Journal Cover
Researches in Mathematics
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 2664-4991 - ISSN (Online) 2664-5009
Published by Oles Honchar Dnipropetrovsk National University Homepage  [7 journals]
  • Caracterização de um Latossolo Vermelho distroférrico no município de
           Tangará da Serra, Mato Grosso

    • Authors: Diego Fernando Daniel, Rivanildo Dallacort, João Danilo Barbieri, Paulo Sérgio Lourenço de Freitas, Marco Antonio Camillo de Carvalho, Alcir José Modolo, Oscar Mitsuo Yamashita
      Abstract: O objetivo desse trabalho foi caracterizar um Latossolo Vermelho distroférrico quanto às suas propriedades físico-hídri- cas. A amostragem do solo foi efetuada em uma área de cultivo agrícola no campo experimental da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) em Tangará da Serra - MT. Foram coletadas amostras deformadas e indeformadas de solo nas camadas de 0-10, 10-20, 20-30, 30-40 e 40-50 cm. Os atributos do solo analisados foram textura, densidade do solo, umidade volumétrica, macroporosidade, microporosidade, porosidade total, capacidade de campo, ponto de murcha permanente, resistência do solo à penetração, capacidade de água disponível, disponibilidade total de água e velocidade de infiltração básica. Para cada variável avaliada, foi realizada a análise de variância e a comparação de médias (Tukey p<0,05). O Latossolo Vermelho distroférrico do local de estudo possui textura muito argilosa. Para o teor de argila encontrado, a densidade crítica é de 1,34 kg dm-3. A capacidade de campo do solo é de 0,3490 m3 m-3, o ponto de murcha permanente é de 0,2083 m3 m-3, com capacidade de água disponível de 82,45 mm. A resistência do solo à penetração encontrada classifica-o com resistência moderada. A velocidade de infiltração básica do solo (VIB) foi de 25,91 mm h-1, classificada como VIB alta.
      PubDate: 2022-09-22
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.39613
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Produção de forragem e eficiência no uso do nitrogênio
           em capim-corrente

    • Authors: Maikom Bruno Gonçalves, Ingrid Souza Silva, Alessandro José da Silva, André Felipe Ferreira dos Santos, Henrique Junio Soares Santos, Mário Henrique França Mourthé, Thiago Gomes dos Santos Braz
      Abstract: Objetivou-se testar o efeito de doses de nitrogênio (N) sobre a produção, composição morfológica, estrutura e eficiência no uso do N (EUN) em capim-corrente (Urochloa mosambicensis). Foi utilizado delineamento em blocos ao acaso com seis repetições e seis tratamentos referentes às doses de 0, 25, 50, 75, 100 e 125 mg/dm³ de N. O experimento foi conduzido em casa de vegetação e o N foi aplicado por solução nutritiva. Houve efeito significativo do N sobre as variáveis de produção, composição morfológica e características estruturais, exceto para porcentagem de folhas. As doses de N estimularam linearmente a massa seca total (MST), que aumentou 224,11% com a aplicação de 125 mg/dm3. Também houve efeito positivo sobre o número de perfilhos, que aumentou 82,60%. O uso de 125 mg/dm³de N aumentou o número de inflorescências em 712,29%. Houve aumento significativo da proporção de colmos e inflorescência nas plantas adubadas com N. O Kd, valor estimado que corresponde a dose de N necessária para a obtenção da metade da produção máxima teórica de MST (13.157,8 mg/vaso), correspondeu a 27,72 mg/dm3 de N. Para essa dose, a eficiência aproximada no uso do N foi de 40,5 mg de MST para cada mg de N. O N aumenta linearmente a produção de massa seca total e de folhas, mas o aumento está associado a maior proporção de colmos e inflorescências na forragem. O aumento da dose de N reduz a EUN, sendo recomendadas doses de 27,72 mg/dm³ e 23,03 mg/dm³ para se otimizar a produção de massa seca total e de folhas do capim-corrente, respectivamente.
      PubDate: 2022-07-28
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.38750
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Análise de adequação da composição paisagística ao semiárido de
           praças em Montes Claros

