A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> SOCIOLOGY (Total: 553 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
Educação, Escola e Sociedade
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1983-2540 - ISSN (Online) 2594-4002
Published by Universidade Estadual de Montes Claros Homepage  [10 journals]
  • Do ingresso e presença de Quilombolas na Universidade Brasileira

    • Authors: Mônica Maria Teixeira Amorim, Najla Moana Pereira Souza, Rosemeire Alves de Souza , Welington Coimbra Ferreira
      Pages: 1 - 18
      Abstract: Neste artigo objetivamos contribuir com a reflexão acerca da presença e permanência de quilombolas e dos seus saberes na universidade brasileira. O trabalho resulta de um “diálogo” estabelecido com três mulheres negras quilombolas: Rosimeire, Maria das Dores e Olindina Serafim.  Os dados foram obtidos a partir da articulação entre uma fala proferida pela Rosimeire, ocorrida em uma mesa de discussão durante um Congresso Nacional de Pesquisa em Educação em julho de 2022, e duas entrevistas realizadas com Maria das Dores e Olindina Serafim em novembro de 2022. Consideramos que as reflexões trazidas pelas interlocutoras reforçam a imprescindibilidade da entrada e permanência de quilombolas na universidade, assim como dos seus saberes, reiterando indicações de Gomes (2007;2017) e Horácio (2022), entre outros, quanto à necessária atenção aos saberes dos povos e comunidades tradicionais e suas lutas.
      PubDate: 2022-12-02
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a09
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • Da presença de mulheres negras no ensino superior e na docência
           superior

    • Authors: Andressa Ângela Siqueira, Mônica Maria Teixeira Amorim
      Pages: 1 - 23
      Abstract: Este artigo se propõe a abordar estatísticas e pesquisas recentes e alusivas à presença de estudantes negras no ensino superior brasileiro (graduação e pós-graduação) e à trajetória de mulheres negras egressas de cursos de pós-graduação stricto sensu com atenção àquelas que atuam como docentes no ensino superior. Resulta de investigação que envolveu estudo bibliográfico, análise de dados secundários e aplicação de questionários para egressos do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social (PPGDS) da UNIMONTES. Os resultados indicam aumento da presença de mulheres na graduação e pós-graduação brasileiras, incluindo aumento de negras nesses espaços educacionais. Ademais, revela que há um percentual significativo de egressas negras do PPGDS, superior às brancas, com atuação na docência do ensino superior.
      PubDate: 2022-12-02
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a10
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • Apresentação do Dossiê - “Centenário de Darcy
           Ribeiro”

    • Authors: Mônica Maria Teixeira Amorim, Heiberle Horácio
      Pages: 1 - 2
      Abstract: Darcy sabia afinal a que veio. Sim, sabia! E se foi, uma pena! Mas
      não se foi de todo. Suas ideias permanecem em nós. Salve, Darcy Ribeiro! Grande
      educador que muito nos orgulha por sua postura aguerrida de luta em defesa da
      universidade pública, de um país mais justo! E é nesse “espírito” de luta e com muita
      alegria, com muito afeto, que construímos esse dossiê, que resulta de um trabalho coletivo
      para celebrar o Centenário deste ilustre brasileiro, um humano de “muitas peles” como
      ele mesmo gostava de dizer – alguém que lutava por tantas causas, entre as quais às
      garantias dos Direitos dos Povos Indígenas, à democracia, à liberdade, à educação
      popular, à “universidade necessária”, ao desenvolvimento social (RIBEIRO, 1976).
      PubDate: 2022-11-14
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a01
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • Darcy ribeiro (1922-1997): Universidade e projeto autopropelido de
           nação

    • Authors: Roberto Leher
      Pages: 1 - 25
      Abstract: Nos marcos dos 100 anos de nascimento de Darcy Ribeiro (1922-2022) o artigo
      revisita a obra A universidade necessária por meio de uma leitura interpelada pelos
      desafios da universidade pública, especialmente das universidades federais no governo
      Bolsonaro. Destaca a indissociabilidade entre as lutas pela reforma universitária nos anos
      1960 e o processo da revolução brasileira, no qual sobressaíram grandes quadros
      intelectuais como Ribeiro. Realiza pontuações sobre o protagonismo estudantil a partir
      da tradição das lutas de Córdoba, 1918, assim como a propósito dos determinantes da
      reforma universitária. Coloca em relevo a defesa do compromisso ético-político da
      universidade com um projeto autopropelido de nação construído com o povo pobre. Ao
      final, sintetiza princípios orientadores da universidade necessária.
      PubDate: 2022-11-14
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a02
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • Políticas públicas e gestão da educação, nos 200 anos de
           (in)dependência do Brasil

    • Authors: Carlos Roberto Jamil Cury
      Pages: 1 - 7
      Abstract: Texto transcrito da palestra apresentada no XIII Congresso Nacional de Pesquisa em Educação. COPED. Texto revisado pelo autor.
      PubDate: 2022-11-14
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a03
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • Eurocentrismo e Desigualdade escolar na História da
           Educação brasileira

