for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Journal Cover Escritas : Revista do Curso de História de Araguaína
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 2238-7188
   Published by Universidade Federal do Tocantins Homepage  [4 journals]
  • Apresentação

    • Authors: Jeronimo da Silva e Silva, Hiran de Moura Possas, Idelma Santiago da Silva
      Pages: 1 - 6
      PubDate: 2017-08-24
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • EDUCAÇÃO PRUSSIANA LIBERAL: A GÊNESE HISTÓRICA DO MODELO MILITARISTA
           DE EDUCAÇÃO NO TOCANTINS

    • Authors: Tomaz Martins da Silva Filho, José Damião Trindade Rocha, Jocyléia Santana dos Santos
      Pages: 7 - 21
      Abstract: Resumo: o presente trabalho disserta sobre a militarização da escola pública no estado do Tocantins, portanto, e, por conseguinte, sobre a origem do colégio militar em Palmas. Para isso, faz apanhado histórico do surgimento do militarismo, ainda nos primórdios da modernidade, e como esse modelo é instituído no Brasil. Especificamente tem como objetivo entender as justificativas para implantação do colégio militar do Tocantins. Portanto, a metodologia utilizada é a história oral, que aqui assume papel elementar para surgimento de novos dados, confronto com a história escrita e reflexividade com as teorias aí estabelecidas. Os resultados não se fecham nestes escritos, mas na verdade abre um leque de análise para escritos futuros.  
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p7
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • ROMPENDO O SILÊNCIO DA MEMÓRIA: HISTÓRIA ORAL E NARRATIVAS DE
           VIOLÊNCIAS NO INTERIOR DE MINAS GERAIS

    • Authors: Erika Oliveira Amorim, Maria Beatriz Nader
      Pages: 22 - 41
      Abstract: O presente texto aborda a violência contra a mulher com enfoque em uma cidade de pequeno porte, localizada no interior de Minas Gerais. Analisa a violência doméstica e familiar como um fenômeno social que atinge todas as classes sociais e que encontra no espaço privado, seu maior campo de atuação. Tem como ponto de partida as narrativas de uma mulher que foi agredida pelo companheiro, está sob medida protetiva de urgência e faz acompanhamento psicossocial no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) na cidade de Carangola, Minas Gerais.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p22
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • NA LUTA PELOS SEUS DIREITOS: MEMÓRIA E IDENTIDADE DE UMA COMUNIDADE
           REMANESCENTE DE QUILOMBO NO NORTE DO TOCANTINS

    • Authors: Rita de Cássia Domingues Lopes
      Pages: 42 - 60
      Abstract: Trata-se do estudo sobre a Comunidade Remanescente de Quilombo Ilha de São Vicente, localizada em Araguatins, Região do Bico do Papagaio, norte estado do Tocantins, que estão buscando em suas memórias e nos seus elementos identitários a relação com seu território físico, ambiental e simbólico. Os dados foram obtidos através do trabalho de campo utilizando reuniões, entrevistas, observação participante, além do mapeamento do território e levantamento de fontes secundárias. Os resultados obtidos demonstram que a comunidade começou a ocupar a ilha após a assinatura da Lei Áurea em 1888 tendo sido doada aos ex-escravos pelo antigo dono e hoje seus descendentes continuam vivendo na ilha, mas após o conflito que gerou o despejo dos moradores fez com que eles se reorganizassem na busca e na luta pelos seus direitos, principalmente, o direito ao território, isto é, em continuar morando/vivendo dentro da ilha.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p42
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • HISTÓRIA DE MUITAS VIDAS: MEMÓRIA DOS ÍNDIOS DO PIAUÍ

