Journal Cover
InternexT - Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1980-4865
Published by Escola Superior de Propaganda e Marketing Homepage  [1 journal]
  • Fatores Determinantes na Escolha de Internacionalização das
           Empresas Multilatinas

    • Authors: Fabiane Fidelis Querino, Letícia Bettoni Siqueira, Ednilson Sebastião de Ávila, Erica Suélen do Nascimento, Lucas Pessi Martins
      First page: 135
      Abstract: Objetivo: Analisar quais são os critérios determinantes para as multilatinas saírem do seu país de origem e se instalarem em outro país específico.Método: Foi aplicado a técnica de probit aplicado a dados em painel, pois é um método que permite representar a variável dependente por uma dummy com regressores variando entre os indivíduos e o período.Principais Resultados: Os resultados encontrados demonstram que as variáveis macroeconômicas dos países de origem das multilatinas não foram significantes para a determinação da localização, mas o PIB mundial, as características da firma, assim como as fusões e aquisições, foram determinantes e estatisticamente significativas para a localização das multilatinas. Isso demonstra que a internacionalização está altamente relacionada com o tamanho da firma, assim como sua experiência. Ou seja, quanto maior a firma mais recurso a mesma terá para investimento em novos países.Relevância/ Originalidade: O estudo sobre as empresas multilatinas começou a ganhar relevância acadêmica nos últimos anos (AGUILERA et al., 2017). Esse fato se justifica, pois, são poucas as empresas da América Latina que estão entre as maiores ou mais valiosas empresas do mundo.Contribuições Teóricas/ Metodológicas: Este estudo visa expandir a literatura sobre as empresas multilatinas ao trazer evidências sobre quais os fatores contribuem para processo de internacionalização dessas empresas.
      PubDate: 2022-03-22
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.656
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • Employees’ Use of Sources of Guidance at Work: A Cross-Cultural
           Comparison Between the United States and Brazil

    • Authors: André Luiz Mendes Athayde, Claudio Vaz Torres
      First page: 152
      Abstract: Purpose – The objective of this research was to statistically compare employee’s use of sources of guidance (SOGs) at work in the United States and Brazil and discuss results in the light of differences concerning national cultural characteristics. Method – 220 employees from a Brazilian university and 166 employees from an American university filled out a paper-and-pencil questionnaire. Pearson correlation tests (r) and Student t-tests were run to investigate statistically significant differences between the two samples, which were discussed in the light of national cultural characteristics. Main results – Americans presented significantly higher means than Brazilians on Informal Rules and People Outside Organization, and Brazilians presented significantly higher mean than Americans on Formal Rules and Procedures. The discussion showed that some of these differences are compatible with national cultural characteristics. Relevance/Originality – Recognizing the importance and the role of national cultures on individuals’ attitudes and behavior within the organizational environment is fundamental in the search for effective and contextualized management practices. Theoretical/methodological contributions – Up until 2020, only 12 theoretical-empirical studies about SOGs were developed. Hence, the present study theoretically and empirically contributes to knowledge about this very important work-related construct. Social/management contributions – The results suggest to managers, human resource professionals, and psychologists important differences in the attitudes of American and Brazilian employees concerning the use of sources of guidance at work, contributing, for instance, to recruitment and selection processes in multinationals.
      PubDate: 2022-03-18
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.669
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • Estudos sobre expatriação apresentam abordagens que propiciam
           avaliação de seus efeitos sobre retenção de conhecimentos e sobre
           identidades profissionais'

