Publisher: Fundação Joaquim Nabuco (Total: 3 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 3 of 3 Journals sorted alphabetically
Cadernos de Estudos Sociais     Open Access  
Ciência & Trópico     Open Access  
Horizontes LatinoAmericanos     Open Access  
Similar Journals
Journal Cover
Cadernos de Estudos Sociais
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 0102-4248 - ISSN (Online) 2595-4091
Published by Fundação Joaquim Nabuco Homepage  [3 journals]
  • APRESENTAÇÃO DO DOSSIÊ TEMÁTICO

    • Authors: Patrícia Maria Uchôa Simões, Cibele Maria Lima Rodrigues, Rodolfo José Elias Costa
      Abstract: Em 2020, o mundo foi surpreendido por uma pandemia sem precedentes conhecidos que deixará suas marcas por muitos anos na história da humanidade. O vírus SARS-COV-2, que causa a Covid-19, alastrou-se rapidamente, impondo, num primeiro momento, o isolamento social e, aos poucos, uma mudança no cotidiano das pessoas que passaram a conviver com a sua propagação, a partir dos cuidados que também exigiam distanciamento, além de outras medidas sanitárias. Mesmo com a chegada das vacinas, o retorno à rotina foi paulatino, ainda com a manutenção de medidas para diminuir a propagação do vírus.
      PubDate: 2022-06-15
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • A EFETIVAÇÃO DA LEI 12.244/2010 NAS ESCOLAS DO ESTADO DE
           PERNAMBUCO - BRASIL

    • Authors: Liliane Rodrigues de Assis Assis, ROSA CRISTINA CONCEIÇÃO
      Abstract: Este artigo apresenta uma reflexão sobre a biblioteca escolar e a lei 12.244/2010, assinalando a educação como sendo atividade fundamental e integrante do fazer bibliotecário. Portanto, propôs-se como objetivo geral, discutir a importância do reconhecimento da função educativa das Bibliotecas nas Escolas, visando contribuir para o bom aprendizado dos alunos. E, como objetivos específicos evidenciar o papel das Instituições na educação escolar e seus respectivos gestores, ressaltar a importância do (a) bibliotecário (a) junto aos educadores e também analisar a Lei 12.244/2010 e seu impacto nas Bibliotecas escolares. Para isso, realizou-se pesquisa bibliográfica e documental. Considerou-se, portanto, que esta lei aparece como um instrumento para que a biblioteca escolar possa de fato existir de forma quantitativa e qualitativa em nosso país, fazendo com que se respeite ainda a profissão dos bibliotecários, mas que a oferta de bibliotecários para as bibliotecas escolares precisa ser a de profissionais qualificados e competentes na sua própria aprendizagem ao longo da vida. PALAVRAS-CHAVE: biblioteca escolar. Bibliotecário escolar. Gestor escolar. Competência informacional. Educação. Lei 12.244/10.
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)1993
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • A CONTRIBUIÇÃO DO GESTOR ESCOLAR PARA A FORMAÇÃO DE
           ALUNOS LEITORES

    • Authors: Rosa Cristina da Conceição Conceição, Liliane Rodrigues
      Abstract: O artigo apresentou elementos para a discussão sobre a contribuição do gestor escolar na formação de alunos leitores, tendo como alternativa a contação de histórias. O objetivo geral é perceber a contribuição dos gestores escolares na formação de alunos leitores, incentivando a leitura na biblioteca. Foi realizada revisão bibliográfica sobre leitura e formação de alunos leitores, o papel do gestor na biblioteca escolar e contação de histórias dentro da biblioteca. Além disso, apresenta os dados e a análise de informações após aplicação de questionário, tendo como resultado a contribuição dos gestores escolares diretamente para a formação de alunos leitores e a conclusão da pesquisa com informações relevantes que visam contribuir com a otimização da pesquisa. Palavras-chave: Leitura. Contação de Histórias. Gestor Escolar. Biblioteca.
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)1996
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • NOTA DOS EDITORES

