for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Journal Cover Revista Brasileira de História das Religiões
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 1983-2850
   Published by Universidade Estadual de Maringá Homepage  [6 journals]
  • Apresentação

    • Authors: Artur Cesar Isaia
      Pages: 05 - 06
      Abstract: Em mais um espaço, aberto pela Revista Brasileira de História das Religiões, vários profissionais reúnem-se para discutir a temática das Religiões Mediúnicas. Trata-se de um assunto extremamente presente na cultura e no cotidiano do povo brasileiro, assumindo a dimensão de um valor caro e partilhado. A crença nos Espíritos, para muito além do Espiritismo é algo vivenciado e orientador do viver individual e coletivo entre nós. Por outro lado, a familiaridade com o invisível, presente nas “mesas” kardequianas e nas “giras” de Umbanda, há muito que se impôs ao repertório das vivências capazes de caracterizar a forma de exteriorizar-se culturalmente do povo brasileiro. Sem fronteiras muito definidas, ultrapassando projetos identitários, essas crenças e vivências são fundamentais para quem se aventura a pensar o Brasil. É com satisfação que vemos hoje, aumentar o número de historiadores, cientistas sociais e cientistas da religião interessados nesses fenômenos e comprometidos com projetos editoriais e de investigação sobre os mesmos...
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.36932
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • Os periódicos Espíritas do final do século XIX à
           década de 1960

    • Authors: Pedro Paulo Amorim
      Pages: 07 - 24
      Abstract: O objetivo deste artigo é analisar a relação entre a criação dos diversos periódicos espíritas desde a sua chegada ao Brasil até a década de 1960 e o seu caráter de religião eminentemente letrada, onde o livro, a leitura e o estudo ocupam lugar de destaque no seu sistema ritual, além de fazerem parte do ser espírita.
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.36933
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • “A praga dos catimbós em Fortaleza” e a legitimação do Espiritismo
           no campo religioso cearense

    • Authors: Marcos José Diniz Silva
      Pages: 25 - 42
      Abstract: Objetiva-se a análise das denúncias e condenações às práticas religiosas de origem afro-brasileiras denominadas de catimbós, na cidade de Fortaleza, a partir do final da década de 1920, através de uma série de matérias publicadas nos jornais O Ceará, O Povo e Gazeta de Notícias que, simultaneamente, desenvolviam campanha de valorização do Espiritismo.  A perspectiva analítica assenta-se na percepção de que os ataques às práticas catimbozeiras, além de permeadas pelo discurso da ordem e saúde públicas no ideal da urbanidade e civilização, constituíam-se parte das disputas especificas de agentes comprometidos com a difusão e legitimação do Espiritismo no campo religioso local.Palavras-chave: Catimbó, espiritismo, imprensa, religião
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.35070
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • O negro no romance espírita: possibilidades de escrita na
           história

    • Authors: Deise Maria Albuquerque de Lima Saraiva, Emanuela Sousa Ribeiro
      Pages: 43 - 61
      Abstract: Essa escrita trata da contribuição do estudo dos romances espíritas para o entendimento histórico das relações raciais no espiritismo brasileiro de matriz francesa. Analisamos essa literatura como espaço para construção de sentidos sobre o negro que merecem ser tensionados pelo historiador para que os discursos, não obstante suas identificações doutrinárias, não sejam naturalizados, nem apartados do social. Para tanto, realizamos considerações sobre o papel do romance espírita no Brasil pontuando como, a partir de 1990, aumenta esse tipo de publicação com temas relacionados ao negro. Entretanto, um romance publicado em 1976 parece ter sido o primeiro a abordar a questão. Sobre seu conteúdo nos detemos na segunda parte do artigo, analisando os significados sobre o negro e a escravidão negra, dispostos na obra. No segmento final, indicamos como esse tipo de publicação pode ser explorado para problematizar a questão da escrita sobre o negro no espiritismo, campo vasto à pesquisa e reflexão.
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.35104
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • Espiritismo: Educação e Estado Laico