    • Authors: Rafael da Silva Assis, Euclides Antunes de Medeiros
      Pages: 61 - 78
      Abstract: Em “História de Muitas Vidas” O nosso interesse foi problematizar narrativas orais dos remanescentes dos indígenas Pimenteiras do Território Serra da Capivara-PI. As narrativas em questão estruturam-se a partir das vivências dos entrevistados: elementos do cotidiano, as histórias contadas pelos mais velhos, a organização social, enfim, elementos de sua cultura reveladores de que são orientados por uma estrutura de sentimentos que permeia a vida dessas pessoas. Entrevistá-las foi, em grande medida, conjugar as análises com o sentir das emoções despertadas pelas vozes dos entrevistados o que nos possibilitou perceber a linguagem como parte de uma estrutura de sentimento no campo conceitual que Raymond Williams (1979) nos apresenta como parte das emoções individuais e sociais, as tensões, as disputas, as estratégias sociais e culturais, permitiu instrumentalizar nosso olhar nesse campo da linguagem oral, da narrativa oral, campo esse, sempre em disputa.  
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p61
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • “ESSA É A HISTÓRIA NOSSA, DO MEU TEMPO PRA CÁ”: MEMÓRIA, POESIA E
           MARTÍRIO NO DOCUMENTÁRIO EXPEDITO, EM BUSCA DE OUTROS NORTES

    • Authors: Janailson Macêdo Luiz
      Pages: 79 - 98
      Abstract: Lançado em 2007, o documentário Expedito, em busca de outros nortes, retrata por intermédio de diversos relatos orais de memória e recursos poéticos, musicais e imagéticos, a trajetória do sindicalista Expedito Ribeiro de Souza, assassinado em Rio Maria-PA, em 1991. O artigo problematiza as imagens sobre a vida e a atuação política de Expedito constituídas pelo filme, através da análise de algumas opções realizadas pelos seus diretores e produtores durante a constituição da narrativa. Ao reunir memórias de pessoas que compartilharam dos mesmos espaços vida e de luta de Expedito, assim como efetuar uma apropriação dos rastros deixados pelo sindicalista, a obra se constitui não somente como um importante lugar de memória sobre o legado por ele deixado e acerca da luta pela terra na Amazônia brasileira no contexto da redemocratização, mas autoriza certas leituras sobre a vida de Expedito e ressignificações sobre sua morte, solidificando sua inserção entre os mártires da luta pela terra.
      PubDate: 2017-08-26
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p79
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • ROMARIAS COMO MECANISMO DE LUTA PELA TERRA

    • Authors: Edimilson Rodrigues Souza
      Pages: 99 - 115
      Abstract: Em áreas de intenso conflito fundiário como o Nordeste e Amazônia brasileira o assassinato violento de lideranças populares – camponeses, indígenas, ativistas políticos e religiosos –, que protagonizam lutas em defesa de direitos fundamentais como a posse da terra e uso de recursos naturais tornou-se uma prática recorrente. A proposta deste trabalho é analisar a partir da experiência etnográficas no estados do Tocantins os efeitos provocados por esses assassinatos violentos, com ênfase na realização de romarias da terra e da água. Organizados por grupos locais com o apoio de setores progressistas da igreja Católica (Comissão Pastoral da Terra e Conselho Indigenista Missionário), esses eventos político-religiosos revelam a dimensão simbólica da luta pela terra ao transformar lideranças assassinadas em mártires da terra, ou seja, num dispositivo de força na luta pela terra e pela vida. A agência desses mártires parece estar fundamentada em habilidades individuais, reconhecidas e legitimadas no interior do próprio grupo, sobretudo pela sua trajetória de luta e resistência. Se enquanto vivos sua atuação junto a grupos camponeses e indígenas era intensa, depois de mortos sua presença é frequentemente acionada e ritualizada nestas romarias. Os líderes martirizados passam a atuar na mediação, tradução e movimentação dos grupos, o que significa dizer que o morto não morre, ao contrário, retroalimenta a luta pela terra e continua “presente na caminhada”.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p99
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • APREENSÃO COSMOLÓGICA DE LIVROS EM RELIGIÕES DE MATRIZ AFRICANA NO
           PARÁ: ALGUNS ELEMENTOS ETNOGRÁFICOS