    • Authors: Beatriz Mesquita, Diogo Henrique Helal, Patrícia MariaUchôa Simões
      Abstract: Aproveitamos o cenário de mudança e, com esse número, a comissão editorial, que atuou na Revista Cadernos de Estudos Sociais (CES), desde final de 2017, despede-se. Foram quase cinco anos de trabalho dedicado aos leitores e leitoras da Revista, aos autores e autoras e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), procurando entregar artigos de qualidade e galgar em caminhos de melhoria de qualidade.
      PubDate: 2022-06-15
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • TRABAJO DOCENTE, DESIGUALDADES Y POLÍTICAS PÚBLICAS FRENTE A LA PANDEMIA
           COVID-19: EL CASO ARGENTINO

    • Authors: Nora Beatriz Gluz
      Abstract: O artigo apresenta uma análise de como se articularam antigas desigualdades relacionadas com a heterogeneidade do território, as assimetrias de gênero e a estrutura particular do trabalho docente do ensino médio, no quadro da continuidade pedagógica no contexto da Pandemia Covid-19. Centra-se no âmbito da gestão política da pandemia para abordar a multidimensionalidade dessas desigualdades, as dinâmicas emergentes do próprio contexto excepcional, bem como os atores afetados e implicados por / nas referidas políticas. O texto fundamenta suas reflexões nos resultados de um estudo sobre as condições e condicionantes da continuidade pedagógica na Província de Buenos Aires, Argentina. Focalizamos no ensino médio devido ao amplo consenso político quanto à necessidade de transformar a estrutura do corpo docente, debate que foi reativado no contexto da pandemia face à intensificação dessa tarefa. Para estudar as desigualdades territoriais, a pesquisa classificou o território heterogêneo de Buenos Aires em 4 grupos de acordo com o nível de vulnerabilidade que apresentam e aplicou pesquisas a professores e realizou entrevistas a professores e preceptores e grupos focais
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)2026
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL E PANDEMIA

    • Authors: Verônica Soares Fernandes
      Abstract: Uma das expressões do valor atribuído ao trabalho ocorre por meio do salário, da carreira e condições de trabalho. O Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN) para os profissionais do magistério público da Educação Básica, criado em 2008 nasce como resposta à demanda de valorização do trabalho docente. Esse artigo parte de um recorte da tese de Doutorado e tem como objetivo analisar a implantação da Lei do PSPN na rede estadual de Pernambuco, na busca de compreender até que ponto houve valorização do trabalhador docente e como a pandemia de covid-19 influenciou nesse aspecto. Como considerações, o avanço da luta da categoria com a aprovação da lei, mas desafios essenciais como a construção de planos de carreiras atrativos e viáveis, com políticas que deem sustentação como a de estímulo a formação em pós-graduação, além da atualização e ganho real do piso.
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)1974
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • O ENSINO REMOTO E A MECANIZAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE

    • Authors: Maria Elisian de Carvalho
      Abstract: O texto objetiva discutir, de forma breve, as questões que envolvem o ensino remoto desenvolvido durante a Pandemia da COVID-19, em intrínseca relação com a mecanização do trabalho docente, e sob o controle das decisões do mercado neste período pandêmico, em que alguns grupos se beneficiam dessas dificuldades para implantar um projeto de desestruturação da já precária educação pública, sob o comando de organismos internacionais e corporações voltadas para venda de insumos curriculares. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, de abordagem qualitativa e conclui que diante do quadro vivenciado, os professores desenvolvem atividades de forma mecanizada, pois tem diante de si a máquina, mas apenas como artefato simples da produção mecanizada, mecanizando-se e reagindo mecanicamente, assim como grande parte dos estudantes, tendo em vista que se tornam apenas um elemento do processo, perdendo, em parte, a essência do trabalho docente e sua natureza.
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)1985
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • EL AULA EN SU ENCRUCIJADA: NOTAS MÁS ACÁ Y MÁS ALLÁ DE
           LA PANDEMIA

    • Authors: Cecilia Sánchez
      Abstract: El artículo reflexiona sobre los efectos de la pandemia por Covid 19 en las temporalidades y territorialidades escolares, a partir de parte del material de campo de una investigación en curso en un barrio de la periferia de la ciudad de Montevideo, en la que se buscan conocer las experiencias educativas de docentes y estudiantes durante la emergencia sanitaria. En ocasión de este texto, el foco está ubicado en el aula y en los sentidos en tensión que la atraviesan, prestando particular atención a cómo esos sentidos se articulan en un contexto de suspensión de la presencialidad de las clases. El proyecto se realiza en el marco del Núcleo de Investigación e intervención en Educación y Territorio del Programa Integral Metropolitano de la Universidad de la República (PIM-UDELAR), un programa territorial ubicado en la periferia noreste de Montevideo. Palabras clave: pandemia; aula; temporalidades; sentidos.
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)1997
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • A INVIABILIDADE DO ENSINO DOMICILIAR ATRAVÉS DOS RESULTADOS DO ENSINO
           REMOTO NA PANDEMIA DE COVID-19

