Subjects -> MEDICAL SCIENCES (Total: 8212 journals)
    - ALLERGOLOGY AND IMMUNOLOGY (205 journals)
    - ANAESTHESIOLOGY (122 journals)
    - CARDIOVASCULAR DISEASES (334 journals)
    - CHIROPRACTIC, HOMEOPATHY, OSTEOPATHY (19 journals)
    - COMMUNICABLE DISEASES, EPIDEMIOLOGY (227 journals)
    - DENTISTRY (266 journals)
    - DERMATOLOGY AND VENEREOLOGY (162 journals)
    - EMERGENCY AND INTENSIVE CRITICAL CARE (121 journals)
    - ENDOCRINOLOGY (149 journals)
    - FORENSIC SCIENCES (43 journals)
    - GASTROENTEROLOGY AND HEPATOLOGY (178 journals)
    - GERONTOLOGY AND GERIATRICS (125 journals)
    - HEMATOLOGY (160 journals)
    - HYPNOSIS (4 journals)
    - INTERNAL MEDICINE (177 journals)
    - LABORATORY AND EXPERIMENTAL MEDICINE (90 journals)
    - MEDICAL GENETICS (58 journals)
    - MEDICAL SCIENCES (2241 journals)
    - NURSES AND NURSING (331 journals)
    - OBSTETRICS AND GYNECOLOGY (199 journals)
    - ONCOLOGY (355 journals)
    - OPHTHALMOLOGY AND OPTOMETRY (135 journals)
    - ORTHOPEDICS AND TRAUMATOLOGY (150 journals)
    - OTORHINOLARYNGOLOGY (76 journals)
    - PATHOLOGY (96 journals)
    - PEDIATRICS (254 journals)
    - PHYSICAL MEDICINE AND REHABILITATION (153 journals)
    - PSYCHIATRY AND NEUROLOGY (800 journals)
    - RADIOLOGY AND NUCLEAR MEDICINE (182 journals)
    - RESPIRATORY DISEASES (109 journals)
    - RHEUMATOLOGY (75 journals)
    - SPORTS MEDICINE (77 journals)
    - SURGERY (388 journals)
    - UROLOGY, NEPHROLOGY AND ANDROLOGY (151 journals)

