Subjects -> BUSINESS AND ECONOMICS (Total: 3841 journals)
    - ACCOUNTING (145 journals)
    - BANKING AND FINANCE (329 journals)
    - BUSINESS AND ECONOMICS (1411 journals)
    - CONSUMER EDUCATION AND PROTECTION (20 journals)
    - COOPERATIVES (4 journals)
    - ECONOMIC SCIENCES: GENERAL (232 journals)
    - ECONOMIC SYSTEMS, THEORIES AND HISTORY (255 journals)
    - FASHION AND CONSUMER TRENDS (20 journals)
    - HUMAN RESOURCES (103 journals)
    - INSURANCE (26 journals)
    - INTERNATIONAL COMMERCE (146 journals)
    - INTERNATIONAL DEVELOPMENT AND AID (103 journals)
    - INVESTMENTS (22 journals)
    - LABOR AND INDUSTRIAL RELATIONS (66 journals)
    - MACROECONOMICS (17 journals)
    - MANAGEMENT (634 journals)
    - MARKETING AND PURCHASING (116 journals)
    - MICROECONOMICS (23 journals)
    - PRODUCTION OF GOODS AND SERVICES (125 journals)
    - PUBLIC FINANCE, TAXATION (42 journals)
    - TRADE AND INDUSTRIAL DIRECTORIES (2 journals)

INTERNATIONAL DEVELOPMENT AND AID (103 journals)                     

Showing 1 - 97 of 97 Journals sorted alphabetically
Africa Development     Open Access   (Followers: 33)
African Evaluation Journal     Open Access  
African Journal of Economic and Sustainable Development     Hybrid Journal   (Followers: 20)
African Journal of Sustainable Development     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Afrique contemporaine : La revue de l'Afrique et du développement     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Annals of Humanities and Development Studies     Open Access   (Followers: 7)
Asia Policy     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Asian Education and Development Studies     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Campbell Systematic Reviews     Open Access   (Followers: 3)
Canadian Foreign Policy Journal     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Canadian Journal of Development Studies / Revue canadienne d'études du développement     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Capacity.org     Free   (Followers: 1)
Cuadernos de Trabajo Hegoa     Open Access  
Desarrollo y Sociedad     Open Access   (Followers: 3)
Desenvolvimento em Questão     Open Access  
Developing Country Studies     Open Access   (Followers: 7)
Development Engineering     Open Access   (Followers: 3)
Development Management     Open Access   (Followers: 2)
Development Studies Research     Open Access   (Followers: 8)
DRd - Desenvolvimento Regional em debate     Open Access  
Economia & Região     Open Access  
Economic History of Developing Regions     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Economic Journal of Development Issues     Open Access   (Followers: 1)
Economic Journal of Emerging Markets     Open Access   (Followers: 2)
Economics and Rural Development     Open Access   (Followers: 5)
Economics Development Analysis Journal     Open Access   (Followers: 6)
Economics of Development     Open Access   (Followers: 1)
Economies     Open Access   (Followers: 1)
Emerging Economy Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Environmental Development     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Finance & Development     Free   (Followers: 10)
Forum for Development Studies     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Ghana Journal of Development Studies     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Iberoamerican Journal of Development Studies     Open Access   (Followers: 1)
Indian Growth and Development Review     Hybrid Journal  
Indian Journal of Human Development     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Innovation and Development     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Insight on Africa     Hybrid Journal   (Followers: 3)
International Affairs and Global Strategy     Open Access   (Followers: 11)
International Development Policy : Revue internationale de politique de développement     Open Access  
International Economics     Hybrid Journal   (Followers: 3)
International Journal of Agricultural Management and Development     Open Access   (Followers: 2)
International Journal of Developing Societies     Open Access   (Followers: 5)
International Journal of Development Issues     Hybrid Journal   (Followers: 10)
International Journal of Energy Economics and Policy     Open Access   (Followers: 14)
International Journal of Peace and Development Studies     Open Access   (Followers: 22)
International Journal of Regional Development     Open Access   (Followers: 1)
International NGO Journal     Open Access   (Followers: 5)
International Review of Environmental and Resource Economics     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
IZA Journal of Labor & Development     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Accounting and Finance in Emerging Economies     Open Access  
Journal of African Studies and Development     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Agribusiness in Developing and Emerging Economies     Hybrid Journal  
Journal of Asian Development     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Business and Social Review in Emerging Economies     Open Access  
Journal of Contemporary Integrative Ideas     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Developing Economies     Open Access   (Followers: 4)
Journal of Development and Administrative Studies     Open Access   (Followers: 3)
Journal of Development Policy and Practice     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal of Economic Development Policy     Open Access   (Followers: 8)
Journal of Economic Issues     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Journal of Environmental Economics and Policy     Partially Free   (Followers: 4)
Journal of Global Responsibility     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Humanitarian Logistics and Supply Chain Management     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Journal of Illicit Economies and Development     Open Access  
Journal of International Business Studies     Hybrid Journal   (Followers: 49)
Journal of Management for Global Sustainability     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Social and Economic Development     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Journal of Sustainable Development Studies     Open Access   (Followers: 18)
Journal of Sustainable Finance & Investment     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of the Indian Ocean Region     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Jurnal Ekonomi dan Studi Pembangunan     Open Access   (Followers: 1)
Markets, Globalization & Development Review : The Official Journal of the International Society of Markets and Development     Open Access   (Followers: 1)
MediaTrend     Open Access  
Membership Management Report The     Hybrid Journal  
New African Magazine     Full-text available via subscription   (Followers: 8)
Organizations and Markets in Emerging Economies     Open Access   (Followers: 4)
QA : Rivista dell’Associazione Rossi-Doria     Full-text available via subscription  
Regional Formation and Development Studies     Open Access   (Followers: 1)
Review of Development and Change     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Review of Economics and Development Studies     Open Access   (Followers: 2)
Revista Internacional de Cooperación y Desarrollo     Open Access  
Revista Perspectivas do Desenvolvimento     Open Access  
Rozwój Regionalny i Polityka Regionalna     Open Access  
Scholedge International Journal of Management & Development     Open Access   (Followers: 6)
Social Development Issues     Full-text available via subscription  
Special Events Galore     Hybrid Journal  
St Antony's International Review     Full-text available via subscription  
Stability : International Journal of Security and Development     Open Access   (Followers: 8)
Studies in Comparative International Development     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Successful Fundraising     Hybrid Journal  
Technological and Economic Development of Economy     Open Access   (Followers: 6)
Tropicultura     Open Access  
Volunteer Management Report     Full-text available via subscription  
World Development Perspectives     Hybrid Journal   (Followers: 4)
World Journal of Entrepreneurship, Management and Sustainable Development     Hybrid Journal   (Followers: 6)
World Journal of Science, Technology and Sustainable Development     Hybrid Journal   (Followers: 3)

