Publisher: PePSIC   (Total: 49 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 49 of 49 Journals sorted alphabetically
Acta Comportamentalia     Open Access   (Followers: 1)
Barbaroi     Open Access  
Boletim de Psicologia     Open Access  
Cadernos de psicanálise (Rio de Janeiro)     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos de Psicologia Social do Trabalho     Open Access   (Followers: 1)
Ciências & Cognição     Open Access   (Followers: 1)
Cógito     Open Access  
Construção Psicopedagógica     Open Access  
Contextos Clínicos     Open Access  
Cuadernos de Neuropsicología     Open Access   (Followers: 2)
Estilos da Clinica     Open Access  
Estudos de Psicanálise     Open Access  
Eureka (Asunción) en Línea     Open Access   (Followers: 1)
Gerais : Revista Interinstitucional de Psicologia     Open Access  
Ide     Open Access  
Jornal de Psicanálise     Open Access  
Mental     Open Access  
Natureza Humana     Open Access  
Pensando Familias     Open Access  
Psicologia da Educação     Open Access  
Psicologia em Pesquisa     Open Access  
Psicologia em Revista     Open Access  
Psicologia Ensino & Formação     Open Access  
Psicologia Hospitalar     Open Access  
Psicologia para América Latina     Open Access  
Psychê     Open Access  
Reverso     Open Access  
Revista Brasileira de Crescimento e Desenvolvimento Humano     Open Access   (SJR: 0.229, CiteScore: 1)
Revista Brasileira de Psicodrama     Open Access  
Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva     Open Access  
Revista Brasileira de Terapias Cognitivas     Open Access  
Revista da Abordagem Gestáltica     Open Access   (SJR: 0.124, CiteScore: 0)
Revista da SBPH     Open Access  
Revista da SPAGESP     Open Access  
Revista de Etologia     Open Access  
Revista do NUFEN     Open Access  
Revista Mal-estar E Subjetividade     Open Access  
Revista Mexicana de Orientación Educativa     Open Access  
Revista Psicologia     Open Access  
Revista Psicologia e Saúde     Open Access  
Revista Psicologia Política     Open Access  
Revista Psicopedagogia     Open Access  
Salud & Sociedad: investigaciones en psicologia de la salud y psicologia social     Open Access  
SMAD, Revista Electronica en Salud Mental, Alcohol y Drogas     Open Access   (Followers: 2)
Stylus (Rio de Janeiro)     Open Access  
Temas em Psicologia     Open Access   (SJR: 0.173, CiteScore: 0)
Tempo Psicanalitico     Open Access   (Followers: 1, SJR: 0.113, CiteScore: 0)
Trivium : Estudos Interdisciplinares     Open Access  
Winnicott e-prints     Open Access  
Similar Journals
Journal Cover
Estudos de Psicanálise
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 0100-3437 - ISSN (Online) 2175-3482
Published by PePSIC Homepage  [49 journals]
  • No title

    •  
  • No title

    •  
  • No title

    • Abstract: O questionamento da "objetividade" supõe presumir que toda teoria é abordada a partir de um lugar e que isso supõe aceitar a existência de um "viés". Por isso, é preciso admitir que o panorama observável depende do ponto de vista do observador, e renunciar então às pretensões de totalidade de "universalidade" do observado. A assunção dessa perspectiva pode levar a reconhecer a implicação do lugar a partir do qual se trabalha e se pensa. No entanto, essa tomada de partido supõe uma ótica que leve em conta o atravessamento inevitável do conflito social e a contradição histórica em toda empreitada de conhecimento. A única "objetividade" esperável seria aquela que não esconde seus valores, mas assume consciente e explicitamente os pressupostos que a sustentam.The questioning of "objectivity" presupposes that all theory is approached from a place and that this presupposes accepting the existence of a "bias". Therefore, it is necessary to admit that the observable panorama depends on the observer's point of view, and then to renounce the pretensions of totality of "universality" of the observed. The assumption of this perspective can lead to recognizing the implication of the place from which one works and thinks. However, this taking a party assumes a perspective that takes into account the inevitable crossing of social conflict and the historical contradiction in every endeavor of knowledge. The only "objectivity" to be expected would be one that does not hide its values, but consciously and explicitly assumes the presuppositions that support it.
       
  • No title

    • Abstract: Buscando pensar a constituição psíquica do bebê em tempos de pandemia, este artigo propõe o diálogo interdisciplinar entre psicanálise e psicomotricidade, usando como fio condutor as contribuições do método de observação psicanalítica da relação mãe-bebê (OPRMB), da psicanalista Esther Bick, e da abordagem proposta pela pediatra Emmi Pikler nos cuidados aos bebês em situação de acolhimento institucional.Seeking to think about the baby's psychic constitution in times of pandemic, this article proposes an interdisciplinary dialogue between psychoanalysis and psychomotricity, using, as guiding lines, the contributions of the Psychoanalytical Observation of the Mother-infant Relationship, method by psychoanalyst Esther Bick, and the approach proposed by pediatrician Emmi Pikler in the care of infants in institutional care.
       
