Subjects -> BUSINESS AND ECONOMICS (Total: 3570 journals)
    - ACCOUNTING (132 journals)
    - BANKING AND FINANCE (306 journals)
    - BUSINESS AND ECONOMICS (1248 journals)
    - CONSUMER EDUCATION AND PROTECTION (20 journals)
    - COOPERATIVES (4 journals)
    - ECONOMIC SCIENCES: GENERAL (212 journals)
    - ECONOMIC SYSTEMS, THEORIES AND HISTORY (235 journals)
    - FASHION AND CONSUMER TRENDS (20 journals)
    - HUMAN RESOURCES (103 journals)
    - INSURANCE (26 journals)
    - INTERNATIONAL COMMERCE (145 journals)
    - INTERNATIONAL DEVELOPMENT AND AID (103 journals)
    - INVESTMENTS (22 journals)
    - LABOR AND INDUSTRIAL RELATIONS (61 journals)
    - MACROECONOMICS (17 journals)
    - MANAGEMENT (595 journals)
    - MARKETING AND PURCHASING (116 journals)
    - MICROECONOMICS (23 journals)
    - PRODUCTION OF GOODS AND SERVICES (143 journals)
    - PUBLIC FINANCE, TAXATION (37 journals)
    - TRADE AND INDUSTRIAL DIRECTORIES (2 journals)

ACCOUNTING (132 journals)                     

