Subjects -> MUSEUMS AND ART GALLERIES (Total: 56 journals)
Showing 1 - 7 of 7 Journals sorted alphabetically
Acervo : Revista do Arquivo Nacional     Open Access   (Followers: 1)
AICCM Bulletin     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Archivaria     Open Access   (Followers: 32)
Archives     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Archives and Manuscripts     Hybrid Journal   (Followers: 50)
Archives and Museum Informatics     Hybrid Journal   (Followers: 97)
Boletín Científico : Centro de Museos. Museo de Historia Natural     Open Access  
Bulletin of Kyiv National University of Culture and Arts. Series in Museology and Monumental Studies     Open Access   (Followers: 1)
Collections : A Journal for Museum and Archives Professionals     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Curator     Hybrid Journal   (Followers: 14)
Heritage, Memory and Conflict Journal     Open Access   (Followers: 4)
ICOFOM Study Series     Open Access   (Followers: 1)
Journal of Archival Organization     Hybrid Journal   (Followers: 28)
Journal of Conservation and Museum Studies     Open Access   (Followers: 20)
Journal of Curatorial Studies     Hybrid Journal   (Followers: 10)
Journal of Educational Media, Memory, and Society     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Journal of Fine Arts Campus     Open Access  
Journal of Jewish Identities     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
Journal of Museum Education     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Journal of the History of Collections     Hybrid Journal   (Followers: 12)
Journal of the Institute of Conservation     Hybrid Journal   (Followers: 25)
Journal of the Society of Archivists     Hybrid Journal   (Followers: 34)
Journal of the South African Society of Archivists     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
La Lettre de l’OCIM     Open Access  
Land Use Policy     Hybrid Journal   (Followers: 20)
Memoirs of the Queensland Museum, Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Metropolitan Museum Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 11)
MIDAS     Open Access  
Museum and Society     Open Access   (Followers: 7)
Museum Anthropology     Hybrid Journal   (Followers: 18)
Museum Anthropology Review     Open Access   (Followers: 9)
Museum History Journal     Hybrid Journal   (Followers: 19)
Museum International     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Museum International Edition Francaise     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Museum Management and Curatorship     Hybrid Journal   (Followers: 22)
Museum Worlds : Advances in Research     Open Access   (Followers: 4)
Museums & Social Issues     Hybrid Journal   (Followers: 8)
Museums Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 14)
Nordisk Museologi : The Journal Nordic Museology     Open Access   (Followers: 1)
Norsk museumstidsskrift     Open Access   (Followers: 1)
RBM : A Journal of Rare Books, Manuscripts, and Cultural Heritage     Open Access   (Followers: 20)
Revista de Museología : Kóot     Open Access  
Revista del Museo de Antropología     Open Access   (Followers: 1)
Revista del Museo de La Plata     Open Access  
Technè     Open Access  
Technology and Culture     Full-text available via subscription   (Followers: 31)
Travaux du Muséum National d’Histoire Naturelle “Grigore Antipa” (The Journal of “Grigore Antipa” National Museum of Natural History)     Open Access  
Tuhinga     Open Access   (Followers: 3)
Uncommon Culture     Open Access  
Similar Journals
Journal Cover
Museologia & Interdisciplinaridade
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2238-5436
This journal is no longer being updated because:
    Journal website is giving errors
  • Editorial

    • Authors: Ana Lúcia de Abreu Gomes, Clovis Carvalho Britto, Monique Batista Magaldi
      Pages: 1 - 13
      Abstract: Apresentação do número especial - Museologia e Cultura Digital - Dezembro de 2021
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Museologia e Cultura Digital

    • Authors: Carmem Lucia Souza da Silva, Rita Maia, Monique Batista Magaldi
      Pages: 14 - 19
      Abstract: Apresentação do Dossiê Museologia e Cultura Digital
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Perspectivas da sociedade da informação