MEDICAL SCIENCES (2241 journals)            First | 1 2 3 4 5 6 7 8 | Last

Showing 601 - 800 of 3562 Journals sorted alphabetically
F&S Science : Official journal of the American Society for Reproductive Medicine     Open Access  
Facial Plastic Surgery & Aesthetic Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Facta Universitatis, Series : Medicine and Biology     Open Access  
Family Medicine and Community Health     Open Access   (Followers: 8)
Family Practice     Hybrid Journal   (Followers: 17)
Family Practice & Palliative Care     Open Access   (Followers: 5)
Family Practice Management     Full-text available via subscription   (Followers: 4)
Faridpur Medical College Journal     Open Access  
FEM : Revista de la Fundación Educación Médica     Open Access  
Finlay : Revista de Enfermedades no Transmisibles     Open Access  
Fisioterapia     Full-text available via subscription   (Followers: 2)
Fisioterapia & Saúde Funcional     Open Access  
Flugmedizin · Tropenmedizin · Reisemedizin - FTR     Hybrid Journal  
FMC - Formación Médica Continuada en Atención Primaria     Full-text available via subscription  
Folia Medica     Open Access  
Folia Medica Indonesiana     Open Access  
Folia Morphologica     Full-text available via subscription  
Folia Phoniatrica et Logopaedica     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Fontanus     Open Access  
Food Hydrocolloids for Health     Open Access  
Foodborne Pathogens and Disease     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Foot & Ankle Specialist     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Foot and Ankle Clinics     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Foot and Ankle Online Journal     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Forensic Science International : Mind and Law     Open Access   (Followers: 4)
Forum Medycyny Rodzinnej     Hybrid Journal  
Forum Zaburzeń Metabolicznych     Hybrid Journal  
Frontières     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Frontiers in Digital Health     Open Access   (Followers: 4)
Frontiers in Medical Technology     Open Access  
Frontiers in Medicine     Open Access   (Followers: 2)
Frontiers in Network Physiology     Open Access   (Followers: 2)
Frontiers in Neuroprosthetics     Open Access   (Followers: 6)
Frontiers in Synaptic Neuroscience     Open Access   (Followers: 2)
Frontiers in Tropical Diseases     Open Access  
Frontiers of Medical and Biological Engineering     Hybrid Journal  
Frontiers of Medicine     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Fuss & Sprunggelenk     Hybrid Journal  
Future Medicinal Chemistry     Full-text available via subscription   (Followers: 5)
Future Prescriber     Hybrid Journal  
Future Science OA     Open Access  
Gaceta Médica Boliviana     Open Access  
Gaceta Médica Espirituana     Open Access  
Galen Medical Journal     Open Access  
Galician Medical Journal     Open Access   (Followers: 1)
Galle Medical Journal     Open Access  
Gefäßmedizin Scan     Hybrid Journal  
Gender and the Genome     Open Access   (Followers: 1)
Gene Expression     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
General Reanimatology     Open Access  
Genes     Open Access   (Followers: 2)
Genome Instability & Disease     Hybrid Journal  
Geoforum     Hybrid Journal   (Followers: 25)
Gestão e Desenvolvimento     Open Access  
Ghana Medical Journal     Open Access   (Followers: 1)
GigaScience     Open Access   (Followers: 4)
Gimbernat : Revista d’Història de la Medicina i de les Ciències de la Salut     Open Access  
Glia     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Global Advances in Health and Medicine     Open Access  
Global Bioethics     Open Access   (Followers: 5)
Global Health : Science and Practice     Open Access   (Followers: 7)
Global Health Journal     Open Access   (Followers: 2)
Global Journal of Integrated Chinese Medicine and Western Medicine     Open Access  
Global Journal of Cancer Therapy     Open Access  
Global Journal of Fertility and Research     Open Access  
Global Journal of Health Science     Open Access   (Followers: 5)
Global Journal of Infectious Diseases and Clinical Research     Open Access  
Global Journal of Medical and Clinical Case Reports     Open Access  
Global Journal of Obesity, Diabetes and Metabolic Syndrome     Open Access   (Followers: 1)
Global Journal of Perioperative Medicine     Open Access  
Global Journal of Rare Diseases     Open Access  
Global Medical & Health Communication     Open Access   (Followers: 1)
Global Reproductive Health     Open Access  
Grande Medical Journal     Open Access  
Growth Factors     Hybrid Journal   (Followers: 2)
GSTF Journal of Advances in Medical Research     Open Access  
Gümüşhane Üniversitesi Sağlık Bilimleri Dergisi     Open Access  
Hamdan Medical Journal     Open Access  
Hämostaseologie     Hybrid Journal   (Followers: 5)
Hämostaseologie     Open Access  
Hand     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Hand Clinics     Full-text available via subscription   (Followers: 6)
Hand Therapy     Hybrid Journal   (Followers: 11)
Hard Tissue     Open Access  
Head & Face Medicine     Open Access   (Followers: 1)
Head and Neck Cancer Research     Open Access  
Head and Neck Tumors     Open Access  
Health Information : Jurnal Penelitian     Open Access  
Health Matrix : The Journal of Law-Medicine     Open Access  
Health Notions     Open Access  
Health Science Journal of Indonesia     Open Access  
Health Science Reports     Open Access   (Followers: 1)
Health Sciences and Disease     Open Access   (Followers: 1)
Health Sciences Review     Open Access  
Health Security     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Healthcare Technology Letters     Open Access  
Hearing, Balance and Communication     Hybrid Journal   (Followers: 6)
Hearts     Open Access   (Followers: 1)
HEC Forum     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Heighpubs Otolaryngology and Rhinology     Open Access  
Heilberufe     Hybrid Journal  
HeilberufeSCIENCE     Hybrid Journal  
Heilpflanzen     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Helicobacter     Hybrid Journal  
HemaSphere     Open Access   (Followers: 2)
