for Journals by Title or ISSN
for Articles by Keywords
help
Journal Cover Revista Pensamento Contemporâneo em Administração
  [0 followers]  Follow
    
  This is an Open Access Journal Open Access journal
   ISSN (Print) 1982-2596
   Published by Universidade Federal Fluminense Homepage  [7 journals]
  • Editorial

    • Authors: Joysi Moraes
      Abstract: Editorial
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Serviço Público como expectativa profissional dos graduandos em
           administração

    • Authors: Mariane Lima de Sales, José Lindenberg Julião Xavier Filho, Elielson Oliveira Damascena
      Pages: 1 - 16
      Abstract: Nos últimos anos observa-se a procura crescente dos recém-formados do ensino superior pelo serviço público, dentre eles os egressos em Administração. Devido à relevância deste profissional para as organizações e para a sociedade, cabe a preocupação em conhecer quais áreas de atuação profissional estão sendo escolhidas pelos estudantes. Tendo por objetivo explorar as expectativas profissionais dos discentes de administração a partir da abordagem das âncoras de carreira, este estudo classifica-se por descritivo-explicativo e, quanto aos procedimentos técnicos, um levantamento que contou com 108 respondentes. A hipótese de trabalho é que os discentes têm o serviço público como expectativa profissional ao concluírem a graduação em administração. Os resultados são emblemáticos, já que a hipótese foi confirmada e evidências indicam que os graduandos em administração apresentam como últimas âncoras a “Aptidão Gerência Geral” e “Criatividade empreendedora”, mais ligadas ao trabalho da gestão.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Aprendizagem informal no setor público: foco nas interações sociais e
           contexto organizacional

    • Authors: Diogo Reatto, Arilda Schmidt Godoy
      Pages: 17 - 36
      Abstract: Este estudo qualitativo interpretativo básico visa a compreender como ocorrem as experiências de aprendizagem vivenciadas por técnicos-administrativos de uma universidade estadual paulista no local de trabalho. O referencial teórico articula a literatura de Aprendizagem Informal nos locais de trabalho com a Teoria Pragmática da Aprendizagem de Bente Elkjaer. As 16 entrevistas com servidores apontam que eles aprendem suas tarefas informalmente, por meio da experiência da prática cotidiana no local de trabalho. As interações com os mundos e submundos sociais identificados despertam emoções, que ora apoiam ora suprimem a aprendizagem. Os fatores de contexto que determinam como se aprende são clima, cultura e estrutura física organizacionais, expectativas de progresso e relação entre novatos e experientes. Este trabalho avança a discussão em Aprendizagem Organizacional ao: estudar o papel das interações sociais no provimento de aprendizagem a indivíduos que não ocupam função gerencial; utilizar perspectiva teórica baseada na vertente construção social; apresentar modelo explicativo de como compreender o papel das interações sociais nos processos de aprendizagem informal nos locais de trabalho.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Reflexōes sobre a empregabilidade dos jovens provenientes de cursos
           superiores de tecnologia

    • Authors: Bibiana Volkmer Martins, Sidinei Rocha-de-Oliveira
      Pages: 37 - 54
      Abstract: Nas últimas duas décadas o mundo do trabalho tem passado por inúmeras transformações, entre elas a crescente flexibilização e precarização das suas relações, o que têm afetado sobremaneira grupos mais vulneráveis como os jovens. Paralelamente, ocorre uma expansão sem precedentes do ensino superior profissional no Brasil, que estabelece raízes na ressignificação da teoria do capital humano. Apesar da predominância do discurso de equivalência entre formação e emprego, aquela já não se apresenta como garantidora da entrada no mercado de trabalho. Assim, este ensaio teórico busca discutir a relação entre a profissionalização do ensino superior no Brasil e a empregabilidade dos jovens, bem como estabelecer uma agenda de pesquisa para estudos sobre o tema.  Para tanto, parte-se de estudos franceses sobre a expansão e profissionalização do ensino superior, uma vez que este processo já se consolidou nesse país, com vistas a avançar nas reflexões sobre a temática no Brasil.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Percepção da influência das políticas e práticas de recursos humanos
           na satisfação com o trabalho

