Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro   (Total: 43 journals)   [Sort by number of followers]

Showing 1 - 43 of 43 Journals sorted alphabetically
Abusões     Open Access   (Followers: 1)
Ballot     Open Access  
Caderno Seminal     Open Access  
Cadernos de Estudos Sociais e Políticos     Open Access   (Followers: 2)
Cadernos do Desenvolvimento Fluminense     Open Access  
Cadernos do IME : Série Estatística     Open Access  
Cadernos do IME : Série Informática     Open Access  
Cadernos do IME : Série Matemática     Open Access  
Childhood & Philosophy     Open Access   (Followers: 9)
DEMETRA : Alimentação, Nutrição & Saúde     Open Access  
e-Mosaicos : Revista Multidisciplinar de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira     Open Access  
Ekstasis : Revista de Hermenêutica e Fenomenologia     Open Access   (Followers: 1)
Em Pauta : Teoria Social e Realidade Contemporânea     Open Access   (Followers: 1)
Espaço e Cultura     Open Access  
Estudos e Pesquisas em Psicologia     Open Access  
Geo UERJ     Open Access  
História, Natureza e Espaço - Revista Eletrônica do Grupo de Pesquisa NIESBF     Open Access  
Intellèctus     Open Access  
J. of Sedimentary Environments     Open Access  
Jornal Brasileiro de TeleSSaúde     Open Access  
Logos : Comunicação e Universidade     Open Access  
Matraga - Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ     Open Access  
Palimpsesto : Revista da Pós-Graduação em Letras da UERJ     Open Access  
Pensares em Revista     Open Access  
Periferia     Open Access  
Physis : Revista de Saúde Coletiva     Open Access  
Polêm!ca     Open Access  
Psicologia e Saber Social     Open Access   (Followers: 1)
Revista da Faculdade de Direito da UERJ     Open Access   (Followers: 1)
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ     Open Access  
Revista de Finanças Públicas, Tributação e Desenvolvimento     Open Access  
Revista Direito e Práxis     Open Access   (Followers: 1)
Revista Eletrônica de Direito Processual     Open Access  
Revista Enfermagem UERJ     Open Access   (SJR: 0.248, CiteScore: 0)
Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto     Open Access  
Revista Maracanan     Open Access  
Revista Neiba, Cadernos Argentina Brasil     Open Access  
Revista Quaestio Iuris     Open Access  
Revista Tamoios     Open Access  
Revista Teias     Open Access  
Soletras Revista     Open Access  
Sustinere : Revista de Saúde e Educação     Open Access  
Textos Escolhidos de Cultura e Arte Populares     Open Access  
Similar Journals
Journal Cover
Estudos e Pesquisas em Psicologia
Number of Followers: 0  

  This is an Open Access Journal Open Access journal
ISSN (Print) 1676-3041 - ISSN (Online) 1808-4281
Published by Universidade do Estado do Rio de Janeiro Homepage  [43 journals]
  • EXPEDIENTE - v22n1

    • Authors: Amana Mattos
      Abstract: EXPEDIENTE - v22n1
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66517
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Editorial

    • Authors: Alice De Marchi Pereira de Souza, Amana Mattos, Ana Maria Jacó Vilela, Anderson Pereira Mendonça, Deise Maria Leal Fernandes Mendes, Edna Lúcia Tinoco Ponciano, Filipe Degani-Carneiro, Heloisa Fernandes Caldas Ribeiro, Jimena de Garay Hernández, Laura Cristina de Toledo Quadros, Luiz Fernando Tura, Marcos Vinicius Brunhari, Patrícia Lorena Quitério, Rosana Lazaro Rapizo, Sabrina Dal Ongaro Savegnago, Vitor Castro Gomes
      Pages: 05 - 09
      Abstract: Alice De Marchi Pereira de Souza, Amana Mattos, Ana Maria Jacó Vilela, Anderson Pereira Mendonça, Deise Maria Leal Fernandes Mendes, Edna Lúcia Tinoco Ponciano, Filipe Degani-Carneiro, Heloisa Fernandes Caldas Ribeiro, Jimena de Garay Hernández, Laura Cristina de Toledo Quadros, Luiz Fernando Tura, Marcos Vinicius Brunhari, Patrícia Lorena Quitério, Rosana Lazaro Rapizo, Sabrina Dal Ongaro Savegnago, Vitor Castro Gomes
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66627
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Responsabilização ou Punição: Violações de Direitos na Medida
           Socioeducativa de Internação