    • Authors: Luana Rocha Gonçalves, Elka Fabiana Aparecida Almeida, Márcia de Nazaré Oliveira Ribeiro, Nara Vanessa Fraga Xavier, Rúbia Santos Fonseca
      Pages: 1 - 15
      Abstract: Áreas verdes públicas como praças, principalmente em regiões semiáridas devem ser planejadas com a escolha de espécies mais resistentes e que exijam menos mão de obra e água para irrigação. O objetivo desse trabalho foi analisar a adequação de três praças públicas de Montes Claros às condições climáticas locais e o potencial para a inserção de jardins sustentáveis nesse município. Três praças de Montes Claros, Sudeste do Brasil, cujo bioma é o Cerrado, foram avaliadas quanto ao número total de indivíduos (árvores, palmeiras, arbustos, trepadeiras e plantas herbáceas) e analisadas de acordo com a literatura quanto a sua classificação em relação à origem (exótica ou nativa), tolerância à seca e aos benefícios que trazem à fauna. Dentre as praças estudadas, observou-se que a Duque de Caxias foi a que apresentou maior porcentagem de plantas tolerantes à seca e que trazem benefícios à fauna proporcionalmente ao número total de plantas. Essa praça também foi a que apresentou maior porcentagem de plantas nativas (25,93%), entretanto esse valor ainda é baixo para as condições edafoclimáticas da região, que devido à escassez de água, requer maior número de plantas nativas tolerantes à seca. Conclui-se que as praças estudadas apresentam grande número de plantas exóticas e exigentes em manutenção e por isso há necessidade da substituição gradual das mesmas em projetos paisagísticos sustentáveis, principalmente com o uso de maior número de espécies nativas adequadas às condições semi-áridas.
      PubDate: 2022-10-31
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.40530
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Técnicas e tecnologias de mitigação de gases na
           produção animal

    • Authors: João Vitor França Pirola, Cristiana Andrighetto
      Pages: 1 - 8
      Abstract: A utilização de práticas e recursos para diminuir as emissões de gases de efeito estufa na agropecuária é assunto de grande importância nos dias de hoje, pois, em nível de opinião pública e internacional são mais vistas de forma nega- tiva, sendo representada como uma ameaça ao meio ambiente e uma das responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa no Brasil. O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão de literatura abordando o conhecimento desses fatores é a importância para que se realize o manejo mais adequado e utilize tecnológicas no campo que possam contribuir para mitigação de gases. Nesta revisão aborda-se práticas de manejo, como utilização de suplementos múltiplos com intuito de aumentar a produtividade e redução das emissões de gases pelo aumento da produção de propionato e aditivos moduladores de fermentação ruminal que além de aumentar a produtividade diminuem a perda de carbono pela rota de fermentação dos glicídios, contribuindo também para uma atividade sustentável, produtiva e rentável que são os pilares da sustentabilidade.
      PubDate: 2022-10-31
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.40748
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Avaliação dos produtos agrícolas comercializados na feira do produtor
           no município de Santa Fé do Sul - SP, Brasil

    • Authors: Laile Caroline Alves Ramos, Lara Leticia Silva Lima, Jaqueline Bonfim de Carvalho, Camila Fernandes Ferreira Aparecido
      Pages: 1 - 8
      Abstract: A preocupação por consumo de alimentos de qualidade, bem como alimentos orgânicos tem tomado grandes propor- ções, principalmente pela preocupação em manter hábitos mais saudáveis. Os alimentos orgânicos têm se destacado por não conter fertilizantes, agrotóxicos, pesticidas e outros sintéticos na sua cadeia de produção. A presente pes- quisa tem como objetivo avaliar a comercialização de produtos agrícolas convencionais e orgânicos no município de Santa Fé do Sul/SP na feira do produtor rural. Foram aplicados questionários com questões abertas e fechadas a 12 feirantes que comercializam exclusivamente produtos agrícolas. Com a análise dos dados foi possível notar que há o predomínio de pessoas do sexo masculino, com idade superior a 50 anos. A grande maioria utiliza na propriedade a mão de obra familiar, e os produtos convencionais tem um pequeno destaque em relação aos orgânicos, em ambos os sistemas de produção há o predomínio da comercialização por folhosas. Os problemas citados pelos produtores são a falta de água, prejudicando a colheita dos produtos e subsequência venda/comercialização. Como conclusão espera-se que esses comerciantes/produtores recebam uma melhor assistência técnica para suprir eventuais necessidades na propriedade, para que reflitam em melhoria na disponibilidade e comercialização dos produtos.
      PubDate: 2022-10-27
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.40815
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Morfometria da sub-bacia hidrográfica do ribeirão São Domingos, no
           município de Muniz Freire (ES)