    • Authors: Luis Eduardo Brandão Paiva, Tereza Cristina Batista de Lima, Thiago Sousa de Oliveira, Suzete Suzana Rocha Pitombeira
      Pages: 55 - 69
      Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo analisar a influência das políticas e práticas de recursos humanos sobre a satisfação no trabalho, utilizando o mercado de trabalho no Ceará. O tema tem relevância devido à identificação da satisfação no trabalho como fator que causa mudanças nas atitudes e saúde dos funcionários afetando, portanto, a sua produtividade. Para tanto, foram traçados os seguintes objetivos específicos: identificar as dimensões com maior e menor relevância entre as políticas e práticas de RH; identificar quais dimensões apresentam maior e menor relevância na satisfação no trabalho; e analisar a relação entre satisfação no trabalho e a percepção das políticas e práticas de RH. Em relação aos procedimentos metodológicos, esta pesquisa é de natureza quantitativa, descritiva, com o método de coleta de dados survey, junto aos funcionários de empresas de grande porte que têm sede no Estado do Ceará. Os resultados obtidos apontam que os funcionários estão indiferentes em relação a sua satisfação com o trabalho, como também se sentem indiferentes quanto às políticas e práticas de recursos humanos. Já a correlação dos dados indicou que existe uma correlação moderada entre o fator remuneração e recompensas e a dimensão satisfação com o salário. Palavras-chave: Percepção. Políticas e Práticas de Recursos Humanos. Satisfação no Trabalho.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Temporalidades e implicações do trabalho gerencial no cotidiano

    • Authors: Magnus Luiz Emmendoerfer
      Pages: 70 - 84
      Abstract: O objetivo é discutir as implicações do trabalho gerencial na vida cotidiana a partir da análise da noção de tempo. O percurso metodológico deste ensaio considerou principalmente dados bibliográficos os quais foram cotejados a luz da literatura especializada sobre o objeto em estudo, resultando em duas seções estruturadoras: 1) temporalidades, organizações e ocupações gerenciais; 2) devoção ao trabalho gerencial e suas implicações na vida cotidiana. Como principais discussões, observou-se que é preciso identificar o que realmente é significativo para pessoas que atuam como gerentes em suas atividades cotidianas. E, por esse meio, compreender as possíveis tensões e conciliações que essas pessoas podem lidar de maneira individual ou coletiva na busca de bem-estar e qualidade de vida. Isso revela a centralidade do tempo gerencial em um contexto marcado pela intensificação do trabalho, onde a área de gestão de pessoas necessita aprofundar seus estudos e suas práticas na contemporaneidade.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Determinantes e dificuldades de crescimento para mulheres empreendedoras

    • Authors: Hilka Pelizza Vier Machado, Alexandre Guedes, Sebastião Gazola
      Pages: 85 - 99
      Abstract: ResumoO objetivo desta pesquisa foi identificar determinantes e dificuldades de crescimento de empresas de mulheres, bem como a relação de características da empresa e das empreendedoras com estas variáveis. A pesquisa foi realizada com uma amostra de 102 empreendedoras. O instrumento para coleta de dados foi um questionário estruturado. O tratamento dos dados foi realizado com análises descritivas e exploratórias. O teste de Spearman mostrou a correlação entre as determinantes e dificuldades de crescimento com características da empresa e das empreendedoras. A análise de Cluster mostrou grupos de atributos similares relacionados a determinantes e dificuldades de crescimento. As principais determinantes foram: tempo dedicado ao negócio, conhecimento prévio, capacidade criativa e inovadora e novos produtos e serviços. As principais dificuldades foram falta de qualificação pessoal, falta de auto confiança, baixa capacidade inovadora; falta de planejamento, falta de organização, falta de informações sobre o negócio e falta de estratégia de crescimento.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Representação Social do Endividamento Individual

    • Authors: Helder Araujo de Carvalho, Felipe Gerhard Paula Sousa, Verónica Ligia Peñaloza Fuentes
      Pages: 100 - 115
      Abstract: Este estudo tem como objetivo analisar a ideia de endividamento na visão dos próprios indivíduos, uma vez que não há consenso na literatura teórica sobre o conceito. Para a obtenção dos propósitos da pesquisa, foram realizadas 300 entrevistas estruturadas de curta duração. Os dados, ademais, foram analisados por meio da técnica de evocação de palavras, dado que o método permite o acesso à representação social de um conceito decompondo-o em ideias centrais e periféricas, a partir da visão de diferentes classes e estratos sociais. Os principais resultados do estudo revelam que há uma multiplicidade de aspectos e variáveis que contribuem para a formação do conceito, porquanto diversos construtos e dimensões competem para a formação do fenômeno. Sucintamente, o endividamento representa para os respondentes o produto de contas, gastos, dívidas e obrigações decorrentes da confluência de fatores gerados por ações individuais e/ou externas, resultando em disposições emocionais perniciosas ao indivíduo. Ao fim, serão expostas as contribuições finais da pesquisa, bem como as principais limitações do estudo e as sugestões para trabalhos futuros.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Grafitos e tabus nas organizações: um estudo iconográfico
           em banheiros