    • Authors: Cibele Soares da Silva Costa, Maria de Fatima Pereira Alberto, Erlayne Beatriz Félix de Lima Silva
      Pages: 10 - 31
      Abstract: Este artigo tem como objetivo analisar as violações de direitos na vida de jovens em cumprimento de medidas socioeducativas de internação. Foi realizada uma pesquisa com dez jovens que cumpriam medida socioeducativa de internação em uma cidade do estado da Paraíba. Utilizou-se uma entrevista aberta individual abordando o cotidiano dos jovens na unidade de internação. Os dados foram analisados a partir da Análise Temática de Conteúdo, organizados na classe temática Violações de direitos durante o cumprimento da medida socioeducativa, com as respectivas categorias: Violência física e psicológica, Enclausuramento, Superlotação, Negligência, Consequências da medida disciplinar e Revista íntima vexatória. Conclui-se que o cumprimento da medida socioeducativa de internação se caracteriza pela permanência da cultura punitiva, evidenciando a necessidade de um projeto pedagógico que norteie as ações nas unidades e as atividades de todos os profissionais que atuam nas instituições de medidas socioeducativas, e que efetive a garantia de direitos dos jovens.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66450
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Narrativas de Pessoas LGBTQIA+ Universitárias acerca do Suicídio

    • Authors: Alexia Jade Machado Sousa, Francisco Jander de Sousa Nogueira
      Pages: 32 - 49
      Abstract: O objetivo principal deste trabalho é discutir e compreender quais questões estão em volta do suicídio na comunidade LGBTQIA+ de acordo com a narrativa de alguns estudantes universitários participantes dessa comunidade. Para construção do estudo, utilizou-se da pesquisa social em saúde, apresentando uma abordagem qualitativa. Na produção de dados, foi utilizado um roteiro de entrevista semiestruturado que foi realizado, em sua maioria, de maneira remota. O estudo contou com 11 interlocutores. Os resultados foram analisados por meio da análise do discurso, emergindo quatro categorias extraídas das entrevistas: a invisibilidade; o preconceito; a violência; e o acesso ao serviço de saúde. Nos resultados e na discussão elencaram-se narrativas dos interlocutores com temáticas levantadas por autores como Foucault, Butler, Mbembe, entre outros. Assim, a partir de questões como biopoder, necropolítica e vidas precárias, discutiu-se sobre as vulnerabilidades e atravessamentos que perpassam a vida de um corpo LGBTQIA+ em relação ao suicídio através da narrativa de estudantes universitários.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66451
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Saúde Mental, Uso de Álcool e Qualidade do Sono em Estudantes de uma
           Universidade Pública

    • Authors: Maria Emanuelle de França Antunes Reis, Polyana Alvarenga Matumoto, Thiago Augusto Rosa, Alexandre Azenha Alves de Rezende, Luciana Karen Calábria
      Pages: 50 - 66
      Abstract: Este estudo analisou os aspectos cognitivos e comportamentais dos estudantes de uma universidade pública durante a graduação, considerando autopercepção de depressão, ansiedade e estresse, bem como uso de substâncias psicoativas e qualidade do sono. Foi realizado um delineamento longitudinal com 34 estudantes ingressantes em 2015/1 e formandos em 2018/2, aplicando-se questionário online. Do total de universitários, 22 eram mulheres e 12 eram homens, sendo que o consumo de drogas aumentou para ambos os sexos. A frequência da percepção de processos depressivos aumentou no fim do curso, enquanto a de ansiedade diminuiu, para ambos os sexos. Os dados de percepção do estresse mostraram aumento na frequência total. Houve correlação positiva fraca entre depressão e ansiedade ou estresse, mas correlação positiva moderada entre estresse e ansiedade no final do curso. Ainda, obteve-se um aumento expressivo de distúrbio do sono em homens e mulheres, porém de forma significativa apenas para os primeiros. Foi notada correlação positiva fraca entre a percepção de depressão, ansiedade ou estresse no final do curso. Faz-se necessário o acompanhamento multiprofissional do universitário, auxiliando na maneira de lidar com as dificuldades, bem como medidas de melhoria da qualidade de vida e sono.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66452
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Estratégias de Enfrentamento Utilizadas por Profissionais do SAMU Frente
           à Iminência de Morte de Pacientes