  • No title

    • Abstract: Este relato de caso se propõe a trazer questões e reflexões iniciais em torno das potenciais implicações de uma "morte anunciada" pelo saber médico no psiquismo de uma mãe e de seu bebê. O caso foi recortado de um projeto de pesquisa mais amplo, intitulado Intervenção a Tempo em bebês e crianças com impasses no desenvolvimento psíquico, conduzido no estágio de pós-doutoramento da Dra. Isabela Santoro Campanário. Com abordagem psicanalítica, a pesquisa foi realizada em um centro de saúde da Regional Centro-Sul, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O relato aqui descrito foi produzido a partir da experiência de duas psicanalistas durante a aplicação do protocolo IRDI (Indicadores Cínicos de Risco para o Desenvolvimento infantil), em junho e outubro de 2018. O presente trabalho termina especulando, à luz da teoria psicanalítica lacaniana, como a relação mãe-bebê, neste caso específico, foi impactada pelo prenúncio de uma morte que não se concretizou.This case report aims to bring opening questions and reflections around the potential implications of an "announced death" made by the medical knowledge over the psychism of a mother and her child. This particular case was part of a broader research project called Early Intervention among babies and children with psychological development issues, driven by Dra. Isabela Santoro Campanário post-doctorate internship. With a psychoanalytical approach, the research was conducted in a public health unit in the South-Downtown region, in the city of Belo Horizonte, state of Minas Gerais. The following description was made based on two psychoanalysis interviews, throughout the application of the IRDI protocol, between June and October of 2018. The present essay aims to speculate, through lacanian psychoanalysis theory, how the relation mother-child was affected by the announcement of a death that never happened in fact.
       
  • No title

    • Abstract: O presente artigo propõe refletir sobre a clínica com bebês, crianças até 3 anos e seus pais, na qual a intervenção precoce busca oferecer possibilidades de tratamento em casos de sinais de risco ao seu desenvolvimento psíquico. A autora apresenta resultados de sua experiência clínica para essa reflexão, trazendo fragmentos de casos acompanhados pela equipe multidisciplinar de um serviço de saúde mental infantil da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.This article proposes to reflect on the clinic with babies, children up to 3 years old and their parents, in which early intervention seeks to offer treatment possibilities in cases of signs of risk to their psychic development. The author presents results of her clinical experience for this reflection, bringing fragments of cases followed by the multidisciplinary team of a child mental health service of the Municipal Health Department of the Municipality of Belo Horizonte.
       
  • No title

    • Abstract: O objetivo deste trabalho é apresentar uma visão psicanalítica não restrita a uma ótica clínica, em direção a uma ótica mais social. Tomou-se como eixo a obra Totem e tabu , em que Freud (1912-1913) comparou os povos primitivos com os neuróticos, bem como a intensa relação dos cerimoniais individuais com os cerimoniais coletivos. Reconhecendo a tentativa de Freud em explicar não apenas a origem da religião, mas também de onde se originaram os símbolos totêmicos sagrados e os interditos - aquelas proibições arcaicas colocadas como tabus -, este trabalho se limita a uma visão mais atual do mito totêmico associado ao capitalismo. O capitalismo tem um sistema simbólico parecido com o totemismo da sociedade tribal, ao elaborar um sistema de classificação que organiza diferenças e semelhanças entre os sujeitos e os objetos a serem consumidos na cultura contemporânea. Caso não seja respeitada essa exigência própria do capitalismo, isto é, o dever de consumir, o temor de não consumir e a sensação de exclusão do social podem direcionar o sujeito a um formato mais extremo do consumo: um impulso de consumir demasiadamente, sem haver desejo e sem saber conscientemente por que o faz. A aceleração do tempo cronológico nos dias de hoje também coloca em consumo o tempo psíquico do sujeito. Estando cindido, o Ego fica direcionado à realidade de viver pelo imediatismo, consumindo tempo/dinheiro/corpo com objetos e coisas direcionadas para além do princípio de prazer, indo em direção a um grande conflito entre pulsão de vida e pulsão de morte.The objective of this work is to present a psychoanalytic vision that is not restricted to a clinical perspective, moving towards a more social one. Freud's work ‘Totem and Taboo' (1912-1913) was used as an axis, in which the author compared primitive peoples with neurotics and the intense relationship between individual ceremonies and collective ceremonies. Recognizing Freud's attempt to explain not only the origin of religion, but where the sacred totemic symbols and interdicts originated - those archaic prohibitions placed as taboos -, this work is limited to a more current view of the totemic myth associated with capitalism. Capitalism has a symbolic system similar to the totemism of tribal society, by elaborating a classification system that organizes differences and similarities between subjects and objects to be consumed in contemporary culture. If this requirement of capitalism, that is, the duty to consume, is not respected, the fear of not consuming and the feeling of exclusion from society, can direct the subject to a more extreme form of consumption: an impulse to consume too much, without desire and without knowing consciously why you do it. The acceleration of chronological time nowadays also puts the subject's psychic time into consumption. As the Ego is split, it is directed to the reality of living by immediacy, consuming time/money/body with objects and things directed beyond the principle of pleasure, going towards a great conflict between life drive and death drive.
       
