for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Journal Cover Applied Tourism
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Print) 2448-3524
   Published by Universidade do Vale do Itajaí: Univali Homepage  [7 journals]
  • Ficha Técnica

    • Authors: Francisco dos Anjos
      Abstract: 1(3)
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • Editorial

    • Authors: João Albino Silva
      Abstract: Applied Tourism, 1(3)Editorial redigido pelo nosso editor associado prof. dr. João Albino da Silva, da Universidade do Algarve (Portugal). 
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • LUDICIDADE E TURISMO: um jogo para apresentar roteiros de turismo
           gastronômico na cidade de Pelotas

    • Authors: Marina Berton, Carina Pardi Ustárroz, Bruna Frio Costa
      Pages: 1 - 10
      Abstract: Os jogos educacionais são utilizados como forma de facilitar a compreensão da educação turística, inclusive quando utilizado com adultos. O objetivo deste trabalho é apresentar o jogo
      educacional criado em sala de aula pelos alunos da disciplina de Turismo Gastronômico, do Curso de Bacharelado em Turismo da
      Universidade Federal de Pelotas no segundo semestre de 2015, e os benefícios que tal prática apresenta para quem cria e quem joga. Acredita-se que a prática influenciará na qualidade da educação e na atuação dos futuros profissionais – tanto do turismo, quanto da gastronomia - no mercado. Além de poder ser utilizado pelo Projeto Ludoteca do Turismo, na Semana do Patrimônio de Pelotas, em eventos acadêmicos, e poderá ser entregue à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Pelotas como forma de auxiliar no desenvolvimento do turismo e da gastronomia de Pelotas.Palavras-chave: Turismo Gastronômico; Roteiros; Educação Turística; Jogos Educacionais; Pelotas.
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • LEVANTAMENTO, SELEÇÃO E SISTEMATIZAÇÃO DE TERMOS RELATIVOS AOS MEIOS
           DE HOSPEDAGEM

    • Authors: Júlia Moreira de Deus, Ivanir Azevedo Delvizio, Francisco Barbosa do Nascimento Filho
      Pages: 11 - 30
      Abstract: Está sendo realizado um projeto de pesquisa com a finalidade de elaborar um dicionário trilíngue (PortuguêsInglês-Espanhol) com termos relacionados ao turismo. O dicionário visa contribuir com a comunicação no campo do turismo e disponibilizar uma fonte de consulta para profissionais e estudantes. A esta pesquisa coube levantar, selecionar e sistematizar os termos relativos aos meios de hospedagem. Para isso, foi feito um levantamento em cinco dicionários especializados e três obras que tratavam do assunto; foram selecionados os termos que designam meios de hospedagem;as definições e contextos foram inseridos em fichas e foram identificadas as principais características dos termos; foi organizado um mapa conceitual dos meios de hospedagem. Por fim, um especialista foi consultado para validar os termos. Os dados coletados nessa primeira etapa da pesquisa foram usados na redação das definições dos termos selecionados.Palavras-chave: Dicionário. Meios de Hospedagem. Terminologia.
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • CARACTERIZAÇÃO DE FOOD TRUCKS PRESENTES EM EVENTOS GASTRONÔMICOS NO
           MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

    • Authors: Elga Batista da Silva, Flavio Henrique Gomes Borges, Andressa Menezes Souza, Andréa dos Anjos Silva
      Pages: 31 - 40
      Abstract: Eventos de food truck têm acontecido em vários locais do Rio de Janeiro, nos quais encontram-se tantos pratos internacionais famosos quanto comidas locais, além de cervejas gourmet. Essa pesquisa caracterizou food trucks no Rio de Janeiro, sendo para tanto realizado um estudo em cinco eventos gastronômicos desse tipo, selecionando em cada evento 10 empresas. Foi observada uma maior presença de caminhões do que food bikes e carrocinhas. Percebeu-se ser comum nesses eventos a baixa presença de propagandas; e poucos funcionários, estes receptivos e comprometidos um atendimento baseado na hospitalidade. Sobre os perfis dos cardápios, houve predominância de itens da Cozinha Norte Americana, seguida da Italiana; e muitas opções de sanduíches diversos. Um ponto negativo nesses eventos é o fator higiene, pois medidas simples desse quesito não foram atendidas.  Palavras-chave:cardápios; evento gastronômico; street food
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • GESTÃO DA QUALIDADE: aplicabilidade de boas práticas de fabricação nas
           feiras livres e mercados públicos do munícipio de João Pessoa