    • Authors: Mikaela Aline Bade München, Alberto Manuel Quintana, Sílvio José Lemos Vasconcellos
      Pages: 67 - 85
      Abstract: O presente trabalho teve por objetivo verificar as estratégias de enfrentamento utilizadas pelos profissionais de uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) frente situações de iminência de morte de pacientes, além de avaliar a correlação entre coping e ansiedade, depressão e estresse. Para tanto, realizou-se uma pesquisa quantitativa, da qual participaram 43 profissionais do SAMU de um município no interior do estado do Rio Grande do Sul, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e condutores. Os instrumentos utilizados foram o DASS-21 e o Inventário de Estratégias de Coping. A análise dos dados foi feita a partir de estatística descritiva e inferencial, utilizando o software SPSS. Os resultados indicam que as estratégias mais utilizadas pelos profissionais são resolução de problemas, autocontrole e reavaliação positiva. Já as menos utilizadas são fuga-esquiva e confronto. Ademais, obteve-se um baixo índice de estresse, ansiedade e depressão na amostra. A correlação dos instrumentos permitiu compreender esses dados, visto que as estratégias menos utilizadas apresentaram maior correlação com estresse, ansiedade e depressão. Considera-se que os profissionais do SAMU utilizam estratégias de enfrentamento que permitem a elaboração das situações vivenciadas, o que indica a importância da valorização de potencialidades a serem desenvolvidas no serviço.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66480
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Um Ubu para Chamar de Nosso: Ensaio sobre o Bolsonarismo

    • Authors: Wagner Honorato Dutra, Bruna Coutinho Silva
      Pages: 86 - 104
      Abstract: O objetivo deste ensaio é mostrar que o bolsonarismo é um dispositivo político-ideológico que atua em consonância com processos sócio-políticos ancorados na subjetividade. Para demonstrar a imbricação entre esses âmbitos, percorremos os territórios da filosofia, da psicanálise e da literatura, articulando-os sistemicamente. O intuito é explicitar como processos heterogêneos se organizam de modo a sustentar e a conferir eficácia à ideologia bolsonarista. Para tanto, inicialmente, apresentamos a temática do grotesco em diferentes problematizações ao longo da história, sobretudo na literatura, identificando como ela se personifica nas relações políticas, sociais e nos modos de subjetivação. Em seguida, analisamos as manifestações do mal no campo social baseadas em modalidades de gozo típicas das sociedades capitalistas hipermodernas. Sugerimos que o imperativo do gozo, fundamentado na agressividade, colabora para a sustentação do ódio ao outro, seja por sua diferença radical, seja por sua semelhança assustadora. A partir daí, avaliamos como isso se atualiza no bolsonarismo. Tentamos demonstrar a tese de que o grotesco, a violência e as suas variações são fenômenos resistentes à domesticação, justamente por serem elementos inerentes à condição humana.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66481
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Atuação da Estratégia Saúde da Família em Casos de Violência Sexual
           contra Crianças e Adolescentes

    • Authors: Sandra Mara Setti, Adalberto de Araújo Trindade, Jean Von Hohendorff
      Pages: 105 - 124
      Abstract: Considerando a cobertura e a posição privilegiada que a atenção básica em saúde ocupa na identificação e enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes, o presente estudo teve por objetivo compreender como a equipe de uma Estratégia Saúde da Família intervém nestes casos. Realizou-se um estudo qualitativo, documental e baseado na inserção ecológica. Foram realizadas observações da rotina da Estratégia Saúde da Família, análise de prontuários e entrevistas com os/as profissionais. A análise dos dados foi feita a partir da Análise Temática, sob ótica da Teoria Bieocológica do Desenvolvimento Humano. Os principais resultados indicaram a ausência de protocolo no atendimento às crianças e adolescentes vítimas de violência sexual na Estratégia Saúde da Família estudada, falta de capacitação dos/as profissionais no atendimento e manejo desses casos e fragilidades da rede intersetorial. Assim, a atuação da Estratégia Saúde da Família requer aprimoramentos, como capacitações e elaboração de fluxos de atendimento, garantindo o cuidado integral e continuado das crianças e adolescentes vítimas de violência sexual e de suas famílias.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66482
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • A Atuação dos Multiplicadores Ambientais em Saneamento Compreendida à
           Luz da Educação Ambiental Emancipatória

    • Authors: Igor Schutz dos Santos, Ariane Kuhnen
      Pages: 125 - 146
      Abstract: As políticas de saneamento têm como objetivo a melhoria e manutenção do bem-estar na sociedade. No Brasil, o trabalho em empresas deste contexto pode incluir a educação ambiental, oportunidade para sensibilização da população quanto à preservação dos recursos hídricos. O presente estudo teve por objetivo caracterizar a educação ambiental para o saneamento e compreender a atuação dos educadores à luz do modelo emancipatório. Trata-se de um estudo exploratório e qualitativo. Realizou-se o acompanhamento de atividades de educação ambiental realizadas na Companhia Catarinense de Águas e Saneamento e entrevistas com 19 trabalhadores denominados multiplicadores ambientais. As características das atividades foram registradas através de diário de campo e analisadas por meio de estatística descritiva. As entrevistas foram gravadas e os dados submetidos à análise de conteúdo através do software Atlas.ti, versão 7.5.7. Os resultados permitiram conhecer as características das atividades de educação ambiental realizadas, dos visitantes e dos participantes. As categorias identificadas demonstraram que a atuação dos multiplicadores ambientais é compreendida por seu desenvolvimento, relação com atividades principais, competências, impactos aos visitantes e avaliação da educação ambiental realizada. Tal atuação é parcialmente congruente com a educação ambiental crítica e emancipatória. Identificaram-se oportunidades para o engajamento de trabalhadores em atividades ambientalmente responsáveis.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66483
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Treinamento de Habilidades Sociais no Contexto Escolar: Revisão
           Sistemática