    • Authors: Caio Henrique Ungarato Fiorese, Tiago Oliveira de Aguilar
      Pages: 1 - 7
      Abstract: O objetivo desta pesquisa foi avaliar alguns parâmetros morfométricos da sub-bacia hidrográfica do ribeirão São Domingos (BHRSD), a fim de apoiar melhorias a respeito da conservação dos recursos naturais e contribuir para levantamento da potencialidade a ocorrência de problemas ambientais. Os procedimentos ocorreram no programa ArcGIS®. A BHRSD foi delimitada para, em seguida, serem estimados os parâmetros: área e perímetro, coeficiente de compacidade, fator de forma, índice de circularidade, coeficiente de manutenção, altitude, declividade, índice de rugosidade, comprimento e número dos canais d’água, extensão do percurso superficial e densidades de drenagem e hidrográfica. A BHRSD possui muito baixa susceptibilidade a enchentes e é bem drenada. Cada gota d’água percorre cerca de 180 m até atingir o canal hídrico, favorecendo o escoamento superficial. As elevadas amplitudes altimétrica e clinométrica indicam irregularidades topográficas e potencialidade à erosão, sendo este o principal problema. A manutenção de uma cobertura vegetal mais densa junto com práticas corretas de manejo agropecuário são medidas importantes.
      PubDate: 2022-09-22
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.37152
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Potencial natural à erosão na sub-bacia hidrográfica do córrego Rico,
           no município de Muniz Freire (ES)

    • Authors: Caio Henrique Ungarato Fiorese, Tiago Oliveira de Aguilar
      Pages: 1 - 6
      Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar a erosão potencial na sub-bacia hidrográfica do córrego Rico (BHCR), a fim de subsidiar melhorias em conservação ambiental e produtividade econômica. Os procedimentos ocorreram no programa ArcGIS®, com auxílio de um banco de dados geográficos. Foi delimitada a BHCR com auxílio de Modelo Digital de Elevação. O potencial erosivo foi estimado através da Equação Universal de Perda dos Solos, com os parâmetros: decli- vidade, comprimento de rampa, erodibilidade e erosividade. A erosão foi quantificada, classifcada e mapeada. A classe de erosão mais abrangente é a “forte”. Porém, as classes “moderada a forte” a “muito forte” contabilizam 91,841%. As perdas de solo variam de 6,933 ton/ha.ano a 12173,283 ton/ha.ano, com média aritmética de 1715,276 ton/ ha.ano e desvio padrão igual a 792,560 ton/ha.ano. Tais resultados indicam alta tendência à perda de solos, podendo causar perdas associadas a um planejamento incorreto das atividades rurais. O emprego de técnicas conservacionistas, a correta ocupação antrópica e manutenção da cobertura vegetal são medidas de extrema relevância para a BHCR.
      PubDate: 2022-09-22
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.37154
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Efeitos da eficiência placentária sobre o desempenho de caprinos

    • Authors: Larissa Vallim Alexandre Roberjot , Gustavo Roberto Dias Rodrigues, Camila Raineri, Natascha Almeida Marques da Silva, Marco Tulio Santos Siqueira, Gilberto de Lima Macedo Júnior
      Pages: 1 - 7
      Abstract: O objetivo deste estudo foi verificar os efeitos da eficiência placentária de cabras e caracterizar sua influência sobre a sobrevivência e desempenho de cabritos até a fase de desmame. Para isso, foi criado um modelo de regressão múltipla para identificação de quais características influenciam, e em qual proporção, o peso dos cabritos ao desmame. No intuito de verificar quais características afetavam a chance de sobrevivência dos cabritos até o desmame, elaborou-se um modelo linear generalizado. Para serem incluídas nos modelos, as variáveis precisavam ser significantes ao nível de 5% de probabilidade (P-valor < 0,05). As variáveis estatisticamente significativas e mantidas no modelo final para determinar o peso ao desmame das crias, foram eficiência placentária, peso da mãe ao parto e quantidade de crias. A eficiência placentária aumentou em 0,0582 o peso ao desmame dos cabritos, enquanto um quilo a mais ao parto das matrizes ocasionou aumento de 0,2310 kg na mesma variável. A cada cabrito a mais nascido por parto, aumentou-se em 7,0066 kg o peso ao desmame. A eficiência placentária diminuiu o risco de sobrevivência das crias em 0,01%. Em contrapartida, o peso da matriz ao parto e quantidade de crias nascidas aumentaram em 0,44% e 71,89% a chance de sobrevivência dos cabritos até o desmame. É indicado que, para obtenção de maior produtividade no sistema, sejam atendidas as exigências nutricionais dos animais em todos os seus estágios fisiológicos, visto que uma nutrição inadequada consegue limitar o desempenho dos animais.
      PubDate: 2022-08-24
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.40462
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Dietas com silagem de rama de mandioca associada à cana-de-açúcar in
           natura em confinamento de ovelhas de descarte

