Subjects -> BUSINESS AND ECONOMICS (Total: 3570 journals)
    - ACCOUNTING (132 journals)
    - BANKING AND FINANCE (306 journals)
    - BUSINESS AND ECONOMICS (1248 journals)
    - CONSUMER EDUCATION AND PROTECTION (20 journals)
    - COOPERATIVES (4 journals)
    - ECONOMIC SCIENCES: GENERAL (212 journals)
    - ECONOMIC SYSTEMS, THEORIES AND HISTORY (235 journals)
    - FASHION AND CONSUMER TRENDS (20 journals)
    - HUMAN RESOURCES (103 journals)
    - INSURANCE (26 journals)
    - INTERNATIONAL COMMERCE (145 journals)
    - INTERNATIONAL DEVELOPMENT AND AID (103 journals)
    - INVESTMENTS (22 journals)
    - LABOR AND INDUSTRIAL RELATIONS (61 journals)
    - MACROECONOMICS (17 journals)
    - MANAGEMENT (595 journals)
    - MARKETING AND PURCHASING (116 journals)
    - MICROECONOMICS (23 journals)
    - PRODUCTION OF GOODS AND SERVICES (143 journals)
    - PUBLIC FINANCE, TAXATION (37 journals)
    - TRADE AND INDUSTRIAL DIRECTORIES (2 journals)

ACCOUNTING (132 journals)                     

