Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Sul   (Total: 35 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 35 of 35 Journals sorted alphabetically
Acta Scientiae Veterinariae     Open Access   (Followers: 3, SJR: 0.144, CiteScore: 0)
Austral : Brazilian J. of Strategy & Intl. Relations     Open Access   (Followers: 7, SJR: 0.208, CiteScore: 0)
Brasil/Brazil     Open Access   (Followers: 2)
Cadernos de Informática     Open Access  
Cadernos de Tradução     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos do IL     Open Access   (Followers: 1)
Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Direito - PPGDir./UFRGS     Open Access   (Followers: 1)
Cena     Open Access  
Ciencias Sociales y Religión/Ciências Sociais e Religião     Open Access  
Conjuntura Austral : J. of the Global South     Open Access   (Followers: 2)
Debate Terminológico     Open Access   (Followers: 1)
Drug Analytical Research     Open Access   (Followers: 1)
Em Questão     Open Access   (Followers: 2)
Estatística e Sociedade     Open Access   (Followers: 1)
Fineduca : Revista de Financiamento da Educação     Open Access   (Followers: 1)
Ícone: Revista Brasileira de História da Arte     Open Access   (Followers: 1)
Organon     Open Access   (Followers: 1)
Para Onde!?     Open Access  
Pesquisas em Geociências     Open Access  
Philia&Filia     Open Access   (Followers: 1)
Políticas Educativas : PolEd     Open Access   (Followers: 1)
Res Severa Verum Gaudium     Open Access   (Followers: 1)
Revista Brasileira de Estudos Africanos / Brazilian J. of African Studies     Open Access  
Revista Brasileira de Estudos da Presença     Open Access  
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação     Open Access   (Followers: 1)
Revista Conexão Letras     Open Access   (Followers: 1)
Revista Contraponto     Open Access  
Revista da Faculdade de Direito da UFRGS     Open Access  
Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul     Open Access  
Revista do Lhiste : Laboratório de Ensino de História e Educação     Open Access   (Followers: 1)
Revista Eletrônica de Direito Penal e Política Criminal     Open Access   (Followers: 1)
Revista Eletrônica de Iniciação Científica em Computação : REIC     Open Access  
Revista História da Educação - History of Education J.     Open Access   (SJR: 0.151, CiteScore: 0)
Revista Perspectiva : Reflexões Sobre a Temática Internacional     Open Access  
Revista Polis e Psique     Open Access  
Similar Journals
Journal Cover
Em Questão
Number of Followers: 2  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1808-5245
Published by Universidade Federal do Rio Grande do Sul Homepage  [35 journals]
  • Editorial

    • Authors: Samile Andréa de Souza Vanz
      Pages: 1 - 5
      Abstract: Editorial.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.1-5
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Expediente

    • Authors: Comissão Editorial Em Questão
      Pages: 6 - 13
      Abstract: Expediente.
      PubDate: 2021-09-29
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Pesquisa e inovação responsáveis: conceituação, surgimento e desafios
           para implementação

    • Authors: Maria Zanin, Adriana Gonçalves Arruda, Danilo Rothberg
      Pages: 14 - 38
      Abstract: Atualmente, há uma demanda para se produzir ciência de forma participativa, já que agentes da sociedade – pesquisadores, legisladores, políticos, educadores, empreendedores e cidadãos – deveriam se engajar no processo da produção científica (desde a construção da agenda até a concretização do projeto e resultados) com o intuito de fomentar a construção de uma sociedade responsável com o futuro. Os desafios deste contexto têm sido objeto de abordagens teóricas de Responsible Research and Innovation (traduzido por Pesquisa e Inovação Responsáveis), que este artigo descreve, examina e contextualiza no cenário atual. A metodologia engloba revisões bibliométrica e bibliográfica, utilizadas a fim de facilitar a compreensão da disseminação do conceito nas línguas inglesa e portuguesa (Brasil), além de resgatar o contexto da PIR, explorar suas conceituações e princípios. Buscou-se refletir sobre os desafios da implementação da PIR no Brasil. Espera-se contribuir para o diálogo da PIR no País e suscitar reflexões sobre a importância de aplicá-la para fortalecer agentes e iniciativas responsáveis nos âmbitos socioeconômico e ambiental.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.14-38
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Discussões sobre política de privacidade de dados em um sistema de
           informação governamental