    • Authors: Adriana Luvizotto Vieira, Hilka Pelizza Vier Machado, Maria Cecília de Souza Leme
      First page: 169
      Abstract: Objetivo: Identificar e analisar a produção científica em torno dos temas expatriação, retenção de conhecimentos e identidade profissional. Busca-se, com isso, identificar temas que aprofundem o debate sobre como experiências de expatriação estão associadas à construção de identidades profissionais e à retenção de conhecimentos, tópicos esses importantes para construção de estratégias de internacionalização de empresas.Método: Trata-se de um estudo bibliométrico. Foram utilizadas as bases de dados Scielo e Spell, representando bases nacionais e Science Direct e Web of Science, representando bases internacionais. O recorte temporal foi entre os anos de 2005 a 2020. Os dados foram analisados de forma quantitativa e qualitativa. Principais resultados: A partir de uma análise temática, pautada na bibliometria de 49 artigos, este estudo revela que apesar da importância do tema em questão, ainda é baixo o número de artigos que tratam de vertentes estratégicas do processo de gestão internacional de pessoas, como a retenção do conhecimento e a construção da identidade profissional, no contexto da expatriação.Relevância/originalidade – O estudo aborda o tema expatriação nas vertentes da retenção de conhecimentos e identidade profissional, não explorados em estudos anteriores. Os resultados representam um norte para pesquisadores do tema expatriação, evidenciando lacunas e temáticas de estudos. Contribuições teóricas/metodológicas: Os resultados são analisados de forma qualitativa e quantitativa, construindo um cenário que possibilita gestores e pesquisadores entenderem um contexto estratégico de estudos sobre a expatriação no que diz respeito às questões de retenção do conhecimento e identidade profissional.
      PubDate: 2022-03-18
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.672
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • INTERNACIONALIZAÇÃO DE REDES DE FRANQUIAS BRASILEIRAS: AMBIENTE
           POLÍTICO E LEGAL DO ORIENTE MÉDIO

    • Authors: Rosmary Cardoso Saad, Pedro Lucas de Resende Melo, Victor Ragazzi Isaac, Angélica Lúcia Carlini
      First page: 194
      Abstract: Objetivo: Buscou-se compreender como as redes de franquias brasileiras, em sua estratégia de internacionalização, lidam com os aspectos do ambiente institucional político e legal de países do Oriente Médio, sabendo que as condições que impulsionam a difusão destas redes nem sempre atendem aos perfis mais desejados para expansão internacional.Método: Utilizou-se da pesquisa qualitativa de natureza explicativa e do estudo de caso único, representado pela rede de franquia brasileira Chilli Beans com operações no Kuwait.Principais resultados: Identificou-se que mesmo com importantes distâncias institucionais, os aspectos legais são tratados de forma global, os aspectos políticos não interferem na operação e o principal fator de atração e continuidade é o conjunto de oportunidades de mercado.Relevância/originalidade: Constatou-se que, apesar de uma rede de franquia operar em um país com grandes distantes institucionais, é possível reduzi-las por meio de estratégias de expansão, tais como, a escolha precisa do franqueado local, o modo de governança que preserve as características do país de destino, ou, até mesmo, um modelo de negócio que facilita transações entre fronteiras.Contribuições teóricas: Enriquecer as teorias de internacionalização sob a ótica institucional, especificamente para as dimensões política e legal e, em particular, nas regiões com amplas distâncias institucionais, com o Oriente Médio em relação ao Brasil.Contribuições gerenciais: Subsidiar o franqueador com alternativas estratégicas para a escolha do modo de entrada em países estrangeiros e evidenciar oportunidades de mercados em ambientes institucionais distintos do brasileiro.
      PubDate: 2022-03-17
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.665
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • Crisis Management in the Brazilian Franchising Sector During the Covid-19
           Pandemic

    • Authors: Thelma Valéria Rocha, Vanessa P. G. Bretas, Márcio Fonseca, Cássia Aparecida Pizani, Angela Satiko Yojo
      First page: 225
      Abstract: Objective: The objective of the article is to analyse the effects of the Covid-19 pandemic on the Brazilian franchise sector and to identify the main strategies adopted by companies to mitigate the negative impacts of the crisis.Method: The empirical research, using qualitative exploratory methods, was based on three in-depth interviews with franchising sector stakeholders, in addition to the thematic analysis of six webinars promoted by the ABF from April 15 to 28, 2020.Findings: Findings show that franchise chains had to rethink their relationships with various stakeholders such as customers, employees, suppliers, and the government. Besides, franchisors developed alternative sales channels such as websites, social networks, among others. Additionally, what sustained those companies during the crisis was their connection with their purpose.Relevance: This study presents contributions to other companies in a similar situation by exploring the actions taken by the franchise chains during the crisis and identifying the best practices and paths taken.Contribution: This article contributes to investigations on the effects of the Covid-19 public health crisis in the franchising sector, one of the most relevant economic sectors.
      PubDate: 2022-04-28
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.675
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • Perceptions about Internationalization Barriers in the Creative Economy: a
           Multiple-Case Study with Brazilian SMEs

