Subjects -> BUSINESS AND ECONOMICS (Total: 3570 journals)
    - ACCOUNTING (132 journals)
    - BANKING AND FINANCE (306 journals)
    - BUSINESS AND ECONOMICS (1248 journals)
    - CONSUMER EDUCATION AND PROTECTION (20 journals)
    - COOPERATIVES (4 journals)
    - ECONOMIC SCIENCES: GENERAL (212 journals)
    - ECONOMIC SYSTEMS, THEORIES AND HISTORY (235 journals)
    - FASHION AND CONSUMER TRENDS (20 journals)
    - HUMAN RESOURCES (103 journals)
    - INSURANCE (26 journals)
    - INTERNATIONAL COMMERCE (145 journals)
    - INTERNATIONAL DEVELOPMENT AND AID (103 journals)
    - INVESTMENTS (22 journals)
    - LABOR AND INDUSTRIAL RELATIONS (61 journals)
    - MACROECONOMICS (17 journals)
    - MANAGEMENT (595 journals)
    - MARKETING AND PURCHASING (116 journals)
    - MICROECONOMICS (23 journals)
    - PRODUCTION OF GOODS AND SERVICES (143 journals)
    - PUBLIC FINANCE, TAXATION (37 journals)
    - TRADE AND INDUSTRIAL DIRECTORIES (2 journals)

ACCOUNTING (132 journals)                     

