Subjects -> ART (Total: 882 journals)
    - ART (468 journals)
    - DANCE (26 journals)
    - FILM AND AUDIOVISUALS (125 journals)
    - MUSIC (171 journals)
    - THEATER (92 journals)

ART (468 journals)            First | 1 2 3     

Showing 401 - 264 of 264 Journals sorted alphabetically
Shanlax International Journal of Arts, Science and Humanities     Open Access  
Siècles     Open Access   (Followers: 1)
Significação : Revista de Cultura Audiovisual     Open Access  
Simbiótica     Open Access  
Sin Objeto : Arte, Investigación, Políticas     Open Access  
SIRJANĀ – A Journal on Arts and Art Education     Open Access   (Followers: 3)
SOBRE. Prácticas artísticas y políticas de la edición     Open Access  
Soletras Revista     Open Access  
Sound Studies : An Interdisciplinary Journal     Hybrid Journal  
Source: Notes in the History of Art     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
South African Journal of Philosophy = Suid-Afrikaanse Tydskrif vir Wysbegeerte     Hybrid Journal   (Followers: 4)
South Central Review     Full-text available via subscription  
Southern Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
SPAFA Journal     Open Access  
Spirale : Arts, Lettres, Sciences humaines     Full-text available via subscription  
Sport and Art     Open Access   (Followers: 1)
Strategic Design Research Journal     Open Access   (Followers: 1)
Studia austriaca     Open Access   (Followers: 1)
Studia theodisca     Open Access  
Studia Vernacula     Open Access  
Studies in American Humor     Full-text available via subscription  
Studies in Ancient Art and Civilization     Open Access   (Followers: 3)
Studies in Art Education : A Journal of Issues and Research     Hybrid Journal  
Studies in Comics     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Studies in Costume & Performance     Hybrid Journal  
Svenskt Gudstjänstliv     Open Access  
Swedish Journal of Romanian Studies     Open Access  
T'oung Pao     Hybrid Journal   (Followers: 16)
Tahiti     Open Access  
Tampa Review     Full-text available via subscription  
Teaching Artist Journal     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Technè     Open Access  
Techne Series : Research in Sloyd Education and Craft Science A     Open Access   (Followers: 1)
Technoetic Arts a Journal of Speculative Research     Hybrid Journal  
Tenso     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Tercio Creciente     Open Access  
The Eighteenth Century     Full-text available via subscription   (Followers: 35)
The Massachusetts Review     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
The Post     Open Access  
The Poster     Hybrid Journal   (Followers: 1)
The STEAM Journal     Open Access   (Followers: 1)
The Velvet Light Trap     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
TicArtToc     Full-text available via subscription  
Tidsskrift for kulturforskning     Open Access  
Todas as Artes     Open Access  
Tracés     Open Access  
Trocadero     Open Access  
Tsantsa. Revista de Investigaciones Artisticas     Open Access  
TV/Series     Open Access  
Tydskrif vir Geesteswetenskappe     Open Access  
UJAH : Unizik Journal of Arts and Humanities     Open Access  
Uncommon Culture     Open Access  
Urdimento : Revista de Estudos em Artes Cênicas     Open Access  
Virtual Creativity     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Visual Arts Research     Full-text available via subscription   (Followers: 7)
Visual Computing for Industry, Biomedicine, and Art     Open Access  
Visual Inquiry : Learning & Teaching Art     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Visual Resources: An International Journal of Documentation     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Visualidades     Open Access   (Followers: 1)
Voice and Speech Review     Hybrid Journal  
VRA Bulletin     Open Access   (Followers: 3)
West 86th     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
William Carlos Williams Review     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Women and Music: A Journal of Gender and Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Word & Image: A Journal of Verbal/Visual Enquiry     Hybrid Journal   (Followers: 13)
World Art     Hybrid Journal   (Followers: 5)
World of Antiques & Art     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
WSQ: Women's Studies Quarterly     Full-text available via subscription   (Followers: 15)
Zeitschrift für Ästhetik und allgemeine Kunstwissenschaft     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Zibaldone : Estudios Italianos     Open Access  
Культура і мистецтво у сучасному світі     Open Access  
Текст і образ : актуальні проблеми історії мистецтв / Text and Image : Essential Problems in Art History     Open Access  