    • Authors: Lillian Maria Araujo de Rezende Alvares
      Pages: 20 - 38
      Abstract: Apresenta a informação no centro da sociedade contemporânea, sob seis perspectivas propostas por Frank Webster em 1995: econômica, espacial, ocupacional,  tecnológica, cultural e do conhecimento. O texto tem início com a evolução de algumas locuções que surgiram para descrever a natureza da era da informação e revela que a expressão Sociedade da Informação incluiu e encapsulou todas as locuções parciais anteriores. O objetivo principal da pesquisa foi contextualizar a perspectiva cultural da Sociedade da Informação concomitantemente com as demais abordagens. A metodologia adotada foi a pesquisa bibliográfica, a fim de explorar e ampliar a revisão de literatura realizada por Webster com o propósito de criar os cenários da Sociedade da Informação aprimorados nos vários ângulos. A pesquisa conclui que a compreensão da Sociedade da Informação em cada uma das perspectivas evidencia aspectos da vida cotidiana indiscutivelmente dependente da informação e do conhecimento, que mudaram permanentemente o modo de viver.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Interdisciplinaridade, colaboração e imersão

    • Authors: andrea Lennhoff Reis, Luiza Novaes, Luiz Veho
      Pages: 39 - 57
      Abstract: A cultura digital tem possibilitado novas formas de fruição de artefatos em museus. Este artigo aborda a importância do trabalho interdisciplinar e colaborativo no design de projetos que utilizam tecnologias digitais para criar experiências significativas para o público. Como estudo de caso, apresenta o projeto V-Horus, cujo objetivo é a reconstrução digital de artefatos arqueológicos e a sua visualização por meio de realidade virtual. Em fase experimental, o projeto reconstruiu digitalmente uma múmia da coleção egípcia do Museu Nacional do Rio de Janeiro, destruída no incêndio ocorrido em 2018. No artigo, são relatados o desenvolvimento da experiência e a avaliação da mesma pelo público, realizada por meio de uma pesquisa com 153 usuários. Os resultados mostram que o experimento ampliou as possibilidades de visualização dos acervos em museus e que a abordagem interdisciplinar do projeto foi essencial para criar uma experiência que sensibilizasse e engajasse o público.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Teias conectivas

    • Authors: Valdir José Morigi, Rafael Teixeira Chaves
      Pages: 58 - 67
      Abstract: Reflete acerca dos usos das Tecnologias da Informação e Comunicação aplicada aos museus e a construção de cultura digital. As teias conectivas, expressas através das tecnologias digitais e nas redes sociais, produzem impactos na comunicação museológica, transformando a sua relação com o público e o fazer museológico. Os museus virtuais, a partir dos usos dos dispositivos tecnológicos digitais, realizam novas ações museológicas que incluem a divulgação de suas exposições, curadorias colaborativas etc. Assim, elas possibilitam o acesso às informações e novas as interações entre os cidadãos e às instituições museais, ao mesmo tempo em que tais ações auxiliam na construção da cultura digital.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Tecnologia e mediação interativa

    • Authors: Marcelo Hugo Freitas Silva, Priscilla Arigoni Coelho
      Pages: 68 - 92
      Abstract: Resumo O artigo tem o objetivo de refletir o uso de mecanismos tecnológicos mediadores nos espaços expositivos e a sua contribuição nos processos de aprendizagem, tomando como base o dispositivo utilizado no Projeto “A Voz da Arte”, ocorrido em 2017, na Pinacoteca do Estado de São Paulo. Pensar em tecnologia e mediação é proporcionar ao público uma autonomia e uma inter-relação com o espaço, expandindo as possibilidades e ampliando a comunicação, o que não é possível apenas com uso de recursos textuais. Talvez seja o momento de pensarmos uma Museologia contemporânea que articule com a tradicional, pactuada nos elementos, tornando-se propícia a avivar seu papel social e educacional. Por meio de levantamento bibliográfico e entrevista, foi possível concluir que o público entusiasmou-se pelo recurso tecnológico ao possibilitar uma interação e uma comunicação dinâmica, sendo assim, visa-se refletir ações estratégias de difusão e incentivo das tendências tecnológicas interativas e cognitivas nas exposições. Palavras-chave: Museologia; Comunicação; Mediação Interativa; Tecnologia; Psicologia da Educação.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Fenômenos memorialísticos online em tempos de pandemia