Showing 1 - 126 of 126 Journals sorted alphabetically
Accountancy     Partially Free   (Followers: 3)
Accounting Analysis Journal     Open Access   (Followers: 4)
Accounting and Finance Research     Open Access   (Followers: 23)
Accounting and Financial Control     Open Access   (Followers: 4)
Accounting Global Journal     Open Access   (Followers: 3)
Accounting History     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Accounting History Review     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Accounting in Europe     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Accounting Research Journal     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Accounting Theory and Practice     Open Access   (Followers: 6)
Accounting, Accountability & Performance     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Accounting, Auditing and Accountability Journal     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Acta Marisiensis : Seria Oeconomica     Open Access  
Activos     Open Access  
Actualidad Contable Faces     Open Access   (Followers: 1)
Advances in Accounting     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Advances in Accounting Education     Hybrid Journal   (Followers: 12)
African Journal of Accounting, Auditing and Finance     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Al-Mal : Jurnal Akuntansi dan Keuangan Islam     Open Access  
Applied Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 8)
Apuntes Contables     Open Access  
Asia-Pacific Journal of Accounting & Economics     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Asian Journal of Accounting Research     Open Access  
Asian Journal of Economics, Business and Accounting     Open Access  
Asian Journal of Finance & Accounting     Open Access   (Followers: 8)
Berkala Akuntansi dan Keuangan Indonesia     Open Access  
Bulletin of Accounting and Finance Reviews     Open Access   (Followers: 1)
China Journal of Accounting Research     Open Access   (Followers: 3)
China Journal of Accounting Studies     Hybrid Journal  
Chulalongkorn Business Review     Open Access  
Cofin Habana     Open Access  
Comptabilité - Contrôle - Audit     Full-text available via subscription  
Comptabilités     Open Access  
Contabilidad y Negocios     Open Access  
Contabilidade, Gestão e Governança     Open Access  
Contaduría y Administración     Open Access  
Copernican Journal of Finance & Accounting     Open Access   (Followers: 2)
Cuadernos de Administración (Universidad del Valle)     Open Access   (Followers: 1)
Cuadernos de Contabilidad     Open Access  
Current Issues in Auditing     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
E-Jurnal Akuntansi     Open Access  
ECA Sinergia : Revista Especializada en Economía, Contabilidad y Administración     Open Access  
EL-MUHASABA     Open Access  
Estudios Gerenciales     Open Access  
Financial Reporting     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Fokus Bisnis : Media Pengkajian Manajemen dan Akuntansi     Open Access  
Indonesian Accounting Review     Open Access  
International Journal of Accounting & Finance Review     Open Access  
International Journal of Accounting and Financial Reporting     Open Access   (Followers: 8)
International Journal of Accounting and Information Management     Hybrid Journal   (Followers: 5)
International Journal of Accounting, Auditing and Performance Evaluation     Hybrid Journal   (Followers: 9)
International Journal of Auditing Technology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
International Journal of Business Reflections     Open Access   (Followers: 2)
International Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 7)
International Journal of Finance and Accounting Studies     Open Access   (Followers: 7)
Journal of Accounting and Business Education     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Accounting and Investment     Open Access  
Journal of Accounting and Management     Open Access   (Followers: 11)
Journal of Accounting in Emerging Economies     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Journal of Accounting Literature     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Applied Accounting and Taxation     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Applied Accounting Research     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Journal of Applied Sciences in Accounting, Finance, and Tax     Open Access  
Journal of Auditing, Finance and Forensic Accounting     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Banking and Financial Technology     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Cost Analysis and Parametrics     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Economics Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Economics, Business, & Accountancy Ventura     Open Access  
Journal of Economics, Finance and Accounting Studies     Open Access  
Journal of Empirical Research in Accounting     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Federation of Accounting Professions     Open Access  
Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 7)
Journal of Finance and Accounting Research     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Financial Reporting and Accounting     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journal of Islamic Accounting and Business Research     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Management Accounting Research     Full-text available via subscription   (Followers: 23)
Journal of Public Budgeting, Accounting & Financial Management     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal Syariah and Accounting Public     Open Access  
Jurnal Akuntansi & Keuangan Unja     Open Access  
Jurnal Akuntansi Aktual     Open Access  
Jurnal Akuntansi dan Keuangan     Open Access  
Jurnal Akuntansi dan Perpajakan     Open Access  
Jurnal Akuntansi Indonesia     Open Access  
Jurnal ASET (Akuntansi Riset)     Open Access  
Jurnal Dinamika Akuntansi     Open Access  
Jurnal Ekonomi KIAT     Open Access  
Jurnal Ilmiah Akuntansi dan Bisnis     Open Access  
Jurnal Ilmiah Akuntansi dan Keuangan     Open Access  
Jurnal Kajian Akuntansi     Open Access  
Krisna : Kumpulan Riset Akuntansi     Open Access  
Maandblad Voor Accountancy en Bedrijfseconomie (MAB)     Open Access  
Management & Economics Research Journal     Open Access   (Followers: 1)
Meditari Accountancy Research     Hybrid Journal   (Followers: 2)
North American Actuarial Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Open Journal of Accounting     Open Access   (Followers: 2)
PEKA : Jurnal Pendidikan Ekonomi Akuntansi     Open Access  
Point of View Research Accounting and Auditing     Open Access   (Followers: 1)
Prawo Budżetowe Państwa i Samorządu     Open Access  
Profita : Komunikasi Ilmiah Akuntansi dan Perpajakan     Open Access  
Quipukamayoc     Open Access   (Followers: 1)
RACE - Revista de Administração, Contabilidade e Economia     Open Access  
Research Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 10)
REUNIR: Revista de Administracao, Contabilidade e Sustentabilidade     Open Access  
Revista Catarinense da Ciência Contábil     Open Access  
Revista Contemporânea de Contabilidade     Open Access  
Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace     Open Access  
Revista de Análisis Económico y Financiero     Open Access  
Revista de Contabilidad : Spanish Accounting Review     Open Access  
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ     Open Access  
Revista de Contabilidade e Organizações     Open Access  
Revista de Derecho Fiscal     Open Access  
Revista de Finanças Públicas, Tributação e Desenvolvimento     Open Access  
Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade     Open Access  
Revista Evidenciação Contábil & Finanças     Open Access  
Revista Mineira de Contabilidade     Open Access  
Revista Universo Contábil     Open Access  
Riset Akuntansi dan Keuangan Indonesia     Open Access  
Risk Governance and Control : Financial Markets & Institutions     Open Access  
Science and Studies of Accounting and Finance : Problems and Perspectives     Open Access  
Social and Environmental Accountability Journal     Hybrid Journal   (Followers: 3)
South African Journal of Accounting Research     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Spanish Journal of Finance and Accounting / Revista Española de Financiación y Contabilidad     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Studia Universitatis Babes-Bolyai Oeconomica     Open Access   (Followers: 2)
Sustainability Accounting, Management and Policy Journal     Hybrid Journal   (Followers: 11)
The Accounting Review     Full-text available via subscription   (Followers: 48)
Universal Journal of Accounting and Finance     Open Access   (Followers: 3)