Showing 1 - 126 of 126 Journals sorted alphabetically
Accountancy     Partially Free   (Followers: 3)
Accounting Analysis Journal     Open Access   (Followers: 4)
Accounting and Finance Research     Open Access   (Followers: 23)
Accounting and Financial Control     Open Access   (Followers: 4)
Accounting Global Journal     Open Access   (Followers: 3)
Accounting History     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Accounting History Review     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Accounting in Europe     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Accounting Research Journal     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Accounting Theory and Practice     Open Access   (Followers: 6)
Accounting, Accountability & Performance     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Accounting, Auditing and Accountability Journal     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Acta Marisiensis : Seria Oeconomica     Open Access  
Activos     Open Access  
Actualidad Contable Faces     Open Access   (Followers: 1)
Advances in Accounting     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Advances in Accounting Education     Hybrid Journal   (Followers: 12)
African Journal of Accounting, Auditing and Finance     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Al-Mal : Jurnal Akuntansi dan Keuangan Islam     Open Access  
Applied Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 8)
Apuntes Contables     Open Access  
Asia-Pacific Journal of Accounting & Economics     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Asian Journal of Accounting Research     Open Access  
Asian Journal of Economics, Business and Accounting     Open Access  
Asian Journal of Finance & Accounting     Open Access   (Followers: 8)
Berkala Akuntansi dan Keuangan Indonesia     Open Access  
Bulletin of Accounting and Finance Reviews     Open Access   (Followers: 1)
China Journal of Accounting Research     Open Access   (Followers: 3)
China Journal of Accounting Studies     Hybrid Journal  
Chulalongkorn Business Review     Open Access  
Cofin Habana     Open Access  
Comptabilité - Contrôle - Audit     Full-text available via subscription  
Comptabilités     Open Access  
Contabilidad y Negocios     Open Access  
Contabilidade, Gestão e Governança     Open Access  
Contaduría y Administración     Open Access  
Copernican Journal of Finance & Accounting     Open Access   (Followers: 2)
Cuadernos de Administración (Universidad del Valle)     Open Access   (Followers: 1)
Cuadernos de Contabilidad     Open Access  
Current Issues in Auditing     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
E-Jurnal Akuntansi     Open Access  
ECA Sinergia : Revista Especializada en Economía, Contabilidad y Administración     Open Access  
EL-MUHASABA     Open Access  
Estudios Gerenciales     Open Access  
Financial Reporting     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Fokus Bisnis : Media Pengkajian Manajemen dan Akuntansi     Open Access  
Indonesian Accounting Review     Open Access  
International Journal of Accounting & Finance Review     Open Access  
International Journal of Accounting and Financial Reporting     Open Access   (Followers: 8)
International Journal of Accounting and Information Management     Hybrid Journal   (Followers: 5)
International Journal of Accounting, Auditing and Performance Evaluation     Hybrid Journal   (Followers: 9)
International Journal of Auditing Technology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
International Journal of Business Reflections     Open Access   (Followers: 2)
International Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 7)
International Journal of Finance and Accounting Studies     Open Access   (Followers: 7)
Journal of Accounting and Business Education     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Accounting and Investment     Open Access  
Journal of Accounting and Management     Open Access   (Followers: 11)
Journal of Accounting in Emerging Economies     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Journal of Accounting Literature     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Applied Accounting and Taxation     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Applied Accounting Research     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Journal of Applied Sciences in Accounting, Finance, and Tax     Open Access  
Journal of Auditing, Finance and Forensic Accounting     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Banking and Financial Technology     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Cost Analysis and Parametrics     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Economics Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Economics, Business, & Accountancy Ventura     Open Access  
Journal of Economics, Finance and Accounting Studies     Open Access  
Journal of Empirical Research in Accounting     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Federation of Accounting Professions     Open Access  
Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 7)
Journal of Finance and Accounting Research     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Financial Reporting and Accounting     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journal of Islamic Accounting and Business Research     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Management Accounting Research     Full-text available via subscription   (Followers: 24)
Journal of Public Budgeting, Accounting & Financial Management     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal Syariah and Accounting Public     Open Access  
Jurnal Akuntansi & Keuangan Unja     Open Access  
Jurnal Akuntansi Aktual     Open Access  
Jurnal Akuntansi dan Keuangan     Open Access  
Jurnal Akuntansi dan Perpajakan     Open Access  
Jurnal Akuntansi Indonesia     Open Access  
Jurnal ASET (Akuntansi Riset)     Open Access  
Jurnal Dinamika Akuntansi     Open Access  
Jurnal Ekonomi KIAT     Open Access  
Jurnal Ilmiah Akuntansi dan Bisnis     Open Access  
Jurnal Ilmiah Akuntansi dan Keuangan     Open Access  
Jurnal Kajian Akuntansi     Open Access  
Krisna : Kumpulan Riset Akuntansi     Open Access  
Maandblad Voor Accountancy en Bedrijfseconomie (MAB)     Open Access  
Management & Economics Research Journal     Open Access   (Followers: 1)
Meditari Accountancy Research     Hybrid Journal   (Followers: 2)
North American Actuarial Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Open Journal of Accounting     Open Access   (Followers: 2)
PEKA : Jurnal Pendidikan Ekonomi Akuntansi     Open Access  
Point of View Research Accounting and Auditing     Open Access   (Followers: 1)
Prawo Budżetowe Państwa i Samorządu     Open Access  
Profita : Komunikasi Ilmiah Akuntansi dan Perpajakan     Open Access  
Quipukamayoc     Open Access   (Followers: 1)
RACE - Revista de Administração, Contabilidade e Economia     Open Access  
Research Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 10)
REUNIR: Revista de Administracao, Contabilidade e Sustentabilidade     Open Access  
Revista Catarinense da Ciência Contábil     Open Access  
Revista Contemporânea de Contabilidade     Open Access  
Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace     Open Access  
Revista de Análisis Económico y Financiero     Open Access  
Revista de Contabilidad : Spanish Accounting Review     Open Access  
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ     Open Access  
Revista de Contabilidade e Organizações     Open Access  
Revista de Derecho Fiscal     Open Access  
Revista de Finanças Públicas, Tributação e Desenvolvimento     Open Access  
Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade     Open Access  
Revista Evidenciação Contábil & Finanças     Open Access  
Revista Mineira de Contabilidade     Open Access  
Revista Universo Contábil     Open Access  
Riset Akuntansi dan Keuangan Indonesia     Open Access  
Risk Governance and Control : Financial Markets & Institutions     Open Access  
Science and Studies of Accounting and Finance : Problems and Perspectives     Open Access  
Social and Environmental Accountability Journal     Hybrid Journal   (Followers: 3)
South African Journal of Accounting Research     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Spanish Journal of Finance and Accounting / Revista Española de Financiación y Contabilidad     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Studia Universitatis Babes-Bolyai Oeconomica     Open Access   (Followers: 2)
Sustainability Accounting, Management and Policy Journal     Hybrid Journal   (Followers: 12)
The Accounting Review     Full-text available via subscription   (Followers: 49)
Universal Journal of Accounting and Finance     Open Access   (Followers: 3)