    • Authors: Fernando Januário Lopes Soares, Jorge Ferreira da Silva
      First page: 243
      Abstract: Objective: to explore perceptions that stakeholders of Brazilian firms from the Creative Economy have regarding internationalization barriers. Method: a multiple-case study was carried out involving three small- and medium-sized Brazilian enterprises (SMEs), all of them producers and experienced exporters of creative goods. Main findings: internal barriers, mainly those functional- and price-related, are perceived as the most important, while product-related barriers seem to be irrelevant. Among external barriers, economic and governmental constraints seem to stand out, which indicates the need for some regulatory and export incentive improvement. Relevance/ originality: while exports of creative goods from emerging economies have grown since the beginning of this century and even surpassed those from developed economies, Brazil has gone in the opposite direction, reducing its exports of this kind of goods. This suggests the existence of relevant barriers to the internationalization of local firms belonging to the Creative Economy. This study adds to the literature about export barriers, traditionally focused on large manufacturers from developed economies. Theoretical/ methodological contributions: the identified preponderance of internal barriers to internationalization, mainly due to the scarcity of human and financial resources, also makes it harder for the firms to deal with external barriers imposed by governments and competitors. On the other hand, low product-related and socioeconomic barriers suggest that creative products are most valued precisely by their originality and differentiation.
      PubDate: 2022-04-07
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.676
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • Institutional Theory and International Entrepreneurship: A Review

    • Authors: Vivian Steinhauser, Angela da Rocha, Fábio de Oliveira Paula
      First page: 264
      Abstract: Objetivo: Revisar a literatura que utiliza a teoria institucional para examinar a internacionalização de empresas menores e empreendedoras, abrangendo o período de 2008 a 2020. Método: A revisão bibliométrica utiliza a técnica de acoplamento bibliográfico. Principais resultados: A literatura foi dividida em três períodos, e os principais temas examinados em cada período foram identificados e analisados ​​qualitativamente. Relevância / Originalidade: Uma única revisão de literatura anterior examinou o mesmo assunto abordado neste artigo, mas cobriu apenas artigos publicados até 2008 (Szyliowicz & Galvin, 2010). Contribuições teóricas: O estudo revela a estrutura temática do campo ao longo do período analisado e sugere temas para pesquisas futuras.
      PubDate: 2022-04-28
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.684
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • Métodos de sistematização de literatura em estudos científicos:
           bibliometria, meta-análise e revisão sistemática

    • Authors: Gabriel Vouga Chueke, Marcos Amatucci
      First page: 284
      Abstract: Este artigo tem por objetivo apresentar os métodos mais populares para a realização de sistematizações de literatura, são eles: a bibliometria e a meta-análise de natureza quantitativa e a revisão sistemática, cujo viés é qualitativo. Diferente de uma pesquisa bibliográfica tradicional, o uso de métodos de sistematização de literatura traz maior rigor e transparência aos estudos científicos. Neste sentido, apresentamos uma síntese sobre qual método escolher, premissas principais, critérios de qualidade e referencias chave para a realização desse tipo de pesquisa. Esperamos que esta síntese sirva como um guia básico para os acadêmicos que buscam desenvolver artigos usando métodos de sistematização de literatura.
      PubDate: 2022-04-28
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.704
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • O Dilema das Negociações Internacionais: Riscos, como
           Minimizá-los'

