAS, CONHECIMENTO CIENTÍFICO E PERCEPÇÕES AMBIENTAIS: O QUE A
           EDUCAÇÃO ESCOLAR TEM A VER COM ISSO'

    • Authors: Rodrigo Assis Carvalho, David Ng, André Vasques Vital, Sylvana de Oliveira Bernardi Noleto, Francisco Leonardo Tejerina-Garro
      Pages: 558 - 569
      Abstract: O Brasil é um país megadiverso cuja biodiversidade enfrenta momento crucial devido à implantação de controversas políticas públicas ambientais na esfera federal. Neste artigo, ressaltamos que há um recente declínio de interesse por parte da sociedade brasileira pelas questões ambientais, cenário que sugere uma falha no processo de comunicação sobre a importância de se proteger a natureza e sua biodiversidade. Como elementos que dão corpo a esta realidade, apresentamos a incidência do neoliberalismo no campo educacional e objetivação deste nas políticas educacionais, em especial sobre o currículo escolar, a partir da BNCC da Educação Básica. Diante do exposto, consideramos que no Brasil as crianças são sujeitos importantes, nos quais as percepções ambientais sobre a conservação da natureza podem ser aprimoradas a longo prazo. Neste sentido, apresentamos metodologias e procedimentos metodológicos que podem, na contramão da educação pragmática e tecnicista, contribuir com atividades de comunicação e educação científica para este público-alvo.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8994
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • A PRÁTICA DA JUSTIÇA E A PRESENÇA DO ESPÍRITO DE
           IAHWEH EM MIQUÉIAS

    • Authors: Luiz Alexandre Solano Rossi, Sandra Morais Ribeiro Santos
      Pages: 570 - 580
      Abstract: O profeta Miquéias denuncia severamente a corrupção e injustiça cometidas por líderes civis e religiosos que defraudavam o projeto original da Aliança e desprezavam, exploravam e oprimiam os camponeses. Em Miqueias 3,8 encontra-se a declaração de que ele transborda justamente daquilo que falta aos líderes do povo, ou seja, justiça (mishpat) que deveria estar presente na prática diária daqueles que possuem funções de liderança. O texto conduz a compreensão que o fato transbordar do Espírito de Iahweh implica em ações práticas de justiça para com o próximo, mas, principalmente, para com aqueles que são considerados os mais vulneráveis na sociedade, a fim de gerar vida e dignidade a cada um deles.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.9024
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • A FAMÍLIA E O AMOR: UMA LEITURA DA EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL
           AMORIS LAETITIA, DO PAPA FRANCISCO

    • Authors: Carolina Teles Lemos
      Pages: 581 - 596
      Abstract: Apresentamos, aqui, uma leitura da Exortação Apostólica Pós-Sinodal Amoris Laetitia (a alegria do amor), do Papa Francisco. O documento, que está dividido em nove capítulos e mais de 300 parágrafos, recolhe os resultados de dois Sínodos sobre a família convocados pelo Papa Francisco em 2014 e 2015. Nossa leitura apresenta a relação estabelecida pelo Papa entre o amor e a família. Em um primeiro momento, destacamos qual concepção de amor transparece na Encíclica e, em seguida, como tal amor é proposto às famílias. De nosso ponto de vista, o Papa, no decorrer da Encíclica, apresenta uma visão realista sobre as realidades das famílias, no que tange ao amor. Mas é essa mesma realidade que chama e desfia as famílias à construção de relações mais amorosas e aponta para a necessidade de que seja criada e consolidada uma pastoral familiar consciente e crítica.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.12088
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • ESPIRITUALIDADE, ESCOLA E CULTURA DE PAZ: UM CAMINHO DE DESAFIOS,
           ENCONTROS E SENTIDOS

    • Authors: Thayana Maria Olimpio Marinho, Thiago Antonio Avellar de Aquino, Wanessa de Macêdo Gomes, Sandra Souza da Silva
      Pages: 597 - 607
      Abstract: O objetivo do artigo foi conhecer os desafios atuais no âmbito da escola e compreender o papel da espiritualidade na Cultura de Paz. A escola é considerada como um dos pilares da educação, construindo a cidadania e formação de uma sociedade e de uma nação. O processo de adoecimento desses jovens vem crescendo e se faz necessário um olhar para isto mais atento e cuidadoso. Novas diretrizes propostas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), incluíram a dimensão espiritualidade no conceito multidimensional de saúde. Espiritualidade, por sua vez, pode ser entendida por toda experiência que produz mudança profunda no interior de cada pessoa podendo levá-la a uma integração pessoal e com o mundo. Nesse sentido, a cultura da paz aliada a espiritualidade proporciona a educação o senso de identidade e propósito significativo à vida, permitindo criar um cenário enriquecedor que acrescenta qualidade aos discursos e práticas educacionais na escola.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.9058
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • OS TIRANOS NÃO DIALOGAM! UM ESTUDO SOBRE O DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO À
           LUZ DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2021

