Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Sul   (Total: 35 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 35 of 35 Journals sorted alphabetically
Acta Scientiae Veterinariae     Open Access   (Followers: 3, SJR: 0.144, CiteScore: 0)
Austral : Brazilian J. of Strategy & Intl. Relations     Open Access   (Followers: 7, SJR: 0.208, CiteScore: 0)
Brasil/Brazil     Open Access   (Followers: 2)
Cadernos de Informática     Open Access  
Cadernos de Tradução     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos do IL     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Direito - PPGDir./UFRGS     Open Access   (Followers: 1)
Cena     Open Access  
Ciencias Sociales y Religión/Ciências Sociais e Religião     Open Access  
Conjuntura Austral : J. of the Global South     Open Access   (Followers: 2)
Debate Terminológico     Open Access   (Followers: 1)
Drug Analytical Research     Open Access   (Followers: 1)
Em Questão     Open Access   (Followers: 2)
Estatística e Sociedade     Open Access   (Followers: 1)
Fineduca : Revista de Financiamento da Educação     Open Access   (Followers: 1)
Ícone: Revista Brasileira de História da Arte     Open Access   (Followers: 1)
Organon     Open Access   (Followers: 1)
Para Onde!?     Open Access  
Pesquisas em Geociências     Open Access  
Philia&Filia     Open Access   (Followers: 1)
Políticas Educativas : PolEd     Open Access   (Followers: 1)
Res Severa Verum Gaudium     Open Access   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Estudos Africanos / Brazilian J. of African Studies     Open Access  
Revista Brasileira de Estudos da Presença     Open Access  
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação     Open Access   (Followers: 1)
Revista Conexão Letras     Open Access   (Followers: 1)
Revista Contraponto     Open Access  
Revista da Faculdade de Direito da UFRGS     Open Access  
Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul     Open Access  
Revista do Lhiste : Laboratório de Ensino de História e Educação     Open Access   (Followers: 1)
Revista Eletrônica de Direito Penal e Política Criminal     Open Access   (Followers: 1)
Revista Eletrônica de Iniciação Científica em Computação : REIC     Open Access  
Revista História da Educação - History of Education J.     Open Access   (SJR: 0.151, CiteScore: 0)
Revista Perspectiva : Reflexões Sobre a Temática Internacional     Open Access  
Revista Polis e Psique     Open Access  
Similar Journals
Journal Cover
Cadernos de Tradução
Number of Followers: 1  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2594-9055
Published by Universidade Federal do Rio Grande do Sul Homepage  [35 journals]
  • Apresentação

    • Authors: Maity Siqueira, Larissa Brangel
      Abstract: Texto de apresentação
      PubDate: 2021-09-27
       
  • Tradução de metáfora: Implicações da abordagem
           cognitiva

    • Authors: Luiz Felipe Lipert
      Pages: 1 - 24
      Abstract: Em Estudos de Tradução, a traduzibilidade das metáforas é uma questão recorrente, principalmente no que tange aos métodos de transferência de significado. Muito se discute sobre a possibilidade das metáforas se tornarem uma barreira no processo tradutório, uma vez que diferenças linguísticas e culturais podem dificultar a atividade de transferir uma língua e cultura para outra. Para lidar com essa questão, diversas estratégias de tradução já foram sugeridas: substituição (transformação de uma metáfora em outra); paráfrase (reformulação do sentido da metáfora); omissão, entre outras. Tais estratégias aparecem tanto nos modelos normativos de tradução (como traduzir metáforas), quanto nos modelos descritivos (como os tradutores lidam com metáforas). Após um breve panorama de como as metáforas são abordadas nos Estudos de Tradução, este artigo discute algumas implicações que a abordagem cognitiva sobre o assunto pode trazer para a prática e para as teorias de tradução. Exemplos de textos autênticos nas línguas de partida e chegada (discursos políticos em alemão e inglês) mostram como os tradutores lidaram com expressões metafóricas e que efeitos isso causou no texto, na recepção do texto e no desenrolar discursivo subsequente. Palavras-chave: Metáfora conceitual; Inglês; Francês; Alemão; Expressão metafórica; Estudos de Tradução.
      PubDate: 2021-09-27
       
  • O impacto emocional da tradução: um estudo de frequência
           cardíaca

    • Authors: Laura Baiocco
      Pages: 25 - 51
      Abstract: O presente trabalho investiga se a adoção de determinada estratégia de tradução pode alterar os efeitos que um texto traduzido pode causar em um dado público. Com esse objetivo, um estudo experimental foi delineado para medir se a perda de metaforicidade na tradução de expressões figuradas pode de fato resultar em uma menor resposta emocional do público leitor à tradução quando comparada à resposta causada pela imagem metafórica. A frequência cardíaca de um grupo de participantes espanhóis foi medida para avaliar o impacto emocional de uma série de traduções metafóricas vs. não metafóricas de expressões figuradas do inglês baseadas em quatro emoções básicas: felicidade, tristeza, raiva e medo. Os resultados indicam diferenças significativas entre as traduções metafóricas e não metafóricas para as quatro emoções analisadas, apontando para uma diferença no impacto emocional do público da tradução.
      PubDate: 2021-09-27
       
  • Por que misturamos as metáforas (e misturamos bem): coerência
           discursiva, metáfora conceitual e além.

