Subjects -> BUSINESS AND ECONOMICS (Total: 3570 journals)
    - ACCOUNTING (132 journals)
    - BANKING AND FINANCE (306 journals)
    - BUSINESS AND ECONOMICS (1248 journals)
    - CONSUMER EDUCATION AND PROTECTION (20 journals)
    - COOPERATIVES (4 journals)
    - ECONOMIC SCIENCES: GENERAL (212 journals)
    - ECONOMIC SYSTEMS, THEORIES AND HISTORY (235 journals)
    - FASHION AND CONSUMER TRENDS (20 journals)
    - HUMAN RESOURCES (103 journals)
    - INSURANCE (26 journals)
    - INTERNATIONAL COMMERCE (145 journals)
    - INTERNATIONAL DEVELOPMENT AND AID (103 journals)
    - INVESTMENTS (22 journals)
    - LABOR AND INDUSTRIAL RELATIONS (61 journals)
    - MACROECONOMICS (17 journals)
    - MANAGEMENT (595 journals)
    - MARKETING AND PURCHASING (116 journals)
    - MICROECONOMICS (23 journals)
    - PRODUCTION OF GOODS AND SERVICES (143 journals)
    - PUBLIC FINANCE, TAXATION (37 journals)
    - TRADE AND INDUSTRIAL DIRECTORIES (2 journals)

MARKETING AND PURCHASING (116 journals)                     

