for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Journal Cover Revista Brasileira de Educação de Jovens e Adultos
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Online) 2317-6571
   Published by Universidade do Estado da Bahia Homepage  [4 journals]
  • O ÚLTIMO EDITORIAL DE UM ANO RUIM

    • Authors: Maria de Fátima Mota Urpia, Maria José de Faria Lins, Georgia Nellie Clark, Marinaide Lima de Queiroz Freitas
      Pages: 05 - 08
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • A OFERTA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS DE NÍVEL MÉDIO NO ESTADO DO
           RIO DE JANEIRO: primeiras aproximações

    • Authors: Jaqueline Ventura
      Pages: 09 - 35
      Abstract: O objetivo do trabalho é analisar o cenário atual da oferta de EJA de nível médio no estado do Rio de Janeiro. Para tanto, o artigo apresenta e coteja dados estatísticos e informações dos bancos de dados do INEP/MEC sobre as matrículas na EJA e os dados do Censo Demográfico de 2010, do IBGE, visando a mapear a oferta desse nível e modalidade, relacionando-a com a demanda potencial no Estado. Por meio dos dados oficiais, demonstra que ocorre uma expressiva diminuição de matrículas em quase todos os municípios fluminenses, apesar da evidência de elevada demanda. O artigo está estruturado em quatro seções, a saber: 1. A pesquisa e seus referenciais teórico-metodológicos, que aborda nosso posicionamento teórico no que se refere à análise sobre a EJA na atualidade; 2. A EJA de nível médio na Rede Pública Estadual de Educação do Rio de Janeiro situa, brevemente, a rede estadual e o Programa Nova EJA; 3. Algumas considerações sobre a demanda potencial para EJA; e, por fim, 4. A oferta de EJA em nível médio no Rio de Janeiro apresenta o levantamento realizado e o cenário de fechamento de turmas. O estudo permitiu constatar a histórica omissão — da parte do Estado brasileiro, nesse caso específico o governo estadual — no atendimento a uma parcela da população que permanece privada de seu direito à educação básica.
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • MAPEAMENTO DO ESTUDANTE DE ENSINO MÉDIO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
           DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE SANTA CATARINA: cenários e perspectivas

    • Authors: Flávia Althof, Lourival José Martins Filho
      Pages: 36 - 51
      Abstract: O presente artigo tem por objetivo realizar ummapeamento do perfil do estudante de Ensino Médio da modalidade educação de jovens e adultos da rede estadual de educação de Santa Catarina. Para fundamentação teórica, além das legislações vigentes sobre o tema, optou-se por recorrer aos estudos de Medeiros (2008), Freire (2005), Andrade (2004), Haddad e Pierro (2000) e Pinto (2000). Como ponto de partida, trouxemos as legislações vigentes que respaldam a oferta da EJA no país e em Santa Catarina; em seguida, realizamos uma breve reflexão sobre quem são os sujeitos que necessitam e buscam uma escolarização na referida modalidade. Na sequência, apresentamos as diretrizes curriculares nacionais e legislações que tratam da função, finalidade e do currículo do Ensino Médio, bem como da oferta deste nível de ensino, aos estudantes catarinenses através dos Centros de Educação de Jovens e Adultos. Posteriormente, comentamos sobre os motivos que nos levaram a realizar esta pesquisa e apresentamos os dados referentes ao número de matrícula por região, idade dos alunos matriculados, área de localização, raça/cor e gênero dos estudantes que estão devidamente matriculados no Ensino Médio da Educação de Jovens e Adultos da rede estadual, dados estes obtidos do sistema Educacenso (INEP, 2015), e que permitiram realizar um breve perfil sobre quem são estes estudantes. 
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • EDUCAÇÃO FÍSICA NA EJA: necessidades/possibilidades sob a
           ótica dos gestores

    • Authors: Roberto Gondim Pires, Manoel dos Santos Gomes, Joalice Santos Batista, Raiane Pires Silva
      Pages: 52 - 67
      Abstract: O objetivo desse ensaio foi avaliar o entendimento de gestores escolares quanto à necessidade/possibilidade da inclusão da disciplina Educação Física na matriz formativa da Educação de Jovens e Adultos-EJA. Trata-se de uma pesquisa descritiva, cujos sujeitos foram gestores de unidades escolares que oferecem a modalidade EJA. Os dados foram coletados através de um questionário estruturado e utilizaram-se procedimentos da análise do discurso nas categorias trabalhadas. Os resultados revelaram uma concepção de Educação Física difusa; um paradigma tradicional de currículo; a indicação parcial da necessidade de incluir a disciplina Educação Física na matriz formativa da EJA. 
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • LEITURA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: a contribuição do
           Observatório em Alagoas no (res)significar da prática docente

    • Authors: Adriana Cavalcanti dos Santos
      Pages: 68 - 82
      Abstract: O presenteartigoapresentaas reflexões sobre o processo de formação continuada do professordaEJA,esp
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO DE PESSOAS JOVENS, ADULTAS E IDOSAS: desafios
           para a plena inserção nas práticas sociais de leitura e escrita