           

Similar Journals
Journal Cover
Revista Mineira de Contabilidade
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1806-5988 - ISSN (Online) 2446-9114
Published by Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais Homepage  [1 journal]
  • REVISTA MINEIRA DE CONTABILIDADE

    • Authors: Informações Editoriais
      Pages: 2 - 2
      Abstract: Periodicidade quadrimestral
      Volume 23, nº 1, Janeiro/Fevereiro/Março/Abril de 2022
      ISSN 2446-9114
      PubDate: 2022-04-29
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • Palavra da Editora

    • Authors: Profa. Dra. Nálbia de Araújo Santos
      Pages: 3 - 3
      Abstract: Iniciamos este quadrimestre de 2022 com a primeira edição da Revista Mineira de Contabilidade (RMC), lembrando que o Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais (CRCMG) faz 75 anos de existência. É um ano comemorativo para o CRCMG, mas, também, será um ano para refletir sobre os caminhos a serem seguidos para seu futuro promissor.
      PubDate: 2022-04-29
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • Ativos intangíveis e geração de valor na Nova Economia

    • Authors: Joyce Mariella Medeiros Cavalcanti
      Pages: 4 - 8
      Abstract: A fintech brasileira Nubank havia se tornado a maior instituição financeira da América Latina em valor de mercado – estimado em US$ 41,5 bilhões ou aproximadamente R$ 230 bilhões em dezembro de 2021 –, logo após ter realizado a oferta pública inicial de suas ações na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), nos Estados Unidos, o que a havia feito ultrapassar o Itaú, que detinha esse posto e é considerado uma instituição financeira tradicional (BBC News, 2021). No entanto, o Nubank reportou prejuízo no último trimestre (3T21) divulgado (Nubank RI, 2022a), assim como nos dois últimos anos 2019-2020 (Nubank, 2021). Existiria, então, um contrassenso nesse caso' Por que o mercado valorizaria tanto uma empresa que não é lucrativa'
      PubDate: 2022-05-02
      DOI: 10.51320/rmc.v23i1.1406
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • Nave Espacial de Varginha - Varginha - MG

    • Authors: Sumário e Foto de capa
      Pages: 9 - 9
      Abstract: Cidade do interior mineiro, Varginha está localizada na região Sul do estado. Os primeiros documentos que trazem a história da cidade datam de 1780. Os tropeiros, que estavam passando regularmente por Varginha, fizeram, em 1785, uma pequena capela. Em 1806, foi construída a capela do Divino Espírito Santo das Catanduvas e, no mesmo ano, foi doado o terreno exigido para o patrimônio distrital. Então se deu ao povoado o nome de Catanduvas ou Catandubas. Em virtude do padroeiro da capela, o distrito passou a chamar-se Espírito Santo das Catanduvas.
      PubDate: 2022-04-29
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • RECONHECIMENTO DE ATIVOS CONTINGENTES: UMA ANÁLISE DOS PROCESSOS
           ADMINISTRATIVOS SANCIONADORES (PAS) DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
           (CVM)