Showing 1 - 126 of 126 Journals sorted alphabetically
Accountancy     Partially Free   (Followers: 3)
Accounting Analysis Journal     Open Access   (Followers: 4)
Accounting and Finance Research     Open Access   (Followers: 23)
Accounting and Financial Control     Open Access   (Followers: 4)
Accounting Global Journal     Open Access   (Followers: 3)
Accounting History     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Accounting History Review     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Accounting in Europe     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Accounting Research Journal     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Accounting Theory and Practice     Open Access   (Followers: 6)
Accounting, Accountability & Performance     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Accounting, Auditing and Accountability Journal     Hybrid Journal   (Followers: 24)
Acta Marisiensis : Seria Oeconomica     Open Access  
Activos     Open Access  
Actualidad Contable Faces     Open Access   (Followers: 1)
Advances in Accounting     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Advances in Accounting Education     Hybrid Journal   (Followers: 12)
African Journal of Accounting, Auditing and Finance     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Al-Mal : Jurnal Akuntansi dan Keuangan Islam     Open Access  
Applied Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 8)
Apuntes Contables     Open Access  
Asia-Pacific Journal of Accounting & Economics     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Asian Journal of Accounting Research     Open Access  
Asian Journal of Economics, Business and Accounting     Open Access  
Asian Journal of Finance & Accounting     Open Access   (Followers: 8)
Berkala Akuntansi dan Keuangan Indonesia     Open Access  
Bulletin of Accounting and Finance Reviews     Open Access   (Followers: 1)
China Journal of Accounting Research     Open Access   (Followers: 3)
China Journal of Accounting Studies     Hybrid Journal  
Chulalongkorn Business Review     Open Access  
Cofin Habana     Open Access  
Comptabilité - Contrôle - Audit     Full-text available via subscription  
Comptabilités     Open Access  
Contabilidad y Negocios     Open Access  
Contabilidade, Gestão e Governança     Open Access  
Contaduría y Administración     Open Access  
Copernican Journal of Finance & Accounting     Open Access   (Followers: 2)
Cuadernos de Administración (Universidad del Valle)     Open Access   (Followers: 1)
Cuadernos de Contabilidad     Open Access  
Current Issues in Auditing     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
E-Jurnal Akuntansi     Open Access  
ECA Sinergia : Revista Especializada en Economía, Contabilidad y Administración     Open Access  
EL-MUHASABA     Open Access  
Estudios Gerenciales     Open Access  
Financial Reporting     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Fokus Bisnis : Media Pengkajian Manajemen dan Akuntansi     Open Access  
Indonesian Accounting Review     Open Access  
International Journal of Accounting & Finance Review     Open Access  
International Journal of Accounting and Financial Reporting     Open Access   (Followers: 8)
International Journal of Accounting and Information Management     Hybrid Journal   (Followers: 5)
International Journal of Accounting, Auditing and Performance Evaluation     Hybrid Journal   (Followers: 9)
International Journal of Auditing Technology     Hybrid Journal   (Followers: 4)
International Journal of Business Reflections     Open Access   (Followers: 2)
International Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 7)
International Journal of Finance and Accounting Studies     Open Access   (Followers: 7)
Journal of Accounting and Business Education     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Accounting and Investment     Open Access  
Journal of Accounting and Management     Open Access   (Followers: 11)
Journal of Accounting in Emerging Economies     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Journal of Accounting Literature     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Applied Accounting and Taxation     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Applied Accounting Research     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Journal of Applied Sciences in Accounting, Finance, and Tax     Open Access  
Journal of Auditing, Finance and Forensic Accounting     Open Access   (Followers: 5)
Journal of Banking and Financial Technology     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Cost Analysis and Parametrics     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Economics Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Economics, Business, & Accountancy Ventura     Open Access  
Journal of Economics, Finance and Accounting Studies     Open Access  
Journal of Empirical Research in Accounting     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Federation of Accounting Professions     Open Access  
Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 7)
Journal of Finance and Accounting Research     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Financial Reporting and Accounting     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journal of Islamic Accounting and Business Research     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Management Accounting Research     Full-text available via subscription   (Followers: 24)
Journal of Public Budgeting, Accounting & Financial Management     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal Syariah and Accounting Public     Open Access  
Jurnal Akuntansi & Keuangan Unja     Open Access  
Jurnal Akuntansi Aktual     Open Access  
Jurnal Akuntansi dan Keuangan     Open Access  
Jurnal Akuntansi dan Perpajakan     Open Access  
Jurnal Akuntansi Indonesia     Open Access  
Jurnal ASET (Akuntansi Riset)     Open Access  
Jurnal Dinamika Akuntansi     Open Access  
Jurnal Ekonomi KIAT     Open Access  
Jurnal Ilmiah Akuntansi dan Bisnis     Open Access  
Jurnal Ilmiah Akuntansi dan Keuangan     Open Access  
Jurnal Kajian Akuntansi     Open Access  
Krisna : Kumpulan Riset Akuntansi     Open Access  
Maandblad Voor Accountancy en Bedrijfseconomie (MAB)     Open Access  
Management & Economics Research Journal     Open Access   (Followers: 1)
Meditari Accountancy Research     Hybrid Journal   (Followers: 2)
North American Actuarial Journal     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Open Journal of Accounting     Open Access   (Followers: 2)
PEKA : Jurnal Pendidikan Ekonomi Akuntansi     Open Access  
Point of View Research Accounting and Auditing     Open Access   (Followers: 1)
Prawo Budżetowe Państwa i Samorządu     Open Access  
Profita : Komunikasi Ilmiah Akuntansi dan Perpajakan     Open Access  
Quipukamayoc     Open Access   (Followers: 1)
RACE - Revista de Administração, Contabilidade e Economia     Open Access  
Research Journal of Finance and Accounting     Open Access   (Followers: 10)
REUNIR: Revista de Administracao, Contabilidade e Sustentabilidade     Open Access  
Revista Catarinense da Ciência Contábil     Open Access  
Revista Contemporânea de Contabilidade     Open Access  
Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace     Open Access  
Revista de Análisis Económico y Financiero     Open Access  
Revista de Contabilidad : Spanish Accounting Review     Open Access  
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ     Open Access  
Revista de Contabilidade e Organizações     Open Access  
Revista de Derecho Fiscal     Open Access  
Revista de Finanças Públicas, Tributação e Desenvolvimento     Open Access  
Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade     Open Access  
Revista Evidenciação Contábil & Finanças     Open Access  
Revista Mineira de Contabilidade     Open Access  
Revista Universo Contábil     Open Access  
Riset Akuntansi dan Keuangan Indonesia     Open Access  
Risk Governance and Control : Financial Markets & Institutions     Open Access  
Science and Studies of Accounting and Finance : Problems and Perspectives     Open Access  
Social and Environmental Accountability Journal     Hybrid Journal   (Followers: 3)
South African Journal of Accounting Research     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Spanish Journal of Finance and Accounting / Revista Española de Financiación y Contabilidad     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Studia Universitatis Babes-Bolyai Oeconomica     Open Access   (Followers: 2)
Sustainability Accounting, Management and Policy Journal     Hybrid Journal   (Followers: 12)
The Accounting Review     Full-text available via subscription   (Followers: 49)
Universal Journal of Accounting and Finance     Open Access   (Followers: 3)