Hemoglobin     Hybrid Journal  
Hepatology, Medicine and Policy     Open Access  
HERALD of North-Western State Medical University named after I.I. Mechnikov     Open Access  
Herald of the Russian Academy of Sciences     Full-text available via subscription  
Herzschrittmachertherapie + Elektrophysiologie     Hybrid Journal  
Highland Medical Research Journal     Full-text available via subscription  
Hipertensión y Riesgo Vascular     Full-text available via subscription  
HIV Australia     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Homeopathy     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Homoeopathic Links     Hybrid Journal  
Hong Kong Physiotherapy Journal     Open Access   (Followers: 14)
Horizonte Medico     Open Access  
Hormones : International Journal of Endocrinology and Metabolism     Hybrid Journal  
Hospital a Domicilio     Open Access  
Hospital Practices and Research     Open Access  
Hospital Topics     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Hua Hin Sook Jai Klai Kangwon Journal     Open Access  
Huisarts en wetenschap     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Human & Veterinary Medicine - International Journal of the Bioflux Society     Open Access   (Followers: 4)
Human Factors in Healthcare     Open Access  
Human Fertility     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Humanidades Médicas     Open Access  
I.P. Pavlov Russian Medical Biological Herald     Open Access  
Iatreia     Open Access  
Ibnosina Journal of Medicine and Biomedical Sciences     Open Access  
IDCases     Open Access  
IEEE Journal of Biomedical and Health Informatics     Hybrid Journal   (Followers: 14)
IEEE Journal of Electromagnetics, RF and Microwaves in Medicine and Biology     Hybrid Journal  
IEEE Journal of Translational Engineering in Health and Medicine     Open Access   (Followers: 5)
IEEE Open Journal of Engineering in Medicine and Biology     Open Access   (Followers: 1)
IEEE Transactions on Medical Robotics and Bionics     Hybrid Journal   (Followers: 3)
IEEE/ACM Transactions on Computational Biology and Bioinformatics     Hybrid Journal   (Followers: 18)
IJID Regions     Open Access   (Followers: 1)
IJS Global Health     Open Access  
IJU Case Reports     Open Access  
iLiver     Open Access   (Followers: 2)
Im OP     Hybrid Journal  
Image Analysis & Stereology     Open Access   (Followers: 1)
IMAGING     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Imaging in Medicine     Open Access  
Imaging Journal of Clinical and Medical Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Imam Journal of Applied Sciences     Open Access  
Indian Journal of Ayurveda and lntegrative Medicine Klue     Open Access   (Followers: 3)
Indian Journal of Burns     Open Access   (Followers: 2)
Indian Journal of Clinical Medicine     Open Access  
Indian Journal of Community and Family Medicine     Open Access   (Followers: 2)
Indian Journal of Community Medicine     Open Access   (Followers: 1)
Indian Journal of Health Sciences and Biomedical Research KLEU     Open Access   (Followers: 2)
Indian Journal of Medical Microbiology     Open Access   (Followers: 1)
Indian Journal of Medical Research     Open Access   (Followers: 3)
Indian Journal of Medical Sciences     Open Access   (Followers: 2)
Indian Journal of Medical Specialities     Hybrid Journal  
Indian Journal of Otology     Open Access   (Followers: 1)
Indian Journal of Public Health     Open Access   (Followers: 1)
Indian Journal of Transplantation     Open Access  
Indian Spine Journal     Open Access  
Indo-Pacific Journal of Phenomenology     Open Access   (Followers: 1)
Indonesia Journal of Biomedical Science     Open Access   (Followers: 1)
Indonesian Biomedical Journal     Open Access  
Indonesian Journal for Health Sciences     Open Access   (Followers: 1)
Indonesian Journal of Medicine     Open Access  
Indonesian Journal of Tropical and Infectious Disease     Open Access  
Infant Observation: International Journal of Infant Observation and Its Applications     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Inflammation     Hybrid Journal   (Followers: 3)
Inflammation Research     Hybrid Journal   (Followers: 4)
Info Diabetologie     Full-text available via subscription   (Followers: 1)
Infodir : Revista de Información científica para la Dirección en Salud     Open Access  
Informatics in Medicine Unlocked     Open Access  
Injury Prevention     Hybrid Journal   (Followers: 6)
InnovAiT     Hybrid Journal   (Followers: 1)
Innovare Journal of Health Science     Open Access  
Innovare Journal of Medical Science     Open Access  
Innovation in Aging     Open Access   (Followers: 1)
Inside Precision Medicine     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Insights in Biology and Medicine     Open Access  
Integrative and Complementary Therapies     Full-text available via subscription   (Followers: 3)
Integrative Medicine Insights     Open Access   (Followers: 1)
Integrative Medicine International     Open Access   (Followers: 1)
Integrative Medicine Research     Open Access   (Followers: 3)
Intellectual Disability Australasia     Full-text available via subscription   (Followers: 12)
Intelligence-Based Medicine     Open Access  
Intelligent Medicine     Open Access   (Followers: 1)
intensiv     Hybrid Journal   (Followers: 1)
interactive Journal of Medical Research     Open Access  
Interdisciplinary Perspectives on Infectious Diseases     Open Access  
Interdisciplinary Sciences : Computational Life Sciences     Hybrid Journal   (Followers: 2)
Internal Medicine     Open Access   (Followers: 1)
International Biomechanics     Open Access   (Followers: 1)
International Health     Hybrid Journal   (Followers: 5)
International Health Trends and Perspectives     Open Access  
International Journal for Numerical Methods in Biomedical Engineering     Hybrid Journal   (Followers: 2)
International Journal for Vitamin and Nutrition Research     Hybrid Journal   (Followers: 10)
International Journal of Academic Medicine     Open Access   (Followers: 1)
International Journal of Advance in Medical Science     Open Access  
International Journal of Advanced Medical and Health Research     Open Access  

