for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Journal Cover Desafios
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 2359-3652
   Published by Universidade Federal do Tocantins Homepage  [4 journals]
  • AVALIAÇÃO DO pH, TURBIDEZ E ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DA ÁGUA DO
           CÓRREGO GUARÁ VELHO EM GUARAÍ, ESTADO DO TOCANTINS

    • Authors: Ana Paula Martins Guimarães, Maria da Conceição Roberto, Jhonys Lima Ribeiro, Aluísio Vasconcelos de Carvalho, Júlio César Ibiapina Neres, Fernando Barnabé Cerqueira
      Pages: 3 - 14
      Abstract: A utilização da água pela sociedade é bastante ampla, abrangendo desde o uso pessoal da população, como também sua aplicação em atividades agrícolas e industriais. O presente trabalho teve por objetivo analisar a turbidez, presença de coliformes totais e de Escherichia coli na água do Córrego Guará Velho, Município de Guaraí-TO, utilizando o teste NMP com tubos múltiplos, seguindo as recomendações da portaria 357/2005. Foram recolhidos amostras de água em 5 pontos do Córrego e encaminhadas ao Laboratório de Águas do Município. Em todas as amostras foram identificados contaminação por coliformes totais e Escherichia coli, em alguns pontos a contaminação apresentou-se superior ao permitido pela portaria, favorecendo a inviabilidade desta água em ser consumida por animais e por seres humanos, assim como, sua utilização para outros fins. Neste trabalho, verificou-se também que em alguns trechos do Córrego a turbidez ultrapassa o permitido de 100 NTU/mL de água. Diante dos resultados expressos por este trabalho, conclui-se que é necessário realizar projetos voltados a recuperação deste Córrego e de sensibilização da sociedade local a cerca da importância deste recurso para a população do Município e para o ambiente aquático, assim como, realizar novos trabalhos para atestar a qualidade da água deste córrego.
      PubDate: 2017-10-06
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p3
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
  • STAPHYLOCOCCUS AUREUS EM ALIMENTOS

    • Authors: Juliana Fonseca Moreira Silva, Amanda Campos Feitosa, Rosimeire Mendes Rodrigues
      Pages: 15 - 31
      Abstract: A intoxicação alimentar por estafilococos é uma das doenças transmitidas por alimentos (DTA) mais comuns e resulta da ingestão de enterotoxinas estafilocócicas (EE) pré-formadas em alimentos. Este trabalho teve como objetivo elaborar uma revisão sobre Staphylococcus em alimentos, surtos de intoxicação estafilocócica, enterotoxinas comumente envolvidas em surtos e métodos de identificação de enterotoxinas estafilocócicas. A metodologia empregada baseou-se na pesquisa qualitativa e sistemas de informação. No Brasil os dados do Sistema Nacional de Agravos e Notificações da Secretaria de Vigilância em Saúde SINAN\SVS, Ministério da saúde,  atribuem ao S. aureus a ocorrência de 7,7% dos surtos de origem alimentar no período compreendido entre 2000 a outubro de 2015. Para melhorar a caracterização de EE várias técnicas têm sido integradas na estratégia de diagnóstico, sendo os métodos mais utilizados para detectar as toxinas bacterianas nos alimentos: bioensaios, biologia molecular e imunológico. Os métodos convencionais de detecção de EE são de trabalho intensivo e incapaz de satisfazer as necessidades de detecção em tempo real. A biologia molecular baseada em PCR é um método viável, mais rápido e com resultados conclusivos. Os métodos cromatográficos são eficientes e sensíveis, porém, os requisitos da amostra, instrumentos caros e treinamento de pessoal limitam a sua aplicação. Palavras-chave: Staphylococcus aureus. Intoxicação alimentar. Enterotoxinas estafilocócicas.
      PubDate: 2017-10-03
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p15
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
  • USO POTENCIAL DA CASCA DE ARROZ CARBONIZADA NA COMPOSIÇÃO DE SUBSTRATOS
           PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Anadenanthera peregrina (L) Speg.

    • Authors: Euclides Figueredo Fonseca, Gabriel Oliveira silva, David Lucas Camargo Vieira Terra, Priscila Bezerra de Souza
      Pages: 32 - 40
      Abstract: Objetivou-se avaliar a influência da casca de arroz carbonizada como substrato na produção de mudas de angico-vermelho Anadenanthera peregrina(L) Speg. O experimento foi desenvolvido no Viveiro Florestal da Universidade Federal do Tocantins, campus de Gurupi, sendo conduzido em delineamento inteiramente casualizado, sendo constituído por 5 tratamentos (T1: 0% de Casca de Arroz Carbonizada (CAC) + 100% de Substrato comercial; T2: 25% de CAC + 75% de Substrato comercial; T3: 50% de CAC + 50% de Substrato comercial; T4: 75% de CAC + 25% de Substrato comercial; T5: 100% de CAC + 0% de Substrato comercial), com 3repetições, onde em cada repetição foram avaliadas as médias de 10 plântulas. De modo geral, observou-se um efeito da adição da casca de arroz carbonizada ao substrato comercial no desenvolvimento da espécie Anadenanthera peregrina, ou seja, mudas de Anadenanthera peregrina produzidas com altas proporções de casca de arroz carbonizada ao substrato comercial tiveram uma boa resposta (Efeito positivo) no seu desenvolvimento. Portanto recomenda-se utilizar 100% de casca de arroz carbonizada + 0% de Substrato comercial, pois esse tratamento permitiu melhor desempenho germinativo, mostrando-se mais adequados para a produção eficaz de mudas da espécie.
      PubDate: 2017-10-03
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p32
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
  • DESINFECÇÃO DE EFLUENTE FINAL DE ABATEDOURO DE BOVINOS COM ÁCIDO
           PERACÉTICO PARA FINS DE REÚSO

