Journal Cover
Revista Desenvolvimento Social
Number of Followers: 1  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2179-6807
Published by Universidade Estadual de Montes Claros Homepage  [14 journals]
  • O cartaz #elenão como etiqueta comunicacional e de insurgência

    • Authors: Gustavo Souza Santos
      Abstract: Em setembro de 2018, o movimento #EleNão se difundiu pelos 27 distritos brasileiros e algumas cidades do exterior em protesto contra a agenda política do então candidato à presidência da República Jair Bolsonaro. Um cartaz de origem digital, amplamente difundido nas redes sociais e em materiais gráficos, com a vocalização "Ele Não" tornou-se a etiqueta de insurgência para a mobilização em rede.  A proposta do trabalho foi refletir esta perspectiva considerando a enunciação de vocabulários, palavras de efeito e estéticas políticas nas mobilizações contemporâneas e suas possíveis relações com os sujeitos, sua agência e os espaços de mobilização reticulada. 

      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Descentralização da gestão financeira da educação
           básica

    • Authors: João Uarinhenga; Rosenilton Silva de Oliveira
      Abstract: O objetivo deste artigo é refletir sobre o modo pelo qual o Estado angolano tem desenvolvido seu projeto de descentralização da gestão do ensino, especificamente no que tange a administração dos recursos financeiros com vistas a efetivação dos objetivos gerais da educação nacional, preconizadas na legislação. Partiu-se da revisão bibliográfica, análise documental e da pesquisa-ação, tendo como campo empírico de observação o município do Lubalo (Província da Lunda-Norte, Angola). Argumentou-se que tal perspectiva é benéfica para a consecução de projetos locais que visem a superação das desigualdades, nomeadamente aquelas do campo educacional, como demonstram os dados da cidade do Lubalo. As considerações finais apontam para o fato de que, no contexto estudado, a efetivação de uma administração descentralizada, embora salutar, esbarra em dois desafios estruturantes: as limitações orçamentárias e a política de distribuição de recursos a partir de uma classificação prévia dos municípios que favorece as regiões que possuem maior infraestrutura.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Desafios freireanos

    • Authors: Silvana Bezerra de Castro Magalhães
      Abstract: O presente artigo é um ensaio teórico interdisciplinar, que se propõe a discutir as bases atuais da sociedade (anti) democrática brasileira e como esta engendra relações autoritárias e violentas. O contexto atual brasileiro tem sinalizado um quadro assustador marcado por relações violentas e antidemocráticas nos mais diversos setores sociais. Discute-se, a partir dessa problemática tão atual, os conceitos de democracia e sociedade democrática como base necessária para a construção de relações dialógicas na sociedade como um todo, e especificamente no contexto pedagógico educacional. Apresenta uma discussão a partir do pensamento freireano e suas amplas e pertinentes dimensões das relações dialógicas e antidialógicas que podem ser construídas na sociedade, em contraposição à relações baseadas na violência e nos silenciamentos de determinados setores sociais cada vez mais invisibilizados. Discute-se, em diálogo com outros autores, os conceitos de Liberdade, utopia e humanização como possibilidades de transformação e luta em tempos de violência e ódio.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Origem e constituição histórica das devoções
           santeiras em Minas Gerais

    • Authors: João Valdir Alves de Souza
      Abstract: É entendimento corrente o fato de a sociedade brasileira ser predominantemente católica. Esse catolicismo, contudo, é historicamente marcado por dois subsistemas que disputam espaços de poder e influência: um institucional, centrado nos sacramentos e na mediação do clero, e outro popular, de corte devocional, centrado no culto aos santos. Essas devoções santeiras resultaram basicamente da ação dos próprios colonizadores que vieram para o Brasil trazendo sua fé, seus santos e respectivas crenças, festas, promessas e penitências. Longe do catolicismo institucional e dos regulamentos do Vaticano, essas práticas religiosas diversificaram-se ainda mais quando se fundiram com elementos religiosos de indígenas e africanos. Em Minas Gerais, onde as ordens religiosas foram proibidas de se instalar ao longo do século XVIII, foram criadas ordens terceiras, irmandades e associações religiosas de toda espécie. Isso fez com que frutificasse um catolicismo leigo ou catolicismo popular que coube ao Vaticano tentar enquadrar, sobretudo a partir do final do século XIX, naquilo que ficou conhecido como “romanização do catolicismo”.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Mortalidade infantil em municípios da microrregião da Serra
           Geral, Minas Gerais