    • Authors: Tiago Gurgel do Vale, José Ancelmo Santos Dantas, Anderson Frezzato
      Pages: 608 - 619
      Abstract: Pretende-se mostrar a importância do diálogo entre as religiões não cristãs como lugar privilegiado de encontro e de esforço pela construção da paz. Desde o Concílio Vaticano II, a Igreja Católica tem sido protagonista por fomentar empatia e consciência de que o diálogo inter-religioso como ação que pode combater a violência religiosa oriunda da intolerância, falta de respeito e de tirania. O desenvolvimento deste trabalho traz como impulso as assertivas propostas pela Campanha da Fraternidade de 2021 em relação à temática. A discussão se divide em três partes: na primeira, encontra-se a necessidade do diálogo frente à violência e à necessidade de mudanças nas estruturas eclesiais visando a aproximação; na segunda parte, são apontadas posturas que impedem o diálogo, como a tirania, sendo mostradas através do resgate de personagens bíblicos e por fim, são elencados alguns apontamentos práticos que podem ser úteis para fomentar espaços de diálogo inter-religioso.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.12082
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • O PROCESSO DE DESLOCAMENTO DA SEXUALIDADE NA REFLEXÃO DE MICHEL
           FOUCAULT

    • Authors: Elismar Alves dos Santos
      Pages: 620 - 630
      Abstract: Neste artigo, o autor reflete sobre alguns pontos levantados por Michel Foucault em sua História da Sexualidade 1 com o intuito de compreender como a sexualidade foi assimilada em alguns períodos da história, especialmente, na sociedade vitoriana. O Regime Vitoriano contribuiu para o “sequestro” da sexualidade e seu confinamento quase exclusivamente ao modelo matrimonial. Além disso, a sexualidade se tornou um tabu. Isso significou a não permissão de abordá-la ou de vivê-la de maneira mais humana. Ocorreu, ainda, a ligação da sexualidade com o prazer. Uma vez que o prazer era da ordem do pecado, tornou-se inconcebível sua associação com a sexualidade.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8843
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • A CONSTRUÇÃO DA SANTA-MÃEZINHA E A MATERNIDADE DA MULHER
           NEGRA NO BRASIL COLÔNIA

    • Authors: Rosemary Francisca Neves Silva, Gabriela Silva Carvalho
      Pages: 631 - 639
      Abstract: Durante o processo de colonização do Brasil, adestrar a mulher fazia parte do projeto civilizatório, e este adestramento se fez a serviço da colonização. O projeto colonial de normatização da mulher atravessava todos os aspectos, inclusive o da maternidade, que deveria ser utilizada a serviço do processo de povoamento da colônia. Porém, as mulheres da colônia não formavam um grupo homogêneo. E sabe-se que, na maioria dos casos, o espaço para exercer a maternidade, era dentro da família branca, obstruindo assim a possibilidade da mulher negra de constituírem seus próprios laços afetivos e reprodutivos. É esse antagonismo da família senhorial e das mulheres escravizadas, que iremos abordar, dentro da prática da maternidade, através de pesquisas bibliográficas e uma hermenêutica negra. Era concebido à mulher branca o direito da maternidade e educação dos filhos, juntamente com o título de santa-mãezinha, embora quem realizasse o trabalho fosse a mulher escrava “mãe-preta” do Brasil - colônia.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.12099
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
  • ECOS DE HABACUC PARA A ATUALIDADE: A FIDELIDADE DO JUSTO FRENTE À
           INJUSTIÇA SOCIAL.

    • Authors: José Batista de Oliveira
      Pages: 640 - 642
      Abstract: Resenha do livro do Prof. Dr. Jeová Rodrigues dos Santos. Título: Ecos de Habacuc para a atualidade: A fidelidade do justo frente à injustiça social.
      PubDate: 2022-02-22
      DOI: 10.18224/frag.v31i3.8654
      Issue No: Vol. 31, No. 3 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.239.112.140
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-