Publisher: Universidade Federal do Amapá   (Total: 10 journals)   [Sort alphabetically]

Showing 1 - 10 of 10 Journals sorted by number of followers
Biota Amazônia     Open Access   (Followers: 5)
Fronteiras & Debates     Open Access   (Followers: 2)
Ciência Equatorial     Open Access   (Followers: 1)
Estação Científica (UNIFAP)     Open Access   (Followers: 1)
IAÇÁ : Artes da Cena     Open Access   (Followers: 1)
Science and Knowledge in Focus     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Administração Geral     Open Access  
Planeta Amazônia : Revista Internacional de Direito Ambiental e Políticas Públicas     Open Access  
Letras Escreve     Open Access  
PRACS : Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP     Open Access  
Similar Journals
Journal Cover
Science and Knowledge in Focus
Number of Followers: 1  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2594-9233
Published by Universidade Federal do Amapá Homepage  [10 journals]
  • Guidelines for authors, v. 2, n. 1, 2019

    • Authors: Simone Almeida Delphim
      PubDate: 2019-09-27
      Issue No: Vol. 2, No. 1 (2019)
       
  • Expedient - v. 2, n. 1, 2019

    • Authors: Simone Almeida Delphim
      Pages: 01 - 02
      PubDate: 2019-09-27
      Issue No: Vol. 2, No. 1 (2019)
       
  • Editorial, v. 2, n. 1, 2019

    • Authors: Eliane Leal Vasquez, José Sávio Bicho, Simone de Almeida Delphim Leal
      Pages: 03 - 04
      PubDate: 2019-09-27
      Issue No: Vol. 2, No. 1 (2019)
       
  • Dificuldade de estudante em resolver equação quadrática no ensino
           médio: Uma pesquisa quantitativa

    • Authors: Ramon Gabriel Santos de Brito, Maurício Neves Branco, Estela Márcia Santos de Brito
      Pages: 05 - 17
      Abstract: O artigo discute as dificuldades de estudantes em resolver equação quadrática no Educação Básica. Para realizar da pesquisa quantitativa, dois instrumentos de coleta de dados foram aplicados no ano de 2017 para 100 estudantes do 1o ano do ensino Médio, em uma escola pública, na cidade de Barcarena, em Belém-PA. Apenas seis questões da coleta de dados foram selecionadas para análise das respostas, com base no método estatístico e organização dos dados por meio de gráficos de setores e frequências relativas. Os resultados desta pesquisa indicam que os estudantes têm dificuldades em interpretar problemas algébricos, mas também aqueles que são apresentados na forma de textos e que são modelados por ax² + bx + c = 0. Nesta lei de formação, os seus coeficientes são números reais e o valor do coeficiente “a” é diferente de zero. Este resultado indica que os estudantes pouco lembram sobre este assunto do Ensino Fundamental. Além disso, os estudantes têm dificuldade em resolver equação quadrática pela Fórmula Geral. O resultado sugere que os professores de matemática devem diversificar mais a escolha das estratégias de ensino para equação quadrática, visando garantir a aprendizagem de cálculos algébricos.
      PubDate: 2019-09-27
      DOI: 10.18468/sc.knowl.focus.2019v2n1.p05-17
      Issue No: Vol. 2, No. 1 (2019)
       
  • Modelagem matemática do processo de hidrólise da produção de etanol
           por meio do mecanismo enzimático de Michaelis-Menten

