Journal Cover Revista Brasileira de Tecnologias Sociais
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Print) 2358-2200
   Published by Universidade do Vale do Itajaí: Univali Homepage  [7 journals]
  • Carta ao Leitor

    • Authors: Editores Edição - v. 4; n.1 - 2017
      Pages: 1 - 2
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p1-2
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
  • MINISTRA DO TST DIZ QUE A REFORMA TRABALHISTA É NEGATIVA PARA O
           TRABALHADOR BRASILEIRO

    • Authors: Carlos Golembiewski, Eduardo Guerini, Micheline Ramos de Oliveira
      Pages: 3 - 7
      Abstract: A Ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Delaíde Alves Miranda Arantes, esteve na UNIVALI no mês de junho para participar do Seminário “As reformas, a terceirização e as mudanças no mundo do Trabalho” – promovido pelo Sindicato dos Professores de Itajaí e região. No evento, que teve o apoio do Curso de Direito, a ministra trouxe uma mensagem de enfrentamento às reformas que estão em curso no Brasil, nas áreas Trabalhista e Previdenciária. Na entrevista, concedida aos professores do Mestrado em Gestão de Políticas Públicas, a ministra disse que nem o Governo e nem o Parlamento tem legitimidade para promover reformas que tiram Direitos Sociais dos trabalhadores. Ela falou da origem humilde, do empoderamento feminino, da reforma trabalhista e do preconceito que enfrenta até no TST por ser mulher.
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p3-7
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
  • A REDE SOCIAL FACEBOOK COMO TECNOLOGIA SOCIAL NA EDUCAÇÃO: DE QUE FORMA
           A COLABORAÇÃO EM UM AMBIENTE WEB PODE MUDAR A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO
           E POTENCIALIZAR O APRENDIZADO'

    • Authors: Mariângela Barichello Baratto, Taís Fim Alberti
      Pages: 9 - 21
      Abstract: O impacto das Tecnologias da Informação e da Comunicação está diretamente relacionado ao papel das tecnologias na sociedade. Em tempos de sociedades virtuais, elas são cada vez mais necessárias em vários ambientes, inclusive educacionais. Vem à tona a importância de tecnologias que possam gerar produtos e metodologias inovadoras, resultar interação entre os envolvidos no processo educacional e, assim, melhorias no ensino, aprendizado, gerando transformações sociais. Assim, a presente pesquisa é pautada no uso da Rede Social Facebook como tecnologia social em sala de aula e pretende identificar potencialidades desta rede como potencializadora da relação professor-aluno. Para isso, reflexões foram construídas a partir de pesquisa bibliográfica, envolvendo conceitos-chave, como: tecnologias sociais na educação, sociedade da informação, colaboração, participação e competências educacionais.
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p9-21
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
  • A LUTA SINDICAL COMO PROCESSO DE DEFESA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE
           EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE BETIM

    • Authors: Otávio Henrique Ferreira da Silva, Ademilson de Sousa Soares
      Pages: 23 - 36
      Abstract: O artigo é parte da dissertação de mestrado que estudou as políticas públicas de Educação Infantil no município de Betim e tem como objetivo analisar as ações do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE) nas políticas públicas de Educação Infantil em Betim no período correspondente a 2011-2016. A base metodológica para esta parte da pesquisa foi a análise de documentos sobre a Educação Infantil na cidade. Como resultado, aponta-se o lugar de destaque ocupado pelo Sind-UTE nas lutas em defesa da Educação Infantil. No entanto, fica evidenciada a necessidade de que a população betinense participe mais dessas lutas. Uma proposta promissora, nesse sentido, seria a criação de um Fórum Municipal da Educação Infantil para a construção de um projeto na cidade para a educação da primeira infância.
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p23-36
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
  • UMA ETNOGRAFIA NUM PRESÍDIO FEMININO NO SUL DO BRASIL: MULHERES-MÃES E
           SEUS FILHOS NO CÁRCERE

    • Authors: Aline Perussolo, Micheline Ramos de Oliveira, Fábio Pugliesi, Maria Glória Dittrich
      Pages: 37 - 45
      Abstract: Com base num discurso crítico sobre a maternidade (BADINTER, 1980) elegemos como foco desta pesquisa uma discussão sobre a maternidade no interior de presídios femininos e o papel do Estado e de políticas públicas, que deveriam humanizar esta experiência. Nosso campo se deu numa penitenciária feminina situada no sul do Brasil, nossas interlocutoras foram mães que criam seus filhos dentro do presídio. Além delas, entrevistamos a diretora do presídio e agentes prisionais. O método utilizado foi a pesquisa qualitativa, elaborada por meio de uma etnografia e de entrevistas livres formatadas em narrativas biográficas das mulheres em foco. Diante da barbárie do sistema prisional brasileiro, um berçário apareceu como um oásis, numa tentativa de humanização de um lugar antes fétido e inapropriado para o abrigo de qualquer adulto e, neste caso, de crianças em idade de amamentação e suas mães. Uma política pública customizada, diante de um contexto precário, com certeza não resolverá os problemas estruturais de nossas prisões, mas desponta como um sinalizador que iniciativas aparentemente pequenas, modificam a vida de uma parcela da população e, nesta discussão num sentido mais amplo, demonstra que as maternidades e suas vicissitudes devem ser tratadas como relações construídas contextual e historicamente e respeitadas, como no caso do presídio, pelos Estados e suas políticas públicas.
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p37-45
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
  • A TECNOLOGIA SOCIAL E OS TEMAS ASSOCIADOS: UM OLHAR SOB O TRABALHO
           ARTÍSTICO DE TOBBE MALM