    • Authors: Cynthia Greive Veiga
      Pages: 1 - 14
      Abstract: Texto transcrito da palestra apresentada no XIII Congresso Nacional de Pesquisa em Educação. COPED. Texto revisado pela autora.
      PubDate: 2022-11-14
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a04
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • Direitos, Regimes de Conhecimento e Artes Indígenas nas universidades e
           escolas: imprescindíveis entradas, alguns desafios e dificuldades

    • Authors: Heiberle Hirsgberg Horacio, Maria das Dores Fernandes Vitor, Vanginei Leite Silva Xakriabá
      Pages: 1 - 13
      Abstract: Este artigo procura destacar a imprescindibilidade da entrada e permanência dos Povos Indígenas, dos seus Regimes de Conhecimento e Artes na Universidade e nas escolas brasileiras, inclusive para transformação dessa Universidade e das escolas. Este texto procura, também, evidenciar a importância da Universidade brasileira ser uma aliada na luta pelos Direitos dos Povos Indígenas, e as escolas serem espaço de combate dos estereótipos e discriminações contra os Povos Indígenas. Designadamente, este texto construiu um “diálogo” entre um mestre e artista indígena que é pós-graduando em uma universidade pública - o indígena Nei Leite Xakriabá - com a professora Joana Aparecida Fernandes Silva - que atua na área de Formação de Professores Indígenas, no Curso de Licenciatura Intercultural Indígena da Universidade Federal de Goiás - trazendo uma importante fala de Nei Xakriabá articulada à entrevista realizada pela professora Joana Fernandes, bem como às considerações dos autores e da autora do texto.
      PubDate: 2022-11-14
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a05
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • Os Desafios da Educação Escolar Quilombola

    • Authors: Gilmara Barbosa de Jesus, Maildes Helena de Carvalho Marques, Yara Fonseca de Oliveira Silva
      Pages: 1 - 17
      Abstract: Este artigo busca fazer um recorte histórico e conceitual relacionando a atual situação das comunidades quilombolas à herança advinda do passado escravista, de desigualdade racial e econômica, questões que influenciam o acesso à educação formal das comunidades quilombolas. Aponta-se os fatores históricos que dificultam o acesso e a permanência dessas comunidades no sistema educacional. Para a compreensão do processo educativo que acontece nessas escolas, necessita-se discutir o papel exercido pela educação formal diante das questões étnico-raciais, do preconceito e discriminação para com esses segmentos. A metodologia segue uma abordagem qualitativa, realizando a revisão bibliográfica de obras que tratam da história da educação no Brasil e da situação dos quilombolas. O papel das políticas educacionais e do Estado na garantia de educação para os quilombolas deve ser realizado por meio de ações afirmativas que objetivem reparar toda a violência, descaso e desigualdade sofrida por esses sujeitos.
      PubDate: 2022-11-14
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a06
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • A Geografia e o Exercício do Trabalho de Campo: Relato de Experiência de
           Um Futuro Professor

    • Authors: Rahyan de Carvalho Alves, Vanessa Tamiris Rodrigues Rocha
      Pages: 1 - 13
      Abstract: O objetivo deste trabalho é apresentar brevemente a experiência do trabalho de campo realizado no ano de 2019, a partir da proposta da disciplina de Geomorfologia, do curso de licenciatura em Geografia, da Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES – Minas Gerais, Brasil). Para tanto, utilizou-se como metodologia revisão bibliográfica e apresentação de relato de experiência. A realização de trabalhos de campo geográficos são relevantes, uma vez que tal exercício promove a imersão do acadêmico em distintas realidades socioambientais, promovendo a transposição da teoria e prática, colaborando, desta forma, para a formação docente de forma crítica e dinâmica.
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v16n18a08
      Issue No: Vol. 16, No. 18 (2022)
       
  • El currículo universitario venezolano como proyecto antropolítico para
           la justicia entre los saberes matemáticos

    • Authors: Milagros Elena Rodríguez
      Pages: 1 - 20
      Abstract: Se analiza como objetivo complejo el currículo universitario venezolano como proyecto antropolítico para la justica entre los saberes matemáticos. La indagación se ubica en la línea de investigación titulada: Educación Matemática Decolonial Transcompleja. Se usa el transmétodo la deconstrucción rizomática transmoderno como imersión en la transmetodología; en ellas nos inmiscuimos como sujeto autor rescatado de las investigaciones modernistas-colonizantes, en la crisis Venezolana para dar pisos epistémicos de la crisis educativa universitaria; y con ello la reconstrucción esperanzadora para el proyecto antropolítico en la salvaguarda de los saberes matemáticos. Transitamos por diversos escenarios de des-ligaje y re-ligaje para romper con las disposiciones rigurosamente impuestas desde numerosas esferas de poder en las instituciones educativas y con ellos de los saberes que perecen en las mentes de los actores educativos. Lo ideológico, político y epistémico entremezclados en el papel de la Educación Matemática en Venezuela y su agentamiento colonizador y soslayante, justifican la intervención de la decolonialidad planetaria como escenario posible de la justicia liberadora de los saberes matemáticos.
      PubDate: 2022-06-30
      DOI: 10.46551/ees.v15n17a07
      Issue No: Vol. 15, No. 17 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.70.233
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-