  • No title

    • Abstract: O presente ensaio objetiva apresentar reflexões introdutórias sobre as relações entre a sexualidade e o mitológico, mais especificamente na encantaria amazônica da lenda do Boto. A lenda em questão é uma das narrativas mais famosas do folclore da região. Dessa forma, realizou-se uma breve explanação teórica sobre a lenda e os aspectos simbólicos a ela inerentes para, por fim elucidá-los mediante fragmentos do filme Ele, o Boto (1987), dirigido por Walter Lima Jr. A discussão presente nesses escritos apresenta aspectos como o retorno da sexualidade arcaica presente na figura do Boto, bem como a quebra de paradigmas da moral sexual cultural ocidental. Dessa forma, evidenciou-se a riqueza de conteúdos que a análise das construções míticas proporciona ao trabalho de investigação dos processos subjetivos e culturais.This essay aims to present introductory reflections on the relations between sexuality and mythological, more specifically in the Amazonian enchantment of the legend of Boto. The legend in question is one of the most famous narratives of the folklore of the region. Thus, a brief theoretical explanation was made about the legend and the symbolic aspects inherent to it to, finally, hallucinate them through fragments of the film He, the Boto (1987), directed by Walter Lima Jr. The discussion present in these writings presents aspects such as the return of archaic sexuality present in the boto figure, as well as the breaking of paradigms of Western cultural sexual morals. Thus, it was evidenced the richness of contents that the analysis of mythical constructions provides to the work of investigation of subjective and cultural processes.
       
  • No title

    • Abstract: Este trabalho apresenta um tema relacionado à odontologia e suas relações com o indivíduo. O bruxismo é uma disfunção da ATM (articulação temporomandibular), em que há o movimento de ranger os dentes, provocando consequências no indivíduo. Muitos casos são vistos no mundo atual, e durante a pandemia pelo coronavírus, houve um aumento significativo devido ao estresse. Vários sintomas são relatados pelo paciente, e há inúmeros casos malsucedidos ou ineficazes. Com o conhecimento da psicanálise, a odontologia amplia e melhora a relação com o paciente, sabendo da importância da cavidade oral e proporcionando um melhor atendimento.This work, presents a related theme to Dentistry, and its relationships with the individual. Bruxism is a TMJ dysfunction (disorder temporo-mandibular), where there is the grinding movement of the teeth, causing consequences in individuals. Many cases are seen, in the world today, and during the coronavírus pandemic there was a significant increase due to stress. Many symptoms are reported by the the patient, with numerous unsuccessful or ineffective cases. With the knowledge of psychoanalysis, dentistry expands and improves the relationship with the patient, knowing the importance of the oral cavity, providing better care.
       
