Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro   (Total: 43 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 43 of 43 Journals sorted alphabetically
Abusões     Open Access   (Followers: 1)
Ballot     Open Access  
Caderno Seminal     Open Access  
Cadernos de Estudos Sociais e Políticos     Open Access   (Followers: 2)
Cadernos do Desenvolvimento Fluminense     Open Access  
Cadernos do IME : Série Estatística     Open Access  
Cadernos do IME : Série Informática     Open Access  
Cadernos do IME : Série Matemática     Open Access  
Childhood & Philosophy     Open Access   (Followers: 9)
DEMETRA : Alimentação, Nutrição & Saúde     Open Access  
e-Mosaicos : Revista Multidisciplinar de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira     Open Access  
Ekstasis : Revista de Hermenêutica e Fenomenologia     Open Access   (Followers: 1)
Em Pauta : Teoria Social e Realidade Contemporânea     Open Access   (Followers: 1)
Espaço e Cultura     Open Access  
Estudos e Pesquisas em Psicologia     Open Access  
Geo UERJ     Open Access  
História, Natureza e Espaço - Revista Eletrônica do Grupo de Pesquisa NIESBF     Open Access  
Intellèctus     Open Access  
J. of Sedimentary Environments     Open Access  
Jornal Brasileiro de TeleSSaúde     Open Access  
Logos : Comunicação e Universidade     Open Access  
Matraga - Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ     Open Access  
Palimpsesto : Revista da Pós-Graduação em Letras da UERJ     Open Access  
Pensares em Revista     Open Access  
Periferia     Open Access  
Physis : Revista de Saúde Coletiva     Open Access  
Polêm!ca     Open Access  
Psicologia e Saber Social     Open Access   (Followers: 1)
Revista da Faculdade de Direito da UERJ     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ     Open Access  
Revista de Finanças Públicas, Tributação e Desenvolvimento     Open Access  
Revista Direito e Práxis     Open Access   (Followers: 1)
Revista Eletrônica de Direito Processual     Open Access  
Revista Enfermagem UERJ     Open Access   (SJR: 0.248, CiteScore: 0)
Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto     Open Access  
Revista Maracanan     Open Access  
Revista Neiba, Cadernos Argentina Brasil     Open Access  
Revista Quaestio Iuris     Open Access  
Revista Tamoios     Open Access  
Revista Teias     Open Access  
Soletras Revista     Open Access  
Sustinere : Revista de Saúde e Educação     Open Access  
Textos Escolhidos de Cultura e Arte Populares     Open Access  
Similar Journals
Journal Cover
Sustinere : Revista de Saúde e Educação
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Online) 2359-0424
Published by Universidade do Estado do Rio de Janeiro Homepage  [43 journals]
  • Editorial

    • Authors: Diego Carvalho Viana
      Pages: 1 - 3
      Abstract: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.66522
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Diversidad y biometría de formícidos (Insecta: Hymenoptera) del Fundo
           San José, provincia de Chanchamayo, región Junín, Perú