    • Authors: Cristina Maria Pacheco Barbosa, Márcia Marise de Freitas Cação, Gabriela Aferri, Mabel Crespo Nicot, Marcelo de Almeida Silva, Roberto de Jesus Garcia Lopez
      Pages: 1 - 7
      Abstract: A cana-de-açúcar tem sido utilizada na alimentação animal por proporcionar menores custos de produção quando comparada a outros volumosos. No entanto, necessita de complementação com fontes proteicas, como a parte aérea da mandioca. Portanto, o objetivo desse trabalho foi avaliar o desempenho, as características de carcaça e o com- portamento alimentar de ovelhas de descarte em confinamento, alimentadas com dietas contendo cana-de-açúcar in natura (CA), silagem de rama de mandioca (SRM) e concentrado (CO), nas proporções (CA:SRM:CO%): 50:25:25, 25:50:25, 50:50:0 e 25:75:0. Foram utilizadas 32 ovelhas adultas, alojadas em baias individuais por 39 dias, em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e oito repetições. As características avaliadas foram: ingestão de matéria seca, ganho de peso corporal diário, eficiência alimentar, peso de carcaça quente, rendimento de carcaça quente, tempo despendido em ingestão, ruminação e ócio. As médias de peso corporal final das ovelhas não diferiram entre os tratamentos. O ganho de peso corporal diário foi maior (P<0,05) para os animais alimentados com a dieta 50:25:25. A ingestão diária de matéria seca e a eficiência alimentar foram menores (P<0,05) nos tratamen- tos sem concentrado, 50:50:0 e 25:75:0. O peso e o rendimento de carcaça quente não diferiram entre os animais alimentados com diferentes proporções de cana de açúcar, silagem de rama de mandioca e concentrado. Não houve diferença para o tempo despendido com a ingestão, ruminação e ócio. A proporção de 50% de cana-de-açúcar, 25% de silagem de rama de mandioca e 25% de concentrado foi a melhor combinação de alimentos para dieta de ovelhas de descarte em confinamento de terminação.
      PubDate: 2022-08-02
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.38957
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Rotulagem dos Méis de Apis mellifera

    • Authors: Brenda Maria Silva Santos, Hérica da Silva de Oliveira , Ádria Arruda Santos , Sara Moreira de Almeida Sá, Kellen Cristiane Alves de Oliveira, Lavínia Arruda Santos, Maria Eduarda Gonçalves Dias , Hércules Otacílio Santos, Paula de Souza São Thiago Calaça, Eliane Macedo Sobrinho Santos
      Pages: 1 - 8
      Abstract: Tendo em vista a importância da correta rotulagem de alimentos para garantir a segurança alimentar dos consumidores, este estudo objetivou avaliar a rotulagem de produtos com a denominação de venda Mel e a adequação das informações às legislações vigentes. Realizou um estudo transversal descritivo, em 18 estabelecimentos visitados em Araçuaí-MG, posteriormente elaborou um Checklist com as informações obrigatórias e que devem contar nos rótulos de méis comercializados no varejo. Os dados obtidos comparados com as legislações sobre rotulagem geral e específica para mel. Das oito embalagens com rótulos encontradas, informações como: lista de ingredientes, conteúdo líquido, nome e razão social, endereço do estabelecimento e do importador, registro no SIF e MAPA SIF/DIPOA, categoria do estabelecimento, CNPJ, conservação e composição do produto, marca, lote, informação nutricional e alerta de restrição ao consumo por crianças com menos de 1 ano de idade constaram em 63% das amostras. Já a identificação de origem botânica, data de fabricação, prazo de validade, foi conforme em 88% dos rótulos e apenas 75% constaram instruções de preparo e uso do produto. Os rótulos avaliados apresentaram não conformidades em relação ao exigido pela legislação.Diante disso, este trabalho demonstra para apicultores, produtores e consumidores a importância do cumprimento da legislação de rotulagem de produtos alimentícios como o mel evitando assim qualquer tipo de sanção ou riscos à saúde pública.
      PubDate: 2022-08-02
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.38410
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Miconia albicans (Sw.) Triana (canela-de-velho), a nova planta
           tendência do Cerrado brasileiro