  • No title

    • Abstract: O artigo tem por objetivo estimular os leitores a uma reflexão sobre a interlocução de casos clínicos de histeria relatados por Sigmund Freud com a dor orofacial crônica na odontologia. Inicialmente revisou-se na literatura alguns conceitos preliminares que percorrem a odontologia, a psiquiatria e a psicanálise. Nosso trabalho faz uma correlação dos casos clínicos relatados por Freud em seus Estudos sobre a histeria (1893-1895), em coautoria com Josef Breuer, com os casos clínicos do Núcleo de Radiologia e Atendimento a pacientes com necessidades especiais da Policlínica Piquet Carneiro da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), com sintomatologia de dor crônica orofacial. Posteriormente, relatou-se os casos clínicos atuais encaminhados pelo Centro de Apoio Psicanalitico (CAP) do Círculo Brasileiro de Psicanálise (CBP - Seção RJ) para o consultório e que apresentaram em sua estrutura psíquica traços histéricos com conversão. Finalmente, uma conclusão de como os casos clínicos relatados por Freud, bem como os casos tratados pela clínica odontológica e os relatados pelos analisandos de nossa clínica psicanalítica podem nos falar dessa relação da histeria de conversão com a clínica odontológica. Nos casos de ausência de qualquer sinais clínicos orgânicos, o cirurgião-dentista deve pensar em encaminhar seus pacientes para um espaço psicanalítico, para a escuta de uma dor que se origina no psíquico e é convertida em uma linguagem corporal, que só o sujeito que sente pode relatar no processo de análise, ter o reconhecimento e a ressignificação dessa dor, que é singular e pertence ao sujeito que a sente.This conclusion work aimed to encourage readers to reflect on the interlocution of clinical cases of Hysteria reported by Sigmund Freud with Chronic Orofacial Pain in Dentistry. Initially, some preliminary concepts that run through Dentistry, Psychiatry and Psychoanalysis were reviewed in the literature. Our work reported the relationship of the founder of Psychoanalysis with Dentistry, and made a correlation with the clinical cases reported by Freud in his studies on Hysteria from 1893-1895 coauthored with Josef Breuer with clinical cases from the Radiology and Patient Care Center with special needs at the Piquet Carneiro Polyclinic, Faculty of Medicine, State University of Rio de Janeiro UERJ, with symptoms of chronic orofacial pain. Subsequently, current clinical cases were reported, referred by the Psychoanalytical Support Center (CAP) of the CBP - Section RJ to the Brazilian Psychoanalysis Circle, which presented in their psychic structure hysterical traits with conversion. Finally, a conclusion of how these clinical cases reported by Freud, the cases treated by the Dental clinic and those reported by the analysands of our Psychoanalytical clinic can tell us about this relationship of Conversion Hysteria with the Dental clinic, owing to the dentist in cases of absence of any organic clinical signs, think about referring their patients to a psychoanalytic space, to listen to a Pain that originates in the psychic and is converted into a body language, which only the subject who feels can report in the analysis process, have the recognition and the resignification of this Pain, which is unique and belongs to the person who feels.
       
  • No title

    • Abstract: A morte é um evento catalisador de angústias no ser humano. Freud afirma que a morte é irrepresentável no psiquismo, por nunca ter sido experenciada pelo sujeito. O máximo que fazemos é vivenciar a morte de alguém que conhecemos. Mas o que acontece quando se é privado dessa experiência, como agora nos casos de covid-19, em que, por causa do alto grau de contágio, as cerimônias ficaram restritas ou, pior, quando alguém de convivência íntima morre e a pessoa, por estar internada com a mesma doença, se vê excluída da despedida e do luto' Estas breves reflexões tratam do tema da morte em tempos de pandemia da covid-19 e usarão como vinheta um caso clínico. A proposta é pensar sobre o corpo de quem morre a partir da teoria de relações objetais.Death is a catalyzing event for human anguish. Freud states that death is unrepresentable in the psyche, as it has never been experienced by the subject. The most we do is experience the death of someone we know. But what happens when you are deprived of this experience, as now in the cases of covid-19, where, because of the high degree of contagion, the ceremonies were restricted' Or worse, when someone close to one another dies and the person, who was hospitalized with the same disease, finds himself excluded from farewell and mourning' These brief reflections deal with the theme of death in times of the covid-19 pandemic and will use a clinical case as a vignette. The proposal is to think about the body of the person who dies based on object relations theory.
       
  • No title

    • Abstract: A proposta do texto é refletir sobre o brincar, considerando prioritariamente as postulações de Donald Winnicott a respeito da origem da criatividade e a localização da experiência cultural. Navegando entre a teoria e a clínica psicanalítica, o ensaio também considera a função especular frente aos desamparos - individuais e coletivos - vivenciados pelas crianças, adolescentes e famílias diante do desconcertante horizonte pandêmico.The purpose of this paper is to reflect on playing, considering primarily Donald Winnicott's postulations regarding the creativity and its origins as well the location of cultural experience. Considering both theory and clinic psychoanalytic, the essay also considers the mirror role of mother in face of the common distress and individual experience encountered by children, teenagers and their families, due to the disconcerting pandemic horizon.
       
  • No title

    • Abstract: O surgimento de um vírus de alto potencial virulento causou uma pandemia, e seus efeitos devastadores sobre a humanidade estão sendo vivenciados por todos nós. Ameaçados e impactados como se sentiram, os homens encontraram uma única solução possível para toda a sua fragilidade e angústia existencial: o mecanismo da negação.The emergence of a highly virulent virus has caused a pandemic, and its devastating effects on humanity are being experienced by all of us. Threatened and impacted as they felt, men found a single possible solution to all their fragility and existential anguish: the mechanism of denial.
       
