for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Journal Cover Escritas : Revista do Curso de História de Araguaína
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 2238-7188
   Published by Universidade Federal do Tocantins Homepage  [4 journals]
  • Apresentação

    • Authors: Laura de Oliveira, Ricardo Benevides
      Pages: 1 - 7
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • O ACERVO DIGITALIZADO DA REVISTA DO RÁDIO NA HEMEROTECA DIGITAL DA
           BIBLIOTECA NACIONAL: REFLEXÕES E USOS DA HISTÓRIA DIGITAL NO TEMPO
           PRESENTE

    • Authors: Carlos Gregório dos Santos Gianelli
      Pages: 8 - 27
      Abstract: Este artigo pretende refletir sobre as possibilidades que o acesso a acervos digitais pode trazer para a pesquisa histórica. O exemplo escolhido para ancorar essas reflexões é o acervo digitalizado da Revista do Rádio pertencente a Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional. Para alcançar o objetivo proposto é feita uma breve reflexão a respeito da relação entre historiadores e documentos, a utilização de periódicos, em especial as revistas, para o desenvolvimento de pesquisas históricas e o levantamento de questões sobre História Digital e seu uso nos estudos de Tempo Presente.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • O USO DA MÍDIA ELETRÔNICA PELOS XAVANTE E PELOS POSSEIROS DA SUIÁ NO
           CASO DA LUTA PELA TERRA MARÃIWATSÉDÉ (1960-2012)

    • Authors: Juliana Cristina da Rosa
      Pages: 28 - 46
      Abstract: Este artigo tem como problemática analisar como os meios de comunicação, sobretudo as mídias eletrônicas, foram utilizadas pelos indígenas Xavante de Marãiwatsédé como forma de contar e divulgar sua “versão da história” pautada na memória e numa narrativa sobre a deportação que sofreram da Terra Indígena (TI) Marãiwatsédé em 1966. Ademais, compreender o uso das mídias eletrônicas por parte de posseiros e grileiros, que permaneceram nas terras de 1992 a 2012, e utilizaram sites e vídeos como forma de argumentar em favor da sua permanência na área. Essas ferramentas foram fundamentais para a consolidação da batalha midiática e jurídica travada entre os Xavante e os Posseiros da Suiá. 
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • TRANSMITINDO ÓDIO: O PAPEL DO HATE ROCK E DA INTERNET NA DIFUSÃO DE
           IDEIAS NEOFASCISTAS NO TEMPO PRESENTE

    • Authors: Pedro Carvalho Oliveira
      Pages: 47 - 59
      Abstract: Este artigo analisa os usos de diferentes meios de comunicação por movimentos neofascistas a fim de transformá-los em terrenos de idealização política, difusão ideológica e campo de disputas pelo poder. O Hate Rock, gênero musical próprio dos neofascismos, e a Internet tem sido dois dos principais meios para a organização e propaganda de seus comportamentos políticos. Ambos possuem uma relação de complementaridade, nos fornecendo evidências das transformações históricas que ideias do passado sofreram para servirem ao presente. Essa adaptação desenvolveu novas formas de transmitir ideias neofascistas, sendo elas pertinentes ao vasto campo de estudo da História do Tempo Presente. 
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • NACIONALISMO E REVOLUÇÃO NA PROPAGANDA FASCISTA ITALIANA: O CASO DO
           JORNAL CORRIERE DELLA SERA