    • Authors: Sandra Giareton Massaro, Marcos Antônio Cezne, Sidnei Vieira Marinho, Evandro Oldra
      First page: 293
      Abstract: Objetivo: Esse caso de ensino está embasado no dilema das Negociações Internacionais com enfoque nos riscos pertinentes a importações do mercado chinês e apresenta as boas práticas indicadas para minimizar riscos e evitar perdas nas transações comerciais e financeiras.Método: Apresentação das fases que envolvem uma prospecção de fornecedor e produto no mercado chinês, embasados na experiência de uma Trading Company do Rio Grande do Sul (RS), especializada na intermediação de negócios internacionais, que prospectou um fornecedor chinês para o componente pino euro, do importador IFC.Principais resultados: Diversos fornecedores foram contactados e dos previamente qualificados, amostras foram solicitadas para testes e avaliação do importador. Apenas um fornecedor conseguiu aprovação de suas amostras e a importação foi autorizada. No que se refere aos riscos pertinentes a negociações internacionais, tais como: 1) qualificação do fornecedor, 2) qualificação do produto, 3) inspeção de processos produtivos, 4) inspeção de qualidade, 5) forma de pagamento, 5) embarque, 6) recebimento e, outros riscos pertinentes ao processo, foram mitigados.Relevância: (1) Apontar os riscos que envolvem a prospecção de fornecedor e produtos na China e, (2) apresentar as boas práticas usadas pelos profissionais de comércio exterior para minimizar os riscos que incorrem em negociações internacionais.Contribuições teóricas/metodológicas: Corrobora ao apontar quais são as boas práticas adotadas para mitigar os riscos pertinentes ao processo de prospecção de produtos e fornecedores no mercado externo à luz da teoria subjacente.
      PubDate: 2022-03-22
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.650
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
  • INTEGRATION OF BUSINESS UNITS OF WEG: HOW TO GENERATE POSITIVE
           EXTERNALITIES IN THE PROCESS OF INTERNATIONALIZATION BETWEEN BUSINESS
           UNITS OF A GLOBAL COMPANY'

    • Authors: Beatrice Zanellato Mayer, Leonardo Carneiro Stuart, Graciella Martignago
      First page: 312
      Abstract: Objective: This teaching case describes the trajectory of the internationalization of WEG, a Brazilian company producer of electric engines. This study proposes to fulfill the following objectives: (a) comprehend the company’s process of internationalization from the perspective of international business theories; (b) analyse why the way taken in the process of internationalization by the business unit WEG Automação occurred in a sequential way to that of WEG Motores; and, (c) reveal if the network of WEG Motores generated positive externalities to the internationalization of WEG Automação. Method: Teaching case, based on real case. The primary and secondary data were used for the development of this teaching case. The primary data was obtained through a semistructured interview with the director of WEG Automação and mangers of the unit, made during late 2016. The interviews were transcripted and used together with the secondary data for the development of this teaching case. The secondary data was obtained using institutional information available at WEG’s website and documents of the company. Besides, the interviewers performed direct observation during visits of a long duration to the company. Relevance/originality: The company’s move of internationalization shows its value inside the context of emerging multinational companies, considering that different units feed themselves with internal and external skills during the process, corroborating aspects of the behavioral approach of the Uppsala Models. Theoretical / Methodological Contributions: The case contributes to apply theorical lens of International Business, as Network and Uppsala Model to explain the movement of internationalization process of a Global firm, specifically to compare the process between two of its units business – WMO and WAU. Social / management contributions: This teaching case application is recommended for graduation or undergraduate courses in Administration, Foreign Trade and International Management, to discuss in subjects such as: Internationalization of Companies, International Business, Internationalization Theories, and Emerging Markets. The use of the case help to improve analytical skills of students, about real situation of an emerging market firm that become a global player. Keywords: Internationalization. Emerging Multinational. Network. Business units of WEG. Teaching Case.
      PubDate: 2022-03-17
      DOI: 10.18568/internext.v17i2.661
      Issue No: Vol. 17, No. 2 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 3.236.225.157
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-