    • Authors: Artur Cesar Isaia
      Pages: 63 - 80
      Abstract: Este artigo enfoca o posicionamento do discurso espírita francês do século XIX frente à educação. O discurso espírita é enfocado a partir de fontes históricas organizacionais, importantes para a compreensão da sua importância frente a outros agentes produtores de significados sociais, como o estado e as demais religiões. O posicionamento do Espiritismo francês frente à educação é enfocado relacionando-o com sua luta pela laicização do estado e da sociedade na França do período pós-revolucionário. Desta forma vamos encontrar um posicionamento não apenas favorável à laicização, mas que, principalmente a partir da segunda metade do século XIX, vai estreitar laços com os adversários da Igreja Católica. A questão era a luta contra o papel ainda de destaque da Igreja Católica no terreno educacional, mesmo no período pós-revolucionário. De maneira saliente vamos ter a relação entre Espiritismo e Maçonaria, ambos defendendo um estado, uma sociedade e uma educação laica para a França.
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.36934
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • Nina Rodrigues e Edward Burnett Tylor: aproximações teóricas e
           metodológicas para o estudo das religiões afro-brasileiras

    • Authors: Vanda Fortuna Serafim
      Pages: 81 - 96
      Abstract: O artigo busca aproximar a proposta metodológica de Nina Rodrigues e E. B. Tylor para o estudo das religiões. Para tanto, apresenta Nina Rodrigues (1962-1906) e suas obras sobre as religiões afro-brasileiras; discute a proposta metodológica de E. B. Tylor para pensar religiões; indica as apropriações feitas por Nina Rodrigues dos conceitos de animismo e fetichismo; e busca refletir as aproximações e os processos de apropriação e representação entre os autores. As fontes utilizadas são O animismo fetichista dos negros bahianos (1935) e Os africanos no Brasil (1982) de Nina Rodrigues e Primitive Culture (1920, 1903) de E. B.  Tylor. Parte-se da História Cultural, por meio de Michel de Certeau e Roger Chartier, por entender que esta tem como principal objeto, identificar o modo como em diferentes lugares e momentos uma determinada realidade social é construída, pensada e dada a ler.
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.36935
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • Nas encruzilhadas do humano: A figura de Exu na Umbanda

    • Authors: Cairo Mohamad Ibrahim Katrib
      Pages: 97 - 111
      Abstract: Exu no imaginário umbandista é  a entidade que guardeia os caminhos, manipula energias e movimenta as forças sobrenaturais, cortando e desfazendo demandas. Na concepção da cosmogonia das religiões africanas e afro-brasileiras ele é o começo-fim de todas as coisas; o grande mensageiro entre os planos espiritual e terreno. Por isso, é  visto como a entidade capaz de provocar o caos e também de promover a saida dele. Devido a essa multiplicidade  de representações é sempre um desafio, para o historiador, desvelar os fios e tramas do culto a essa divindade. Nesse sentido, A nossa intenção é discutir a ressignificação de Exu na Umbanda por meio da sua humanização e branqueamento.
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.36936
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • Umbanda Esotérica não é Esoterismo na Umbanda

    • Authors: João Luiz Carneiro, Érica Jorge Carneiro
      Pages: 113 - 124
      Abstract: A proposta central do artigo é apresentar a umbanda esotérica como uma escola afro-brasileira. Dentro desta chave de interpretação, é possível observar suas características centrais: doutrina (epistemologia), linha de transmissão desta doutrina (metodologia) e estilo de vida (ética). Fundada na primeira metade do século XX por W. W. da Matta e Silva e continuada pelo seu sucessor F. Rivas Neto, sua proposta religiosa que foi expressa pelos próprios em várias obras ao longo dos últimos 58 anos afasta a tese de uma suposta tentativa de fazer uso de um esoterismo na umbanda. Para tanto, foram discutidas algumas obras de W.W. da Matta e Silva e discutidas as análises teóricas de dois pesquisadores atuais que aproximam Umbanda Esotérica de esoterismo na Umbanda e movimentos religiosos New Age.  Tal reflexão auxilia os pesquisadores das religiões afro-brasileiras, notadamente as umbandas, a compreender este fenômeno religioso na atualidade.
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.36937
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • Between institutional ritualism and individual search. On dimensions of
           Polish religiosity