    • Authors: Mariela Mercedes Dueñas Vilchez, Geancarlo Alarcón, José Iannacone
      Pages: 4 - 23
      Abstract: As formigas apresentam uma grande diversidade em diferentes ecossistemas dos Neotrópicos. Objetivo: avaliar a diversidade e morfometria de formicídeos (Insecta: Hymenoptera) do Fundo San José, provincia de Chanchamayo, região de Junín, Peru. A coleta foi realizada no período chuvoso de 2017. 40 armadilhas de solo foram colocadas na mata secundária do Fundo às 24h de exposição. Foram utilizados quatro tipos de armadilhas: pitfall, necrotrap, coprotrap e carpotramp, das quais apenas pitfall e necrotrap coletaram formigas. As amostras coletadas foram identificadas no nível de morfoespécies usando chaves taxonômicas especializadas. Dezoito variáveis individuais e três índices proporcionais foram tomados para cada uma das morfoespécies formicidas. Foram obtidos 330 indivíduos e 26 morfoespécies. As quatro espécies dominantes foram: Ochetomyrmex cf. neopolitus, Dolichoderus cf. ghilianii, Crematogaster sp1, A. sexdens, Pheidole sp3 e Neoponera verenae. A armadilha de queda apresentou a maior riqueza de espécies em comparação com a necrotrap. Em relação à morfometria, Pachycondyla crassinoda apresentou o maior tamanho, cuja medida foi de 10,4 mm, e o menor foi Solenopsis sp1, cuja medida foi de 0,09 mm. Uma característica particular foi observada em duas morfoespécies ao avaliar o mesossomo em Gnamptogenys sp2, que apresenta o mesossomo maior que P. crassinoda, o qual não é proporcional ao corpo. A maior parte de seu corpo está presente no mesossomo e em P. crassinoda a maior parte de seu corpo está presente no gaster. Os índices de similaridade mostraram baixos níveis de morfoespécies de formicídeos compartilhados entre as armadilhas. O índice frontal apresentou maior grau de variação entre o valor mínimo e máximo nas 26 morfoespécies em relação aos outros dois índices proporcionais. A diversidade é alta e a morfometria é variável dos formicídeos existentes na região de San José Fundo, Chanchamayo, Junín, Peru.
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65854
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Dinâmica do rebanho avícola no estado do Maranhão

    • Authors: Rafaella Brandão Silva, Josiel Cirqueira dos Santos, Amanda Pereira Marques, Diego Amorim Santos
      Pages: 24 - 31
      Abstract: O Maranhão é o segundo estado do Nordeste em produção de grãos, assim apresentando um grande potencial para o crescimento do setor avícola. A partir de 2015, uma série de políticas públicas estaduais buscaram incentivar a instalação de indústrias avícolas no estado do Maranhão, sobretudo, devido a sua capacidade produtiva de grãos e potencial para crescimento do setor avícola. Objetivou-se com esta pesquisa compartilhar o efeito de medidas estaduais de fomento à avicultura no estado do Maranhão. O estudo foi realizado pela comparação das variações anuais no contingente total de galináceos criados nas microrregiões de Imperatriz, Porto Franco e Aglomeração urbana de São Luís (IBGE, 2015 a 2019). O contingente de galináceos totais do estado em 2015 foi (9.357.217) em 2019 houve um crescimento para (11.850.372) apresentando aumento de 21%, na microrregião de Imperatriz o número do rebanho em 2015 foi (616.526) já em 2019 passou para (681.752) apresentando um aumento de 10%. Em 2015 a microrregião de Porto Franco detinha (12.166.282) cabeças, em 2019 foi (724.669) com uma redução de 40% desse contingente. Por fim, na região do Aglomerado urbano de São Luís o rebanho em 2015 era (37.972), em 2019 esse rebanho já totalizava o número de (1.157.828) cabeças apresentando assim um aumento de 2949% no decorrer desses 5 anos. Notadamente essa diferença do rebanho entre as regiões de Porto Franco e o Aglomerado urbano de São Luís deve-se a presença de empresas integradoras avícolas e fomentos do poder público para a região norte nas proximidades do Porto de Itaqui, escoando a produção para exportação.
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65855
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Gastrotomia em cadela para remoção de corpo estranho na região
           gástrica: relato de caso

    • Authors: Aline Santos da Silva Guarim, Kryscia Beatriz Teixeira Araújo Varão, Lorena da Silva Soares, Bárbara Ellen da Silva Brito, Pâmela Rodrigues da Silva
      Pages: 32 - 39
      Abstract: Corpos estranhos (CE) gastrointestinais são quaisquer objetos ingeridos por animais, sobretudo de companhia, tais objetos não podem ser digeridos. Corpos estranhos de rombos pequenos podem causar danos ou não, podendo atravessar o sistema digestório, na maioria das vezes esses objetos precisam ser removidos, pois podem provocar risco de obstrução ou perfuração dependendo do material ingerido pelo animal. E para a remoção de corpo estranho na região gástrica, a gastrotomia é uma técnica cirúrgica mais indicada pois decorre de uma incisão na parede gastrointestinal. O diagnóstico, consiste na história clínica do paciente atrelado a exames de imagem como radiografia e ultrassom e exames complementares como hemograma e bioquímico. O objetivo desse trabalho, é relatar a conduta terapêutica-cirúrgica de um caso de corpo estranho na região gástrica, em um animal de companhia, atendido em uma clínica particular localizada na cidade de Imperatriz, MA.
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65864
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Prolapso uterino em cadela: relato de caso