    • Authors: Maria Eurácia Barreto de Andrade
      Pages: 83 - 113
      Abstract: Apresentam-se os resultados de uma pesquisa com jovens, adultos e idosos de um município do interior da Bahia, que teve como propósito investigar o nível de letramento destes sujeitos, a fim de compreender a influência da escolarização para a plena participação nas práticas sociais de leitura e escrita. Para fundamentação, optou-se principalmente pelos estudos de Freire (1980, 1992, 2001), Soares (2002, 2003, 2004), Ribeiro (2003, 2011), Frago (1993), Tfouni (2005), Andrade (2011), dentre outros que discutem a problemática da alfabetização, no país, em uma perspectiva ampla. A pesquisa empírica tomou como referência a metodologia utilizada pelo Instituto Paulo Montenegro, em parceria com a Ação Educativa e o Ibope para obtenção do Inaf e os sujeitos envolvidos foram trinta e um jovens, adultos e idosos, com faixa etária compreendida entre dezesseis e sessenta e quatro anos, com diferentes níveis de escolaridade. Como resultados, a pesquisa demonstrou que alguns fatores são relevantes para a definição do nível de letramento dos sujeitos e a escolaridade é o principal deles, porém ainda apresenta muitas limitações para a conquista do seu pleno domínio, necessitando um maior tempo na escola. Além disso, os dados revelam a urgência do avanço nas práticas para fortalecer as habilidades da leitura e da escrita não apenas na alfabetização inicial, mas em todas as etapas da educação básica, sobretudo na Educação de Jovens e Adultos
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • A EJA PARA OS PRIVADOS DE LIBERDADE: uma leitura crítica da normativa do
           Conselho Estadual de Educação da Bahia

    • Authors: Maria Alba Guedes Machado Mello
      Pages: 114 - 128
      Abstract: A oferta educacional para os privados de liberdade acontece por meio da modalidade Educação de Jovens e Adultos – EJA, cujo histórico é marcado pelas tensões políticas entre uma abordagem compensatória e uma compreensão libertadora, conforme suas raízes da Educação Popular. A conquista política da EJA como uma modalidade educativa e sua consequente obrigatoriedade de oferta na escola regular acrescentou às tensões políticas outra tensão pedagógica entre a organização seriada do ensino formal e o desenho curricular da EJA, cujo sentido é mais formativo que escolarizado. Dentro do sistema prisional estas tensões se agravam pelo próprio modelo de funcionamento das prisões, o que faz da estruturação da EJA, nesses espaços, um desafio muito maior. Entendendo essas contradições, o Conselho Estadual de Educação da Bahia – CEE/BA incorporou-se à Comissão Estadual para elaboração do Plano Estadual de Educação no Sistema Prisional da Bahia, em 2011, coordenada pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia – SEC, com o intuito de elaborar sua normativa de forma coletiva e articulada aos órgãos responsáveis e promotores da Educação em estabelecimentos prisionais. Resultante deste processo, a Resolução CEE nº43 de 14 de julho de 2014 afirma a formação e o desenvolvimento humano como finalidade da educação; a articulação dos coletivos presentes nos estabelecimentos prisionais como a condição básica para a Educação acontecer; e a atenção ao ambiente prisional como primeiro espaço para uma nova socialização dos educandos.
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • EJA: uma educação para o trabalho ou para a classe
           trabalhadora'

    • Authors: Adriana de Almeida
      Pages: 129 - 147
      Abstract: Compreendendo a Educação de Jovens e Adultos - EJA enquanto locus aglutinador de uma classe social que se sustenta a partir de suas experiências coletivas, este artigo apresenta discussões sobre o Parecer CNE/CEB nº 11/2000 que instituiu as Diretrizes Curriculares para essa modalidade da Educação Básica. As discussões são realizadas considerando as categorias experiência e classe social, identificadas no documento, a partir das construções teóricas de Edward Palmer Thompson. Os estudos desse autor são abordados por entendermos a relevância de seus debates para compreendermos a gênese identitária da EJA enquanto sendo formada por uma classe trabalhadora. Apresentamos uma breve discussão sobre a formação da classe social e defendemos uma educação voltada para o trabalho ontológico, como a formação integral do ser social, refletindo sobre as posturas adotadas pelas políticas educacionais que reforçam a representação moral e imediata do trabalho enquanto inserção profissional. As referências apontam para uma EJA que se realiza nos espaços escolares, compreendendo-os como espaço de resistência e potencialidade e, consequentemente, de vínculos com o processo de emancipação humana.
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • PROCESOS DE SUBJETIVACIÓN EN DOCENTES DE LA UNIVERSIDAD CATÓLICA
           DE PEREIRA

    • Authors: Ismar A. Echeverry Ramírez, Juliana García Ramírez
      Pages: 148 - 171
      Abstract: En este artículo se lleva a cabo un análisis discursivo identificando y visibilizando como ciertas prácticas de sí, han llegado a permear la subjetividad de algunos intelectuales docentes del posgrado en Pedagogía y Desarrollo Humano de la Universidad Católica de Pereira, el abordaje teórico de esta investigación se ha realizado desde la postura epistemológica socrática sobre la inquietud de sí mismo retomada por Foucault, Jaramillo, Sáenz. La propuesta se enmarca en el enfoque de la investigación de orden cualitativo, se aposto a la interpretación, entendiendo que las lógicas de los discursos según las estructuras semánticas, sintácticas y pragmáticas tienen un orden para generar un sentido. A partir del análisis se pudo poner en evidencia un juego de relaciones que se dan en medio de las prácticas discursivas y no discursivas que habitan en los participantes, apareciendo como central la fuerza de lo académico en la constitución de sus subjetividades, entendiéndose esta como una manera de construir la vida desde su propia interpretación.
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
  • Lista dos pareceristas da Revista Brasileira de Educação de Jovens e
           Adultos, vol. 4, números 7 e 8, 2016

    • Authors: Os Editores
      Pages: 172 - 173
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 4, No. 8 (2016)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.80.137.168
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016