    • Authors: Hermes de Sousa Veras
      Pages: 116 - 135
      Abstract: O presente artigo é uma tentativa de estudo sobre as formas como as pessoas de santo apreendem, ou mesmo leem livros sobre o universo afro-brasileiro. Partindo de um caso etnográfico específico, oriundo de pesquisa de campo junto a um terreiro de Mina Nagô na Amazônia paraense, trago a possibilidade de se compreender a leitura empreendida por afrorreligiosos como uma prática cosmológica e ritualmente orientada, portanto, devendo ser compreendida pelos próprios termos dessas religiões. Essa abordagem resulta em férteis relações entre o conhecimento letrado e o oral, o saber nativo e o antropológico, sugerindo que a compreensão das formas como afrorreligiosos se relacionam com a escrita necessita de estudos etnográficos mais específicos e que levem em consideração o que essas pessoas tem a nos dizer a respeito do tema.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p116
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • “NO CALCANHAR... OS ENCANTADOS DA TERRA” CONCEPÇÕES DE DIÁSPORAS EM
           COSMOLOGIAS AMAZÔNICAS

    • Authors: Jerônimo da Silva e Silva
      Pages: 136 - 159
      Abstract: Acompanhando narrativas orais de rezadeira migrante do estado do Ceará para a região bragantina, estado do Pará, o presente artigo objetiva apreender trânsitos culturais da rezadeira no deslocamento com seres pertencentes ao panteão de entidades de cosmologias afro-brasileiras e indígenas denominados de “encantados”. Capazes de incorporar, acompanhar e fornecer o “dom” ou “feitura” de rezar e curar, tais existentes guardam a habilidade, de, em movimentos diaspóricos, seguirem seus escolhidos até outros territórios do espaço brasileiro. Eivados com aproximação e manuseio do conceito de diáspora da caligrafia de Stuart Hall, acenamos concepções de deslocamentos que reconheçam em “cosmologias amazônicas” outras chaves de leitura para a referida temática. Almejamos, finalmente, irrigar e sermos irrigados com experimentos dos escritos de Stuart Hall na Amazônia brasileira. 
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p136
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • HISTÓRIA DA IMPRENSA E JORNALISMO AGRONÔMICO: POSSIBILIDADES DE
           PESQUISA

    • Authors: EDUARDO DE MELO SALGUEIRO
      Pages: 160 - 182
      Abstract: Resumo: Este trabalho pretende discutir o potencial de pesquisa encontrado na chamada imprensa agronômica. Para tanto, pretendo evidenciar como este segmento editorial pode contribuir para os estudos históricos, uma vez que historicamente há um grande número de publicações – especialmente revistas – que discutem questões nacionais e o” mundo do campo” no interior de suas páginas. Esta preocupação surgiu quando empreendi pesquisas que se depararam com as chamadas revistas rurais. O mais surpreendente, no entanto, foi perceber que há grande lacuna no interior da historiografia brasileira quando se pensa esta modalidade de impresso periódico pensado como fonte e objeto de pesquisa. Assim, pretendo abordar tal questão, apresentar uma síntese da história da imprensa rural, bem como indicar possibilidades de pesquisas a partir de minhas próprias experiências.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p160
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • HISTÓRIA POLÍTICA: ORIGEM SOCIAL DOS DEPUTADOS ESTADUAIS DO
           PIAUÍ (1994-2010)

    • Authors: Lívia Maria Silva Alves, Manoel Ricardo Arraes Filho
      Pages: 183 - 201
      Abstract: Este artigo se dedica em traçar o perfil socioeconômico dos parlamentares piauienses que ocuparam as cadeiras da Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI) entre as legislaturas de 1994-2010, ou seja, o perfil socioeconômico da Elite Política Parlamentar. O argumento principal desta pesquisa é apresentar as características pessoais e ocupacionais que configuram o acesso ao grupo em questão, utilizando três indicadores: a faixa etária, o nível de escolaridade e a ocupação profissional dos deputados estaduais. Por fim, durante a análise, perceber se a organização dos candidatos portadores desses indicadores se deu de forma padronizada entre os Partidos Políticos que conquistaram vagas durante o período analisado.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p183
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • PAISAGENS IDEOLÓGICAS: MONUMENTOS E EDIFICAÇÕES
           CATÓLICAS EM ARAGUAÍNA-TO