  First | 1 2 3     

Similar Journals
Journal Cover
Significação : Revista de Cultura Audiovisual
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1516-4330 - ISSN (Online) 2316-7114
Published by Universidade de São Paulo Homepage  [46 journals]
  • Apresentação Significação Edição 57

    • Authors: Esther Império Hamburger
      Pages: 12 - 22
      Abstract: Apresentação da edição 57 da Significação feita pela editora Esther Império Hamburger.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.194010
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Le livre de Arlindo Machado

    • Authors: Jorge La Ferla
      Pages: 23 - 40
      Abstract: Este artículo revisa la circulación y trascendencia de la obra y figura de Arlindo Machado en América Latina, y particularmente en Argentina, debido a su influencia en la praxis audiovisual. Su pensamiento sobre los medios, considerando los usos creativos y experimentales, fue determinante en la academia y en el campo de las artes mediáticas. A su vez, los periplos a Buenos Aires lo convirtieron en una presencia imprescindible en Argentina, ya que su participación en diversos claustros ponía de manifiesto variadas estrategias discursivas y enunciativas, tanto orales como escritas, en un castellano preciso y elocuente que viene impactando, desde hace varias décadas, en estudiantes de las carreras de cine y centros de formación audiovisual, así como en artistas, profesores y realizadores latinoamericanos.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.192710
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Apontamentos sobre o Cinema Científico: Arlindo Machado

    • Authors: Jane de Almeida
      Pages: 41 - 60
      Abstract: Arlindo Machado realizou filmes e escreveu artigos sobre um tipo de cinema pouco debatido pelo campo comunicacional chamado “cinema científico”. Esse artigo discute suas ideias sobre o tema, articulando conceitos e a historiografia sobre as origens do cinema por meio de seus escritos sobre os pré-cinemas e os pós-cinemas. O diálogo com suas obras sugere questões a respeito da invisibilidade do cinema científico, das máquinas pré-cinemáticas e suas relações com a ciência, além de casos brasileiros de filmes científicos. A partir dos elementos abordados, especula-se a possibilidade de composição de uma linguagem que ultrapasse o mero registro de imagens. Ao final, discute-se sobre a estética e a ética do realismo atraente de imagens médicas e seus aspectos repulsivos, assim como sobre o simulacro integral das imagens astronômicas dos nossos dias.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.189813
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Eisenstein multimídia: uma transposição de meios

    • Authors: Cauê Ueda, Fernando Scavone, Maria Fernanda Riscali de Lima Moraes
      Pages: 61 - 79
      Abstract: Este artigo analisa a transposição do primeiro livro escrito por Arlindo Machado, Eisenstein: geometria do êxtase (1982) para o formato de CD-ROM, explorando os recursos das mídias digitais a partir de elementos estéticos derivados do Construtivismo Russo e demais elementos de linguagem do cinema de Sergei Eisenstein. O desdobramento desse trabalho de pesquisa de Arlindo, realizado em pesquisa colaborativa, pode ampliar os caminhos na busca por novas tecnologias.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.184176
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Da ilusão especular à performatividade das imagens

    • Authors: Cesar Baio
      Pages: 80 - 102
      Abstract: Este ensaio retoma a linha central da crítica de Arlindo Machado à ontologia da fotografia com o objetivo de discutir o antropocentrismo que marca a teoria clássica e levantar hipóteses sobre outras maneiras de pensar a imagem técnica. Discute-se a divisão ontológica entre o mundo (Natureza), o humano (Homem) e a técnica como marca da ontologia clássica. Como consequência dessa crítica, elabora-se a hipótese de que o reconhecimento da materialidade dos processos de produção e circulação da imagem implicaria a emergência de ontologias múltiplas e heterogêneas da imagem. Segundo tal argumento, a imagem se torna a cristalização de um modo específico de compreender o mundo que o artista codifica em sua obra. Essa concepção conduz à potencialização do que se concebe como aspecto performativo da imagem na cultura contemporânea.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.183203
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Arlindo Machado en la Argentina: lecturas, impulsos y líneas de
           fuerza

