for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Similar Journals
Journal Cover
  • Editorial

    • Authors: Narciso Vieira Soares, Vera Regina Medeiros Andrade
      PubDate: 2018-12-14
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
  • Uma breve caracterização dos surtos de doenças transmitidas por
           alimentos no Estado do Ceará no período de 2014 a 2016

    • Authors: Paulo Iury Gomes Nunes, Marina Pinto Custódio, Laura Maria Teodorio Vidal, Edna Cristina de Oliveira Brito, Francisca Alexandra Cavalcante Pinto, Maria Tereza Pinto da Costa, Luzia Izabel Mesquita Moreira
      Abstract: Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) constituem síndromes resultantes de alimentos e/ou água contaminados. Assim, objetivou-se caracterizar os surtos alimentares no Estado do Ceará (CE) no período de 2014 a 2016, empregando-se de uma metodologia descritiva, do tipo transversal e de caráter retrospectivo, valendo-se dos dados da Secretaria de Saúde e do Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (LACEN-CE). Foram notificados 67 surtos de DTA no CE, com um total de 1.984 pacientes, 188 alimentos analisados e 879 testes microbiológicos executados, com uma prevalência de registros de surtos nos meses de março, agosto e setembro. O LACEN-CE auxiliou na elucidação de 80,6% das notificações de surtos de DTA no CE, observando-se um predomínio dos agentes microbiológicos Staphylococcus coagulase-positiva (20,30%), Escherichia coli (21,87%) e Coliformes totais (33,59%). Ficou claro a constância de surtos fora da Região Metropolitana de Fortaleza, assim como de alimentos como queijos (19,29%), carnes (8,77%) e arroz (7,02%) envolvidos nas notificações. Evidenciando-se, assim, o perfil dos surtos de DTA no CE, caracterizando-os e demonstrando a sua importância para estudos futuros.
      PubDate: 2018-12-12
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
  • Indicação farmacêutica de medicamentos isentos de prescrição para o
           tratamento da constipação intestinal

    • Authors: Edielli Ricardo Ajala, Christian Monteiro, Susana Andréia Griebeler
      Abstract: Introdução: A constipação intestinal é uma queixa muito comum e com definições variadas. Sua incidência está frequentemente associada à dieta inadequada e sedentarismo. As complicações incluem dor abdominal recorrente, incontinência fecal, sangramento retal, enurese e infecção/retenção urinária. Objetivo: Realizar uma revisão sobre a constipação intestinal e os medicamentos isentos de prescrição médica, eficazes no tratamento dessa patologia, facilitando a indicação pelo farmacêutico. Metodologia: Revisão bibliográfica, utilizando as bases de dados Google Acadêmico, Scielo e Pubmed para busca e seleção de artigos científicos utilizando os descritores: Constipação intestinal, laxantes e peristaltismo. Resultados: O tratamento da constipação intestinal baseia-se, na instituição de medidas dietéticas, incentivo à prática de exercícios físicos e estímulo do reflexo da evacuação. O uso de fármacos pode ser indicado em alguns casos, porém não se aconselha o uso por tempo prolongado. Quando se faz necessária a terapia medicamentosa, o tratamento consiste na utilização de medicamentos formadores de massa fecal, emolientes, estimulantes ou salinos-osmóticos. Conclusão: A constipação é um problema complexo que afeta uma porção significativa da população em geral. O farmacêutico deve orientar o paciente quanto ao uso de produtos laxativos, auxiliando-o na escolha do MIP mais adequado e promovendo seu uso racional.Palavras chave: Constipação intestinal, laxantes, peristaltismo.
      PubDate: 2018-12-12
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
  • Amamentação ao seio materno: educação em saúde