    • Authors: Fernanda Garcia
      Pages: 52 - 87
      Abstract: Este trabalho trata do fenômeno das metáforas que ocorrem de forma adjacente no texto, ou, em outras palavras, dos agrupamentos de metáforas, mas que não compartilham uma base cognitiva semelhante. Em geral, esses agrupamentos misturam ontologias e, por isso, não apresentam uma coerência passível de ser explicada como proveniente de uma única metáfora conceitual. Evidências disso provêm de um corpus britânico (periódicos Sun e Guardian) composto por 675 comentários de jornais acerca dos referendos de 2004/05 da União Europeia (2.574 metáforas no total). Em primeiro lugar, observamos que os jornalistas frequentemente combinam metáforas em argumentos complexos e bem formados, com 39% e 62% (respectivamente) de todas as metáforas ocorrendo em agrupamentos. Os dados também revelam, de forma ainda mais impressionante, que as metáforas misturadas ontologicamente correspondem a 76% de todos os agrupamentos, e que quase todas são diretamente compreensíveis. Isso põe em dúvida a visão das metáforas mistas como um uso estranho da língua. Defendemos que a mistura funciona porque as metáforas geralmente são inseridas em orações separadas, situadas em diferentes planos temporais, causais, relacionados ao falante ou às suas crenças. Consequentemente, não há uma pressão cognitiva forte para o processamento conjunto das metáforas, o que poderia resultar em um choque perceptível de imagens metafóricas. Assim, as misturas bem-sucedidas são uma consequência natural da alternância da lógica das orações na argumentação complexa. Além disso, apresentamos uma tipologia qualitativa sobre como as metáforas em um mesmo agrupamento interagem na argumentação. Isso questiona a ideia de que as metáforas conceituais são um mecanismo de sustentação da coerência na sua essência. Enquanto as metáforas conceituais podem gerar uma “vinculação interna” em agrupamentos ontológicos coerentes, modelos complementares de “vinculação externa” são necessários para explicar os agrupamentos mistos (e, em última instância, para uma explicação completa sobre todos os tipos de argumentação baseados em metáforas).
      PubDate: 2021-09-27
       
  • O discurso sobre a crise de refugiados europeia na mídia espanhola:
           mapear frames de humanização e desumanização através de metáforas

    • Authors: Cássio Morosini Filho, Bruno Puccini
      Pages: 88 - 117
      Abstract: Recentemente, a crise dos refugiados europeia tem estado em posição de destaque em narrativas midiáticas e políticas a respeito da imigração. Partindo da análise crítica de metáforas (ACM), este artigo investiga os frames empregados pela mídia espanhola para tratar de tal crise em 2015, 2016 e 2017. A evolução de diferentes maneiras de conceptualizar tanto migrantes quanto políticas europeias revelam dois frames metafóricos: o frame de desumanização, no qual refugiados são um desastre natural/massa de água ou objetos/bens, e o frame de humanização, no qual migrantes são retratados positivamente como viajantes, mas também negativamente, como encrenqueiros. A Espanha não é apresentada como ator político ativo até 2016 e 2017, quando passa a ser retratada sob o domínio fonte de ser vivo, geralmente de maneira negativa. Conclui-se que a maneira como a crise de refugiados é representada está de acordo com políticas de realocação e reassentamento da UE, além de demonstrar a conexão entre linguagem e política.
      PubDate: 2021-09-27
       
  • O compromisso sociossemiótico

    • Authors: Dalby Dienstbach
      Pages: 118 - 135
      Abstract: A Linguística Cognitiva deveria acrescentar ao seu Compromisso Cognitivo um Compromisso Sociossemiótico: um compromisso de fazer com que as suas explicações sobre a linguagem humana respeitem a sua condição de ferramenta sociossemiótica ‒ ou seja, intersubjetiva, que varia histórica e socialmente ‒ e de fundamentar essas explicações em uma metodologia que, da mesma forma, transcenda o indivíduo. Lançando um olhar sobre os elementos que definem a Linguística Cognitiva (a sua orientação cognitivista e o fato de ela ser baseada no uso),  argumenta-se que a importância do Compromisso Sociossemiótico decorre da própria essência dessa corrente.
      PubDate: 2021-09-27
       
  • How do metaphors shape thought in the wild'

    • Authors: Josie Helen Siman, Thiago Oliveira da Motta Sampaio, Monica Gonzalez-Marquez
      Pages: 136 - 156
      Abstract: This paper examines the theoretical and empirical claims, put forward by Lakoff and Johnson (1980) and extended by others, that metaphor shape thought. We discuss how Lakoff and Johnson’s original claims about metaphors and thought, particular characteristics of the experiments, and a lack of a general model to make sense of the findings all contribute to misunderstandings of how metaphors affect thought. Moreover, we review important experiment results exploring different interpretations for them and present a dynamic model to illustrate how metaphors affect reasoning. By taking the instance that (i) reasoning is susceptible to multivariate (and nonlinear) constraints and metaphors is one of them, (ii) metaphors are a variate group, (iii) meaning is always contextual, as opposed to being instantiated at some abstract conceptual mappings, we want to emphasize the need to be careful about any generalization regarding metaphors from theory and experiments to the society at large.
      PubDate: 2021-09-27
       
  • As interfaces e contribuições entre a Linguística Cognitiva e os
           Estudos de Tradução

    • Authors: Ana Luiza Vianna
      Pages: 157 - 165
      Abstract: Esta resenha tem por objetivo analisar a obra Cognitive Linguistics and Translation advances in some theoretical models and applications, organizada por Ana Rojo e Iraide Ibarretxe-Antuñano. Assim, o livro apresenta um panorama dos diferentes estudos e aplicações, relacionando a Linguística Cognitiva com os Estudos da Tradução, indicando que essa interação, ainda pouco explorada, entre as áreas aponta para uma inovação e produção crítica nas disciplinas envolvidas.
      PubDate: 2021-09-27
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 52.23.219.12
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-