A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

  Subjects -> SCIENCES: COMPREHENSIVE WORKS (Total: 374 journals)
The end of the list has been reached or no journals were found for your choice.
Similar Journals
Journal Cover
South American Sciences
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2675-7222
Published by Instituto Pros Homepage  [1 journal]
  • Características agronômicas de amendoim BRS 421 OL em função de
           diferentes densidades de sementes no sudeste do estado de Mato Grosso

    • Authors: Jakeline Cruz Nunes, Alexandre Caetano Perozini, Daniele Fernandes Campos, Charles de Araújo, Jair Heuert, Maxsuel Antonio Rodrigues, Maxuel Fellipe Nunes Xavier
      Abstract: O presente trabalho teve como objetivo a avaliação das características agronômicas em diferentes densidades de plantas de amendoim BRS 421 OL, na região sudeste do estado do Mato Grosso, em função de diferentes densidades de sementes. O experimento foi desenvolvido no ano agrícola 2021/22, na área experimental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – Campus São Vicente, Centro de Referência de Campo Verde, localizado no município de Campo Verde – MT. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos foram quatro densidades: 8, 16, 24 e 32 sementes m-1. A cultivar utilizada foi a BRS 421 OL, desenvolvida pelo PMA da Embrapa. As parcelas foram compostas por quatro linhas de três metros de comprimento, com espaçamento ente linhas de 0,90 m, intervalo entre parcelas de um metro e com a parcela total de 5,4 m2. Os parâmetros avaliados foram altura de plantas aos 22, 31, 47, 55, 69, 77, 87 e 100 dias após o plantio (DAP), massa de 100 grãos e produtividade de vagens. As alturas de plantas foram influenciadas pelas diferentes densidades de sementes, já a massa de 100 grãos obteve a mesma significância dos resultados. A maior produtividade de vagens foi obtida com a densidade de 16 sementes m-1, na região sudeste de Mato Grosso. Com isso, sendo necessário a repetição do estudo, para confirmação dos resultados obtidos.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.178
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Características agronômicas de genótipos de amendoim
           visando a precocidade

    • Authors: Jair Heuert, Maxuel Fellipe Nunes Xavier, Taís de Moraes Falleiro Suassuna
      Abstract: O presente trabalho teve como objetivo avaliar as características agronômicas de genótipos de amendoim, visando a precocidade. O experimento foi desenvolvido no ano agrícola 2021/22, na área experimental do Programa de Melhoramento do Amendoim (PMA) da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Arroz e Feijão, no município de Santo Antônio de Goiás. Foi utilizado delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos foram doze genótipos, duas cultivares (BRS 421 OL e BRS 423 OL) e dez linhagens (2173 OL, 2946 OL, 2133 OL, 3226 OL, 2094 OL, 2988 OL, 2055 OL, 1876 OL, 2717 OL e 2991 OL), desenvolvidas pelo PMA. As parcelas foram compostas por duas linhas de três metros de comprimento, espaçamento ente linhas de 0,90 m, intervalo entre parcelas de dois metros e parcela útil 5,4 m2. Foram avaliados grãos maduros, severidade de mancha preta, massa de 100 grãos e produtividade de vagens. Conclui-se que os genótipos BRS 421 OL, 2173 OL e 2946 OL obtiveram as menores severidades de mancha preta. Somente a 2717 OL e a 2173 OL apresentaram maturação dos grãos acima de 70%. Os mais produtivos foram a 2717 OL, 2946 OL, 2055 OL, BRS 421 OL e 2173 OL, demonstrando potencial produtivo acima de 5.000 kg ha-1, quando colhidos aos 115 DAP.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.186
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Densidade de sementes e época de semeadura para três cultivares
           de amendoim