    • Authors: Gilberto Santiago Silva Santos, Rayla dos Santos Oliveira Dias, Michel de Matos Tosta, Natan Szuster
      Pages: 10 - 20
      Abstract: A adoção das normas internacionais de contabilidade no Brasil alterou não apenas a forma dos lançamentos e classificações contábeis, mas, principalmente, o poder de julgamento dos profissionais nas decisões de reconhecimento, mensuração e evidenciação. Dentre as normas adotadas, está o CPC 25 – Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes –, correspondente ao IAS 37 – Provisions, Contingent Liabilities and Contingent Assets –, cujo objetivo é estabelecer os critérios de reconhecimento e bases de mensuração apropriados a provisões e a passivos e ativos contingentes. O presente estudo tem como objetivo verificar os julgamentos dos Processos Administrativos Sancionadores (PAS) pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de ativos contingentes que não foram originados na esfera judicial. Para tal se adotou um estudo exploratório de abordagem qualitativa e análise documental. Os resultados sugerem que para a CVM não há qualquer distinção no reconhecimento quanto à origem dos ativos contingentes, se são ou não originados em processos judiciais. Também não foram encontrados indicativos de que os ativos contingentes tenham sido julgados em razão de sua origem, mas pela forma como a administração da entidade justificou tal reconhecimento. O estudo conclui que não há qualquer diferenciação pela CVM na análise dos ativos contingentes oriundos ou não de processos judiciais.
      PubDate: 2022-04-29
      DOI: 10.51320/rmc.v23i1.1288
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • PROVISÕES E PASSIVOS CONTINGENTES: CARACTERÍSTICAS E RECONFIGURAÇÃO
           

    • Authors: Bárbara Carvalho Borges, Suliani Rover
      Pages: 21 - 32
      Abstract: A normatização das provisões e dos passivos contingentes é essencial para inibir a assimetria das informações e buscar sua fidedignidade. As provisões e passivos contingentes têm sido foco de notícias no mercado e têm a atenção de pesquisadores que buscam compreender como os gestores tomam decisões sobre esses processos que justificam suas classificações. O presente artigo tem como objetivo analisar as características das provisões e dos passivos contingentes e o reflexo da reconfiguração das contingências nas companhias abertas brasileiras listadas na Brasil, Bolsa e Balcão (B3). Para a consecução do objetivo, realizou-se uma análise abrangente que contemplou as características, as mudanças da chance de perda dos processos e a reconfiguração das classificações. Por meio da análise dos formulários de referências de 2010 a 2019, foram encontrados 7.233 processos. Os processos cíveis e tributários possuem quantidade superior às demais classificações. Foram verificadas 1.118 mudanças na chance de perda, a maior quantidade de alteração da chance de perda foi para a classificação possível, totalizando 402 alterações, e a maior quantidade de alterações nas chances de perda de uma classificação para outra é realizada de possível para remota, totalizando 234 alterações. Com a reclassificação dos passivos contingentes para provisões, muitas das empresas analisadas passariam a ter prejuízo. Concluiu-se, a partir de testes de diferença de média que, a reclassificação das contingências causaria grande impacto no resultado das empresas, o que indica que as empresas devem evidenciar com cautela os riscos a que estão sujeitas.
      PubDate: 2022-04-29
      DOI: 10.51320/rmc.v23i1.1328
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • RELAÇÃO ENTRE A RELEVÂNCIA DOS INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS NOS
           BANCOS BRASILEIROS E A MENÇÃO A ESSES INSTRUMENTOS NO RELATÓRIO DOS
           AUDITORES

    • Authors: Camila Rodrigues Makiuchi, Paulo Cesar de Melo Mendes, Jose Alves Dantas
      Pages: 33 - 43
      Abstract: Esse trabalho teve como objetivo verificar se há relação entre a relevância dos instrumentos financeiros derivativos para as principais instituições financeiras brasileiras e sua menção nos relatórios dos auditores independentes. A relevância desse estudo se dá na importância da análise e verificação da flutuação dos instrumentos financeiros derivativos, não simplesmente pelo registro, mas em relação às variações existentes no período. Além disso, a complexidade dos instrumentos financeiros, especialmente os derivativos, bem como a subjetividade implícita no processo de mensuração do valor justo para os casos em que não há mercado secundário ativo, aumentam os riscos de distorções relevantes para a auditoria. Para realizar essa pesquisa, foram coletadas as demonstrações financeiras em IFRS e os respectivos relatórios dos auditores independentes, no período de 2014 a 2017, das 20 maiores instituições financeiras do Brasil, por valor de ativo total. Foi aplicada regressão Logit para avaliar a associação a menção a instrumentos financeiros derivativos nos relatórios de auditoria e a relevância desses instrumentos na estrutura patrimonial dos bancos. Os resultados mostram que poucos relatórios de auditoria fazem menção aos derivativos ou ativos financeiros a valor justo. A estimação da regressão mostrou não haver relação estatisticamente relevante entre as variáveis. Adicionalmente, foi constatado que o aumento da menção aos instrumentos financeiros derivativos no relatório de auditoria coincidiu com a implementação do denominado Novo Relatório de Auditoria (NRA), a partir de 2016, em particular com a implementação dos Principais Assuntos de Auditoria (PAA).
      PubDate: 2022-04-29
      DOI: 10.51320/rmc.v23i1.1275
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • ASPECTOS TÉCNICOS ADOTADOS POR PERITOS JUDICIAIS EM CONTRATOS DE
           CRÉDITO BANCÁRIOS

