for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Followed Journals
Journal you Follow: 0
 
Sign Up to follow journals, search in your chosen journals and, optionally, receive Email Alerts when new issues of your Followed Journals are published.
Already have an account? Sign In to see the journals you follow.
Journal Cover Revista Pensamento Contemporâneo em Administração
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Print) 1982-2596
   Published by Universidade Federal Fluminense Homepage  [7 journals]
  • Editorial

    • Authors: Joysi Moraes
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • ESTRATÉGIAS DE PODER DE GESTORES INTERMEDIÁRIOS NO BRASIL

    • Authors: Marco Antonio Bastoni, Maria Jose Tonelli, Andre Luis Silva
      Pages: 1 - 16
      Abstract: Os gestores intermediários têm sido responsávei, desde o início da industrialização, pela formação da classe média no Brasil. A perda do trabalho representa uma grande ameaça a esse grupo social, ao impactar a continuiade de uma condição econômica e social privilegiada num país desigual, como o Brasil. O objetivo desta pesquisa qualitativa, teórico-empírica, é discutir as estratégias de sobrevivência usadas por gestores intermediários em contexto organizacional. A base empírica de dados decorre de entrevistas em profundidade com quinze gestores intermediários atuantes em uma multinacional brasileira; uma empresa de capital misto luso-espanho-brasileiro; e uma multinacional norte-americana. Conclui-se que os gestores intermediários se utilizam de várias estratégias de poder, sendo patente o surgimento de redes de relacionamento informais, que são poderosas, por colocarem em ação regras e politicas corporativas qu estabelecem relacionamentos extracompanhia fortalecido pela troca de "favores".
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • PROPRIEDADE PSICOLÓGICA, PODER E INTENÇÃO DE COMPARTILHAR
           CONHECIMENTO

    • Authors: Fernanda Pauletto D'Arrigo, Ana Virginia Albercini Giordani Bertolini, Claudia Prantz, Eric Charles Dorion
      Pages: 17 - 29
      Abstract: O ambiente organizacional é cenário para o desenvolvimento de inúmeras relações de poder. O sentimento de poder pode estar relacionado à posição ocupada, a influência sobre os demais, além do conhecimento sobre os produtos, processos e rotinas da organização. O fato de deter conhecimento gera o sentimento de poder na organização e com isso, compartilhar este conhecimento pode criar a sensação de perda do poder. Por isso, o objetivo deste trabalho foi identificar a influência da propriedade psicológica na intenção de compartilhar este conhecimento com os demais membros e o sentimento de poder do indivíduo na organização. Para identificar tal influência, a pesquisa d e abordagem quantitativa descritiva, ouviu 89 diretores de uma associação de jovens empreendedores da região da Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul. A análise dos dados indica que a propriedade psicológica do conhecimento afeta a intenção de compartilhar conhecimento tácito e explícito com os demais membros da organização.
      PubDate: 2016-12-31
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • LEALDADE DE COOPERADOS EM UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO

    • Authors: Rodson Totola Rudio, Emerson Wagner Mainardes
      Pages: 30 - 46
      Abstract: O presente estudo buscou o esclarecimento do construto lealdade nas empresas cooperativas. Para tanto, buscou-se identificar a percepção dos cooperados quanto à sua lealdade em relação à cooperativa a qual pertencem, quais as dimensões atitudinais que contribuem para a construção desta percepção e se o tempo de relacionamento interfere nas relações de lealdade entre estes e a cooperativa. Deste modo, foi realizada uma pesquisa de campo que teve por objetivo medir a percepção de lealdade dos cooperados de uma cooperativa de crédito, baseada no estudo das quatro dimensões atitudinais da lealdade descritos por Oliver (1999). Os resultados apurados indicam um índice relevante de confirmação de lealdade por parte dos cooperados, uma relação positiva entre a lealdade dos mesmos e as dimensões atitudinais de lealdade afetiva, conativa e de ação descritas por Oliver (1999) e evidências de que o tempo de relacionamento parece interferir positivamente na percepção de lealdade pelos cooperados.
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • PRECONCEITO MAQUIADO: O RACISMO NO MUNDO FASHIONISTA E DA BELEZA

    • Authors: Mariana Luísa da Costa Lage, Denis Alves Perdigão, Felipe Gouvêa Pena, Matheus Arcelo Fernandes Silva
      Pages: 47 - 62
      Abstract: Neste artigo, analisou-se discursos sobre o blackface no mundo fashionista e da beleza a partir da busca pela representatividade e pelo protagonismo negro, em contraponto a uma liberdade de expressão artística do profissional da área. Foi investigado um caso de blackface publicado pela empresa de cosméticos Avon em sua rede social. O corpus de análise constituiu-se por discursos presentes nos comentários registrados na referida publicação. Os dados foram categorizados e analisados com base na vertente da análise crítica do discurso teorizada por Dijk (2012). Evidenciou-se que as práticas racistas continuam disseminadas na sociedade e seu reconhecimento ainda é dificultado por sua naturalização. Também foi evidenciado que a percepção do blackface como arte ou prática racista não está diretamente relacionada à cor da pele de quem a analisa, mas à sua percepção cognitiva embasada na sua cultura, experiência de vida, capacidade crítica, conhecimento histórico, entre outros fatores. 
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • TRABALHO, PRAZER E SOFRIMENTO NA HOTELARIA