    • Authors: Fábio Fiori Ruiz, Letícia Pelicioni Palviqueres, Keyciane Barbosa, Olavo Betiol, Élcio Rios Pérez Leal, Denizart Bolonhezi
      Abstract: A alta produtividade do amendoim no Brasil advém da utilização de novas cultivares do mercado. Mesmo assim faz-se necessário o uso de práticas culturais para otimizar essa produção como a semeadura em diferentes densidades e épocas do ano. Por isso, o objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos da densidade e época de semeadura na produção de amendoim de três cultivares. Realizou-se o experimento no Centro Avançado de Pesquisa em Cana, em Ribeirão Preto-SP, na safra 2021/22, utilizando-se o delineamento experimental em parcelas sub-subdividas com três repetições, tendo os tratamentos divididos em três cultivares de amendoim (IAC OL3, IAC 503 e Granoleico), quatro densidades de semeadura (5, 10, 15 e 20 plantas por metro linear) e duas épocas de semeadura (outubro e novembro). As avaliações realizadas foram: produtividade de vagens e de grãos (além de seu rendimento), massa de 100 grãos, índice de colheita e número de vagens. As médias foram submetidas ao teste de Tukey a 5% de probabilidade. Conclui-se que houve um aumento na produção de grãos da cultivar Granoleico e IAC OL3 em comparação com a IAC 503. Para a característica densidade, quanto menor o número de plantas por metro, a produtividade de vagens, de grãos e massa de 100 grãos foi inferior as demais estudadas. Em relação as épocas estudadas, mostrou-se que para produtividade de vagens a primeira época foi superior e, para rendimento de grãos, a segunda época foi melhor.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.185
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Características agronômicas de genótipos de amendoim na região do Vale
           do Paranapanema, estado de São Paulo

    • Authors: Rubens Koudi Iamanaka, Lucas Dantas Camolese, Jair Heuert, Maxuel Fellipe Nunes Xavier, Taís de Moraes Falleiro Suassuna
      Abstract: O estado de São Paulo, detém a maior produção nacional de amendoim, com maior expressão nas regiões da alta Mogiana e alta Paulista. Desta forma, objetivou se com este trabalho avaliar as características agronômicas de genótipos de amendoim na região do Vale do Paranapanema, sudoeste do estado de São Paulo. O experimento foi desenvolvido no ano agrícola 2021/22, na área agrícola da Cerealista Fazenda Canaã, no município de Piraju-SP. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos foram cinco genótipos de amendoim rasteiro, sendo uma cultivar: BRS 425 OL e quatro linhagens: 2010 OL, 2133 OL, 2055 OL e 2173 OL, desenvolvidas pelo PMA da EMBRAPA. As parcelas foram constituídas por duas linhas de três metros de comprimento, com intervalo de três metros entre parcelas e espaçamentos entre linhas de noventa centímetros, resultando em uma parcela de 5,4 m2, com intervalo entre blocos de dois metros. Os parâmetros avaliados foram severidade de mancha preta, peneiras granulométricas, massa de 100 grãos e produtividade de vagens. Os genótipos 2010 OL (6.702,1 kg ha-1), 2133 OL (6.603,9 kg ha-1), BRS 425 OL (6.437,2 kg ha-1) e 2055 OL (6.019,7 kg ha-1) foram os mais produtivos. Também houve variabilidade para granulometria, importante para atender diferentes nichos de mercado. A cultivar BRS 425 OL e a linhagem 2173 OL, obtiveram as menores severidades.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.183
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Características agronômicas de genótipos de amendoim no sudeste do
           estado de Mato Grosso