    • Authors: Kryscia Beatriz Teixeira Araújo Varão, Aline Santos da Silva Guarim, Lorena da Silva Soares, Bárbara Ellen da Silva Brito, Tallyta de Morais Silva, Pâmela Rodrigues da SILVA
      Pages: 40 - 48
      Abstract: O prolapso uterino é uma condição rara em fêmeas caninas, definida pela eversão e protusão de uma porção do útero pela cérvix para dentro da vagina durante ou dias após o parto, associada à força excessiva e é considerada uma emergência. O tratamento ocorre mediante a avaliação da viabilidade do útero prolapsado. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo descrever um caso de prolapso uterino em uma cadela, identificado na cidade de Imperatriz - MA, bem como a conduta terapêutica-cirúrgica adotada e a sua proficiência, visto que há poucas informações relatadas sobre esta condição, onde o atendimento imediato do prolapso uterino mostrou-se imprescindível para um prognóstico favorável e a realização da ovariohisterectomia (OVH) apresentou-se como um método eficiente para o tratamento. 
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65865
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Restauração de casco em jabuti-tinga (Chelonoidis denticulata)

    • Authors: Andressa Mouzinho Santos, Jucileide Souza de Araújo, Marcio Nogueira Rodrigues
      Pages: 49 - 59
      Abstract: Dentro da rotina clínica veterinária de animais silvestres, no que se refere aos quelônios, é frequente o atendimento de casos de fratura de carapaça e de plastrão em decorrência de atropelamento, esmagamento, quedas e acidentes com animais domésticos. A literatura técnica apresenta diferentes materiais para correção de fraturas de casco como a resina de epóxi, acrílicos dentais, fita de acetato de celulose associado ao adesivo tecidual cianoacrilato, cintas plásticas, fibras de vidro e fios de sutura fixados a furos no casco ou parafusos. Contudo, há poucos relatos disponíveis sobre a utilização destes métodos na rotina prática. Assim, o presente relato teve como objetivo descrever a restauração de casco em um jabuti-tinga (Chelonoidis denticulata) utilizando resina epóxi, bem como o tratamento clínico antimicrobiano e antiinflamatório necessário previamente à restauração
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65856
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Tumor Venéreo Transmissível Canino - Relato de Caso

    • Authors: Dalila de Sousa Barbosa, Kaline Milena Gomes Milhomem, Paulo Vitor Silva de Carvalho, Auricélio Alves de Macedo
      Pages: 60 - 67
      Abstract: O Tumor venéreo transmissível canino é uma enfermidade contagiosa, encontrada geralmente na mucosa genital externa de cães de ambos os sexos, porém, pode ser encontrado em áreas extragenitais como no aparelho respiratório e tecido subcutâneo. O presente trabalho tem por objetivo relatar um caso raro de TVT por sua localização nos septos nasais, com acometimento também da região oral de um cão, macho, sem raça definida, com histórico, estertor respiratório, dispnéia inspiratória, disfagia, assim como apresentar a conduta clínica deste caso. O diagnóstico foi possível através da avaliação clínica, exame radiográfico e confirmação de TVT através do exame citológico. No exame citológico pode-se observar presença de células redondas com citoplasma vacuolizado, sendo sugestivo de tumor venéreo transmissível. O exame radiográfico evidenciou osteólise de osso nasal e osso alveolar maxilar e, ausência de canino e pré-molares esquerdo. Optou-se pelo tratamento quimioterápico com vincristina e seu prognóstico para remissão do tumor é favorável.
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65858
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Leishmaniose visceral na região tocantina do Maranhão - relato
           de caso