    • Authors: Milton Shintaku, Rosilene Paiva Marinho de Sousa, Lucas Rodrigues Costa, Rebeca dos Santos de Moura, Diego José Macedo
      Pages: 39 - 60
      Abstract: A implementação de sistemas de informação exige esforços para condução e otimização, de forma cíclica, da operacionalização do tratamento e recuperação de dados e informações, no qual, muitas vezes envolve dados pessoais. O papel das políticas de privacidade em sistemas de informação evidencia a exigência legal de proteção de dados pessoais. Este trabalho analisa a política de privacidade do site do Sistema Nacional de Juventude (SINAJUVE), como modelo oriundo da adaptação de um sistema de informação governamental ao uso de identificação pessoal dos usuários por meio de mídias sociais. O modelo proposto atende ao direito de privacidade, em particular, a proteção de dados pessoais buscando examinar aspectos gerais dos sistemas de informação e sua relação com a Ciência da Informação. Além disso, o trabalho discorre sobre privacidade e proteção de dados pessoais pelo poder público e apresenta o papel das políticas de privacidade nos sistemas de informação. Como metodologia foi adotada uma pesquisa qualitativa alinhada a estudos da Ciência da Computação. Ao final, foram descritos os principais aspectos utilizados na adaptação do sistema de informação governamental, em particular, a política de privacidade do site mencionado, apresentando como resultado seu delineamento visando atender a Lei Geral de Proteção de Dados pessoais.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.39-60
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Políticas públicas de informação: um olhar para o acesso à Internet e
           para a inclusão digital no cenário brasileiro

    • Authors: Angela Halen Claro Franco
      Pages: 61 - 83
      Abstract: Tem como objetivo identificar o cenário recente das ações do Governo Federal voltadas para a democratização do acesso à Internet no contexto nacional. Optou-se como procedimento metodológico pela pesquisa de base, de caráter descritivo e delineamento bibliográfico e documental, considerando as ações empreendidas pelo Governo Federal de 2010 a 2019. A análise foi conduzida pela abordagem qualitativa. Foram identificadas dez inciativas principais empreendidas pelo Governo Federal que dialogam com a ampliação do acesso à Internet, sendo a mais antiga o Programa Nacional de Banda Larga e as mais recentes as Políticas Públicas de Telecomunicações e o Novo Marco Legal das Telecomunicações. Os principais pontos sobre a inclusão digital observados nas iniciativas identificadas são a infraestrutura para acesso à Internet e a educação para uso das tecnologias da informação e comunicação.  Essas perspectivas apareceram juntas em algumas iniciativas, ao passo que outras inciativas estiveram concentram em apenas um dos pontos. Observou-se que as iniciativas identificadas carecem de clareza quanto seus encaminhamentos práticos, e que as políticas públicas voltadas ao acesso à Internet devem ser pautadas na inclusão digital, tendo como focos o letramento digital e a emancipação digital.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.61-83
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Recomendações de acessibilidade em sites de comércio eletrônico para
           usuários cegos

    • Authors: Ítalo José Bastos Guimarães, Marckson Roberto Ferreira de Sousa, Levi Cadmiel Amaral da Costa
      Pages: 84 - 106
      Abstract: O texto apresenta recomendações de acessibilidade para sites de comércio eletrônico a partir de uma revisão sistemática de literatura. Foram analisados cinco artigos científicos com base em três critérios, a saber: (1) estudos científicos com a temática principal relacionada à acessibilidade em páginas do comércio eletrônico, preferencialmente, estudos conduzidos por meio da avaliação de usuários; (2) trabalhos científicos publicados entre 2014 e 2020 e (3) textos com relevância para a comunidade científica, considerando os indicadores de número de citação da Scopus e Google Acadêmico. Objetivou-se identificar recomendações de acessibilidade que podem ser adotadas em sites de comércio eletrônico. A pesquisa se classifica como qualitativa, exploratória e bibliográfica. Para recuperar as investigações que trataram sobre acessibilidade no comércio eletrônico, foram realizadas buscas avançadas nas bases supracitadas, utilizando os termos “accessibility” AND “e-commerce”. Foram identificadas 24 recomendações que dizem respeito a linguagem de conteúdo, elementos audiovisuais, navegação e página inicial, ferramenta de busca e informações sobres os produtos disponibilizados para oferta em ambientes do comércio eletrônico. Percebeu-se que os usuários que dependem de tecnologias assistivas para utilização da web deparam-se com barreiras associadas especificamente ao contexto do comércio eletrônico, inviabilizando o acesso, bem como a interpretação de informações essenciais à realização de compra de produtos na modalidade on-line. Por fim, o estudo contribuiu para elencar recomendações de acessibilidade web para o comércio eletrônico e, consequentemente, reforçar discussões que tornem o espaço de comércio virtual mais inclusivo, de modo que as pessoas com cegueira tenham melhores experiências de navegação em sites desse segmento.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.84-106
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Mídias sociais, violência contra mulheres e informação: prospecção
           do campo à luz das humanidades digitais