    • Authors: Maxsuel Antonio Rodrigues, Alexandre Caetano Perozini, Daniele Fernandes Campos, Jair Heuert, Jakeline Cruz Nunes, Maxuel Fellipe Nunes Xavier, Taís de Moraes Falleiro Suassuna
      Abstract: A cultura do amendoim pode fazer parte do sistema de rotação de culturas anuais no estado do Mato Grosso, o estado mais importante na produção de grãos do país. Para tanto, devem ser desenvolvidas cultivares adaptadas e produtivas para os produtores. Este trabalho teve como objetivo avaliar as características agronômicas de genótipos de amendoim na região sudeste do estado do Mato Grosso. O experimento foi desenvolvido no ano agrícola 2021/22, na área experimental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – Campus São Vicente, Centro de Referência de Campo Verde, localizado no município de Campo Verde – MT. O delineamento experimental empregado foi blocos casualizados, com quatro repetições e nove tratamentos (genótipos): a cultivar BRS 421 OL e oito linhagens (1253 OL, 2055 OL, 2091 OL, 2259 OL, 2946 OL, 2960 OL, 2988 OL e 2991 OL) desenvolvidas pela Embrapa. As parcelas foram compostas por duas linhas de três metros de comprimento, com espaçamento entre linhas de 0,90 m, intervalo entre parcelas de dois metros e parcela total de 5,4 m2. Os parâmetros avaliados foram altura de plantas aos 20, 29, 38, 54, 62, 76, 84 e 94 dias após o plantio (DAP), severidade de mancha preta (Nothopassalora personata), massa de 100 grãos e produtividade de vagens. Os genótipos que apresentaram as maiores alturas na última avaliação, aos 94 DAP, foram a BRS 421 OL, 2946 OL e a 2991 OL. A cultivar BRS 421 OL, esteve entre os genótipos com menor severidade de mancha preta, bem como obteve a maior massa de 100 grãos e maior produtividade de vagens, com elevado potencial produtivo nas condições do sudeste Mato-grossense. A BRS 421 OL pode ser recomendada para as condições na qual foi avaliada para o Mato Grosso.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.177
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Avaliação de linhagens de amendoim com resistência ao nematoide das
           galhas para tolerância a viroses no estado de São Paulo

    • Authors: João Francisco Santos, Marcos Doniseti Michelotto, Márcio de Carvalho Moretzsohn, Adriana Regina Custódio, Andrea Rocha Almeida de Moraes, Marcos César Gonçalves, Soraya Cristina de Macedo Leal-Bertioli, David J. Bertioli, Ignácio José de Godoy
      Abstract: O estado de São Paulo é o maior produtor de amendoim do país, sendo responsável por mais de 90% da produção nacional. Este trabalho teve como objetivo avaliar o potencial agronômico e possível tolerância a vírus em linhagens desenvolvidas por seleção assistida por marcadores moleculares para resistência ao nematoide das galhas. Sessenta e duas linhagens assim selecionadas foram avaliadas em Ribeirão Preto quanto à produtividade, peso de 200 grãos e rendimento de grãos, em blocos aumentados de Federer, tendo ‘IAC OL3’ e ‘IAC 503’ como tratamentos regulares. Realizaram-se também ensaios para avaliação do potencial de resistência à virose, nas 62 linhagens nos municípios de Bastos/SP e Santa Adélia/SP, localidades onde o vírus tem infectado lavouras de amendoim de forma crescente nos últimos anos. Em Bastos, as parcelas foram constituídas por 3 linhas de 10 m de comprimento. Em Santa Adélia, as linhagens foram avaliadas em blocos casualizados com três repetições, em parcelas com uma linha de 20 m. Concluiu-se que as linhagens resistentes ao nematoide possuem diversidade para tolerância à virose e potencial agronômico para produção e qualidade de grãos.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.193
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Use of the CSM-CROPGRO-peanut model in Argentina to estimate optimal
           sowing date and crop water productivity under different soil water content
           