    • Authors: Ewa Stachowska
      Pages: 125 - 141
      Abstract: In this article, an attempt was made to show the chosen aspects of the Polish religiosity, which in superficial examination seems durable and quite stable, especially regarding the self-declaration of faith, affiliation to the Church and rites of passage, making Poland it a certain phenomenon in the view of secularized Europe. However, this stability of the native religiosity appears to be somewhat illusory, since we can also notice a selective and eclectic attitude of Poles towards the religious sphere. The emerging secularization tendencies force the Polish Catholic Church to take new initiatives, like, for example, meetings of young people in Lednica, which correspond to contemporary pop culture performances consolidating emotions. The question is to what extent such initiatives, referring to pop culture, may revive nowadays the religious commitment of Poles
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.34680
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • A heresia de Uriel da Costa (1585-1640) contra a comunidade judaica
           sefardita de Amsterdã

    • Authors: João Alberto da Costa Pinto
      Pages: 143 - 162
      Abstract: Apresento neste artigo uma descrição analítica da autobiografia – Uma Vida Humana (Exemplar Humanae Vitae) de Uriel da Costa, um judeu marrano português nascido na cidade do Porto que se radicou em Amsterdã em 1615 após fuga da Santa Inquisição. Uriel da Costa escreveu a obra um pouco antes de se suicidar (em 1640) e nela encontramos uma descrição da sua trajetória intelectual determinada pela sua radical oposição às práticas político-religiosas da comunidade judaica sefardita de Amsterdã. A autobiografia de Uriel da Costa é um dos grandes documentos das revoltas heréticas no Século XVII. Com a análise da trajetória de Uriel da Costa na sua luta ideológica contra os rabinos sefarditas e o seu suicídio motivado pelas excomunhões (Heréns) que sofreu, desenvolvo uma breve nota historiográfica sobre uma prática ideológica de naturalismo deísta que já sugeria diretrizes depois disseminadas no pensamento iluminista europeu do século XVIII. 
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.32622
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • A igreja católica no século XX redefine seus rumos: o contexto da
           criação do SPM (Serviço Pastoral dos Migrantes).

    • Authors: Paulo César Cedran
      Pages: 163 - 192
      Abstract: Por meio de uma análise sobre o pensamento social da igreja católica no século XX, este artigo explica as relações entre o surgimento das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e uma série de mudanças que ocorreram na sociedade civil e no seio da própria Igreja Católica enquanto instituição. As CEBs, de certa maneira, foi um movimento criado como resposta que a ala progressista da Igreja Católica deu ao autoritarismo do Estado Militar (1964-1984), que barrava a organização político-social dos brasileiros na luta por direitos sociais. Centramos nossa análise no período de transição política do país para a chamada Nova República. A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica que fundamentou a contextualização do cenário político e social da Igreja e as perspectivas de trabalho de ação pastoral que culminaram na criação do SPM. Encerramos nossa análise apresentando os desafios enfrentados pela ala progressista que passou a perder espaço a partir do avanço neoconservador – Igreja Católica fechada em si não preocupada com os problemas do mundo, considerando o pecado como individual e não social. Comandado pelo Papa João Paulo II que fortaleceu a figura do seu papel político em detrimento da comunhão do colégio universal dos bispos centralizando as decisões em Roma e desarticulando o trabalho das Conferências Episcopais Latino Americana fundamentada na teologia da libertação que pregava que a Igreja Católica devia ocupar um espaço político na vida social e nas questões relativas aos direitos humanos. 
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.32098
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
  • O Centro Dom Vital nos tempos de Alceu Amoroso Lima

    • Authors: João Miguel Teixeira Godoy, Bruna Aparecida Miguel
      Pages: 193 - 218
      Abstract: O objetivo deste artigo é duplo. Em primeiro lugar, analisar e demonstrar quais as principais transformações pelas quais passou o Centro Dom Vital com a mudança de seu diretor-presidente. A saber, após a morte de seu fundador, Jackson de Figueiredo, a gerencia da instituição ficou sob responsabilidade de Alceu Amoroso Lima. E num segundo momento, busca-se apresentar também quais as principais atividades desenvolvidas pelo Centro dos idos da década 1930 até meados dos anos 1950
      PubDate: 2017-05-02
      DOI: 10.4025/rbhranpuh.v10i28.32011
      Issue No: Vol. 10, No. 28 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.81.42.111
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016