    • Authors: Daniele Borges Bezerra, Priscila Chagas Oliveira
      Pages: 93 - 116
      Abstract: Este trabalho busca discutir as formas virtuais de memorialização que se manifestaram no contexto da pandemia de covid-19, doença que assolou o mundo no decorrer do ano de 2020 e reconfigurou rotinas de trabalho, ensino, trânsito, consumo e lazer, de acordo com os índices sanitários. Por meio do levantamento, da identificação e da análise de conteúdo de fenômenos memorialísticos online institucionais ou espontâneos, efêmeros e temporários (HANEY; LEIMER; LOWERY, 1997) no Instagram, discute-se a construção de “narrativas verbo-visuais” em rede e na Rede como formas de autoexpressão e de automusealização (RENDEIRO; RIBEIRO, 2017), que representam uma espécie de diário de vivências da pandemia e convertem-se em “sociotransmissores” (CANDAU, 2012). Verifica-se que essa “vontade de memória” (NORA, 1993) no contexto da cibercultura (LEMOS, 2009) potencializa-se em tempos de isolamento social e indica uma memória coletiva em processo que, ao tomar o espaço público da Rede, evidencia formas individuais e coletivas de “luto e resistência” (SELIGMANN-SILVA, 2016). Considerando-se a pertinência do tema para os campos da memória social e da museologia, em especial para a cibermuseologia (LESHCHENKO, 2015), este artigo se propõe a refletir sobre esses fenômenos memorialísticos contemporâneos como interfaces da memória social (OLIVEIRA, 2017), no sentido de compreender o processo de elaboração e gestão da memória coletiva no que diz respeito à s experiências difíceis relacionadas à covid-19.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Cultura Digital

    • Authors: Zamana Brisa Souza Lima, Heloisa Helena Fernandes Gonçalves da Costa
      Pages: 117 - 127
      Abstract: Este artigo trata de museus e culturas digitais abordando conexões com a Museologia e a ideia de virtual, dialogando com a Internet como meio que qualifica ou legitima os chamados "museus virtuais". Ressalte-se o significado filosófico do termo “virtual” abrangente a toda e qualquer instituição ou processos de salvaguarda buscando interseções entre os patrimônios (re)criados na cultura digital. São apresentadas maneiras pelas quais o ambiente sociocultural influencia as percepções existentes sobre o patrimônio, assim como surgem novos sentidos do patrimônio a partir de diferentes grupos sociais, incluindo o universo simbólico digital. São maneiras de (re)significação de patrimônios advindos de processos virtuais em sistemas simbólicos e representacionais. A delimitação teórica deve muito à autores como, por exemplo, Deloche, Lévy, Castells, Scheiner e contribuiu na percepção do patrimônio como fenômeno e processo em fluxos e redes comunicacionais, favorecendo o entendimento sobre o lugar das novas tecnologias da comunicação sobre o patrimônio.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Direito e acesso ao patrimônio cultural

    • Authors: Viviane Panelli Sarraf
      Pages: 128 - 137
      Abstract: O presente artigo propõe reflexões sobre a relação entre Humanidades Digitais e o acesso ao patrimônio cultural salvaguardados pelos museus, sobretudo no contexto atual da Pandemia do Covid-19.Com o objetivo de problematizar o direito ao patrimônio cultural para diferentes públicos são propostas reflexões sobre as definições do campo das Humanidades Digitais, suas relações com a Museologia e com as práticas de promoção de acesso de coleções empreendidas pelos museus na atualidade.Por fim são apresentados exemplos de algumas iniciativas pioneiras que corroboram com o acesso ao patrimônio digital em rede e reflexões sobre a relevância de propostas dessa natureza durante a Pandemia, uma vez que os museus estão sendo desafiados a reinventarem suas formas de relacionamento para manter os elos com seus visitantes usuais e formar novos públicos.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • O Renascimento Digital de Leonardo da Vinci a Alan Turing

    • Authors: Jonathan Bowen, Tula Giannini
      Pages: 138 - 163
      Abstract: O Renascimento Italiano iniciou um reaparecimento de uma cultura e conhecimento não experimentados desde os tempos romanos. Leonardo da Vinci foi, sem dúvida, o principal polímamo da época. Agora estamos no auge de um Renascimento Digital, indiscutivelmente iniciado por Alan Turing, na Inglaterra. A revolução da informação que estamos experimentando agora é tão disruptiva quanto qualquer mudança desde o Renascimento. Este artigo traça alguns paralelos entre esses dois períodos e traz algumas especulações sobre o futuro do desenvolvimento digital.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Museus e patrimônio