           

Similar Journals
Journal Cover
Revista Universo Contábil
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1809-3337
Published by Universidade Regional de Blumenau Homepage  [2 journals]
  • CORPO DIRETIVO

    • Authors: Roberto Carlos Klann
      Abstract: Corpo Diretivo 
      PubDate: 2022-02-23
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2022)
       
  • EDITORIAL

    • Authors: Roberto Carlos Klann
      Abstract: Editorial
      PubDate: 2022-02-23
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2022)
       
  • O COMPORTAMENTO DA DESPESA TOTAL COM PESSOAL NOS ESTADOS BRASILEIROS: UMA
           ANÁLISE A PARTIR DAS DETERMINAÇÕES DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL
           COM MODELO MULTINÍVEL

    • Authors: Cristiano Sausen Soares, Vinícius Abilio Martins, Fabrícia Silva da Rosa, Pedro Alberto Barbetta
      Pages: 07 - 26
      Abstract: No Brasil, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) exige dos entes públicos maior controle de gastos e transparência na gestão fiscal, reforçando a necessidade de limites de gastos com pessoal. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho é analisar o comportamento da despesa com pessoal nas Unidades da Federação (UF) no período de 2006 a 2015, testando variáveis explicativas para tal comportamento. Para tanto, considerou-se como variável resposta o índice da despesa total com pessoal (IDTP) do poder executivo das UFs, enquanto variáveis com base na LRF e estudos anteriores foram testadas como explicativas, sendo elas: índice de endividamento; variação da Receita Corrente Líquida (RCL); coeficiente de execução de receita; coeficiente de dependência financeira; ano eleitoral; IDTP do ano anterior; PIB; região e população. Para análise dos dados foi utilizado o software R com o uso de modelos multiníveis. Os resultados apresentam indícios da influência da variabilidade do IDTP ao longo do tempo, do índice de endividamento, da variação da RCL e do ano eleitoral no comportamento da despesa com pessoal nas UF. As evidências sugerem que as ações voltadas ao cumprimento da LRF no tocante a redução do IDTP ao longo do tempo não atingiram os efeitos esperados.
      PubDate: 2022-02-23
      DOI: 10.4270/ruc.2020421
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2022)
       
  • REVISITANDO A RENTABILIDADE DOS BANCOS BRASILEIROS: EVIDÊNCIAS DOS
           SOBREVIVENTES DA CRISE DE 2008 ANTES DO ATAQUE DAS FINTECHS

    • Authors: Carlos André Marinho Vieira, Luiz Felipe de Araújo Pontes Girão
      Pages: 27 - 49
      Abstract: Nossa pesquisa teve por objetivo analisar os determinantes da rentabilidade dos bancos brasileiros no período de 1996 a 2015, analisando a influência de fatores específicos e macroeconômicos. Nossa amostra é composta por 106 bancos com dados semestrais disponíveis para todos os períodos analisados, com bancos que sobreviveram à Crise de 2008, mas antes de serem atacados pelas fintechs. Para tratar problemas de endogeneidade, foi feito o uso do estimador system-GMM. A rentabilidade bancária foi representada pelo Return on Assets (ROA) e Return on Equity (ROE), como complemento. Nossos resultados gerais indicaram que o ROA é influenciado positivamente pela eficiência, sendo negativamente influenciado pelo risco dos ativos bancários e pela diversificação das atividades. Dentre as variáveis macroeconômicas, a taxa de juros mostrou uma associação positiva com o ROA. O ROE mostrou-se muito mais sensível aos fatores macroeconômicos. Descobriu-se, ainda, que a competição, o crescimento econômico, a inflação e as taxas de juros exercem influência sobre a riqueza gerada para os proprietários dos bancos.
      PubDate: 2022-02-23
      DOI: 10.4270/ruc.2020422
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2022)
       