    • Authors: Beatriz Nascimento Teles
      Pages: 60 - 75
      Abstract: O objetivo deste artigo é analisar como o jornal Corriere della Sera fazia propaganda do regime fascista italiano, com ênfase nas temáticas do nacionalismo e da revolução. Para isso, são analisados os discursos oficiais, as reformas na legislação no que concerne à imprensa escrita e as páginas do jornal em questão, no período entre a Guerra da Etiópia, em 1935, até a fundação da República de Saló, em 1943. O referencial teórico para a análise da mídia impressa é a teoria crítica da Escola de Frankfurt e a análise do discurso propagandista de Patrick Charaudeau. Por meio disto, percebe-se o uso extensivo da repetição, da difamação, do medo e da ilusão de forma a reafirmar um tipo de nacionalismo fascista e uma adaptação do conceito de revolução na propaganda fascista italiana.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • O CAMPO POLÍTICO, O CAMPO DA MÍDIA E A ARENA: RELAÇÕES POLÍTICAS E
           PRÁXIS EMPRESARIAL NO JORNAL DE SANTA CATARINA (1971-1979)

    • Authors: Ricardo Duwe
      Pages: 76 - 96
      Abstract: Por meio da operacionalização do conceito de campo do sociólogo Pierre Bourdieu, este trabalho busca realizar um estudo a respeito das relações entre campo político, campo mídia e práxis empresarial ao promover uma análise das distintas formas com que uma fração da elite empresarial e política da região do Vale do Itajaí em Santa Catarina serviu-se do impresso Jornal de Santa Catarina enquanto um instrumento de intervenção na disputas políticas locais durante a ditadura militar. 
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • A REPRESENTAÇÃO FEMININA NOS ANÚNCIOS E PROPAGANDAS DOS JORNAIS “A
           PALAVRA” E “FOLHA DO NORTE” (1940 – 1945)

    • Authors: Flaviana Moraes Pantoja
      Pages: 97 - 113
      Abstract: Este trabalho analisa alguns dos anúncios e propagandas voltados para o público feminino que circulavam em dois dos principais jornais de Belém do Pará em pleno período da Segunda Guerra Mundial: o diário A Folha do Norte e o católico A Palavra. Além disso, a partir das características distintas dos jornais escolhidos para esta pesquisa, buscamos refletir sobre as representações de práticas cotidianas das mulheres a partir de anúncios, bem como artigos e noticias em que a figura feminina é protagonista, visando pensar acerca de um perfil aproximado do ―ser mulher durante a década de 40 do século XX, publicados em dois jornais paraenses Folha do Norte e A Palavra.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • MULHERES NOS BASTIDORES DA POLÍTICA PARAIBANA: LÚCIA BRAGA E O MOVIMENTO
           DE AÇÃO FEMININA NA CAMPANHA ELEITORAL DE 1982

    • Authors: Dayanny Rodrigues
      Pages: 114 - 125
      Abstract: Esse estudo, pautado no viés da Nova História Política, busca analisar atuação de Lúcia Braga, política paraibana, frente ao Movimento de Ação Feminina (MAF), organização liderado por ela, destinado a mobilizar mulheres em prol da campanha braguista, junto à campanha eleitoral de 1982, momento em que seu esposo, Wilson Braga, é eleito governador do estado da Paraíba. Aqui, a noção de poder é entendida de forma horizontalizada, na qual suas relações são enxergadas nas mais variadas áreas e ações dos indivíduos. Enquanto fonte, o estudo valeu-se da escrita autobiográfica de Lúcia Braga, por meio de seus dois livros, Tempo de Viver, Tempo de Contar (1996) e A Casa da Palmeira (2009), e textos publicados pela impressa local, pontualmente os jornais A União, O Momento e O Norte. 
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • A CAMPANHA DAS DIRETAS JÁ NA PERSPECTIVA DOS JORNAIS IMPRESSOS EM
           TERESINA (1983-1984)