    • Authors: Diego Tavares Iglesias, Rúbia Santos Fonseca
      Pages: 1 - 9
      Abstract: Miconia albicans (canela-de-velho) é uma espécie amplamente distribuída no Cerrado. Nos últimos anos suas folhas têm sido amplamente comercializadas para o preparo de chás medicinais. O gênero Miconia apresenta alta diversidade no Cerrado. A elevada similaridade morfológica entre essas espécies promove erros de identificação, inclusive por especialistas. O objetivo do trabalho é contribuir para o reconhecimento da espécie Miconia albicans e a sua distinção de outras espécies similares do Cerrado. Além disso, foi realizada revisão de literatura sobre a atividade biológica das espécies com similaridade morfológica. Foram adquiridas 19 amostras de plantas comercializadas como "canela-de-velho" e/ou Miconia albicans em feiras de seis municípios de Minas Gerais, Brasil. As espécies foram devidamente identificadas e os caracteres conflituosos foram determinados. A partir desses caracteres foi realizado o levantamento de todas as espécies com similaridade morfológica no Cerrado. Foram encontradas 13 espécies similares a M. albicans; uma chave ilustrada de identificação foi elaborada. Apenas M. albicans apresenta atividade anti-inflamatória indicada por um estudo. M. albicans e seis das 13 espécies similares, apresentaram citotoxicidade a níveis de concentração elevados, em análises in vitro e/ou in vivo. Estudos demonstraram que M. albicans acumula alumínio em suas folhas, órgãos usados para o preparo das infusões. Inexistem ensaios clínicos para validar o uso dessa espécie como fitoterápico. O uso indiscriminado, associado à carência de provas científicas, além de não produzir os resultados desejados, pode causar efeitos adversos.
      PubDate: 2022-08-02
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.38438
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
  • Qualidade física, química e microbiológica do queijo Minas Frescal
           produzido artesanalmente e por diferentes laticínios da região de
           Presidente Prudente

    • Authors: Patrícia Aparecida Luz, Gabriela Silva, Leonardo Henrique Zanetti, Natália Carolina Vieira, Cristiana Andrighetto
      Pages: 1 - 8
      Abstract: O queijo é um dos alimentos mais comuns na dieta humana, compondo, geralmente, a alimentação de todas as classes sociais, desde os primórdios da humanidade. No entanto, produtos derivados do leite, em especial os queijos são considerados um veículo frequente de patógenos, principalmente os produzidos de maneira artesanal, sem os devidos cuidados de higiene e das boas práticas de manipulação. Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade físico-química e microbiológica de queijo minas frescal produzido artesanalmente e por laticínios da região de Presidente Prudente – São Paulo. Um total de 20 amostras de queijos foram coletadas na mesma semana em diferentes supermercados e local que comercializa informalmente o produto: Laticínio A (n=5); Laticínio B (n=5); Laticínio C (n=5) e Artesanal (fabricados artesanalmente por feirantes da região de Presidente Prudente; n=5). Após a coleta, as amostras foram encaminhadas para o laboratório para a realização das seguintes análises: pH, cor, análise de textura, composição centesimal e microbiológicas. De acordo com os resultados, houve diferença no pH, na intensidade de vermelho, dureza, mastigabilidade, teor de proteína, bactérias mesófilas, psicrotróficas e enterobactérias entre os tratamentos (P<0,05). Além disso, houve variação dos valores médios da maioria das variáveis analisadas comparada aos valores propostos pela literatura e legislação. Conclui-se que os queijos artesanais obtiveram coloração mais escura, maior dureza e qualidade microbiológica inferior em função da data de fabricação quando comparado aos queijos produzidos de forma industrial.
      PubDate: 2022-02-06
      DOI: 10.35699/2447-6218.2022.36920
      Issue No: Vol. 14 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.18.161
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-