  First | 1 2 3 4 5 6 7 8 | Last

Similar Journals
Journal Cover
Gestão e Desenvolvimento
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 0872-556X - ISSN (Online) 2184-5638
Published by Universidade Católica Portuguesa Homepage  [7 journals]
  • Estratégia e desempenho em empresas de mediação imobiliária: análise
           relacional entre as variáveis

    • Authors: António José Oliveira, António Mendes Ferreira
      Pages: 3 - 40
      Abstract:  O ambiente dos negócios é um sistema complexo e dinâmico que necessita de ser analisado de forma cuidada, para se obter sucesso. Situações complexas e críticas que ocorreram e ocorrem nas organizações dificultam, a criação e manutenção de vantagem competitiva. Fatores como a globalização, cessação de fronteiras comerciais e criação de redes globais de negócio, são algumas das novas oportunidades e ameaças que têm afetado as empresas. A situação económica recente está a levar a uma rápida e acelarada revolução e mudança de paradigma, o que tem resultado numa crescente incerteza e complexidade. Este trabalho tem como objetivo, analisar a influência da estratégia no desempenho nas empresas de mediação imobiliária. Para atingir este objetivo, esta investigação desenvolveu-se segundo uma metodologia quantitativa, cujos dados foram recolhidos através de um inquérito por questionário, dirigido aos órgãos de gestão das empresas de mediação imobiliária em Portugal, pertencentes a uma organização internacional de mediação imobiliária, através dos quais se obtiveram 70 respostas válidas. Os resultados obtidos mostram que a estratégia exerce uma forte influência sobre o desempenho, especialmente, nas dimensões do desempenho financeiro, clientes e processos internos. Aqueles revelam, ainda, que o tipo de estratégia dominante destas empresas é a estratégia prospetor, que exerce uma forte ligação entre o desempenho financeiro, os clientes e os processos internos. Este estudo contribui para o desenvolvimento da literatura, no que respeita à estratégia e desempenho, permitindo expandir o conhecimento sobre estratégia e desempenho, através da aplicação de constructos. Ao nível empresarial, as empresas deste setor e tipo, devem utilizar os recursos de forma eficiente, de modo a sustentar a vantagem competitiva e o desempenho.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11318
       
  • Fatores preditores do desempenho académico: motivação, satisfação e
           autoeficácia

    • Authors: Marco Ferreira Ribeiro, Célia Ribeiro, Paulo Pereira
      Pages: 41 - 89
      Abstract:  Partindo do pressuposto de que o desempenho académico do estudante de ensino superior pode ser explicado por fatores psicológicos associados ao estudante, nomeadamente o seu estado motivacional, satisfação e autoeficácia, definiu-se como objetivo geral de investigação o estudo da relação entre motivação académica, satisfação com a formação superior e autoeficácia na formação superior e a sua repercussão no desempenho académico do estudante. Deste modo, esta investigação desenvolve-se segundo uma metodologia quantitativa envolvendo duas amostras de estudantes de licenciatura e mestrado integrado do ensino superior português: a amostra A constituída por 1344 estudantes e a amostra B constituída por 1343 estudantes. Assim, com base na formulação de um modelo teórico proposto, envolvendo a motivação académica, satisfação com a formação, autoeficácia na formação e desempenho académico do estudante, procedeu-se ao seu ajustamento na amostra A, com base numa metodologia de modelação de equações estruturais (SEM - Structural Equation Modeling) e posterior validação numa amostra independente, a amostra B. Os resultados obtidos permitem revelar a validade e confiabilidade do modelo teórico proposto, demonstrando que a motivação académica do estudante e a sua satisfação com a formação exercem a função de mediadores entre a autoeficácia na formação e o seu desempenho académico. Em específico, verificou-se que a autoeficácia na formação influencia positivamente o desempenho académico do estudante e, igualmente, a sua motivação académica e satisfação com a formação. Por sua vez, verificou-se de igual forma que a motivação e satisfação do estudante influenciam positivamente o seu desempenho académico, realçando-se que a motivação influencia positivamente a satisfação. Desta forma, verifica-se que as instituições de ensino superior podem melhorar o desempenho académico do estudante com base na melhoria da sua autoeficácia, estado motivacional e de satisfação.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11319
       