    • Authors: Eduardo A. Russo
      Pages: 103 - 120
      Abstract: Este artículo traza un panorama sobre el impacto de la obra de Arlindo Machado en el ámbito académico y cultural argentino, a partir de la traducción de sus trabajos al castellano y sus actividades curatoriales y de enseñanza, desde inicios de los años 1990. Se detectan líneas de fuerza del itinerario de Machado, con sus reconocidas incursiones en el campo de la creación fotográfica, sus experiencias en el cortometraje y obras multimediales, sus libros electrónicos en distintas arquitecturas y formatos y las publicaciones que han dejado arcas notables no solo en Argentina, sino también en otros países de América Latina.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.192252
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Arlindo Machado: um percurso extraordinário

    • Authors: Ismail Xavier
      Pages: 121 - 151
      Abstract: O artigo percorre os variados interesses e competências de Arlindo Machado, demonstrando sua notável amplitude de conhecimentos e rara sensibilidade, analisando questões que envolvem a reflexão teórico-conceitual nas disciplinas conexas da comunicação midiática e das artes. Essa reflexão é balizada pela análise de obras pertencentes a campos que se inserem em variadas tradições e que compõem um rico conjunto de criações: filmes, fotografias, vídeos, instalações de artistas visuais apoiadas em distintos suportes, não faltando momentos de consideração de obras literárias – poesia e romance – e momentos de incursão no terreno da música, erudita e popular. Arlindo Machado foi um criador de caminhos, o que foi possível graças a esse percurso de inovações observadas na imensa obra que nos deixou como legado.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.192574
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Interiores: Wavelength (1967) e The living room (2000), de Michael Snow

    • Authors: Luiz Carlos Oliveira Junior
      Pages: 152 - 180
      Abstract: O artigo se debruça sobre o cinema de Michael Snow com foco no filme The living room (A sala de estar, 2000), realizado num período em que o cineasta utilizava tecnologias digitais de forma experimental e lúdica. A análise será guiada pelo método comparativo, cotejando o filme com trabalhos anteriores de Snow, sobretudo Wavelength (Comprimento de onda, 1967), marco do cinema estrutural, e com obras tanto de outros cineastas (Georges Méliès e Alfred Hitchcock) quanto de artistas visuais que trabalharam com mídias diferentes, como pintura e colagem. Verificaremos a hipótese de os filmes de Snow analisados representarem um regime escópico contemporâneo a que chamaremos, na esteira de Pascal Bonitzer, “perspectiva telescópica”, no intuito de demonstrar que a obra do cineasta extrapola o quadro de referências que lhe é usualmente atribuído e se reporta a uma crise da experiência perceptiva já colocada desde a modernidade visual do século XIX.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.184312
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • O “ato da imagem” de Bredekamp: ontologia e presença dos
           artefatos visuais

    • Authors: Frederico Feitoza
      Pages: 181 - 197
      Abstract: Imagens são entidades vivas que assaltam os olhos. Essa é a ideia por trás do conceito de “ato da imagem”, desenvolvido pelo historiador de arte alemão Horst Bredekamp, que se propôs a repensar uma problemática nos estudos da imagem: a dependência de modelos baseados em teorias linguísticas. Em seu estudo sistemático dos mais variados artefatos visuais desde a pré-história, ele propõe três variações do ato da imagem – esquemática, substitutiva e intrínseca – que atuam com sua potência latente específica sobre a visão e o corpo do espectador. Neste artigo buscamos apresentar tal conceito a partir de uma breve contextualização, explicando as suas três variações para, assim, evidenciar e concluir que há uma dimensão ontológica e uma autonomia inumana dos diversos artefatos visuais.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.181203
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • A reviravolta estética do Brasil: de nação emergente a
           pária internacional