    • Authors: Plábio Marcos Martins Desidério, Marcelo Trilha Muniza, Súsie Fernandes Santos Silva
      Pages: 202 - 221
      Abstract: ideológica e sua influência social e cultural. Ao final do texto, monumentos e edificações da cidade de Araguaína-TO são apontados como exemplos de paisagens simbólicas que contribuem com o fortalecimento da religião no município. A metodologia utilizada consiste no levantamento do material bibliográfico, em visitas a monumentos e edificações que representam a paisagem ideológica católica, bem como entrevistas com pessoas possuem informações sobre as construções das edificações. Buscou-se nesta pesquisa mostrar que a influência do catolicismo está presente em marcantes edificações e monumentos do município.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p202
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • O ANTIPETISMO RELIGIOSO: A DEMONIZAÇÃO DOS GOVERNOS PETISTAS A PARTIR DO
           DISCURSO UMBANDISTA

    • Authors: Leo Carrer Nogueira
      Pages: 222 - 242
      Abstract: A eleição para o segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff em 2014 e seu processo de impeachment em 2016 causaram grandes debates políticos ao longo destes dois anos. Tanto na internet, através das redes sociais, quanto nas manifestações que tomaram conta das ruas havia o crescimento de um discurso que procurava atribuir à presidenta eleita e seu partido a exclusiva responsabilidade pela grave crise política e econômica que assolou o Brasil nos últimos anos: o discurso antipetista. Inserida neste contexto, a obra O Partido – projeto criminoso de poder (INÁCIO; PINHEIRO, 2016), de cunho esotérico-espiritualista propõe fazer uma interpretação dos acontecimentos políticos que antecederam o impeachment da presidenta sob uma ótica espiritual. Nela, tanto o PT quanto seus dois presidentes eleitos são colocados como manipulados por espíritos das trevas, justificando assim a luta para tirá-los do poder não apenas como uma disputa política, mas uma verdadeira luta do bem contra o mal. Pretendemos fazer uma análise dos discursos contidos nesta obra e demonstrar como eles reproduzem os principais elementos do discurso antipetista.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p222
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
  • OBRIGATORIEDADE E RESISTÊNCIA: PODER PÚBLICO E VONTADE POPULAR EM
           COMBATE NO CAMPO DA EDUCAÇÃO ESCOLARIZADA

    • Authors: Wesley Silva
      Pages: 243 - 267
      Abstract: Ao se passarem mais de 30 anos de institucionalização da República - apesar de se manter o discurso da educação como condição a consolidação do Brasil como nação - na década de 1920 ainda persistia a dificuldade em se fazer com que a população pobre se apropriasse da escola e da instrução. Entre outros cenários, percebe-se a instalação de um conflito social tendo, de um lado, o poder público e a escola e, de outro, as famílias e as crianças dessas camadas populares. O desafio persistente é fazer com que suas crianças frequentassem a escola construída pelo Estado, no afã de solucionar o problema do analfabetismo, da pobreza, da criminalidade etc. Todavia a população tenderá a resistir à ingerência do Estado nas famílias, bem como resistir a ideia da escolarização compulsória. O objetivo desse trabalho é analisar aspectos desse conflito a partir da realidade verificada no Estado de Minas Gerais, com atenção especial dada à Capital, Belo Horizonte, no contexto em questão.
      PubDate: 2017-08-24
      DOI: 10.20873/2238-7188vol9n1p243
      Issue No: Vol. 9, No. 1 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.224.230.51
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016