    • Authors: Warlleis Souza Santos; João Victor Leite Dias, Herton Helder Rocha Pires
      Abstract: Vários indicadores de saúde têm sido utilizados como instrumento para o monitoramento da qualidade de vida das populações. Entre estes indicadores, a taxa de mortalidade infantil é um dos principais, pois revela a qualidade dos serviços de saúde, saneamento básico e educação de uma determinada região. Essa taxa é apresentada por meio de dados epidemiológicos que quantificam as mortes no primeiro ano de vida, dentre todos os nascidos vivos no mesmo espaço de tempo. O presente trabalho avaliou a mortalidade infantil nos 16 municípios que integram a microrregião da Serra Geral de Minas Gerais, localizada em sua totalidade no norte do estado. O estudo foi do tipo ecológico, realizado sob uma perspectiva observacional com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados no período de 2008 a 2016, mostrando que 469 crianças morreram. A maioria dos óbitos ocorreram em crianças do sexo masculino, após o parto, no período neonatal e em ambiente hospitalares. As principais causas de mortalidade foram afecções perinatais e as malformações congênitas, deformidades e anomalias cromossômicas. Os municípios que apresentaram maior taxa de mortalidade infantil foram Pai Pedro e Manga, sendo esta taxa considerada como média, conforme classificação da Organização Mundial de Saúde. Os resultados mostraram que mesmo com diminuição nas taxas de mortalidade infantil nos municípios da microrregião da Serra Geral, ainda existem óbitos infantis por causas evitáveis. Tal fato pode sinalizar a necessidade de investimentos na assistência à saúde nesta região.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • O catador de materiais recicláveis no município de Ponta Grossa,
           Paraná

    • Authors: Reidy Rolim de Moura; Karoline Dutra Szul, Thais Sanson Sene
      Abstract: A política pública social constitui-se em um dos pilares do Estado e volta-se para a provisão de recursos destinados a ações redistributivas que possibilitem meios de subsistência hábeis a alcançar e garantir equidade mínima na sociedade. Nesta ótica, o presente trabalho busca trazer uma reflexão acerca da aplicação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) no município de Ponta Grossa/PR em relação aos catadores de materiais recicláveis da Associação de Recicladores Rei do Pet (ARREP). A partir de uma revisão bibliográfica e documental, com a coleta de dados nos bancos da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa-PR e aplicação de questionário semi-estruturado aos associados da ARREP, passou-se à confrontação de tais dados com os critérios da PNRS quanto à segurança alimentar, acesso a benefícios sociais e rede de atendimento municipal, os quais demonstraram como resultados a vulnerabilidade dos associados e como a aplicação da PNRS ainda é frágil e desarticulada no município de Ponta Grossa-PR, pois os catadores ainda enfrentam dificuldades primárias, como o baixo rendimento a partir da venda dos materiais e a ausência de autonomia da associação frente ao poder público, as quais obstam o pleno acesso a direitos e à cidadania.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Editorial

    • Authors: Giancarlo Marques Carraro Machado
      Abstract: Editorial do v. 26, n. 2 (2020).
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • As palavras da selva