    • Authors: Matheus Gonçalves Marques Coutinho, Lucas Martins Dias Maragno
      Pages: 44 - 56
      Abstract: Esta pesquisa buscou evidenciar os aspectos técnicos tratados por peritos judiciais legalmente habilitados nas diversas comarcas espalhadas pelo judiciário brasileiro, com o enfoque em processos de ações revisionais, onde o objeto da lide fora cédulas de créditos bancárias. A pesquisa apresenta-se de caráter descritivo, contudo, pode se enquadrar também como exploratória, visto que existem poucos estudos e, ainda, a área se caracteriza como incipiente. Para a solução do problema de pesquisa proposto, foram coletados 12 laudos judiciais, extraídos dos autos de cada processo, concentrados em uma empresa de perícia financeira de âmbito nacional. Foram identificados os principais aspectos técnicos tratados em ações revisionais, entre eles a taxa de juros remuneratórios, a capitalização ilegal de juros, os encargos moratórios, bem como da restituição do indébito, tarifas e indenizações por danos morais. Os resultados da pesquisa apontam uma grande discussão a respeito do anatocismo de juros, a taxa de juros remuneratórios e a cobrança de encargos moratórios, caracterizados como comissão de permanência. Outra conclusão extraída da análise é a de que existe uma certa tendência de decisões judiciais a serem favoráveis à parte autora, exclusivamente em processos que a instituição financeira não junta o contrato, objeto da lide, nos autos. O presente estudo abordou uma área pouco explorada a respeito dos aspectos técnicos a serem discutidos na perícia econômico- financeira, sendo um bom ponto de partida para quem se interessa e almeja ingressar na área, auxiliando inclusive, peritos iniciantes no mercado de trabalho.
      PubDate: 2022-05-02
      DOI: 10.51320/rmc.v23i1.1314
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • MAPAS CONCEITUAIS

    • Authors: Caritsa Scartaty Moreira, Annandy Raquel Pereira da Silva, Jocykleber Meireles de Souza, Ítalo Carlos Soares do Nascimento, Geison Calyo Varela de Melo
      Pages: 57 - 69
      Abstract: Esta pesquisa tem por objetivo analisar qual a percepção dos discentes quanto aos benefícios e dificuldades encontradas na aplicação dos Mapas Conceituais como uma forma de consolidar o conhecimento adquirido na disciplina de Perícia Contábil' A metodologia teve por base o estudo de caso com análises qualitativas, e como instrumento de coleta, um questionário com perguntas abertas. Após a aplicação do questionário, as respostas foram transcritas para um arquivo digital e submetidas à codificação aberta no software ATLAS.ti®. Os principais achados evidenciaram que os discentes destacaram como principais benefícios da utilização do Mapa Conceitual que é uma ferramenta simples e que desperta motivação, sendo possível realizar o nivelamento de conhecimento entre a turma, bem como o esclarecimento de dúvidas, incentivando o trabalho em grupo, permitindo facilitar a memorização do conteúdo e dinamizar a aula. Em relação às dificuldades, destacou-se o manuseio da ferramenta, limitação em encontrar uma sequência lógica dentro dos conteúdos, e alguns, relataram não ter encontrado nenhuma. Os discentes ainda dissertaram sobre a importância e recomendação do método em outras disciplinas. Ainda, com a avaliação realizada com os discentes, foi possível observar que obtiveram notas maiores do que em unidades que não utilizaram o Mapa Conceitual. No  geral, percebe-se que as dificuldades identificadas podem ser sanadas a partir da correta orientação e aplicação da ferramenta por parte do docente, feedback contínuo, assim, como, a utilização dessa técnica em outras disciplinas, bem como o enfoque sobre os benefícios trazidos pelos Mapas Conceituais no processo de ensino-aprendizagem.
      PubDate: 2022-04-29
      DOI: 10.51320/rmc.v23i1.1308
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PELA INICIAÇÃO
           CIENTÍFICA (IC):

