A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> SOCIOLOGY (Total: 553 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Educação, Escola e Sociedade
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1983-2540 - ISSN (Online) 2594-4002
Published by Universidade Estadual de Montes Claros Homepage  [10 journals]
  • Apresentação do Dossiê - “A Privatização da Educação Brasileira:
           ações mercantis e financeiras na definição das políticas públicas”
           

    • Authors: Ùrsula Adelaide Lelis, Maria Vieira Silva
      Pages: 1 - 3
      Abstract: Incursões privadas na educação brasileira, historicamente recorrentes, vêm alçando espaços cada vez mais significativos, constituindo expressivas capilaridade e vigência após a reforma do Estado brasileiro, nos anos 1990, quando intensificaram-se as propostas e ações privadas e público-privadas no âmbito das políticas públicas educacionais, de natureza e contornos cada vez mais acentuados e heterogêneos.    
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a00
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
  • Parcerias público-privadas, ensino médio e ensino profissionalizante no
           Brasil: o caminho da privatização do currículo escolar

    • Authors: Edirleine dos Santos Pereira, Úrsula Adelaide de Lélis
      Pages: 1 - 27
      Abstract: Analisar os aspectos políticos, econômicos e sociais que perpassaram a materialização das parcerias público-privadas, na história dos Ensinos Médio e Profissional, no Brasil, de 1960 a 2020 é o objetivo deste texto. Trata-se de um estudo bibliográfico, a partir de análises críticas sobre o objeto em foco, à luz da perspectiva dialética, tendo como referência principal os estudos de Shiroma, Moraes e Evangelista (2011), Saviani (2008) e Nascimento (2007). Constatou-se que a responsabilidade pelos Ensinos Médio e Profissional, nesse período, foi sendo transferida para a esfera privada, reduzindo a educação para o trabalho à preparação de força de trabalho, em atendimento às demandas do setor produtivo. Por sua vez, pela via dessas parcerias, o setor empresarial determina, cada vez mais, as políticas educacionais, especialmente as que definem o currículo escolar.
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a02
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
  • Políticas curriculares para o Ensino Médio: movimentos em direção às
           parcerias público-privadas

    • Authors: Jane Mery Richter Voigt, Leiri Aparecida Ratti
      Pages: 1 - 19
      Abstract: O objetivo deste artigo é discutir sobre os impactos de políticas curriculares que envolvem parcerias público-privadas na prática pedagógica de professores do EMITI em Santa Catarina. O referencial teórico se pauta em estudos sobre políticas educacionais e curriculares, além de contribuições sobre o currículo do Ensino Médio. A investigação, de abordagem metodológica qualitativa, contou com análise documental e a aplicação de questionário aos docentes que atuam em duas escolas contempladas com o EMITI, em Joinville - SC. Os resultados indicam que propostas educativas oriundas de parcerias público-privadas, mesmo pautadas em princípios de flexibilização, educação integral e desenvolvimento de competências, são prescritivas e acarretam uma limitação da autonomia curricular dos docentes. Esses aspectos podem afetar o caráter público e democrático da educação.
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a03
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
  • Publicização e políticas públicas de educação infantil no Brasil: a
           lógica de mercado

    • Authors: Menissa Cícera Fernandes de Oliveira Bessa
      Pages: 1 - 22
      Abstract: A Constituição Federal brasileira legisla o acesso à educação como direito da população e dever do Estado. Contudo, as políticas públicas têm sido influenciadas por ideias neoliberais, com práticas de publicização por meio da oferta pública em instituições de natureza privada e geridas na lógica de mercado. O objetivo deste texto é discutir a publicização de políticas públicas na educação infantil. Ancorada na pedagogia histórico-crítica, utiliza-se de fontes bibliográficas, documentais e estatísticas para, dialeticamente, apreender as contradições entre o dever do Estado em ofertar vagas e as ações de publicização, mediadas pelo movimento de flexibilização econômica do capitalismo financeiro. De 2007 a 2019, os indicadores educacionais revelam crescimento de 24% da oferta privada com orçamento público na educação infantil, o que configura a privatização de vagas e a marcha destrutiva das instituições educacionais públicas. Tais fatos são um convite à luta para aqueles que acreditam na escola pública e democrática!
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a04
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
  • A reforma empresarial em Minas Gerais: rumo à privatização da
           educação pública