    • Authors: Laís Karla da Silva Barreto, Nilda Maria de Clodoaldo Pinto Guerra Leone, Jussele Lourenço da Silva Santiago, Annamaria Barbosa do Nascimento Nóbrega
      Pages: 63 - 79
      Abstract: Esta pesquisa avalia as condições e organização do trabalho que se relacionam com a dinâmica do prazer-sofrimento dos colaboradores de uma Unidade de Alimentação e Nutrição Hoteleira. Foram adotados métodos quantitativos de pesquisa com o suporte do Inventário de Trabalho e Riscos de Adoecimento no estudo descritivo e, 15 funcionários de uma unidade de alimentação hoteleira participaram. Os resultados apontaram uma predominância em vivências de sofrimento relacionadas ao contexto do trabalho que foram avaliados pelos trabalhadores de forma crítica ou grave, estando esse resultados evidenciados nos construtos: organização do trabalho, condições de trabalho, relações sócioprofissionais, custo afetivo, custo cognitivo, custo físico, liberdade de expressão e falta de reconhecimento. Em contrapartida e de forma contraditória foram avaliados de forma satisfatória os danos relacionados ao trabalho.
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • Estudo do Clima Organizacional no setor Industrial

    • Authors: Fabiana Pinto de Almeida Bizarria, Ana Zenilce Moreira, Márcia Zadbdiele Moreira, Alexandre Oliveira Lima
      Pages: 80 - 98
      Abstract: O estudo objetivou analisar os fatores de clima organizacional em uma indústria de cosméticos localizada na Região Metropolitana de Fortaleza. O instrumento de pesquisa utilizado foi aplicado a 209 colaboradores da empresa e possui 35 itens associados a uma escala de amplitude de 4 pontos. Para análise e interpretação dos dados foi realizada análise multivariada de dados, Análise Fatorial Exploratória, com suporte do software denominado Statistical Package for the Social Sciences, (SPSS), versão 20. Foram identificados e definidos 6 fatores, de forma decrescente, são eles: Papel do líder; Coesão entre colegas; Suporte físico e material; Bem-estar no trabalho; Poder e Hierarquia e Respeito a diversidade. Concluiu-se que, na organização estudada, espera-se que o líder assuma papel diretivo, o que é compreensível no contexto de trabalho industrial. Além disso, anseia-se por relações horizontais, em que os cargos não influenciem as interações sociais. O suporte físico e material, representado, pelo uso de equipamentos em condições satisfatórias é também indicativo de clima organizacional. Sentir-se acolhido pela empresa é fator de bem-estar. Além disso, a hierarquia e o exercício do poder informa que a relação líder-liderado pode produzir um ambiente aversivo, quando a “equação” trabalhador-líder/chefe-organização não está bem estruturada. Por último, o aspecto da diversidade é apontado, e sugere que a gestão do clima deve ir além dos aspectos relacionados a gestão do trabalho em si, mas é importante incorporar que as manifestações humanas se façam presentes no ambiente laboral. A identificação do conjunto de fatores merece maior aprofundamento teórico, de forma que as definições possam ser refletidas conceitualmente. O reporte a teoria limitou-se ao levantamento de dimensões em diversos modelos, sem que a pretensão fosse abranger todo o clima organizacional, mas a apreensão mais sistemática do fenômeno.
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • Influenciadores da Percepção de Eficácia do Boicote e
           Intenção de Boicotar

    • Authors: Breno de Paula Andrade Cruz, Delane Botelho
      Pages: 99 - 113
      Abstract: Este artigo investiga, por meio de um experimento, o efeito das variáveis Responsabilidade Social Corporativa (RSC), Gênero e Tipo de Bem na Percepção de Eficácia do Boicote (PEB) e Intenção de Boicotar (IB). Os resultados evidenciam que quanto menor a percepção de RSC do consumidor em relação a uma empresa, maior é a sua PEB e IB - ou seja, respectivamente, o consumidor percebe individualmente que o seu boicote é uma ação importante para que a empresa mude seu comportamento; e ele tem intenção de boicotar quando a empresa parece não ter uma orientação para RSC. Embora estudos evidenciem que mulheres estejam mais propensas a boicotar que homens, não houve aqui diferença de gênero em relação a PEB e IB nesta amostra. E o fato do produto analisado ser um produto de luxo não identificou-se menor PEB desse produto quando comparado a bens essenciais. Entretanto, verificou-se que a intenção de boicotar (IB) é maior para um bem essencial quando comparado a um bem de luxo. Ou seja, as características de um bem de luxo podem levar o consumidor a um conflito interno em relação ao boicote pelo fato do bem de luxo apresentar características peculiares que os tornam singulares.
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • A PERCEPÇÃO DA SATISFAÇÃO PELOS CLIENTES DE MARCAS
           PRÓPRIAS