  • Liderança e participação dos enfermeiros na governança hospitalar:
           scoping review

    • Authors: Magda Guerra, Élvio Jesus, Beatriz Araújo
      Pages: 91 - 111
      Abstract: Contexto: As estruturas da governação hospitalar são exigentes e desafiadoras e exigem um investimento por parte da organização, dos seus líderes e da equipa de profissionais de saúde, no caso particular dos enfermeiros, para que se obtenham cuidados prestado com qualidade e segurança do cliente. Objetivo: Mapear as evidências disponíveis sobre o impacto da liderança e participação do enfermeiro na governação hospitalar no que diz respeito à qualidade e segurança da assistência prestada. Métodos: Scoping review, com pesquisa de estudos em bases de dados datados entre janeiro de 2014 a julho de 2020, objetivando evidências o mais recente possíveis que permitam responder à questão de investigação. O corpus amostral foi constituído por 10 artigos que reuniram condições metodológicas. Resultados: As evidências sugerem uma relação significativa entre a governação compartilhada e o envolvimento no trabalho, indicando que quanto mais os enfermeiros participam na governação compartilhada, maior é o seu envolvimento no trabalho, com resultados positivos nos cuidados prestados e na segurança do cliente. A governação compartilhada configura-se como uma estratégia que pode facilitar a adesão da equipa de enfermagem, uma vez que permite aos enfermeiros maior controlo e autonomia sobre a sua prática profissional. As estruturas e processos da governação legitimam a prática profissional dos enfermeiros, traduzindo-se em cuidados de saúde de qualidade e na garantia da segurança do cliente. A participação dos enfermeiros na governação hospitalar requer líderes transformacionais, proativos e que se esforcem por transformar o ambiente e a cultura organizacional através da inovação. A base da governação compartilhada reside nos princípios de responsabilidade, parceria, autonomia e comunicação. Conclusão: Os enfermeiros em contexto hospitalar devem reger-se por um modelo de prática de enfermagem mais autónomo, com participação ativa na governação e assente na negociação coletiva e compartilhada, sendo estas condições sine qua non para se obter cuidados de qualidade e garantir a segurança do cliente.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11320
       
  • “Não vou nada bem”: saúde mental de estudantes universitários no
           contexto da COVID-19

    • Authors: Eliany Nazaré Oliveira, Maristela Inês Osawa Vasconcelos, Jacques Antonio Cavalcante Maciel, Paulo Cesar de Almeida, Francisco Rosemiro Guimarães Ximenes Neto, Gleisson Ferreira Lima, Francisca Verônica Dias Melo, Juliana Solon Furtado, Ludmila Alves Santos, Maria Suely Alves Costa
      Pages: 113 - 135
      Abstract: O artigo objetiva analisar o impacto na saúde mental de estudantes universitários cearenses, ocasionado após o início da pandemia pelo novo coronavírus, correlacionando com os principais fatos que ocorreram, sob o ponto de vista dos seguintes eixos: desencadeamento ou agravamento de transtornos mentais; sofrimento e (auto)medicação; e ideação suicida, com vista a entender os reflexos causados pela COVID-19. Trata-se de estudo de abordagem qualitativa, desenvolvido com 73 estudantes das universidades cearenses. As informações foram coletadas por meio de entrevistas semiestruturadas e analisadas a partir do método de interpretação dos sentidos. Os resultados apontam o impacto do cenário pandêmico sobre a saúde mental de estudantes universitários, o qual tem-se traduzido, sobretudo, sob a forma de piora dos quadros existentes, surgimento de novos casos e aumento das situações de automedicação e ideação/tentativa de suicídio. Desta forma, faz-se necessário, no caso das Instituições de Ensino Superior, não somente reconhecer esse contexto, como também identificar o impacto psicossocial e as repercussões que a pandemia provocou na comunidade acadêmica, além de intervir, mediante ações que considerem a conjunção vivenciada, principalmente pelo grupo em questão.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11321
       