           

Similar Journals
Journal Cover
Economia & Região
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2317-627X
Published by Universidade Estadual de Londrina Homepage  [7 journals]
  • expediente

    • Authors: Marcia Regina Gabardo da Camara
      Pages: 1 - 2
      PubDate: 2021-10-08
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p1
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Editorial

    • Authors: Marcia Regina Gabardo da Camara
      Pages: 3 - 4
      PubDate: 2021-10-08
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p3
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Efeito do transtorno depressivo no acesso feminino ao ensino superior
           brasileiro

    • Authors: Salime Nadur Duarte Ferreira, Juliana Brito de Oliveira, Ana Carolina Nolasco Milheiro Manoel, Evandro Camargos Teixeira
      Pages: 5 - 25
      Abstract: As doenças mentais têm sido cada vez mais diagnosticadas e evidenciadas como propulsoras de diversos empecilhos na qualidade de vida dos indivíduos. Elas são capazes de afetar distintos aspectos, tais como interações sociais e acumulação de capital humano. Diante disso, o presente estudo tem como objetivo analisar o efeito do transtorno depressivo sobre o acesso ao ensino superior por parte das mulheres no Brasil, que possuem prevalência mais elevada para esse tipo de doença em relação aos homens, particularmente em função de aspectos biológicos e neuroendocrinológicos. Para tal, utilizou-se como metodologia a estimação de um modelo Probit Bivariado, com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) para o ano de 2008, considerando mulheres com idade entre 16 e 25 anos. Os resultados encontrados apontam que mulheres com depressão têm redução de aproximadamente 24,28% na probabilidade de acesso ao ensino superior, enfatizando a relação inversa entre a doença e o nível de escolaridade.
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Impactos da Agropecuária na degradação ambiental: Uma análise à luz
           da curva de Kuznetz ambiental