    • Authors: Gustavo Ovando, Ricardo Javier Haro
      Abstract: Almost 99% of Argentine peanut production is localized in Córdoba province, mainly under a rainfed regime. In this region, rainfall fluctuations can lead to droughts of varying severity. The peanut optimum sowing date can be determined using a crop growth model and historical climatic data, estimating the impact of drought on yields. This simulation aimed to identify optimum sowing dates of peanuts growing under three available water contents at seeding, in Córdoba. A secondary objective was to determine the responses of yield and dry matter to crop evapotranspiration and transpiration for the different treatments. CROPGRO-Peanut model seasonal analysis was carried out. For this, weather data from 1973 to 2019 at Manfredi Experimental Station, and crop coefficients of cultivar ASEM 485 INTA were used. The soil employed was a silty loam Typic Haplustoll. Treatments were: three available water contents up to 150 cm deep (30%, 60%, and 100%) at seeding, and two sowing dates (21/Oct. and 9/Dec.). The optimal planting date, determined by CSM-CROPGRO-peanut for Córdoba is influenced by the soil water content at sowing. In both sowing dates, a higher median seed yield and a smaller interquartile difference were determined when soil water content increased. In each soil moisture, the late sowing date presented lower median values but less variability. The number of bad years was 15 when the initial moisture content was 30%, regardless of the sowing date. The remaining planting date-initial water combinations did not determine bad years. Increases in early/late planting ranged from 19/12 36/31 and 46/42 good years when increasing moisture content. The highest water content at planting is associated with luxury consumption. Dry matter production/yield best fits a linear relationship when compared to transpiration rather than crop evapotranspiration. This behavior is accentuated in the early planting date.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.188
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Influência de épocas de semeadura e regimes hídricos na produtividade
           do amendoim na região Noroeste Paulista

    • Authors: Jonathan dos Santos Viana, Raphael Augusto Novais Gonzales , Luiz Fabiano Palaretti
      Abstract: Compreender os efeitos que as épocas de semeadura e condições hídricas de água no solo podem exercer nas plantas, é de fundamental importância para o desenvolvimento de estratégias de manejo. Diante disso, objetivou-se avaliar o comportamento produtivo do amendoim granoleico submetido a diferentes épocas de semeaduras e regimes hídricos de irrigação. Realizou-se um experimento em blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 2, com três épocas de semeaduras, 25/10/21, 09/11/21 e 23/11/21 e dois regimes hídricos, irrigado e sequeiro. Foram realizadas avaliações da massa fresca aérea aos 70 dias após semeadura, massa de 100 vargens e produtividade no momento de cada colheita. De posse dos resultados, as épocas de semeadura reduzem a matéria fresca aérea em 351,11% e 266,66% para as condições hídricas irrigado e sequeiro, respectivamente. Para massa de 100 grãos foi notado o mesmo comportamento de redução da massa com o aumento do intervalo de semeadura e regimes hídricos. Já no momento da colheita, máxima produtividade foi alcançada na primeira época de semeadura, alcançando 6055,1 kg ha-1. A melhor época de semeadura do amendoim granoleico para condições de Jaboticabal – SP é no dia 25/10 atrelado ao manejo hídrico de irrigação de 100% da evapotranspiração da cultura.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3iedesp2.173
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Características agronômicas de genótipos de amendoim na região do
           Bolsão Sul-Matogrossense

    • Authors: Cassio de Castro Seron, Eduardo Pradi Vendruscolo, Jair Heuert, Maxuel Fellipe Nunes Xavier, Murilo Battistuzzi Martins, Mennes Vieira da Silva, Tiago Zoz
      Abstract: Nos últimos anos, estudos de validação agronômica têm sido realizados no estado do Mato Grosso do Sul. Por isso, o presente estudo teve como objetivo avaliar o desempenho agronômico de genótipos de amendoim nas condições edafoclimáticas da Região do Bolsão Sul-Matogrossense. O experimento foi conduzido na Fazenda experimental da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS, localizada no município de Cassilândia – MS, no ano agrícola 2021/22. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos foram dez genótipos de amendoim rasteiro (BRS 423 OL, Granoleico, 1253 OL, 1876 OL, 1944 OL, 2010 OL, 2055 OL, 2110 OL, 2471 OL e 2259 OL). As parcelas eram constituídas por duas linhas de três metros de comprimento, com espaçamento de 0,90 m e área útil para avaliação de 5,4 m² por parcela. As variáveis avaliadas foram severidade de mancha preta, massa de 100 grãos e produtividade de vagens. A linhagem 2010 OL obteve a maior massa de 100 grãos, além estar entre os mais produtivos, junto com a 1253 OL e a cultivar BRS 423 OL, ambos com produtividades superiores a 5.500 kg ha-1, demonstrando uma possível adaptação agronômica nas condições edafoclimáticas da região do Bolsão Sul-Matogrossense. Este estudo se torna fundamental, para validação das características agronômicas e reconhecimento do comportamento do amendoim nas diferentes condições edafoclimáticas do Brasil.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.184
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Calidad fisiosanitaria de semillas de maní: evaluación de dos diseños
           de arrancado diferentes (4 x 1 vs 2 x 1) para agilizar la práctica de
           recolección