    • Authors: Carmen Lucia Souza da Silva, Ana Claudia da Cruz Melo
      Pages: 164 - 178
      Abstract: Neste trabalho, apresentamos uma reflexão sobre como as tecnologias digitais alteraram, nas últimas décadas e, inclusive, em um contexto de isolamento social motivado pela pandemia de Covid-19, a maneira como vivenciamos os museus e o patrimônio cultural. Revisitamos ideias e pensamentos de teóricos como Wiener, Haraway, Preciado e Levy para refletir, da cibernética ao ciborgue e à cultura datacêntrica, sobre estas transformações ao considerar a inter-relação entre sujeito-tecnologia-sociedade. Para isso também pontuamos marcos formativos ou históricos, no Brasil e no mundo, que culminam em uma gama de recursos que expandem memórias e espaços museológicos com o impulso de cibertecnologias. Adventos que estão na base do que nomina-se cultura digital, onde a sociedade se remodela afetada por adendos tecnológicos. Trazemos, ainda, resultados de cartografias de espaços na internet de instituições museais brasileiras, realizadas entre 2018 e 2020, que sinalizam o quão estamos em um processo de imersão na cultura digital.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Do patrimonium ao patrimônio digital 3.0

    • Authors: Ana Lidia Marreiros Tavares Vieira, Carmen Lúcia Souza da Silva
      Pages: 179 - 194
      Abstract: Esse trabalho apresenta a transformação conceitual do termo patrimônio, da sua origem latina patrimonium até o Patrimônio Digital 3.0. A análise da dinâmica entre sujeito-tecnologia-patrimônio nas fases da internet permitiu refletir sobre as etapas do Patrimônio Digital. As proposições sobre o Patrimônio Digital nortearam-se pela Carta Sobre la Preservación del Patrimônio Digital da UNESCO e pelas propostas de Addison para o Patrimônio Digital 1.0 e 2.0.  Refletimos sobre a constituição do Patrimônio Digital 3.0, a partir da relação com a Web 3.0, marcada pelo algoritmo e pela busca semântica. Realizamos uma revisão da literatura de pesquisas publicadas entre 2014 a 2019 nas plataformas Google Acadêmico, Science Direct e Periódicos Capes. Assim, identificamos a natureza heterosemântica dos objetos patrimoniais digitais 3.0, ao tecer as características do Patrimônio Digital 3.0, afetada pelo ambiente heterotópico. Com esse percurso, esperamos evidenciar a urgência de legislações e critérios específicos para preservar o Patrimônio Digital.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Museus no Ciberespaço

    • Authors: Helena Cunha de Uzeda, Lorhana Serpa Ribeiro Ferreira, Paulo César Ribeiro da Silva Jr.
      Pages: 195 - 208
      Abstract: A contemporaneidade, profundamente marcada pela penetração das TICs, esforça-se para compreender de que forma a Cibercultura conseguirá aglutinar atividades, interações e manifestações dentro de um território individualizado e globalizado, mas desterritorializado. As TICs tornaram-se essenciais na vida de grande parte dos indivíduos, tornando-se, praticamente, sua “segunda natureza”, com a rápida popularização e portabilidade, ampliando exponencialmente a comunicação em rede global. O artigo traz uma reflexão sobre resultados obtidos a partir de pesquisa para verificar as interações e compartilhamentos realizados entre o Facebook do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, e seu público virtual, antes e depois do fechamento da instituição em consequência da pandemia Covid-19. São levantadas questões sobre os caminhos dos museus no século XXI e como poderão equilibrar-se entre tradições e tecnologias digitais, entre materialidades e virtualidades – questões que permanecem abertas, sem horizontes definidos, diante do turbilhão digital que desafia parâmetros e percepções da sociedade global.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Os museus virtuais e a pandemia do covid 19

    • Authors: Rosali Henriques, Lucas Ferreira de Lara
      Pages: 209 - 220
      Abstract: Resumo: A pandemia do COVID-19 trouxe à s instituições culturais grandes desafios. No caso dos museus, um dos principais foi a necessidade de repensar atividades e estruturas de forma a oferecer ao público ações mesmo com "portas fechadas". Este artigo apresenta uma reflexão sobre as possibilidades de interação que o universo virtual apresenta à s instituições museológicas. Partindo de conceitos primordiais, como o de museu virtual enquanto espaço de mediação cultural na web, os autores analisam a atuação do Museu da Pessoa no período pré pandemia e no decorrer da mesma, com a campanha Diário para o futuro.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Portas fechadas, janelas abertas