    • Authors: Daniel Malanski
      Pages: 198 - 214
      Abstract: Ao longo das últimas décadas, o Brasil havia construído a imagem de uma nação emergente e progressista que passava, pouco a pouco, a exercer papel de liderança dentro do cenário político internacional. Neste artigo, efetuamos uma análise de conteúdo das cerimônias dos Jogos Olímpicos do Rio – realizadas em 2012 e em 2016 – revelando suas referências fragmentárias e mitos políticos. Em seguida, as comparamos com o posicionamento do atual governo com relação ao ambientalismo, ao multiculturalismo e à tolerância social. Desta maneira, ficou evidente que as representações do Brasil e dos brasileiros, expostas internacionalmente durante o governo Rousseff através das cerimônias olímpicas, diferem profundamente da imagem que o governo Bolsonaro buscou dar ao país a partir dos últimos anos da década de 2010. Apesar dos esforços de consecutivas administrações – sobretudo após a redemocratização, na década de 1980 – para transmitir a imagem de um Brasil emergente e progressista, crises políticas, a recessão econômica e, sobretudo, a vitória de um regime reacionário e antiambientalista nas eleições de 2018 colocaram em xeque tal narrativa nacional romantizada, revelando – internacionalmente e domesticamente – um país de contrastes, em que campos opostos competem pela nação como espaço sociopolítico e objeto simbólico.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.188910
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Excitação na Bundesliga 2020: pandemia, futebol e retóricas
           de transmissão

    • Authors: Jorge Cardoso Filho, Matheus Vianna Matos
      Pages: 215 - 235
      Abstract: Este artigo discute as estratégias empregadas na temporada 2019/2020 da Bundesliga para a produção de excitação no público telespectador, após a retomada do campeonato sem a possibilidade de torcedores nos estádios para acompanhar os jogos. Interrompida por cerca de dois meses devido à pandemia da covid-19, a Bundesliga promoveu no seu retorno um modelo de transmissão que buscou simular a presença física dos torcedores no estádio, mediante recursos visuais, sonoros e audiovisuais, a fim de garantir a aderência a um modelo dominante da transmissão espetáculo. O artigo, então, apresenta uma descrição das transmissões e de seus aspectos técnicos e interpreta seus elementos à luz dos conceitos de excitação, espetacularização e paisagem sonora. Concluímos discutindo se e como as estratégias de transmissão podem romper com o modelo lo-fi de paisagem sonora, apontando valores sociais e estéticos predominantes e/ou emergentes.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.182752
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • A vida (na pós-história) está estranha: Vilém Flusser
           em jogo

    • Authors: Tadeu Rodrigues Iuama
      Pages: 236 - 258
      Abstract: Este artigo visa discutir as relações entre o conceito de pós-história e o jogo digital Life is Strange, considerando a escassez de olhares da área da comunicação para os jogos em comparação com o papel que tal mídia ocupa contemporaneamente. Para tanto, serão utilizados como aporte metodológico a análise formal da jogabilidade de Lankoski e Björk, a análise da estrutura narrativa de Vogler e os fundamentos de design de jogos de Salen e Zimmerman. Os resultados apresentam a metáfora que a protagonista/personagem jogável demonstra em relação ao indivíduo pós-histórico – um fotógrafo que salta de posição em posição para buscar outras perspectiva.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.188474
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • A escola francesa de som direto: Jean-Pierre Ruh e Éric Rohmer

    • Authors: Sérgio Puccini
      Pages: 259 - 279
      Abstract: O artigo trata de um dos mais destacados representantes da escola francesa de som direto, o técnico Jean-Pierre Ruh, a partir de seu trabalho com o cineasta Éric Rohmer nos filmes Ma nuit chez Maud (Minha noite com ela, 1969), Le genou de Claire (O joelho de Claire, 1970) e L'amour l'après-midi (Um amor à tarde, 1972). Tendo como principal base os depoimentos do próprio Jean-Pierre Ruh, pretendemos focar em questões caras à escola do som direto, principalmente no que tange aos sons fora de campo, às imperfeições de som, e aos sons ordinários, entendidas dentro de uma concepção que valoriza uma verdade e uma singularidade do som no filme. Observou-se que cada filme possui uma particularidade própria, assim como um som único, e todos exploram as vozes sempre projetadas no espaço, fechado ou aberto, o que acrescenta uma informação de perspectiva e profundidade.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.174752
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Cabaret Mineiro: o cinema sertanejo de Carlos Prates