  • EFEITOS DA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NO DESEMPENHO FINANCEIRO
           DAS EMPRESAS LISTADAS NO ISE

    • Authors: Marcielle Anzilago, Leonardo Flach, Rogério João Lunkes
      Pages: 140 - 158
      Abstract: O estudo teve como objetivo investigar os efeitos da responsabilidade social corporativa (ambiental e social) no desempenho financeiro. Para tal, realizou-se um estudo descritivo e quantitativo, com dados secundários, por meio do método de análise de dados em painel logístico. Foram analisados dados de 29 empresas listadas no índice de responsabilidade social (ISE), do período de 2012 a 2016. Os resultados das análises sobre os efeitos de RSC indicam que a governança da RSC não contribui diretamente para o desempenho financeiro. Os resultados ainda mostram que a responsabilidade social corporativa ambiental (RSCENV) influencia na responsabilidade social corporativa e no desempenho financeiro das empresas (ROA). No que tange à responsabilidade social corporativa (RSCSOC), também influencia na responsabilidade social corporativa e no desempenho financeiro das empresas. Quando o desempenho financeiro é medido pelo Q de Tobin, a responsabilidade ambiental, social e de governança corporativa não influenciam no desempenho. Conclui-se que, o modelo de responsabilidade social corporativa, quando medido pelo ROA, tem efeitos no desempenho financeiro, na dívida, na liquidez e no crescimento das vendas. A responsabilidade social corporativa por si só não tem efeitos no desempenho. Pode-se inferir que a governança da RSC contribui para um desempenho financeiro superior ao alcançar bons resultados de RSC. O estudo contribui na decisão estratégica da empresa sobre sua responsabilidade social corporativa e para fins de comparação dos resultados com os demais estudos nacionais sobre o tema.
      PubDate: 2022-02-23
      DOI: 10.4270/ruc.2020427
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2022)
       
  • PARA ALÉM DAS COMPETÊNCIAS TÉCNICAS: RESULTADOS DE APRENDIZAGEM
           RELACIONADOS ÀS NORMAS INTERNACIONAIS DE EDUCAÇÃO SOB A ÓTICA DOS
           ACADÊMICOS DE CONTABILIDADE

    • Authors: Juliane Regina Bettin Santana, Claudio Marques
      Pages: 159 - 176
      Abstract: Este estudo teve o objetivo de investigar em que nível os resultados de aprendizagem preconizados nas Normas Internacionais de Educação (NIE) sobre: – Competências Técnicas (NIE2), – Habilidades Profissionais (NIE3) e– Valores, ética e atitudes profissionais (NIE4) são proporcionados pelas Instituições de Ensino Superior (IES), segundo a percepção dos alunos concluintes do curso de Ciências Contábeis. Os dados foram coletados por meio de um questionário estruturado, elaborado com base nos resultados de aprendizagem propostos nas NIE 2, 3 e 4. A amostra pesquisada foi de 170 alunos de IES do Estado do Paraná. Os dados foram submetidos à análise fatorial confirmatória e cálculo das médias com intervalos de confiança ao nível de 95%. Os achados da pesquisa revelam que a aprendizagem sobre Valores, ética e atitudes (NIE 4) são percebidas com mais ênfase em relação às Competências Técnicas (NIE 2) e Habilidades Profissionais (NIE 3), demonstrando que as aprendizagens proporcionadas pelas IES estudadas vão além dos conhecimentos técnicos e que fornecem ampla formação aos seus alunos, pautada em todas as esferas da competência profissional. Os resultados obtidos neste estudo constituem um fragmento na construção do conhecimento na área de ensino em contabilidade, especificamente em relação às Normas Internacionais de Educação. Sua principal contribuição foi de fornecer um panorama às instituições de ensino e aos alunos, dos resultados de aprendizagem que tem sido mais enfatizado na graduação, sob os pressupostos das Normas Internacionais de Educação.
      PubDate: 2022-02-23
      DOI: 10.4270/ruc.2020428
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2022)
       