           

Similar Journals
Journal Cover
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1516-215X - ISSN (Online) 1984-3291
Published by Universidade do Estado do Rio de Janeiro Homepage  [43 journals]
  • Análise Bibliométrica e Cienciométrica da Produção Científica sobre
           Cooperativas e Sustentabilidade

    • Authors: Dannúbia Cabral Sousa, Diego Ramos dos Santos, Ana Maria da Paixão Duarte, Kleber Napoleão Nunes de Oliveira Barros
      Pages: 155 - 172
      Abstract: Este estudo objetiva analisar as produções científicas sobre ‘cooperativas’ e ‘sustentabilidade’ na base de dados do Portal de Periódicos CAPES/MEC. Foi realizada uma revisão sistemática na literatura publicada entre 2010 e 2016, por meio dos métodos bibliométricos e cienciométricos, restrita na base de dados do Portal de Periódicos CAPES/MEC, totalizando 100 documentos. Após uma leitura dinâmica dos resumos e refinamentos dos documentos, foram selecionadas 54 publicações para análise. Em 2013, foram publicados 17 artigos em revistas brasileiras de administração e de gestão, em sua maioria em espanhol e por pesquisadores em parcerias. Foi realizada uma categorização dos estudos e as temáticas mais discutidas foram agricultura familiar, turismo, desenvolvimento local (sustentável) e ambiental, reciclagem, e desenvolvimento ambiental. Observou-se total ausência de estudos sobre a gestão contábil-financeira como condição de sustentabilidade das cooperativas. Por ser diferente dos estudos anteriormente apresentados na literatura, esta pesquisa apresenta originalidade e contribui para suprir a escassez na literatura de um estudo bibliométrico e cienciométrico sobre ‘cooperativas’ e ‘sustentabilidade’.
      PubDate: 2022-01-07
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.48544
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2022)
       
  • Avaliação de Desempenho no Setor Público: Oportunidades de pesquisa com
           base nas lacunas identificadas em estudos de casos

    • Authors: Vinicius Abilio Martins, Sandra Rolim Ensslin
      Pages: 3 - 22
      Abstract: Para apoiar as organizações, públicas e privadas, nos diversos ambientes, modelos de Avaliação de Desempenho (AD) podem ser utilizados por serem capazes de subsidiar o gerenciamento do desempenho, que levará em consideração as realidades competitivas onde a organização opera. Estas atividades são fontes de contínuo debate em que acadêmicos procuram compreender melhor o processo de avaliação, enquanto praticantes buscam formas de aumentar a eficácia das avaliações. o objetivo foi o de conhecer o que o fragmento da literatura de avaliação de desempenho, nas publicações científicas internacionais, desenvolveu sob a forma de estudos de caso no setor público, para assim, apontar lacunas a ser investigadas e venham a promover avanços nessa área de conhecimento. O instrumento utilizado para alcançar o objetivo foi o Knowledge Development Process-Constructivist (ProKnow-C) por ser um processo estruturado de seleção e análise da literatura, onde se identificou 16 publicações que representam o fragmento de literatura de estudos de caso de avaliação de desempenho no setor público. Foram realizadas a análise bibliométrica e sistêmica, por meio de suas lentes. Após, realizou-se contribuições para a construção de conhecimento por meio das lacunas identificadas. Apesar da diversidade de autores, periódicos e instituições, não há autor prolífico; poucos periódicos apresentam em seu escopo Setor Público; o continente europeu quem apresentou mais interesse no assunto; as teorias da “New Public Management”, Contingência e Estabelecimento de Metas foram as mais identificadas. Além disso, os modelos apresentados, em geral, são genéricos, sem um contexto único, com baixa singularidade e reconhecimento do decisor, e sem evidenciar o status quo das organizações. Há uma escassez de pesquisas empíricas que descrevam em detalhes os sistemas e processos utilizados em diferentes níveis de governo para medir e gerenciar o desempenho. É possível concluir que a avaliação de desempenho no setor público é um campo ainda a ser explorado.
      PubDate: 2021-05-26
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.51180
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2021)
       