    • Authors: Nathália Lima Romeiro, Ricardo Medeiros Pimenta
      Pages: 107 - 136
      Abstract: Este trabalho discute o fenômeno das hashtags nas mídias sociais digitais como uma estratégia para discussão das performances de gênero e oposição à violência contra mulheres. Busca o referencial teórico e metodológico das Humanidades Digitais associado àqueles da Ciência da Informação e dos estudos de gênero a partir da coleta de dados relacionados a postagens indexadas com as hashtags #primeiroassedio, #meuprimeiroassedio e #mexeucomumamexeucomtodas na mídia social facebook. Apresenta resultados caracterizados como “fotos”, “vídeo”, “relato”, “notícias” e “outros”. Identifica que a categoria fotos a que mais recebia interações e compartilhamentos no facebook; o que nos leva ao conceito de visibilidade informacional. Compreende-se a importância de pesquisas com recorte de gênero, a partir da Ciência da Informação e das Humanidade Digitais, ao passo que se mantenham abertas as possibilidades de discussão de uma temática sensível não somente para Mulheres como para demais estratégias de formação de redes de apoio, afeto e empoderamento social.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.107-136
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Avaliação da acurácia da informação em sites de saúde: Métodos para
           construção de indicadores baseados em evidência

    • Authors: Rodolfo Paolucci, André de Faria Pereira neto, Paulo Nadanovsky
      Pages: 137 - 188
      Abstract: O problema da qualidade da informação de saúde na Internet tem sido apontado nas últimas duas décadas. Para lidar com esse problema, a avaliação de sites realizada por profissionais, pesquisadores e instituições tem se configurado como um novo campo de pesquisa e ação. Uma das principais questões nesse campo está relacionada aos critérios de avaliação. Acurácia é o critério mais utilizado, mas identificamos um problema em sua definição e aplicação: admitir consenso entre especialista como parâmetro de qualidade. Entretanto, o consenso não garante um resultado atual e correto. Neste artigo, apresentamos e discutimos métodos orientados pela medicina baseada em evidência para construção de indicadores de acurácia. O conjunto de métodos desenvolvido compreende sete etapas: estratégia de busca, seleção da fonte de informação baseada em evidência, coleta e seleção de tópicos, desenvolvimento da primeira versão de indicadores, análises dos grupos, dos tópicos e dos indicadores. Nossos métodos garantem o desenvolvimento de indicadores de acordo com as melhores e atuais evidências científicas. Eles resolveram o problema do critério acurácia para o campo de avaliação da qualidade da informação em sites de saúde e viabilizaram a proposição de uma nova definição. Os resultados desta pesquisa preenchem lacunas no conhecimento do campo e orientam pesquisas e ações futuras, pois são replicáveis para qualquer assunto de saúde.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.137-188
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Níveis de evidência e níveis de periódicos: análise de impacto de
           artigos na área de Ortopedia e Traumatologia