    • Authors: Jessica Souza Souza Maciel
      Pages: 126 - 147
      Abstract: A CAMPANHA DAS DIRETAS JÁ NA PERSPECTIVA DOS JORNAIS IMPRESSOS EM TERESINA (1983-1984) RESUMOO presente artigo propõe examinar como a imprensa teresinense através dos jornais, O Estado, O Dia e Jornal da Manhã abordaram e divulgaram a Campanha das Diretas Já em Teresina num período compreendido entre 1983 e 1984. Através desta análise, discutimos dois eixos centrais, que foram fundamentais e que nos permitiu elaborar possíveis interpretações que privilegiam tanto o campo político quanto o campo jornalístico pulsante da cidade de Teresina. Entre os dois pontos analisados, destacamos o primeiro ponto, que corresponde à forma como esses jornais divulgaram esse acontecimento, o segundo ponto, está ligado ao posicionamento que esses jornais tiveram diante da campanha das Diretas Já, sobretudo no sentido de perceber se no momento da campanha das Diretas Já esses jornais se censuraram ou autocensuraram algumas matérias referentes ao movimento daquele momento.

      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • "Comunicação: um meio ou um fim'”. Um documentário como peça de
           defesa social de presos políticos.

    • Authors: Lucas Porto Marchesini Torres
      Pages: 148 - 170
      Abstract: O artigo analisa um documentário como fonte de pesquisa sobre uma assalto a banco realizado por militantes do Partido dos Trabalhadores e do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário na Bahia em 1986. O filme constitui interessante fonte para compreender aspectos do crime, bem como o interesse dos presos em apresentar sua defesa para em além da esfera jurídica. O documentário será analisado em perspectiva comparada a partir de outras fontes sobre o tema (fontes policiais, jornalísticas, entrevistas com os militantes, etc.)
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • Performance, moralidade e exposição do corpo: um estudo a partir das
           imagens midiáticas das encenações dos Dzi Croquettes

    • Authors: Flávia JAKEMIu Araújo Bortolon
      Pages: 171 - 191
      Abstract: Por meio da observação da correlação entre a imagem produzida pelos meios de comunicação impresso (década de 1970), pretende-se identificar como se deu os modos de circulação midiática, bem como as formas de concepção estética e moral da nudez e das homossexualidades do grupo performático Dzi Croquettes. A análise das fotografias desses artistas, vinculadas na imprensa da época, irá considerar imagens que permitam visualizar a questão da nudez, da inversão de gênero e do caráter satírico. Para tanto, a pesquisa se apoiará em conceitos teóricos sobre fotografia, jornalismo e gênero. 
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • “JUVENTUDE TORQUATO NETO”: AS MARCAS SINGULARES NO FILME DAVID VAI
           GUIAR EM TERESINA DA DÉCADA DE 1970.

    • Authors: CARLOS LOPES BARBOSA, EDWAR DE ALENCAR CASTELO BRANCO
      Pages: 192 - 208
      Abstract: Em um contexto de várias modificações vividas pelo Piauí da década de 1970, em Teresina um punhado de jovens realizaram alguns filmes experimentais, hoje denominados “espectro Torquato Neto”. Esses jovens, talvez inspirados por Torquato Neto ou até mesmo incentivados pela situação opressora governamental da época, modificaram o cotidiano da cidade realizando arte experimental em super-8. O presente trabalho consistiu em analisar essa juventude teresinense a partir do filme David Vai Guiar, de Durvalino Couto (1972). Foram analisados o contexto da época e as táticas juvenis desses sujeitos históricos, com o objetivo de compreender as condições de existir no interior das quais estes jovens efetivamente viveram e esgrimiram sua arte.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • “A GUERRA ESTÁ DECLARADA. OS QUE ESTÃO DO LADO DE LÁ, QUE SE
           CUIDEM”: JOVEM GUARDA E MPB TENSÕES E DESACERTOS

    • Authors: Alessandro Herinque Cavichia Dias
      Pages: 209 - 228
      Abstract: Ao longo deste artigo procura-se apresentar a formação do segmento musical jovem no Brasil, em especial com a criação do movimento conhecido como Jovem Guarda que canalizava os anseios de uma parte do público jovem na década de 1960 e 1970. Dentre essas perspectivas ainda cabe apontar os atritos e tensões criadas entre a Jovem Guarda e MPB, uma vez que ambos os movimentos se digladiaram em Rede Nacional, ambos pela TV Record, em busca de legitimidade junto ao público, a Jovem Guarda era representada pelo programa homônimo sob o comando de Roberto Carlos, Erasmo e Vanderlea. Já a MPB contava com o programa o Fino da Bossa protagonizado pela cantora Elis Regina e pelo sambista Jair Rodrigues.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • O México profundo sob o olhar do México imaginário