    • Authors: Maria Simone Ferraz Pereira, Lucia de Fátima valente, Vanyne Aparecida Franco Freitas
      Pages: 1 - 18
      Abstract: O presente trabalho objetiva analisar propostas e ações para educação mineira, no Governo de Romeu Zema Neto (2019-2022), relacionadas a melhoria da qualidade da educação em Minas Gerais. Para tal finalidade, parte da seguinte indagação: em que grau essas propostas e ações podem conduzir à privatização da educação pública no Estado' Na busca de respostas, realizou-se uma pesquisa bibliográfica e documental, bem como uma análise do documento “Liberdade Ainda que Tardia” e de outros documentos e matérias veiculadas nos portais oficiais do governo, como “Agência Minas” e “Transparência”. Nas ações implantadas é possível identificar uma lógica gerencialista que busca atender às demandas políticas, econômicas e educacionais, pautada em um paradigma mercadológico de minimização do papel do Estado frente às demandas sociais, potencializando cada vez mais a tríade responsabilização, meritocracia e privatização.
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a05
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
  • Incidência do Filantrocapitalismo na Educação — estudo bibliométrico
           a partir do banco de teses e dissertações da CAPES e artigos
           científicos no portal Scielo

    • Authors: Adriana Soares Beserra Capoano, THERESA MARIA DE FREITAS ADRIÃO
      Pages: 1 - 15
      Abstract: Este artigo é resultado do levantamento bibliométrico sobre a atuação do filantrocapitalismo na educação básica brasileira, etapas - fundamental e médio - com base nas produções acadêmicas - Teses e Dissertações (Mestrado Acadêmico) - do Banco de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, e de artigos científicos no Portal Scientific Electronic Library Online (Scielo). O levantamento, nas duas bases, foi obtido pelos descritores “filantrocapitalismo”, “venture philanthropy”, “nova filantropia”, “filantropo”, “filantropia” “filantro” e “filantrópica”. A análise dos resumos foi realizada como base em Adrião, 2015; Adrião e Domiciano, 2018; Robertson e Verger, 2012; Ball e Olmedo, 2013. O resultado principal é que não se localizou pesquisas específicas sobre o filantrocapitalismo na educação no BRASIL, com base nos critérios deste levantamento, entretanto há evidências de sua atuação junto à educação pública.
      Palavras-chave: Privatização. Filantrocapitalismo. “Venture Philanthropy”. Filantropia. Filantrópica.
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a06
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
  • El currículo universitario venezolano como proyecto antropolítico para
           la justicia entre los saberes matemáticos

    • Authors: Milagros Elena Rodríguez
      Pages: 1 - 20
      Abstract: Se analiza como objetivo complejo el currículo universitario venezolano como proyecto antropolítico para la justica entre los saberes matemáticos. La indagación se ubica en la línea de investigación titulada: Educación Matemática Decolonial Transcompleja. Se usa el transmétodo la deconstrucción rizomática transmoderno como imersión en la transmetodología; en ellas nos inmiscuimos como sujeto autor rescatado de las investigaciones modernistas-colonizantes, en la crisis Venezolana para dar pisos epistémicos de la crisis educativa universitaria; y con ello la reconstrucción esperanzadora para el proyecto antropolítico en la salvaguarda de los saberes matemáticos. Transitamos por diversos escenarios de des-ligaje y re-ligaje para romper con las disposiciones rigurosamente impuestas desde numerosas esferas de poder en las instituciones educativas y con ellos de los saberes que perecen en las mentes de los actores educativos. Lo ideológico, político y epistémico entremezclados en el papel de la Educación Matemática en Venezuela y su agentamiento colonizador y soslayante, justifican la intervención de la decolonialidad planetaria como escenario posible de la justicia liberadora de los saberes matemáticos.
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a07
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
  • Privatização e Educação: análises
           contemporâneas

    • Authors: Maria Vieira Silva, Úrsula Adelaide de Lélis
      Pages: 1 - 6
      Abstract: O professor LUIZ CARLOS DE FREITAS é pedagogo; livre-docente (1994) e pós-doutor (1996) em educação; doutor em Ciências (Psicologia Experimental) (1987), pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em educação (1974), pela Universidade Católica de Chile (UCC). Atualmente é professor titular (aposentado) da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atua na área de Educação, com ênfase em Avaliação da Aprendizagem e de Sistemas. Sua produção científica e tecnológica tem como temas recorrentes: Avaliação; Políticas Públicas; Neoliberalismo; Didática; Organização do Trabalho Pedagógico; Progressão Continuada e Ciclos de formação.  
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a01
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 100.24.118.144
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-