    • Authors: Brena do Nascimento Carvalho, Francisca Nathalia de Sousa Leite, Tarcísio da Costa Lobato
      Pages: 27 - 51
      Abstract: O presente trabalho investigou a hipótese da Curva Ambiental de Kuznets – CAK, para os estados que são considerados os maiores produtores de grãos e que possuem os maiores rebanhos bovinos do país, no período de 2002-2015. Foram utilizados para a análise dados anuais do VAB obtidos no IBGE-SIDRA e emissão de gases de efeito estufa (GEE) referente a atividades agropecuárias coletados no SEEG. Utilizou-se a metodologia de dados em painel. Com a aplicação da metodologia, constatou-se que em um nível agregado, o VAB da agropecuária não se mostrou significativo para explicar as emissões de GEE da agropecuária em nenhum dos modelos estimados. Contudo, dividindo os dados em dois grupos, em que o primeiro são os estados do Centro-Oeste e o segundo os demais estados, Rio Grande do Sul, Paraná, Pará e Minas Gerais, verificou-se a significância do VAB da agropecuária para explicar as emissões de GEE. A aplicação do modelo em painel de efeitos fixos para os dois grupos, indica a existência de uma curva em formato de U para a região Centro-Oeste. E para o segundo grupo, obteve-se uma curva em formato de U.
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p27
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Escaneamento de políticas públicas brasileiras de alimentação a partir
           do Nourishing Framework

    • Authors: Álvaro Freitas Faustino Dias, Caroline Pauletto Spanhol-Finocchio, Milton Augusto Pasquotto Mariani
      Pages: 53 - 65
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p53
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Efeito do risco de crédito no desempenho financeiro das cooperativas de
           crédito de livre admissão brasileiras

    • Authors: Stella Fernanda de Azevedo, Rosiane Maria Lima Gonçalves, Lucas Ribeiro
      Pages: 67 - 83
      Abstract: As Cooperativas de Crédito têm se destacado no Sistema Financeiro Nacional pelo seu potencial de crescimento em momentos de crise e por terem se tornado um importante instrumento de desenvolvimento econômico devido à oferta de taxas de juros menores e à facilidade de acesso ao crédito. Porém, o aumento da concessão de crédito, consequentemente aumenta o risco de crédito da cooperativa. A relação risco de crédito e desempenho financeiro é um tema bastante estudado e ainda muito controverso perante aos diversos resultados obtidos pelos pesquisadores. Nesse sentido, utilizando uma amostra de 263 Cooperativas de Crédito de Livre Admissão, este estudo analisou a relação entre o risco de crédito e o retorno, no período de 2014 a 2018. Foi possível verificar por meio da regressão de dados em painel que o risco de crédito deve ser considerado fator determinante no desempenho financeiro das cooperativas de crédito de livre admissão, sendo o provisionamento para crédito de liquidação duvidosa negativamente relacionado com o retorno sobre o ativo (ROA) e com o retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) das cooperativas analisadas. Sendo assim, uma gestão adequada do risco de crédito é fundamental para garantir a sobrevivência e o crescimento das cooperativas.
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p67
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Alimentos à base de insetos e o comportamento do consumidor: o que a
           literatura científica tem desvendado'

    • Authors: Handerson Molin Brun, Caroline Pauletto Spanhol Finocchio, Erlaine Binotto, Alexandro Moura Araújo
      Pages: 85 - 103
      Abstract: Questões relacionadas à segurança alimentar tem se intensificado diante do aumento da população mundial previsto para 2050 e das mudanças climáticas. Nesse contexto, observa-se que empresas e cientistas têm desenvolvido novas fontes alternativas de proteína, entre elas a de insetos (entomofagia), para atender o aumento da demanda por proteínas. Os insetos se apresentam como uma alternativa promissora frente à carne bovina, suína e de frango, devido seu nível de qualidade proteica, facilidade de absorção pelo organismo e a baixa necessidade de recursos para sua produção. Estudos vem sendo conduzidos para compreender melhor a aceitação destes novos produtos, à base de insetos, pelo consumidor. Este estudo, por sua vez, buscou analisar de forma sistemática 21 artigos encontrados nas bases Web of Science e Scopus sobre o tema. Os resultados demonstram que o consumidor está se conscientizando, de forma modesta, sobre os impactos da sua dieta ao meio ambiente, porém não estão aptos a substituir a carne pelos alimentos à base de insetos. O que se observa nos estudos revisados é que os consumidores vêm considerando, de forma tímida, a introdução destes produtos na dieta. As principais barreiras ao consumo foram: o nojo, a aparência e a falta de habilidade para o preparo. Como alternativa para superar algumas barreiras destacam-se: a) a criação de produtos processados a base de insetos; b) fomentar a divulgação de informações sobre os benefícios ambientais e para a saúde e c) promover seções de degustação para evitar preconceitos e incentivar o consumo.
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p85
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Tecnologias de Produção e Qualidade na Cadeia de Suprimentos da
           Indústria de Laticínios no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul

    • Authors: Jeferson Bottoni, Heron Sergio Moreira Begnis
      Pages: 105 - 122
      Abstract: No Vale do Taquari o leite é um produto de relevante importância econômica e social. A cadeia de suprimentos desta indústria tem se atualizado tecnologicamente promovendo incremento em produtividade e qualidade. A qualidade do leite é uma prerrogativa para a dos produtos lácteos, porém o índice de não conformidade neste quesito historicamente é elevado. O objetivo deste artigo é diagnosticar as condições tecnológicas e de qualidade na cadeia de suprimentos da indústria do leite na Região do Vale do Taquari. Adotou-se uma metodologia de natureza descritiva. Na coleta de dados 263 produtores, responderam a survey. Com auxílio de dados fornecidos por laboratório foi possível formar dois grupos de respondentes: os que atendem os padrões e qualidade e aqueles que não atendem. Os resultados denotam a concentração de propriedades rurais com menor número de animais em lactação e produção além de elevada utilização de tecnologias. Os produtores possuem acesso a capacitações e recebem atendimento técnico e têm uma percepção positiva sobre a qualidade do leite. A participação em atividades de cooperação é baixa. Concluiu-se que qualidade, produtividade e maior produção, possuem relação com maior tecnificação dos processos e cooperação, considerados potencializadores da produção de leite de maior qualidade.
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p105
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Análise da competitividade do setor cafeeiro brasileiro no mercado
           internacional

    • Authors: Samuel Alex Coelho Campos
      Pages: 123 - 143
      Abstract: O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de café, produzindo tanto a variedade arábica como a robusta. Contudo, a participação brasileira mundial reduziu aproximadamente em 25% entre 1997 e 2019. Essa queda da participação pode ser resultado da concentração das exportações brasileiras desse produto em alguns destinos. De forma a analisar a competitividade das exportações brasileiras entre 1997 e 2019 foi utilizado o método Constant Market Share. Os resultados indicaram que o Brasil foi competitivo no período, além de ter adaptado sua pauta de exportação à demanda mundial e direcionado suas exportações para mercados com demanda de maior crescimento. Por outro lado, o país exportou produtos em que a demanda tem crescido lentamente e direcionou suas exportações para países em que sua demanda tem crescido a uma taxa menor do que a mundial. Como forma de aumentar a sua participação no mercado internacional é importante que o país adote ações de marketing direto ao consumidor, por exemplo, o que pode resultar em preços pagos aos produtos rurais maiores e mais estáveis
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p123
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • A Relação entre o Microempreendedor Individual (MEI) e o crescimento
           econômico: Uma análise para os municípios do Paraná

    • Authors: Mariana Bonfim Barbosa de Oliveira, Luan Vinicius Bernardelli
      Pages: 145 - 162
      Abstract: O objetivo deste trabalho é verificar o impacto do aumento do número de Microempreendedores Individuais (MEI) no Produto Interno Bruto do Estado do Paraná, nos anos de 2010 a 2017. Para alcançar este objetivo, este trabalho foi baseado no modelo de crescimento exógeno de Solow, com controles para capital físico e humano. Foram utilizados dados do Portal do Empreendedor e do IPARDES para elaboração das estimativas econométricas. Esses dados foram analisados pela técnica de análise quantitativos, mais especificamente por meio da técnica de dados em painel. Os resultados encontrados mostram que o número de MEIs contribui positivamente para o PIB dos municípios, sendo uma modalidade que auxilia na formalização dos trabalhadores e na economia dos municípios.
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p145
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
  • Delimitação da área de influência dos portos de acordo com os custos
           de transporte para a soja de Mato Grosso

    • Authors: Anderson dos Santos, Andréa Leda Ramos de Oliveira, Marlon Fernandes de Souza
      Pages: 163 - 179
      Abstract: O planejamento da logística de exportação de grãos é fundamental para melhor alocação de recursos. No Brasil, a participação do transporte intermodal na movimentação de cargas não está alinhada com a grande extensão territorial, o que impacta principalmente as regiões mais distantes dos portos marítimos, ao exemplo do estado de Mato Grosso. Adicionalmente, o transporte da lavoura até o porto representa uma parcela significativa do preço final das commodities agrícolas. O objetivo do artigo foi construir um modelo para determinação da área de influência dos portos brasileiros na logística interna da soja destinada à exportação. O modelo proposto identificou o porto de destino esperado segundo os custos de transporte referenciados no espaço. A modelagem adotada pode ser aplicada para avaliação da dinâmica logística de outros produtos agroindústrias e da contribuição dos sistemas logísticos intermodais. Destaca-se que em todas as bacias logísticas delimitadas no estado de Mato grosso o escoamento da soja acontece prioritariamente por mais de um modal. Assim, os portos que apresentaram influência logística no estado têm ligações ferroviárias ou hidroviárias, que são acessadas através de rodovias conectadas às regiões produtoras.
      PubDate: 2021-09-30
      DOI: 10.5433/2317-627X.2022v10n1p163
      Issue No: Vol. 10, No. 1 (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.218.88
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-