    • Authors: Elsa Zanette Tallamini, Naiana Dapieve Patias, Vinícius Renato Thomé Ferreira, Márcia Fortes Wagner
      Pages: 147 - 163
      Abstract: A literatura descreve que as habilidades sociais são reconhecidas como fator de proteção ao desenvolvimento humano. Por consequência, programas de treinamento de habilidades sociais têm sido considerados eficazes no aprimoramento de tais comportamentos e competências sociais. Esta revisão tem como objetivo avaliar os estudos de intervenção voltados ao contexto educacional no âmbito do Treinamento de Habilidades Sociais, publicados em periódicos nacionais e internacionais. Foram localizados um somatório total de 1.022 artigos utilizando os descritores "Social skills AND Training AND Teachers" nos bancos de dados SciELO, LILACS, EBSCO, PePSIC e PubMedD, sem delimitação de período de tempo. Depois de aplicados os critérios de inclusão e exclusão utilizando o método Prisma, restaram nove artigos, provenientes de diferentes países. Os resultados indicaram a escassez de estudos voltados ao cenário escolar tendo o professor como foco. Além disso, no que se refere aos estudos nacionais, estão vinculados a alguns grupos de pesquisa, existem poucos instrumentos específicos e não foram focados em habilidades sociais educativas. No entanto, os estudos analisados apresentam contribuições em termos da caracterização do repertório de habilidades sociais e propõem intervenções no âmbito educacional.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66484
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Conhecimento sobre Direitos das Crianças e dos Adolescentes de
           Mães do Rio Grande do Sul

    • Authors: Carolina Schmitt Colomé, Jennifer Vanessa Ávila dos Santos, Daniele Dalla Porta, Aline Cardoso Siqueira
      Pages: 164 - 185
      Abstract: Ainda que o Estatuto da Criança e do Adolescente tenha 30 anos, observam-se impasses em relação ao seu conhecimento por parte dos brasileiros, bem como à sua implementação. Esse estudo objetivou analisar o conhecimento de mães de crianças de dois a oito anos sobre os direitos das crianças e dos adolescentes e sua percepção sobre situações de violação. Para tanto, 56 mães responderam a uma entrevista, que foi analisada quanti e qualitativamente. A análise demonstrou que muitas participantes não souberam nomear a lei brasileira específica responsável pela proteção dos direitos. Ainda, 89,3% não consideravam a palmada como violência física e somente sete mães apresentaram convicção de que a palmada seja uma agressão. Em relação ao abuso sexual, 94,64% das participantes consideraram violência sexual os atos de mostrar fotos/vídeos, tocar e olhar com malícia para uma criança. Contudo, frente à apresentação de uma situação hipotética de relação sexual entre uma jovem de 14 anos e um adulto de mais de 35 anos, 30,35% das mães apontaram a adolescente como total ou parcialmente responsável pelo ato. Os resultados evidenciaram a necessidade de debates sobre a legislação, como também da promoção de atividades que ofereçam para os pais alternativas não violentas de educação.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66492
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Concepções e Juízos de Educadores sobre a
           Educação em Valores Morais

    • Authors: Leandra Lúcia Moraes Couto, Heloisa Moulin de Alencar, Mayara Gama de Lima
      Pages: 186 - 208
      Abstract: Este estudo se insere nos campos da psicologia da moralidade e da educação em valores morais, especialmente no que concerne às perspectivas construtivistas. O objetivo do trabalho foi verificar concepções e juízos de educadores sobre a educação em valores morais. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, na qual foram realizadas entrevistas individuais semiestruturadas com 14 profissionais de uma escola pública de ensino fundamental. Em relação às concepções dos participantes, foram verificados conteúdos que se aproximam das posições relativistas. Ademais, grande parte considera que a família é a principal responsável pela formação moral. Na escola não havia projeto específico de educação em valores morais, e a maioria dos participantes afirmou que não se sente apta para conduzir práticas com esse foco. A partir dos resultados, ponderamos que a concepção dos profissionais sobre moral, ética e educação em valores morais parece influenciar a forma como concebem o papel da escola na formação moral dos alunos. Assim, tais resultados indicam que é necessário propor aos educadores, por meio da formação continuada, reflexões sobre tais assuntos, possibilitando mudanças em suas concepções. Partimos do pressuposto de que a referida formação pode contribuir para motivar os profissionais a se envolverem em práticas de educação em valores morais.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66493
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Violência Motivada por Preconceito contra a Diversidade Sexual na
           Infância e Adolescência de Homens Homossexuais