  • No title

    • Abstract: Este artigo apresenta o mundo como um paciente acamado, degradado e desfalecente no cenário pandêmico de coisas que avassalam a humanidade. Trata a Terra na contemporaneidade em pedidos de socorro que podem ser escutados pelo cuidado poético-analítico. Propõe uma "pandemia" do paradigma da humanização nos mais diversos contextos dos seres viventes com base nas sensibilidades do ofício sagrado da psicanálise.This paper presents the world as a bedridden, degraded and faiting patient in the pandemic scenario of objects that overwhelm the humanity. It treats the Earth in contemporaneity in calls for help that can be heard by the poetic-analytical care. It proposes a "pandemic" of humanization paradigm in the most diverse contexts of living beings based on the sensitivities of sacred practice of psychoanalysis.
       
  • No title

    • Abstract: A origem da primeira tópica a partir dos textos freudianos da década de 1890 até os textos de Os artigos sobre metapsicologia. A ligação indissociável entre o inconsciente da primeira tópica e o processo primário. Descrições por Freud do pré-consciente recalcado, do inconsciente originário e o do inconsciente recalcado enquanto desdobramentos da primeira tópica. A localização da linguagem na primeira tópica. A importância da negação e da temporalidade para a constituição da linguagem. Freud e a formulação da segunda tópica, e o Id como herdeiro radical do inconsciente da primeira tópica. Descrições por Freud de um Id originário e um Id recalcado. Localização e problematização da linguagem na segunda tópica. A proposta de Lacan da essência do Id como o que não é Eu e é todo o resto da estrutura gramatical. Problematização da noção de estrutura. A crítica de Green ao inconsciente estruturado como linguagem. Propostas sobre a localização da linguagem na segunda tópica. O Id localizado no Real do nó borromeano.The origin of the first topic from the Freudian texts of the 1890s to the texts of Papers on Metapsychology. The inseparable link between the unconscious of the first topic and the primary process. Descriptions by Freud of the repressed preconscious, the original unconscious and the repressed unconscious as developments from the first topic. The location of language in the first topic. Importance of negation and temporality for the constitution of language. Freud and the formulation of the second topic and the Id as the radical heir of the unconscious of the first topic. Descriptions by Freud of an original Id and a repressed Id in Outline of Psychoanalysis. Localization and problematization of language in the second topic. Lacan's proposal of the essence of the Id as being what is not I and is all the rest of the grammatical structure. Problematization of the notion of structure. Green's critique of the unconscious structured as language. Proposals on the localization of language in the second topic. The Id located in the Real of the Borromean knot.
       
  • No title

    • Abstract: Neste artigo, discutimos a abordagem do tema dos afetos por Lacan em uma passagem de Televisão ([1974] 2003). Para tanto, apoiamo-nos sobretudo nas elaborações desenvolvidas por Colette Soler em seu livro Les affects lacaniens (2011) e nas considerações feitas por Jacques-Alain Miller ([1986] 2016) no texto A propósito dos afetos na experiência analítica. O percurso aqui desenvolvido compreende três etapas. Tratamos inicialmente de retomar, em linhas gerais, os fundamentos freudianos que o próprio Lacan reivindica para sua teoria dos afetos. Em seguida, discutimos a hipótese formulada por Lacan no Seminário 20: Mais, ainda acerca da relação entre o afeto, o corpo e a linguagem. Por fim, fazemos uma leitura mais detida da passagem de Televisão na qual, em oposição à tristeza, o gaio saber é evocado por Lacan sob o estatuto tríplice de saber, virtude e afeto.In this article, we discuss Lacan's approach on the issue of affects in a sketch of his work "Télévision" (1974). In order to address this matter, the main references we have chosen are Colette Soler's elaborations in her book "Les affects lacaniens" (2011) and Jacques-Alain Miller's consideration in his article "Les affects dans l'expérience analytique" (1986). Our démarche comprises three steps: a brief review of the Freudian fundaments that Lacan himself claims for his own theory of affects; a discussion of the hypothesis formulated by Lacan in his seminar Encore, concerning the relationship between affect, body and language; a closer reading on the sketch of Lacan's "Télévision" in which the author evokes the gai savoir in opposition to sadness and under the triple status of knowledge, virtue and affect.
       