    • Authors: José Gamba, Maria Perez, Mauricio Sebastián y Pérez, Matías Torassa, Camila Illa
      Abstract: El arrancado de las plantas de maní y su posterior permanencia en el campo es una práctica inevitable a fin de facilitar su recolección posterior. El armado de las andanas con más surcos agilizaría las tareas, sin embargo no se ha estudiado el efecto sobre la calidad fisiológica y sanitaria de las semillas obtenidas. En este sentido el objetivo de este estudio fue evaluar la calidad fisiosanitaria de semillas de maní durante su permanencia en el campo, provenientes de dos diseños de arrancado. Los ensayos se realizaron en el Módulo Maní (FCA UNC, Córdoba, Argentina). El diseño experimental fue totalmente aleatorizado. Los tratamientos fueron dos surcos conformando una andana (2 x 1) y cuatro surcos conformando una andana (4 x 1). Cada parcela fue de 100m, con surcos distanciados 0,70m. Las variables evaluadas a los 0, 7, 14 y 21 días desde el arrancado fueron: temperatura y humedad de la andana, humedad de la semilla, germinación, sanidad, vigor medido como crecimiento de plántulas y conductividad. Al final del ciclo (165 días desde la siembra) se determinó número y peso de vainas perdidas y estado de madurez. Los datos sometidos a análisis de varianza (p ≤ 0,05). Entre los dos sistemas evaluados, no se registraron diferencias de temperatura en la andana durante la permanencia en el campo, sin observarse cambios en el poder germinativo, ni el grado de madurez alcanzado. Si se observó mayor contenido de humedad en la andana 4 x 1, lo que ocasionó mayor humedad en la semilla, menor vigor y mayor incidencia fúngica. A fin de disminuir las pérdidas en la recolección y obtener semillas de maní de mejor calidad, se sugiere la implementación del sistema 2 x 1, aún cuando se requiera mayor tiempo operativo.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.176
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
  • Características agronômicas de amendoim BRS 425 OL em função de
           diferentes densidades de sementes no sudeste do estado de Mato Grosso

    • Authors: Daniele Fernandes Campos, Alexandre Caetano Perozini, Charles de Araújo, Jair Heuert, Jakeline Cruz Nunes, Maxsuel Antonio Rodrigues, Maxuel Fellipe Nunes Xavier
      Abstract: O presente trabalho teve como objetivo a avaliação das características agronômicas em diferentes densidades de plantas de amendoim BRS 425 OL, na região sudeste do estado do Mato Grosso, em função de diferentes densidades de sementes. O experimento foi desenvolvido no ano agrícola 2021/22, na área experimental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – Campus São Vicente, Centro de Referência de Campo Verde, localizado no município de Campo Verde – MT. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos foram quatro densidades: 8, 16, 24 e 32 sementes m-1. A cultivar utilizada foi a BRS 425 OL, desenvolvida pelo PMA da Embrapa. As parcelas foram compostas por quatro linhas de três metros de comprimento, com espaçamento ente linhas de 0,90 m, intervalo entre parcelas de um metro e com a parcela total de 5,4 m2. Os parâmetros avaliados foram altura de plantas aos 22, 31, 47, 55, 69, 77, 87 e 100 dias após o plantio (DAP), massa de 100 grãos e produtividade de vagens. As alturas de plantas foram influenciadas pelas diferentes densidades de sementes. Por outro lado, a massa de 100 grãos e a produtividade de vagens não diferiram entre si, na região sudeste de Mato Grosso. Com isso, sendo necessário a repetição do estudo, para confirmação dos resultados obtidos.
      PubDate: 2022-11-10
      DOI: 10.52755/sas.v3i2.179
      Issue No: Vol. 3, No. 2 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.192.52.167
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-