    • Authors: Priscila Lawrenz, Júlia Carvalho Zamora, Thaís de Castro Jury Arnoud, Aline Ruoso Godoi, Luísa Fernanda Habigzang
      Pages: 209 - 230
      Abstract: O objetivo deste estudo foi identificar o histórico de violência na infância e na adolescência de homens homossexuais brasileiros. Trata-se de um estudo de caráter misto e sequencial. Um total de 101 homens homossexuais com média de idade de 26,37 anos (DP = 6,84) participaram da primeira etapa do estudo, de abordagem quantitativa. A segunda etapa, de abordagem qualitativa, foi composta por sete homens homossexuais com média de idade de 25,43 anos (DP = 4,42). Os instrumentos utilizados foram: Questionário Sociodemográfico; Maltreatment and Abuse Chronology of Exposure Scale (MACE); Entrevista semi-estruturada. As formas mais frequentes de violência identificadas entre os participantes na primeira etapa do estudo foram abuso emocional por pares, abuso emocional não-verbal e maus-tratos físicos parentais. Por meio da análise das entrevistas, foram identificados os seguintes temas: 1) Contextos de violência; 2) Não conformidade de gênero; 3) Emoções atribuídas às experiências de violência. É fundamental que pais e educadores compreendam o papel de suporte emocional que devem desempenhar no processo de desenvolvimento de crianças e adolescentes. Neste sentido, psicólogos e demais profissionais da saúde devem realizar intervenções que contribuam para a desconstrução de estereótipos de gênero e lógicas heteronormativas que sustentam o preconceito e a violência.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66494
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • A Relação Educadora-Bebê com Deficiência e o Cuidado
           Coletivo na Creche

    • Authors: Tatiele Jacques Bossi, Sofia Sebben Colognese, Cesar Augusto Piccinini
      Pages: 231 - 249
      Abstract: Este estudo teve como objetivo investigar a relação educadora-bebê com deficiência e o cuidado coletivo na creche. Participaram 10 educadoras de duas Escolas Municipais de Educação Infantil de Porto Alegre que atendiam dois bebês com deficiência física. As educadoras participaram de um Programa de Acompanhamento destinado a educadoras que atendiam bebês com deficiência e responderam a uma entrevista. Os dados foram submetidos à análise temática indutiva. Os resultados revelam a importância das educadoras e da creche como ambiente facilitador do amadurecimento pessoal dos bebês com deficiência, o que ficou evidente nos cuidados dispensados a eles de forma sensível. No entanto, pôde-se perceber que o cuidado em ambiente coletivo é desafiador para as educadoras e o bebê com deficiência demanda maior disponibilidade emocional e física delas, o que pode tornar a prática profissional ainda mais fatigante. Pensar em intervenções que considerem as especificidades da relação educadora-bebê com deficiência torna-se relevante no contexto da Educação Infantil, ainda mais ao se considerar a importância da inclusão desde as etapas iniciais do processo educacional.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66495
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Avaliação de Estudante com Altas Habilidades/Superdotação Pré e
           Pós-Oferta de Enriquecimento Curricular

    • Authors: Aletéia Cristina Bergamin, Victor Alexandre Barreto da Cunha, Maria Beatriz Campos de Lara Barbosa Marins Peixoto, Camila Elidia Messias dos Santos, Carina Alexandra Rondini
      Pages: 250 - 270
      Abstract: Objetiva-se apresentar o processo de avaliação e confirmação dos indicadores de Altas Habilidades/Superdotação de um estudante, pré e pós-oferta de enriquecimento intracurricular e extracurricular. A pesquisa configura-se como descritiva, do tipo casuístico. Participou do estudo um estudante com indicadores de Altas Habilidades/Superdotação, matriculado nos anos iniciais do Ensino Fundamental de uma escola pública estadual do interior de São Paulo. A coleta de dados foi realizada na escola e no Centro de Psicologia Aplicada de uma Universidade Pública da cidade, por meio de uma avaliação multimodal, envolvendo uma bateria de instrumentos aplicados junto à mãe e ao estudante, incluindo avaliação pedagógica, psicológica e psicomotora. Os resultados indicaram que o estudante apresenta fortes indicadores de Altas Habilidades/Superdotação, demonstrando desempenho acima da média, com destaque em matemática, leitura e escrita, os quais puderam ser confirmados tanto pela avaliação pedagógica quanto pela psicológica, e alto desempenho na área de psicomotricidade. A oferta de enriquecimento intracurricular e extracurricular contribuiu para melhorar o desempenho do estudante.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66497
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Validação de Instrumento em uma População Brasileira de Adolescentes
           em Conflito com a Lei