    • Authors: Mattheus Lustosa de Melo Machado, Ranon de Souza Gomes
      Pages: 19 - 30
      Abstract: Este artigo tem como objetivo modelar o processo de hidrólise da produção de etanol que se faz a partir de fontes vegetais como a batata, o milho, a mandioca e a cana-de-açúcar. Utilizamos o mecanismo enzimático proposto por Michaelis-Menten para desenvolver um modelo matemático formado por um sistema de equações diferenciais não lineares. Com aplicação do método, obtivemos duas soluções, uma solução analítica obtida extraindo relações de conservação de massa referente as espécies químicas envolvidas na reação enzimática e admitindo uma hipótese de estado estacionário, outra numérica obtida através do método numérico de Runge-Kutta Clássico de 4ª ordem. Os resultados obtidos estão de acordo com dados encontrados na literatura para diferentes concentrações das espécies envolvidas no processo de hidrólise. Tais resultados nos permitem uma melhor análise e otimização do processo de produção do etanol, visto que a hidrólise enzimática apresenta uma vantagem de sustentabilidade. Além disso, não provoca a quebra de moléculas da enzima por não exigir altas temperaturas e pressão. O etanol é uma alternativa para diminuir problemas ambientais e energéticos no mundo, considerando a escassez e alta dos preços dos combustíveis fósseis, além da poluição causada por eles. Logo, a produção de bioetanol ganha grande interesse no mercado nacional.
      PubDate: 2019-09-27
      DOI: 10.18468/sc.knowl.focus.2019v2n1.p19-30
      Issue No: Vol. 2, No. 1 (2019)
       
  • Educação Intercultural e Etnomatemática: Estudo sobre
           grafismo indígena

    • Authors: Cristiane do Socorro dos Santos Nery
      Pages: 31 - 47
      Abstract: Este artigo apresenta os resultados parciais do projeto de pesquisa “Formação Docente Indígena: história e memória de discentes do CLII-UNIFAP”, registro PVO341/2018. Os dados coletados foram obtidos a partir de pesquisa bibliográfico e documental, com seleção de monografias defendidas por estudantes indígenas da Universidade Federal do Amapá, livros e artigos sobre educação intercultural, interculturalidade crítica e etnomatemática, como parte do material do estudo. Na análise de dados, o método de mapas conceituais foi aplicado, considerando duas categorias: 1- Grafismos, simbologias e etnomatemática dos povos indígenas do Amapá e norte do Pará, e, 2- Padrões geométricos e grafismos na produção de artefatos e pinturas indígenas como temáticas nas discussões em antropologia, etnomatemática e arte. O resultado aponta a presença de padrões geométricos nos grafismos, artefatos e artesanatos indígenas, como por exemplo, no mastro decorado do Turé, em bancos, cestos, pulseiras e cuias, mas também na pintura corporal, cerâmicas e esculturas. Esses padrões são motivos geométricos e representam ícones, a fauna, os caminhos, a flora, os rastros de animais ou os elementos naturais como nuvens, estrelas, entre outros aspectos representados nos desenhos dos grafismos. Outra meta do estudo é motivar os estudantes indígenas a discutir, planejar e desenvolver as práticas pedagógicas indígenas no ensino de matemática.   
      PubDate: 2019-09-27
      DOI: 10.18468/sc.knowl.focus.2019v2n1.p31-47
      Issue No: Vol. 2, No. 1 (2019)
       
  • Caminhos Investigativos em Etnomatemática: Perspectivas, experiências e
           teorizações

    • Authors: José Roberto Linhares de Mattos, José Sávio Bicho
      Pages: 49 - 57
      Abstract: Esta entrevista narrativa documenta questões relacionadas aos caminhos investigativos em Etnomatemática a partir do diálogo virtual entre José Roberto Linhares de Mattos e José Sávio Bicho, com base no ponto de vista do primeiro autor. No período de maio a junho de 2019, a entrevista foi realizada por e-mail, com finalidade de atender convite para publicação de entrevista na Ciência e Saber em Foco. A textualização da entrevista destaca um olhar especializado sobre a pesquisa em etnomatemática, focando perspectivas, experiências e teorizações, além de engendrar itinerários e olhares a partir de vivência e trajetória profissional do professor e pesquisador que concedeu a primeira entrevista à revista eletrônica do Curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Federal do Amapá.   
      PubDate: 2019-09-27
      DOI: 10.18468/sc.knowl.focus.2019v2n1.p49-57
      Issue No: Vol. 2, No. 1 (2019)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.238.99.243
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-