  • METODOLOGIAS ATIVAS E A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA: UM ESTUDO COM ALUNOS
           DA DISCIPLINA DE ANÁLISE DE CUSTOS

    • Authors: Isolfi Vieira Rocha Neto, Edvalda Araújo Leal
      Pages: 50 - 69
      Abstract: O estudo analisou se o uso de metodologias ativas na disciplina de Análise de Custos do curso de Ciências Contábeis contribui para uma aprendizagem significativa dos alunos de uma Instituição de Ensino Superior pública. À luz da Teoria da Assimilação de David Ausubel, desenvolveu-se uma pesquisa com abordagem mista no 2º semestre letivo de 2018. A população deste estudo é composta por 87 alunos, distribuídos em dois turnos: integral e noturno. Na etapa quantitativa, foi utilizado o quase-experimento com um grupo de controle não equivalente. Para isso, foram formados dois grupos amostrais (Experimental e de Controle) e o tratamento foi conduzido em duas etapas. Foram aplicados questionários com o objetivo de identificar o perfil socioeconômico dos alunos, bem como Testes de Conhecimentos para avaliar o desempenho acadêmico. Os dados obtidos por meio dos questionários foram tratados por meio de análise descritiva e testes de comparações de médias. Na sequência, realizou-se a Etapa Qualitativa, com o propósito de examinar a perspectiva dos alunos acerca do uso das metodologias ativas. A percepção dos alunos foi coletada por intermédio de entrevistas de grupos focais. Para interpretar as declarações dos entrevistados, procedeu-se a técnica da análise de conteúdo. Ambas as etapas experimentais deste estudo demonstraram que houve aumento significativo do desempenho acadêmico dos alunos submetidos às metodologias ativas. Alinhado a este achado, os relatos dos alunos revelaram que as condições necessárias para a ocorrência da aprendizagem significativa (conhecimento prévio disponível; conteúdo potencialmente significativo; disposição em aprender) foram criadas quando usadas as metodologias ativas.
      PubDate: 2021-11-26
      DOI: 10.4270/ruc.2020423
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2021)
       
  • EFEITO MODERADOR DA FOLGA ORÇAMENTÁRIA NA
           IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA

    • Authors: Hugo Dias Amaro, Eduardo Damião da Silva
      Pages: 70 - 95
      Abstract: O estudo objetiva verificar a influência do foco regulatório (Higgins, 1997;1998) e o efeito moderador da folga orçamentária na implementação da estratégia. Para atender os objetivos do estudo, foi realizada uma pesquisa quantitativa de levantamento com gestores brasileiros (CEO n = 25 (11,5%), CFO n =11 (5%), outros diretores n = 79 (36,2%) e gerentes/supervisores n = 103, 47,2%) ligados à implementação da estratégia. A análise dos dados se deu por meio de estatísticas descritivas e técnicas estatísticas multivariadas. Para os testes das duas hipóteses formuladas utilizou-se a técnica de modelagem de equações estruturais (SEM/PLS). Os resultados revelam na primeira hipótese uma relação positiva e significativa do foco regulatório (promoção e prevenção) no nível de implementação da estratégia, em que o efeito estatístico do foco de promoção (H1a - R² = 0,273; t = 4,228; p = 0,000**) é maior que o foco de prevenção (H1b - R² = 0,150; t = 2,235; p = 0,026*). Porém, quando investigado o efeito moderador que a folga orçamentária exerce na relação direta entre foco regulatório e implementação, rejeita-se parcialmente a segunda hipótese, uma vez que existe uma relação moderada da folga orçamentária somente para o cenário de baixa folga orçamentária e para os gestores com o foco de promoção. Ao final desta pesquisa, ofereceram-se dois construtos: um pautado na Teoria do Foco Regulatório, para avançar em pesquisas futuras nesta área; e outro para medir a implementação da estratégia organizacional. Portanto, a contribuição teórica do artigo está no entendimento da influência do foco regulatório na implementação da estratégia em um cenário em que os recursos orçamentários são fundamentais. Como possível implicação prática, com os resultados aqui explorados será possível determinar um perfil do estrategista e alinhá-lo com a administração estratégica das corporações. Conclui-se que, do foco regulatório, tanto o foco de promoção quanto o de prevenção influenciam diretamente na implementação da estratégia. Por outro lado, da relação moderada com a folga orçamentária, a influência estatística é somente observada no cenário de baixa folga orçamentária e com os gestores com foco de promoção.
      PubDate: 2021-11-26
      DOI: 10.4270/ruc.2020424
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2021)
       