    • Authors: Daysi Tatiana Andrango Quisaguano
      Abstract: Neste livro, os autores apresentam uma profunda avaliação psicossocial do impacto das explorações petroleiras e de seus efeitos sobre a vida das comunidades Amazônicas do Equador ao longo da operação da empresa Texaco. A obra, apresenta a luta histórica por respeito à natureza e às comunidades. Eles trazem um modelo de análise no território com trabalho de campo, conversando com cada um dos afetados e visitando os cenários de contaminação. O livro também argumenta as análises com revisão de documentação da época, com imagens, enquetes e depoimentos com uma perspectiva cronológica até 2009. Mas é necessário, pois, pensar que o enclave econômico pela exploração do petróleo tem consequências ao logo da vida. O livro analisou até 2009, mas no momento de escrever a resenha, as crises seguem com a mesma magnitude.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • A simplicidade, também, constrói culturas e distingue a personalidade
           social entre gêneros

    • Authors: Denise Figueiró Mendes
      Abstract: Qual é o papel do homem e qual é o papel da mulher numa sociedade' Que comportamentos esperamos e desejamos que um homem e uma mulher apresentem' Qual ou quais comportamentos seriam apropriados a ambos' Deveriam estes comportamentos serem, desejavelmente, distintos devido às diferenças entre os gêneros' Partindo dessas questões, meu propósito é resenhar a grande obra Sexo e Temperamento em Três Sociedades Primitivas (1969), escrita pela antropóloga norte-americana Margaret Mead (1901-1978), no qual a autora traz a ideia da simplicidade com que o homem constrói sua cultura e como essa cultura pode enredar segurança e compreensão sobre os papeis dos homens e das mulheres.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Apresentação do Dossiê

    • Authors: Paulo Beer; Pedro Oliveira Obliziner
      Abstract: Apresentação do dossiê temático “Movimentos sociais, sofrimento e conflito: por uma escuta que potencialize a luta", organizado pelos pesquisadores Paulo Beer (LATESFIP-USP) e Pedro Oliveira Obliziner (LATESFIP-USP).
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Abrindo brechas

    • Authors: Victor Barão Freire Vieira; Pedro Oliveira Obliziner, Anita Vaz
      Abstract: Seguindo o trabalho do coletivo Margens Clínicas de atenção em saúde mental a uma população oprimida pela violência política e injustiça social, somos levados a questionar o ponto de intersecção entre o campo da saúde e o campo da justiça.  O artigo é desenvolvido a partir de uma crítica à justiça tradicional como meio puramente punitivista, desigual e que tem, como prioridade, a manutenção do capital e da propriedade privada. Considerando isto, apresentamos algumas formas alternativas mais comuns, como a Justiça Restaurativa, encontramos nelas boas diretrizes e contribuições para uma prática de justiça, mas também certas limitações. É sobre essas limitações que desenvolvemos uma pesquisa há um ano e meio e apresentamos aqui resultados parciais, no esforço de desenvolvimento de uma prática de justiça alternativa e comunitária que se utilize das discussões sobre o abolicionismo penal, de uma crítica materialista histórica do Estado e de contribuições de psicanálise implicada politicamente.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Os estudados e a psicanálise em movimentos sociais

    • Authors: Cristiane Izumi Nakagawa; Danielle Teixeira Gimenes, Fabio Carezzato, Paulo Antonio de Campos Beer, Yuri Nishijima Azeredo
      Abstract: O objetivo deste artigo é discutir alguns pontos que envolvem o trabalho psicanalítico em situações de vulnerabilidade e violência social. Propostas nessa direção têm ganhado corpo em diversas iniciativas, e daremos foco aqui ao trabalho que vem sendo realizado pelo Núcleo de Estudos e Trabalhos Terapêuticos (NETT). Entre as muitas questões que poderiam ser assinaladas, daremos especial atenção à compreensão dos atravessamentos de questões sociais no processo analítico, em particular o lugar social do saber e sua relação com o estabelecimento da transferência. Será discutido como a circulação da clínica psicanalítica em lugares historicamente não habitados por ela parece simultaneamente demandar o aprofundamento de certas temáticas, e oferecer possibilidades de avanços a outras.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • As faces opressoras de uma prática dogmática