  • Eficácia de programas de reabilitação no doente com Guillain-Barré:
           revisão integrativa

    • Authors: Rosa Martins, Inês Carvalho, Joana Miguel, Marta Dias, Nélia Carvalho
      Pages: 137 - 160
      Abstract:  A Pessoa com Síndrome de Guillain-Barré (SGB), apresenta alterações em diversos determinantes da qualidade de vida relacionada com a saúde, incluindo a mobilidade, a fadiga, a dor e depressão. A aplicação regular de programas de reabilitação ajustados sugerem melhorias na funcionalidade e na qualidade de vida dos Doentes. Objetivo: Avaliar a eficácia de programas de reabilitação na Pessoa portadora de Síndrome de Guillain-Barré. Metodologia: Realizou-se uma revisão integrativa da literatura para identificar estudos relevantes a incluir aqueles que respondessem aos critérios de inclusão definidos. Procedeu-se à pesquisa de estudos datados entre janeiro de 2011 a março de 2021, nos idiomas português, espanhol e inglês, recorrendo às seguintes plataformas eletrónicas de bases de dados: PubMed, Scientific Electronic Library Online (SciELO) e Biblioteca Virtual da Saúde, Google Scholar, Medline, PEDro, EBSCOhost. O corpus da revisão ficou constituído por 8 estudos. Resultados: Observou-se eficácia em todos os programas de reabilitação efetuados em pessoas portadoras de SGB, com melhorias significativas nas dimensões: capacidade funcional, reeducação muscular e reabilitação funcional respiratória. Os programas de alta intensidade potenciaram ainda mais a capacidade funcional, produzindo maior independência na realização das atividades de vida diária, com melhorias significativas na força e na resistência. Houve ainda ganhos significativos na força muscular dos membros inferiores e no equilíbrio estático e dinâmico, com fortalecimento muscular.Conclusão: Os resultados traduziram-se em contributos positivos nas práticas especializadas da Enfermagem de Reabilitação da pessoa portadora de Síndrome de Guillain-Barré. Os seus efeitos produziram melhorias na vivencia complexa dessas Pessoas, melhorando a qualidade de vida, potenciando a independência funcional e respiratória, minimizando sequelas.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11322
       
  • Organizações híbridas e gestores híbridos

    • Authors: Anaísa Reveles, Ana Abreu
      Pages: 161 - 183
      Abstract: O termo Hibridismo em organizações é um conceito pouco homogéneo, com múltiplas interpretações. Segundo Sartirana (2019), este termo é utilizado para relacionar questões sociais com propósitos de mercado, ou para se referir à combinação na mesma organização de diferentes modelos de gestão, verificando-se combinações de contratos e entidades administrativas em que há coordenação de parceiros e ganhos mútuos com esta dependência. Relativamente ao conceito de gestores híbridos, também não é consensual, contudo podemos defini-los como aqueles profissionais que, além da sua área de intervenção profissional, têm interesse e conhecimento para desempenhar funções de gestão dentro da organização. Em saúde podemos encontrar tanto médicos como enfermeiros nestas funções que incluem o planeamento, organização, supervisão, direção, coordenação, elaboração de relatórios e orçamentos, melhoria contínua e gestão de recursos humanos (Buchanan, 2013). Os principais objetivos foram conhecer o conceito de organizações híbridas e enquadrá-las no contexto da saúde, perceber a transição de Hospitais Sociedade Anónima (SA) para EPE (Entidade Pública Empresarial), e conhecer o conceito de gestores híbridos na área da saúde. Pretendemos também conhecer vantagens e desvantagens destas organizações e dos seus intervenientes, assim como compreender o papel dos enfermeiros nestas organizações. Para a elaboração deste trabalho recorremos à pesquisa bibliográfica em bases de dados científicas, nomeadamente na EBSCOhost - Research databases, B-on e Scielo e à pesquisa à pesquisa da legislação que enquadra a temática. Concluindo, os gestores híbridos na área da saúde enfrentam inúmeros desafios não só relacionados com o aumento da sua carga de trabalho como também com alguma dificuldade na tomada de decisões na área de gestão.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11323
       