    • Authors: Branco Di Fátima
      Pages: 280 - 294
      Abstract: Este ensaio visita a obra do cineasta mineiro Carlos Alberto Prates Correia, focando especialmente no seu filme mais emblemático, Cabaret Mineiro (1980). O argumento apresentado é que Prates construiu, ao longo de sua carreira, um cinema sertanejo, caracterizado pela confluência de elementos folclóricos, musicais e estéticos próprios do modo de vida do norte de Minas Gerais. Prates também parece aprofundar a adaptação da literatura para o cinema por meio de um diálogo denso com o universo mítico de João Guimarães Rosa.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.181505
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • O menino e a linguagem: infância e voz em O menino e o mundo

    • Authors: Fabiana Paula Bubniak, Dilma Beatriz Rocha Juliano
      Pages: 295 - 308
      Abstract: Este artigo trata-se de uma análise da animação O menino e o mundo, de 2014, que aponta concepções de infância, em representação narrativa, e de voz, como o indizível dos afetos. O filme fala de um menino que vê seu pai deixar o campo por falta de trabalho. Ele parte então em busca do pai. O pai foi de trem e o menino é levado pelo vento. As discussões apresentadas se baseiam em autores que abordam a voz e a infância a partir da linguagem, da cultura e da psicanálise. A infância, aqui, refere-se à potência criadora do mundo (Giorgio Agamben). A voz, no dizer de Jacques Lacan é a fala esvaziada de significado como língua conhecida. Conclui-se que a infância e a voz aparecem na animação para que se perceba além do previsível, ver além do que se apresenta de imediato. E, assim, mostram a importância da criança que resiste e se reinventa em cada um de nós.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.183802
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • A utopia matriarcal (re)encenada no tríptico brechtiano de Helena
           Ignez

    • Authors: Sandro de Oliveira
      Pages: 309 - 329
      Abstract: Desde sua passagem pelas hostes do cinema marginal e pelo teatro experimental no Brasil, Helena Ignez flerta com os primados oswaldianos do Matriarcado de Pindorama. Na sua carreira como atriz – e agora também como realizadora –, revitaliza e subverte os princípios do matriarcado, trazendo à baila outros temas próximos a discussões mais amplas dos direitos humanos: reforma agrária, sexualidade liberta, ócio ligado à criatividade. Discute-se, então, como o tema do matriarcado de Oswald de Andrade chegou a esses filmes aqui nomeados de “tríptico brechtiano”, em que uma subversão temática é levada à tela através de experimentalidade formal do jogo do ator no cinema. Em sua obra, Ignez propõe uma contraposição criativa e confrontadora aos conceitos e protocolos de boas maneiras, na união formal de Brecht com o matriarcado de Oswald de Andrade.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.187974
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • Corpos, raça e classe: confrontamentos do espaço urbano em
           Aquarius

    • Authors: Luís Henrique Marques Ribeiro, Luiz Antonio Mousinho
      Pages: 330 - 349
      Abstract: O que as representações cinematográficas do corpo negro em espaços urbanos podem significar' Partindo dessa questão, este artigo analisa cenas do filme Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, em uma perspectiva de abordagem racializada das relações de poder. A análise apoia-se nos conceitos de estereótipo. Pretende-se refletir sobre a presença dos corpos negros que aparecem como uma ausência no espaço urbano, uma ausência, porém, capaz de produzir outras subjetividades, que possam oferecer um contraponto às estereotipias raciais.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.180967
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
  • O mundo habitado por imagens

    • Authors: Raul Arthuso
      Pages: 350 - 358
      Abstract: Em seu livro Políticas da imagem: vigilância e resistência na dadosfera, a pesquisadora Giselle Beiguelman alia conhecimento teórico e análise de obras de artes e intervenções ativistas para apontar uma mudança no regime de visibilidade das imagens no contemporâneo. Mostrando como vigilância e controle dos dados oferecidos pelos usuários na internet criam um novo modo de existência e interação, o trabalho de Beiguelman pinta um quadro do presente em diálogo com o pensamento de Foucault e as pesquisas sobre os modos de ver na modernidade de Jonathan Crary, indicando caminhos e propostas de atuação artística e política diante da sociabilidade de imagens feitas para não serem vistas.
      PubDate: 2022-02-04
      DOI: 10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.193418
      Issue No: Vol. 49, No. 57 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.50.252
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-