  • No title

    • Abstract: A partir da noção de inveja primária, este trabalho examina a constituição e a ação do superego invejoso, noção pouco estudada desde sua apresentação por Melanie Klein em 1957. Na clínica psicanalítica são frequentes casos que suscitam a pergunta "Onde está Eros'", nos quais a pulsão de morte conduz à simples sobrevivência, sem realizações subjetivas e sem investimento libidinal nos objetos. Único laço forte com a não vida, o que produz extenso apagamento subjetivo. A inveja primária exacerbada promove a internalização dos restos do objeto primário atacado destrutivamente, deslancha a constituição de um ego frágil e um superego invejoso com força intensificada pelo predomínio da pulsão de morte. Com a ação dominadora que submete e tiraniza o ego, o superego invejoso destrói sorrateira e persistentemente as possibilidades de desenvolvimento egoico desde o início da vida mental. Uma submissão atravessada por intensos conflitos que encerram o sujeito no círculo vicioso da ameaça, da culpa, da autopunição e da impossibilidade de reparação.Based on the notion of primary envy, this paper aims to examine the constitution and action of the envious superego, a notion that has been little examined since its presentation by Melanie Klein in 1957. In the psychoanalytic clinic, there are frequent cases that raise the question "Where is Eros'", in which the death drive leads to simple survival, without subjective achievements and without libidinal investment in objects. The only strong bond being with non-life, producing extensive subjective erasure. The exacerbated primary envy promotes the internalization of the remains of the primary object destructively attacked, triggers the constitution of a fragile ego and an envious superego with strength intensified by the predominance of the death drive. Within a dominating action that subdues and tyrannizes the ego, the envious superego sneakily and persistently destroys the possibilities of ego development since the beginning of mental life. A submission crossed by intense conflicts, which enclose the subject in the vicious circle of threat, guilt, self-punishment and impossibility of reparation.
       
  • No title

    • Abstract: O presente artigo discute a desconstrução das fantasias em análise e a construção da fantasia fundamental. A fantasia fundamental é da ordem do recalque primário. É o resquício da infância. A conservação de algo das primeiras experiências de satisfação movidas pelo princípio de prazer e posteriormente submetidas ao princípio de realidade. Como uma atividade mental, é uma invenção, pois carece de materialidade. Porém, é real na experiência do sujeito e, como função mental, determina a vida interna e externamente. Ela traça um caminho por onde o sujeito possa gozar. E para ilustrar a discussão, apresento um fragmento de caso clínico de um sujeito ainda em análise, pontuando a desconstrução das fantasias em direção à fantasia fundamental, que só efetuará no final da análise.This article discusses the deconstruction of the fantasies in analysis and the construction of the fundamental fantasy. The fundamental fantasy is of the order of the primary repression; it is the remnant of childhood, conservation of something of the first experiences of satisfaction moved by the principle of pleasure and later submitted to the principle of reality. As a mental activity, it is an invention, because it lacks materiality, but it is real in the subject's experience and how mental function determines life internally and externally. It traces a path through which the subject can jouissance. And to illustrate the discussion I present a fragment of a clinical case of a subject still under analysis, punctuating the deconstruction of fantasies towards the fundamental fantasy which will only be carried out at the end of the analysis.
       
  • No title

    • Abstract: O objetivo deste trabalho é percorrer o conceito de falso self proposto por Winnicott, entrelaçado ao conceito de gesto espontâneo e a demais conceitos interligados. Aborda-se também o conceito de teatro transicional proposto por Joyce McDougall, o qual, a partir de uma fragmentação que origina um falso self, também pode desenvolver uma "potencialidade de dependência": na falta de um objeto transicional, o Eu pode estabelecer uma ligação a um objeto transitório, que será evocado a preencher a função "transicional" e dar ao indivíduo o sentimento de se sentir vivo. Esse conceito é diretamente influenciado pelas concepções winnicottianas de objetos e fenômenos transicionais, e pode elucidar algumas questões emergentes na clínica psicanalítica contemporânea com determinados sujeitos que recorrem aos atendimentos psicanalíticos e apresentam esse arranjo psíquico peculiarThe objective of this work is to explore the concept of false self proposed by Winnicott, intertwined with the concept of spontaneous gesture and other interconnected concepts. It will also address the concept of transitional theater proposed by Joyce McDougall, which from a fragmentation that originates a false self, can also develop a "dependency potential": in the absence of a transitional object, the I can establish a link to a transitory object that will be evoked to fulfill the "transitional" function and give the individual the feeling of feeling alive. This concept is directly influenced by Winnicottian conceptions of transitional objects and phenomena, and may elucidate some emerging issues in the contemporary psychoanalytic clinic with certain subjects who resort to psychoanalytic care and present this peculiar psychic arrangement.
       
  • No title

    • Abstract: Com este trabalho, pretendo apresentar com pormenores, um pouco do que pude apreender sobre o lugar que ocupei - onde, em um acordo psicopedagógico, porém com o olhar psicanalítico intrínseco, experienciei através de veredas desconhecidas e permeadas de delírios, os proveitos e os descontentamentos inerentes rumo às possibilidades de ser quem somos. Ao aceitar esta proposta, me disponibilizo enquanto psicopedagoga para ocupar uma função não menos preciosa que a função do analista - eu que ali, ainda não era. Mas que tão somente a captura e o desejo contribuíram para que minha chegada se transformasse em uma intensa e instigante estadia. Como fio condutor, parto da impossibilidade de escuta e confiança ao que pudemos usufruir de mais concreto e valioso enquanto debruçadas e imbuídas nesta incitação - árdua, mas com muito amor e esperança de um devir diante da possibilidade de ser quem somos.With this work, I intend to present in detail, a little of what I could learn about the place I occupied - where, in a psycho-pedagogical agreement, but with an intrinsic psychoanalytical perspective, I experienced, through unknown paths, permeated with delusions, the benefits and discontents inherent towards the possibilities of being who we are. By accepting this proposal, I make myself available as a psycho-pedagogue to occupy a role no less precious than the role of the analyst - I was not there yet. But that only capture and desire contributed to my arrival turning into an intense and exciting stay. As a guiding thread, I start from the impossibility of listening and trusting to what we could enjoy more concrete and valuable while leaning and imbued in this incitement - arduous, but with a lot of love and hope of becoming in the face of the possibility of being who we are.
       