  • Preparação para o parto e parentalidade online: um desafio da
           pandemia por COVID-19

    • Authors: Isabel Martins, Paula Silva, Diana Gândara
      Pages: 185 - 207
      Abstract: Em março de 2020, com o início da pandemia por COVID-19, a Preparação para o Parto e Parentalidade (PPP) presencial foi suspensa. Com o intuito de colmatar esta necessidade, tornou-se imperativo a realização destes cursos em formato online. É reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a importância dos programas de PPP, que sustentam os seus princípios na promoção da saúde, no empoderamento, na autonomia e na tomada de decisão em saúde dos indivíduos. Objetivos: Avaliar a satisfação das grávidas com a modalidade online (desde abril de 2020 até dezembro de 2021). Métodos: Estudo retrospetivo, descritivo e quantitativo das grávidas que frequentaram o curso online nas Unidades: USF (Unidade de Saúde Familiar) Infante D. Henrique, USF Lafões; USF Viseu Cidade, cumprindo os princípios éticos e de confidencialidade. Critérios de inclusão: grávidas com pelo menos 5 aulas frequentadas. Resultados: Das 180 respostas validadas, a maioria das grávidas considerou interessante os conteúdos apresentados, com evidente satisfação com a aquisição de conhecimentos para cuidarem de si e do seu bebé. Conclusão: No atual contexto pandémico, com o intuito de promover a saúde e bem-estar da Grávida, a alteração/mudança do formato dos cursos de PPP revelou-se uma intervenção positiva com manifesta satisfação.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11324
       
  • Trabalho colaborativo docente para a melhoria da ação educativa

    • Authors: Sónia Alves, Lara Macedo, Olga Maria Madanelo, Maria Manuela Martins, Maria Martins
      Pages: 209 - 231
      Abstract: As potencialidades do trabalho colaborativo, nomeadamente em contexto educativo, têm vindo a ser apontadas como uma estratégia robusta para a promoção da melhoria dos desempenhos das instituições. Esta apologia é feita quer ao nível do conhecimento científico, como descrevem vários estudos, quer ao nível das políticas educativas em vigor em Portugal, em que é apresentada como um caminho fundamental para o enriquecimento das opções curriculares e das dinâmicas pedagógicas, adotadas pelas escolas e pelos seus professores. Conhecer a realidade das 26 unidades orgânicas da Região Centro que participaram foi o objetivo deste estudo, intentando contribuir para essa reflexão. A recolha de dados efetuou-se através da aplicação de um questionário, disponibilizado online entre 15 de junho e 20 de setembro de 2021. A análise dos dados seguiu uma metodologia de natureza quantitativa, assente numa abordagem crítica descritiva. Os resultados evidenciam um reconhecimento massivo das potencialidades do trabalho colaborativo, mas práticas ainda pouco consistentes no que respeita a esta metodologia de trabalho, uma vez que a mesma acontece mais em contexto formais e numa lógica mais disciplinar.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11325
       
  • O impacto da COVID-19 na gestão de operações de unidades de saúde: um
           estudo qualitativo

    • Authors: Bruno Soares, Clotilde Passos
      Pages: 233 - 253
      Abstract: A situação de emergência de saúde pública provocada pelo vírus SARS-CoV-2, e a classificação pela Organização Mundial de Saúde da doença COVID-19 como pandemia, obrigou a uma rápida reorganização no terreno das Operações nas Unidades de Saúde e à adoção de medidas de contenção e mitigação do progresso exponencial da doença, nomeadamente restrições no fluxo de acesso aos cuidados de saúde, na gestão dos recursos materiais e humanos e na própria forma de prestação dos cuidados de saúde. Os relatórios de dados quantitativos são uma ferramenta que ajudam na medição do impacto da situação pandémica na Gestão de Operações. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar o impacto da COVID-19 na Gestão de Operações, recorrendo a uma análise qualitativa de dados recolhidos através da realização de vinte e uma (21) entrevistas semi-estruturadas escritas a profissionais de saúde, representativos de Unidades de Saúde Familiar, Hospitais e Unidades de Saúde do setor privado. Foi possível confirmar o profundo impacto da COVID-19 na Gestão de Operações de Unidades de Saúde, sobretudo ao nível do acesso dos utentes aos cuidados de saúde e na disponibilidade de recursos humanos, onde o agravamento no volume de trabalho foi sentido de forma significativa. O estudo fornece informações valiosas sobre as perspetivas dos profissionais de saúde na linha da frente perante os desafios enfrentados durante a pandemia, e lança oportunidades de investigação para melhorias na resposta a situações de emergência de saúde.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11327
       