    • Authors: Andressa da Costa Santos Souza, Natasha Vogel Majewski, Rogério Mugnaini
      Pages: 189 - 214
      Abstract: A atuação do profissional bibliotecário junto ao profissional da saúde, através de técnicas para a busca e recuperação das informações relevantes, além do manejo dos estudos bibliométricos, pode garantir a oportunidade de colaborar no contexto da Medicina Baseada em Evidências. Nesse sentido, foram delineados os procedimentos para realização deste estudo, que se dedicou à avaliação da produção científica dos pesquisadores do Programa de PósGraduação em Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, considerando variáveis qualitativas e quantitativas de 157 artigos publicados no período de 2012 a 2014. Foi avaliada a qualidade metodológica dos artigos, assim como seu nível de evidência. Os aspectos quantitativos consistiram no número de citações recebidas na base Scopus, em uma janela de citação de quatro anos, e a classificação dos periódicos no Qualis da área de Medicina III. Constatou-se uma nítida preferência dos pesquisadores por Estudos Terapêuticos, assim como pelo nível IV de evidência, bem como pela publicação em periódicos do estrato Qualis B3. Contudo, os estudos do nível I de evidência receberam a maior média de citações, ainda que grande parte dos artigos estivesse em estratos Qualis mais baixos. O tipo de estudo mais citado foram os Estudos Anatômicos, mas os Estudos Terapêuticos de nível I se sobrepuseram. Finalmente, constatou-se haver relação entre o impacto dos artigos e os níveis de evidência, e também com os níveis dos periódicos (estratos Qualis), sendo mais pronunciada com este último. Concluiu-se que os pesquisadores devem acentuar a prática da Medicina Baseada em Evidências, buscando aperfeiçoamento de suas pesquisas, publicando em periódicos de circulação mais ampla, e melhorando a performance do Programa na avaliação da Capes. E sua relação com o bibliotecário em ciência da saúde deve ser estreitada.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.189-214
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Internacionalização de artigos científicos: estudo dos autores de uma
           universidade brasileira

    • Authors: Rosângela Schwarz Rodrigues, Ernest Abadal, Patrícia da Silva Neubert, Miguel Navas-Fernandez
      Pages: 215 - 242
      Abstract: Publicação em periódicos científicos é crucial para os esforços de internacionalização de pesquisadores e instituições. O objetivo geral deste trabalho é analisar a internacionalização dos periódicos nos quais publicam os autores vinculados a uma universidade classificada entre as dez melhores do Brasil, com base nos seguintes objetivos específicos: a) identificar os idiomas dos artigos; b) descrever a distribuição dos títulos e editoras; e c) identificar o tipo de acesso dos principais títulos. Este estudo bibliométrico e multidimensional coletou dados na WoS e nos websites dos periódicos. Os resultados mostram que o total de publicações em periódicos dobrou entre 2010 e 2019, com destaque para o crescimento das Social Sciences. No geral, 83% dos artigos são publicados em inglês, sendo que nas Physical Sciences o percentual chega a 96%. A maioria dos artigos é publicada em títulos de editoras comerciais, exceto nas áreas de Ciências Sociais e Humanidades, em que prevalecem as universidades. A editora com maior número de artigos e de periódicos é a Elsevier. O título com maior número de artigos no período é o PLOS One, seguido de vários títulos brasileiros em acesso aberto. A conclusão mostra notável diversidade de comportamento entre as áreas do conhecimento, o que aponta a necessidade de definir claramente o que seria internacionalização para cada uma. O predomínio das editoras comerciais em número de artigos e títulos, lideradas pela Elsevier, mostra a evasão dos registros da ciência pagos com recursos públicos “periféricos” para a guarda de empresas ligadas ao oligopólio das publicações da ciência.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.215-242
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Produção científica de bolsistas de produtividade: uma revisão de
           literatura nas bases de dados contempladas pelo Portal de Periódicos
           Capes

    • Authors: Guilherme Moreira Caetano Pinto, Bruno Pedroso
      Pages: 243 - 271
      Abstract: O presente estudo analisa os artigos sobre a produção científica de bolsistas de produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) nas bases de dados contempladas pelo Portal de Periódicos Capes até o ano de 2019. Dentre as bases pesquisadas estão: Web of Science, Scopus, Lilacs, Pubmed, SciELO, SportDiscus, tendo sido efetuada uma busca no próprio Portal de Periódicos da Capes, além da busca individual nas bases supracitadas. Para tal, foi realizada uma revisão sistemática de literatura. Foram selecionados 32 artigos para a análise do presente estudo. A análise dos artigos foi efetuada por meio dos seguintes indicadores: ano de publicação; periódico de publicação; autores; instituição dos autores; localidade da instituição dos autores; área de conhecimento abordada pelo artigo; idioma; classificação de corte; instrumento de coleta de dados do artigo; e subtema abordado pelo artigo. Os resultados da presente pesquisa indicam que: não foram encontrados estudos de coorte longitudinal; a maioria dos pesquisadores pertence a universidades da região sudeste; houve predomínio de publicações em periódicos pelos bolsistas de produtividade; em diversas pesquisas analisadas os bolsistas de produtividade foram mais produtivos que os não-bolsistas. Conclui-se que há a existência de algumas tendências, comuns em diversas áreas, acerca da produção científica de bolsistas de produtividade.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.243-271
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Mediação, comunicação e informação: a centralidade do sujeito e a
           produção da racionalidade neoliberal