    • Authors: Wanessa Alexandria de Sousa Pereira, José Fernandes Batista da Silva, Patrícia Pinheiro Fernandes Vieira
      Pages: 41 - 52
      Abstract: Feiras livres e mercados são estabelecimentos comerciais onde pode se encontrar uma gama de produtos alimentícios de setores distintos. A irregular manipulação dos alimentos nesses estabelecimentos é o ponto crítico dessa comercialização e atual preocupação por parte de associações filantrópicas e setores acadêmicos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA – dispõe de resoluções sobre regulamento técnico de boas práticas para serviços de alimentação e sobre o regulamento técnico de procedimentos operacionais padronizados aplicados aos estabelecimentos produtores/industrializadores de alimentos e a lista de verificação das boas práticas de fabricação em estabelecimentos produtores/industrializadores de alimentos, RDC 216 e RDC 275 respectivamente, sendo este usado para verificação da aplicabilidade das Boas Práticas de Fabricação em Feiras Livre e Mercados Públicos do Município de João Pessoa traçando uma análise quantitativa, feita por meio de visitas técnicas realizadas no mês de Janeiro de 2016. Os resultados obtidos revelam dados dos conjuntos analisados: edificações e instalações; equipamentos, móveis e utensílios; manipuladores; matéria-prima e os Pops, visto que tanto nas feiras avaliadas quanto nos mercados 100% (n=15) encontravam-se classificados na Categoria do Grupo 3 segundo dados da RDC 275 da ANVISA. As informações adquiridas pela pesquisa mostram que não se tem as condições mínimas higiênico-sanitárias nesses estabelecimentos.Palavras-chave: ramo alimentício; condições higiênico-sanitárias; estabelecimentos.
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • PESQUISA DE VIABILIDADE DA MODALIDADE DE HOSPEDAGEM “HOME FOR
           EXCHANGE” PARA DESTINOS BRASILEIROS

    • Authors: Isadora de Oliveira Pinto Barciela, Rafael Mendes Siqueira, Augusto César Oliveira Azanha
      Pages: 53 - 73
      Abstract: Este trabalho visa realizar uma pesquisa de mercado sobre a viabilidade de se implantar a modalidade de hospedagem “home for exchange”, que consiste em uma troca de domicílios como uma alternativa extra hoteleira para viagens domésticas. Esse tipo de acomodação acontece em outros países, mas internamente para destinos brasileiros é uma pratica incipiente e ainda não possui uma sistematização por meio de web sites como ocorre em outros países. Dessa forma essa pesquisa poderá auxiliar na elaboração de um sistema de organização dessa pratica que poderá ser uma alternativa de baixo custo para fomentar o turismo de experiência e também para casas de segunda residência em épocas fora de temporada, onde os imóveis ficam sem utilização. Para isso será aplicado um questionário para pessoas que possuem segunda residência que, após lerem a proposta da “troca de casas”, serão indagadas se tem interesse em aderir a essa proposta para destinos brasileiros ou não. Mediante as respostas o pesquisador irá realizar perguntas abertas buscando diagnosticar potencialidades nesse tipo de serviço para roteiros brasileiros. Essas informações, podem contribuir para implementação de um futuro web site nacional de troca de residências obedecendo ao contexto e o perfil do público brasileiro.PALAVRA-CHAVE: Troca de casas; Segunda Residência; Turismo de Experiência.
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • REESTRUTURAÇÃO NO PROJETO EDUCAÇÃO PATRIMONIAL EM ESCOLAS MUNICIPAIS
           DE SANTA VITÓRIA DO PALMAR, RS – BRASIL