    • Authors: Gabriel Martins Lessa; Isabela Zeato Passos, João Luis Sales Sousa, Pablo Kaique Angelin Godoi, Yasmin Gabrielly Gomes dos Santos
      Abstract: Este artigo faz uma articulação entre a psicanálise e estudos de estruturas opressoras. Consiste em um levantamento bibliográfico e um breve relato da experiência clínica de um coletivo de atendimento analítico na cidade de São Paulo. Sendo que o objetivo principal é apontar, criticamente, a forma de atuação da psicanálise com a população periférica. Assim como, apresentar a dinâmica grupal e a forma de atuação deste coletivo. Foi utilizado, para tanto, concepções de estudos de opressões raciais, de forma a delimitar uma análise do que fora percebida a partir do sofrimento psíquico dos sujeitos em questão. Assim como, resultados da própria experiência do que emergiu como um todo na clínica do coletivo. A partir dessas contribuições, foi possível identificar as lacunas entre o saber e sua prática, na psicanálise, assim como apontar diretrizes balizadoras para um fazer que pretende se atualizar para que consiga dar conta das subjetividades presentes em sua época e território.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Roda terapêutica das pretas

    • Authors: Ana Carolina Barros Silva
      Abstract: A Roda Terapêutica das Pretas, desde a sua fundação, no ano de 2016, carrega em sua existência e resistência uma denúncia: o adoecimento psíquico do povo negro, pobre e periférico é um projeto político. Escolhemos escutar, cuidar e acolher mulheres negras moradoras de bairros periféricos da cidade de São Paulo como um posicionamento clínico, ético e político. O mesmo posicionamento perpassa também as decisões acerca da composição do nosso corpo clínico: somos psicólogas negras implicadas na luta antirracista que compreendem o afeto, o cuidado e a atenção à saúde mental como questões políticas, pautas de luta e militância diária, além de ferramentas de produção de novos horizontes possíveis para o nosso povo. Nesse sentido, a Roda Terapêutica das Pretas acredita que para construir outros sentidos e lógicas de dinâmicas sociais, precisamos estar, ao mesmo tempo, comprometidas com a clínica, bem como com a luta política por transformação social e igualdade radical.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • CAPS II CaisMental Centro

    • Authors: Nilson Sibemberg
      Abstract: Este texto propõe uma reflexão sobre as condições históricas da criação de um CAPS II, o CAPS Caismental Centro, de Porto Alegre nos primeiros anos da reforma psiquiátrica brasileira, na tensão entre as esferas do poder político, da administrativo e clínico. Aborda também os princípios fundantes que nortearam a estruturação de uma equipe interdisciplinar e a elaboração dos dispositivos institucionais e clínicos que viriam constituir o modo de funcionamento deste equipamento público de atenção psicossocial.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
  • Miséria, dialética e libertação

    • Authors: David Pavón Cuéllar; Ian Parker; Paulo Beer
      Abstract: Este artigo argumenta que Freud não aceitou a esfera da “psicologia” como algo dado, que poderia ser conhecido objetivamente. Tampouco ele a via como algo unitário que seria sempre o mesmo e em qualquer pessoa. Ao invés disso, ofereceu ideias valiosas sobre a natureza humana da miséria enquanto algo histórico, sobre o processo dialético através do qual podemos entender a miséria como algo condensado em sintomas, e sobre a relação entre compreensão e libertação. Nós argumentamos que a psicanálise precisa ser recriada por nós enquanto uma ferramenta de trabalho radical sobre a subjetividade para derrubar as condições existentes. Argumentamos em favor de uma compreensão dialética da psicanálise como uma ferramenta e um resultado; essa ferramenta é o resultado das elaborações teóricas de Freud e seus seguidores, que nos permitiram usá-la para um trabalho radical na clínica e em movimentos de libertação. Ela torna possível uma “subjetividade revolucionária”, um “sujeito revolucionário”.
      PubDate: sex, 16 abr 2021 00:00:00 +000
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.118.225
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-