  • Liderança e governação hospitalar: promoção da qualidade de cuidados
           num país envelhecido

    • Authors: Magda S. Guerra, Élvio H. Jesus, Beatriz R. Araújo
      Pages: 255 - 266
      Abstract: O envelhecimento da população tornou-se um grande desafio para a maioria dos países a nível mundial, bem como um foco de investigação, no caso concreto na área da enfermagem. O declínio geral das taxas de fertilidade e o prolongamento da esperança de vida per capita, tanto nos países desenvolvidos como nos países em desenvolvimento, desde 1996, levaram a um recrudescimento da população idosa em todo o mundo. Os países desenvolvidos foram os primeiros a vivenciar uma sociedade envelhecida e estão a avançar para sociedades hiper-envelhecidas, como é o caso português. Várias projeções populacionais indicam também que o processo de envelhecimento da população mundial irá acelerar nas próximas décadas. Mediante tal cenário, objetiva-se com este artigo refletir sobre a liderança e governação hospitalar na promoção da qualidade de cuidados num país envelhecido, com base numa metodologia de revisão da literatura.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11328
       
  • Serviço social da Guardinha: a intervenção com crianças e adolescentes
           num contexto pandémico

    • Authors: Nancy Fonseca, Manuel Menezes
      Pages: 267 - 288
      Abstract: No artigo apresentamos os resultados da pesquisa realizada no Brasil no âmbito do mestrado em Serviço Social (ISMT/Coimbra, Portugal). Analisamos (i) os conflitos e as demandas colocadas, no decurso da pandemia COVID-19, aos serviços da Guardinha pelas crianças e adolescentes inseridos nos serviços socioeducativos e (ii) o modo como as respostas do Serviço Social às problemáticas em pauta poderão ter contribuído para o reforço da cidadania das crianças, adolescentes e suas famílias. Na pesquisa optou-se por uma abordagem metodológica qualitativa. Procedemos a uma revisão da literatura tendo em vista a problematização das questões conexas coma vulnerabilidade social das crianças e os modos como, na sua intervenção quotidiana, os assistentes sociais podem contribuir para a sua inclusão. Quanto ao procedimento metodológico utilizado para coleta do material empírico, socorremo-nos da entrevista semiestruturada à qual responderam 6 profissionais. Resultados: foi possível compreender que os atendimentos especializados à infância e adolescência contemporânea (no município de Campinas) se consubstanciam num processo em constante transformação/adaptação, capaz de identificar as reais necessidades em presença e potencializar o agir, o exercício da cidadania e o desenvolvimento das crianças e adolescentes.
      PubDate: 2022-03-23
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11329
       
  • Marketing relacional em bibliotecas universitárias: uma revisão
           da literatura

    • Authors: Elisabeth Figueiredo, Célia Ribeiro, Clotilde Passos, Paulo Pereira
      Pages: 289 - 316
      Abstract: O presente estudo aborda o conceito de marketing relacional e tem como objetivo avaliar os seus contributos em contexto de bibliotecas universitárias. Para o efeito, realizou-se uma revisão da literatura, com base na produção científica, publicada entre 2000 e 2020, em bases de dados como B-on, Google Scholar, Business Source Complete (EBSCOhost), Scielo, Academia.edu e ainda ResearchGate. As palavras-chave utilizadas foram “marketing relacional”, “marketing de relacionamento”, “relationship marketing”, “biblioteca universitária”, “biblioteca académica”, “university library” e “academic library”. A investigação conduzida neste domínio põe em realce a importância desta nova vertente do marketing que, quando integrada nos princípios de gestão interna destas estruturas, influi no comportamento dos leitores, gera satisfação e contribui para a sua fidelização.
      PubDate: 2022-03-24
      DOI: 10.34632/gestaoedesenvolvimento.2022.11342
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.200.174.97
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-