    • Authors: Vanessa Barrozo Teixeira Aquino, Aline Vargas de Vargas
      Pages: 221 - 252
      Abstract: O artigo analisa a presença e a postura comunicacional das instituições museológicas da cidade de Porto Alegre/RS no ciberespaço, frente ao fechamento decorrente da pandemia do COVID-19, no primeiro semestre de 2020. Com base em uma pesquisa mais ampla sobre os museus do Rio Grande do Sul, essa investigação pretendeu identificar e problematizar as ações de comunicação museológica, em específico, as propostas educativo-culturais elaboradas pelas instituições da capital, socializadas através das mídias sociais Facebook, Instagram e YouTube. Como forma de manter o diálogo com seus públicos, tais plataformas apresentaram-se como alternativas viáveis em um período sem precedentes no campo da cultura, movimentando os diferentes profissionais que atuam nos museus a repensar suas práticas e estratégias comunicacionais e educacionais no âmbito digital. 
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Reflexões sobre musealização no contexto da cultura digital

    • Authors: Rayssa Farias Lisbôa França Soares da Silva, Júlia Nolasco Leitão de Moraes
      Pages: 253 - 277
      Abstract: Pretende-se suscitar reflexões e considerações acerca das transformações e complexidades do campo museal frente às múltiplas expressões possíveis na contemporaneidade dos processos de musealização e curadoria, em especial quando permeadas pela cibercultura e o ciberespaço. Para tanto, estuda-se o caso do Museu do Isolamento, o qual manifesta-se principalmente no Instagram,  apresentando-se como iniciativa capaz de provocar inúmeros debates que desafiam a Museologia.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Exposições museológicas online

    • Authors: Rita Maia, Melissa Santos
      Pages: 278 - 294
      Abstract: Este artigo é resultado de uma revisão bibliográfica realizada com a intenção de estabelecer uma perspectiva sobre a o planejamento e o design de exposições museológicas online a partir de critérios fundamentados na museologia contemporânea. Consideramos que o discurso expositivo é um dos produtos dos processos de musealização orientados pelo plano museológico, ou sentido institucional do museu. Em consequência, a nossa abordagem reconhece o papel do museólogo enquanto profissional que atua para orientar e avaliar projetos desta natureza. Nosso trabalho resultou na seleção de três aspectos a serem considerados para a criação e avaliação de exposições online: o acolhimento/inclusão do público-usuário, a oferta de experiências participativas e colaborativas e formas de manutenção da interação entre o público e o museu através deste tipo de mídia. Nosso trabalho reconhece uma demanda pelo aprofundamento em investigações empíricas nesta área que sejam fundamentadas no referencial teórico da Museologia contemporânea.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Exposição curricular em tempos de pandemia e ensino remoto

    • Authors: Júlia Nolasco Leitão de Moraes
      Pages: 295 - 316
      Abstract: No contexto da pandemia de COVID-19 e do ensino remoto, docentes e discentes da Escola de Museologia da UNIRIO foram desafiados a desenvolver proposta de exposição curricular perspectivada pelos desafios e potencialidades da cibercultura. A exposição digital “Pindorama: a natureza não está Ã venda” concretizou-se a partir das convergências e interfaces entre o sítio eletrônico, as mídias sociais e as interações com os públicos e colaboradores. Este artigo aborda as complexidades em torno da construção de propostas sobre três dimensões específicas da referida exposição: metodologia colaborativa, participação e interação dos públicos e idealização do conceito de exposição digital. Para tal, foram apresentados brevemente panorama sobre as exposições curriculares da UNIRIO e o tema de desenvolvimento da proposta. Na sequência, foram abordadas problemáticas relacionadas aos museus e a cultura digital e, finalmente, as soluções criativas adotadas para a exposição.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Obras de arte digitais, obras-arquivo e arte NFT