Showing 1 - 105 of 105 Journals sorted alphabetically
Advances in International Marketing     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
AMS Review     Partially Free   (Followers: 3)
Applied Marketing Analytics     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Arts and the Market     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Asia Pacific Public Relations Journal     Open Access   (Followers: 1)
Atlantic Marketing Journal     Open Access   (Followers: 3)
Australasian Marketing Journal (AMJ)     Hybrid Journal   (Followers: 4)
CBR - Consumer Behavior Review     Open Access  
Cogent Business & Management     Open Access   (Followers: 2)
Consumer Psychology Review     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Customer Needs and Solutions     Hybrid Journal   (Followers: 4)
European Journal of Management Issues     Open Access   (Followers: 1)
Expert Journal of Marketing     Open Access   (Followers: 4)
IMP Journal     Hybrid Journal  
Innovative Marketing     Open Access   (Followers: 4)
International Journal of Applied Behavioral Economics     Full-text available via subscription   (Followers: 18)
International Journal of Customer Relationship Marketing and Management     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
International Journal of Event and Festival Management     Hybrid Journal   (Followers: 6)
International Journal of Export Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 1)
International Journal of Industrial Marketing     Open Access   (Followers: 7)
International Journal of Internet Marketing and Advertising     Hybrid Journal   (Followers: 20)
International Journal of Islamic Marketing and Branding     Hybrid Journal   (Followers: 5)
International Journal of Leisure and Tourism Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 15)
International Journal of Marketing Studies     Open Access   (Followers: 12)
International Journal of Online Marketing     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
International Journal of Sport Communication     Hybrid Journal   (Followers: 6)
International Journal of Sports Marketing and Sponsorship     Hybrid Journal  
International Review of Communication and Marketing Mix : IROCAMM     Open Access   (Followers: 1)
International Review of Management and Marketing     Open Access   (Followers: 12)
Italian Journal of Marketing     Hybrid Journal  
Journal of Advertising Education     Hybrid Journal  
Journal of Brand Management     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journal of Brand Strategy     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Journal of Business Logistics     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Journal of Business-to-Business Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Journal of Contemporary Marketing Science     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Credit Risk     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Journal of Cultural Marketing Strategy     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Journal of Destination Marketing & Management     Hybrid Journal  
Journal of Digital & Social Media Marketing     Full-text available via subscription   (Followers: 16)
Journal of Economics and Management Sciences     Open Access  
Journal of Education Advancement & Marketing     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Journal of Euromarketing     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal of Fashion Marketing and Management     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Journal of Global Fashion Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Journal of Global Responsibility     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Journal of Global Scholars of Marketing Science : Bridging Asia and the World     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Historical Research in Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of Hospitality Marketing & Management     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Journal of International Marketing Modeling     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Islamic Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of Marketing Analytics     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Marketing and Consumer Research     Open Access   (Followers: 6)
Journal of Marketing and HR     Open Access   (Followers: 2)
Journal of Marketing Behavior     Full-text available via subscription   (Followers: 9)
Journal of Marketing Channels     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Journal of Marketing for Higher Education     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Journal of Marketing Management     Hybrid Journal   (Followers: 21)
Journal of Medical Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journal of Personal Selling and Sales Management     Hybrid Journal   (Followers: 9)
Journal of Place Management and Development     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Journal of Research in Interactive Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Journal of Research in Marketing and Entrepreneurship     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Journal of Revenue and Pricing Management     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Journal of Social Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 7)
Journal of the Association for Consumer Research     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Journal of Theoretical and Applied Electronic Commerce Research     Open Access  
Jurnal Ekonomi Manajemen     Open Access  
Jurnal Manajemen dan Pemasaran Jasa     Open Access  
Jurnal Manajemen Dayasaing     Open Access  
Jurnal Manajemen Teori dan Terapan | Journal of Theory and Applied Management     Open Access  
Luxury : History, Culture, Consumption     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Luxury Research Journal     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Management & Marketing     Open Access   (Followers: 2)
Management of Organizations: Systematic Research     Open Access  
Management Sciences. Nauki o Zarz?dzaniu     Open Access  
Marco : Márketing y Comunicación Política     Full-text available via subscription  
Marketing & Tourism Review     Open Access   (Followers: 1)
Marketing Education Review     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Marketing Theory     Hybrid Journal   (Followers: 15)
Matrik : Jurnal Manajemen, Strategi Bisnis dan Kewirausahaan     Open Access  
Mercati & Competitività     Full-text available via subscription  
NIM Marketing Intelligence Review     Free   (Followers: 1)
Nonprofit Communications Report     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Organicom     Open Access  
Pacific Rim Property Research Journal     Hybrid Journal  
Pensar la Publicidad. Revista Internacional de Investigaciones Publicitarias     Open Access  
Poliantea     Open Access  
Propel Journal of Applied Management     Open Access   (Followers: 3)
Public Opinion Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 22)
Public Relations Inquiry     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Publicitas : Comunicación y Cultura     Open Access  
Questiones Publicitarias     Open Access  
Recherche et Applications en Marketing     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Recherche et Applications en Marketing (English Edition)     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Research in Electronic Commerce Frontiers     Open Access   (Followers: 1)
Research World     Hybrid Journal  
Review of Market Integration     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Review of Marketing Research     Hybrid Journal   (Followers: 13)
Revista Eletrônica Academicus     Open Access  
Social Marketing Quarterly     Hybrid Journal   (Followers: 6)
South Asian Journal of Marketing     Open Access   (Followers: 2)
Spanish Journal of Marketing - ESIC     Open Access  
Studia Universitatis Babes-Bolyai Oeconomica     Open Access   (Followers: 2)
Universal Journal of Industrial and Business Management     Open Access  

           

Similar Journals
Journal Cover
Marketing & Tourism Review
Number of Followers: 1  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2525-8176
Published by Universidade Federal de Minas Gerais Homepage  [18 journals]
  • ESTRATÉGIAS DE MARKETING PARA A CAPTAÇÃO E PROMOÇÃO DE EVENTOS NOS
           CONVENTIONS & VISITORS BUREAU BRASILEIROS