    • Authors: Layla de Sousa Castro Milhomem, Juciê Leite dos Santos, Ana Christina Silva Batista, Lívia Pereira Ramos, Marciara Lopes Silva, Thiago Machado da Silva Acioly, Diego Carvalho Viana
      Pages: 68 - 74
      Abstract: A Leishmaniose Visceral (LV) é considerada pela OMS como uma das doenças mais negligenciadas do mundo. Diante disso, objetivamos descrever um caso de LV e o tratamento na cidade de Porto Franco, Maranhão, Brasil. A suspeita da LV no jovem surge a partir da iniciativa do responsável em realizar uma ultrassonografia do abdômen e exames complementares que constataram esplenomegalia. Os resultados foram confirmados pelo exame reagente para Leishmania, Donovani-anticorpo IGM. O tratamento consistiu na administração diária de três ampolas de Glucantime/20 dias. Portanto, o diagnóstico prévio, acompanhamento médico e tratamento adequado são necessários para a não evolução clínica da doença.
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65859
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Trauma torácico por mordedura em cão – relato de caso

    • Authors: Vitória Nascimento Andrade, Pâmela Rodrigues da Silva, Leonardo Moreira de Oliveira, Diego Carvalho Viana
      Pages: 75 - 89
      Abstract: O trauma torácico é uma afecção considerada comum em animais domésticos como cães e gatos. Lesões na cavidade torácica, no parênquima pulmonar, no espaço pleural, no diafragma ou miocárdio estão constantemente associadas ao trauma torácico, possuindo alta morbilidade e mortalidade dependendo da gravidade das lesões. Este trabalho tem por objetivo relatar a ocorrência de trauma torácico por mordedura em cão. Um canino da raça Pinscher, macho, castrado, 5 anos e 6 meses de idade e pesando 6 kg foi encaminhado a uma clínica veterinária privada no município de Imperatriz, Maranhão, Brasil, no dia 27 de outubro de 2021. O animal foi atendido durante a madrugada, sendo relatado pela tutora ter sofrido ataque de um cão maior da raça Rottweiler. O paciente apresentava lesões perfurantes nas faces lateral e dorsal do pescoço. Após o exame clínico do paciente foram observados sinais de desconforto respiratório e logo se iniciaram os procedimentos emergenciais, colocando o animal em oxigenioterapia, realizando analgesia e toracocenteses até a restituição da pressão negativa do tórax. O cão ficou internado durante 6 dias com monitoramento constante, e se recuperou completamente das afecções ocasionadas pelo trauma
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65860
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Redução de Luxação Sacroilíaca em Felino: Relato
           de Caso

    • Authors: Helyab Gabriel Chaves Neres, Lívia Pereira Ramos, Juliano Nunes de Oliveira, Dennis Leite dos Santos, Leonardo Moreira de Oliveira
      Pages: 90 - 97
      Abstract: A fratura-luxação sacroilíaca designa a separação traumática entre sacro e ílio que resulta em uma pelve instável e possibilita o colapso do canal pélvico. É a segunda lesão pélvica mais comum em gatos, representando 16 a 59% dos casos de luxação nesta espécie. Este relato tem como objetivo descrever o caso de um felino, SRD, fêmea, 5 meses, 1 kg, com luxação sacroilíaca submetido ao tratamento cirúrgico com parafuso compressivo. O felino foi atendido em clínica veterinária particular no município de Imperatriz, MA. O animal apresentava impotência funcional do membro posterior esquerdo e instabilidade. Com a radiografia em projeção ventrodorsal foi possível detectar pelve rotacionada, sem evidência de fraturas, apenas luxação da articulação sacroilíaca com perda de espaço articular e ausência de processo inflamatório. A técnica utilizada foi a de redução de luxação sacroilíaca por parafuso compressivo. O animal foi posicionado em decúbito lateral, fez-se uma incisão de pele acima da crista ilíaca e afastamento dos músculos do glúteo e sacrococcígeos para expor a articulação sacroilíaca. Seguiu-se com exposição da superfície lateral da articulação sacroilíaca e consequente perfuração do orifício de deslizamento na asa ilíaca, redução da luxação e colocação do parafuso compressivo. Com 2 dias de pós-operatório, o animal já apoiava o membro pélvico esquerdo de forma estável e apresentava boa marcha. Conclui-se que o uso de parafuso compressivo para redução de luxação sacroilíaca apresentou bons resultados, com boa estabilização e retorno precoce à deambulação.
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65863
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Planície de inundação e a construção do loteamento colina park em
           Imperatriz, Maranhão, Brasil