    • Authors: Hellen Martins Quadros
      Abstract: O objetivo deste artigo é apresentar os impactos na educação advindos pelo ensino remoto, autorizado no Brasil em decorrência da instalação da pandemia de COVID-19, de modo a identificar, nos pontos convergentes, quais sejam, participação familiar, interação social, acesso às ferramentas pedagógicas necessárias e à alimentação, se o ensino domiciliar, denominado em inglês de homeschooling, mostra-se favorável ao contexto educacional brasileiro. A metodologia foi descritiva com abordagem qualitativa, através de pesquisa bibliográfica e documental. Pelo estudo, pretende-se contribuir com as reflexões sobre a estruturação e criação de políticas públicas educacionais efetivas, que considerem o cenário social e econômico brasileiro, que garantam uma educação ampla, democrática e de qualidade. Aponta-se, como resultado, que ambas modelagens de ensino representam um projeto elitista de educação, impactando negativamente na saúde emocional/mental dos alunos.
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)2018
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • PANDEMIA DA COVID-19 COMO HOLOFOTE PARA PRÁTICAS DA
           EDUCAÇÃO INFANTIL

    • Authors: EMILIA JULIANA CORREIA DO NASCIMENTO, DÉBORA DA ROCHA CORDEIRO ALVES
      Abstract: O setor educacional foi fortemente impactado pela pandemia do covid-19. Para além dos retrocessos nas políticas públicas do atual governo que desvalorizam a educação e seus profissionais, no contexto pandêmico, as desigualdades sociais se tornaram ainda mais evidentes. A Educação Infantil, que vem buscando, há décadas, se consolidar enquanto modalidade com especificidades próprias, tem seu currículo brutalmente ameaçado pela proposta de trabalho remoto que coloca em cheque as interações e brincadeiras que estão no cerne da prática pedagógica. O artigo propõe relatar a experiência vivenciada em um centro municipal de educação infantil, ao mesmo tempo que reflete sobre tensões que perpassam a prática docente. Apoiadas em autores como  Batthyány (2020), Campos (2020), Corsaro (2011), Maudonnet (2019), Morin (2000) entre outros, o debate  evoca o  ato político  (FREIRE, 1993) para ouvir as vozes das crianças mesmo num contexto pandêmico e em direção ao contraditório, lutar pelo respeito à infância na sua integralidade.
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)2020
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
  • POLÍTICAS EDUCATIVAS Y PEDAGOGÍAS EN TIEMPOS DE PANDEMIA EN ARGENTINA:
           SOBRE LOS COMBATES POR LO ESCOLAR

    • Authors: Alejandro Vassiliades
      Abstract: A pandemia de Covid 19 afetou amplamente todos os aspectos da vida humana em todo o mundo. Os processos de escolarização não foram exceção, vendo a presença de alunos e professores em sala de aula interrompida de forma inédita na maioria dos países. Diante desse cenário comum, os Estados adotaram diversas medidas de política educacional em relação à (des) continuidade pedagógica em tempos de isolamento social, levando em conta várias perspectivas sobre o cuidado à população, o lugar que a escola pode e deve ocupar e quais as desigualdades. teve que ser enfrentado. Este artigo tem como objetivo oferecer uma análise das formas como essas questões foram tramitadas pelo Estado argentino e as diretrizes político-pedagógicas que foram seguidas, reconstruindo a situação educacional anterior à pandemia que o governo enfrenta ao tomar posse, o lugar de. o nacional e o federal em suas definições, as modificações no formato escolar propostas por ocasião da pandemia, as formas como o raciocínio em torno da escola continuou em vigor nas respostas construídas e as tensões entre o comum e as desigualdades que foram criados. implantados.
      PubDate: 2022-06-15
      DOI: 10.33148/CES25954091V36n2(2021)2029
      Issue No: Vol. 36, No. 2 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 44.200.175.255
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-