    • Authors: Williany Loren Gaia Ferreira Austregesilo, Jakson Renner Rodrigues Soares, Larissa Paola Macedo Castro Gabriel, André Riani Costa Perinotto
      Abstract: O objetivo deste estudo é identificar as estratégias de Marketing utilizadas pelos Conventions&Visitors Bureau (CVBs) para captar e fidelizar clientes. Para a elaboração deste estudo aplicou-se o Método Delphi utilizando as informações oferecidas por informantes selecionados entre especialistas de CVBs cadastrados na UNEDESTINOS. Com base nos resultados desta pesquisa expõem-se os pontos fortes e os críticos da atuação dos CVBs, além de mapear os pontos a melhorar e permitir a propostas de soluções e aperfeiçoamento na atuação dos CVBs para a captação e promoção de eventos e fidelização de clientes. Dessa forma esse trabalho traz à luz dos CVBs em todo o Brasil a necessidade de inovar sempre em seus métodos de trabalho para, por meio da fidelização de clientes, obter um alcance maior de negócios, garantindo a estabilidade dos eventos e a viabilização dos destinos por meio da exploração responsável dos recursos e riquezas regionais para a captação e promoção de eventos.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.7034
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA DE PRECIFICAÇÃO PARA JOGOS DE
           FUTEBOL

    • Authors: Rodolfo Ribeiro
      Abstract: A demanda de uma organização depende de fatores de ambiente e de sua competitividade. No objeto de interesse – jogos de futebol – observou-se um padrão de uso de regressão na literatura como forma de explicá-la. Em trabalhos pesquisados, os modelos são gerais, em vez de focados em um clube específico. Como um clube é monopolista de sua demanda, o conhecimento da função de demanda permitiria uma definição de preços que extraia maior excedente do consumidor quando este for o interesse do clube. A extrema variabilidade dos dados (desvio padrão elevado) e a relação entre as variáveis de um jogo trazem desafios para a definição de preços, pois no histórico de jogos os maiores públicos foram obtidos com os maiores preços, o que contraria a lei geral da demanda. O objetivo deste artigo é apresentar o desenvolvimento de uma solução de precificação de ingressos e de previsão de demanda para um clube de futebol. Metodologicamente, o modelo de regressão Gerado leva em consideração a importância (i) de cada partida, na qual a importância foi estimada considerando o melhor ajuste entre a relação de preço, importância e público. O modelo final conta com doze valores de i diferentes, além de mais dez variáveis independentes e seu r² apresenrou sensível melhora em relação à bibliografia pesquisada. As contribuições para a gestão no objeto pesquisado são inúmeras: melhor dimensionamento de Quadro de funcionários e despesas operacionais, a implementação de incentivos mais adequados ao aumento de público e uma maior assertividade em transferência de mando de jogos.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6322
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • #visitedepois. Os desafios do turismo em tempos de pandemia de COVID-19. O
           caso da Região da Catalunha, Espanha".

    • Authors: Maria Alice de Faria Nogueira
      Abstract: O presente artigo procura refletir sobre os desafios da retomada do turismo em tempos de pandemia. Como ponto de partida, o texto apresenta algumas ações de demarketing (Kotler & Levy, 1971) veiculadas em março de 2020, que conclamavam os turistas a não viajarem durante o período da pandemia para destinos turísticos. Indexadas pelas hashtags #visitedepois, #visitlater, #yomequedoencasa, #fiqueemcasa, #stayhome, as campanhas “para não ir” apontam para a principal questão da investigação: como a atividade do turismo vai dar conta da circulação de pessoas em busca do escape à vida ordinária (Urry, 2001), ao mesmo tempo em que a própria circulação desses sujeitos é vetor potencial de contaminação por COVID-19' Orientado por uma abordagem metodológica hermenêutica (Thompson, 2000; Nogueira, 2015), em termos teóricos o artigo trabalha com um referencial multidisciplinar e coloca em diálogo autores das áreas de Turismo da Comunicação Social, das Ciências Sociais e do Marketing (Urry, 1995; 2001; 2007; Urry & Larsen, 2011; Bessa & Alvarez, 2014; Freire-Medeiros, 2007; Esteves, 2016; Harvey, 1996; entre outros), para analisar o caso da Região da Catalunha, na Espanha. A campanha “Visit Catalonia Later” e, posteriormente, a ação global de marketing chamada “Catalunya és Casa Teva”, mostraram claramente os desafios do turismo em tempos de pandemia, a partir do momento em que o sucesso de uma ação de marketing de lugares pode indicar, como nesse caso, um fracasso sanitário que colocou em risco toda a população do país.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.7228
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • Do Cultural Capital and Conspicuous Consumption Influence Counterfeit
           Purchase Attitude' Evidence from Brazilian Market