    • Authors: Grasiele Soares Cavallini, Wesley Pereira Silva, Mayara Ferreira Gonzaga
      Pages: 41 - 50
      Abstract: A bovinocultura é uma das principais atividades produtivas do agronegócio brasileiro, colocando o país no primeiro lugar em exportações de carne bovina do mundo. O grande número de abate de animais implica na geração de elevado volume de efluente líquido, sendo estimado um consumo de 2500 litros de água por animal abatido. Este efluente, além de rico em matéria orgânica, também apresenta microrganismos patogênicos provenientes da lavagem das vísceras e das fezes dos animais. A inativação destes microrganismos não ocorre por tratamento secundário, como lagoas de estabilização, a forma de tratamento mais empregada para este tipo de efluente, restringindo as possibilidades de reúso deste efluente. Assim, este trabalho investigou um desinfetante não clorado, o ácido peracético (APA) 15%, o qual possibilitou, além da desinfecção, a oxigenação do efluente. O tratamento terciário proposto teve o objetivo de melhorar a qualidade do efluente final para o seu possível reúso. A concentração de 5mg/L de APA em um tempo de contato de 10 minutos foram suficientes para a adequação microbiológica exigida pelo Manual de reúso da EPA, para reúso agrícola restritivo. No entanto, a dosagem de 20mg/L de APA, além de maior desinfecção, não proporciona aumento de DBO do efluente. Palavras-chave: Reúso de efluente, irrigação de pastagem, ácido peracético.  
      PubDate: 2017-10-03
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p41
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
  • O PAPEL DAS COOPERATIVAS NO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO LOCAL: UM ESTUDO DE
           CASO NA COOPERATIVA COOPERNORTE.

    • Authors: Josivaldo Alves da Silva
      Pages: 51 - 69
      Abstract: Este artigo tem como objetivo comparar as práticas cooperativistas da Cooperativa Agropecuária Tocantinense “Coopernorte” com os componentes teóricos da Nova Economia Institucional (NEI). A pesquisa foi realizada por meio de um estudo qualitativo das práticas de governança com base na percepção dos diretores da cooperativa, com relação às estratégias gerenciais adotadas para o controle dos custos das transações e o estabelecimento dos modos alternativos de organização e de produção, da influência dos arranjos institucionais externos no processamento e comercialização dos produtos, e do ambiente institucional onde ocorrem as relações contratuais da Coopernorte com seus fornecedores de matéria prima e compradores de produtos manufaturados. O método empregado foi investigação bibliográfica e documental, além do estudo de caso. A pesquisa é classificada como qualitativa e o instrumento utilizado foi um questionário com questões abertas, aplicado pessoalmente. Os principais resultados da investigação foram: A Coopernorte processa diariamente um volume aproximado de 8  mil  litros de leite e conta atualmente em seus quadros com 445 associados e 22 colaboradores. Os custos de produção representam 20% do produto final. A comercialização representa um custo de 5% a 10%. O desperdício de matéria prima e produtos acabados chegam a 3%. A matéria prima é comprada do produtor associado com o prazo de pagamento de 30 dias.                                              
      PubDate: 2017-10-03
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p51
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
  • SIMILARIDADE GENÉTICA ENTRE PROGÊNIES DE MEIO-IRMÃOS DE BATATA-DOCE COM
           BASE EM CARACTERES AGRONÔMICOS