    • Authors: Priscila de Andrade Rodrigues
      Pages: 229 - 244
      Abstract: A partir do conceito de personagem de projeção de Antônio Candido, este trabalho possuí o fito de analisar a construção do personagem Chapolin Colorado de Roberto Gómez Bolaños destacando a forma com que elementos socioculturais e políticos foram projetados no mesmo e que nos fornecem indícios do lugar social do autor e de sua visão de mundo. Desta forma, compreenderemos personagem e autor enquanto parte do arcabouço cultural ocidental e urbano que Guilhermo Bonfil Batalla denomina de México Imaginário. Deste modo, por meio da analise de 3 episódios da série televisiva em questão, buscamos compreender o olhar que esta lança em relação a cultura das sociedades mesoamericanas – definida por Batalla como México profundo.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • CRISE DE ORIENTAÇÃO DE SENTIDO E APROXIMAÇÕES SOBRE A EPISTEMOLOGIA DA
           HISTÓRIA NA CONCEPÇÃO DE HUGO CHÁVEZ

    • Authors: Tiago Ciro Moral Zancopé
      Pages: 245 - 264
      Abstract: A partir da década de 80, três eventos de ordem econômica, social e institucional provocaram grandes fraturas no imaginário coletivo venezuelano, levando a uma crise na promoção de articulação de sentido. O primeiro, conhecido como Viernes Negro, representou a desvalorização da moeda local, o Bolívar, e desestabilizou as relações econômicas internas e externas. Em seguida, em 1989, uma série de protestos tomaram a região metropolitana da capital federal, Caracas, contra o reajuste na tarifa do transporte coletivo, o que demonstrou a insatisfação da população com a agenda de reformas do governo. E, por fim, a tentativa de golpe militar, em 1992, exacerbou a insatisfação de parte das tropas contra o sistema político vigente e a figura de Carlos Andrés Pérez. Nesse contexto, surge Hugo Chávez e, a partir de suas reflexões, pretende-se perscrutar a estratégia adotada para suplantar os dilemas mencionados, juntamente com a particular compreensão acerca da epistemologia da história.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • OS INTELECTUAIS E A ESCRITA DA HISTÓRIA – AS CONTRIBUIÇÕES
           METODOLÓGICAS DE JEAN-FRANÇOIS SIRINELLI

    • Authors: Rubens Arantes Correa, Rubens Arantes Correa
      Pages: 265 - 278
      Abstract: RESUMO: o objetivo deste trabalho é o de discutir algumas ideias sobre a questão dos intelectuais enquanto objeto de estudo historiográfico, tendo como referencial as contribuições metodológicas sobre a temática desenvolvidas por Jean-François Sirinelli, historiador francês filiado à tradição da história política na linha preconizada pela escola de René Rémond e cuja obra situa-se na convergência do político e do cultural, abordando diferentes temas da história contemporânea francesa, como a história das direitas, a cultura de massa e os anos 1960.  Autor de Histoire des Droites em France (1992), Sirinelli toma os intelectuais enquanto atores históricos portadores de enunciados socialmente forjados, construídos no decorrer de suas inserções nas redes de sociabilidades e em diálogo com suas trajetórias geracionais, condição que os torna um objeto particular em relação aos demais objetos de investigação historiográfica.PALAVRAS-CHAVE: Intelectuais; História Política; Cultura Política;
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • SONHOS, TIJOLOS E A DITADURA: a política de moradia popular durante os
           Governos Militares (Piauí, década de 1970)