  • No title

    • Abstract: Este artigo é uma reflexão sobre a instituição, sobre seu potencial de expressar algo que não é ela mesma, sobre viver graças a seu contrário. Com o objetivo de abstrair a coisa em si, vertem sofrimentos psíquicos. É preciso levar a própria instituição psicanalítica a uma tomada de consciência. A boa convivência é um requisito para a promoção de saúde mental em uma organização. Há um consenso teórico a partir de Freud, Klein, Winnicott, Bleger, Enriquez, Kaës, Cheptulin, Roussillon, Deleuze, Bloch, Kosik, Lebrun e Lacan no sentido de analisar o aparato psíquico organizacional e desenvolver uma práxis institucional. Qual é a coisa em si, a essência, da instituição' Por que prolifera a disfunção organizacional' Ao identificar o tipo de disfunção institucional, procuramos seu entendimento psicodinâmico. No caso de comportamento narcisista perverso, efetivamos o exercício de abstração para investigar a dinâmica organizacional que o legitima e compreender os mecanismos que o sustentam. Sintomas, silêncios, ideias inadequadas, desrespeito e sedução - o que os faz fluir' Com base nas contradições, a realidade psíquica pode manifestar conflitos, acting out ou relações tóxicas, inibindo ou expandindo o espaço de criação. O princípio da esperança envolve conjugar os saberes que emanam das instituições, viabilizando a travessia de um estado de destruição de seu capital humano para a abertura de novos caminhos, de respeito, escuta. As ideias aqui apresentadas levam-nos a concluir que tal abordagem construirá uma nova realidade humanística e civilizatória, como sonhou Freud. Quiçá, um caminho para liar o espaço democrático.This work addresses the institution, its potential to express what it is not and how one endures it in spite of its contradictions. The investigation of the thing-in-itself reveals inherent psychic suffering. We instigate the need of self-awareness within the psychoanalytical institution. Adequate social coexistence is required to promote mental health within an institution. There is a theoretical alignment amongst Freud, Klein, Winnicott, Bleger, Enriquez, Kaës, Cheptulin, Roussillon, Deleuze, Bloch, Kosik, Lebrun and Lacan towards analyzing the organizational psychic apparatus and developing an institutional praxis. What is the thing-in-itself, the essence of the institution' Why does it proliferate organizational dysfunction' Upon the identification of the institutional dysfunction, we seek a psychodynamic understanding. In the scenario of a perverse-narcissist behaviour, we employ abstraction to investigate the organizational dynamics and the mechanisms that support it. Symptoms, silences, inadequate ideas, disrespect and seduction - what makes them emerge' The contradictions propitiate an environment where the psychic reality can manifest conflicts, acting out, or toxic relationships, either inhibiting or expanding the creational space. The Principle of Hope integrates the knowledge nurtured by the institutions, enabling the transition from a destructive state of human capital towards the opening of new paths of respect and listening. The thoughts hereby presented lead us to conclude that this approach will build a new humanistic and civilizatory reality, as dreamed by Freud. Perhaps a new path to broaden the democratic space.
       