    • Authors: Ana Amélia Lage Martins
      Pages: 272 - 295
      Abstract: Nas perspectivas de compreensão da informação e comunicação sob a ótica das mediações o sujeito ocupa um lugar central. Ao identificar a agência e o sujeito como fundamento principal do pensamento sobre as mediações desde Martín-Barbero, grande influência dos campos da Comunicação e Ciência da Informação latino-americanas, o artigo discute como a incorporação de uma certa ideia de mediação e a incidência sob a produção de subjetividades, pelo capitalismo, são questões que trazem chaves de leitura importantes para pensar a mediação, a comunicação e a informação, especialmente no neoliberalismo atual.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.272-295
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Caráter persuasivo e estrutura organizacional panóptica: as narrativas
           do Instituto Nacional do Livro e o Plano de Divulgação de Obras
           Bibliográficas no Brasil

    • Authors: Alessandra Nunes de Oliveira, Jetur Lima de Castro, Luiz Eduardo Ferreira da Silva
      Pages: 296 - 327
      Abstract: Investiga as narrativas apresentadas no Plano Nacional de Divulgação de Obras Bibliográficas (PNDOB) sobre as medidas de implementação da difusão cultural dos livros e das bibliotecas no Estado Novo no Brasil. Por meio da apropriação documental do Arquivo de Gustavo Capanema e de jornais da época, a pesquisa percorreu o caminho da Análise Crítica do Discurso (ACD), com base na análise do conteúdo e de imagens sobre os caminhos e as ações adotadas pelo Instituto Nacional do Livro (INL), com o objetivo de analisar como ocorreu e se estruturou o PNDOB. A utilização das fontes documentais foi necessária para discutir sobre como as ações do INL foram largamente difundidas em uma estrutura de caráter persuasivo e panóptico, por meio da qual o PNDOB foi instituído com o objetivo de monitorar e de controlar os livros, aplicados à instituição disciplinar, visando à correção e à ordem em nome da moral e dos bons costumes. Por essa razão, questionou-se até que ponto é possível considerar que as publicações e as iniciativas criadas pelo INL eram benéficas para a sociedade do período do Estado Novo, pois, mesmo existindo toda a aparente disseminação dos livros e das bibliotecas, outros tipos de livros foram considerados nocivos para a sociedade e procurados em todos os cantos do Brasil para saírem de circulação. Os resultados indicaram o PNDOB do INL com uma estrutura persuasiva e panóptica e um volume próximo de 88 folhas, entre inúmeros gráficos, organogramas e planejamentos. Conclui-se que é possível pensar sobre se as ações do INL encontraram uma atitude benéfica, uma vez que foi detalhadamente organizada em favor da educação e da cultura varguista da constante expansão da informação sob a ordem de controle bibliográfico, e como aconteceu o acesso ao conhecimento e às políticas de informação por meio dos livros no Brasil.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.296-327
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Leitura e autoria sob uma perspectiva dialógica na formação em
           Biblioteconomia no Brasil

    • Authors: Natália Raposo da Fonsêca, Hélio Márcio Pajeú
      Pages: 328 - 358
      Abstract: A leitura tem uma relação muito direta com a atuação do bibliotecário, ao mesmo tempo em que as discussões a seu respeito não ocupam lugar de destaque nos currículos de Biblioteconomia. O que se observa é um destaque para a leitura técnica, como a documentária. Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa é verificar que lugar as questões de leitura e autoria ocupam nos cursos de Biblioteconomia no Brasil — tendo como recorte as regiões Norte e Nordeste — e sob quais perspectivas teóricas têm sido desenvolvidas na formação dos futuros bibliotecários. A partir de uma visão dialógica bakhtiniana, discute-se a leitura como um ato político, social, ideológico e responsável, entendendo o papel do bibliotecário como mediador de cultura e informação. O estudo se caracteriza como de natureza qualitativa, do tipo exploratório, descritivo e documentário. Analisa os projetos pedagógicos dos cursos de Biblioteconomia de 13 universidades federais do Norte e Nordeste, com foco nas disciplinas que tratam de leitura e autoria sob um viés dialógico. Destas, foram analisadas também ementas e, em alguns casos, as bibliografias. Os resultados mostram que a maioria dos cursos de Biblioteconomia analisados oferece alguma disciplina sobre leitura e autoria, entretanto ainda é uma oferta inexpressiva se comparada à quantidade de disciplinas “técnicas”. Também se verificou uma tendência a pensar a leitura atrelada à literatura, ao livro, ao público infantojuvenil e à biblioteca escolar. Além disso, observou-se que o debate sobre autoria recebe pouco destaque, sendo diretamente mencionado em poucas ementas analisadas.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.328-358
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • O impacto do modelo IFLA Library Reference Model na prática
           catalográfica: casos de uso, vantagens e desvantagens