    • Authors: Monique Batista Magaldi, Taiguara Villela Aldabalde
      Pages: 317 - 338
      Abstract: O texto explora as relações entre a cultura digital, as obras de arte digitais, obras-arquivo, os NFTs traders, sendo este último muito moldado por interesses estimulados por uma relação capitalista, aspecto que deve ser considerado em estudos desenvolvidos nas áreas de Museologia e Arquivologia, especialmente no que diz respeito ao processo de ressignificação promovidos por procedimentos realizados por tais áreas. Ressaltamos a musealização e a musealidade no ambiente digital, aplicações, pontes e implicações.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Cibercultur@

    • Authors: Rita Maia
      Pages: 339 - 354
      Abstract: O professor Jorge A. González trabalha desde 2004 no Centro de Pesquisa Interdisciplinar em Ciências e Humanidades da Universidade Nacional Autônoma do México, onde coordenou, ao lado de Rolando Garcia B., a área de pesquisa Epistemológica da Ciência e Sistemas de Informação e Comunicação até 2012. Trabalhou com pesquisa sobre cultura em contextos rurais no México, no período entre 1976 e 1981. Fundou a área de pesquisa Comunicação, Hegemonia e Culturas Subalternas da Universidade Autônoma Metropolitana - Campus Xochimilco, na Cidade do México, em 1980, e deu continuidade em 1985 ao Programa de Cultura da Universidade de Colima, também no México. Foi professor de Comunicação da UNESCO na Universidade Autônoma de Barcelona e ocupou a cadeira Tinker Professor na University of Texas em Austin. Escreveu sobre comunicação popular e religião, feiras urbanas, telenovelas, metodologia de pesquisa, histórias de família, sistemas de informação cultural, tecnologia e sociedade e comunidades emergentes de conhecimento, com ênfase especial no desenvolvimento metodológico. Agora estuda a dimensão simbólica da alimentação na América Latina como um sistema complexo. Algumas das suas obras foram traduzidas para o inglês, italiano, francês, catalão, galego, português e alemão.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Inteligência Artificial, Museus e Patrimônio

    • Authors: Carmen Lucia Souza da Silva
      Pages: 355 - 362
      Abstract: Lucia Santaella é pesquisadora 1 A do CNPq. É professora titular no programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com doutoramento em Teoria Literária na PUC-SP e Livre-Docência em Ciências da Comunicação na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). É Coordenadora da Pós-graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital. Recebeu o prêmio Jabuti em 2002, 2009, 2011 e 2014, o Prêmio Sergio Motta, Liber, em Arte e Tecnologia, em 2005, e o prêmio Luiz Beltrão - maturidade acadêmica, em 2010. Desde 1996 tem feito estágios de pós-doutorado em Kassel, Berlin e Dagstuhl, Alemanha, sob os auspícios do DAAD/Fapesp. Tem 51 livros publicados, dentre os quais seis são em coautoria e dois de estudos críticos. Organizou 26 livros e publicou perto de 500 artigos no Brasil e Exterior. Suas áreas mais recentes de pesquisa são: Comunicação, Semiótica Cognitiva e Computacional, Inteligência Artificial, Estéticas Tecnológicas e Filosofia e Metodologia da Ciência. Nesta entrevista, Lucia Santaella trata sobre Inteligência Artificial e as transformações tecnológicas em curso que afetam os Museus e o Patrimônio Cultural, englobando questões epistemológicas e sociais.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
  • Museus, Espaços e Tecnologias Digitais

    • Authors: Carmen Lucia Souza da Silva
      Pages: 363 - 372
      Abstract: Lucrécia D’Alessio Ferrara é doutora em Literatura Brasileira pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC - SP) e livre-docente pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP). É professora titular emérita da PUC-SP e professora titular aposentada da USP. Atualmente exerce a função de professora titular junto ao programa de pós-graduação em Comunicação e Semiótica da Universidade Católica de São Paulo e líder do Grupo de Pesquisa Espaço-Visualidade/Comunicação-Cultura (ESPACC). Seus interesses de estudo estão voltados para a epistemologia da comunicação em suas possíveis interfaces temáticas com a cultura, a semiótica, a arquitetura, a cidade e o design. Nesta entrevista, Lucrécia D’Alessio Ferrara discute o museu por tempos e espaços, inclusive diante das tecnologias digitais, e ainda discorre sobre Museologia e Comunicação.
      PubDate: 2021-12-18
      Issue No: Vol. 10, No. Especial (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 35.170.82.159
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-