    • Authors: Jucielle Cardoso da Silva, Aline Torquato Tavares, Francielly Quitéria Guimarães Alves, Jessika Coelho Vaz, Valéria Gomes Momenté, Ildon Rodrigues Nascimento
      Pages: 70 - 83
      Abstract: O trabalho teve por objetivo avaliar a similaridade genética entre progênies de meio-irmãos de batata-doce com potencial para produção de etanol com base em caracteres agronômicos. Foram avaliadas 96 progênies de meios-irmãos obtidas de campo de policruzamento de 10 cultivares (Ana Clara, Amanda, Duda, Carolina Vitória, Júlia, Bárbara, Lívia, Marcela, Izabela e Beatriz) com aptidão para produção de etanol e quatro cultivares testemunhas (‘Marcela’, ‘Júlia’, ‘Ana Clara’ e ‘Carolina Vitória’). A colheita foi realizada 150 dias após o plantio e os caracteres avaliados foram: produtividade total e massa média das raízes; teor de massa seca e incidência de danos provocados por insetos do solo. As progênies BDFMI#35, BDFMI#51, BDFMI#49, BDFMI#58, BDFMI#76 e BDFMI#10 foram superiores em produtividade (médias entre 63,2 t ha-1 e 46,0 t ha-1), sendo recomendadas para exploração per se na região alvo do estudo. Houve a formação de onze grupos de dissimilaridade, o que evidencia variabilidade genética entre as progênies avaliadas. Por serem dissimilares, os cruzamentos BDFMI#35 x BDFMI#51, BDFMI#35 x BDFMI#49, BDFMI#35 x BDFMI#58, BDFMI#35 x BDFMI#76 e BDFMI#35 x BDFMI#10 são os mais indicados para integrar programas de melhoramento genético. Dano causado por insetos de solo foi o caráter que mais contribuiu para divergência genética.
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p70
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
  • DISCURSOS DE MÍDIA E DISCURSO POLÍTICO: ANÁLISE DAS MÁXIMAS
           CONVERSACIONAIS COMPARADAS

    • Authors: Marcia Sueli Pereira da Silva Schneider, Karina Paz Alves, Greize Alves da Silva; Ms
      Pages: 84 - 92
      Abstract: Este artigo foi elaborado a partir da proposta em se analisar o uso das máximas conversacionais em dois tipos de discurso, uma entrevista fornecida pelo ex. Ministro das Relações Exteriores José Serra à rádio ONU e um discurso concedido pelo Senhor Presidente da República, Michel Temer, durante Abertura do Debate Geral da 71ª Assembleia Geral das Nações Unidas. Por meio da comparação desses discursos, o artigo procura encontrar os pontos coincidentes entre as duas manifestações orais, assim como a violação ou não das Máximas Conversacionais estabelecidas por Grice (1982).
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p84
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
  • DA IMAGEM À PALAVRA:

    • Authors: Valfrido da Silva Nunes
      Pages: 93 - 101
      Abstract: Este artigo versa sobre o tema da retextualização, passando do texto imagético ao texto verbal, em situação de sala de aula. A pesquisa norteou-se a partir da preocupação em querer entender de que modo o uso da imagem na sala de aula pode contribuir para a prática da produção escrita. Nesse sentido, o artigo tem como objetivo central discutir a relação imagem-texto, partindo do gênero cartum para a simulação de uma notícia jornalística. A metodologia é descritivo-interpretativa, tendo em vista tratar-se de uma comparação entre a imagem e o texto produzido pelo estudante. O trabalho fundamenta-se nos estudos sobre gênero, multimodalidade e retextualização (MARCUSCHI, 2010a; 2010b; DIONISIO, 2011, dentre outros). Os resultados confirmam que atividades dessa natureza contribuem para o exercício da escrita, ampliando as habilidades dos estudantes.
      PubDate: 2017-11-01
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p93
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
  • VARIAÇÃO TEMPORAL DE MACRONUTRIENTES NA SERAPILHEIRA SOB PLANTIOS DE
           HÍBRIDOS DE Eucalyptus, ALIANÇA DO TOCANTINS – TOCANTINS

    • Authors: Paulo Ricardo Teixeira, Marilia Oliveira Camargo, Rômullo Quirino de Souza Ferreira, Rodrico de Castro Tavares, Priscila Bezerra de Souza
      Pages: 102 - 109
      Abstract: Objetivou-se avaliar o retorno de macronutrientes nitrogênio, fósforo e potássio produzido sob um plantio de Eucalyptus com dois híbridos, E. urocam e E. urograndis, inseridos no domínio Cerrado, Aliança do Tocantins – TO. O estudo foi desenvolvido em uma área de cerrado sob as coordenadas 11°21’53” S e 49°02’54” O, durante o período maio 2015 a abril de 2016. A fração mais representativa da serapilheira total encontrada nos dois plantios foi composta por folhas, que perfazem 51,2% do total de material depositado nos coletores enquanto que a fração material lenhoso contribuiu com 48,8%. No plantio de E. urocam foram encontradas as seguintes concentrações de nitrogênio, fósforo e potássio 33,5, 4,39 e 6,75 kg ha-1, respectivamente. Já o plantio de E. urograndis foram encontradas as seguintes concentrações para os nutrientes nitrogênio, fósforo e potássio 37,89, 3,76 e 8,8 kg ha-1, respectivamente. O aporte de serapilheira foi maior no período de ocorrência das maiores precipitações. O plantio de E. urograndis apresentou as maiores concentrações dos elementos nitrogênio e potássio enquanto que o plantio de E. urocam apresentou maior concentração do elemento fósforo.
      PubDate: 2017-11-01
      DOI: 10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p102
      Issue No: Vol. 4, No. 4 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.227.127.109
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016