    • Authors: Letícia Almeida Barbosa, Cleonilde Queiroz
      Pages: 98 - 104
      Abstract: O presente trabalho trata-se da análise de uma construção realizada nas proximidades de um rio, no qual a falta de conhecimento da área tem resultado em prejuízo para a população local que reside nos arredores. O objetivo deste estudo é investigar as causas e futuras consequências ocasionadas pela construção do loteamento Colina Park na cidade de Imperatriz. Dados do Conselho Nacional do Meio Ambiente e Instituto Nacional de Meteorologia, Qualidade e Tecnologia revelam a gravidade das inundações para esse local, visto que a interrupção dos córregos que ecoam as águas fluviais resulta nos impactos e alagamentos. Por tanto, o residencial não é considerado próprio para moradia, e ferem os direitos humanos em obter uma boa qualidade de vida.
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65862
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
  • Biología, capacidad depredadora y comportamiento de Hippodamia convergens
           Guérin-Meneville, 1842 (Coleoptera: Coccinellidae) como controlador
           biológico de Aphis spiraecola Patch, 1914 (Hemiptera: Aphididae) en
           condiciones de laboratorio

    • Authors: Claudia Alicia Sánchez-Antezana, Mónica Narrea-Cango, José Iannacone
      Pages: 105 - 129
      Abstract: La mariquita (Hippodamia convergens) es uno de los depredadores más estudiados por su eficacia como controlador biológico de importantes plagas agrícolas, mientras que el “áfido verde de los cítricos” (Aphis spiraecola) es una plaga frecuente en frutales, con altas densidades de población y alta densidad de población. niveles de persistencia. El objetivo de este trabajo es determinar la biología, capacidad depredadora y comportamiento de H. convergens frente al pulgón A. spiraecola en condiciones de laboratorio. Se realizaron tres tratamientos para evaluar la capacidad depredadora, donde se consumieron individuos de A. spiraecola, estadio II, en cada estadio larvario de H. convergens, totalizando 130, 150 y 170 pulgones para los tratamientos 1, 2 y 3, respectivamente. El ciclo de vida observado fue de 65,5 días (tratamiento 1), 60,32 días (tratamiento 2) y 55 días (tratamiento 3). Consumiendo un total de 4726 pulgones en estado larvario, con una tasa de consumo de 278 pulgones/día. El período de pre-cumplimiento, cópula y post-cumplimiento varió de uno a dos días, dando lugar a puestas precoces después del cubrimiento. El período de oviposición fue de 27 días en promedio, con porcentajes de fertilidad y viabilidad cercanos al 100% a 25,12°C y 63,78% HR. En esta fase se pusieron un total de 485 huevos, a razón de 18 huevos/día. Además, se registró mortalidad en adultos con valores muy bajos (cerca del 7%). Así, se concluye que factores como la temperatura, la humedad relativa y el consumo de pulgón son determinantes para la biología, capacidad depredadora y comportamiento de H. convergens.
      PubDate: 2022-04-19
      DOI: 10.12957/sustinere.2022.65871
      Issue No: Vol. 10 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 34.231.247.88
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-