    • Authors: Nadja Maria Mourão, Rita de Castro Engler
      Pages: 47 - 59
      Abstract: Esse artigo apresenta uma breve descrição de temáticas que se associam à tecnologia social, como: a natureza da tecnologia, o saber prático e o saber tecnológico e as relações de trabalho. Busca-se relacionar os conteúdos abordados ao trabalho artístico de Tobbe Malm. Como ferreiro, o artista dá formas humanizadas a parafusos e peças de metal, que independente de suas formas, são carregadas de emoções. O Artista criou o Projeto Ferreiro Internacional Iron Rose, inspirado nas rosas colocadas nas ruas, após o trágico evento de ataques terroristas em Oslo e Utøya, em 22 de julho de 2011. Ao relacionar o trabalho de Tobbe Malm com as temáticas associadas à tecnologia social, foi observado que em cada etapa de vida do artista suas iniciativas e projetos se convergem aos conteúdos. A relação de transformação da forma do parafuso com o saber prático e científico condiz com a associação emocional, produzida pelo trabalho artístico, utilizando o ferro. Sabe-se que o parafuso carrega uma parcela do processo de evolução da tecnologia, e a intervenção do artista associa ao mesmo outra vertente da vida humana, tornando-o um trabalho inovador.
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p47-59
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
  • PERCEPÇÕES SOBRE A FORMAÇÃO, O MERCADO DE TRABALHO E O PAPEL DO
           NUTRICIONISTA NO NÚCLEO DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA

    • Authors: Mara Lídia Pereira, Rita de Cássia Gabrielli Souza Lima
      Pages: 61 - 74
      Abstract: O estudo teve por objetivo explorar o modo como profissionais nutricionistas residentes compreendem a formação para o Sistema Único de Saúde, o campo de trabalho em nutrição no Brasil, e o papel do nutricionista no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). Tratou-se de uma pesquisa do tipo qualitativa, de abordagem exploratória e descritiva, realizada em uma universidade do sul do Brasil, em que se utilizou grupo focal como técnica para coleta de dados. A partir da categoria Do brilho no olhar ao esforço para resolutividade, os dados revelaram que: a) a formação para o Sistema ainda não é uma bandeira brasileira, mas um esforço de coletivos acadêmicos; b) o mercado de trabalho requer experiência que o recém-formado ainda não tem; e c) o papel central do nutricionista no NASF é o desenvolvimento da vontade, com brilho no olhar, de ampliar o horizonte de saúde para (inter) agir com demais disciplinas rumo à produção de um conhecimento transdisciplinar que funcionará como farol para a prática contextualizada de matriciamento e projeto terapêutico singular. Concluiu-se que a garantia do bem saúde e a resolutividade de problemas estão na dependência da transformação do conhecimento setorial em tecnologias atitudinais.
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p61-74
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
  • PERCEPÇÃO DOS ESTUDANTES DE MEDICINA ACERCA DA RESIDÊNCIA EM MEDICINA
           DE FAMÍLIA E COMUNIDADE

    • Authors: Aline Stela Tinoco, Inajara Carla Oliveira, Luiz Roberto Agea Cutolo, Marcos Aurélio Maeyama
      Pages: 75 - 87
      Abstract: Introdução: Ainda há poucos dados na literatura que indiquem as percepções dos estudantes pela residência em Medicina de Família e Comunidade (MFC) no contexto de escolha da especialidade médica. Objetivo: Identificar o perfil dos estudantes formandos no Curso de Medicina da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) no ano de 2016, e assim analisar suas percepções sobre a Medicina da Família e Comunidade no contexto de escolha da especialidade médica. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa com abordagem analítico-descritiva, tendo como técnica de coleta de dados a aplicação de um questionário previamente elaborado pelos pesquisadores, contendo perguntas objetivas. Este estudo contou com a participação de 21 acadêmicos formandos no Curso de Medicina da Região do Vale do Itajaí do primeiro semestre do ano de 2016. Resultados: Os alunos que responderam à pesquisa apresentaram média de idade de 26 anos. Quanto ao gênero, a pesquisa identificou o predomínio do sexo feminino, totalizando 57,1% (12 sujeitos) da amostra. É possível inferir que os fatores mais levados em conta na opinião dos acadêmicos na escolha por MFC foram em primeiro lugar a “carga horária relativamente baixa com horários definidos”, juntamente com “olhar médico ampliado, além do biomédico”, ambos correspondendo a 57,1%, seguido da “oportunidade de trabalho em qualquer região”, 52,4% e, por fim, a “atuação ampla em diversas disciplinas médicas”, 47,6%. Conclusão: Mesmo frente ao movimento de mudança desta realidade proposta pelo governo, observa-se que estas ainda são incipientes, e assim continuarão se não propuserem uma maior consolidação e incentivo financeiro para valorização profissional desta área.
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p75-87
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
  • ÁGUA: É PRECISO DEFINIR UMA AGENDA PÚBLICA

    • Authors: Guillermo Alfredo Johnson
      Pages: 89 - 91
      PubDate: 2017-10-27
      DOI: 10.14210/rbts.v4n1.p89-91
      Issue No: Vol. 4, No. 1 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.198.246.116
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016