    • Authors: José Marcos Carvalho de Mesquita, Wenderson Moura, Alexandre Teixeira Dias
      Abstract: This article analyses the influence of economic benefits, brand affection, cultural capital, and conspicuous consumption on the attitude toward counterfeit luxury products. A survey was carried out in places where these products are sold in the cities of Belo Horizonte and Nova Serrana, in the state of Minas Gerais, Brazil. The interviewees were divided into two groups (high and low cultural capital) and the data obtained were analyzed using Structural Equation Modeling. We found that brand affection, conspicuous consumption and cultural capital do not influence the attitude about counterfeit luxury products. Therefore, the economic benefit was the only factor capable of explaining the attitude. In comparative terms, the results were similar, but the economic benefits are more relevant for high cultural capital respondents.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6757
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • FATORES DETERMINANTES DA ACEITAÇÃO DE MERCADO DA TECNOLOGIA DO BANCO
           DIGITAL NO CONTEXTO BRASILEIRO

    • Authors: Lis Borges, Paulo Figueiredo, Francisco Uchoa Passos, Ernani Marques dos Santos
      Abstract: Este trabalho teve como objetivo estudar os fatores que influenciam a intenção de uso dos bancos digitais pelos potenciais consumidores no Brasil. O referencial teórico fundamenta-se no Modelo de Aceitação da Tecnologia (TAM). Muito embora já tenham sido realizados estudos semelhantes sobre este tema, em vários contextos e em outros países, este é um estudo pioneiro no contexto brasileiro, sobre este tema específico. Por meio de uma abordagem descritiva e quantitativa, dados foram coletados a partir de um questionário, em uma amostra não representativa de 113 potenciais usuários. A análise dos dados foi feita através de regressão linear multivariada. Os resultados indicaram que a percepção de utilidade, a percepção de satisfação, percepção de segurança e privacidade, bem como a renda afetam positivamente a intenção de uso do banco digital e são os fatores mais significativos para a amostra estudada. Além da contribuição acadêmica para os estudos sobre aceitação de tecnologias bancárias, as conclusões contribuem para que os bancos digitais construam estratégias que agreguem valor à percepção desses fatores pelos potenciais consumidores de produtos bancários.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6695
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • A UTILIZAÇÃO DA CAPACIDADE DINÂMICA DE INOVAÇÃO E A GESTÃO
           ESTRATÉGICA DE PESSOAS, COMO PREDITORES AO DESEMPENHO NA INDÚSTRIA
           HOTELEIRA