    • Authors: Jéssica Cortes de Moraes, Narciso Vieira Soares, Alessandra da Silva Frizzo, Vivian Lemes Lobo Bittencourt
      Abstract: Objetivo: realizar uma educação em saúde com puérperas e gestantes sobre como se evitar problemas relacionados a amamentação. Método: pesquisa aplicada de abordagem qualitativa. Sendo feito o uso de uma roda de conversa, com uma apresentação lúdica, além da distribuição de folders na maternidade de um hospital da Região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. As participantes foram puérperas e gestantes presentes no período do primeiro semestre de 2018 internadas nessa instituição. Resultados: observou-se a necessidade de se trabalhar com maior frequência a educação em saúde dentro da maternidade, pois é necessário capacitar cada vez mais os profissionais de saúde, para assim estarem aptos a prestarem informações consisas para seus usuários e desta forma tornar rotina a educação em saúde dentro da unidade. Conclusão: o estudo em questão mostra a importantância de que nos próximos projetos sejam abordados a temática da educação em saúde com os profissionais de saúde da instituição, na perspectiva de mudanças na prática assistencial. Descritores: Aleitamento materno; Enfermagem; Apoio social; Serviços de saúde materna.
      PubDate: 2018-12-12
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
  • Comunicação interpessoal enquanto fator para a
           humanização do cuidado

    • Authors: Aline Assenheimer, Daniele de Moura, Zaléia Prado de Brum, Rosane Teresinha Fontana, Carine Amábile Guimarães, Narciso Vieira Soares, Jane Conceição Perin Lucca
      Abstract: RESUMOObjetivo: identificar como se processa a comunicação interpessoal na Estratégia Saúde da Família. Método: trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, exploratória realizada com  grupos de educação para saúde  de duas UBS e três ESF totalizando 15 encontros no segundo semestre de 2017. Resultados: fatores que interferem na qualidade da comunicação interpessoal envolvem impaciência, julgamento e visão parcial de uma situação. Considerações Finais: os resultados da pesquisa remetem à algumas reflexões tais como a importância da percepção da comunicação não verbal por parte do usuário e a dificuldade de estabelecer uma comunicação interpessoal sem ruídos, fatores esses importantes para o vinculo e acolhimento, para adesão ao tratamento e para o autocuidado.DESCRITORES: Comunicação em saúde, Humanização da Assistência, Relações Interpessoais, Educação em Saúde.
      PubDate: 2018-12-03
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
  • Atendimento pré-hospitalar móvel de urgência: um serviço essencial
           para a sociedade

    • Authors: Jardel Milchen de Mattos, Camila Mumbach de Melo, Vivian Lemes Lobo Bittencourt, Maria Cristina Meneghete
      Abstract: Este estudo objetivou conhecer a opinião dos usuários de um município localizado na região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul sobre o atendimento prestado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Pesquisa descritiva, qualitativa, com entrevista desenvolvida nos meses de setembro e outubro de 2017 com onze usuários do Sistema Único de Saúde atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência no ano de 2016 em um município localizado na região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Para análise dos dados utilizou-se os preceitos da análise temática, da qual emergiram três categorias temáticas. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob o parecer nº 2.166.137, bem como atendeu aos preceitos éticos da Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Os resultados da pesquisa revelaram que os usuários atendidos entendem que os serviços são fundamentais para a população, porém apontam algumas fragilidades e sugerem melhorias. Mesmo com apontamentos de qualificações necessárias os usuários demonstraram confiança no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.
      PubDate: 2018-12-03
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
  • Biofilmes em infecção por Candida: uma revisão da
           literatura