  • Book-Tax Differences e Estrutura de Capital

    • Authors: Josilene da Silva Barbosa, Patrícia de Souza Costa
      Pages: 23 - 43
      Abstract: Esse artigo tem como objetivo investigar a relação entre endividamento e book-tax differences (BTD). A amostra global é composta por 169.141 observações de companhias abertas, compreendendo o espaço temporal de 2002 a 2016. No que tange ao endividamento de curto prazo, os achados mostram uma relação negativa com a BTD total, permanente e temporária. Esses resultados sugerem que a perda de conteúdo informacional decorrente da maior conformidade entre lucro contábil e tributável gera uma resposta assimétrica do mercado, indicando que os credores são menos afetados por essa perda de informação do que os investidores. Quanto ao endividamento de longo prazo, há uma associação positiva com a BTD total, permanente e temporária, sugerindo que os credores de longo prazo são mais sensíveis à perda de conteúdo informacional resultante da maior conformidade entre lucro contábil e tributável do que os credores de curto prazo.
      PubDate: 2021-05-26
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.49552
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2021)
       
  • Formação de carteira de investimentos baseada em value investing: um
           estudo entre as metodologias de Piotroski e Greenblatt

    • Authors: Antonio Carlos Magalhães da Silva, Robson Machado Faria, Paulo Roberto da Costa Vieira
      Pages: 44 - 60
      Abstract: A pesquisa teve como objetivo verificar se a metodologia proposta por Piotroski (2000) e Greenblatt (2010) baseada em índices contábeis possui eficácia na bolsa de valores do mercado brasileiro. Para tanto, tratou-se de aplicar o procedimento de back-test da metodologia do F-Score de Piotroski e a fórmula mágica de Greenblatt nas empresas com ações negociadas na B3 e em seguida comparou estes resultados com o índice do Ibovespa e os principais fundos de ações ativos no Brasil, no período de 2007 a 2017. O resultado das carteiras foram superiores a do Ibovespa, sendo que a carteira de Piotroski obteve um retorno anual de 8,35%, e a carteira de Greenblatt obteve um retorno anual de 11,06%, contra 5,04% do Ibovespa, ao ajustar o risco (pelo índice de Sharpe), os resultados das carteiras mantiveram sendo superiores ao índice do Ibovespa, além do mais as carteiras apresentaram risco inferiores ao Ibovespa, pois a carteira de Piotroski obteve um risco de 2,87%, a de Greenblatt 6,02% contra 33,58% do Ibovespa. Ao comparar com os fundos de ações existentes no Brasil no mesmo período, o resultado se manteve. Portanto, a carteira que conquistou melhor resultado foi a de Piotroski, pois o índice de Sharpe da mesma foi 2,91, sendo superior a de Greenblatt 1,84 e o Ibovespa 0,15. Logo, estes resultados indicam ser possível alcançar retornos acima do mercado no Brasil utilizando apenas dados públicos históricos.
      PubDate: 2021-05-26
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.59751
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2021)
       