    • Authors: Deosir Flávio Lobo de Castro Júnior, Marcio Nakayama Miura, Elvis Silveira-Martins, Jonatas Rafael Ramos
      Abstract: A presente investigação possui o objetivo de estudar a relação de predição ao melhor desempenho na indústria hoteleira da Grande Florianópolis. Para tanto, buscou-se o conhecimento científico sobre capacidade dinâmica de inovação, e gestão estratégica de pessoas e verificou-se a sua relação com o desempenho superior. No que tange aos procedimentos metodológicos, a abordagem define-se como quantitativo exploratório. Quanto a sua natureza é uma pesquisa aplicada. A população a ser pesquisa, encontram-se os hotéis executivos na Grande Florianópolis. Os respondentes, obrigatoriamente, ocupavam cargos de gestão, nos hotéis pesquisados, coletando-se 141 questionários. Classifica-se como não-probabilística, e por conveniência. Os procedimentos para análise dos dados, utilizou-se as análises fatoriais exploratórios, análises fatoriais confirmatórias, e modelagem de equações estruturais. Por meio das análises dos dados pode-se afirmar que existe a relação direta, positiva e significante para a capacidade dinâmica de inovação, na dimensão inovação de serviços e desempenho, assim como gestão estratégica de pessoas com o desempenho hoteleiro. No efeito indireto, Gestão estratégica de pessoas mediam a relação entre as duas dimensões de Capacidade Dinâmica de Inovação, de inovação gerencial e inovação de serviços, e o desempenho hoteleiro. Para futuras pesquisas sugere-se que a capacidade dinâmica mercadológica pode ser inserida neste modelo.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6374
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • How Many Likes'

    • Authors: Wendell de Moura Domingos, Adrielly Souza Silva, Marconi Freitas da Costa, Regina Gabriela Gomes Fialho
      Abstract: The aim of this study was to measure the influence of Electronic Word of Mouth (eWOM), Social Return (SR) and Symbolic Image (SI) on the intention to visit a conspicuous tourist destination. The research had a quantitative approach; thus, data were collected through an online survey and the analysis realized by multiple linear regression. The results revealed that eWOM and SI have no influence on the intention to visit a destination. These findings are not in line with most academic researches, but may be associated with the degree of intangibility of tourism activity and the subjectivity of the individual consumer experience. SR demonstrated a positive influence on the intention to visit a conspicuous destination. Such result is congruent with and reinforces the findings obtained by previous researches on consumer behavior. The main contribution of this study consists in confirming the influence of social media on the intention to visit a tourism destination, in search of visibility, distinction and social prestige. Travel has become a tool for displaying status.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6639
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • Consumo de iPhone e identidade de classe

    • Authors: Alyce Cardoso Campos, Daniel Carvalho de Rezende, Ananda Silveira Bacelar, Mônica Carvalho Alves Cappelle
      Abstract: O poder de compra dos indivíduos de baixa renda pode ser considerado significativo para o mercado quando levado em consideração o volume de brasileiros que ocupa a base da pirâmide. Ademais, considera-se que estes indivíduos encontram meios de consumir produtos que eles desejam, geralmente marcadores de status dos indivíduos de alta posição. Neste estudo, o produto que exemplifica esse consumo dos indivíduos de baixa renda para elevação do status e aceitação na sociedade é o iPhone. Desse modo, objetiva-se compreender a relação entre a marca iPhone e a identidade de classe alta e como ele é utilizado como meio de inserção em grupos pelos indivíduos da base da pirâmide. Para tanto, foram realizadas 24 entrevistas com roteiro semiestruturado, contando com o apoio da técnica projetiva da terceira pessoa. A análise dos dados foi a partir da análise de conteúdo de Bardin. Como resultado da pesquisa, é percebido que os indivíduos acreditam que estão se distinguindo de pessoas mais pobres e indo em direção ao mundo dos que possuem maior poder aquisitivo já que são usuários de iPhone como esses indivíduos. Além disso, os entrevistados apontam que o iPhone é um bem que colabora para a aceitação em grupos, sendo este bem uma das melhores formas de minimizar o sofrimento com questões sociais. Com isso, vários sacrifícios são tolerados para que seja possível possuir o smartphone da Apple, como vender ou trocar bens, retirar parte do dinheiro que seria reservado para alimentação, moradia e segurança, além de parcelar em muitas prestações. Mesmo com todas as renúncias necessárias, os benefícios que o iPhone traz para as pessoas de baixa renda é algo que permanece em primeiro plano.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6558
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • Roteiro do Vinho em São Roque