    • Authors: Rhuan Henrique Alves de Oliveira, Fabiano Ferreira de Castro, Ananda Fernanda de Jesus
      Pages: 359 - 386
      Abstract: O IFLA Library Reference Model, IFLA LRM, é um modelo conceitual de alto nível que surge da necessidade de consolidação dos três modelos da Família FR, das demandas do contexto tecnológico vigente e da compatibilidade com as melhores práticas do Linked Data. O IFLA LRM trata os dados bibliográficos em sentido amplo, explicitando os princípios gerais que governam a estrutura lógica da informação bibliográfica, atuando como base para formulação de regras de catalogação e implementações de sistemas bibliográficos. Dessa maneira, essa pesquisa tem como objetivo identificar o estado da arte do modelo IFLA LRM, partindo da realização de uma Revisão Sistemática da Literatura, identificando casos de uso, vantagens e desvantagens apontadas pela literatura científica. Foram estabelecidas as seguintes categorias de análise: (i) enfoque dos documentos; (ii) conceito de IFLA LRM; (iii) vantagens e desvantagens do modelo; (iv) casos de uso do IFLA LRM. Como resultado é apresentado o estado da arte sobre o modelo IFLA LRM, bem como as tendências de pesquisa e o impacto do modelo na prática catalográfica. Conclui-se, que o modelo IFLA LRM se apresenta como objeto de investigação de importância capital, uma vez que reflete as mudanças na Catalogação Descritiva, os novos rumos da área no contexto digital, na adequação, no compartilhamento e no reuso dos dados bibliográficos no cenário da Web Semântica e Linked Data.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.359-386
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Teoria do efeito de teoria: reflexões sobre a organização do
           conhecimento no campo das Museologias contemporâneas

    • Authors: Clovis Carvalho Britto
      Pages: 387 - 412
      Abstract: O artigo propõe reflexões sobre as diferentes tendências do conhecimento museológico contemporâneo e evidencia alguns dos interesses envoltos nos processos de elaboração, recepção e formação de epistemologias no exercício de (des) construção de Museologias do fazer museológico. Pautado no conceito de “teoria do efeito de teoria” elaborado por Pierre Bourdieu, o texto apresenta algumas das estratégias de conformação de um campo do conhecimento estabelecidas entre a imaginação museal e a imaginação científica. Seguindo essa orientação, o objetivo é realizar mapeamentos de algumas tentativas de classificação de eixos teóricos ou matrizes discursivas que configuram o pensamento museológico contemporâneo. No cenário das Museologias essa atitude metapoética ganhou força a partir da segunda metade do século XX com reflexões sobre os marcos políticos, (po)éticos e epistemológicos a inspirar novas práticas museológicas e reorientar os protocolos de leitura científica. A metodologia se sustenta em análise bibliográfica, tendo como fonte as tendências do conhecimento museológico evidenciadas em literatura museológica nacional e internacional, com ênfase nos artigos que integram o dossiê “Museus e Museologia: aportes teóricos na contemporaneidade”, publicado na Revista Museologia & Interdisciplinaridade, da Universidade de Brasília, Brasil, em 2020.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.387-412
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Interesses e discursos sobre a ciência: a expectativa da população que
           não frequenta museus de ciência