    • Authors: Jessica Daniele Silva Moreira, Monilly Ramos Araujo Melo, Jucelio Soares dos Santos
      Pages: 271 - 291
      Abstract: Este estudo teve como objetivo a construção de um software, a partir da testagem adaptativa informatizada para computadores e dispositivos móveis, como possível ferramenta para a avaliação neuropsicológica do controle inibitório. Foi realizado estudo empírico com 70 adolescentes entre 14 e 18 anos que cumpriam medida socioeducativa em complexo de reabilitação. Foi empreendida uma análise via TRI através da constatação do modelo logístico de três parâmetros (3PL); os itens foram ajustados apresentando confiabilidade (Alfa de Cronbach = 0,909). Outra análise constatou a relação entre a tarefa construída e o Five Digit Test (teste que avalia construtos similares). Os resultados apontaram que a tarefa construída tem potencial para avaliar o CI, considerando que a correlação dos escores entre os instrumentos obteve níveis consideráveis de significância (no nível de 0,05). Além disso, verificou-se que o uso da tecnologia da informação no processo de avaliação neuropsicológica torna o processo mais dinâmico e atrativo para o avaliado, além de mais prático e econômico para o avaliador.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66499
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Técnicas para Manejo da Emoção de Raiva: Uma Revisão
           Sistemática

    • Authors: Dyane Lombardi Rech, Karine Elisa Schwarzer Schmidt, Tania Rudnicki, Marcia Moura Schmidt
      Pages: 292 - 307
      Abstract: Introdução: Dentre as inúmeras possibilidades que um indivíduo possui de experienciar e expressar a raiva ou a ira, não é raro que o sentimento fuja do controle e termine em hostilidade e agressões, podendo gerar consequências importantes na vida de uma pessoa e de outros ao seu redor. Diante disso, torna-se fundamental a aplicação de técnicas comprovadamente eficazes, objetivando uma maior qualidade de vida ao indivíduo e às pessoas que com ele convivem. Objetivos: Identificar as principais técnicas no manejo da raiva em adultos. Método: Revisão sistemática de artigos científicos de estudos clínicos. Resultados: Nove estudos clínicos randomizados com utilização de técnicas psicológicas para o manejo da ira foram utilizados na análise. A Terapia Cognitivo-Comportamental mostrou-se predominante nas intervenções analisadas e provou-se eficaz para o controle da ira. Conclusão: Técnicas cognitivo-comportamentais, em especial a psicoeducação e a reestruturação cognitiva, são as ferramentas mais frequentemente usadas para o manejo da raiva em distintos grupos clínicos de pacientes, com resultados positivos na regulação emocional.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66485
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Capacitando para o Cuidado em Saúde Mental: Um Relato de
           Experiência

    • Authors: Allan Martins Mohr, Carla de Oliveira Vaz Chiarello
      Pages: 308 - 321
      Abstract: Este relato de pesquisa tem por objetivo apresentar uma experiência de elaboração e execução de um curso de Capacitação em Cuidados em Saúde Mental realizado inicialmente no segundo semestre do ano de 2019 e repetido no primeiro semestre do ano de 2020 em uma Instituição Federal de Ensino Superior no sul do país. O referido curso foi ofertado em quatro encontros somando vinte horas de capacitação mesclando aspectos teóricos e experiências práticas. Sua proposta se efetivou devido ao reconhecimento dos proponentes, ambos psicólogos, de que a equipe do setor onde atuavam carecia de segurança para oferecer uma escuta inicial e encaminhar discentes que se apresentavam alterados emocionalmente. Dessa forma, apresentamos neste artigo a metodologia utilizada para o curso, além de explorarmos os conteúdos nele trabalhados para, finalmente, concluirmos que a capacitação atingiu seus objetivos, a recortar nossa tese de que uma capacitação em saúde mental, quando oferecida a profissionais de áreas diversas à da psicologia e/ou psiquiatria, traz resultados importantes na melhoria da qualidade do atendimento e no desenvolvimento da saúde mental do próprio profissional atendente.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66486
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Religiosidade e Política na Sociedade Brasileira Secularizada: Uma
           Leitura Psicanalítica