    • Authors: Tamiris Martins da Silva, Edmur Antonio Stoppa
      Abstract: O presente artigo é resultado parcial do estudo de caso realizado sobre o Roteiro do Vinho, Lazer e Gastronomia de São Roque. No roteiro há uma diversidade de equipamentos e atividades de lazer, que vai desde as tradicionais vinícolas e adegas aos restaurantes, docerias, pesqueiros e eventos. Com um público variado – idoso, adulto e jovem - a demanda representa hoje, majoritariamente, moradores da cidade de São Paulo e municípios do entorno, de classe média e que utilizam veículo próprio para chegar ao destino e visitação do roteiro. Apesar de ser chamado de Terra do Vinho, o município também é conhecido por sua produção expressiva de alcachofras que aparecem nos pratos típicos da cidade e é representada em festivais e eventos gastronômicos ao lado do vinho e diversos outros pratos, em forma de doces, salgados ou in natura para compra e degustação, inclusive, com diversas receitas autênticas da região, com restaurante exclusivo para receitas derivadas da hortaliça. Além do vinho e da alcachofra como representantes do destino, a gastronomia italiana e portuguesa também se apresentam como fortes expressões da cultura dos imigrantes. Dessa forma, esse trabalho teve como objetivo apresentar elementos que caracterizam o lazer enogastronômico no roteiro e como esse lazer ocorre nos equipamentos distribuídos e sinalizados em mapa da associação que gerencia o roteiro, bem como as relações com o turismo e a participação sociocultural proporcionada pelas atividades disponíveis. Para isso, foram realizadas seis visitas de campo para observação participante e aplicação de formulários de entrevista centrada para  empresários do roteiro e formulário de entrevistas estruturadas para visitantes no período de janeiro de 2019 a fevereiro de 2020. Como resultado, serão apresentados os elementos que podem ser considerados nesta caracterização, bem como a discussão a partir da literatura, ressaltando as possibilidades do lazer quando relacionados ao enoturismo e gastronomia como meios de participação cultural.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6546
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • O enfeite nosso de todo dia

    • Authors: Sany Karla Machado
      Abstract: Tweens são consideradas as crianças incluídas em uma faixa etária que pode variar de sete a quatorze anos e, portanto, estão em um estágio entre a infância e a adolescência. Amparado por teorias sobre a participação das crianças no universo do consumo e sobre a atribuição de significado aos bens, o estudo aqui alvitrado apresenta, por meio de análise interpretativista, com método de pesquisa de inspiração etnográfica, os significados que dez tweens atribuíramm a acessórios pessoais. Os resultados convergem para o uso dos acessórios como instrumentos importantes de ajuste social. Em nível mais particular, os acessórios se prestam igualmente a práticas performáticas lúdicas e de competências, e ainda são instrumentos bastante úteis à aproximação e reforço de laços afetivos.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6669
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • O Ronco do V8 Objeto de Desejo: Estudo de Caso do Automóvel Ford Maverick
           em Diferentes Gerações sob a Ótica das Cadeias Meio Fim

    • Authors: Gabriel Levrini, Alexandre Borba da Silveira
      Abstract: No início do ano de 1970, a Ford do Brasil S.A., trouxe um campeão de vendas dos USA, o Ford Maverick. O automovel caiu rapidamente no gosto popular, neste novo segmento de carros médios, passando a ter uma legião de admiradores. Esta pesquisa objetiva, a luz da teoria das cadeias meio-fim, comparar o comportamento e valores de usuários do Maverick de duas diferentes gerações em épocas diferentes:  nos anos 70 quando o automóvel foi lançado, cujos principais consumidores eram da geração Baby Boomers e dos filhos de esta geração, a geração X. Para este estudo foi utilizado a técnica de laddering, com entrevistas em profundidade com 47 entrevistados, sendo 20 pertencentes a geração Baby Boomers (indivíduos nascidos entre 1940 e 1960) e os outros  27 entrevistados, nascidos entre 1970 e 1990 que fazem parte da geração X, em que seus depoimentos permitiram acomparação das gerações. Os resultados  da análise de conteúdo e da análise utilizando o laddering permitiu o desenvolvimento de mapas hierárquicos dos valores respectivos de cada geração. Estes mapas deram como resultado:  a geração Baby Boomers demostrou como valor fundamental para a aquisição do Maverick na época a questão da segurança financeira e motor potente V8 como maior fator motivacional para aquisição deste automóvel. No caso da  geração X o estudo indicou como esperado, o valor nostalgia e saudosismo como maior impulsionador para ainda ter este automóvel, seja como colecionador ou hobby. As gerações apresentam como em comum, o valor de nostalgia e saudosismo. Os resultados sugerem novas abordagens para os estudos do comportamento de consumo e marketing geracional.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6624
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • Foz do Iguaçu/PR na Perspectiva da Teoria do Espaço
           Turístico