    • Authors: Luciana Teresinha Adams Langer, Raiza Lima do Carmo, Keli Jaqueline Staudt, Izabel Almeida Alves
      Abstract: Objetivo: Realizar uma revisão narrativa apresentando alguns resultados de pesquisas sobre a formação de biofilmes por espécies do gênero Candida. Materiais e Métodos: As etapas de realização desta revisão narrativa foram: definição da questão norteadora; seleção dos artigos para o estudo; elaboração do quadro sinóptico com as principais informações de cada artigo; análise dos achados de acordo com os critérios estabelecidos; apresentação dos resultados e conclusões. A busca pelos artigos foi realizada nas seguintes bases: SciELO, LILACS Pubmed, Science Direct, Web of Science e Google Acadêmico. Conclusão: Percebe-se que os biofilmes de Candida são um potencial mecanismo de virulência de extrema importância, dada a sua incidência e sua difícil erradicação, visto o pequeno arsenal de antifúngicos disponível e a elevada resistência desenvolvida por estes microrganismos, o que torna necessária a busca por novas alternativas para o controle destas infecções.Palavras chave: Biofilmes; Candida; Antifúngicos.
      PubDate: 2018-12-03
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
  • A participação da família no contexto terapêutico em Unidade de
           Terapia Intensiva Adulto

    • Authors: Sandra da Silva Kinalski, Luciana Machado Martins, Tais Cristiane Lenz, Vanessa Gross, Cleci Lourdes Schmidt Piovesan-Rosanelli
      Abstract: Objetivo: analisar a importância da participação da família no cuidado de enfermagem a pacientes de uma unidade de terapia intensiva. Metodologia: estudo descritivo na modalidade relato de experiência. A descrição dos dados foi realizada com base na Metodologia da Problematização, tendo como referência o Método do Arco de Maguerez. Resultados: Seguindo o eixo norteador de humanização em terapia intensiva, observa-se como problemática, a ausência de um contato diferenciado entre familiares e pacientes que se encontram fora das possibilidades terapêuticas. Após refletir sobre o problema e elencar possíveis pontos chaves e determinantes que afetam o contexto no qual o problema ocorre, determinou-se as seguintes hipóteses de soluções: diferenciação do tempo de visitas; rodas de conversas semanais entre a equipe e família; levantamento do histórico pregresso do paciente; flayer explicativos; serviço psicológico; prestação de conforto físico aos familiares e direcionamento dos cuidados aos pacientes. Depois de analisar as hipóteses de soluções, adotou-se a que se considerou mais adequada para contribuir com o objetivo do estudo, sendo assim, foi desenvolvido um flayer com informações acerca da assistência multidisciplinar e rotinas especificas deste setor, para serem fornecidas aos familiares, com o intuito de proporcionar informações pertinentes e humanizar a relação Terapia Intensiva – família. Conclusão: A UTI é um local que necessita da humanização em todos os aspectos, porém, percebemos que um dos principais elementos no cuidado e na humanização é a família, pois diante do momento vivenciado, as mesmas também necessitam ser assistidas.
      PubDate: 2018-12-03
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
  • Assistência ao paciente hospitalizado em UTI: cuidados de enfermagem na
           aspiração de secreções e circuito ventilatório

    • Authors: Maynara da Veiga Chagas, Caroline Fogliarini da Silva, Sandra da Silva Kinalski, Sandra Leontina Graube, Geovana Oliveira Anschau, Eniva Miladi Fernandes Stumm, Alessandra Frizzo da Silva, Vivian Lemes Lobo Bittencourt
      Abstract: Objetivo: refletir a partir da experiência de estudantes de Enfermagem sobre cuidados de enfermagem com aspiração das secreções de vias aéreas e circuito ventilatório para prevenção da Pneumonia Associada à Ventilação. Metodologia: relato de experiência que emerge das atividades desenvolvidas na disciplina de Estágio Supervisionado II na Área Hospitalar, composto por 405 horas, do 10º período do curso de graduação em Enfermagem de uma Universidade privada do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Resultados: com vistas a potencializar as ações destinadas aos pacientes para prevenção de Pneumonia Associada à Ventilação foram escolhidos dois cuidados de enfermagem para trabalhar com esta equipe: aspiração das secreções e circuito ventilatório. Conclusões: a assistência de enfermagem é determinante na prevenção da Pneumonia Associada à Ventilação e requer investimento em formação continuada para que a equipe realize vigilância constante nos cuidados, com vistas a segurança do paciente.
      PubDate: 2018-12-03
      Issue No: Vol. 2, No. 2 (2018)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.85.162.213
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-