    • Authors: Marcelo Marchine Ferreira, Andreza Paterno da Silva, Rafael Henrique de Oliveira Silva, Romildo de Oliveira Moraes
      Pages: 70 - 82
      Abstract: O objetivo deste estudo foi compreender as contribuições da realização de Iniciação Científica (IC) para a construção de competências de estudantes de Ciências Contábeis. Foram investigados 20 estudantes de uma universidade pública estadual que participaram do programa de IC. Os dados foram coletados por questionários semiestruturados. A análise tomou como base a abordagem da Análise Textual Discursiva em uma perspectiva interpretativista. Os resultados apontaram que as motivações dos estudantes são intrínsecas e orientadas por interesses pessoais (envolvimento ativo do estudante) implicando no desenvolvimento de abordagem profunda à aprendizagem. A realização da IC contribuiu na aprendizagem dos conteúdos disciplinares tornando-os mais autônomos e críticos e contribuiu com ganhos de desempenho no aprendizado. A IC proporcionou o desenvolvimento de competências para a vida acadêmica e profissional. A principal conclusão do estudo é a de que a realização de IC durante a graduação em Ciências Contábeis potencializa e contribui positivamente com formação dos estudantes, amplia seu envolvimento no curso, promove aprendizados consistentes e fomenta a construção de competências uteis tanto para a vida acadêmica quanto para o exercício profissional contábil.
      PubDate: 2022-04-29
      DOI: 10.51320/rmc.v23i1.1317
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
  • POTENCIALIDADES GERENCIAIS DO MÉTODO UEP (UNIDADE DE ESFORÇO DE
           PRODUÇÃO)

    • Authors: Antonio Zanin, Cristian Baú Dal Macro, Yves Levant, Paulo Sérgio Lima Pereira Afonso
      Pages: 83 - 95
      Abstract: O método UEP (Unidade de Esforço de Produção) tem como premissa a unificação da produção, utilizando medidas de equivalência entre os produtos para compará-los. Portanto, além de ser utilizado para custear os produtos, serve como ferramenta adicional na geração de informações que subsidiam a gestão de custos. O objetivo da pesquisa é identificar as potencialidades gerenciais obtidas com uso do método UEP. Trata-se de uma pesquisa descritiva com análise qualitativa e quantitativa. A coleta dos dados ocorreu por meio do método Delphi, junto a pesquisadores, consultores e contadores que dominam os conceitos e a aplicação prática dos Métodos de Equivalência, totalizando 15 respondentes. As respostas obtidas na primeira rodada do método Delphi foram utilizadas para cálculo de diversas medidas de tendência central, particularmente, a amplitude interquartil para apurar o nível de consenso das respostas. Na segunda rodada, consideraram-se apenas as questões em que as respostas não apresentaram consenso, além do incremento de novas questões sugeridas pelos respondentes, na primeira rodada. Os resultados apontam que o método UEP é de fácil implementação e não depende exclusivamente de grandes investimentos em software e hardware. Além disso, sugere-se que o método não é exclusivo para uso no custeio dos produtos, sendo uma ferramenta bastante útil nas decisões gerenciais e estratégicas.
      PubDate: 2022-04-29
      DOI: 10.51320/rmc.v23i1.1286
      Issue No: Vol. 23, No. 1 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 34.231.247.88
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-