    • Authors: Allan Carlos Alves, Kallinne Rodrigues de Melo, Douglas Santos de Andrade, Clicia de Lima Vasconcelos Macedo, Monaiza Isaias de Souza
      Pages: 114 - 129
      Abstract: O presente artigo tem como objetivo analisar se a satisfação dos clientes de marcas próprias decorrentes a partir da experiência, da confiança e do compromisso da marca, favorecendo a lealdade, e consequentemente, a aceitação da marca em supermercados no município de Campina Grande, Paraíba. O estudo é transversal, conduzido mediante pesquisa de campo com 823 clientes. A análise da validade dos instrumentos de medição deu-se com análise fatorial exploratória e a validação da confiabilidade pelo fator de alfa Cronbach. De acordo com os resultados, a gestão adequada de produtos de marcas próprias favorece a aceitação desses produtos ao público consumidor, pois corroboram no amadurecimento dos clientes, tornando-os experientes em comprar produtos de marca própria. Em relação à intenção de compra desses produtos, a lealdade da marca, em certa medida, se baseia na satisfação que o cliente tem com a marca já estabelecida. Em menor grau, a intenção de compra também depende do compromisso do cliente com as marcas próprias em categorias de produtos tradicionais. Nessas relações, a experiência influenciará fortemente a satisfação e a confiança, que por sua vez, influencia fortemente a lealdade e o compromisso.
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • Perfil, Hábitos de Consumo e Motivações de Compra: uma Pesquisa de
           Mercado Aplicada ao Setor de Bijuterias

    • Authors: Danielle Ferreira de Melo, Gustavo Henrique Silva de Souza, Antonio Carlos Silva Costa, Nilton Cesar Lima
      Pages: 130 - 147
      Abstract: Este artigo teve por objetivo investigar o comportamento de consumidoras de bijuterias, no que diz respeito a perfil, hábitos de consumo e motivações de compra. Para tanto, foi realizado um estudo descritivo e de abordagem quantitativa, em que foram aplicados dois instrumentos de pesquisa em uma amostra não probabilística por conveniência de 202 mulheres brasileiras consumidoras de bijuterias. Por meio de análises de estatística descritivas de parametrização simples e do teste t de Student, foram encontrados resultados que denotam a predominância dos seguintes aspectos: (1) faixa etária entre 15 e 35 anos de idade; (2) classes sociais não interferem nos hábitos de consumo de bijuterias; (3) preferência por compras em boutiques e lojas de departamento; (4) as compras de bijuterias ocorrem, em geral, quando os preços e condições de pagamento são satisfatórios ou quando há necessidade; Apesar disso, (5) costuma-se ir mais de uma vez por mês em lojas de bijuterias; (6) leva-se mais de um tipo de produto por compra; e (7) prioriza-se preço e durabilidade. Assim, o estudo permite o acesso profícuo à estrutura das relações de compra e esclarece elementos específicos que perfazem possíveis padrões de consumo no mercado brasileiro de bijuterias.
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
  • Quinze anos do programa de P&D da ANEEL: Um estudo bibliométrico

    • Authors: Camila Franco
      Pages: 148 - 162
      Abstract: O objetivo deste artigo é realizar uma busca na literatura para encontrar os trabalhos publicados sobre os projetos de P&D desenvolvidos pelas empresas do setor elétrico. Para isso foi utilizada a técnica da bibliometria com auxílio do software R. Os principais resultados obtidos nesta busca informam que a maioria dos trabalhos encontrados se caracteriza como dissertações de mestrado e artigos apresentados em congressos, o que retrata a pouca difusão deste tópico entre os periódicos científicos. Outros achados importantes referem-se à concentração geográfica de tais trabalhos; aos impactos que eles apresentam, medido pelo número de citações; e aos temas de projetos analisados, em sua maioria referente à Avaliação e Gestão dos Projetos. Estes resultados proporcionam um panorama geral sobre o campo de pesquisa estudado e fornecem insights para futuros trabalhos e contribuições efetivas para a política inovativa no setor.
      PubDate: 2016-12-23
      Issue No: Vol. 10, No. 4 (2016)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016