    • Authors: Alexsandra Nascimento da Silva, Luiz Alex Silva Saraiva
      Pages: 116 - 130
      Abstract: Partindo do pressuposto de que os banheiros constituem lugares “à margem” da organização, já que são espaços de passagem e se destinam à excreção, nesse estudo se analisa de que forma a comunicação expressa relações sociais na organização. Foi feita uma pesquisa iconográfica, baseada em fotografias de grafitos de 78 banheiros de uma universidade, material examinado por meio da análise de conteúdo. Os grafitos analisados expressam tabus ligados à sexualidade e à escatologia, e mesmo sendo o banheiro um não-lugar, onde a livre expressão é “tolerada”, há tentativas de controle nos níveis individual, organizacional e social. As principais contribuições apontam que inclusão e exclusão são estreitamente relacionadas às relações de poder. Os sujeitos alinhados à posição hegemônica condenam a diferença entre os sujeitos e, ao valorizar a homogeneidade, submetem os indivíduos à medida que controlam sua forma de se comunicar nas organizações.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Comparação de fontes para análise bibliométrica sobre a
           financeirização da estratégia

    • Authors: Jonas Lucio Maia, Luiz Carlos Di Serio
      Pages: 131 - 158
      Abstract: O objetivo deste trabalho é esboçar um panorama da produção científica no campo da Financeirização da Estratégia, usando múltiplas fontes.  Os achados sinalizam: (1) este é um tema recente, crescendo a partir do final dos anos 2000; (2) em periódicos de excelência, a produção sobre Financeirização está restrita a temas macroeconômicos; no campo da Estratégia, esta é realizada baixo aos conceitos de Geração de Valor (3) a produção se encontra dispersa entre vários autores distintos (4) a pesquisa sob Financeirização da Estratégia fica centralizada na Inglaterra, enquanto expandindo para conceitos de Valor este cenário fica mais balanceado; (5) sem termos correlatos os principais periódicos são de Economia e Política; com os termos de Geração de Valor estes são focados em Finanças e Economia, em Estratégia e em Marketing; (6) a análise de palavras-chave demonstra que a pesquisa sem termos correlatos apresentou escopo de temas restrito à Financeirização em si.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
  • Ambiente e estratégia: proposições para médias
           empresas familiares

    • Authors: Ricardo Lebbos Favoreto, Fernando Antonio Ribeiro Serra
      Pages: 159 - 178
      Abstract: Historicamente, tem-se concebido o ambiente organizacional como elemento fundamental para a compreensão da estratégia. Considerando-se que a pesquisa em estratégia tem-se desenvolvido, em muitos campos, a partir de dados provenientes do lócus da organização de grande porte, esta pesquisa objetiva analisar as ações estratégicas de médias empresas familiares contextualizadas no ambiente específico em que ocorrem. Conduz-se a pesquisa por um estudo multicaso longitudinal qualitativo. Os resultados estabelecem um conjunto de proposições substantivas ambicionadas a explicar as ações estratégicas perpetradas pelas empresas estudadas, relacionando-as a aspectos ambientais. Conclui-se pela relevância de se ponderar o médio porte como categoria específica, uma vez que particularidades ambientais relativas ao porte influenciam as ações estratégicas produzidas pelas empresas.
      PubDate: 2017-04-11
      Issue No: Vol. 11, No. 1 (2017)
       
 
 
JournalTOCs
School of Mathematical and Computer Sciences
Heriot-Watt University
Edinburgh, EH14 4AS, UK
Email: journaltocs@hw.ac.uk
Tel: +00 44 (0)131 4513762
Fax: +00 44 (0)131 4513327
 
Home (Search)
Subjects A-Z
Publishers A-Z
Customise
APIs
Your IP address: 54.144.44.17
 
About JournalTOCs
API
Help
News (blog, publications)
JournalTOCs on Twitter   JournalTOCs on Facebook

JournalTOCs © 2009-2016