  • No title

    • Abstract: Thomas Ogden é um analista contemporâneo que articula pensamentos de diferentes autores em suas publicações. Nesse sentido, apresenta um equilíbrio entre tradição e inovação, propondo sínteses e diálogos com autores de base da psicanálise, como Freud, Klein, Bion e Winnicott. Neste artigo, exploramos especificamente a relação entre Ogden e Winnicott, contextualizando a maneira como o primeiro transforma a obra do segundo, em um processo de criar/encontrar. Tomando a noção de sujeito como fundamento e apoiando-se em termos exteriores ao texto original, como dialética, intersubjetividade, rêverie e terceiro analítico, Ogden sugere outro vértice de leitura dos textos winnicottianos. Este artigo propõe compreender os diálogos de Ogden e Winnicott em três eixos: (1) epistemológico, relativo ao entendimento de que o sujeito é intersubjetivamente constituído; (2) teórico-clínico, relativo à descrição conceitual do que acontece entre analisando e analista no setting psicanalítico; (3) estético, cuja ênfase é a descrição fenomenológica de como o analista é afetado pelo encontro clínico. Esses três eixos têm relação direta uns com os outros, pois a noção de sujeito intersubjetivo (eixo epistemológico) engendra uma compreensão de teoria da clínica (eixo teórico-clínico) que, por sua vez, é utilizada para interpretar as vivências específicas do analista na sessão (eixo estético).Thomas Ogden is a contemporary analyst who articulates the thoughts of different authors in his publications. In this sense, he presents a balance between tradition and innovation, proposing synthesis and dialogues with fundamental psychoanalytic authors, such as Freud, Klein, Bion and Winnicott. In this article, we explore the relationship between Ogden and Winnicott in particular, contextualizing the way in which the first transforms the work of the second, as a process of creating/finding. Taking the notion of subject as a foundation and relying on terms outside the original text, such as dialectics, intersubjectivity, reverie, and analytic third, Ogden suggests another reading of Winnicott's texts. This article proposes to understand the dialogues of Ogden and Winnicott along three axes: first, an epistemological one, related to the understanding that the subject is intersubjectively constituted; secondly, a theoretical-clinical one, related to the conceptual description of what happens between analysand and analyst in the psychoanalytic setting; and finally, an aesthetic one, whose emphasis is the phenomenological description of how the analyst is affected by the clinical encounter. These three axes are directly related to each other, because the concept of the intersubjective subject (epistemological axis) engenders an understanding of the theory of the clinic (theoretical-clinical axis) that, in turn, is used to interpret the analyst's specific experiences in session (aesthetic axis).
       
  • No title

    • Abstract: Este artigo objetiva discutir um caso clínico da díade mãe-filho, a partir da compreensão das implicações do transgeracional e da convivência atual com a violência doméstica. A metodologia seguiu os pressupostos do estudo de caso em psicanálise, com entrevistas e observações de comportamentos dos atendimentos entre uma mãe e seu filho e o manejo da transferência. As sessões foram transcritas em uma tabela e, posteriormente, foram realizados os recortes do conteúdo de acordo com o objetivo do estudo. Foi possível identificar, a partir dos relatos e da interação mãe-filho, aspectos transgeracionais da violência, tendo em vista a história da mãe e os aspectos relativos à ausência da figura paterna. Ambos os fatores, associados à violência doméstica atual, estavam implicados na impossibilidade de oferecer à criança um ambiente favorável para seu desenvolvimento emocional. Como considerações finais, este estudo sugere ser possível adotar metodologias de intervenção na díade mãe-criança a partir da escuta qualificada nos serviços, possibilitando a entrada de um terceiro elemento que possa apoiar a díade mãe-filho no contexto da violência doméstica.This article aims to discuss a clinical case of the mother-child dyad, from the understanding of the implications of the transgenerational and the current coexistence with domestic violence. The methodology followed the presuppositions of the case study in psychoanalysis, with interviews and observations of the behaviour of care between a mother and her child and the handling of transference. The sessions were transcribed in a table and, later, the content clippings were made according to the objective of the study. It was possible to identify, from the reports and the mother-child interaction, transgenerational aspects of violence, considering the mother's history and aspects related to the absence of the father figure. Both factors, associated with current domestic violence, were implicated in the impossibility of offering the child a favourable environment for their emotional development. As final considerations, this study suggests that it is possible to adopt intervention methodologies in the mother-child dyad from qualified listening in services, allowing the entry of a third element that can support the mother-child dyad in the context of domestic violence.
       
  • No title

    • Abstract: O presente trabalho se propõe a pensar de maneira breve e a partir de uma abordagem didática, a evolução da teoria psicanalítica, apresentando os principais conceitos que, ao longo dos anos, vêm se mantendo e se desenvolvendo no sentido de aprofundar cada vez mais os estudos psicanalíticos. A principal figura psicanalítica, sem dúvida, é Freud e, a partir dos conceitos por ele traçados, outros estudiosos se interessaram e buscaram aprofundar ou complementar sua teoria. Sendo assim, este artigo tem como finalidade apresentar, de maneira sucinta, os conceitos iniciais da teoria, como forma de ilustrar a evolução e a importância da psicanálise para o desenvolvimento dos estudos sobre o psiquismo humano.The present work proposes to think briefly and from a didactic approach the evolution of psychoanalytic theory, presenting the main concepts that, over the years, have been maintained and developed in order to further deepen the psychoanalytic studies. The main psychoanalytic figure, without a doubt, is Freud and, based on the concepts he traced, other scholars became interested and sought to deepen or complement his theory. Therefore, this article aims to briefly present the initial concepts of the theory, as a way of illustrating the evolution and importance of psychoanalysis for the development of studies on the human psyche.
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.81.172.77
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-