    • Authors: ALEXANDRE GOSENHEIMER, JOSÉ ELMAR FEGER, SARAH MARRONI MINASI, João Eugenio Marynowski, THALYSON MISSAEL DA SILVA
      Abstract: O presente trabalho tem como objetivo classificar e hierarquizar o  município turístico Foz do Iguaçu/PR, principal destino do Estado do Paraná, com base nos pressupostos de Boullón, quanto ao papel que desempenha e a hierarquia que assume perante os demais destinos brasileiros, baseando-se na origem de sua demanda.  No que diz respeito à delimitação temporal o estudo se caracteriza como longitudinal. Quanto ao método de coleta e análise dos dados se caracteriza como exploratória e descritiva, de abordagem quali-quantitativa, apoiada em fontes bibliográficas e documentais. Os dados foram obtidos em relatórios de pesquisa de demanda disponibilizados pela Secretaria de Turismo do município objeto de análise, artigos científicos e informações sistematizadas da plataforma TripAdvisor. Conclui-se que o município de Foz do Iguaçu, no que diz respeito à função espacial, constitui-se um centro turístico de distribuição, em especial, para os centros turísticos de Ciudad del Este e Puerto Iguazu, Paraguai e Argentina respectivamente. Quanto à abrangência, no que tange a demanda externa classifica-se como um destino internacional não limítrofe, e quanto a demanda interna, ostenta a posição de destino nacional, ocupando a posição 7 nível 3 com uma média de 17.600 turistas em um único dia. Como implicações práticas da investigação, o presente trabalho aponta algumas possibilidades para que o destino se torne um centro de estada. Além disso, a pesquisa indica a pertinência de estudos complementares levando em consideração os países vizinhos pela integração apresentada.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6621
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
  • A psychographic segmentation of inbound tourists to South Africa based on
           country image, the place brand and travel motives

    • Authors: Tafadzwa Matiza, Martinette Kruger
      Abstract: As tourist behaviour evolves due to the effects of globalisation, consumerism and contemporary events, tourism practitioners as specialised place managers need to innovate and adapt to market shifts consistently. The paper explores the utility of country image and place brands in conjunction with travel motives as segmentation bases for inbound tourists. A quantitative-deductive study was conducted. Data was generated from a sample of 206 inbound tourists to South Africa by way of a self-administered questionnaire and was analysed via exploratory factor, hierarchical cluster, analysis of variance, cross-tabulations and chi-square analyses, respectively. The hierarchical cluster analysis identifies four psychographic segments based on tourists' susceptibility to the influence of country image(s), place brand dimensions, and attributes in their decision-making. Moreover, the inbound tourist segments fit into Plog's seminal psychographic framework. Critical insights into how country image and place brands are increasingly significant as perceptual dimensions in tourist decision-making are provided and may help tourism marketers synchronise their tourism products and marketing communications with specific target segments.
      PubDate: 2021-09-28
      DOI: 10.29149/mtr.v6i2.6746
      Issue No: Vol. 6, No. 2 (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.238.94.194
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-