    • Authors: Fuad Kyrillos Neto, Rodolfo Rodrigues Machado
      Pages: 322 - 341
      Abstract: A interface entre o envolvimento religioso e o espaço político na sociedade, possuindo um longo antecedente de relações, vem ganhando destaque em suas manifestações na conjuntura contemporânea. No presente artigo, buscaremos investigar, através de uma pesquisa teórica, como as novas formas de envolvimento religioso, em suas configurações seculares, podem ter derivado, também, novos caminhos na relação entre religião e política. Para tanto, em um primeiro momento, ocupar-nos-emos em expor as formulações freudianas a respeito das motivações que levam o sujeito ao encontro da religião. Também apresentaremos as reformulações presentes na obra de Lacan a respeito do tema, assim como contribuições de outros pensadores, buscando focalizar os pontos onde os autores analisam interseções entre religião e discurso político. Posteriormente, retomaremos algumas considerações históricas sobre a relação entre religião e política no Brasil, encaminhando a discussão para a forma como tal questão se situa na contemporaneidade. Por fim, proporemos uma análise, articulada aos conceitos psicanalíticos expostos, do papel da secularização na conjuntura exposta, tomando como exemplo paradigmático a teologia da prosperidade. Nesse sentido, visamos a apontar como certos paradigmas da secularização possivelmente reorganizaram pontos norteadores das relações estabelecidas entre religião e política no contemporâneo brasileiro.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66487
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • A Regulação Emocional como Moderadora da Relação entre Afeto Positivo
           e Negativo e Bem-Estar Psicológico

    • Authors: Amanda Borges Fortes, Saulo Tractenberg, Carolina Saraiva de Macedo Lisboa
      Pages: 342 - 359
      Abstract: A capacidade de influenciar a experiência e expressão das emoções pode ser fundamental para a saúde mental. Sabe-se que a regulação emocional possui relação com alterações no afeto positivo e negativo dos indivíduos, sendo estas capazes de influenciar seu bem-estar. A relação entre afeto positivo e negativo e bem-estar tem sido discutida na literatura, entretanto, ainda se desconhece o papel da regulação emocional nesta relação. Sendo assim, o presente estudo investigou se a Regulação Emocional (RE) exerce função moderadora na relação entre afeto positivo e negativo e o bem-estar. Para isso, foi realizado um survey online, com uma amostra de 857 participantes com idades entre 18 e 70 anos (M= 30,55). Os participantes responderam a Escala de Bem-Estar Psicológico, a Escala de Afetos Positivos e Negativos e o Questionário de Regulação Emocional. Os resultados revelaram que a supressão emocional exerce efeito moderador, enfraquecendo a relação positiva entre afeto positivo e bem-estar, enquanto a reavaliação cognitiva exerce função moderadora, enfraquecendo a relação negativa entre afeto negativo e bem-estar. Destaca-se a importância de desenvolver habilidades de tolerância e de regulação das reações emocionais para ajudar os indivíduos a ampliarem o leque de comportamentos para lidar com o sofrimento para promover bem-estar.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66488
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Profissionais Forcluídos e Recalcados das Práticas em Saúde
           Mental

    • Authors: Allan Rooger Moreira Silva, Henrique Figueiredo Carneiro
      Pages: 360 - 379
      Abstract: Trabalhadores da saúde mental como porteiros, vigilantes e serventes gerais não figuram nas políticas do Ministério da Saúde do Brasil, sendo excluídos das orientações oficiais. Ao nível institucional uma exclusão também se opera, visto que tais profissionais não são considerados componentes das equipes. As investigações de Freud e Lacan apontam para mecanismos fundamentais e modos de subjetivação específicos advindos da relação do homem com a realidade. Nesse sentido, a hipótese deste artigo é que há uma forclusão desses trabalhadores pela política e um recalcamento pelos serviços. Ainda nessa esteira, o Estado e a instituição CAPS podem ser responsabilizados por uma dinâmica de vulnerabilização e exclusão desses profissionais. Para que haja uma reabilitação desses trabalhadores para uma categoria de operadores da saúde mental, é preciso reivindicar políticas que apontem para sua valorização e inclusão dentro dos serviços, como a ParticipaSUS e a Política Nacional de Humanização. Assim, para que essas políticas tenham incidência nesse público, é necessário que o tema seja suscitado nas instituições, sendo essa uma contribuição possível da psicanálise enquanto aliada da prática da supervisão institucional.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66489
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Escuta do Sofrimento Mental Estudantil: Relato de Experiência do
           Atendimento Psicológico aos Estudantes da UFRJ

    • Authors: Simone Aparecida de Castro, Leonardo Aparecido Silva, Julie Anna Barros Smith, Maria de Fátima Carneiro Dysman Gomes
      Pages: 380 - 396
      Abstract: Relato de experiência acadêmica de três estagiários de graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no atendimento psicológico para estudantes da universidade. O objetivo é destacar as principais questões de sofrimento psíquico relatadas pelos estudantes atendidos e elucidar a importância da escuta clínica no campo acadêmico. Analisaram-se os aspectos recorrentes emergidos durante os atendimentos e presentes na discussão dos casos durante as supervisões com a professora orientadora. Do total de 24 estudantes atendidos, as principais queixas sintomatológicas dos participantes foram crises de ansiedade, sintomas de depressão e de ideação suicida. Buscou-se realizar um paralelo entre as dificuldades acadêmicas e emocionais com a implicação subjetiva dos estudantes na instituição UFRJ. Além disso, a questão do suicídio também foi destacada como o maior desafio clínico pelos estagiários nos atendimentos. Ao final verificou-se a importância do atendimento psicológico para os estudantes dentro do espaço acadêmico, pois esse lugar também de escuta é uma forma de acolhimento integral do estudante.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66490
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Passagens pela História da Gestalt: de Mach/Ehrenfels a Wertheimer,
           Koffka e Köhler