  • O ASPECTO CONSERVADOR DA FORMAÇÃO EM CONTABILIDADE NO AMBIENTE DE
           AVERSÃO À PERDA DIANTE DE VALORES CULTURAIS

    • Authors: Anderson José Freitas de Cerqueira, César Valentim de Oliveira Carvalho Júnior, José Maria Dias Filho
      Pages: 96 - 122
      Abstract: A literatura indica que as perdas possuem uma aparência emocional maior do que os ganhos, além de apontar que as pessoas de diferentes orientações culturais podem tomar decisões distintas. Este artigo tem como objetivo investigar se as dimensões culturais impactam as decisões dos profissionais da área gerencial, que possuem graduação em Ciências Contábeis, em um ambiente de aversão à perda. A coleta de dados ocorreu por meio da aplicação de questionários para estudantes que estão cursando pós-graduação lato sensu em áreas ligadas à gestão. O tratamento estatístico se deu por meio de regressão linear múltipla pelo Método dos Mínimos Quadrados Ordinários e teste não paramétrico de Mann-Whitney. Os resultados indicaram que as dimensões culturais Aversão à Incerteza e Masculina/Feminina, relacionadas com práticas conservadoras, impactam, significativamente, no grau de aversão à perda dos profissionais da área gerencial que possuem formação em contabilidade, em relação aos que possuem formação em outras áreas. Adicionalmente, os resultados indicaram que o nível de aversão à perda é maior para os indivíduos do sexo masculino, independentemente do aspecto cultural. Observa-se que a raiz biológica no comportamento conservador, juntamente com o ambiente cultural, resgatam o viés emocional dos profissionais com graduação em Ciências Contábeis, que podem ser influenciados pelos princípios e pelas normas e práticas. Esta pesquisa possui um viés inovador em considerar o aspecto conservador dos profissionais da área gerencial, graduados em Ciências Contábeis, diante de valores culturais. Todavia, como pesquisa exploratória, o estudo possui limitação de tamanho da amostra e amplitude geográfica. Essas observações, em tempo, servem como sugestão para estudos subsequentes.
      PubDate: 2021-11-26
      DOI: 10.4270/ruc.2020425
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2021)
       
  • INDICADORES DE QUALIDADE NA PESQUISA CONTÁBIL NO BRASIL

    • Authors: Domingos Correia dos Santos, Sergio de Iudícibus, José Carlos Marion, Fernando de Almeida Santos
      Pages: 123 - 139
      Abstract: A avaliação da qualidade da pesquisa contábil é considerada um processo complexo e demanda inúmeros debates na comunidade acadêmica. Nesse contexto, esta pesquisa teve como objetivo investigar indicadores de qualidade que definem uma pesquisa contábil relevante, na percepção dos docentes dos programas de mestrado e doutorado acadêmicos em Contabilidade no Brasil. Para isso foi aplicado questionário aos docentes de 26 programas de pós-graduação em Ciências Contábeis, nas modalidades mestrado e doutorado acadêmico, resultando em uma amostra de 113 docentes. Os dados foram tratados por meio do software IBM SPSS PASW Statistics 18 para tabulação das variáveis, inferências estatísticas e parte das análises qualitativas. Foi utilizada a análise fatorial confirmatória e exploratória dos dados para análise das variáveis. Os resultados apontaram para a necessidade de aproximação da pesquisa e prática no campo da Contabilidade, diversidade nas estratégias de pesquisa e ênfase na sua aplicabilidade.  Sendo assim, esta pesquisa apresenta caminhos a serem adotados para que se tenham estudos que contribuam para o avanço teórico da Contabilidade e a explicação para os seus fenômenos.
      PubDate: 2021-11-26
      DOI: 10.4270/ruc.2020426
      Issue No: Vol. 16, No. 4 (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 34.231.244.12
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-