    • Authors: Viviane Rocha Teixeira, Laura Bibiana Boada Bilhalva, Juliana Niehues Gonçalves de Lima
      Pages: 75 - 80
      Abstract: O presente trabalho surgiu de uma nova análise que foi feita através de observação participante dos membros do grupo PET (Programa de Educação Tutorial) Turismo. Identificou-se a necessidade de uma reestruturação no projeto Educação Patrimonial para adequar-se melhor ao perfil das crianças. Assim, como principais resultados, diminuiu-se o número de encontros visando otimizar o tempo e foi realizada algumas modificações como o aumento do tempo de realização de atividades que favorecem a interação entre estudantes. O objetivo deste trabalho é descrever como se efetuou a reestruturação no projeto Educação Patrimonial em escolas municipais de Santa Vitória do Palmar, RS – Brasil. O projeto, que tem como sujeitos crianças do 5º ano, propõem-se a sensibilizá-las e que essas multipliquem os conhecimentos construídos com os adultos (familiares, vizinhos, amigos, entre outros). Acredita-se que pode contribuir, também, em relação ao incremento do turismo histórico-cultural e de lazer na cidade. Para a coleta de dados foi utilizado o método de observação participante e uma pesquisa bibliográfica em trabalhos do próprio Grupo PET. Na análise dos resultados encontra-se a descrição detalhada da reestrputuração do projeto e a justificativa da modificação da estrutura. Palavras-chave: Patrimônio.  Turismo.  Reestruturação.
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE: Plano de manejo e
           aplicação da capacidade de carga no Parque Nacional da Lagoa do Peixe
           (RS)

    • Authors: Rodrigo Hakira Minohara, Rudinei Scaranto Dazzi, Alessandra Santos dos Santos
      Pages: 81 - 103
      Abstract: É crescente a busca do homem pelo contato com o meio ambiente, sobre tudo por meio do turismo. Na década de 1960, houve uma mobilização mundial focada na preservação da natureza e o Brasil seguindo o exemplo, começou a estruturar políticas que garantissem a preservação dos seus ecossistemas. Esse processo acarretou na criação do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), que veio a regulamentar a visitação desses espaços e a sustentabilidade dos ambientes naturais, por meio de planos de manejo e da adoção de modelos de gestão que respeitem sua capacidade de carga. Considerando tais pressupostos, este artigo visa a composição de uma análise tendo como base o planejamento adotado pela Unidade de Conservação - Parque Nacional da Lagoa do Peixe (RS), local onde foram tratadas as questões de manejo e de capacidade de carga para viabilizar o recebimento de visitantes e da promoção da sensibilização para a conservação da biodiversidade. Para desenvolvimento de estudos posteriores, fica a sugestão de realização de pesquisa que englobe todos os parques pertencentes à Região Sul do Brasil, para um possível comparativo em relação ao uso público e à atividade turística. Palavras-chave: Turismo. Unidades de Conservação. Plano de Manejo.
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
  • ACESSIBILIDADE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E/OU MOBILIDADE REDUZIDA: um
           estudo no Parque Nacional do Iguaçu e Hotel das Cataratas

    • Authors: Andrielle Pereira de Oliviera, Francieli Boaria
      Pages: 105 - 123
      Abstract: A acessibilidade no turismo deve ser pensada em todos os aspectos: atrativos, hospedagem, transporte, entre outros. No Brasil, segundo os últimos dados do IBGE (2010), existem 24,5 milhões de pessoas com deficiência (14,5% da população), e, deste total, 4,3 milhões (2,5% da população) possuem limitações severas. Os profissionais, tanto os gestores quanto os estudiosos, devem estar conscientes da demanda existente e potencial que este público representa, e, assim, garantir que o acesso ao lazer seja amplo para todos. De abordagem qualitativa, esta pesquisa de campo faz uma análise quanto à acessibilidade da infraestrutura do Parque Nacional do Iguaçu e do Hotel das Cataratas para pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida. Como resultado, identificou-se que ainda existem adequações à serem realizadas conforme as leis de acessibilidade vigentes, porém, ambas organizações buscam constantes melhorias para atender as necessidades dos turistas/hóspedes com tal perfil.Palavras-chave: Acessibilidade. Meios de Hospedagem. Deficiência e/ou Mobilidade Reduzida.
      PubDate: 2016-12-20
      Issue No: Vol. 1, No. 3 (2016)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.166.130.22
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016