  • Efeitos da participação orçamentária, ambiguidade de funções e
           confllito de papéis sobre a justica organizacional na percepção de
           diretores executivos das gerações X, Y e Z

    • Authors: Diego Grahl de Santi, Leandro Augusto Toigo, Dione Olesczuk Soutes, Ernani Ott
      Pages: 61 - 81
      Abstract: A pesquisa analisa os efeitos da participação orçamentária, ambiguidade de funções e conflito de papéis sobre a justiça organizacional na percepção de diretores executivos das gerações X, Y e Z. Com abordagem qualitativa, realizou-se um estudo de caso primando pela triangulação de dados, analisados com auxílio do software Atlas ti.  Ao se analisar os efeitos da participação orçamentária sobre as gerações, identificou-se um alto grau no comprometimento e na satisfação. Diante do conflito de papeis as gerações Y e X mostraram menor tendência ao compará-las com a geração Z. Diante da ambiguidade de função, nota-se que as gerações Y e Z possuem alguma ambiguidade no processo orçamentário. Frente a participação orçamentária, as gerações apresentaram percepções de justiça nas quatro dimensões: A justiça distributiva e a processual do orçamento se apresentaram como satisfatórias para as gerações X e Y e parcialmente para Z. Diante das dimensões interpessoal e informacional, as gerações Y e Z apresentaram satisfação parcial.  Conclui-se que existe influência da participação no processo orçamentário, conjuntamente com ambiguidade de funções e conflito de papéis sobre a percepção de justiça organizacional. Destaca-se que a satisfação com o processo orçamentário é maior para as gerações X e Y e menor para Z.
      PubDate: 2021-05-30
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.51310
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2021)
       
  • Viabilidade Financeira de Sistemas Fotovoltaicos Residenciais: Uma
           Análise em Condições de Incerteza

    • Authors: Fernando Gheiner, Marcelo Alvaro da Silva Macedo, Jose Ricardo Siqueira
      Pages: 82 - 96
      Abstract: Este estudo investigou o retorno financeiro do investimento em sistemas residenciais fotovoltaicos nas 27 capitais brasileiras em 2016. Foi realizada a coleta de dados para três dimensões de capacidade de geração, com investimentos orçados entre R$ 15.000 e R$ 70.000. Foi utilizado o método de Monte Carlo, simulando 810.000 cenários. Em seguida, foi realizado um estudo com dois sistemas específicos em cinco cidades das cinco regiões do país. Os indicadores de retorno analisados foram o valor presente líquido (VPL) e a taxa interna de retorno (TIR), com resultados de TIR médio entre 15,6% e 31,4% ao ano, em investimentos com horizonte de 25 a 35 anos. A radiação solar se mostrou menos relevante para os indicadores de resultado que o preço praticado pelas distribuidoras de energia. O estudo com sistemas específicos resultou em indicadores de retorno negativos em pelo menos 5% das simulações em todas as cidades.
      PubDate: 2021-05-30
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.60092
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2021)
       
  • Comportamento dos preparadores de demonstrações contábeis depois das
           IFRS: um estudo analítico-comportamental com variáveis de consumo de
           ativos

    • Authors: Lúcio de Souza Machado, Lauro Eugênio Guimarães Nalini, Michele Rílany Rodrigues Machado
      Pages: 97 - 117
      Abstract: O estudo investiga se ocorreu modificação comportamental dos preparadores de demonstrações contábeis após a convergência aos padrões internacionais de contabilidade (IFRS). Para isso, explorou-se a teoria analítico-comportamental para discutir o comportamento humano e definir a variável ambiental de modificação do comportamento (ou proxy), no caso, as despesas de depreciação, amortização e exaustão (DDAE). Para a análise, foi organizado um painel de dados de 137 empresas, para uma janela de 16 anos, sendo 8 antes (2001-2008) e 8 depois (2009-2016) das IFRS. Os achados mostram que ocorreu mudança no comportamento dos preparadores das demonstrações financeiras depois das IFRS, de modo que as DDAE, para os dois períodos, são estatisticamente diferentes, mas não quando comparados os números de cada espaço temporal, não refutando a hipótese de pesquisa. É possível ultimar que a teoria do comportamento humano pode ser um importante instrumento para investigar fenômenos contábeis.
      PubDate: 2021-05-30
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.53595
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2021)
       