    • Authors: Sonia Maria Figueira Mano, Diego Vaz Bevilaqua, Vanessa Fernandes Guimarães, Ana Carolina de Souza Gonzalez, José Sergio Damico
      Pages: 413 - 437
      Abstract: Uma boa oferta cultural não é suficiente para atrair os visitantes. Socialmente, esta é uma questão induzida pela distribuição do capital cultural e científico. Esse trabalho investigou o interesse por temas científicos, expectativas sobre museus de ciência e diferentes visões sobre a própria ciência mediante entrevistas com 108 sujeitos que nunca visitaram o Museu da Vida. A metodologia baseou-se na Análise de Conteúdo e no Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados indicam expectativas relacionadas a temas das ciências da saúde, biológicas e exatas, e pouca adesão às ciências humanas e sociais. Além disso, identificou-se uma percepção do museu como espaço de construção de cidadania e formação da geração futura, e uma visão da ciência relacionada ao seu valor e ao seu papel no futuro. Conhecer essas expectativas contribui para que os museus de ciência desenvolvam ações capazes de atrair o público potencial e oportunizar sua participação nesses espaços.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.413-437
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Uma análise de domínio da área de Organização e Representação do
           Conhecimento no contexto do periódico Em Questão

    • Authors: Thiago Henrique Bragato Barros, Rita do Carmo Ferreira Laipelt, Rita do Carmo Ferreira Laipelt
      Pages: 438 - 468
      Abstract: Este artigo tem como objetivo mapear, analisar tematicamente, semanticamente e discursivamente os artigos da área Organização do Conhecimento publicados na Revista Em Questão desde sua migração para o sistema digital SEER em 2003. As categorias temáticas para a classificação dos artigos foram obtidas a partir de uma análise de domínio. As categorias para a classificação dos artigos foram obtidas a partir de uma análise de domínio, com enunciados-pivô da área da Organização do Conhecimento, inseridos na base de dados da revista. A partir de um corpus de 30 textos, utilizou-se o software Sketch Engine como um procedimento semântico-discursivo que auxiliou na organização do domínio a partir das abordagens temática, epistemológica, terminológica e discursiva. Como resultado, organizou-se uma linha do tempo das temáticas da organização do conhecimento publicadas com maior frequência ao longo dos anos 2000 o periódico, que indicou uma produção incrementada da área de organização do conhecimento a partir de 2014, bem como maior relação semântica entre termos e conceitos da comunidade analisada.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.438-468
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Análise de cocitação e identidade do periódico Em
           Questão

    • Authors: Fernanda Bochi dos Santos, Rene Faustino Gabriel Junior, Ana Maria Mielniczuk de Moura
      Pages: 469 - 487
      Abstract: A identidade de citação é o conjunto de autores que um pesquisador recita em suas pesquisas. O mesmo conceito é aplicado no contexto do periódico científico, buscando identificar o repositório teórico destacado pela revista. Portanto, nossa pesquisa tem como objetivo identificar a identidade de citação da revista Em Questão, a partir da análise de citação. Neste estudo, utilizou-se um recorte temporal de 18 anos, separado em três períodos de seis anos, que compreendem: 2003-2008; 2009-2014; 2015-2020. Os dados foram coletados na base de dados Brapci e transportados para o Excel, com a identificação dos campos de autores, do ano de publicação, do título do periódico e do tipo de publicação. Os resultados mostram que a tipologia documental predominante foram os livros, correspondendo a mais de 45% das citações, 35% de artigos científicos, 10% de capítulo de livro, e os demais documentos abaixo de 5%. Contudo, em 2014, o uso dos artigos científicos sobrepôs-se aos livros, concentrando-se em torno de 40%. Dos 20 periódicos científicos mais citados, 12 (60%) são nacionais e oito são estrangeiros (40%). Sugere-se pesquisas comparando com outros periódicos nacionais voltados à Ciência da Informação, bem como um estudo com o mesmo recorte temporal para identificar a elite de pesquisa ao longo dos 18 anos de existência da Em Questão.
      PubDate: 2021-09-29
      DOI: 10.19132/1808-5245274.469-487
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Política Editorial

    • Authors: Comissão Editorial Em Questão
      First page: 488
      Abstract: Política Editorial.
      PubDate: 2021-09-29
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
  • Normas de Publicação

    • Authors: Comissão Editorial Em Questão
      Pages: 489 - 504
      Abstract: Normas de Publicação.
      PubDate: 2021-09-29
      Issue No: Vol. 27, No. 4 (2021)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 52.23.219.12
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-