    • Authors: Jorge Américo Vargas Freitas
      Pages: 397 - 417
      Abstract: O artigo pretende fazer a leitura de textos que marcaram a história da teoria da Gestalt nas suas fases iniciais de desenvolvimento. Assim, procura redescobrir as origens do termo a partir de conceitos como Tongestalt, de Ernst Mach, e Gestaltqualitäten, de Christian von Ehrenfels, para alcançar as raízes filosóficas da psicologia da Gestalt. Em seguida, focando sobre a base da psicologia da Gestalt, a pesquisa se dedica aos fatores da Gestalt descritos por Max Wertheimer como leis gerais da teoria da Gestalt, à introdução da Gestalt theory nos Estados Unidos por Kurt Koffka a partir da apresentação do ponto de vista da Gestalt sobre a teoria da percepção e ao esclarecimento sobre o conceito de insight por Wolfgang Köhler por meio da abordagem exaustiva da perspectiva do leigo. Logo, o texto tenta ser capaz de dar mostras da evolução do conceito de Gestalt ao longo do tempo e ao mesmo tempo conectar uma variedade de definições e facetas da Gestalt.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66491
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Debates Feministas en Revistas Argentinas de la Primera Mitad del Siglo XX

    • Authors: Rosa Falcone
      Pages: 418 - 434
      Abstract: En el ámbito de la investigación histórica sobre las particularidades de los "feminismos" en la Argentina, el objetivo del presente artículo es abordar esta problemática, con base en las revistas feministas (Nuestra causa, Vida Femenina, Criterio), publicadas en el transcurso de la mitad del siglo XX. En continuidad con líneas de investigación anteriores, proponemos profundizar en los debates producidos entre las mujeres feministas, que, con el fin de la defensa de derechos, exponen diversos grupos ideológicos alojados en instituciones que a menudo están en conflicto. Las discusiones reflejadas por la lectura de fuentes de primera mano nos han dado la posibilidad de llegar a algunas conclusiones preliminares sobre la pertenencia ideológica-política de los grupos de mujeres, que sustenta la edición de las revistas, y las razones de los debates. Dada las posibilidades de espacio, recortamos, tres corrientes que se desprenden del análisis de las fuentes: la vertiente feminista de tradición socialista, las agrupaciones que representan ideologías liberales y por último las mujeres católicas. Con respecto a éste último grupo interesará a los fines de la discusión incorporar, la Revista Sur, dirigida por Victoria Ocampo (1890-1986), que permitirá examinar los debates y discrepancias ideológicas entre las mujeres católicas y las liberales.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66500
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
  • Comemorar uma Revista, Resgatar uma História: 20 Anos de Estudos e
           Pesquisas em Psicologia

    • Authors: Ana Maria Jacó-Vilela, Filipe Degani-Carneiro, Laura Araújo Delarue dos Santos, Pedro Henrique Leal Cardoso
      Pages: 435 - 455
      Abstract: O presente artigo consiste em uma reflexão de natureza historiográfica sobre o percurso da Revista Estudos e Pesquisas em Psicologia, do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IP-UERJ), por ocasião do 20º aniversário (2001-2021) do periódico. Por meio de análise documental das edições regulares (excetuando os dossiês temáticos) e de entrevistas com três ex-editoras-chefe, são analisados, em especial: o contexto de criação do periódico, no início dos anos 2000; as transformações no processo editorial, decorrentes tanto das injunções das políticas científicas de avaliação de periódicos pela CAPES, quanto da maciça migração das publicações científicas para o meio eletrônico; os impactos da crise sistêmica de financiamento da universidade pública (notadamente, as especificidades do contexto uerjiano) na segunda metade da década de 2010. Deste modo, reflete-se tanto sobre as especificidades da trajetória da Estudos e Pesquisas em Psicologia, quanto sobre os sentidos e desafios envolvidos no fazer editorial no cenário contemporâneo.
      PubDate: 2022-04-25
      DOI: 10.12957/epp.2022.66501
      Issue No: Vol. 22, No. 1 (2022)
       
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
 


Your IP address: 34.231.247.88
 
Home (Search)
API
About JournalTOCs
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-