  • O que os investidores não veem, o mercado não sente: reflexões sobre a
           divulgação voluntária de informações prospectivas

    • Authors: Vagner Alves Arantes, Daniela Pirolo Dias, Rodrigo Oliveira Soares
      Pages: 118 - 132
      Abstract: O estudo objetiva sintetizar os efeitos da divulgação voluntária das informações prospectivas, guidance, no comportamento das empresas. Para tanto, realiza-se a revisão narrativa da literatura afim de estabelecer proposições teóricas testáveis, identifica-se os setores e os grupos empresariais que adotaram essa forma de divulgação. Entre as proposições, sugere-se que o guidance conduz à efeitos mistos na assimetria informacional; incentiva positivamente o comportamento míope; e pondera-se que a narrativa contábil na construção das informações prospectivas pode influenciar stakeholders e impactar no desempenho empresarial. Nota-se que 128 empresas, dentre 331 analisadas, optaram pela divulgação do guidance (39%), sendo predominante em setores regulados, como em comunicação e energia elétrica. No entanto, setores de tecnologia e industriais apresentam menor aderência à prática contábil, o que pode estar associado ao nível de incerteza desses ambientes. O estudo contribui ao apontar os potenciais efeitos do guidance e ao indicar caminhos para investigação. De forma prática, o estudo contribui aos gestores para atentarem-se ao tipo e a forma das divulgações adotadas no guidance, pois podem influenciar na interpretação e nas decisões dos investidores.
      PubDate: 2021-05-30
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.53140
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2021)
       
  • Contabilidade de ativos biológicos no Brasil: análise do campo de
           conhecimento uma década após a edição do CPC 29

    • Authors: Deyvison de Lima Oliveira, Louise Fabíula Scarmocin, Ricardo Luiz Menezes da Silva
      Pages: 133 - 154
      Abstract: A representatividade do PIB do agronegócio no PIB brasileiro, a diversidade de ativos biológicos do país e sua posição no cenário do agronegócio exportador têm demandado a construção de conhecimentos em torno da contabilidade de ativos biológicos na última década. O objetivo deste estudo é caracterizar esse campo de conhecimento quanto ao reconhecimento, a mensuração e disclosure de ativos biológicos no Brasil após uma década da edição do CPC 29. Como meio de caracterizar esse campo foram utilizadas informações das seguintes fontes: i) publicação científica em contabilidade de ativos biológicos; ii) práticas contábeis no Brasil, com base nas demonstrações e relatórios de auditoria das empresas de capital aberto; e iii) conhecimentos de contabilidade de ativos biológicos exigidos pelo órgão regulador nas provas do Exame de Suficiência. Como resultados, destacam-se: há temas predominantes de pesquisa (e.g. disclosure e práticas de mensuração das empresas da Bolsa) e reduzida abordagem a temas como ‘ativos biológicos sem valor de mercado disponível e técnicas de avaliação’; as práticas contábeis ainda demandam aprimoramentos quanto aos processos de mensuração e disclosure, especialmente, a mensuração de ativos sem valor de mercado disponível e a divulgação de informações detalhadas dessa mensuração; nas 18 (dezoito) edições do Exame (2011-2019), em quatro provas o órgão regulador exigiu conhecimentos sobre contabilidade de ativos biológicos, totalizando seis questões. Os resultados sinalizam aspectos que precisam ser desenvolvidos no campo de conhecimento em análise no Brasil.
      PubDate: 2021-05-30
      DOI: 10.12979/rcmccuerj.v25i3.51465
      Issue No: Vol. 25, No. 3 (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 35.172.111.71
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-