    • Authors: Marcelo de Sousa Neto
      Pages: 279 - 295
      Abstract: No Piauí, em meados da mesma década de 1970, passou-se a receber diversos projetos de moradia popular, financiados pelo Banco Nacional de Habitação – BNH. Desta forma, o presente trabalho discute as políticas de habitação popular promovidas pelos governos militares no Piauí, em um recorte definido como sendo o estudo de projetos habitacionais populares construídos durante a década de 1970 na cidade de Teresina, onde se procurou valorizar o estudo das memórias de seus primeiros moradores, por meio do uso da metodologia da História Oral. Pôde-se ainda observa que, após as inaugurações, os conjuntos eram entregues aos seus moradores em meio às mais precárias condições de saneamento e serviços públicos, o que resultou na resistência da população em ocupar as novas moradias e abriram caminho para novos capítulos de resistência e luta.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • TRÊS REPRESENTAÇÕES DO TEMPO PRESENTE PELA VIA DO CINEMA
           BRASILEIRO

    • Authors: Walace Rodrigues, Luiza Helena Oliveira da Silva
      Pages: 296 - 309
      Abstract: Este artigo se coloca como uma reflexão sobre como o cinema nacional, enquanto mídia, pode se colocar como suporte à produção historiográfica da atualidade. O período que se coloca como análise neste texto vai de 2007 até 2015, mostrando produções cinematográficas brasileiras atuais e refletindo sobre elas. Os filmes selecionados para este artigo são: O Cheiro do Ralo (2007 ), O Palhaço (2011) e Que Horas Ela Volta' (2015). Os resultados reflexivos deste texto deixam ver que o cinema brasileiro da atualidade trabalha com as vertentes mais variadas da contemporaneidade brasileira, tentando “traduzir” (no sentido mesmo de linguagem) momentos “de escuridão” para a grande tela.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • VOZES DO CAMPESINATO FEMININO: (DES) DOBRANDO CULTURAS E MEMÓRIAS DAS
           LUTAS TAMBÉM PELA TERRA NO SUDESTE DO PARÁ

    • Authors: Idelma Santiago da Silva, Hiran de Moura Possas
      Pages: 310 - 329
      Abstract: O artigo pretende decantar de vozes icônicas de mulheres camponesas, do sudeste do Pará, suas experiências e agenciamentos desdobrando culturas parciais do campesinato. Tratam-se de mulheres, pela voz, trazendo à tona memórias da luta pela terra de um lugar de poder ainda desigual, mas não mais inexistente no interior das versões hegemonizadas pelos homens. São narrativas que apresentam diferenças, por isso alargam o campo da resistência camponesa na produção de sentidos as suas lutas. Encontramos mulheres, em corpo-voz, numa perspectiva relacional (a sua condição de classe e de gênero), intersticial (desdobrando a cultura e a memória camponesa no sudeste do Pará), como também em tons agonísticos (agenciando um campo de luta no limiar da inexistência/existência).
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
  • DIÁLOGO ENTRE A HISTÓRIA E A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO: a contribuição
           dos historiadores Lucien Febvre e March Bloch a pesquisa em História da
           Educação.

    • Authors: ALEXANDRE RIBEIRO RIBEIRO NETO
      Pages: 330 - 350
      Abstract: Nosso texto intenciona refletir sobre a contribuição dos historiadores Lucien Febvre e March Bloch à pesquisa em História da Educação. Gostaríamos de propor um diálogo entre a História e a História da Educação, no qual analisamos caminhos metodológicos, objetos e diferentes fontes documentais, passíveis serem usadas por pesquisadores da Educação à luz das reflexões dos historiadores, criadores da revista Annales d'histoire Économique et Sociale, a qual modificou a maneira de conceber a escrita da história.Ao redor da revista gravitavam outros historiadores, que a partir das suas diferentes posições nas instituições de ensino superior e pesquisa, apresentavam suas propostas de renovação do ofício do historiador.
      PubDate: 2017-01-13
      Issue No: Vol. 8, No. 2 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.162.211.170
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016